Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Rebeldes que desafiam o sistema

pessoas_diferentes

Nem tudo nesse mundo tem lógica, não a lógica como nós a conhecemos. A polêmica em relação a censura na internet mostra, de maneira escancarada, a busca desesperada pelo controle do poder sobre corações e mentes, pelos donos do mundo.

Desde que o mundo começou a se organizar globalmente, apenas três métodos de educação se encaixaram ao modo acelerado de aprendizagem e apenas um está sendo utilizado. De acordo com esses métodos, o corpo e a mente tem estágios pré-determinados para o seu desenvolvimento.

A partir do momento em que nascem, os bebês tem um tempo determinado para aprenderem a falar, andar, escrever, etc. Quando essas etapas de aprendizado não são cumpridas, as crianças passam a ser vítimas de uma série de preconceitos, discriminação. A discriminação parte de todos os lados, inclusive das pessoas mais próximas, constituindo uma unanimidade incômoda para a vítima.

O problema pode se tornar ainda mais sério, caso a própria vítima seja convencida de que é diferente, inferior, anormal.

Fenômenos paranormais, como a combustão humana, podem expor as vítimas de uma sociedade puritana à ataques violentos e descontroláveis. Até a epilepsia, que deveria ser considerada uma condição orgânica normal, passa a ser visto como algo diabólico, profano, maléfico.

Isso tudo poderia ser evitado com informações e educação adequada, mas parece que isso não é do interesse das pessoas, organizações, instituições que controlam tudo.

Vejam bem: O ser humano vive um paradoxo, vive em grupo por necessidade mas, por interesses maquiavélicos de grupos interessados em poder, sofrem com conspirações que os mantém isolados.

De fato, as pessoas não se ajudam e nem sentem necessidade de se ajudarem, a não ser quando estão muito próximas das vítimas. Quando estão muito próximas de pessoas com problemas, envolvem-se até mais do que deveriam e acabam se tornando também vítimas, tendo de fazer tratamentos para se recuperarem.

Nos últimos tempos, tem havido uma mobilização, movimentos sociais que pretendem reorganizar os caminhos da humanidade. Ainda é difícil saber quais serão as consequências disso, já que a elite vale-se justamente das organizações para controlar o mundo, utilizando armas anti-éticas das mais variadas, que vão da chantagem, corrupção, até a força do dinheiro ou a violência física ou psicológica.

… mas sempre haverão rebeldes marginalizados que não se encaixarão ao sistema e a nenhuma organização, pessoas que tem dificuldades para pensar o que todos pensam, com necessidades de agirem por si só, ingênuos e incapazes de irem contra a sua própria natureza.

Além dos paranormais, há também os loucos que, aliás, não são todos iguais, nem são todos malucos como todos pensam.

Talvez a loucura seja a condição mais polêmica do existencialismo. Além da busca de si mesmo, onde a pessoa está totalmente frágil, há os problemas físicos e mentais.

Os distúrbios mentais tornam quase impossível de se identificar o que é certo ou errado, real ou absurdo, sanidade ou loucura. A consciência e o inconsciente podem deixar a pessoa numa situação desesperada.

Para quem consegue encontrar o equilíbrio físico/mental, tudo fica mais fácil, ou menos difícil, já que a luta de pessoas incapazes de fazer o que é errado é extremamente difícil.

Os comandos sociais partem do alto da pirâmide social e tem trânsito facilitado por pessoas que preferem pensamentos prontos a ter de elaborar o seu próprio jeito de viver, a sua personalidade.

São exemplos de comandos programados por palavras: Uma pessoa nunca deverá mentir; devemos pagar os impostos para que a sociedade seja melhor; siga seu líder ou participe de uma organização; vote; a religião pensa e você segue; acredite na tv, jornais, revistas, e tudo o que ler pois tudo fica mais fácil assim; cuide de sua própria vida; nunca ouça, ou leia, opiniões pessoais como a internet; a internet é do mal, por isso deve ser controlada, censurada e, se possível, eliminada das comunicações; caso tenha algum problema, acredite, você será amparado pelo Estado, seja qual for a área. Você terá a melhor educação, saúde, transporte, segurança e realizará todos os seus sonhos; acredite em políticos, principalmente se ele falar o nome de Deus e outras palavras bonitas; pelo menos um político corrupto será punido de acordo com a lei, para que você acredite na justiça; se você for justo, honesto e sofrer muito, irá para um paraíso, sem dor, sem sofrimento, ficará num lugar bonito, todos os mortos retornarão a vida e todos seremos felizes para sempre; é muito importante que você nunca mais pense sobre tudo o que está escrito aqui, mas acredite; não acredite; tanto faz.

Voltando ao início: Há um grupo de pessoas que não conseguem lidar com temas complexos sem seguir a lógica irracional, não conseguem fingir e nem viver de aparências e interesses, algumas pessoas cometem o erro de perguntar “POR QUÊ?”, e, acredite, para a elite isso é um grande erro.

Eu notei algumas condições entre pessoas rebeldes geniais, entre elas: Epilepsia, ambidestria, canhotas, autodidatas, empreendedorismo, sonhos lúcidos, sonambulismo, subconsciência, paranormalidade, rebeldia, etc.

Nem todas as pessoas dessas listas são iguais, como são os casos de Bill Gates e Júlio César, canhoto, empreendedor, autodidata, epiléptico.

Algumas pessoas consideradas loucas, como Adolf Hitler, revelaram-se muito sóbrias, interesseiras e com ideias em comum com os maiores intelectuais do mundo.

Resta a você estabelecer uma relação entre esses conceitos e criar a sua lógica, natureza e seu modo de pensar.

By Jânio

O mistério do sonambulismo

A obscura natureza da mente humana

O que uma pessoa com epilepsia sente

Epilepsia – Quando a mente tem um ataque

O despertar para a superconsciência

abril 25, 2012 - Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , ,

2 Comentários »

  1. […] Rebeldes que desafiam o sistema […]

    Pingback por Sociedade programada « Made in Blog | dezembro 12, 2012 | Responder

  2. […] Rebeldes que desafiam o sistema […]

    Pingback por Caçadores de sonhos perdidos « Made in Blog | setembro 27, 2013 | Responder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: