Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Jornalismo por encomenda

48 Hrs de opinião

Jornalismo X Interesse

Antes:

A grande maioria dos manifestantes são filhos da classe média, isso é visível, ali não havia pobres que precisassem daqueles vinténs, não, os mais pobres ali eram os policiais apedrejados.

Depois:

Os jovens despertaram porque ninguém aguenta mais ver a República paralizada por interesses partidários e privados.

Antes:

No fundo é tudo uma imensa ignorância política, é burrice misturada a um rancor sem rumo…

Depois:

De repente reapareceu o povo, de repente o Brasil virou um mar, uma juventude que estava calada desde 92, uma juventude que nascia quando o Collor caía, acordou, abriram os olhos e viram que temos democracia mas uma república inoperante,,,

Antes:

Mas, aqui, queixam-se de quê? Esses caras vivem num passado de uma ilusão, eles são a caricatura violenta de uma caricatura de um socialismo dos anos 50, que a velha esquerda ainda defende aqui. Realmente, esses revoltosos de classe média não valem 20 centavos.

Depois:

Se tudo correr bem, estamos vivendo um comento histórico, lindo e novo.Os jovens terão nos dado uma lição. Democracia já temos, agora temos que formar uma república.

Veja o video: Youtube

novembro 25, 2014 Posted by | Política | , , | 3 Comentários

Jovens homens velhos

falta de passado

Velha Sociedade

É natural que a responsabilidade dos mais velhos passe para os mais jovens e isso deveria ocorrer gradativamente, sem traumas. O homem mais velho não precisa necessariamente ser velho para ceder o seu lugar no trabalho, nem deveria abandonar suas funções definitivamente.

Ao ler notícias políticas nos jornais, podemos notar o quanto as velhas raposas desprezam a ética, dando um bom mau exemplo de como não se deve comportar. Graças a esses velhinhos malditos, os jovens homens velhos não tem uma boa aposentadoria e acham certo continuar trabalhando, enquanto jovens de trinta anos ainda procuram o seu primeiro emprego.

Eu já pude comprovar que muitas pessoas, principalmente aquelas que trabalham à noite e plantonistas, costumam acumular cargos, para conseguir pagar a faculdade e a saúde dos filhos. Também há pessoas que trabalham até vinte horas por dia, num único emprego, e isso não é muito comum entre os escravos brasileiros.

Algumas profissões permitem que as pessoas trabalhem acima de seu limite físico, mas o seu limite psicológico nem sempre suporta essa jornada tão desgastante. Quando a saúde acaba, o jovem homem velho descobre que não planejou sua vida como deveria, e nem educou os filhos.

Jornadas dobradas de trabalho ajudam a aumentar ainda mais a desigualdade social, eu já pude ver até onde vai a degradação humana.

Cada vez que surge um novo conjunto habitacional, financiado pelo governo, eu noto como a especulação imobiliária atrai aventureiros dispostos a tudo para conseguir sua casa. Enquanto isso, pessoas sem influência políticas tem de mendigar ou se prostituir para conseguir sua vaga.

Alguns grupos de pessoas se organizam e invadem propriedades abandonadas, financiadas com dinheiro público, para em seguida sofrerem as consequências de seu ato impensado, ou mal pensado. Já surgiu até um modo de ganhar dinheiro com essas invasões, onde as supostas vítimas negociam suas terras com o governo, pelo dobro do preço, para supostamente ajudar as pessoas necessitadas.

No interior do Brasil também há pessoas que invadem as terras, nativas ou de povos indígenas, com a intenção de vender, passar para seus patrões, proporcionando um grande lucro. Essas práticas dão uma ideia de como a reforma agrária é um processo complexo.

Os seringueiros sabem como funciona essa legislação seletiva e a libertação de um dos homens presos por matar uma freira americana, mostra a política cruel do STF, além de ajudar a explicar a discriminação dos brasileiros lá fora.

A injustiça brasileira, combinada com o sistema elitizado, deixam uma pergunta: Há tanta gente importante assim no Brasil, ou será que é o crime organizado que chegou ao seu limite? Afinal, quando é que vamos todos começar roubar e matar, para conseguirmos sobreviver?

Você acredita que o Brasil está melhorando? Eu também acredito, assim como eu acredito que a inexperiência de um partido político no governo, mostrou como nosso sistema político é sujo e desprezível – Esse “crescimento” do Brasil tem provocado polêmicas lá fora.

A maioria dos meus leitores tem opiniões parecidas, relacionadas com o crescimento do Brasil: “Não foi o Brasil que cresceu, foram os outros que caíram.”

Enquanto os estrangeiros chegam para empreender e ocupar as vagas que a nossa infra-estrutura não teve competência para suprir, brasileiros embarcam rumo ao seu destino desconhecido, provavelmente para limpar privadas em países de primeiro mundo.

O crescimento brasileiro tem sido motivo de polêmicas pelo mundo inteiro, afinal, nosso país sempre foi muito rico, com um povo muito pobre, mas nunca tivemos tanta atenção das comunidades internacionais.

Essa responsabilidade com o desenvolvimento sustentável e com a economia mundial, poderá nos trazer problemas. Haverá uma exigência muito grande por parte do novo mundo globalizado – não confundir com economia globalizada.

Resta saber qual será a maior preocupação do governo, satisfazer as exigências de um desenvolvimento sustentável, economicamente e ecologicamente, ou o nosso desenvolvimento social?

Certamente, deveríamos nos preocupar com tudo o que é certo e correto, mas isso será impossível, enquanto a máfia estiver no comando.

By Jânio

A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

Trinta anos de escândalos no Brasil

agosto 29, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Aparências virtuais

internautas famosos

Reputação na Rede

Que a internet é um ambiente um pouco diferente da realidade, isso todo mundo sabe, todo mundo sabe também que é preciso uma certa adaptação para conviver no mundo virtual.

O problema inicia quando começamos a exagerar nas estratégias, praticando o alpinismo social.

Muitas pessoas podem se assustar com a Facebook e com a quantidade de ferramentas que nos são indicadas por lá, mas não adianta querer mudar o perfil de uma rede.

A questão é: Todos estamos querendo aumentar o número de contatos, amigos, seguidores, mas alguns nem tem escrúpulos para utilizar táticas manjadas e que dão muito resultado, pior, tentam nos levar juntos para esse caminho perigoso.

Eu já tentei evitar essas armadilhas virtuais de todo jeito, inclusive rejeitando a ideia de fazer campanha, já que isso seria a melhor forma de ser popular, e nós sabemos o que acontece com quem é popular, não é mesmo?

Resumindo: Se ter um amigo de qualidade e conteúdo é igual a ter mil amigos por gentileza, é melhor ter uma amigo de qualidade. O problema é como avaliar um amigo de qualidade.

É muito complicado saber o que os usuários fazem nas redes, eu acredito que a Dihitt é a rede mais transparente, mas já está bem longe de seus momentos gloriosos. Espero que essa rede volte a ser tão influente quanto antes, mas não está nada fácil não.

Os dihittianos que foram para a Facebook, tem demonstrado que podem fazer a diferença, pelo menos pelo pouco que eu tenho acompanhado.

No caso dos blogueiros é um pouco mais fácil de avaliá-los, mas a troca de favores pode ser muito prejudicial. Troca de links, segue-me que eu te sigo, isso é deprimente.

O pior é que não adianta fugir disso, quando um leitor entra num blog, logo vai observar a quantidade de seguidores desse blog e isso é uma referência importante, ou deveria ser, já que quem tem muitos seguidores, precisa mantê-los e para isso não deve cometer gafes.

Eu não tenho costume de fazer troca de links e estou evitando entrar nesse jogo de aparências virtuais, mas está difícil.

Uma ferramenta que eu aprovei, pelo menos para os blogueiros, foi a ferramenta da Avast, Web Rep, mas essa ferramenta é só para quem utiliza o anti-vírus Avast.

WebRep mostra a reputação dos sites, mostrando suas reputações através das cores: Vermelho para os sites perigosos, verde para os bons, etc.

Sites com má reputação, logo são excluídos dos buscadores.

Entre as ferramentas blogueiras, o page rank e o Alexa sempre serão destaques, assim como as ferramentas que mostram as atividades na Twitter, como é o caso da Topsy.

As comunidades da Twitter podem ser uma boa opção, mas podem se tornar uma praga também, aumentando a quantidade de lixo em sua caixa postal.

… e como dizia um médico, o melhor remédio para certos objetivos que nós almejamos, é o tempo. E é depois de um certo tempo que podemos, depois de muita atividade, argumentos e interatividade, conseguir respeito, diante das várias comunidades e redes virtuais.

By Jânio

fevereiro 20, 2012 Posted by | Redes Sociais | , , , , , , , , | 2 Comentários

Netiqueta – Etiqueta na internet

Ligando tudo

Comportamento na Rede

Netiqueta (do inglês “network” e “etiquette”) é uma etiqueta que se recomenda observar na internet. A palavra pode ser considerada como uma gíria, decorrente da fusão de duas palavras: o termo inglês net (que significa “rede”) e o termo “etiqueta” (conjunto de normas de conduta sociais). Trata-se de um conjunto de recomendações para evitar mal-entendidos em comunicações via internet, especialmente em e-mails, chats, listas de discussão, etc. Serve, também, para regrar condutas em situações específicas (por exemplo, ao colocar-se a resenha de um livro na internet, informar que naquele texto existem spoilers; citar nome do site, do autor de um texto transcrito, etc).

As origens da Netiqueta são anteriores ao aparecimento da World Wide Web. Já eram usados em métodos de mensagens tais como Telnet, Usenet, Gopher, Wais, e FTP de corpos educacionais e de pesquisa denominados Internet traffic. Na época, era considerado indecente fazer anúncios comerciais e começou a considerar-se necessário um conjunto comum de regras. O termo “netiquette” (inglês) já é usado desde 1983.

Alguns exemplos de regras:

Evitar enviar mensagens exclusivamente em maiúsculas, grifos exagerados, ou em HTML.

Não usar recursos de formatação de texto, como cores, tamanho da fonte, tags especiais, etc, em excesso.

Respeitar para ser respeitado e trate os outros como gostaria de ser tratado.

Lembrar-se de que dialogar com alguém através do computador não isenta das regras comuns da sociedade, por exemplo, o respeito ao próximo.

Usar sempre a força das idéias e dos argumentos. Nunca responder com palavrões.

Apesar de compartilhar apenas virtualmente um ambiente, ninguém é obrigado a suportar ofensas e má-educação.

Evitar enviar mensagens curtas em várias linhas.

Ninguém é obrigado a usar a norma culta, mas é preciso usar um mínimo de pontuação. Ler um texto sem pontuação, principalmente quando é grande, gera desconforto, e, além disso, as chances dele ser mal interpretado são muitas.

Evite de escrever em outra língua quando não solicitado.

Evitar ser arrogante ou inconveniente.

Não interromper o assunto tratado pela outra pessoa.

Evitar ao máximo usar emoticons de letras, palavras e coisas do gênero.

Usar a funcionalidade de se auto-determinar um status ou estado como distante, ou ausente, se possível.

Procurar ser o mais claro possível pra não gerar confusão.

Não sair do mensageiro sem se despedir da pessoa com quem está “falando”.

Em fóruns e listas de discussão, deixar o papel de moderador para o próprio moderador.

Em textos muito longos, deixar uma linha em branco em algumas partes do texto, paragrafando-o.

Dependendo do destinatário de seu texto, evitar o uso de acrônimos e do internetês.

Não copiar textos de sites ou qualquer outra fonte que possua conteúdo protegido por registro e que não permita cópias e sempre, mesmo com autorização de cópia, cite as fontes quando utilizá-las.

A Wikipedia tem também uma “Wikiquette”: são normas de conduta próprias da Wikipedia, altamente recomendadas para os utilizadores da enciclopédia, e expressam sua netiqueta.

Fonte: Wikipedia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Netiqueta

Vamos acrescentar algumas regras MadeinBlog/icommercepage?

Nunca envie e-mail para pessoas com as quais não tenha contato, mesmo que o e-mail dessas pessoas estejam cadastrados em listas autorizadas. Se for um blogueiro, procure contactá-lo primeiro, sem forçá-lo a receber e-mails.

Lembre-se que brigar na internet é perda de tempo e não leva a nada, podendo inclusive comprometer sua reputação, tenha paciência até que a pessoa procure outros canais dos quais você não participe.

Em época de Web 2.0, evite codinomes, nomes fictícios ou vários perfis sem relação entre si, isso só fará você perder muito tempo. Lembre-se que quanto mais experiência você tiver na rede, mais rápido será seu crescimento.

Escolha um canal no qual você se sinta bem, onde você não fique estressado. Como blogueiro, eu não me sinto tão bem em outros canais, nem tenho o retorno mínimo que deveria ter.

Ainda para blogueiros: Não faça troca de links, tenha paciência. O blogueiro é um criador de conteúdo e com o tempo receberá links de parceiros interessados somente em seu conteúdo.

A melhor forma de se conseguir links é comentando em outros blogs.

Dê preferência aos internautas de boa reputação, isso fará com que sua rede de contatos e reputação aumente mais rápido.

Valorize bons conteúdos e ajude a otimizar a internet, indicando, divulgando e organizando o que há de melhor na rede.

Indique apenas o que há de melhor ou mais interessante, isso fará com que seus links tenham mais credibilidade.

Para blogueiros: Lembre-se que a melhor maneira de conseguir visitas é através de linkadores virais, como o Geralinks e o Tedioso, por isso, não utilize outros canais para esse fim específico.

Na blogosfera, redes sociais ou Twitter, lembre-se de demonstrar personalidade, opinando sobre o que pensa, isso evitará perda de tempo com pessoas com as quais não combine.

Evite temas polêmicos demais, exceto se já estiver preparado para argumentar sobre tal tema.

A internet é uma grande fonte de conhecimentos, mas também pode ser uma forma de entretenimento, desde que a pessoa nunca se esqueça que está conectada a centenas de milhões de internautas do mundo inteiro. Além disso, nunca subestime os tradutores de textos.

Caso queira copiar, procure sites autorizados como a Wikipedia, RT-TV ou Agência Brasil, onde o conteúdo é superior a qualquer outro.

Caso copie, escolha textos interessantes para você. Se o texto for interessante para você, significa que você entendeu e poderá opinar sobre ele.

A opinião de um internauta é a melhor forma de aumentar sua reputação, mas não deixe de se divertir, afinal, essa é uma tecnologia cara para os padrões brasileiros.

By Jânio

fevereiro 15, 2012 Posted by | internet | , , , , , , , , | 12 Comentários

WebRep mostra a reputação do site

votação na qualidade

Segurança na Rede

Já foi o tempo em que eu clicava em todo botão que eu via no computador, provocando uma bagunça tão grande que nem os técnicos conseguiam resolver. Hoje, eu adoto prioridades, admitindo que nem todos podem aprender tudo e que a informática está meio distante de meus conhecimentos.

Foi por isso que eu deixei passar em branco uma funcionalidade de meu anti-vírus favorito, o Avast.

Boa parte dos softwares são lançados em caráter gratuitos mas, depois de algum tempo, depois de obterem muita publicidade e conquistarem corações e mentes, tornam-se pagos, deixando um espaço difícil de ser preenchido.

No caso dos anti-vírus, isso não acontece. A concorrência é muito grande e a ideia de cartel dificilmente atingirá esse setor, que tem muito a ver com os hackers.

Por isso temos opções muito boas de anti-vírus para uso doméstico, evitando a ira dos próprios hackers.

Quando instalamos o Avast, podemos configurá-lo de maneira que possamos nos manter protegidos, enquanto estamos online.

Em cada um dos resultados da busca, aparecerá a reputação desse website à sua frente, podendo ser bom (verde), merecer atenção (amarelo), ou ser perigoso (vermelho). Todos esses resultados são baseados em uma votação dos mais de 160 milhões de usuários da comunidade do Avast em todo o mundo.

Caso a votação seja insuficiente, uma outra cor ou reputação será atribuída para esse determinado website.

Esse recurso chamou-me a atenção a partir do momento em que eu fiquei mais atento aos plagiadores, os plagiadores tem muita rejeição na rede. Outros sites que também foram tomados de surpresa, foram os sites de cookies e sites de conteúdo cracker.

… mas eu fiquei mais curioso nos últimos dias, eu queria participar desse processo democrático, aliás, a internet tem se tornado cada dia mais democrática, até a Facebook já registra a reputação dos sites através do feedback e, naturalmente, com a ajuda do Avast.

Eu fui procurar informações e descobri que a reputação de um site pode ser visto na parte superior do navegador, basta clicar ali para participar da votação.

Esse recurso é muito importante para manifestações políticas ou de repúdio a sites ligados a conteúdos proibidos ou sem filtro satisfatórios à pornografia. Pode ser uma arma também contra os plagiadores ou comportamento mau-caráter.

O plugim WebRep do Avast pode ser configurado automaticamente durante a sua primeira instalação, podendo ser oferecido pelo suporte durante as atualizações.

“O avast! WebRep (Reputação da internet) é instalado opcionalmente com o avast! antivírus. Por outro lado, ele pode ser instalado posteriormente abrindo a interface do avast!, clicando na aba “Proteção adicional”, selecionando a aba WebRep e depois clicando em “Instalar”. Antes de instalar o WebRep, você pode ver se o seu navegador é suportado.

O WebRep é baseado na informação recebida pela comunidade global de usuários do avast! sobre o conteúdo e segurança dos sites visitados, ajudando a melhorar a navegação de todos os usuários. Você pode contribuir “voltando” no conteúdo e segurança dos sites que você visita (veja abaixo).

Quando você visitar um site, você verá uma sequência de três barras (vermelha, amarela ou verde) que indica como o site é classificado ou quando você executar uma busca com os mecanismos de busca populares da internet verá o mesmo indicador próximo a cada um dos resultados da lista.

A cor do indicador mostra se o site é classificado como “bom” (verde), “médio” (amarelo) ou “mau” (vermelho) em termos de segurança. O número de barras iluminadas indica a força da classificação. Uma, duas ou três barras iluminadas representam um número de votos pequeno, limitado ou alto.

Ao clicar no indicador colorido uma caixa se abrirá e você poderá ver mais informações sobre como o site foi classificado e como você pode enviar o seu próprio voto.

No lado esquerdo, você pode ver a classificação global. Abaixo da classificação, você pode ver alguns ícones que representam as categorias às quais pertence o site.

No lado direito, você pode enviar o seu próprio voto. Aqui você pode ver uma barra simples dividida em cinco segmentos coloridos que é utilizada para uma classificação detalhada do domínio do site. Abaixo dessa barra, você pode encontrar novamente os ícones das categorias. Clique em um ou mais ícones a serem atribuídos ao domínio segundo as categorias que forem relevantes e, finalmente, clique no botão “Enviar o seu voto”.”

A localização do WebRep pelo menu é:

Menu lateral esquerda => Proteção Adicional => WebRep

Informações online: Avast

By Jânio

novembro 12, 2011 Posted by | segurança | , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

O novo Page Rank demorou mas saiu

comemoração

Page Rank

A Google demorou para liberar o novo Page Rank, uma das principais ferramentas para avaliação da reputação de um site.

Já não se vê tanta festa na internet, quando o PR é divulgado, e isso não é tão bom. Sem notícias, eu quase nunca sei o que está acontecendo.

Quando comecei a publicar artigos no Made In Blog, comentava muito nos blogs profissionais e isso fez com que eu chegasse a quatro estrelas rapidamente. Depois de uma estratégia errada, para divulgar o portal icommercepage ponto com, perdi todas as estrelas.

Com o fim do portal icommercepage ponto com, passei a me dedicar mais aos blogs, com isso, consegui recuperar três estrelas.

A criação do Buscando Mudanças não estava nos planos, por isso aproveitei o blog que já estava criado, mas foram cinco longos meses até finalmente sair do zero, isso porque eu não estou comentando nos blogs profissionais.

Houve uma mudança muito grande entre os blogs mais populares do Brasil, alguns deles estão entre os sites mais populares e mais visitados do mundo.

O Page Rank influencia muito na indexação de um site, no buscador da google, e esse buscador é responsável pelos dados utilizados na maioria dos buscadores de todo o mundo.

O Buscando Mudanças tem sido muito importante, como referência para o Made in Blog, e vice-versa.

As duas estrelas não são exatamente a maior conquista do mundo, mas tem uma importância enorme para os buscadores, além de mostrar que mais pessoas estarão vendo o blog e mais blogueiros passarão a linkar o conteúdo de determinado blog.

Um blog em início de atividades, passa a idéia de que não tem um bom currículo, ou que não está sendo atualizado, e essa não é a pior parte. A pior parte é se os usuários acharem que o Google considerou o blogueiro black hat, ou seja, blogueiro que burla os buscadores para melhorar a posição, ou pratica atos considerados ilícitos.

Lembrando que ainda estou na luta, para aumentar meus backlinks do Alexa.

Como é que está a reputação do seu blog, junto ao buscador Google, Alexa ou Yahoo?

By Jânio

agosto 12, 2011 Posted by | blogosfera | , , , , , , | 15 Comentários

Links indicados para microblogueiros, blogueiros e SEOs

 

Novas Ferramentas

Ferramentas para blogueiros

A nova lista de links para blogueiros, apresenta algumas ferramentas que analisam a reputação dos blogueiros.

Há ferramenta para twitter, agregador, indexador, site de avaliação, backlinks, diretório de links, etc.

aproveitem os links, todos os sites valem uma visita.

Esse site mostra o page rank, rank do alexa, google maps, entre outras ferramentas.
http://pastebin.com/d/icommercepage.wordpress.com

Tutorial de WordPress, em ingles, acompanhada de uma lista sites, indicados, do mundo inteiro.
http://www.hoiantoday.info/digging-into-wordpress-best-wp-ebook-tutorial-forever/

Diretório de links muito bom, foi no links10 que eu encontrei o linkasites.
http://links10.com.br/

O Sapo é uma espécie de uol de Portugal, possui um sistema de busca que começa aparecer no Brasil.
http://pesquisa.sapo.pt/

Um agregador excelente, para quem gosta de egosearching, ideal para avaliação da reputação de usuários e blogueiros.
http://collecta.com/#q=icommercepage

O linkasites é um agregador muito bem otimizado, a ponto de indexar artigos. Foi o terceiro a ultrapassar a barreira dos três digitos, em geração de visitas.
http://www.linkasites.com.br/

Ferramnta para Twitter, mostra amigos, fãs, usuários seguidos e ainda sugere os melhores usuários do mundo.
http://friendorfollow.com/

Lembram do biz information, pois é, ele ganhou uma versão em português: Mostra ranking do Alexa, back links e valor do site, além de outros dados.
http://bizinformacao.com.br/www.icommercepage.wordpress.com

Há algum tempo, eu venho procurando fazer uma lista de sites para feeds, ainda não encontrei muitos sites bons, além do FriendFeed, esse é um dos que deverão figurar em minha futura lista.
http://www.feedage.com/feeds/17559268/made-in-blog

Um Dihittiano teve um sonho, criar um indexador, conseguiu, e o indexador possui algumas peculiariedades, como trackback automático.
http://www.linkesfera.com.br/lista-de-gays-famosos/

Um blog WordPress que trata de um assunto polêmico, xenofobia.
http://playaperteplay.wordpress.com/2010/11/06/xenofobia-a-la-carte/

Assim como o agregador linkasites, o veterano linkativo é a boa surpresa da semana. O linkativo é um ótimo gerador de visitas.
http://www.linkativo.com.br/

Diretorio de links para cadastro de blogs e sites
http://www.elzobrito.com/favoritos/buscar.php

Uma nova ferramenta de análise de backlinks
http://www.faaitoito.com/cgi-bin/s/s.cgi?keywords=www.icommercepage.wordpress.com

Através desse site, o blogueiro, ou webmaster, pode fazer uma análise do desempenho de suas tags e palavras que mais geram visitas.
http://www.seopivot.com/icommercepage.wordpress.com
By Jânio

dezembro 19, 2010 Posted by | blogosfera | , , , , , , , , , , | 8 Comentários

Os virais conquistam os internautas

Conquista ou manipulação

Marketing Inteligente

Os virais são uma ótima forma de marketing, mas começaram na marginalidade. No início da internet, era o ambiente propício ao marketing viral, os virais foram usados a exaustão pelos lammers (crackers iniciantes querendo se aparecer).

O tempo passou e os virais encontraram seu espaço. Apesar disso, muita gente com grande força na mídia, tem dificuldade em direcionar seus virais.

Para se criar um bom viral, não basta ter uma boa ideia na cabeça, é preciso criatividade para conquistar as pessoas, e sensibilidade para saber o que as pessoas estão pensando, sentindo, sua reação.

Um bom criador de virais tem que ter estilo, ideologia, princípios, isso evita que o profissional cometa excessos, infrinja a lei ou irrite seu público alvo.

A maioria dos virais são bem humorados, carismáticos, procuram uma identificação com o seu público. Esse é o tipo de viral mais simples, mais comum, mas há o viral inteligente, resultado da evolução do marketing, muito presente na internet.

Um profissional que envia spam para todo mundo, na tentativa de atingir um novo público, é considerado ultrapassado, em época de web 2.0.

É nas redes sociais onde o viral ganha mais força, dependendo, é claro, da reputação de seu criador. A Twitter é o melhor exemplo de rede social para a criação de virais.

Não basta ter uma ideia na cabeça para se criar um bom viral, um viral mal administrado pode ser um risco à reputação de um usuário.

O viral “Cala boca Galvão”, fez um grande sucesso, apesar de eu não achar uma grande idéia, mandar alguém calar a boca. Virais que surgem de programas sensacionalistas de televisão, possuem um grande potencial, apesar de não serem bons; o sucesso acontece porque a popularidade do programa ajuda a espalhar o viral.

O Tiririca pode ser considerado um dos maiores guerrilheiros do brasil, não é de hoje que ele tem incomodado muita gente. Tiririca já teve um disco apreendido, por fazer piadas de gosto duvidoso e racistas.

Nem tudo o que começa com marketing de guerrilha se torna um bom viral, Tiririca é um bom mau exemplo disso.

Eu acredito que seja preciso um objetivo ideológico, socio-econômico, filosófico, político, etc. Um viral não precisa necessariamente prejudicar alguém, para ser um bom viral, também não precisa visar lucro, mesmo que isso ocorra, não deve ser o seu objetivo principal.

Os melhores virais surgem naturalmente, e eles se espalham rapidamente também, alheios a vontade de seu criador. Pessoas criativas e sensíveis, tem facilidade para criar virais, tem facilidade para administrá-los.

Um caso como o de Geisy Arruda, por exemplo, poderia ter começado como marketing pessoal, combinado com marketing de guerrilha, caso fosse censurado, traria alguns resultados, mas a longo prazo. Quando atingiu a internet, tornou-se um viral, com consequências inesperadas, tanto para Geisy, quanto para a instituição onde ela estudava.

Nesse caso específico, a hipocrisia da sociedade foi a arma usada para o sucesso da ideia. Funcionou, mas … e depois?    

Sem objetivo certo, toda a ideia fica perdida. Se a menina não quer terminar a faculdade, mas estuda teatro,  cursos, aula de canto, aula de interpretação, fica difícil. Ter um objetivo antes de criar toda a confusão, torna tudo mais fácil.

As regras da vida são simples: Posturas arrojadas, corajosas, pretensiosas,  exigem capacidade e preparo dessas pessoas. O planejamento antecipado dessas estratégias, definirão o sucesso ou o fracasso no futuro, é preciso estar preparado.

Pensar, ter ideologias, objetivos, ajudam muito, caso as consequências de um viral sejam desastrosas.

Quando um famoso apresentador, de uma grande rede tv, fingiu entrevistar o chefe do PCC, cometeu um grande erro, marketing de guerrilha é para quem não  tem dinheiro para investir, para quem não tem nada a perder; o viral que surgiu a partir daí, foi catastrófico, o apresentador teve sorte da internet não ser tão forte naquela época.

Quando o patrão do mesmo apresentador espalhou a história que tinha morrido, foi menos agressivo em sua ideia, mas não menos idiota, muita gente chegou a afirmar que o apresentador estava louco.

Na internet, agregadores de notícias a base de imagens, tem sido grandes promotores de virais, em seguida vem os indexadores de artigos, com a possibilidade de “amarrar” o texto aos sistemas de buscas, através de tags (etiquetas, palavras chaves). A rede Twitter fica restrita a celebridades reais, ou virtuais, no caso de usuários engajados  em comunicação, interativos.

Assuntos atuais são grandes fontes para virais e audiência dos sites e blogs, isso acontece porque a tv não consegue dar a cobertura que o fato merece, assim os telespectadores passam a pesquisar na internet. A TV é um universo diferente da internet, muito conteúdo que não tem procura na tv, vira febre na internet.

Em todos esses casos citados, os virais tem época para perder a força, são a curto prazo.

Virais de longa duração são os mais inteligentes, envolvem mais ideologias e conhecimentos. Esses tipos de virais não são tão difíceis de se criar, desde que a pessoa tenha uma base mínima de conhecimento; pode-se aproveitar desde temas censurados nas mídias de massa, denúncias, até assuntos que fazem parte de nossas próprias experiências.

Temas discutidos nas escolas são ótimos assuntos para se criar virais de grande duração, isso porque já foram devidamente testados, estão prontos para serem disseminados.

Sabe aquele ditado: “Em Terra de cego, quem tem um olho é Rei”? – Essa é uma ideia que eu sempre aproveitava na escola, para criar meu marketing pessoal.

Vocês podem não acreditar, mas com um simples espanhol, nível iniciante, eu conseguia conquistar corações e mentes, tanto de professores de inglês, quanto de português. Para fechar com chave de ouro, bastava fazer algumas traduções de tupi-guarani, latim ou francês, para conseguir a glória.

Nessa época, eu conheci alguns meninos-gênios,  daqueles que gostam de se autopromover, infelizmente, sem nenhuma sensibilidade.

È preciso saber o que dizer e a hora certa para isso; é preciso saber o que as pessoas sentem, descobrir as suas carências, para aproveitar a hora exata. Não é à toa que a internet tornou-se o ambiente ideal, para a criação de grandes virais.

Sites como Delícious, Google, Alexa, WordPress, apresentam um raio-x da internet, o que as pessoas gostam e o que elas procuram. Podem mostrar mais que isso: O que elas pensam, as palavras mais fortes, usadas pelos sites famosos, etc.

E você, já criou um viral?

By Jânio

outubro 20, 2010 Posted by | divulgação gratis | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: