Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

O que nos impede de ficarmos ricos

 

como ficar rico

Fique Rico

“Reclamar é a pior coisa que uma pessoa pode fazer quando se trata de manter a saúde ou aumentar a sua riqueza”,   diz Eker, de acordo com o site de notícias Business Insider.

Eker explica que, quando reclamamos, estamos nos concentrando nas coisas ruins da vida, e aquilo em que nos concentramos tende a se expandir. “Semelhante atrai semelhante”, “iguais se atraem”, observa o milionário. “Quando reclamamos estamos desperdiçando nossa vida.” Isso deixa muito pouco espaço para o crescimento, especialmente para crescimento financeiro.

Eker disse também que tão importante quanto não reclamar é manter-se distante daqueles que reclamam. “A energia negativa é contagiosa”, diz ele.

“Devemos lembrar que somos nós quem construímos nossas vidas, e estamos constantemente atraindo sucesso e desperdício”,  escreve. “É imperativo selecionarmos nossos pensamentos e nossas palavras com sabedoria!”, Conclui.

Se você deseja fazer apenas o que é fácil, a vida torna-se difícil, mas se você deseja apenas fazer o que é difícil, a vida torna-se fácil.”

RT-TV

Você pode gostar de:

É melhor investir no Brasil

Políticos mais ricos do Brasil

Profissões futuristas que ainda não existem

 

Anúncios

dezembro 28, 2015 Posted by | Empreendedorismo, Reflexões | , , | Deixe um comentário

YHWH – Em nome de Deus

Santo Nome

Verbo

O tetragrama (do gregoτετραγράμματον, significando “(consistindo) de quatro letras”)[1] [2] é oteônimo hebraico יהוה, comummente transliteradoem letras latinas comoYHWH. É um dos nomes doDeus nacional dos Israelitasusado na Bíblia Hebraica.[3][4] [5] Uma vez que YHWH é a transliteração mais comum do tetragrama nos estudos acadêmicos em Inglês, as variações YHVH, JHVH e JHWH também são usadas.[6] [7

Os livros da Torá e do resto da Bíblia hebraica (exceto Ester) contêm a palavra hebraica יהוה. Com base nas letras hebraicas, sua pronúncia em hebraico seria algo como Yahweh. Judeusreligiosamente observantes são proibidos de pronunciar o nome de Deus, e ao ler o Tanakh eles usam a palavra Adonai (“Senhor”). Aqueles que seguem as tradições judaicas conservadoras não pronunciam יהוה, seja em voz alta ou para si mesmos em silêncio, nem leêm em voz alta formas inglesas transliteradas como Jehovahou yAHWEH. Em vez disso, a palavra é substituída por um termo diferente, quer usado para tratar ou para se referir ao Deus de Israel. Formas hebraicas comumente substituídas são hakadosh baruch hu(“O Bendito Santo”) ou Adonai (“O Senhor”) ou HaShem (“O Nome”).

O nome pode ser derivado de um verbo que significa “ser”, “existir”, “tornar-se”, ou “vir a passar”.

A forma da expressão ao declarar o nome de Elohim (senhor do céu) YHWH (ou Jeová na forma traduzida) deixou de ser utilizada há milhares de anos na pronúncia correta do Cananeu (linguá que da origem para o hebraico) original (que é declarada como uma língua quase que completamente extinta). As pessoas perderam ao longo das décadas a capacidade de pronunciar de forma satisfatória e correta, pois a língua precisaria se curvar (dobrar) de uma forma em que especialistas no assunto descreveriam hoje em dia como impossível.

Originariamente, em aramaico e hebraico, era escrito e lido horizontalmente, da direita para esquerda יהוה; ou seja, YHVH. Formado por quatro consoantes hebraicas — Yud י Hêi ה Vav ו Hêi ה ou יהוה,

Estudos revelam que apenas em cópias posteriores da SeptuagintaGrega, datadas do final do Século I d.C. em diante, os copistas começaram a substituir o Tetragrama YHWH por Kýrios, que significa SENHOR (em letras maiúsculas) e por Theós, que significa DEUS.[8]e por Theós, que significa Deus [9] Essa foi a razão de YHWH ter desaparecido graficamente do texto do Novo Testamento em algumastraduções bíblicas.

O Pai YHWH é deste modo identificado como a Divindade que causou o Dilúvio Bíblico. É o Pai de Adão, de Abel, de Enoque e de Noé. É o Criador do Universo e de todas as formas de vida na Terra. É também chamado por Adonai (Soberano Senhor), Elohim (O Pai, e não deuses, visto que trata-se de plural majestático[10] e cristãos têm afirmado que a forma plural teria o sentido de plural majestático[11] ),HaAdón (o [Verdadeiro] Pai), Elyón ( Altíssimo) e El-Shadai (Todo-poderoso).

Temerosos em transgredir a Lei.

Para alguns estudiosos da literaturajudaica, o nome do Eterno era impronunciável, e segundo a explicação científica dos judeus, passaram a não pronunciar o nome do Eterno Todo Poderoso porque sentiam-se temerosos em transgredir o terceiro mandamento do Eterno no Decálogo:

Não tomarás o nome de YHWH, em vão, pois YHWH não considerará impune aquele que tomar seu nome em vão.”Êxodo 20:7

Alguns exemplos do uso dos nomes próprios nas Escrituras Hebraicas:

Vaticano

Em uma carta datada de 29 de junho de 2008, o Vaticano emitiu uma nota oficial, orientando para que o nome de Deus deixe de ser utilizado no serviço litúrgico católico romano. A medida não afetaria significativamente a linguagem litúrgica, uma vez que o termo não consta das traduções oficiais dos missais romanos, mas implicaria na modificação de alguns hinários. O nome YHWH continuaria a ser utilizado na leitura do Lecionario e de Bíblias católicas romanas.[25][26] .

Você poderá ler o texto na íntegra: Wikipedia

Você poderá gostar de:

Cristo – A origem da palavra

Fundamentalismo – De volta às origens

 

 

dezembro 22, 2015 Posted by | Reflexões | , , | Deixe um comentário

Efeitos inesperados do cérebro

De ponta cabeça

Upside down

Enquanto lia um meme no Facebook, eu lembrei-me dos tempos de criança, quando a galera se matava para resolver as palavras cruzadas do corujão. Eu demorei algum tempo até elaborar uma estratégia para encontrar as palavras. Em níveis mais baixos, eu sempre encontrava palavras que eu não estava procurando, no corujão não foi diferente.

Quando eu comecei a tentar ler a mensagem do Face, eu notei que havia algo estranho, como eu ainda não havia lido a mensagem, não sabia do que se tratava. Pensei comigo, deve estar de traz para frente – Bingo! – comecei a ler as palavras. Foi, aí, que eu notei que as palavras também não faziam sentido mas, lendo de traz para frente, consegui ler a primeira linha. Aí, fui até o final do texto e li a mensagem inteira.

Foi só depois de ler a mensagem inteira que eu descobri o que eu havia conseguido, ler um texto de cabeça para baixo, até aí tudo bem, acontece que eu não sabia que o texto estava de cabeça para baixo. Eu já havia visto outros exercícios mentais, a diferença era que eu sabia do que se tratava.

Já há algum tempo, eu leio sobre exercícios mentais que qualquer pessoa pode fazer, o que demonstra claramente o poder mental de uma pessoa. A partir dessas leituras, eu comparei com outros estudos que eu elaborei na adolescência, época em que sobra tempo e falta o que fazer, ou seja, momento em que se pode fazer ensaios completos sobre quase tudo.

Em um desses ensaios eu observei a simbologia e as formas de educação oriental e ocidental, principalmente na pré-história e ensino primário. Quando se executa muitas formas de atividades mentais, como completar o texto/palavras, relacionar palavras da coluna direita com as palavras da coluna esquerda, etc.

Nas artes, aprende-se que os corpos são formados pelas sombras, ou seja, não são os corpos que formam as sombras, são as sombras que formam os corpos. Tudo bem que os corpos tentam criar sombras, mas as sombras ficam distorcidas, irreais.

Quando nos assustamos, nossa mente emite um alerta, inclusive quando observamos nossa própria sombra. Nossa própria sombra é obscura, bem diferente da imagem do espelho, por isso é mais fácil de assustar com ela.

Levamos uma vida sedentária, controlados por argumentos preconceituosos, por isso, qualquer coisa pode nos assustar, se bem que sempre encontramos pessoas que preferem encontrar uma explicação científica, ao invés de fugir, como as pessoas normais.

O circo sempre demonstrou talentos na arte de manipulação de corações e mentes, os truques e o ilusionismo foram muito bem aproveitados em efeitos especiais do cinema, apesar da demanda não ser tão forte nessa área.

De um modo geral, nossa percepção é muito limitada, por isso, sempre haverão pessoas ou grupos dispostos a nos manipular. Quando um governador começa a fechar escolas, ele evita que muitas pessoas melhorem a sua percepção política, social, econômica, etc. No Nordeste, alguns professores compram cadernos e lápis para os alunos com a intenção de evitar que a percepção do povo seja afetada. Apesar disso, as escolas não impedem que pessoas graduadas tenham uma visão distorcida da sociedade, em alguns casos. Quando isso acontece, certamente, essas pessoas estão sendo controladas de outras formas. Quanto maior a informação, maior a possibilidade de ser controlado, por isso é preciso ter auto-crítica. Assim, surge um conceito ainda mais intrigante: Não se pode acreditar em tudo o que se vê, porém não podemos ver tudo, e acreditamos no que não vemos.

Nossa mente é exercitada o tempo todo, mas poderia ser ainda mais, se soubéssemos o que devemos fazer com ela. Na internet, por exemplo, guardamos senhas em nossa memória, aprendemos a usar milhares de sistemas diferentes, fazer uma busca é um desafio. Algumas pessoas já descobriram há muito tempo que utilizar palavras-chaves para fazer buscas é muito importante, difícil é conhecer essas palavras chaves, já que cada pessoa domina uma área diferente, pior, as pessoas entram na internet apenas como passatempo, fazendo buscas em áreas as quais não dominam.

Nem é preciso dizer que o pensamento humano é dividido em ocidental e oriental e, quando a China conseguir dominar Oriente, poderá dizer também que o Oriente é socialista.

A educação é tão padronizada que até a cultura fica limitada, apesar da cultura não estar submissa à educação. Corremos o risco de um mundo falando uma única língua no futuro, o que seria uma tragédia, já que cada língua apresenta suas particularidades culturais. O preconceito idealizado pelas elites e a miséria dos pobres faz com que cada vez mais estejamos distantes do diferente, longe das descobertas. A ciência não ajuda muito, na medida em que passa a exigir uma prova e apresentar explicações sem sentido para o inexplicável.

Apesar de nosso cérebro estar se expandindo consideravelmente, a quantidade de distúrbios provocados por agressões físicas ou psicológicas é chocante. A alimentação tóxica a qual estamos submetendo nossos filhos, completa o estrago mental, mas as consequências disso ainda não estão bem claras em toda a sua extensão.

A degradação do meio ambiente, alimentação e poluição do ar, começam a criar mutantes, isso causa efeitos inesperados, pode ser bom, mas pode não ser tão bom assim, poderá gerar uma geração difícil de ser controlada.

By Jânio

Pregando peças no cérebro

A obscura natureza da mente humana

Realidade além da vida real

Ciência social insensível

Verdades proibidas

Mensagens subliminares

Prisioneiros da quarta dimensão

Principais causas de morte

outubro 29, 2015 Posted by | Reflexões | , , , | Deixe um comentário

Causa da pobreza

aumento do roubo

Estatística do Medo

Eu vejo uma relação entre a pobreza e a riqueza, com algumas exceções. Por exemplo, as guerras não são necessariamente causadas pela pobreza, eu diria até que é a riqueza a maior causadora das guerras, guerras em todos os sentidos da palavra.

O PIB demonstra as riquezas dos países, mas é o IDH que mostras as discrepâncias do sistema: distribuição de renda, infra-estrutura, justiça, etc.

Desde os princípios dos tempos, a justiça foi sempre o principal elemento na organização da sociedade mas, aí, a população cresceu, as nações cresceram, o sistema se tornou complexo. De fato o sistema que deveria organizar, passou a servir para outros propósitos menos nobres.

O que é certo ou errado passou a ser uma incógnita controlada pela ética, um bom exemplo disso são os pensamentos de Maquiavel. A tragédia de Júlio César e a vida de Jesus Cristo podem contar um pouco do início do que seria o nosso mundo decadente.

A combinação entre o cristianismo e o imperialismo criou uma forma perfeita de manipular o povo, sempre manipulando as palavras e as leis, fingindo seguir princípios que devem ser seguidos pelos povos dominados.

Adolf Hitler tinha um discurso pronto para cada ocasião e tinha um sonho de criar um império tão poderoso quanto o de Roma, inclusive com a credencial de semi-deus, mas , felizmente, ele chegou tarde, os tempos já eram outros.

… ou não, já que a bomba atômica poderia ter sido criada pelos judeus na Alemanha, caso ele não tivesse assustado Alberto Einstein, e o mundo seria dele.

A educação se faz necessária para que se possa conhecer a justiça, mas a justiça não depende da educação, depende da moral e dos bons costumes. Isso quer dizer que se o povo não for bom, não será justo.

A distribuição de renda é fundamental para a estabilidade e para evitar a pobreza. Países que tem regiões abandonadas, consequentemente terá problemas no futuro. Um país pode até conhecer milagres econômicos, mas será uma fase rápida, precedida de problemas graves, caso haja muita pobreza e falta de educação.

Alguns líderes sócio-políticos conseguem promover grandes mudanças nacionais, enquanto outros, bem preparados, não conseguem se sustentar politicamente. A resposta por trás disso é a blindagem política, promovida por políticos de apoio. Isso aconteceu com Hitler, que revolucionou a Alemanha e convenceu todos à segui-lo, usando o dinheiro e bens dos judeus para promover o seu nacionalismo louco. Isso acontece também em países capitalistas onde a mídia monopoliza a informação.

Concluindo: Numa época em que a sociedade se tornou tão complexa em países com sistemas decadentes e ricos ambiciosos, as mudanças podem ser facilmente promovidas, desde que o governo queira. Basta diminuir os impostos, o que vai aumentar a concorrência, o que distribuiria o lucro, diminuiria a inflação e evitaria o monopólio. A diminuição da inflação evitaria a alta taxa de juros e aumentaria os investimentos em indústrias e novos empreendimentos, melhorando a qualidade de vida das pessoas, já que não dependeria tanto do governo.

O fim dos financiamentos dos políticos pelas empresas, também poderá ser um grande passo para o progresso, desde que o governo financie tais campanhas com direitos iguais, isso evitaria que a máfia pudesse controlar os parlamentares que criam leis apenas atendendo interesses, aumentando ainda mais a pobreza.

By Jânio

Pobre classe média

Porque pobre só tem direito de morrer

Sentimento de pobre e de rico

Esporte de pobre

Países mais pobres do mundo

O Brasil é o país rico mais pobre

setembro 7, 2015 Posted by | Reflexões | Deixe um comentário

Livro pornô evangélico de Andressa Urach

Livro Polêmico

Andressa Urach

Já foi o tempo em que galãs como Fábio Jr, e José Wilker tinham fama de pegar mil mulheres, hoje, quem garante que dobrou essa marca é a ex vice miss bumbum Andressa Urach. O Miss Bumbum, aliás, parecia mais um concurso bizarro para pessoas pervertidas, mas ganhou fama no país da preferência nacional e opinião pública.

Voltando no tempo, podemos relembrar de mulheres que ficaram famosas pela sua postura diante da sexualidade conservadora de sua época.

Leila Dinis – ficou famosa por exibir o barrigão de grávida nas praias. Atualmente, todas as mulheres, nacionais ou internacionais, fazem questão de fazer fotos nuas mostrando sua gravidez.

Gretchen – a rainha do rebolado fez muito sucesso na década de 70 mas, depois do sucesso, chegou a fazer um polêmico filme pornô para voltar a mídia, e deu certo, a polêmica trouxe os hits de volta às rádios e TVs.

Xuxa – seria apenas a modelo internacional mais famosa do Brasil, se não fosse namorada do Pelé – eles juram que eram apenas amigos, só não sei porque tiravam tantas fotos abraçados. O filme polêmico quase derruba a futura rainha dos baixinhos, mas ela sobreviveu para contar a história. Durante o tempo em que era patrimônio da globo, ela ficou protegida, mas quando saiu das asinhas da platinada, a casa caiu.

Roberta Close – acho que não existia uma criança ou adolescente que não tivesse ouvido falar da travesti mais famosa do Brasil, ela ganhou fama internacional. Outra travesti famosa da época, Telma Lip, não teve tanta sorte e morreu aos quarenta e poucos anos.

Mulher Melancia – a primeira, única e incomparável mulher fruta, chegou a ficar mais famosa que o grupo para o qual ela dançava. Lançou seu próprio CD, não fez tanto sucesso – mas quem estava interessado no CD?

Geisy Arruda – provocou escândalo ao entrar de micro vestido na Universidade Bandeirantes. O escândalo começou quando os alunos começaram a filmar indiscretamente e postaram na internet.

Andressa Urach – ninguém conseguiu aprontar tanto quanto Andressa Urach. Eu não acompanhei a vida dela, mas as fofocas aparecem em toda parte.

Ela já iniciou provocando polêmica ao perder o concurso Miss Bumbum e beijar a boca da terceira colocada, ficando mais famosa que a campeã. Além do suposto namoro gay, também revelou namoro de aluguel com cantor sertanejo famoso.

As revelações de sua auto-biografia foram escritas por um diretor da Record que, certamente, poderia desejar criar um produto que atenda seus interesses. A Record está dividida entre o entretenimento e a religião.

Depois de tudo o que ela revelou no livro, das duas uma, ou ela se torna super conhecida, ou segue o caminho da arrependida Leila Lopes que cometeu suicídio. Mostrar corpo faz parte do mundo dos famosos, alguns fazem até filme pornô, mas revelar a alma, isso dói muito mais.

Drogas, prostituição, incesto e muitos escândalos planejados, tem de tudo da vida dela, mas foi depois de quase morrer por complicações com implante de hidrogel e metacril nas pernas que ela abandonou tudo e se converteu.

No livro Andressa conta que foi abusada pelo avô adotivo, usou maconha, cocaína e foi obrigada a morar com o pai verdadeiro que a havia abandonado por não ser loira como os alemães.

Apesar dos abusos do avô adotivo, foi na volta com o pai que ela teria tido a primeira vez, justamente com o meio-irmão, depois de voltar da balada.

Andressa entra em detalhes sórdidos que só uma pessoa totalmente “(des)controlada” contaria. Como sua confissão já demonstra que ela não é totalmente controlável, essas histórias do livro podem ter um segundo capítulo, caso ela não suporte a pressão de ser religiosa por muito tempo.

Detalhes sórdidos envolvem overdose de drogas, inclusive antes do Miss Bumbum. Virou striper e foi nessa época que se iniciou na prostituição.

A insinuação com zoofilia seria totalmente dispensável em situações normais, mas parece que não é o caso. Dizer que o primeiro orgasmo foi através da língua de um cachorro, parece um tanto apelativo e parte de um produto que já começou a ser explorado pelos programas da Record que terá exclusividade sobre sua funcionária, ela só não deve ter calculado as consequências disso diante de uma sociedade mais conservadora, nem sempre disposta a perdoar pecadoras arrependidas.

By Jânio

Publicidade grátis com a Mulher Melancia

Xuxo na TV

A TV está podre

agosto 28, 2015 Posted by | Reflexões | , , , | Deixe um comentário

Cristo – origem da palavra

Origem da palavra

Jesus Cristo

 

Cristo é o termo usado emportuguês para traduzir a palavra grega Χριστός (Khristós) que significa “Ungido”.1 O termo grego, por sua vez, é uma tradução do termo hebraico מָשִׁיחַ (Māšîaḥ), transliterado para o português como Messias.1

A palavra geralmente é interpretada como osobrenome de Jesus por causa das várias menções a “Jesus Cristo” na Bíblia. A palavra é, na verdade, um título, daí o seu uso tanto em ordem direta “Jesus Cristo” como em ordem inversa “Cristo Jesus“, significando neste último O Ungido, Jesus. Os seguidores de Jesus são chamados de cristãos porque acreditam que Jesus é o Cristo, ou Messias, sobre quem falam as profecias da Tanakh (que os cristãos conhecem como Antigo Testamento). A maioria dos judeus rejeita essa reivindicação e ainda espera a vinda do Cristo (ver Messianismo judaico). A maioria dos cristãos espera pela Segunda vinda de Cristoquando acreditam que Ele cumprirá o resto das profecias messiânicas.

A expressão “Jesus Cristo” surge várias vezes nos escritos gregos da Bíblia, no Novo Testamento, e veio a tornar-se a forma respeitosa como os cristãos se referem a Jesus, Homem Judeu que, segundo osevangelhos, nasceu em Belém da Judeia e passou a maior parte da sua vida em Nazaré, na Galileia, sendo por isso chamado, às vezes, de Jesus de Nazaré ou Nazareno. O título Cristo, portanto, confere uma perspectiva religiosa à figura histórica de Jesus.

A área da teologia cujo foco é a identidade, vida, e ensinamentos de Jesus é conhecida como Cristologia.

Khristós no grego clássico poderá significar coberto em óleo, sendo assim uma translação literal de Messias.

Visão Cristã Tradicional

 Esta secção contém pontos de vista que de uma forma geral são comuns entre Cristãos durante dois milénios. O Novo Testamento menciona que o Messias, muito esperado, chegou e descreve esse salvador como O Cristo. O apóstoloPedro, no que se tornou numa famosa proclamação de fé entre Cristãos desde o primeiro século, disse « Sois Cristo, o Filho de Deus vivo »2 .

Ensinamentos sobre Jesus e testemunhos sobre o que fez durante os três anos do seu ministério são encontrados na leitura do Novo Testamento. Ensinamentos bíblicos sobre a pessoa de Jesus Cristo poderão ser resumidos em Jesus Cristo ser totalmente Deus (divino) e totalmente humano ao mesmo tempo, numa única pessoa isenta de pecados.3

As escrituras mencionam que Jesus foi concebido milagrosamente através da obra do Espírito Santo, no ventre da sua virgem mãe,Maria, sem um pai humano.4

Segundo a vertente cristã, nele haveria o cumprimento das antigas profecias.

Entre os que entendem ser Jesus o Messias, seria relatado que nele foram cumpridas as profecias do Antigo Testamento. Tais como:

Nasceria em Belém de Judá (Miqueias 5:2)

de uma virgem (gr. phanteros) (Isaías 7:14)

por intermédio de Deus (Salmos 2:7)

descendente de Jacó (Números 24:17)

da tribo de Judá (Gênesis 49:10)

iria para o Egito (Oseias 11:1)

surgiria da Galileia (Isaías 9:1)

um mensageiro prepararia o seu caminho (Malaquias 3:1) clamando no deserto (Isaías 40:3)

o Espírito de Deus iria repousar sobre Ele (Isaías 11:2)

faria profecias (Deuteronômio 18:18)

abriria os olhos dos cegos e os ouvidos dos surdos (Isaías 35:5)

curaria os coxos e os mudos (Isaías 35:6)

falaria em parábolas (Salmos 78:2)

mesmo sendo pobre, seria aclamado rei, em um jumento (Zacarias 9:9)

seria rejeitado (Salmos 118:22)

traído por um amigo (Salmos 41:9)

por trinta moedas de prata (Zacarias 11:12)

moedas essas que seriam dadas a um oleiro (Zacarias 11:13)

seria ferido e depois abandonado por seus discípulos (Zacarias 13:7)

seria acusado injustamente (Salmos 35:11)

seria ferido pelas nossas transgressões (Isaías 53:5)

não responderia aos seus acusadores (Isaías 53:7)

seria cuspido e esbofeteado (Isaías 50:6)

seria zombado depois de preso (Salmos 22:7,8)

teria os pés e mãos transpassados (Salmos 22:16)

na terra dos seus amigos (Zacarias 13:6)

junto com transgressores (Isaías 53:12)

oraria pelos seus inimigos (Salmos 109:4)

seria rejeitado e ferido por nossas iniquidades (Isaías 53:3:5)

lançariam sortes para repartir as suas vestes (Salmos 22:18)

o fariam beber vinagre (Salmos 69:21)

clamaria a Deus no seu desamparo (Salmos 22:1)

entregaria seu espírito a Deus (Salmos 31:5)

não teria os ossos quebrados (Salmos 34:20)

a Terra se escureceria, mesmo sendo dia claro (Amós 8:9:10)

um rico o sepultaria (Isaías 53:9)

assim como Jonas ficou três dias dentro do grande peixe (Jonas 1:17;Mateus 16:21;Lucas 11:30)

Ele ressuscitaria (Salmos 30:3)

no terceiro dia (Oseias 6:2)

subindo também aos céus (Salmos 68:18;Atos 1:11)

e sendo recebido pelo seu Pai, à sua direita (Salmos 110:1;Atos 7:55).

 Fonte do Texto: Wikipedia

Você também pode gostar de:

Por que é tão difícil aceitar Jesus

A revolução de Jesus Cristo no Decálogo

O maior dos pecados

Deus existe

 

agosto 12, 2015 Posted by | Reflexões | , , , | 1 Comentário

Necessidade de uma religião

religião_3

A religião esteve entre as primeiras tentativas de estabilização de governo, já que apenas com a política seria impossível. A civilização egípcia dos tempos dos faraós é um bom exemplo.

A religião egípcia conseguia convencer as pessoas que o faraó era um intermediário direto dos deuses e que, depois de morto, tornaria-se um deus também. Apesar do status de semideus, o faraó não dispensava o seu mago de confiança e, aí, começava o lado misterioso da cultura egípcia. Foi no antigo Egito que surgiu uma das primeiras estruturas sociais elitizadas do mundo: política, educação, militar, religião, arte, tudo era elitizado. E foi assim que o Egito chegou a sua ruína. Segundo a lenda, Alexandre – O Grande teria usado animais que eram símbolos dos deuses egípcios, para evitar o ataque ao seu exército. Todo o conhecimento egípcio estava ligada a religião e ciências ocultas, como a astrologia, geometria, etc.

Os indígenas sempre tiveram os seus curandeiros, homens sábios e possuidores de magia, parceiros dos caciques, homens poderosos que formavam suas próprias tribos. Todas as culturas e tradições possuem seus deuses e religiões, o que os mantém em paz com os espíritos e forças da natureza que respeitam, temem e desconhecem até os dias de hoje.

O Império Romano já tinha poder, mas precisava de uma tradição religiosa, assim, usou a tradição grega como inspiração para criar a sua, cada deus grego ganhara uma versão romana: deus da guerra, deusa do amor, etc.

A religião romana foi muito importante para acalmar o povo, até que entrou em conflito com a cultura hebraica. Foi nessa época que surgiu o cristianismo, uma religião bem diferente do que seria pregado mais tarde.

As imagens de cristãos sendo atirados aos leões nas arenas, ou mortos por gladiadores, divertia os nobres mas chocava os pobres. Apenas três imperadores morreram de velhice, um deles aceitou o cristianismo e criou uma parceria que ajudaria o império a passar dos mil anos, além de espalhar o cristianismo por todo o mundo.

Atualmente, as verdades são obrigatórias para os pobres que são regidos pelas mentiras dos ricos. O socialismo é oferecido aos pobres, governados pelo capitalismo da aristocracia.

Assim como no Império romano, as religiões tem sido adaptadas para servirem como instrumento de controle e perpetuação da estabilidade e poder, ferindo as suas raízes. Entretanto, por ser de origem hebraica, o cristianismo, assim como as outras religiões vindas dessa tradição, segue o que foi escrito, deixando o livre arbítrio para quem quer ou não seguir.

É muito comum incitar o povo a ir contra ideias ou pessoas, usando escritas sagradas, mesmo que essas mesmas pessoas não sejam de fato seguidoras de tais preceitos.

By Jânio

Por que é tão difícil aceitar Jesus

A idade da Esfinge

Deus existe?

Sociedade secreta Nazista

 

agosto 8, 2015 Posted by | Reflexões | , , , | 1 Comentário

Quem descobriu o Brasil

farsa do descobrimento

Descobrimento do Brasil

Há muita controversa a respeito de quem descobriu o Brasil, alguns dizem que foi Pedro Álvares Cabral, outros dizem que foi Cristóvão Colombo, entretanto, os indígenas já entraram com recurso dizendo que não está havendo justiça nesse país. Em entrevista, um  indígena deu a sua opinião:

“Homem branco mentiroso, invade terra indígena, mata índios e diz descobrir terra. Homem branco deu nome feio a terra de índio e o Brasil que deveria ser de índio, virou brasil de cara pálida.”

Apesar de terem chegado aqui primeiro, os portugueses conviveram muito com os espanhóis, tanto aqui na terrinha, quanto lá na Europa. Como os espanhóis sempre tiveram mais filhos que os portugueses, a quantidade de descendentes de espanhóis por aqui é imensa. Quem descobriu o Brasil não tem tanta importância, já que Portugal só colocou o nome.

Além das indenizações que o Brasil pagou para se tornar independente, ganhou um sistema, uma língua e uma falsa história baseada em uma falsa democracia.

By Jânio

A maldição do espelho

Piada mais antiga do Brasil

A farsa da falsa democracia

Heróis latino americanos

 

julho 26, 2015 Posted by | Política, Reflexões | , , | Deixe um comentário

Sistemas de magia

Conhecimento Antigo

Magia do Egito

Sistemas de magia

Magia Contemporânea e Teosofia

A magia contemporânea encontra raízes no trabalho de iniciados como Eliphas Levi e Papus. A teosofia, ou a moderna teosofia, tem, como um de seus fundadores, Helena Petrovna Blavatsky, que foi buscar, no oriente, a fonte de seu importante sistema filosófico. Este sistema não se apresenta exatamente como os sistemas utilizados pelos estudiosos de magia, mas, antes, pretende transmitir o conhecimento esotérico universal que estaria contido em toda e qualquer tradição filosófica ou religiosa. Blavatsky considera, por exemplo, que todos os homens são magos no sentido último da palavra, pois todos podem utilizar o divino poder criador, seja através do pensamento, palavra ou ação.

Magia Universal

A magia universal pode ser definida como: ato de manipular energias espirituais, utilizando-se de toda e qualquer forma de magia existente, independente de sua origem, através de objetos de qualquer natureza, ações ou reações, com objetivo de alcançar desejos próprios ou de terceiros.

  • Objetivos na magia universal de acordo com seus seguidores: autoconhecimento, autocontrole, elevação espiritual e intelectual, equilíbrio social e emocional, domínio do próprio destino, tanto nomundo carnal quanto no futuro mundo espiritual;
  • Código de Ética da Magia Universal: sinceridade, verdade, humildade, respeito aos seus fundamentos e práticas religiosas e aos demais segmentos religiosos independente de sua origem, respeito à todo ser humano ou espiritual independente de sua posição social, raça ou crença; proteger os fundamentos secretos da magia universal e a todos ligados a ela, direta ou indiretamente quando assim solicitarem sigilo; não influenciar terceiros em sua decisão de iniciar-se ou não na magia universal;

Sempre que citamos o sujeito como masculino, também nos referimos ao feminino, ou seja: qualquer degrau da magia universal pode ser ocupado tanto por homens quanto por mulheres, independente de sua cor, raça, ocupação social ou orientação sexual.

Nesta doutrina, os adeptos são conhecidos como:

  • Mestre: aquele que é chefe de seu clã, ou seja, o mago;
  • Discípulos: aqueles que seguem as orientações e ensinamentos de seu mestre.

O mestre chama todos os integrantes de seu clã de discípulos, jamais chama-os de “filhos”. Os discípulos chamam o mago do clã de mestre, jamais de pai ou mãe; Não existem padrinhos ou madrinhas, apenas testemunhas de ritual; Não existem beijos nas mãos como “pedido de benção”: a forma de saudação entre os integrantes, independente de seu degrau, é um aperto de mão estendido, ou seja, a mão de um aperta o antebraço do outro; Em virtude de não haver o tratamento e simbolismo de “família” dentro da magia universal, podem existir relações de qualquer natureza entre seus integrantes, tanto de discípulos com discípulos quanto de discípulos com mestre;

Magia sexual

Agrupam-se, neste item, diversos sistemas (Thelemita, gnóstico etc.) que representam uma versão ocidental da Tantra. A base destes sistemas é a concepção que o sémen do homem e a vulva da mulher são sagrados.

A magia sexual divide-se em diversos sistemas diferentes e conflitantes, a maioria deles derivados do sistema originalmente desenvolvido por Paschal Beverly Randolph e depois por Theodore Reuss na Ordo Templi Orientis (O.T.O.) Podemos considerar os diversos sistemas de magia sexual:

  • Ansariético: criado pelos Ansarichs ou Aluítas (em inglês: Ansaireth ou ainda Nusairis) na Síria antiga
  • Eulis: criado por Pascal Beverly Randolph, um iniciado entre os Aluítas;
  • Sistema da 0. T. 0.: sistema de magia sexual que foi a base daTantra ocidental;
  • Sistema da Fraternitas Saturni: é derivado da O.T.O.;
  • Sistema Maatiano: criado por dissidentes da O.T.O.;
  • Sistema da 0. T. O. A.: derivado da O.T.O., faz uso de práticasastrais de magia sexual;
  • Caos: sistema mágico baseado em “automagia sexual”;
  • Movimento Gnóstico Cristão Universal: sistema de magia sexual acentuadamente ascético fundado pelo neognóstico Samael Aun Weor

Thelema

Sistema criado por Aleister Crowley a partir do recebimento do “Liber AI Vel Legis” (“O Livro da Lei”). Trata-se do início de uma Nova Era (Aeon) de Aquário, onde o ser humano percebe-se como centro de seu próprio universo, assim divino. Thelema, em grego, significa “vontade”. Os axiomas mais importantes para os Thelemitas, constantes no “Livro da Lei”, são: “Faze o que tu queres que há de ser tudo da Lei” (Do what thou wilt shall be the whole of the Law) e “Amor é a lei, amor sob vontade” (Love is the law, love under will), que, diferentemente do que muitos interpretam, não significa “fazer o que quiser”, mas sim a realização daquilo que chamam de “Verdadeira Vontade”, sempre lembrando que isso é um ato de amor perante ahumanidade, mas um amor colocado sob domínio da vontade.

Gnosticismo Samaeliano

Samael Aun Weor, fundador do Movimento Gnóstico Cristão Universal, ensinou a magia sexual como um dos pilares fundamentais do que chamou Revolução da Consciência. Sua principal característica é o que o próprio autor chama de “ascese revolucionária da Era de Aquário”. Ainda de acordo com o autor, metafisicamente, seu processo consiste na “mescla inteligente da ânsia sexual com o entusiasmo espiritual”. Contudo, em termos que se atêm somente à fisiologia desta classe de magia sexual, esta consiste, em suma, na conexão dos órgão genitais masculinos e femininos (chamados pelos termos orientais Lingan e Yoni) evitando-se o orgasmo, tanto masculino quanto feminino, e a perda do sêmen.

O.T.O. (Ordo Templi Orientis)

A Ordo Templi Orientis, fundada por Theodore Reuss e Karl Kellner no princípio do século XX, baseou-se inicialmente na aplicação dos conhecimentos do tantra sobre o sistema da maçonaria. Quando o ocultista inglês Aleister Crowley passou a ter o controle da ordem, seus rituais e filosofia básica foram reformulados para serem interpretados e trabalhados sob a chamada Lei de Thelema. A O.T.O. acabou sendo a origem de diversas dissidências que adotaram diferentes visões sobre a magia. Dentre as dissidências que realizam um trabalho considerado sério, podemos citar a Ordo Templi Orientis Antiqua (O.T.O.A.) e a Tiphonian Ordo Templi Orientis (T.O.T.O.).

Magia Luciférica

Este sistema é desenvolvido por uma fraternidade chamada “Fraternitas Saturni”. É um sistema parecido com o da O.T.O., centralizando suas práticas em magia sexual (em especial nas práticas da “mão esquerda”) e em magia ritualística. A diferença principal em relação a O.T.O. é que, enquanto esta busca a fusão individuada com a energia criadora, porém sem uma representação central, a Fraternitas Saturni busca elevar o espírito humano a uma condição de divindade, representada por Lúcifer. O sistema possui 33 graus.

Magia Enoquiana

A magia enoquiana é um sistema simbolicamente complexo, que consiste na evocação de energias (também chamadas de entidades), e foi proposto pelo astrólogo e alquimista John Dee e por Edward Kelley. O sistema foi posteriormente estudado pela Golden Dawn e por Aleister Crowley.

Magia Musical

Criado por uma renomada ocultista, Juanita Wescott, estudiosa do sistema de Franz Bardon. O sistema de magia musical faz uso dos mais elevados ensinamentos do hermetismo e da cabala, do ponto de vista de Franz Bardon.

Magia Avaloniana

A magia avaloniana é uma forma de espiritualidade Celta, assim como o druidismo e a wicca. Visa principalmente à adaptação da espiritualidade europeia ao Brasil, local onde surge. São politeístas,animistas e creem na transmigração da alma. Trabalham comreconstrucionismo celta.

Wicca

Religião fundada por Gerald Gardner em 1951, resgatando práticas religiosas dos povos celtas. É uma religião voltada para os cultos à natureza, com politeísmo, magia e exoterismo.

Xamanismo

Sistema que deu origem a diversos cultos e religiões e cuja origem remonta à Idade da Pedra. O xamã é uma espécie de curandeiro, com poderes mágicos especiais.

Candomblé

É um sistema semelhante ao vodum, muito popular no Brasil. Consiste na invocação de orixás, voduns e inquices africanos, considerados ancestrais divinizados.

Vodu haitiano

É um sistema popular no Haiti. Assemelha-se ao candomblé e aovodum africano.

Vudu da Luisiana

O vudu da Luisiana é associado à tradição creole de Nova Orleans.

Umbanda

É uma fusão de várias religiões, notadamente a pajelança e ocatimbó, com predominância deste último. Na umbanda, há a invocação, geralmente, de caboclos e pretos-velhos, enquanto que, no candomblé, invocam-se os orixás.

Quimbanda

É um sistema de magia que trata da invocação de entidades chamadas Exus, podendo-se, com a ajuda dessas entidades, fazer tanto o bem quanto o mal.

Outros sistemas

Existem inúmeros outros sistemas místicos e/ou mágicos que possuem os mais diversos fundamentos. O ponto em comum desses diversos sistemas seria atingir um objetivo através do uso de meiossobrenaturais ou ocultos.

Fonte: Wikipedia

Você também pode gostar de:

O que é magia

Descobertas de Maria a judia

Seria Nostradamus um farsante

Celebridades ligadas às ciências ocultas

A evolução do ser humano

Tecnologias do Paquistão

 

julho 16, 2015 Posted by | Reflexões | , , , | Deixe um comentário

Reação a ala radical do rock

mensagem de amor

Eu amo Jesus

Não é bom ignorar as crianças, tão pouco tratá-las como adultos. Subestimar os adolescentes pode se tornar um grande erro.

Adolescentes, assim como as crianças, tem mais energia do que necessitam para viver. Vivendo num mundo de aparências onde nada faz muito sentido, os adolescentes tornam-se carentes e vítimas dos pilantras, traficantes ou outros caçadores de mentes.

Adolescentes são rebeldes sem causa, por isso, estão abertos a tudo o que vêem pela frente.

O rock sempre foi politicamente incorreto e cria falsas imagens que convence mais os jovens que as verdades da vida. A ideia é passar a imagem de bad boy, quanto pior, melhor. Cada tribo se agrupa em torno de seu líder e sente poderoso assim.

Símbolo de Amor

Símbolo de Amor

Um dos símbolos do rock foi paz e amor, aquele com os dedos em “V”. Também surgiu um símbolo da ala mais radical do rock mais pesado, com as mãos fechadas, mas com dois dedos em forma de “U” ou chifre. O que isso significava poderia chocar muita gente, isso se muita gente soubesse o que esse “U” significava.

A igreja católica demorou um pouco para notar a carência dos jovens e criar um símbolo que pudesse conter a outra mensagem obscura.

O símbolo postado aqui significa “eu amo Jesus”, e é antagônica à outra mensagem em “U” que significa exatamente o contrário.

Antes tarde do que nunca: finalmente a igreja resolveu facilmente o problema que poderia levar a outros. Esperamos que a reação seja mais rápida e eficaz diante da próxima ação inconsequente dos jovens.

By Jânio

Você também pode gostar de:

Comunicação com símbolos

Suástica – Símbolo obscuro do nazismo

 

julho 10, 2015 Posted by | Reflexões | , , , , | Deixe um comentário

Portador da síndrome de down com licenciatura

conquista da educação

Graduação Histórica

Este é um caso de superação pessoal que nos inspira a acreditar mais em nós mesmos. Esse é o  primeiro homem no mundo, com síndrome de Down, que consegue um diploma universitário, mas não só isso, ele também é um ator e escritor.

Trata-se do espanhol Pablo Pineda, 40 anos, que no final da década de 1990 conseguiu licenciatura em Educação Especial e, em seguida, obteve uma segunda licenciatura em Psicopedagogia. Suas realizações tornaram-se uma referência mundial que quebra padrões sociais e preconceitos sobre o desenvolvimento acadêmico, profissional e carreira das pessoas com essa síndrome de origem genética, informa Noticia Al Dia ‘.

Pineda também é escritor e já publicou dois livros, nos quais ele reflete sobre a educação, ensino e aprendizagem em áreas gerais.

Saiba mais: Um menino russo vence competições, apesar de uma doença grave

“Pense que você tem um filho, não um incapacitado (…) O  importante não são as nossas limitações mas, sim, nossa potencialidade, e devemos explorá-las. “Seus filhos são o que são educados para ser” , diz Paulo, que disse  combater o  paternalismo e exagerado  e a superproteção, transformando os filhos  em dependentes. Essa atitude tem muitos inconvenientes, porque não ensina as crianças a enfrentar os seus problemas e tentar encontrar saída para eles. “

Pineda também se destacou no cinema, onde ele atuou como o protagonista do filme “Eu também”, inspirado  em afetividade, sexualidade e sentimentos de pessoas como ele . Esse papel lhe permitiu ser premiado com La concha de Plata de Melhor Ator no Festival Internacional de Cinema de San Sebastian (Espanha) em 2009.

Saiba mais: O homem que “abriu” uma montanha para que seus vizinhos pudessem chegar ao médico

Ele também é um palestrante, e realiza a função de  sensibilização e formação para  o público empresarial e sociedade em gera de países onde são erroneamente chamados de deficientes,  uma vez que “são  pessoas com capacidades diferentes  que tem muito a contribuir se lhe forem dadas um  voto de confiança “

Fonte: RT-TV

Você poderá gostar de:

O homem do braço de ouro

Transtornos médicos bizarros

Inteligência teórica

COG – O humanoide quase perfeito

O despertar da superconsciência

Inteligência artificial assusta cientistas

junho 27, 2015 Posted by | Reflexões | , , | Deixe um comentário

Transtornos médicos bizarros

Transtornos Físicos

Transtornos Físicos

Tradução do vídeo postado Abaixo

Pessoas com condições médicas estranhas:

01 – Homem árvore

O fazendeiro romeno Ion Toader foi diagnosticado com uma estranha condição conhecida como Epidermodysplasia verruciformis em sua pele que faz nascer mato literalmente em suas mãos e pés.

Em novembro de 2.007, um homem da Indonésia, Dede Koswara, foi diagnosticado com o mesmo sintoma. Ele deu a si mesmo o nome de homem árvore. O homem árvore participou de vários documentários e pareceu não se importar com sua condição.

02 – O homem elefante

Joseph Merrick nasceu em Londres em 1.862 e, logo depois de seu nascimento, desenvolveu anomalias em sua face e mãos. Partes de seu corpo se deformaram e os especialistas não conseguiram diagnosticar sua condição.

Precisando sobreviver, Joseph juntou-se a um “circo de aberrações”, ficando conhecido como O Homem Elefante.

Morreu aos 27 anos e seu corpo foi doado para um instituto de pesquisas. Seu esqueleto permanece preservado no departamento de patologia no Royal London Hospital.

Sua história tornou-se fonte de inspiração para o cinema onde foi imortalizado.

03 – O verdadeiro Benjamin Button

San Berns foi diagnosticado com uma rara condição médica chamada progeria when ele tinha apenas 22 meses de vida. Progeria causa transformações na face e queda de cabelo. O Doutor disse à sua família que ele não viveria mais que 13 anos mas, milagrosamente, ele viveu até os 17.

Sua história inspirou as fundações dedicadas à pesquisa da Progeria que tem ajudado a salvar numerosas vidas porque os médicos de Sam estavam aptos a encontrar o gene que causa a Progeria e desenvolveram um tratamento médico para ajudar a prolongar vidas.

04 – A síndrome da Bela Adormecida

Beth Goodier sofre de um transtorno chamado de síndrome Kleine-Levin, também conhecido como síndrome da Bela Adormecida.

Trata-se de um transtorno raro que provoca uma intensa vontade de dormir de uma a três semanas. Durante estes episódios, Beth pode dormir 22 horas ao dia e a cada 2 horas ela acorda grogue como uma criança.

O transtorno neurológico começou quando ela tinha 16 anos, quando ela iniciou uma batalha que dura até hoje, com quase 21 anos.

05 – Criança borboleta

Jonathan Pitre tem 14 anos de idade e sofre de um raro transtorno chamado Epidermolysis Bullosa, que é um raro transtorno na pele que causa bolhas de forma dolorosa. Traduzindo, sua pele torna-se muito frágil e pequenas tarefas como comer, caminhar e o banho, são quase impossíveis por causa de sua dolorosa condição.

Jonathan não pode praticar nenhum esporte e precisa ser enfaixado todo dia para evitar os ferimentos em sua pele.

Ele tornou-se o símbolo da luta contra a doença e já ajudou a angariar mais de 100.000 para as pesquisas relacionadas a esse transtorno.

06 – O pequeno gigante

Adam Rainer viveu duas diferentes vidas. Ele nasceu anão em 1.899 e morreu um gigante em 1.950.

Quando ele tinha apenas 18 anos, ele era muito pequeno (media 4 pés, medida americana), que legalmente fazia dele um anão, entretanto, ele experimentou um crescimento retardado e abrupto que fez com que ele aumentasse mais de 7 pés em 1.931.

Por causa de seu gigantismo, ele passou a maior parte de sua vida acamado. Acredita-se que um tumor na glândula pituitária tenha causado o transtorno conhecido como Acromegaly, causador de de suas dramáticas estaturas diferentes.

07 – Alergia à àgua

Ashleigh Morris tem alergia de àgua desde os 14 anos de idade. O transtorno é chamado de Aquagenic urticária e se Ashleigh está em algum lugar próximo de água, ela simplesmente passa a sentir uma dor insuportável. Seu banho não pode durar mais de um minuto e ela precisa ficar quase sempre suja.

Acredita-se que seu transtorno seja causado pelo tratamento muito forte a base de penicilina quando ela era muito jovem, o que alterou seu nível de histamine (alergia).

08 – O homem lobo

Fajardo Aceves sofre de uma condição chamada Hypertrichosi, que causa o crescimento de cabelo em todo o corpo. O transtorno é geralmente chamado de Sindrome de Lobisomem, por causa do cabelo que cobre o rosto. Pessoas assim geralmente trabalham em circo de atrações. Fajardo e sua família tiveram que deixar sua casa em Loreto.

09 – Menina que não para de comer

Lizzie Velasques tem de comer a cada 15 minutos para sobreviver. Os médicos acreditam que um problema no neonatal tenha causado uma síndrome que causa uma acelerada perda de peso.

Lizzie come entre 5.000 e 8.000 calorias ao dia, mesmo assim aparenta anoréxica. Ela se tornou palestrante motivacional, apesar de ser taxada frequentemente de “a mulher mais feia do mundo” por alguns internautas.

Lizzie também sofre de Marfan e Lipodistrofia, dois transtornos médicos muito raros.

10 – Dois úteros

Hazel Jones costuma brincar que ela perdeu sua virgindade duas vezes, por ela ter dois úteros.

Depois que seu namorado a alertou que ela era “um pouco diferente lá embaixo”, quando ela tinha 18 anos. Hazel foi ao médico e descobriu chocada que ela tinha dois úteros.

O transtorno tem o nome oficial de Uterus Didelphis, e Hazel diz sofrer um pouco mais que as mulheres “normais”.

Assista ao vídeo traduzido por esse texto:

The richest

Filmes grátis

A beleza natural da Sibéria

Star Wars – Threads of Destiny

Barcelona segundo os colombianos

junho 9, 2015 Posted by | curiosidades, Reflexões, Videos | , , | 5 Comentários

Realidade além da vida real

imagem em 4D

Realidade Virtual

Realidade no cinema

Assistindo o filme Vice e resolvi fazer uma releitura de um dos meus temas favoritos, percepção. Isso aconteceu porque eu fiquei refletindo sobre a violência explicita mostrada e criticada pelo filme. Eu fiquei imaginando se no lugar dos robôs, vítimas da violência, estivessem clones.

Aqueles robôs eram cópias perfeitas dos seres humanos, mesmo assim eram apresentados como robôs e fica muito mais fácil usar a violência em se tratando de robôs.

Robôs perfeitos assim são considerados ficção de um tempo muito distante, longe da realidade. Entretanto, serve muito bem para testar o grau de tolerância da sociedade em relação aos clones, manipulação genética. A manipulação genética seria, nesse caso, uma mensagem subliminar do filme. Vários filmes tem apresentado críticas sociais em forma de ficção, alguns exemplos são: Maze Runner – Correr ou morrer, Given – O doador de memórias, Before I go to sleep – Antes de dormir, Visões de um crime, Mindscape – Regressão, e o mais comentado de todos, A origem.

Todos esses filmes não deixam nada a dever aos clássicos, Matrix, Vanila Sky ou Terceiro Olho. Tudo isso era visto apenas como A hora do Pesadelo, mas tem se tornado bem mais crítico atualmente. A crítica até que é construtiva, já a manipulação está inevitavelmente relacionada aos meios de comunicação.

Realidades dos meios de comunicação

Durante muitos anos, séculos, milênios, enfim, desde que o ser humano passou a pensar de maneira mais complexa e a própria natureza se tornou mais complexa, o ser humano passou a valorizar mais a liberdade, ironicamente, quanto mais valor dava a sua liberdade, mais preso se tornava de sua dependência social. Assim, as pessoas estão sempre dependentes das instituições ao seu redor, poucas pessoas escapam a esse controle.

Quando os meios de comunicação se tornaram menos confiáveis, fez-se necessário que novos mecanismos fossem criados para que o controle fosse restabelecido. Antes, as notícias eram veiculadas por interesses, sem nenhuma opinião agregada, agora é preciso realismo e violência explícita.

Os realities shows tem surgido com essa finalidade, suprir as mentiras e manipulações que as novelas e noticiários não conseguem.

Muitas pessoas assistem a esses programas sem a menor noção do que está acontecendo. O filme 1984 criou o Big Brother e não há muito charme nessa idéias. A NASA criou um experimento científico para simular o que aconteceria com as pessoas presas e limitadas fora da Terra. Filmes como Admirável Mundo Novo até tentaram mostrar os perigos de uma sociedade controlada, manipulada, alienada, mas o destino demonstraria que as novas tecnologias tornariam isso muito mais perigoso para a sociedade.

Realidades mentais

A manipulação e o controle do ser humano, privando-o de sua liberdade, fez com que surgissem milhares de distúrbios mentais, alguns considerados normais pela sociedade, enquanto outros são considerados doença.

Isso tem acontecido porque nem todas as pessoas tem a natureza propícia ao controle, em algumas pessoas a mente reage a falta de liberdade e a manipulação, surgindo assim os distúrbios mentais.

A mente pode até criar realidades subconsciente ou semiconscientes. No caso da realidade semiconsciente, surgem os sonhos lúcidos que são realidades quase reais mas com um potencial ilimitado, além de ser controlado e interativo em relação a mente, já no caso da realidade subconsciente isso pode ficar restrito aos sonhos e pesadelos, mas também pode se tornar um problema real, afetando a personalidade do indivíduo, causando transtornos mentais.

É muito difícil dizer quem é louco ou quem é normal. A boa notícia é que a maioria das pessoas não perde o controle da própria mente, diante do controle exercido pela minoria opressora, a má notícia é que todos somos doentes mentais em menor grau.

Realidades tecnológicas

As novas tecnologias seguem as novas tendências e a demanda promove a busca de novos dispositivos para demonstrar a realidade ou a ficção, dependendo da área em que são aplicados. Quanto mais a nossa vida se torna tecnológica, maior a demanda pelo controle dessas tecnologias ou pela resolução dos problemas causados por elas.

Eu sempre via as possibilidades da tecnologia 4D quando o mundo ainda procurava desenvolver a tecnologia 3D, hoje, a tecnologia 4D já é uma realidade, mais que isso, abriu de vez a nossa visão para os limites entre a física real e a física filosófica ou, melhor dizendo, teoria das cordas, o portal para o multiverso.

Essas novas tecnologias abrem um leque de novas possibilidades, por exemplo, na ficção já surgem as memórias em hologramas, imagens em 3D, o que impossibilitaria a diferenciação entre os fantasmas e as memórias gravadas, isso para quem tem essa percepção, naturalmente. A tecnologia em 3d apresenta a possibilidade da transformação de todo o interior de uma casa em ambiente virtual e interativo, transformando essa casa num gigantesco dispositivo de realidade virtual.

Realidade virtual real

O computador possibilitou a interação entre vários recursos de comunicação e entretenimento: biblioteca, educação, vendas, correio, rádio, imprensa, tv, cinema, diário, manifestação ideológica, discussão, notícia em tempo real, atendimento personalizado, relacionamento, denúncia, etc., surgindo daí conceitos como multimídia e internet e realidade virtual.

A internet despertou o sentimento de individualidade de cada pessoa, mas demorou muito até que os poderosos descobrissem que isso seria uma ameaça ao poder elitizado e a verdade única, indiscutível, o fim dos argumentos preconceituados.

Através da internet a esquerda ganhou força, fortalecendo ainda mais o sistema bipartidário, o que não é bom, apesar de ser melhor que apenas a direita no poder. Por outro lado, a educação ganhou muito com isso, a quantidade de informação é tão grande que é preciso aprender a ver o que realmente deve ser visto. Contrariando o pensamento elitista de exclusão digital dos semi-analfabetos, a internet possibilita a  inclusão de imagens, e algumas valem por milhões de palavras, uma verdadeira revolução no universo da comunicação.

By Jânio

Primeiro protesto holográfico da história

Quase real

Cientistas querem provar o multiverso

Imagens em 4D

Sonhos lúcidos

Ciência social insensível

abril 17, 2015 Posted by | Ciências, Reflexões | , , , , , | 1 Comentário

Legalização da prostituição

Profissão Ilegal

Profissão Ilegal

10 Razões para a prostituição não ser legalizada

Janice Raymond, Coalizão contra o Tráfico Internacional de Mulheres (25 de março de 2003)

Tradução autorizada de Priscila Siqueira

A seguinte argumentação se aplica a todas as formas de apoio oficial à prostituição, incluindo não somente a legalização total de bordéis e atuação dos cafetões, mas também a descriminalização da Indústria Sexual, a regulamentação da prostituição por leis como o registro das prostitutas ou os exames de saúde obrigatórios para as mulheres, ou qualquer sistema no qual a prostituição seja reconhecida como “trabalho sexual” ou defendida como uma opção de trabalho.

1- Legalização / Descriminação da prostituição é um presente para os cafetões, traficantes de mulheres e a indústria sexual.

O que significa a legalização da prostituição ou a descriminação da indústria do sexo? Na Holanda, a legalização favorece todos os aspectos da Indústria Sexual: as próprias mulheres, os chamados “clientes”, os cafetões que – sob o regime da legalização – são transformados em parceiros comerciais terceirizados e legítimos empreendedores sexuais.

A legalização / descriminação da indústria sexual também converte os bordéis, clubes de sexo, casas de massagem e outros lugares de prostituição em locais legítimos, onde as atividades sexuais remuneradas são permitidas legalmente com poucas restrições.

As pessoas acreditam que, advogando a legalização e descriminação da prostituição, elas estão dignificando e profissionalizando as mulheres que vivem na prostituição. Mas dignificar a prostituição como trabalho, não significa dignificar as mulheres mas simplesmente “dignificar” ou facilitar a vida da indústria sexual. As pessoas não percebem que a descriminação, por exemplo, significa a descriminação de toda a indústria sexual, não somente das mulheres. E elas não pensaram sobre as conseqüências da legalização dos cafetões como empresários sexuais legais ou homens de negócios que terceirizariam a atividade da prostituta, ou o fato de que os homens que compram as mulheres para a atividade sexual, seriam, então, aceitos como legítimos consumidores de sexo.
2 – Legalização / descriminação da prostituição e da indústria sexual promove o tráfico sexual.

A legalização / descriminação das indústrias da prostituição é uma das raízes do tráfico sexual. Um dos argumentos usados para legalização da prostituição na Holanda foi a do que tal medida legal iria ajudar acabar com a exploração das desesperadas mulheres imigrantes traficadas para a prostituição. Um levantamento feito pelo Grupo Budapeste (governamental), atesta que 80% das mulheres dos bordéis na Holanda são traficadas de outros países (Budapeste Group,1999:11). Já em 1994, a Organização Internacional de Imigração (IOM) declarava que somente na Holanda” perto de 70% das mulheres traficadas eram oriundas dos países da Europa Central e do Leste Europeu. ( IOM, 1995:4)

O Governo da Holanda se declara o campeão de políticas e programas anti-tráfico de seres humanos, ainda que cinicamente tenha removido todo e qualquer impedimento à cafetinagem, aliciamento de mulheres e bordéis. Em 2000, o Ministro da Justiça holandês reivindicou uma quota legal de trabalhadoras sexuais estrangeiras, já que o mercado holandês de prostituição demandava uma variedade de “corpos” ( Dutting,2001:16) Também no ano de 2000, o Governo Holandês reivindicou e conseguiu uma sentença da Corte Européia reconhecendo a prostituição como uma atividade econômica., Assim, as mulheres da União Européia e dos países do antigo Bloco da União Soviética se habilitaram a obter suas permissões de trabalho como “trabalhadores sexuais” na indústria holandesa do sexo, caso provassem estar empregadas.(Dutting,2001:16). As ONGs holandesas atestaram que os traficantes estão tirando vantagem das leis que permitem a vinda de mulheres estrangeiras pra a indústria da prostituição na Holanda. Essas leis mascaram o fat
o das mulheres terem sido traficadas e por obrigar as mulheres imigrantes a se auto-definirem como“trabalhadoras sexuais” para poderem entrar no país.

Em janeiro de 2002, a prostituição na Alemanha foi totalmente implementada como um emprego legítimo depois de ter sido legalizada nas assim chamadas zonas de tolerância ou “Eros”. Promover a prostituição, a cafetinagem e os bordéis, são agora atividades legais na Alemanha. Já em 1993, depois que os primeiros passos para a legalização da prostituição foram tomados, até mesmo os que defendiam essa medida reconheceram que 75% das mulheres que viviam na prostituição na Alemanha eram estrangeiras procedentes do Uruguai, Argentina, Paraguai e outros países da América do Sul (Altink,1993:33). Depois da queda do Muro de Berlim, os proprietários de bordéis declararam que 9 entre 10 mulheres na indústria do sexo na Alemanha vinham dos países do Leste Europeu (Altink,1993:43) e de outros países da antiga União Soviética.

É evidente o volume de mulheres estrangeiras que estão na indústria sexual na Alemanha. Algumas ONGs estimam que, atualmente, o número de estrangeiras ultrapassa a 85 % das mulheres em estado de prostituição. Esse dado suscita a dúvida de que um tal número de mulheres pudesse ter entrado na Alemanha se não houvesse facilidades para tanto. Como na Holanda, as ONGs afirmam que a maior parte das mulheres estrangeiras foram traficadas para este país já que é quase impossível para as mulheres pobres financiar sua própria imigração, bancar os custos da viagem, os documentos necessários, bem como estabelecerem-se no negócio sem uma ajuda externa.

A ligação entre a legalização da prostituição e o tráfico de mulheres na Austrália foi reconhecido no relatório sobre Direitos Humanos, do Departamento de Estado dos USA, publicado por seu Escritório sobre os Assuntos de Democracia, Direitos Humanos e Trabalho, em 1999. No relatório sobre a Austrália, notou-se que no estado de Vitória que havia legalizado a prostituição nos anos 80, “o tráfico das mulheres vindas da Ásia Ocidental para o comércio sexual é um problema crescente; na Austrália…as leis que legalizaram a prostituição em diversas regiões do País, dificultaram os esforços anti-tráfico de seres humanos, ao nível das dificuldades que enfrentamos agora…”
3- A legalização não controla a indústria sexual. Só a expande.

O exemplo da Holanda mostra não ser verdade que a legalização e descriminação são fatores reguladores na expansão da indústria sexual mantendo-a sob controle. Nesse país, a indústria do sexo representa 5% de sua economia (Daley,20001:4) . Durante a última década, quando a ação dos cafetões se tornou legal (em 2000, os bordéis foram descriminados na Holanda) , a indústria do sexo se expandiu em 25% (Daley,2001:4). A qualquer hora do dia, mulheres de todas as idades e raças, quase nuas, são postas à mostra nas famosas vitrines dos bordéis holandeses e clubes de sexo e seus serviços sexuais são oferecidos à venda para consumo dos homens. A maioria dessas mulheres são de outros países (Daley,2001:4) tendo sido, provavelmente, traficadas para a Holanda.

A legalização da prostituição no estado de Vitória, Austrália, permitiu uma expansão massiva da indústria do sexo. Enquanto que em 1989 havia 40 bordéis legalizados em Vitória, já em 1999 esse número havia subido para 94, juntamente com 84 serviços de acompanhantes. Outras formas de exploração sexual como as mulheres que dançam em cima das mesas, as casa de sado-masoquismo, shows para “voyeurs” (peep shows), linha telefônica sexual e a pornografia desenvolveram-se de forma muito mais rentável que anteriormente (Sullivan and Jeffreys,2001:1).

A prostituição tornou-se aceitável ao lado do turismo e do desenvolvimento gigantesco dos cassinos em Vitória. A direção desses cassinos que são subsidiados pelo governo, autoriza a utilização das fichas de jogo como forma de pagamento nos bordéis. O aumento de mulheres na prostituição foi intensificado enormemente e é hoje muito mais visível.
4- A legalização aumenta a prostituição de rua que é ilegal, escondida e clandestina.

Supostamente a legalização tiraria as mulheres da rua. Porém muitas mulheres não querem se registrar ou se submeter aos exames de saúde, como é exigido por lei em alguns países onde a prostituição é regularizada. O que acontece então, é que a legalização as impele para as ruas. E muitas mulheres optam por se prostituir nas ruas para escapar do controle e exploração dos novos ”empresários do sexo”.

Na Holanda, as mulheres na prostituição apontam que a legalização e descriminalização da indústria do sexo não apagou o estigma da prostituição mas, ao contrário, elas ficaram mais vulneráveis ao abuso porque devem ser registradas, perdendo assim, o anonimato. Por conta disso, a maioria das mulheres prefere trabalhar ilegalmente e “debaixo dos panos”. Membros do Parlamento Holandês que originalmente apoiaram a legalização da prostituição por acreditar que estariam libertando as mulheres com tal medida, agora percebem que a legalização só reforça a opressão das mulheres.( Daley,2001:A1)

Falhou a argumentação de que a legalização supostamente tira os elementos criminais dos negócios relacionados com o sexo, pois estes passam a ser rigorosamente regulamentados. O crescimento real na prostituição da Austrália desde a legalização, aconteceu nos setores ilegais. Desde que foi estabelecida a legalização em Vitória, o número de bordéis triplicou e aumentou de tamanho, sendo que a vasta maioria deles funciona sem licença apesar de fazerem propaganda, operando impunemente. (Sullivan and Jeffreys,2001). Em Nova Gales do Sul, os bordéis foram descriminados em 1995. Em 1999, o número de bordéis em Sidney cresceu exponencialmente de 400 para 500. A vasta maioria não tem licença para funcionar. O controle da prostituição ilegal saiu das mãos da polícia, afim de fugir da corrupção policial endêmica, e foi colocada nas mãos dos conselhos locais e legisladores. O conselho não tem nem o dinheiro, nem o pessoal necessário para investigar os bordéis, para que os operadores ilegais possam ser condenados.
5- Legalização da prostituição e descriminação da indústria do sexo aumenta a prostituição infantil.

Um outro argumento usado em favor da legalização na Holanda, foi o de ajudar a acabar com a prostituição de crianças. Na realidade, porém, a prostituição infantil aumentou de forma dramática durante os anos 90. A Organização sobre Direitos da Criança, com sede em Amsterdã estima que o número de crianças exploradas sexual e comercialmente, subiu de 4 mil crianças, em 1995, para 15 mil em 2001. Essa organização calcula que pelo menos 5 mil dessas crianças na prostituição são de outros países, com um vasto segmento sendo de meninas nigerianas (Tiggeloven 2001).

A prostituição de crianças cresceu dramaticamente em Vitória em comparação com os outros estados da Austrália onde a prostituição não foi legalizada. De todos os estados e territórios na Austrália, o maior número de incidentes declarados de prostituição infantil veio deste estado (Vitória). Em um estudo realizado em 1998 pela ONG, End Child Prostitution, Child Pornography, and Trafficking of Children for Sexual Purpose-sECPAT (Pelo fim da prostituição, pornografia e tráfico de crianças) de 1998, que comandou uma pesquisa para a Comissão de Inquérito Nacional sobre prostituição infantil, havia uma evidência clara do aumento da exploração sexual e comercial de crianças na Austrália.
6- A legalização da prostituição não protege as mulheres prostituídas.

A Coalizão Internacional contra o Tráfico de Mulheres – CATW, liderou dois grandes estudos sobre tráfico de mulheres e prostituição, entrevistando mais de 200 vítimas da exploração sexual e comercial. Nesse estudo, as mulheres na prostituição afirmavam que os estabelecimentos onde trabalhavam, pouco faziam para protegê-las, independentemente se eram ou não ilegais. ”Se eles protegem alguém, esse “alguém” são os clientes”.

Na pesquisa realizada pela CATW em cinco países, quando 145 vítimas do tráfico internacional e prostitutas locais foram entrevistadas, 80% delas afirmaram haver sofrido violência física de cafetões e clientes e tendo suportado múltiplos efeitos da violência e da exploração a que foram submetidas. (Raymond et al,2002).

A violência a que as mulheres foram submetidas era intrínseca à exploração sexual e à prostituição. Os cafetões usaram da violência por muitas razões e propósitos. A violência foi usada para iniciar algumas mulheres na prostituição e quebrar sua resistência para praticarem determinados atos. Depois da iniciação, a cada passa do processo, a violência era usada para a gratificação sexual do cafetão, como uma forma de punição, para intimidar ou ameaçar as mulheres, para demonstrar o domínio do cafetão, para punir as mulheres pelas alegadas ”violações”, para humilhar as mulheres e para isolá-las ou confiná-las.

Em relação á proteção que os estabelecimentos onde trabalham poderiam lhes dar, elas declararam que o “protetor” nunca estava no quarto com elas, onde qualquer coisa poderia acontecer. Uma mulher que se prostituía marcando encontros com os clientes através de chamadas telefônicas, afirmou: ”- Era para o motorista funcionar como meu guarda-costas. Eu deveria chamá-lo quando chegasse no quarto do cliente, para certificá-lo que tudo estava bem. Mas como ele não ficava do lado de fora, enquanto a gente estava dentro, de nada adiantava dizer que ele poderia nos proteger caso viéssemos a precisar”.

O estudo da CATW mostrou que mesmo as câmeras ocultas das casas de prostituição são usadas para proteção do estabelecimento, porém é de secundária importância na proteção de eventuais abusos às mulheres.
7-A legalização da prostituição aumenta a procura pela prostituição. Ela incentiva a motivação dos homens para a compra dos serviços sexuais das mulheres de uma forma muito mais permissiva e aceitável socialmente.

Com o advento da legalização nos países que descriminaram a indústria do sexo, muitos homens que não comprariam mulheres para sexo, agora o fazem pois esta se tornou uma prática aceitável socialmente. Quando as barreiras legais desaparecem, também desaparecem as barreiras éticas e sociais que impediam a mulher de ser tratada como uma mercadoria sexual. A legalização da prostituição passa uma mensagem para as novas gerações de homens e garotos de que as mulheres são mercadorias e que a prostituição é uma brincadeira sem conseqüências.

Como é oferecido aos homens um excesso de serviços sexuais, as mulheres têm de competir entre si, oferecendo sexo anal, sexo sem preservativos, práticas sado-masoquistas e atender outras exigências feitas pelos clientes. Um vez que a prostituição seja legalizada, todas as barreias são eliminadas. A capacidade reprodutiva das mulheres também se torna um produto passível de venda. Todo um novo grupo de clientes encontra prazer sexual na gravidez da mulher e exigem serem amamentados no peito em seus intercursos sexuais. (Sullivan and Jeffreys,2001)

Os anúncios dispostos ao lado das rodovias de Vitória oferecem mulheres como objetos de uso sexual ensinando as novas gerações de rapazes que as mulheres são seres subordinados e de segunda categoria.Os homens de negócios são encorajados a realizarem seus encontros coorporativos nestes clubes noturnos , onde os seus proprietários oferecem aos clientes mulheres nuas dançando sobre a mesa durante os intervalos para tomarem chá ou enquanto eles almoçam.

Um proprietário de bordel em Melbourne afirmou que o perfil de sua clientela “era constituída de profissionais bem educados, que visitavam o estabelecimento durante o dia e então voltavam para seus lares ao encontro de suas famílias”.As mulheres que desejam uma relação mais igualitária com os homens, acabam descobrindo que muitas vezes os homens de suas vidas freqüentam bordéis e clubes de sexo. Para continuar com sua relação amorosa elas têm duas escolhas a fazer: ou aceitar que seus parceiros estão comprando favores sexuais – até mesmo fingindo que não o sabem, ou desistir da relação. (Sullivan and Jeffreys,2001).

A Lei 1997/98:55, do Governo Sueco, sobre a Violência Contra da Mulher, proíbe e penaliza a “compra de serviços sexuais”.Esta é uma abordagem inovadora que atinge a demanda pela prostituição. A lei sueca acredita que “proibindo a compra de serviços sexuais, a prostituição e seus efeitos funestos podem ser neutralizados mais efetivamente que na situação anterior”.O importante é que essa lei claramente declara que a “prostituição não é um fenômeno socialmente desejável.” e é “ um obstáculo para o atingir-se a igualdade entre mulheres e homens”.

8-A legalização da prostituição não promove a saúde das mulheres.

O sistema de prostituição legalizada que exige exames e certificados de saúde somente para as mulheres e não para seus clientes, é gritantemente discriminatório para com elas. Os exames de saúde “Só para mulheres”, não fazem nenhum sentido para a saúde pública, pois monitorar as prostitutas não significa que serão protegidas do HIV/AIDS ou das DSTs, já que os clientes (não examinados) podem transmitir-lhes tais doenças.

Argumenta-se que os bordéis legalizados e outros locais de prostituição “controlados”, protegem as mulheres, através de políticas que obrigam o uso de preservativos. Em um estudo da CATW, as mulheres dos Estados Unidos que vivem em prostituição e que foram entrevistadas, afirmaram o seguinte: 47% disseram que os clientes esperam sexo sem preservativos; 73% afirmaram que os homens oferecem mais para o sexo sem preservativo; 45% das mulheres atestaram que foram agredidas e abusadas por insistirem no uso do preservativo. Algumas mulheres disseram que certos estabelecimentos têm regras sobre o uso obrigatório do preservativo por parte dos clientes, mas que mesmo assim, os homens tentam fazer sexo sem o seu uso. Uma mulher declarou:- “É regra usar camisinha na sauna, mas pode-se negociar o seu uso. A maioria dos rapazes querem trepar sem camisinha”…(Raymond and Hughes,2001).

Na verdade, a política que força o uso do preservativo foi deixada na mão das mulheres. Elas é que decidem individualmente se fazem ou não sexo sem preservativo, e a oferta de um dinheiro extra é sempre uma pressão insistente. Uma mulher declarou :-“Eu seria mentirosa se dissesse que sempre uso camisinha. Se há uma grana extra na parada, jogo o preservativo pela janela. A gente está sempre atrás é de um dinheiro extra…” Muitos fatores interferem contra o uso do preservativo: a necessidade as mulheres fazerem mais dinheiro; o declínio das mulheres velhas que têm dificuldades para atrair os homens; a competição com os locais que não exigem o uso do preservativo; a pressão dos cafetões sobre as mulheres para fazerem sexo sem preservativo afim de ganharem mais dinheiro; dinheiro para o pagamento da droga caso seja viciadas e o pagamento dos cafetões além da falta de controle geral que as mulheres prostituídas têm sobre seus próprios corpos.

As assim-chamadas “políticas de segurança” dos bordéis não protegem as mulheres das agressões. Mesmo nos bordéis que supostamente monitoram os “clientes” e onde existem “leões de chácara”, as mulheres afirmam que foram agredidas por seus clientes, e algumas vezes, até mesmo pelos donos dos bordéis e seus amigos. Mesmo quando alguém interfere para controlar o abuso dos clientes, as mulheres vivem sob constante clima de medo e terror. Apesar de 60 % dessas mulheres reportarem que, algumas vezes os clientes foram impedidos de abusá-las , metade dessas mulheres respondeu que, elas pensaram poder ter sido mortas por tais clientes.(Raymond et al 2002).

9- A legalização da prostituição não melhora as condições de escolha da mulher.

A maioria das mulheres que estão na prostituição não fez uma escolha racional. Elas não se sentaram e decidiram que queriam ser prostitutas. Ao contrário, tais “escolhas” seriam melhores descritas como “estratégias de sobrevivência”. Mais que um consentimento, a mulher prostituta aceita as únicas opções que lhes são oferecidas. Seu consentimento se baseia no fato de ter de se adaptar às condições inadequadas que são estipuladas pelo cliente que lhe paga para fazer o que ele quer.

A maioria das mulheres entrevistadas nas pesquisas feitas pela CATW disse que sua opção de entrar para a prostituição se deu somente pelo fato de não terem outras condições de ganhar a vida. A maioria enfatizou que as mulheres na prostituição tiveram poucas opções na vida. Muitas disseram que a prostituição era sua última opção. Em um estudo realizado por essa ONG, 67% dos fiscais do governo expressou sua opinião de que as mulheres não entravam na prostituição voluntariamente. Também, 72% das assistentes sociais entrevistadas pela CATW não acreditava que as mulheres haviam escolhido voluntariamente trabalhar na indústria do sexo.(Raymond and Hughes,2001).

A distinção entre prostituição voluntária e forçada é exatamente o que a indústria do sexo está promovendo, pois ela dará mais estabilidade legal e segurança se tais distinções puderem ser utilizadas para legalizar a prostituição, os cafetões e os bordéis. As mulheres que tiverem qualquer queixa contra os cafetões e agressores terão de provar que foram “forçadas” a fazer o que eles exigiram Como é possível a qualquer mulher marginalizada provar que foi vítima de coerção?… Se as mulheres prostitutas tiverem de provar que usaram da força para recrutá-las ou que experimentam a força nas suas “condições de trabalho”, poucas mulheres prostituídas terão um recurso legal para faze-lo e pouquíssimos agressores serão condenados.

As mulheres na prostituição continuadamente mentem a respeito de suas vidas, seus corpos e suas respostas sexuais. Mentir é parte da essência do trabalho quando o cliente pergunta – “Você gostou?”. A prostituição é construída em cima de uma mentira, a de que as mulheres gostam dessa vida. Algumas sobreviventes da prostituição contaram que, somente muitos anos após deixarem a prostituição, é que tomarem conhecimento que ela não era uma escolha livre. Ainda mais, enquanto negavam sua própria capacidade de escolha estavam negando a si próprias.

Não há dúvida de que um pequeno número de mulheres diz que livremente escolheu ser prostituta. Elas admitem sua escolha especialmente no contexto público orquestrado pela indústria do sexo. Do mesmo modo, algumas pessoas escolhem se drogar com drogas perigosas como a heroína. Entretanto, mesmo quando algumas pessoas escolhem usar drogas pesadas/perigosas, nós ainda reconhecemos que esta espécie de droga é danosa para elas; sendo assim, a maioria das pessoas não luta para legalizar a heroína. E nesta situação, é o mal para a pessoa e não seu consentimento que vai determinar a maneira de agir do governo.

Até mesmo um relatório de 1998, da Organização Internacional do Trabalho- OIT, órgão das Nações Unidas, onde é sugerido que a indústria do sexo deva ser tratada como um setor economicamente legítimo, afirma que “a prostituição é uma das mais alienadas formas de trabalho. Análise realizada em quatro países mostra que as mulheres trabalham “com o coração pesado”, “sentem-se forçadas a fazê-lo”, “tinham suas consciências sufocadas” e auto-identidade negativa. Uma proporção significativa delas disseram querer largar o trabalho sexual se pudesse” (LIM,198:203).

Quando a mulher permanece numa relação abusiva com um parceiro que a espanca, ou mesmo quando ela defende as ações dele, as pessoas ligadas a esse tipo de problema, não dizem que ela fez isto voluntariamente. As pessoas reconhecem a complexidade de sua situação. Assim como as mulheres espancadas, as mulheres na prostituição muitas vezes negam o fato de terem sido abusadas porque não possuem outra alternativa significativa de vida.
10. As mulheres em sistema de prostituição não querem a prostituição legalizada.

Em um estudo realizado em cinco países diferentes sobre o tráfico sexual feito pela Coalizão contra o Tráfico de Mulheres – CATW e que foi financiado pela Fundação Ford, a maioria das 146 mulheres entrevistadas, rebateu energicamente a proposta de legalização da prostituição que a considera um trabalho legítimo. Essas mulheres advertiram que a legalização iria criar maiores riscos e prejuízos para as mulheres que aqueles que já sofrem dos clientes e cafetões violentos (Raymond et al, 2002). “De jeito nenhum. Isto não é uma profissão. É uma humilhação e uma violência por parte dos homens”. Nenhuma mulher entrevistada gostaria que seus filhos, sua família ou amigos tivessem que ganhar dinheiro entrando na indústria do sexo. Uma declarou: “A prostituição estraçalhou minha vida, minha saúde, enfim, tudo que eu tinha”.
Conclusão:

Os legisladores embarcam na defesa da legalização porque pensam que nada mais poderá resolver esse problema. Entretanto, a Scotland Yard declarou – “Deve-se ser cuidadoso a respeito de legalizar as coisas só porque achamos que o que estamos fazendo não está funcionando”.

Pouco se ouve falar sobre o papel da indústria do sexo na criação de um mercado sexual globalizado de corpos de mulheres e crianças. No entanto, ouvimos muito a respeito em transformar a prostituição numa atividade melhor para a mulheres através de sua regulamentação e legalização, através dos sindicatos das “trabalhadoras sexuais” e através de campanhas que abastecem as mulheres na prostituição com preservativos mas que não podem oferecer a elas outras alternativas de vida. Ouve-se muito de como manter as mulheres na prostituição, mas pouco sobre como tirá-las de lá.

Os governos que legalizarem a prostituição como “trabalho sexual” terão na indústria sexual uma enorme base econômica. Conseqüentemente, esse será um fator que determinará a dependência do governo no setor sexual. Se as mulheres na prostituição são contadas como trabalhadoras, os cafetões como empresários, os clientes como consumidores de serviços sexuais – legitimando assim toda a indústria sexual como um setor econômico – então os governos podem abdicar de sua responsabilidade de obter empregos sustentáveis e decentes para as mulheres.

Mais que o Estado sancionar a prostituição, o Estado devia outorgar uma lei que previsse a penalização dos homens que compram mulheres para o sexo e dão apoio ao desenvolvimento de alternativas para as mulheres na indústria sexual. Em vez dos governos acumularem dinheiro com os benefícios econômicos da indústria sexual através dos impostos pagos por ela, eles deveriam investir no futuro das mulheres prostituídas providenciando para elas recursos econômicos, esvaziando os cofres da indústria do sexo, afim de providenciar alternativas reais para as mulheres que vivem da prostituição.

Contactos com a autora:

Dra. Janice G. Raymond

Diretora co-executiva da Coalisão contra o Tráfico de Mulheres-CATW

Professora Emérita da Universidade de Massachusetts, Amherst

Caixa Postal 9338

N.Amherst, MA 01059

USA

jraymond@wost.umass.edu

março 19, 2015 Posted by | Reflexões | , , | 1 Comentário

Seis efeitos matrix já comprovados

Matrix

Matrix

O Centre for Research on Globalization, uma organização sem fins lucrativos em Montreal, Canadá, apresentou um relatório listando seis grandes ilusões que escravizam nossas vidas na matriz: um sistema rígido de controle sobre a mente que faz com que as pessoas programem e organizem o seu comportamento para que compartilhem com as versões conformistas ditadas pela sociedade.

O site icommercepage/ Made in Blog publica abaixo, a lista divulgada pela RT-TV.

1. Ilusão da lei, da ordem e do poder. Muitas pessoas sentem a obrigação moral de obedecer às leis, enquanto outras, que possuem poder e riqueza nem notam suas violações. Brutalidade policial, criminalidade desenfreada e justiça, que só funciona para o rico, em países como os EUA, são exemplos que demonstram que a lei é apenas um instrumento de opressão e controle social, e que qualquer autoridade relacionada a eles é falsa, hipócrita e injusta, segundo o site da organização.

2. Ilusão de prosperidade e felicidade. Roupas caras, jóias e acessórios, tornaram-se constante, permanentemente relacionados aos conceitos de prosperidade e felicidade. Essa percepção do termo é falsa porque a realidade é atribuída à saúde, amor e relacionamentos pessoais.

3. Ilusão do direito de escolha e liberdade. A liberdade ou o direito de escolha são os termos que na percepção moderna significam a seleção de algumas opções que são sempre limitados pelos sistemas, tanto judicial como fiscal, com algumas normas de exigência estabelecidas e consolidadas pela cultura.

4. Ilusão de verdade. Na mente das pessoas, há uma crença prevista no conceito de verdade. Esta percepção faz com que você confie em tudo o que é dito pela televisão e nas mídias de massa, celebridades ou representantes do poder.

5. Ilusão de Tempo – Este é um grande engano porque faz as pessoas pensarem no futuro, esquecendo o passado e o presente. O pior disso é que como consequência, as pessoas passam a ver o mundo como uma ficção, esquecendo a realidade.

6. Ilusão de isolamento. Muitas pessoas têm a falsa percepção de que todas as pessoas competem entre si, algumas chegam até a pensar que os vizinhos e a natureza estão contra a eles. Esse pensamento reforça a ideia de que tudo no mundo está inter-relacionado.

Fonte: RT-TV

Aparências reais

Percepção do nada

Ciência cega

Os melhores países segundo o IDH

O Brasil é o país rico mais pobre

Milagres existem?

É preciso ver para acreditar

O futuro do passado

Paulinopsia transforma o cérebro em Matrix

A obscura natureza da mente humana

fevereiro 7, 2015 Posted by | Ciências, Reflexões | , , , , | 1 Comentário

Seis grandes ilusiones que nos esclavizan en una matriz

Matrix

Matrix

El Centre for Research on Globalization, una organización sin ánimo de lucro de Montreal (Canadá), ha presentado un informe que enumera seis grandes ilusiones que esclavizan nuestras vidas en la matriz: un sistema rígido de control sobre la mente que hace a las personas programar y organizar su conducta de tal manera que comulgue con las versiones conformistas dictadas por la sociedad.

1. Ilusión de la ley, el orden y el poder. Muchas personas sienten la obligación moral de obedecer las leyes, mientras otras que poseen poder y riqueza no reparan en violarlas. La brutalidad policial, la delincuencia rampante y la justicia que solo funciona para los ricos en EE.UU. son ejemplos que evidencian que la ley es tan solo un instrumento de opresión y control social, mientras cualquier poder a este respecto es falso, hipócrita e injusto, se puede leer en el portal de la organización.

2. Ilusión de la prosperidad y la felicidad. La ropa cara, joyas y accesorios se convirtieron en la constante permanente relacionada con los conceptos de la prosperidad y la felicidad. Esa percepción del término es falsa porque la verdadera se atribuye a la buena salud, el amor y las relaciones personales.

3. Ilusión del derecho a elegir y la libertad. La libertad o el derecho a elegir son los términos que en la percepción moderna significan la selección de un par de opciones que siempre están restringidas por los sistemas tanto judicial comofiscal y unas normas prescritas y consolidadas por la cultura.

4. Ilusión de la verdad. En la mente de la gente existe una creencia programada sobre el concepto de la verdad. Esta percepción le hace fiarse de todo lo que le dicten por la televisión y los medios de comunicación, las celebridades o representantes del poder.

5. Ilusión del tiempo. El engaño tremendo al que se refiere esta ilusión trata de que las personas no se fijan en el presente y el pasado, sino al revés: piensan en el futuro. La máxima es que al darle más atención e importancia al futuro la gente se distraiga de la realidad y lo que ocurre en el momento actual.

6. Ilusión del aislamiento. Muchas personas tienen la percepción engañosa de que toda la gente compite entre sí, algunas incluso llegan a pensar en que los vecinos y la naturaleza se oponen a ellas. Este pensamiento refuerza la idea de que todo en el mundo está interrelacionado.

fevereiro 7, 2015 Posted by | Ciências, Espanhol, Reflexões | , , | Deixe um comentário

Conselhos para quem vai assistir a Copa nos estádios

grande classe média

Classe Popular

A International Sports Press Association (AIPS) publicou um guia de instruções para os representantes da mídia que irão cobrir a Copa do Mundo no Brasil, informa o jornal “Rossiyskaya Gazeta. Este guia também será útil para todos os torcedores que viajarem para este torneio.

01 – O mais importante: Não oferecer nenhuma resistência aos assaltos e entregar aos ladrões todos os objetos de valor que eles pedirem. Na medida do possível, recomenda-se não levar objetos de valor, vestir-se de maneira simples e não usar celulares nas ruas, ou seja, qualquer coisa que possa atrair a atenção de criminosos.

02 – Não se distrair nas ruas, nem use capacetes ou fones de ouvidos, o que poderia tirar a sua concentração.

03 – Tenha cuidado ao usar caixas eletrônicos, especialmente em aeroportos. Em muitos caixas os ladrões instalaram leitores de cartões para roubar dados e para poder cloná-los.

04 – Mantenha-se alerta quando você sair à noite: não perca de vista seus objetos pessoais, durante as refeições e festas em bares e restaurantes (telefones, casacos, bolsas, carteiras, etc.). Evite beber demais!

05 – Evite passear pelas praias e parques depois do por do sol.

06 – Exceto no momento do credenciamento, não leve consigo o passaporte, só a fotocópia. Deixe o documento no cofre do hotel.

07 – Deixe os cartões bancários e a maior parte de seu dinheiro em um lugar seguro. Mantenha na carteira apenas uma quantidade mínima para usar cada dia, e que será suficiente para satisfazer os infratores.

08 – Limite-se a caminhar pelas ruas principais. O bem-estar e a pobreza convivem no Brasil. As ruas mais perigosas podem estar ao lado das mansões dos ricos. Se ficar numa rua distante das avenidas principais, poderá encontrar coisas desagradáveis.

09 – Nos aeroportos, utilize apenas Táxis de empresas oficiais. Pergunte por eles na recepção.

10 – Cuidado com os bandidos em locais públicos e transportes.

11 – Tente não dirigir à noite. Evite ficar sozinho no carro.

12 – Situações perigosas podem ocorrer ao virar a esquina. Antes de entrar em casa, certifique-se de estar sozinho, dentro e fora de casa. Os “muy amigos” podem estar à sua espera em qualquer lugar do hotel.

13 – Para evitar ser vítima de fraudes na Internet, todos, tanto os jornalistas como os fãs de jogadores, devem ser cautelosos ao se conectar às redes Wi-Fi públicas. O Brasil é o segundo país em número de roubos pela Internet.

14 – Não use laptops, i-pads e i-phones no banco de trás do táxi. Alguns ladrões utilizam motos à procura de vítimas durante congestionamentos.

15 – Evite o roubo em estádios, já que os ladrões podem obter credenciais para as partidas. Roubos em estádios é um problema generalizado na America Latina.

Após estes conselhos, só resta desejar a todos que assistam a copa do mundo e consigam voltar para casa sãos e salvos.

Fonte: RT-TV

O Brasil é o melhor país para investir

O país rico mais pobre

Países mais ricos do mundo

junho 8, 2014 Posted by | Reflexões | , , , , | 3 Comentários

Justin Bieber – O famoso mais desconhecido

polêmicas envolvendo Justin Bieber

Escândalos de Justin Bieber

Justin Bieber passou como um furacão pelo Brasil e, apesar de ser apenas um menino de 19 anos, não deixou de causar polêmica.

Eu achei estranha essa imagem de menino rebelde que o Justin está passando, mas também sei que isso faz parte do marketing pessoal moderno: chamar a atenção.

Pelo menos no caso da “garrafada”, não dá para negar que é sério, ele não é a primeira celebridade teen a ser atingido por objetos no palco. Também não dá para duvidar das imagens da garota, feitas na cama, não depois das imagens do vai-e-vem de carros e prostitutas na casa alugada por ele.

Eu fiquei pensando no que levaria um cara famoso a dormir com uma prostituta. É claro que Jack Nicholson estava certo ao dizer que as prostitutas pagas são mais confiáveis que as vagabundas de plantão que não cobram nada, mas passam o resto da vida lhe atormentando. Acontece que ele dormiu literalmente e, aí, é demais para um bad boy, não é mesmo?

Para um cara “dormir” com uma prostituta, mesmo que ela não seja lá essas coisas, é preciso que o cara esteja muito bêbado ou que realmente não goste de “to play de game”.

Mas, tudo bem, prostituição é crime só no papel, a não ser que a menina do vídeo seja de menor porque, aí, nem Michael Jackson escapa.

Crime mesmo é pichar o muro, mas não no papel. É, porque grafite é legal e é arte, só a pichação é crime.

Acontece que para um bad boy, grafite parece coisa de mulherzinha, então, a adrenalina só corre nas veias se for algo ilegal. Por isso eles picham, porque é isso o que eles estariam fazendo, caso não fossem celebridades.

O problema é que paparazzi é pior que p***, vive da desgraça alheia, pior, são como pragas quando grudam, sabendo que um flagrante seria suficiente para ganhar uma “boa grana”.

Assim, quando o cara pensa que está só, lá está o paparazzi tirando as malditas fotos.

Aí vem a burocracia, só para nos lembrar que rico nunca vai preso, nem quando está envolvido com prostituição, nem quando está pichando muros. Ele simplesmente é envolvido numa “arapuca” sistemática, forçando-o ao pagamento de propinas para fugir da encrenca. Eu tenho certeza que muitas celebridades pagariam dez vezes mais para não serem manchetes de tabloides de quinta categoria.

Justin Bieber está acostumado com o primeiro mundo e nem imaginava que aqui não há lei alguma, portanto, invasão de privacidade é sempre a audiência do dia. Nem as grandes corporações respeitam a lei, ao invés disso, são os piores bandidos, inclusive financiando os cargos de autoridades que deveriam promover a lei.

Do you really know me? Você realmente me conhece?

Não, Justin Bieber, ninguém te conhecia na intimidade, mas agora já era, meu filho.

Seja bem-vindo a selva!

OBS: Apesar das fofocas, eu não li ele falando mal do Brasil no Youtube e Twiter dele.

novembro 8, 2013 Posted by | Reflexões | , , , , | Deixe um comentário

CNJ libera 100 milhões para juízes

mal exemplo

Tribunal da Injustiça

Nem só de políticos vive um sistema elitizado como o brasileiro, prova disso é que o judiciário simplesmente não funciona. Eu diria que os juízes perdem mais tempo estudando as falhas nas leis, que fazendo justiça de fato.

Pelo menos foi essa a conclusão a qual eu cheguei, depois de ler a notícia de hoje no Estadão. A notícia informa que a liminar que impedia o pagamento de R$100 milhões aos juízes de oito tribunais, para auxílio-alimentação, foi derrubada pelo CNJ.

É estimulante ver o CNJ advogando em causa própria.

A vitória do CNJ por 8 a 5 foi confirmada pelo voto do ministro Francisco Falcão, que recebeu R$84 milhões de auxílio-alimentação, segundo dados do STJ.

Para quem está fazendo protestos agora, essa notícia cai como uma bomba. Isso demonstra como o poder no Brasil é podre e o motivo de tantos juízes estarem envolvidos em crimes, como foi o caso da prisão de três juízes no Rio Grande do Norte e Tocantins.

É por isso que eu insisto, precisamos pedir algumas cabeças.

Não adianta transformar a corrupção em crime hediondo, não adianta ficar criando leis, sem fazer o principal, justiça.

Eu fiquei emocionado com a manifestação de Minas Gerais, ontem. Os cinquenta mil manifestantes superaram os protestos anteriores e, melhor, disputaram com a máfia de Ricardo Teixeira para ver quem era mais popular, os protestos ou a seleção de futebol.

Hoje, eu começo a entender o que um ex-prefeito me disse: “Há males que vem para o bem”.

Eu poderia ter sido um jogador da seleção brasileira mas, depois de ser espancado num amistoso contra a própria seleção, eu cheguei a conclusão que ser jogador de futebol não era coisa de gente honesta, por isso eu escapei de servir a Ricardo Teixeira, sócio da Globo, fundada pelo demônio em vida, Roberto Marinho.

Foi por isso que o “Tiu” ficou fora da seleção, apesar de eu seu maior conhecido fora do país, por razões óbvias.

OBS: Que bom que os protestos continuam, com ou sem conspiração.

Se os juízes estão dizendo que a democracia está em risco, eu digo que a democracia nunca foi tão defendida no país.

Text by Jânio

Fonte da informação: Estadão

Primavera latino-americana

Políticos mais caros do mundo

junho 28, 2013 Posted by | Reflexões | , , , , , , | Deixe um comentário

O pai da criança

Homem grávido

Pai do Bebê

O reconhecimento de paternidade sempre foi um grande problema, mas só até a chegada do famoso exame de DNA. Antes, o aborto era polêmico, a gravidez era polêmica.

O pior é que na idade mais fértil, é justamente quando o adolescente não está preparado para assumir tal responsabilidade, alguns pais e avós chegam a ajudar a resolver o problema, mas isso é muito raro.

Depois da adolecência, algumas mulheres tornam-se frias e calculistas, engravidando só quando lhe convém, ou para casar, ou para dar o golpe do baú. Atualmente, são os homens que dão o golpe do baú, já que as mulheres estão se tornando mais bem sucedidas.

Algumas leis que obrigam a criança a ficar com quem tem melhores condições financeiras, ajudaram a melhorar parte do problema mas, na maioria dos casos, a encrenca continua, já que a mulher sempre estará mais preparada para criar o filho.

Se o homem não pagar a pensão, irá para a cadeia, mesmo que esteja desempregado, entretanto, se pedir a guarda do filho, dificilmente a justiça pedirá a prisão da mãe.

O DNA parece ser implacável com aquelas mulheres (e homens) que estejam dispostos a tirar a dúvida, apesar do preço ser um pouco salgado.

Um advogado criou uma grande dúvida que não quer calar:

Para provar que o homem é pai da criança, é necessário que o DNA dos dois sejam iguais. Acontece que o homem também tem o DNA igual ao seu pai, portanto igual ao seu irmão.

Caso ele tenha o DNA igual ao do avô, então seu DNA seria igual ao dos primos em primeiro, segundo, terceiro graus, etc.

Resumindo: mesmo com o DNA, ninguém saberia quem é o pai da criança.

Alguns casos chocam ainda mais: quando o filho nasce com a cara exatamente diferente do pai, provocando uma polêmica na comunidade onde ele vive.

… e o pior, ou melhor, é que a ciência já encontrou uma explicação para isso: Nenhum DNA é totalmente “puro”, como era o sonho de Hitler. Isso quer dizer que a confiança é a que conta, sem contar o perdão, é claro.

Mas quando alguém resolver infernizar a vida da outra, nem se preocupará em fazer exames. A polícia não irá intervir, já que as p**** fazem parte da PPP.

Atualmente, as mulheres bem sucedidas estão adotando o sistema de produção independente, para se manterem longe dos pés rapados que são os pais.

By Jânio

Até o amor tem limites

Infidelidade de corpo e alma

AIDS – Como são feitos os bebês

junho 25, 2013 Posted by | Reflexões | , , , | Deixe um comentário

Adaptação social

quinhentos anos

Situação Precária

Estudando a história do mundo, notamos que a sociedade sempre teve problemas e que antigamente as pessoas sofriam muito devido a medicina ainda ser muito limitada tecnologicamente.

A tecnologia evoluiu e ajudou a medicina a combater muitos males que antes não tinha cura. Se uma pessoa tivesse úlcera, câncer, pneumonia, tuberculose, ou qualquer outro tipo de doença grave, dificilmente sobreviveria naquela época.

Nos dias de hoje, todas essas doenças podem ser prevenidas, tratadas ou remediadas, nenhuma doença grave representa morte certa, pelo menos para quem tem dinheiro. Se a pessoa não tem dinheiro, o problema continua o mesmo.

A melhor forma de combater a pobreza é criando empregos e apoiando a iniciativa privada. A melhor forma de criar empregos seria investindo em infraestrutura, qualidade de vida, mas toda vez que os políticos se mobilizam para isso, a maldita máfia mobiliza-se para roubar a verba destinada a isso.

O povo tem muita culpa nisso, na medida em que assistem novelas da Globo ou programas do Sílvio Santos, mesmo sabendo dos crimes praticados por Roberto Marinho e Sílvio Santos. Não adianta apenas se preocupar com trombadinhas nas ruas, isso é consequência de nossa irresponsabilidade quando não pressionamos o governo para prender esses grandes bandidos.

O lado bom ou ruim disso tudo é que a sociedade sempre se adapta, para melhor ou para o pior. O que os Bilderbergers fizeram com o mundo, quando criaram o G-7, o Brasil criou aqui, excluindo a grande região do Norte e concentrando quase todas as riquezas no Sul.

Assim como na Argentina, onde todas as riquezas estão concentradas em Buenos Aires, aqui no Brasil as riquezas estão concentradas em São Paulo.

As grandes riquezas atraem as populações de todas as partes do país, e até do exterior. Com isso a região vai ganhando novas características de outras regiões migratórias e as consequências disso são os inevitáveis choques culturais.

Uma pessoa bem estruturada, com família e amigos, em uma determinada região, terá mais dificuldades em outras regiões onde não terá tanto apoio. Se a pessoa já não tem tanta saúde, condições financeiras, ou se não está preparada para ser uma pessoa empreendedora, então, os problemas serão ainda maiores.

Com o tempo, esses novos habitantes passam a constituir novas comunidades marginalizadas, boa parte acaba sendo presa.

Entretanto, uma parte consegue se reestruturar, passando a representar as classes marginalizadas na sociedade, sofrendo preconceitos, discriminação. Até que um dia essa minoria agrega novos parceiros sociais e as minorias unidas tornam-se maiorias absolutas.

Infelizmente, o crime organizado é muito forte e dependemos de bons profissionais na política e na polícia para combatê-lo, mas como a PPP faz parte dessas classes, fica difícil promover mudanças.

Resta-nos aguardar pelo momento em que a sociedade poderá se readaptar novamente, mesmo sabendo que a readaptação do crime organizado foi melhor durante quinhentos anos, mesmo sabendo que somos os maiores culpados.

By Jânio

Soluções sociais

Pirâmide dos malditos

Teoria da PPP

maio 9, 2013 Posted by | Reflexões | , , , , , | Deixe um comentário

Pare de assistir TV

Falta Educação

Falta Educação

Não, o problema da educação em família não é novo, essa decadência tem exatamente a idade de sua principal causa, a TV.

A solução poderia ser a internet, mas a censura apareceu e, mesmo com tantas campanhas e manifestações públicas, prevaleceu.

No começo eu até pensei que fosse exagero, afinal, o que eles estavam querendo não me afetava diretamente, entretanto, a quantidade de informações disponíveis na Web, foram suficientes até para que um leigo como eu se inteirasse dos problemas que essa censura acarretava.

Apesar da internet não concentrar tanta audiência, como a TV, é o veículo de comunicação mais utilizado no mundo. A internet é pessoal, e vem daí a sua importância, na medida em que apresenta diferentes pontos de vista.

Enquanto a TV manipula e forma idiotas, a internet apresenta conteúdos e informações relevantes para sociedade. O único risco que me preocupa, é a informação pronta, maquiada e repetida, que alguns blogueiros fazem questão de publicar, sem acrescentar a sua devida opinião.

Recentemente, a própria TV produziu um programa sobre a suposta e inevitável elitização da internet. Segundo eles, esse seria um processo inevitável.

Eu devo adiantar que assim como nem todas as TVs são iguais, nem todos os sites são iguais também.

A história da TV brasileira é nojenta, criminosa, então, acredito que as redes de TVs estrangeiras também sejam. Podemos notar a tendência de direita nas principais redes de TVs mundiais, mas não são todas iguais.

As TVs de países desenvolvidos, onde há uma combinação entre distribuição de renda e IDH, são competentes. Infelizmente, isso não é muito comum, não.

Também há TVs estatais, que refletem a postura da organização política de um determinado país.

… mas as melhores TVs são as TVs mantidas por ONGs, de preferência sem a participação do Estado e, muito menos, de multinacionais e banqueiros. De fato, essas TVs não formam idiotas.

É possível notar a postura, correta ou incorreta, de uma TV ou ONG, quando essas veiculam opiniões, pontos de vistas, críticas, e participam de movimentos sociais ou antecipam crises políticas, sociais, etc., além de participarem ativamente de eventos importantes, mesmo sendo contrários ao governo e aos poderosos.

A partir de agora, se alguém reclamar de algum ato político, serviço de instituição pública, justiça, etc., a minha resposta sempre será a mesma: “Você precisa parar de assistir TV”.

Depois de assistir ao documentário “Muito além do Cidadão Kane”, depois de acompanhar ao escândalo do Panamericano, do Grupo Sílvio Santos, eu não tenho dúvidas que assistir a essas TVs, significa acomodação e quase cumplicidade com o crime organizado.

A TV é a principal ferramenta de manipulação político-social, salvo exceção, e é através dela que a máfia da corrupção está se mantendo no poder.

Uma pessoa pode assistir a um filme, documentário ou outro programa, desde que tenha opinião própria, desde que não fique o tempo todo na frente da TV. Além disso, as pessoas devem boicotar as TVs de pessoas corruptas que roubam dinheiro público, ou que estejam envolvidas com a máfia da CBF, Grupo Sílvio Santos e outros.

Não é difícil identificar a reputação de um veículo de comunicação, basta analisar a sua percepção para fatos, crimes e líderes políticos, além dos crimes cometidos por empresas ligadas ao governo.

Eu tenho uma certa simpatia pela RT-TV, uma de minhas principais fontes de informação, e pela BBC, mas isso não significa que eu não tenha senso crítico em relação a elas.

Agora estão querendo aproveitar a concentração de audiência de grandes portais para censurar e controlar as pessoas, e eu quero ver no que isso vai dar.

O Irã já pensa em criar a sua própria rede, isolada do resto do mundo. Eu tenho notado que a China também possui portais voltado apenas para a sua gigantesca população, apesar de ainda não ter se fechado totalmente para o mundo, já que isso iria contra suas estratégias comerciais.

Um possível embargo contra o Irã, poderia ser catastrófico, já que a Europa depende desse petróleo. Acontece que essa crise mundial não é gratuita e está relacionada justamente com busca pela liberdade de decisão do estado – Argentina, monetária – China, religião própria – Irã, democracia e verdade – todo o resto do mundo.

A arma da elite são os veículos de comunicação de massa, enquanto o povo só tem a internet.

Se tirarem a internet do povo, o povo ficará desarmado, mas não é isso o que interessa para eles. Isso será feito aos poucos, medindo o grau de insatisfação das pessoas, o que sempre funcionou durante milhares de anos.

Resta saber se eles terão a capacidade de nos controlar, manipular essa panela de pressão em que se transformou a sociedade, e ocultar a verdade e seus reais interesses, coisas que só poderão ser feitas com a ajuda da TV e da censura na internet.

By Jânio

Corporativismo midiático

Vendedoras de Sonhos e pesadelos

As moscas do panamericano

janeiro 3, 2013 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | 4 Comentários

Love changes everything

Climie_Fisher_1

I was only seventeen
Eu tinha apenas dezessete

When she looked at me that way
Quando ela me olhou daquela maneira

Seems like yesterday
Parece que foi ontem

I was only foolin’ round
Eu estava só (de) bobeira por ali

But she stole my heart away
Mas ela roubou meu coração

I never been the same
Nunca mais fui o mesmo

I have this strangest feeling
Eu tive este estranhíssimo sentimento

Like a raging fire it burns
Como um fogo que está queimando

She left i cried for weeks and
Ela me deixou, eu chorei por semanas e

I can’t forget her
Eu não posso esquecê-la

Or the lesson that i learned
Ou esquecer da lição que aprendi

Love changes changes everything
O amor muda, muda tudo

Love makes you fly, it can break your wings
O amor te faz voar, e pode quebrar suas asas

Love changes changes everything
O amor muda, muda tudo

Love makes the rules, from fools to kings
O amor faz as regras dos tolos aos reis

Love changes, love changes everything
O amor muda, amor muda tudo

Then the year went rollin’ by
Então os anos foram se passando

I grew up and moved away
Cresci e mudei

Had to earn my pay
Precisava ganhar meu dinheiro

Found another lover then
Então encontrei outro amor

But my heart is sad to say
Mas, meu coração, é triste dizer

It only ended up the same way
Isso acabou do mesmo jeito

And I wondered was I destined to spend my life alone
E eu me perguntava se estava destinado a passar minha vida sozinho

Oh girl you answered my question
Oh, garota, você respondeu minha pergunta

This time it’s working you’ve given me new hope
Desta vez está dando certo, você me deu uma nova esperança

Love changes, changes everything
O amor muda, muda tudo

Love makes you fly it can break your wings
O amor te faz voar, e pode quebrar suas asas

Love changes, changes everything
O amor muda, muda tudo

Love makes the rules from fools to kings
O amor faz as regras dos tolos aos reis

Love changes, love changes everything
O amor muda, amor muda tudo

I’ve seen the way love shakes ya makes ya break ya
Tenho visto como o amor mexe, sim, faz, sim, quebra, sim

It’s got a power of it’s own
Tem um poder próprio

Love changes, changes everything
O amor muda, muda tudo

Love makes you fly it can break your wings
O amor te faz voar, e pode quebrar suas asas

Love changes, changes everything
O amor muda, muda tudo

Love makes the rules from fools to kings
O amor faz as regras dos tolos aos reis

Love changes, love changes everything
O amor muda, amor muda tudo

—————————————

I was only seventeen
Ái uós ônli seventin

When she looked at me that way
Uen chi lukét mi dét uêi

Seems like yesterday
Siims láik iéstêrdêi

I was only foolin’ âround
Ái uós ônli fuulinâróund

But she stole my heart away
Bât chi stôuli mái rârt âuêi

I never been the same
Ái névâr biin dê sêim

I have this strangest feeling
Ái félt the strândjest filin

Like a raging fire it burns
Láikâ rêindjin fáiârit bârns

She left i cried for weeks and
Chi léft ái cráied fór uíkend

I can’t forget her
Ái ként fôrguét râr

Or the lesson that i learned
Ór dê léss’n dét ái lârnêd

Love changes changes everything
Lóv tchéndjes tchéndjes évritin

Love makes you fly, it can break your wings
Lóv mêiks iú flái, it kén brêik iór wings

Love changes changes everything
Lóv tchéndjes tchéndjes évritin

Love makes the rules, from fools to kings
Lóv mêiks dê rul, from fuuls tchu kings

Love changes, love changes everything
Lóv tchéndjes, lóv tchéndjes évritin

Then the year went rollin’ by
Dén dê iârs uént rôulin bái

I grew up and moved away
Ái gru âp end múved âuêi

Had to earn my pay
Réd tchu ârn mái pêi

Found another lover then
Fáund ânódâr lóver dên

But my heart is sad to say
Bât mái rârt is séd tchu sêi

It only end up the same way
It ônli endâp dê sêim uêi

And I wondered was I destined to spend my life alone
Endái uôndêrêd uózái déstined tchu spénd mái láifâlôn

Oh girl you answered my question
Ôu guérl iúl ensuêrêd mái cuéstchân

This time it’s working you’ve given me new hope
Dhis táim it’s uôrkin iul guiven mi niu rôup

Love changes, changes everything
Lóv tchéndjes, tchéndjes évritin

Love makes you fly it can break your wings
Lóv mêik iul flái it kén brêik iór uings

Love changes, changes everything
Lóv tchéndjes, tchéndjes évritin

Love makes the rules from fools to kings
Lóv mêiks dê rul, from fuuls tchu kings

Love changes, love changes everything
Lóv tchéndjes, lóv tchéndjes évritin

I’ve seen the way love shakes ya makes ya break ya
Áiv siin dê uêi lóv chêiks iâ mêiks iâ brêik iâ

It’s got a power of it’s own
Its gót â páuâr óv its oun

Love changes, changes everything
Lóv tchéndjes, tchéndjes évritin

Love makes you fly it can break your wings
Lóv mêik iul flái it kén brêik iór uings

Love changes, changes everything
Lóv tchéndjes, tchéndjes évritin

Love makes the rules from fools to kings
Lóv mêiks dê rul, from fuuls tchu kings

Love changes, love changes everything
Lóv tchéndjes, lóv tchéndjes évritin
___________________________________________
Fool – Tolo, pateta, néscio, imbecil, escaldado, fruta.

Stole – stôul – roubou – pretérito de to steal – roubar, particípio – stolen

raging – rêidjin – selvagem, violento

wing – vôo

Grew – gru – pretérito de grow – plantar, envelhecer

Grow old – envelhecer

________
By Jânio
—————————————

Love change everything

By: Climie, Fisher and Morgan

Tradução e pronúncia 1

Pronúncia e tradução 2

Músicas em inglês

dezembro 26, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , | 3 Comentários

Toda mulher sexy será demitida

Mulher Sexy

Mulher Sexy

Nos Estados Unidos, ser irresistível pode ser motivo para ser despedido, segundo o Supremo Tribunal de Iowa, formado apenas por homens.

O judiciário decidiu que um dentista agiu legalmente, ao demitir uma assistente que ele considerava atraente, argumentando que ele e sua esposa consideravam-na uma ameaça ao seu matrimônio.

Assim, com sete votos a favor e nenhum contra, o tribunal considerou que os patrões poderão demitir funcionários considerados irresistíveis, mesmo se tais funcionários não flertarem com eles e seus comportamentos forem considerados irrepreensíveis.

O advogado do dentista Fort Dodge, James Knight, disse que esta decisão, a primeira dessa natureza em Iowa, pode ser considerada uma vitória para os valores da família, e que a demissão de Melissa Nelson Cavaleiro para salvar o casamento, não foi apenas por ela ser mulher.

Segundo a mesma linha de argumentação, o juiz Edward Mansfield disse que essas demissões podem ser injustas mas, segundo ele, não é uma discriminação ilegal de acordo com as leis de Direitos Civis de Iowa, porque ela é motivada por sentimentos e emoções.

Entretanto, O advogado da mulher demitida, Paige Fiedler, acredita que o tribunal de Iowa, formado apenas por homens, não está considerando a discriminação que enfrentam diariamente as mulheres, em local de trabalho.

“Estes juízes enviaram uma mensagem para as mulheres de Iowa, onde eles dizem que não se pode culpar os homens por seus desejos sexuais e que as mulheres de Iowa são responsáveis por controlar os desejos de suas cabeças”, ele argumenta: “Se elas não controlarem, essas mulheres poderão ser demitidas por isso”, conclui.

Nelson, de 32 anos, trabalhava para Knight há dez anos, ele considerava ela uma funcionária exemplar. No entanto, nos últimos meses, o dentista começou a ficar distraído, notando que sua funcionária usava roupas cada vez mais apertada, sinal de que ela estava provocante demais, segundo documentos do tribunal.

Fonte: RT-TV

Comentário: É um absurdo, mas esse tipo de situação é muito mais comum do que se pensa. Por mais que os advogados se esforcem, a decisão sempre será tomada de acordo com a sociedade.

O que poderia ser considerado ético, na realidade é um jogo de interesses – ou será que os americanos acham ético os infernos fiscais e as guerras que eles promovem?

Por outro lado, as regras sociais são claras, ou quase: todos devem ser discretos em ambiente de trabalho, ou seja, teoricamente ninguém poderia trabalhar nú.

Uma mulher provocativa poderia estar revelando um problema de um casal covarde, que não tem coragem de admitir. Corre-se o risco, aqui, de prenderem as vítimas, deixando os tarados soltos.

Voltamos a eterna questão da educação e sociedade machista.

Não dá para dizer o que é certo ou errado numa sociedade assim, não eticamente. Eu continuo com a minha velha filosofia de que é preciso ter sensibilidade.

Sexo pode ser pecado dentro da igreja, na escola, depende do horário, mas nos bordeis, pecado é não fazer.

Assim caminha a sociedade.

By Jânio

Aluna é expulsa por usar vestido curto

Tirando a roupa para mudar o mundo

Quinta pedalada pelada de São Paulo

dezembro 23, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , | 1 Comentário

Educação básica

Inteligência Básica

Inteligência Básica

Educar uma criança através de uma creche não é uma boa ideia, até mesmo o ensino básico, fundamental, apresenta problemas de gestão, até porque educação não se administra, educa-se.

Quando o pai e a mãe vão trabalhar, sem ter nenhuma meta financeira em mente, cometem um grande erro.

Se fosse feito uma pesquisa para saber qual o valor ideal para um orçamento básico, cada pessoa teria um valor em mente. Famílias que ganham dois mil, querem ganhar quatro; famílias que ganham quatro, querem ganhar oito, e assim por diante, até o controle de natalidade já é feito baseado na renda da família.

Notem que estamos falando da verdadeira educação básica, não daquela pedagógica, mas da verdadeira, daquilo que é necessário para a sobrevivência de uma pessoa.

A educação familiar sempre foi fundamental para a sociedade, não a pedagógica que desenvolve os conhecimentos técnicos, mas aquela que mantém a tradição.

Ensinamentos e culturas tradicionais são passados de geração para geração, a verdadeira evolução está na capacidade de se transmitir essas informações. Perto disso, a evolução das espécies, de Darwin, torna-se insignificante e pretensiosa.

Os maiores nomes da história tinham suas tradições e culturas que, apesar de serem muitas vezes ignoradas, foram os verdadeiros motivos de seu sucesso.

Júlio César – segundo o filme de mesmo nome, fazia questão de lembrar a todos que era descendente dos deuses, da casa de Júlio. De fato, conseguiu o seu intento de ser tratado como tal, mas pagou caro por isso.

Depois de sua morte, não foi o seu nome de família que ficou lembrado mas, sim, César, único no nome, mas aceito por todos os povos da época.

Alexandre Magno, o grande – considerado o maior conquistador da história, admirado até por Júlio César, serviu de inspiração e de escola para os novos conquistadores, mas a sua verdadeira educação pessoal era muito mais sofisticada que a educação para a guerra. Ele preferia construir as bibliotecas que César destruía.

Júlio César seguia a cartilha imperialista, disfarçada de república romana, onde toda cultura deveria ser destruída para que o povo deixasse de ser “bárbaro” e se tornasse romano.

Jesus Cristo – de acordo com a Bíblia, Jesus possuía duas tradições muito fortes. A tradição dos profetas, por parte de Maria e a tradição dos reis, por parte de José.

Isso faz sentido, afinal, numa cultura tão tradicional, seria normal que isso ocorresse, numa união de duas tradições de muito respeito.

Em culturas orientais, o dragão tem uma força tradicional muito grande, principalmente no Budismo. Na cultura ocidental, a aparência do feio e do monstro é diabólica, com raríssimas exceções.

A Bela e a Fera, e o Corcunda de Notre Dame são alguns exemplos de resistência ao mundo de aparências, um mundo que se tirássemos um raio-x, teríamos de ficar sozinhos para o resto da vida.

Nossa superstição é muito forte e pode comprometer a vida de muitas pessoas, mas sempre haverão pessoas dispostas a arriscar a vida para contrariar o sistema.

As crianças, naturalmente, são afetadas por essas idéias infantis dos adultos, onde o feio representa o mal. O próprio conceito de feio não passa de aparências.

O pior de tudo é que a intolerância passa através de muitas categorias e conceitos como: religião, sexualidade, direitos civis, conspiração separatista, interesses políticos e até mesmo simples maldade.

Em alguns casos, faz sentido dizer que “se a criança sobreviver a tudo isso até os dez anos de idade, será uma pessoa muito importante no futuro”.

By Jânio

Decadência da família brasileira

Consequências da gravidez na adolescência

Júlio César

Duvidosa teoria da evolução de Darwin

Teoria do cocô

Fantasias só para adultos

dezembro 20, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , | Deixe um comentário

Sociedade programada

Mundo Controlado

Mundo Controlado

Se opinião é igual a ponto de vista, naturalmente, não pode haver opinião pública, já que não existem pontos de vista públicos. Entretanto, admitindo-se a possibilidade da formação da opinião pública, opinião e ponto de vista não poderiam ser a mesma coisa – eu, particularmente, acho que quem segue a opinião pública, de fato, não pensa, não tem ponto de vista.

Pode até parecer exagero, mas é a partir dessa e de outras ideias que eu sou contra as opiniões públicas. Se uma pessoa forma opinião pública, de fato ela não pensa, afinal, cada um de nós tem uma cabeça, e não é só para enfeitar o corpo.

A sociedade não é muito criativa de um modo geral, a maior parte das pessoas estudam as mesmas coisas, aprendem as mesmas coisas. Um curso superior pode ser importante para o ego de uma pessoa, mas não ajuda tanto assim.

Pausa: Eu me lembro do diálogo entre um médico e um engenheiro recém formado – notem a diferença entre as visões, a partir das ciências humanas e ciências exatas.

– Você já terminou o curso? – médico.

– Sim. Agora só falta pegar a carteira – engenheiro.

– Por que você quer a carteira? – médico

– Sem a carteira, o meu curso não teria nenhum valor – engenheiro.

– Que nada, nenhuma empresa séria está interessada na sua carteira – médico.

– Eu sei, mas se acontecer de uma autoridade me parar… – engenheiro.

– O que você vai fazer? – médico.

– Eu apresento a minha carteira, mostrando que sou uma pessoa de boa reputação – engenheiro.

– Se você se atrever a mostrar a carteira para um policial, você vai cometer um crime e estará em uma grande encrenca – médico.

A questão do dom é muito importante, mas não se pode confundir profissão com entretenimento.

Nos dias de hoje, há falta de profissionais nas áreas de ciências exatas e a culpa disso é a falta de filosofia, educação adequada e informação sobre mercado de trabalho.

Só por aí, já dá para se ter uma ideia dos problemas que podem ser gerados em uma sociedade, caso não estejamos atentos.

Como sociedade, não somos muito criativos e dá para contar nos dedos a quantidade de físicos que se destacaram ao longo da história, entretanto, a física quântica deu mais importância às ciências exatas e deverá torná-la mais popular entre os acadêmicos.

Ironicamente, depois de se tornar maldita, depois do apocalipse da bomba nuclear, a física poderá nos mostrar um caminho de sabedoria, conhecimento e muita informação.

Não há dúvidas que a sociedade é programada desde o seu limiar, quando passou a se utilizar da fala para se comunicar e trocar informações, mas isso apenas se considerarmos a evolução do ser humano.

A fala é um tipo de comunicação que pretende transmitir todo o nosso pensamento, desde que estejamos a fim de compartilhá-lo – funciona de maneira programada.

A sociedade tem forçado as pessoas a acelerarem o aprendizado de seus filhos, para que tenham vantagens em um mundo tão competitivo.

O importante para a sociedade não é ter um filho precoce, mas fazer com que ele seja o melhor da turma ou, no mínimo, um dos três melhores, para que tenha privilégios em relação aos seus professores.

Mas há um grande grupo de pessoas que são muito difíceis de serem programados. Eles não são diferentes, mas tem o cérebro resistente a programação social.

Alguns são canhotos e relativamente ambidestros, outros são epilépticos, autodidatas ou apresentam algum tipo de distúrbio que acelera ou retarda o cérebro em relação aos cérebros programados.

Um autodidata assume essa postura para conseguir sobreviver, mas eu não estou falando só de alguém que aprende a tocar um violão, jogar futebol, marcenaria, mecânica, química, etc., eu estou falando de alguém que aprende tudo isso de maneira genial, com um domínio completo sobre o que cria ou manipula.

Os empreendedores não são necessariamente geniais, mas possuem a maior quantidade de habilidades possíveis em um ser humano, ou capacidade de aprender sem muita ajuda. Enquanto os empreendedores tornam-se grandes gestores de pequenos grandes negócios, as pessoas geniais se transformam em grandes consultores ou conselheiros.

Essas pessoas geniais já existiam há milhares de anos, se não considerarmos a evolução do ser humano mas, sim, da sociedade e, mesmo antes de falar, participando da primeira atividade social programada, já eram criativos e inteligentes.

É possível notar, na Idade média, o que poderia ter ocorrido na antiguidade, ou ainda nos primórdios dos tempos, se é que a humanidade surgiu aqui na Terra. Onde pessoas que não dependiam tanto da sociedade, e com uma capacidade de raciocínio maior, tornavam-se magos, bruxos ou semi-deuses.

Estamos numa nova era extremamente teórica, obscura e perigosa para os manipuladores de mentes, onde os poderosos pressentem uma grande transformação da humanidade, onde o que poderia ser o despertar da superconsciência para nós, poderia ser definitivamente o apocalipse para eles.

By Jânio

Profissões com falta de pessoas qualificadas

Duvidosa filosofia da vida moderna

Física quântica vai revolucionar a internet

Comunicação por símbolos

Com os dois lados do corpo

Despertar para a superconsciência

Rebeldes que desafiam o sistema

O mistério do sonambulismo

A obscura natureza da mente humana

O que uma pessoa com epilepsia sente

Epilepsia – Quando a mente tem um ataque

O despertar para a superconsciência

Faça você mesmo

dezembro 12, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | 3 Comentários

Perguntas proibidas

bombeiros presos

Profissionais Confiáveis

Como eu já disse e torno a repetir, o PMDB está em alta no Rio de Janeiro, quem está em baixa são os bombeiros.

Dois bombeiros foram acusados de roubar aparelhos eletrônicos das vítimas, enquanto trabalhavam.

A notícia chamou a minha atenção pela ironia, onde a mídia fez questão de lembrar que os bombeiros são os profissionais mais confiáveis do mundo. Nessa mesma lista, os políticos eram vistos como os menos confiáveis.

Como as mídias de massa são covardes e não tem coragem de mostrar o que está por trás desses fatos – e não adianta dizer que é falta de tempo – eu vou fazer uma pergunta indelicada para essas mídias: Como anda a confiança dos jornalistas que repetem as notícias e nem fazem questão de pensar sobre o que estão escrevendo? Quais os seus interesses?

Há algum tempo atrás, depois de saber o salário dos bombeiros, eu apresentei três alternativas de vida para os bombeiros:

01) mendicância

02) tráfico de drogas

03) prostituição

Apesar do governador Sérgio Cabral ter chorado com as alternativas propostas, ele não escolheu nenhuma.

Com o salário que os bombeiros devem estar ganhando, as três alternativas acima ainda continuam valendo, apesar dos bombeiros terem sido menos radicais, apresentando uma nova face do universo dos trombadinhas brasileiros.

Eu já imagino uma manchete bem mais honesta para imprensa: “Bombeiros salvam vidas de famílias no Rio e roubam seus celulares.”

As perguntas são inevitáveis:

01) O que é que está acontecendo no Brasil?

02) Qual é o salário de um bombeiro no Rio?

03) Porque não prendem os corruptos para que a sociedade seja mais justa?

04) Será que o sistema PPP não tem vergonha?

Eu poderia fazer muitas outras perguntas e responder a cada uma delas, mas acho que isso não é mais necessário, pelo menos os internautas brasileiros já conseguem pensar por si só. Eu espero que o resto do país comece a pensar também, principalmente os jornalistas, porque eu já estou cansado de ouvir baboseiras e acho que ninguém mais tem paciência para isso.

By Jânio

Bombeiros são presos no Rio de Janeiro

Os profissionais mais confiáveis do mundo

A difícil vida fácil

Burguesia – Ricos modernos

Quinze minutos de fama de um extra-terrestre

O fim das aparências

Solução para os problemas sociais

A crise da PPP

Loteria da vida

outubro 19, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , | 1 Comentário

Nobel da paz de 2.012

decisão de rico

Prêmio de Rico

O Prêmio Nobel da paz de 2.012 para a União Européia, causou polêmica, nem deveria, afinal, o Nobel da Paz sempre foi contraditório e nesse ano não poderia ser diferente.

Não adianta dizerem que o prêmio é para ajudar a combater a crise europeia pois isso é muita maldade, se disserem que é para promover a reputação da União Européia, aí eu concordo.

Há milhares de anos, a Europa tem sido objeto de cobiça, conflitos e muita, muita guerra.

É verdade que os americanos gostam de guerras, são muito encrenqueiros, mas os EUA não costumam atacar super potências. A última vez que duas super potências entraram em conflito, foi na Segunda Guerra mundial.

Nesses quase setenta anos, apesar das crises e conflitos constantes ao redor do mundo, houve um certo respeito entre esses países. Foi graças a esse respeito que houve a estabilidade e, com essa estabilidade, veio o desenvolvimento tecnológico que colocou o mundo a um passo do apocalipse.

Por mais que tenham restringido a tecnologia atômica, ela se espalhou pelo mundo – Na realidade nem é preciso dominar a tecnologia atômica para ter uma bomba, basta ter dinheiro para comprar.

Agora é o Irã que desafia a comunidade internacional, desenvolvendo sua tecnologia atômica. Diz que é para fins pacíficos, mas todo o mundo sabe das possibilidades e do poder que a energia atômica representa.

É tudo uma historinha para enganar trouxas, todos os países ricos dominam a tecnologia atômica. Se não há acordo no Oriente Médio, a Europa tem muita culpa nisso tudo.

Por outro lado, parece até um milagre que a Europa tenha se mantido na paz, enfrentando toda essa crise. A Rússia aproveita a sua influência para manter a China ao seu lado, assim como a excluída Índia.

Apesar do Brasil ensaiar e planejar blocos econômicos, falta-nos personalidade para enfrentar o poderio dos países ricos. Ao primeiro sinal de perigo, o Brasil sempre será o primeiro a ceder.

É impossível saber o que pode acontecer com essa crise e com os países em conflito, com potencial de desenvolverem bombas atômicas, como Paquistão que já a tem, Irã e Iraque que sonham com ela, apesar de não reconhecerem.

Por enquanto, o Prêmio Nobel parece mais um “feliz aniversário para mim”, não traz nenhuma vantagem, melhor mesmo é esperar que as cabeças dos grandes líderes estejam conscientes de suas responsabilidades com o nosso planeta.

By Jânio

Top 10 nobel da paz polêmicos

Qual é o preço de uma guerra mundial

Atividade que mais dá lucro

Nobel da paz

outubro 13, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , | 5 Comentários

Jovens homens velhos

falta de passado

Velha Sociedade

É natural que a responsabilidade dos mais velhos passe para os mais jovens e isso deveria ocorrer gradativamente, sem traumas. O homem mais velho não precisa necessariamente ser velho para ceder o seu lugar no trabalho, nem deveria abandonar suas funções definitivamente.

Ao ler notícias políticas nos jornais, podemos notar o quanto as velhas raposas desprezam a ética, dando um bom mau exemplo de como não se deve comportar. Graças a esses velhinhos malditos, os jovens homens velhos não tem uma boa aposentadoria e acham certo continuar trabalhando, enquanto jovens de trinta anos ainda procuram o seu primeiro emprego.

Eu já pude comprovar que muitas pessoas, principalmente aquelas que trabalham à noite e plantonistas, costumam acumular cargos, para conseguir pagar a faculdade e a saúde dos filhos. Também há pessoas que trabalham até vinte horas por dia, num único emprego, e isso não é muito comum entre os escravos brasileiros.

Algumas profissões permitem que as pessoas trabalhem acima de seu limite físico, mas o seu limite psicológico nem sempre suporta essa jornada tão desgastante. Quando a saúde acaba, o jovem homem velho descobre que não planejou sua vida como deveria, e nem educou os filhos.

Jornadas dobradas de trabalho ajudam a aumentar ainda mais a desigualdade social, eu já pude ver até onde vai a degradação humana.

Cada vez que surge um novo conjunto habitacional, financiado pelo governo, eu noto como a especulação imobiliária atrai aventureiros dispostos a tudo para conseguir sua casa. Enquanto isso, pessoas sem influência políticas tem de mendigar ou se prostituir para conseguir sua vaga.

Alguns grupos de pessoas se organizam e invadem propriedades abandonadas, financiadas com dinheiro público, para em seguida sofrerem as consequências de seu ato impensado, ou mal pensado. Já surgiu até um modo de ganhar dinheiro com essas invasões, onde as supostas vítimas negociam suas terras com o governo, pelo dobro do preço, para supostamente ajudar as pessoas necessitadas.

No interior do Brasil também há pessoas que invadem as terras, nativas ou de povos indígenas, com a intenção de vender, passar para seus patrões, proporcionando um grande lucro. Essas práticas dão uma ideia de como a reforma agrária é um processo complexo.

Os seringueiros sabem como funciona essa legislação seletiva e a libertação de um dos homens presos por matar uma freira americana, mostra a política cruel do STF, além de ajudar a explicar a discriminação dos brasileiros lá fora.

A injustiça brasileira, combinada com o sistema elitizado, deixam uma pergunta: Há tanta gente importante assim no Brasil, ou será que é o crime organizado que chegou ao seu limite? Afinal, quando é que vamos todos começar roubar e matar, para conseguirmos sobreviver?

Você acredita que o Brasil está melhorando? Eu também acredito, assim como eu acredito que a inexperiência de um partido político no governo, mostrou como nosso sistema político é sujo e desprezível – Esse “crescimento” do Brasil tem provocado polêmicas lá fora.

A maioria dos meus leitores tem opiniões parecidas, relacionadas com o crescimento do Brasil: “Não foi o Brasil que cresceu, foram os outros que caíram.”

Enquanto os estrangeiros chegam para empreender e ocupar as vagas que a nossa infra-estrutura não teve competência para suprir, brasileiros embarcam rumo ao seu destino desconhecido, provavelmente para limpar privadas em países de primeiro mundo.

O crescimento brasileiro tem sido motivo de polêmicas pelo mundo inteiro, afinal, nosso país sempre foi muito rico, com um povo muito pobre, mas nunca tivemos tanta atenção das comunidades internacionais.

Essa responsabilidade com o desenvolvimento sustentável e com a economia mundial, poderá nos trazer problemas. Haverá uma exigência muito grande por parte do novo mundo globalizado – não confundir com economia globalizada.

Resta saber qual será a maior preocupação do governo, satisfazer as exigências de um desenvolvimento sustentável, economicamente e ecologicamente, ou o nosso desenvolvimento social?

Certamente, deveríamos nos preocupar com tudo o que é certo e correto, mas isso será impossível, enquanto a máfia estiver no comando.

By Jânio

A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

Trinta anos de escândalos no Brasil

agosto 29, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Todo homem é igual perante a lei

leis pobres

Sem Direitos

Esse é um tema que ficaria muito melhor na seção de piadas, mas como eu não consigo rir, melhor deixá-lo para refletir.

“Todo homem é igual perante a lei”

Até o termo já está ultrapassado. Hoje, utiliza-se mais a palavra ser humano em lugar de homem, afinal, as mulheres também foram lembradas.

Aliás, essa mania de luta de classes também não tem muito sentido. O ideal seria que todas as classes se unissem por um ideal, olhando além do próprio nariz.

Feitas as observações, vamos ao texto:

Onde está a igualdade?

Até há pouco tempo atrás, falar em lei, era falar em direito penal, apesar disso, conceitos de lei e de justiça sempre foram distintos.

Em sistemas burocratizados – todos são, mas o nosso é pior – tudo é muito confuso e isso propicia a elitização da sociedade, onde os mais pobres não tem acesso a direitos fundamentais.

Quando uma pessoa chega a um hospital, há dois procedimentos a serem tomados: Se for pobre, entra numa fila interminável que em muitos casos termina em morte; se for rico, é encaminhado para uma área privada, com direito a um acompanhante, onde a diária pode ultrapassar ao que um pobre ganha em um ano, trabalhando.

Isso dificultava a doação de órgãos que os pobres sabiam que nunca iriam ter direito. Mas essas leis também vem mudando, para que todos os pobres sejam doadores, a não ser que entrem na justiça para não doar.

Agora só falta criarem leis obrigando as pessoas a doarem sangue, o que deveria ser um dever de todos.

O transporte público não é gratuito, é pago, mas a qualidade é péssima. Pela lei deveria ser proibido, pela falta de segurança, mas isso pararia o país inteiro.

O transporte é administrado por grupos mafiosos que criam verdadeiros cartéis, cada um com sua região. Quando esses grupos não atendem a demanda, alguns aventureiros arriscam empreender na área e pagam caro por isso.

É muito fácil criar monopólios, quando se financia políticos preguiçosos e incompetentes.

Talvez a área em que os direitos fundamentais estejam mais em falta, seja na segurança, onde sociedade passou a questionar o que é melhor, chamar a polícia ou fazer a sua própria lei, através de acordos com milícias, grupos de extermínio ou porte ilegal de arma. A polícia começa a ter dificuldade para cuidar de sua própria segurança, confundindo policiais com marginais ou tendo de fugir de grupos organizados.

Na educação fica fácil notar as desigualdades, alguns cursos chegam a 100 ou 200 candidatos por vagas. Se não havia faculdades para todos, agora, as novas faculdades são de péssima qualidade, pior, não há como resolver esse problema com a ajuda da lei.

Quem passa num vestibular de faculdade a distância, passa a defender um sistema do qual nunca terá direito nenhum.

A televisão faz propaganda de pessoas que ganharam na loteria, como se isso fosse a coisa mais fácil do mundo, vendem o sonho brasileiro.

Enquanto os estrangeiros chegam para ocupar vagas de profissionais em falta no país, como a de engenheiros, brasileiros preparam suas malas para fazer intercâmbio e lavar privada no exterior. Enquanto o STF se vê em meio a um jogo político, sem saber fazer o que sempre fizeram, burocracia, o assassino de um crime anunciado é solto pelo próprio STF, o assassino da freira Dorothy Stang.

E o STF, a maior autoridade judiciária do país se questiona: “As CPIs do mensalão e Cachoeira podem manchar a nossa reputação.”

De qual reputação eles falam? O STF sempre foi político e todos nós sabemos que não há reputação na política brasileira.

By Jânio

agosto 23, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , | 2 Comentários

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

bastet - protetora dos gatos

todos os animais merecem o céu e os gatos principalmente

Blog CIN 5018

Informatização de Unidades de Informação

The Promise Carrier

Ebrael's official website in English.

detudosobretudoblog

Este site vai aborda todos os temas voltado para as mulheres

Letícia Giacometti Ribeiro

O diário de uma estudante de Jornalismo

Caminho Alternativo

Geopolítica, atualidades e opinião

Escrita em Foto

Colunas, textos, fotografias; a vida de alguém que busca mais do que apenas viver.

%d blogueiros gostam disto: