Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Os Simpsons já sabiam que Trump seria presidente em 2.000

janeiro 22, 2017 Posted by | Arquivo X | , , , | Deixe um comentário

As cartas do jogo Iluminati

janeiro 22, 2017 Posted by | Arquivo X | , , | Deixe um comentário

Edward Snowden e o impeachment no Brasil

 

sobre o golpe no Brasil

Snowden e Miranda

David Miranda é um dos jornalistas que trabalharam na divulgação de documentos vazados  por Edward Snowden , ex-agente da Agência de Segurança Nacional (NSA) e da Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos. Por este trabalho ele foi detido por 12 horas pela polícia em Londres, em agosto de 2013, no aeroporto de Heathrow, sob acusações de terrorismo.

Por essa acusação,  Miranda recorda que ficou detido por  9 horas em uma sala e “depois ficou mais três horas,” seu passaporte foi confiscado no aeroporto.

Naquela momento, ele estava vindo de Berlim porque estava trabalhando com Oliver Stone e Glenn Greenwald (sua mulher, também jornalista,  divulgou os documentos de Snowden). “Nós estávamos indo  fazer um documentário sobre as famílias que têm alguém preso em Guantánamo, pelo governo dos EUA ou qualquer outro  governo”, disse à RT.  Informou que “eu sabia na época que estes governos, quando dizem usar a lei anti-terrorista, têm  poder ilimitado.”

Eu acho que nesses arquivos haverá muitas surpresas para todos

O jornalista descreveu o momento de tensão e a dificuldade na hora do interrogamento. Principalmente porque, se no final, “o agente decide que você não colaborou e que não estava de acordo com o que ele queria, eles podem enviá-lo para a prisão.”

Durante o interrogatório, ele foi questionado sobre seu trabalho, sua família, seus amigos e até mesmo sobre seu relacionamento com Greenwald.

“Eles usaram suas técnicas contra mim, como colocar dois copos de água sobre a mesa. O agente que estava lá bebeu um copo e perguntou se eu não estava com sede, se eu não queria beber”, disse Miranda, acrescentando que ele fez “isso com o vaso água, sete vezes “. “Eu fiquei lá 12 horas sem beber, sem comer ou ir ao banheiro”, disse ele.

Finalmente, depois de 8 horas e 15 minutos ele foi autorizado a falar com um advogado do jornal britânico ‘The Guardian’. Até então, eles estavam fazendo perguntas sem acesso a um profissional para aconselhá-lo sobre seus direitos.

Passadas 09:00, soltaram-no, mas não lhe deram seu passaporte, então, ele teve de protestar até que  finalmente tivesse uma passagem de avião para o Brasil, que era para onde estava indo. Eles já haviam requisitado toda a sua bagagem, incluindo o seu material jornalístico, que é protegido pelas leis da Convenção da União Europeia.

O Trabalho com Documentos da NSA

Eu acho que nesses arquivos haverão muitas surpresas para todos”, revelou Miranda, quando perguntado se mais material será lançado. O jornalista observou que “há muitos arquivos” que ainda não foram utilizados e  não “foram discutidos ao longo destes anos”.  Sobre se irá divulgá-las ou não. “Agora queremos fazer isso, porque devemos isso à necessidade do público de saber o que está nesses documentos”, disse ele.

A coisa mais importante agora  é revelar ao público o que realmente está sendo desenvolvido nesses países, quando espiam ou fazem algo errado.

Perguntado se houve pressão para não publicar tais informações, Miranda foi contundente: “Em todos os momentos”.

Tanto a sede da NSA Government Communications Headquarters (GCHQ) “nos disseram que se  publicarmos essas informações, será uma ameaça à segurança nacional e outras coisas estúpidas desse tipo.”

No entanto, o repórter esclareceu que sempre fizeram um processo de trabalho preliminar para avaliar se a informação é sensata ou não. “Primeiro pedimos conselhos de especialistas. E então formamos nossa própria equipe em “TheIntercept” que reavalia e decide se isso poderá afetar alguém ou não “, disse ele.

Enquanto eles avaliam o quanto isso pode afetar a segurança dos EUA ou de outros países, salientou que a coisa mais importante é “revelar ao público o que realmente está sendo desenvolvido nesses países, ao espiar ou fazer algo errado.”

“Nós colocamos na mesa a informação que é de interesse público” e “analisamos se podemos revelar sem causar qualquer dano a alguém. E eu acho que até agora temos feito isso muito bem”, disse ele.

A relação com Snowden

Miranda observou que Snowden “concordou em mostrar ao mundo o que fizeram os EUA e seus aliados, e estava disposto a pagar o preço por isso e passar o resto de sua vida na prisão.”

No entanto, considerou positivo que atualmente tenha asilo na Rússia. Ele ressaltou que está “muito bem” porque “tem total liberdade de movimentos” e pode participar no debate”, que ele ajudou a criar. “Ele também disse que conversa “quase todos os dias” através de “canais seguros”.

Além disso, ele questionou quem o chama de “traidor”, porque “eles não entendem o conceito de liberdade. Chamam-me de um traidor é não compreendem o conceito de liberdade.” “Essas pessoas não merecem o meu respeito”, disse ele.

A situação política no seu país

Miranda – brasileiro e residente no Rio de Janeiro – opinou sobre o recente ” golpe” contra a presidente Dilma Rousseff.

Eu não tenho dúvidas  em descrever o ‘impeachment’ como “absolutamente ilegítimo” porque aqueles que o promoveram e estão no governo “são os verdadeiros corruptos”.  Considerou que manipularam a opinião pública”com a ajuda de grandes corporações de mídia, que dirigiu todo o processo.” Assim, ele insistiu que “é totalmente ilegítimo.”

“Eu não estou dizendo que gostei do governo Dilma, especificamente falando”, disse ele, mas “era, pelo menos, uma democracia em que haviam votado para ela ocupar essa posição.”

Agora, no exterior,  estão vendo que o Brasil tem “uma democracia tão jovem e corrupta que aqueles que querem tomar o poder simplesmente fazem isso com a democracia”, analisou.

“Estão acabando com a nossa nacionalidade e como outros países nos vêem”, disse ele.

RT-TV

Impeachment – A Globo conseguiu mas não garantiu

Globo e PMDB – tudo a ver

Passo-a-passo no golpe do impeachment

O bordel do Sérgio Moro

maio 28, 2016 Posted by | Arquivo X, Política | , , , | 1 Comentário

Panamá Papers – O maior vazamento da história

parcialmente escandaloso

Sistema de Poder

Embora, ao contrário de outros líderes mundiais, o nome de Putin não esteja nos documentos vazados, a mídia ocidental centra o escândalo no  presidente russo.

A revelação dos chamados Panamá Papers, (documentos do Panamá) –  vazamento em massa de documentos financeiros das empresas com atividades em paraísos fiscais  –  tornou-se rapidamente uma questão importante dos meios de comunicação em todo o mundo. No entanto, alguns deles optaram por apresentar os dados revelados de uma maneira  bastante seletiva.

De acordo com os materiais descobertos, que inclui 11 milhões e meio de documentos de advogados panamenhos, Mossack Fonseca, doze lideres, estadistas, presidentes e inúmeros nomes importantes no âmbito político, cultural e desportivo de diferentes países, todos relacionados ás empresas em paraísos fiscais. Em uma mensagem no Twitter, Edward Snowden classificou a divulgação como “o maior vazamento da história do jornalismo de dados”.

Quem são os famosos envolvidos?

Entre as personalidades mencionadas estão o primeiro-ministro da Islândia, David Sigmundur Gunnlaugsson; o Rei da Arábia Saudita Abdullah bin Abdelaziz Al Saud; o presidente argentina, Mauricio Macri; o atual presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko ou o presidente dos Emirados Árabes Unidos, Khalifa bin Zayed bin Sultan Al Nahyan. Também os ex-primeiros-ministros da Geórgia, Jordânia, Qatar, um ex-vice-presidente iraquiano,  um ex-emir do Qatar (Catar),  um ex-presidente do Sudão e o ex-primeiro-ministro ucraniano Pavel Lazarenko, já condenado.

Entre outros nomes relacionados ao caso estão os irmãos Pedro e Agustín Almodóvar, o jogador de futebol Lionel Messi, bem como membros de famílias e parentes de líderes políticos. Entre outros da lista estão amigos próximos do presidente da Rússia, Vladimir Putin , e, apesar de o nome do presidente russo não aparecer em nenhum dos documentos vazados,  a mídia ocidental tem focado quase exclusivamente Putim, dando pouca atenção aos  envolvidos de seus próprios países.

Como a mídia mostra a notícia?

Por exemplo, o jornal britânico The Guardian publicou a notícia sob o título “Revelado: investigação  offshore de 2 bilhões leva à Vladimir Putin” embora, como admite o mesmo jornal, “o nome do presidente não aparece em nenhum dos documentos “. Além disso, o artigo, escrito por Luke Harding,  também vem acompanhado por um vídeo intitulado “Como ocultar bilhões” com uma imagem de Putin no topo.

Ao mesmo tempo, um outro artigo , também assinado por Harding no mesmo dia, centra-se no primeiro-ministro britânico, David Cameron, que “prometeu acabar com o sigilo  em matéria  de impostos  ‘no Reino Unido e descreveu alguns dos mecanismos dos paraísos fiscais que permitem às pessoas  minimizar as suas taxas de impostos como ‘moralmente inaceitável’ ‘.

“Nenhum dos artigos menciona o pai de David Cameron”

“Nenhum dos artigos  [de Luke Harding] menciona pelos nomes qualquer um dos 12  líderes mundiais, atuais e antigos,  identificados nos documentos, nem menciona o pai de David Cameron, que também está lá , ” denuncia o portal off-Guardian. De acordo com os documentos vazados, o pai do primeiro-ministro, Ian Cameron, que morreu em 2010, “usou  Mossack Fonseca para proteger o seu fundo de investimentos, Blairmore Holdings Inc, da taxação de impostos do Reino Unido”. lembrou o  também britânico ‘Mirror’ .

Leia opinião dos especialistas na RT-TV

Lavagem de dinheiro no HSBC da Suíça

Tax Haven – o inferno da economia americana

A história da Rede Globo

Paraísos fiscais da máfia brasileira

Panamá papers – E os magnatas americanos
 

abril 5, 2016 Posted by | Arquivo X, Internacional, Política | , , , , , , | 3 Comentários

Jack Ruby – O assassino do assassino

Morte Sob Suspeita

Teorias de Conspiração

Jacob Rubenstein (Chicago, 25 de março de 1911Dallas, 3 de janeiro de 1967) foi o dono de uma boate em Dallas que se tornou famoso por assassinar Lee Harvey Oswald, suspeito do assassinato de John F. Kennedy, a 24 de novembro de 1963, dois dias depois de Oswald ter sido detido. Mudou o seu nome para Jack Leon Ruby em dezembro de 1947. Faleceu em 1967, vítima de câncer no pulmão. Encontra-se sepultado noCemitério Westlawn, na cidade de Norridge, noCondado de Cook, no estado norte-americano deIllinois.

Ruby chegou a ser condenado à morte em seu primeiro julgamento, em 1964. Tendo recorrido da sentença, aguardava nova decisão quando sobreveio sua morte.

As razões de Ruby para o assassinato não ficaram claras. Teorias conspiratórias o ligam à máfia e a grupos ligados ao assassinato do presidente John Kennedy. Após sua prisão, Ruby chegou a declarar que agira sozinho, com o propósito de vingar a morte de Kennedy e evitar que sua esposa fosse obrigada a testemunhar no julgamento de Oswald. Uma testemunha com o nome de Julia Ann Mercer identificou Jack Ruby e alegou tê-lo visto próximo ao local do assassinato agindo de forma suspeita. Ela estava dirigindo para o oeste após o outeiro gramado de Elm Street. Julia estava presa em um engarrafamento, ela encontrou-se parada ao lado de um caminhão pick-up estacionado ao longo do calçamento. Ela viu um homem jovem, carregando o que parecia ser um rifle desmontado, ao lado dele o motorista, Jack Ruby. Ela relatou tudo o que tinha visto para o FBI. O escritório do xerife da Comissão de Warren entrou com uma declaração autenticada afirmando que Mercer não foi capaz de identificar o condutor. Após isto Julia Ann Mercer alegou que sua assinatura e depoimento haviam sido forjados. A suspeita é que Ruby matou Oswald e o fez com que parecesse patriota de sua parte, quando na verdade teria sido queima de arquivo.

Cultura popular

O assassinato de Oswald por Ruby, e seu comportamento tanto anterior como posterior ao assassinato de Kennedy, tem sido tema de diversos filmes, programas de TV, livros e de uma música.

Ruby and Oswald

Um filme de 1978 feito para TV, Ruby and Oswald geralmente seguido pelos registros oficiais, apresentado pela Warren Commission. As ações e diálogos de Ruby (assim como as das pessoas que entraram em contato com ele) são praticamente reencenamentos literais dos testemunhos dados na Comissão Warren pelos envolvidos, de acordo com a narração de abertura. Ruby foi interpretado por Michael Lerner.

JFK

No filme dirigido por Oliver Stone, de 1991, JFK, Ruby foi interpretado pelo ator veterano Brian Doyle-Murray. A perspectiva de Stone dos eventos foi desenhada tomando como base as pesquisas sobre as teorias conspiratórias de Jim Marrs e L. Fletcher Prouty. Pelo menos três cenas que detalham Ruby foram removidas do filme e estão disponíveis apenas no DVD. Uma dessas cenas, do assassinato de Oswald, mostra um policial corrupto permitindo a entrada de Ruby por uma entrada restrita.

Um almoço entre Jim Garrison (Kevin Costner) e Dean Andrews (John Candy) foi expandido para incluir um comentário de Andrews, “Jack Ruby ganha a chance de um novo julgamento e morre de câncer alguns dias depois. Isso que é câncer. Diria até que é um câncer que está saindo de moda”. Quando essa conversa aconteceu Ruby ainda estava vivo.

Ruby

No filme de 1992 Ruby, especula-se motivações mais complexas de Ruby. Entre os impulsos explorados pelo filme que poderiam ter motivado Ruby em atirar em Oswald foi a reputação de Ruby entre sua família e amigos como um assíduo e emocionalmente volátil caça-publicidade, e a influência das suas conexões de longa data com o crime organizado e a polícia de Dallas. Ruby foi interpretado por Danny Aiello.

The Cold Six Thousand

Jack Ruby é um dos principais personagens do romance de James Ellroy, The Cold Six Thousand. O enredo se desenrola em torno das consequências do assassinato de John Kennedy, e do assassinato de Robert Kennedy e Martin Luther King, Jr.. Especula-se muito sobre as ligações de muitas figuras históricas como a Máfia e com os grupos anti-Castro com os assassinatos.

Libra

Romance de 1989, Libra, Don DeLillo interpreta Ruby como parte de uma gigantesca conspiração acerca do assassinato do presidente, imaginando que um agente do FBI convenceu Ruby a matar Oswald.

Key Lime Pie

Jack Ruby é uma música do álbum de 1989 Key Lime Pie de Camper Van Beethoven. Na música, Ruby é descrito como “…o tipo de homem que bate em seus cavalos ou nas dançarinas que trabalham no bar.” (“…the kind of man who beats his horses or the dancers who work at a bar.”)

Fonte: Wikipedia

Mortes suspeitas de celebridades

Teorias da conspiração que matam

Conspirações comprovadas

Marilyn Monroe e a teoria de conspiração

Verdades proibidas

outubro 20, 2015 Posted by | Arquivo X | , , | Deixe um comentário

Carlos Castaneda – A arte do sonhar

sonhos reais

Além dos Sonhos

Carlos César Salvador Arana Castañeda, conhecido apenas comoCarlos Castaneda(Cajamarca ou Juqueri, 25 de dezembro de 1925Los Angeles, 27 de abril de1998), foi um escritor eantropólogo formado pelaUniversidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA); notabilizou-se após a publicação, em 1968, de sua dissertação de mestrado intitulada The Teachings of Don Juan – a Yaqui way of knowledge, lançado no Brasil como A Erva do Diabo.

Carlos Castaneda
Data de nascimento 25 de dezembro de 1925
Local de nascimento Cajamarca ou Juqueri – São Paulo, Peru ou Brasil
Data de morte 27 de abril de 1998 (72 anos)
Local de morte Los Angeles
Ocupação Escritor e antropólogo
Técnica perigosa

Escritor dos Sonhos

Vida e obra

Em 1973 revê os conceitos apresentados na primeira obra em uma versão de sua tese de Phd intitulada Journey to Ixtlan – Lessons of Don Juan (Viagem a Ixtlan). Sua obra consiste em onze livros autobiográficos nos quais relata experiências decorrentes de sua associação com o bruxo conhecido por Don Juan Matus, índio da triboYaquis do deserto de Sonora, no México. Um 13° livro chamadoMagical Passes (Passes Mágicos) foi lançado, inclusive aparentemente destoa do conjunto da obra, parecendo se aproximar mais de um manual prático de aplicação de exercícios corporais de Educação Física, embora não o seja.

A Erva do Diabo, seu primeiro livro, também tese de mestrado, tornou-se um best-seller entre os jovens do movimento hippie e da contracultura, que rapidamente elegeram Castaneda um guru da nova era e formaram legiões de admiradores que queriam, por conta própria, reviver as experiências descritas no livro. Também era bastante relevada no meio acadêmico, sobretudo porque, em seu princípio, tratava-se de uma obra de cunho científico e despertara o interesses de jovens. Muitos o criticaram, pois isto, supostamente apenas atraia jovens para o mundo das drogas e do crime. Uma história curiosa ocorreu nos Estados Unidos após a publicação do livro, um grupo de jovens invadiu uma tribo indígena e roubou sacos com aproximadamente 20kg cada para vender. Os relatos, nunca confirmados, levaram as autoridades uma série de dúvidas referentes ao livro, chegando a ser proibido no Brasil,

Uma controvérsia formou-se em torno de sua figura tanto por parte de admiradores, que queriam encontrar Don Juan pessoalmente e de alguma forma fazer parte do processo de aprendizado, quanto de céticos, que queriam encontrar motivos para desacreditá-lo academicamente, argumentando que o testemunho fornecido em seus escritos era ficcional e apontando a escassez de fontes documentais sobre sua pesquisa de campo junto ao mestre indígena. Castaneda foi procurado pela policia durante a ditadura militar e seus livros foram banidos de entrar no Brasil pelo Governo Federal por acreditarem que o livro dava incentivo aos jovens do do movimento hippie ao uso de drogas, neste caso o cactus Peiote descrito no livro “A Erva do Diabo

Em 1973, no auge de sua fama, a conhecida revista norte-americanaTIME publicou uma extensa matéria de capa sobre o autor. Esta só foi conseguida depois de muita insistência junto aos agentes literários do autor que, inclusive, imploraram para Castaneda posar para fotos em ângulos parciais, o que sempre evitava a todo custo. A abrangente matéria notabilizou-se por publicar o resultado de uma suposta investigação envolvendo a biografia de Castaneda antes da fama, e tinha entre seus objetivos implícitos e explícitos, o propósito de retratá-lo como um mentiroso. A reportagem alega que Castaneda eraperuano, nascido na andina cidade de Cajamarca. A reportagem cita amigos da terra natal e mesmo uma irmã de Castaneda falando sobre traços da personalidade de Castaneda, como alguém dono de imaginação fértil e entregue ao vício do jogo e das drogas. Segundo ela, Castaneda seria filho de um relojoeiro e teria nascido no ano de 1925. Aos 24 anos, em 1951, teria decidido imigrar para os EUA após a traumática morte da mãe, assassinada por seu pai e assistida por Casataneda em seus seis anos de vida. No livro de entrevistas Conversando com Carlos Castaneda, da jornalista Carmina Fort, Castaneda, décadas depois, lamenta a decisão da TIME de publicar estes dados, que teriam sido inseridos porque ela “precisava de uma história”. O autor ironiza o esforço da matéria em situar sua ascendência junto a índios sul-americanos.

Como relata em entrevista para Sam Keen, pensando em ir para o curso de antropologia, buscava a publicação de um paper para dar início à carreira acadêmica. Havia lido e escrito um pequeno ensaio sobre o livro de Aldous Huxley, As Portas da Percepção, que havia celebrizado no mundo ocidental os efeitos psicotrópicos da mescalina,alcalóide alucinógeno presente em grandes quantidades no botão do cacto de peiote, que era usado de forma ritual por vários povos indígenas americanos. Pesquisou o tema das plantas medicinais em livros como o de Weston La Barre, O ritual do peiote e partiu para o trabalho de campo no sudoeste da Califórnia. Foi então para o estado de Arizona, onde conheceu o índio bruxo conhecido como Don Juan Del Peiote. Este viria a ser seu guia, e é personagem central nos livros autobiográficos que escreveu. O encontro com o índio foi um episódio marcante, que é recontado várias vezes na sua obra. Numa estação rodoviária, indicado por um colega da faculdade, Castaneda aproximou-se e apresentou-se como especialista em peiote, convidando o índio a lhe conceder entrevista. Como não sabia virtualmente nada a respeito do cacto, segundo relata, Don Juan teria captado sua mentira e devolvido-a com um olhar. Este olhar foi bastante significativo, pois Castaneda, normalmente um homem falante e extrovertido, ficou sem ação e tímido ao ser perscrutado. Nas explanações posteriores, diz que Don Juan o havia capturado com o olhar mostrando-lhe o nagual, pois havia percebido que Castaneda poderia ser o homem que ele procurava para lhe passar seu conhecimento. Depois de mais alguns encontros, Don Juan lhe anuncia sua decisão e decide levá-lo a experimentar as plantas medicinais que Castaneda tanto pedia.

Aos poucos o jovem ocidental e acadêmico foi sendo posto ao encontro de experiências cognitivas que desafiavam o poder de explicação de sua razão, sendo forçado finalmente a mudar toda a sua concepção de mundo em prol das novas explicações que o mestre lhe fornecia e que ia compreendendo, gradualmente. Como explica no sexto livro, O Presente da Águia, o sistema de interpretações e crenças que se dispôs a estudar terminou por engalfinhá-lo, ao se revelar tão ou mais complexo que o sistema “ocidental” de interpretações do mundo.

Livros

  • A Erva do Diabo (The Teachings of Don Juan: A Yaqui Way of Knowledge – 1968)
  • Uma Estranha Realidade (A Separate Reality: Further Conversations with Don Juan – 1971)
  • Viagem a Ixtlan (Journey to Ixtlan: The Lessons of Don Juan – 1972) Tese de PhD de Castaneda na UCLA em 1973 Título: “Sorcery: A Description of the World”
  • Porta Para o Infinito (Tales of Power – 1975)
  • O Segundo Círculo do Poder (The Second Ring of Power – 1977)
  • O Presente da Águia (The Eagle’s Gift – 1981)
  • O Fogo Interior (The Fire from Within – 1984)
  • O Poder do Silêncio (The Power of Silence: Further Lessons of Don Juan – 1987)
  • A Arte do Sonhar (The Art of Dreaming – 1993)
  • Readers of Infinity: A Journal of Applied Hermeneutics – 1996 – Diários do trabalho de Castaneda com suas discípulas ainda não traduzido.
  • Passes Mágicos (Magical Passes: The Practical Wisdom of the Shamans of Ancient Mexico – 1998)
  • O Lado Ativo do Infinito (The Active Side of Infinity – 1999)
  • A Roda do Tempo (The Wheel Of Time : The Shamans Of Mexico – 2000) – uma antologia de citações comentadas.

Outros autores

  • Sonhos Lúcidos: uma iniciação ao mundo dos feiticeiros (Being-in dreaming) (Florinda Donner) [1991]
  • A Bruxa e a Arte do Sonhar (The Witch´s dream) (Florinda Donner-Grau) [1998]
  • Travessia das Feiticeiras (The Sorcerer’s Crossing: A Woman’s Journey) (Taisha Abelar) [1992]
  • Pelo Caminho do Guerreiro (Ana Catan) [1993]
  • Encontros com o Nagual (Encounters With The Nagual) (Armando Torres) [2004]
  • Os Ensinamentos de Don Carlos (The Teachings of Don Carlos) (Víctor Sánchez) [1995]
  • Conversando com Carlos Castaneda (Conversations With Carlos Castaneda) (Carmina Fort) [1995]
  • O Caminho do Nagual (Roberto Carriconde) [2013]
  • Aprendiz de Feiticeiro: minha vida com Carlos Castaneda (The Sorcerer’s Apprentice: My Life with Carlos Castaneda) (Amy Wallace) [2003]
  • Carlos Castaneda e a Fresta entre os Mundos (Vislumbres da Filosofia Ānahuacah no Século XXI) (Luis Carlos de Morais Junior) [2012]
  • O Domínio da Consciência (Compilação dos Ensinamentos de Juan Matus, apresentados por Carlos Castañeda em seus doze livros) (Flórion) [ano]
  • O xamanismo de Carlos Castaneda: apropriação, ruptura ou continuidade? (Nelson Neraiel) Bia Labate Julho 2011
  • Entrevista Revista Time, de março de 1973, capa

Fonte: Wikipedia

Você poderá gostar de:

Sonhos lúcidos

Anne Rice – A mãe dos vampiros do cinema

Transferência mental

Percepção do nada

setembro 21, 2015 Posted by | Arquivo X | , , , , , | Deixe um comentário

Seis logotipos mais polêmicos da história

Londres 2.012

Logotipos Polêmicos

Quando uma empresa cria seu logotipo tem como objetivo chamar a atenção de seu possível cliente ao representar seus objetivos. No entanto,  esses logos podem causar indignação e críticas entre alguns consumidores que podem ter uma percepção  inesperada do design.  Apresentamos a seguir  seis logos que causaram esses problemas para seus criadores.

Cara feliz de um “psicopata”

Quando, em junho de 2015, a IHOP, uma rede de restaurantes americana especializada em café da manhã, comunicou através das redes sociais que atualizara seu logotipo, o qual consistia em adicionar um sorriso abaixo das letras, desencadeou uma onda de críticas de clientes , que acusaram a empresa de adicionar uma expressão sinistra a sua imagem corporativa. Assim, o editor da revista ‘Fast Co Design’, Mark Wilson, disse que, em vez de um sorriso, via no novo emblema “o azul e vermelho de um circo e dois olhos esbugalhados com uma combinação de cafeína e anfetaminas .. . Este é um palhaço no limite de uma total psicopatia “, disse a jornalista da BBC.

Psyco Smile

Cara de psicopata

Símbolos satânicos

A  multinacional americana Procter & Gamble teve que mudar seu logotipo ‘Man on the Moon “, criado em 1851, depois de ser acusada ​​de ligações com o culto satânico nos anos 80 do século 20,. Críticos afirmam que os cachos de cabelo e barba do homem escondiam os chifres de Satanás e o número 666 invertido, representando a “marca da besta”.  Além disso, surgiram rumores de que a multinacional doara muito dinheiro para um culto satânico. Diante dessas acusações, a P & G decidiu retirar os cachos de seu logotipo em 1991. Vale ressaltar que, em 2007,  a  Procter & Gamble ganhou um processo multimilionário contra uma empresa rival que espalhava  falsos rumores relacionando a P & G aos cultos satânicos.

culto ao satanismo

Logotipo Satânico

Velas para piratas

Em setembro de 2014, a empresa de tecnologia Corsair revelou seu novo logotipo, semelhante a dois sabres cruzados e alguns usuários compararam com tatuagens que algumas mulheres fazem na parte inferior das costas. Os usuários do videojogo ainda recolheram assinaturas exigindo que o logotipo fosse alterado. A Corsair reagiu às críticas e em Junho de 2015 retornou ao design anterior.

 velas

Sionismo em todas as partes?

Ao contrário dos exemplos acima, a indignação pelo logotipo dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 foi registrada a nível internacional. O emblema, desenhado pela agência Wolff Olins, provocou um protesto formal por parte do Irã, que viu nos números 2012, as letras ‘Zion’ (‘Sion’ em Inglês, que em alguns casos está associada com Israel e ao sionismo) . Teerã disse, em uma carta ao Comitê Olímpico Internacional (COI), que não iria participar das competições se o logotipo não fosse alterado.  As alegações iranianas não foram aceites e, eventualmente, o país não boicotou os Jogos.

olimpíadas polêmica

Londres 2.012

Um assassino no logotipo?

A diretora-executiva de uma instituição local dedicada a ajudar as mulheres vítimas de abuso, desencadeou a polêmica sobre o novo logotipo e mascote do time de beisebol canadense  London Rippers  em 2.012.  Para muitos parecia que  a imagem representava o assassino em série do século XIX, Jack, o Estripador. A equipe foi desmantelada alguns meses após o escândalo.

Marca do Assassino

Jack o estripador

Pessoas contra mascotes

A equipe de futebol Washington Redskins continuam usando a  imagem de um nativo americano, apesar de ter sido repetidamente acusada de insensibilidade racial. Outro logotipo controverso, Chief Wahoo da equipe de beisebol dos Cleveland Indians,, se por um lado ele foi removido em 2014, como o símbolo principal,  ainda está presente no uniforme.

Mascotes

Insensibilidade Racial

Fonte: RT-TV

setembro 17, 2015 Posted by | Arquivo X | , , | 1 Comentário

Referências de satanás na Bíblia

a origem do mal

Quem é satanás

Referências bíblicas

1 – Crônicas
Então Satanás se levantou contra Israel, e incitou Davi a numerar a Israel. E disse Davi a Joabe e aos maiorais do povo: Ide, numerai a Israel, desde Berseba até Dã; e trazei-me a conta para que saiba o número deles.[Capítulo 21:1-2]

Pintura de Gustave Doré baseada na obraParaíso Perdido.

Ora, chegado o dia em que os anjos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. O Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela. Disse o Senhor a Satanás: Notaste porventura o meu servo , que ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal? Então respondeu Satanás ao Senhor, e disse: Porventura Jó teme a Deus debalde? Não o tens protegido de todo lado a ele, a sua casa e a tudo quanto tem? Tens abençoado a obra de suas mãos, e os seus bens se multiplicam na terra. Mas estende agora a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e ele blasfemará de ti na tua face! Ao que disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo o que ele tem está no teu poder; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor. [Capítulo 1:6-12]
Zacarias
E ele mostrou-me o sumo sacerdote Josué, o qual estava diante do anjo do Senhor, e Satanás estava à sua mão direita, para se lhe opor. Mas o Senhor disse a Satanás: O Senhor te repreenda, ó Satanás, sim, o Senhor, que escolheu Jerusalém, te repreenda; não é este um tição tirado do fogo? [Capítulo 3:1-2]
Mateus
Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome. Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus. Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles; e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares. Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram. [Capítulo 4:1-11]
Marcos
E começou a ensinar-lhes que importava que o Filho do homem padecesse muito, e que fosse rejeitado pelos anciãos e príncipes dos sacerdotes, e pelos escribas, e que fosse morto, mas que depois de três dias ressuscitaria. E dizia abertamente estas palavras. E Pedro o tomou à parte, e começou a repreendê-lo. Mas ele, virando-se, e olhando para os seus discípulos, repreendeu a Pedro, dizendo: Retira-te de diante de mim, Satanás; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas as que são dos homens. [Capítulo 8:31-33]
Lucas
Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. [Capítulo 22:31-32]
Apocalipse
E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande corrente na sua mão. Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. E lançou-o no abismo, e ali fechou-o, e pôs um selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo. [Capítulo 20:1-3]

Interpretações

A maioria dos cristãos considera que todas as ocorrências de Satanás na Bíblia são literais.[carece de fontes]

Muitos judeus e alguns cristãos consideram que Satanás é uma alegoria.[carece de fontes] Os estudiosos identificam a Satanás emZacarias 3, com os acontecimentos políticos no tempo de Neemias. Os Autenticistas3 e Cristadelfianos4 5 entendem que o próprio Cristo teria contado suas tentações, em forma de parábola.

Ao longo das obras Glossário Teosófico, e A Doutrina Secreta, Helena Blavatsky é oferecido diversas interpretações sobre Satanás.

Fonte: Wikipedia

Origem de satanás

 

agosto 6, 2015 Posted by | Arquivo X | , , | 1 Comentário

A origem de satanás

Satanás ou Satã (do hebraico שָטָן, adversário,1 no koiné ΣατανάςSatanás; no aramaico צטנא, em árabe شيطان) é um termo originário da tradição e mitologia judaico-cristãs e geralmente aplicado à encarnação do Mal em religiões ditas monoteístas. 

Origem e etimologia

A palavra שָטָן (significando [adversário]) assim como o árabeالشيطان (shaitan), derivam da raiz semítica šṭn, significando ser hostil..1 O Tanakh utiliza a palavraשָטָן para se referir a adversários ou opositores no sentido geral assim como opositores espirituais.

11. A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos: 12. filho do homem, entoa um cântico fúnebre sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Eis o que diz o Senhor Javé: Eras um selo de perfeição, cheio de sabedoria, de uma beleza acabada. 13. Estavas no Éden, jardim de Deus, estavas coberto de gemas diversas: sardônica, topázio e diamante, crisólito, ônix e jaspe, safira, carbúnculo e esmeralda; trabalhados em ouro. Tamborins e flautas, estavam a teu serviço, prontos desde o dia em que foste criado. 14. Eras um querubim protetor colocado sobre a montanha santa de Deus; passeavas entre as pedras de fogo. 15. Foste irrepreensível em teu proceder desde o dia em que foste criado, até que a iniquidade apareceu em ti. 16. No desenvolvimento do teu comércio, encheram-se as tuas entranhas de violência e pecado; por isso eu te bani da montanha de Deus, e te fiz perecer, ó querubim protetor2 , em meio às pedras de fogo. 17. Teu coração se inflou de orgulho devido à tua beleza, arruinaste a tua sabedoria, por causa do teu esplendor; precipitei-te em terra, e dei com isso um espetáculo aos reis. 18. À força de iniquidade e de desonestidade no teu comércio, profanaste os teus santuários; assim, de ti fiz jorrar o fogo que te devorou e te reduzi a cinza sobre a terra aos olhos dos espectadores. 19. Todos aqueles que te conheciam entre os povos ficaram estupefatos com o teu destino; acabaste sendo um objeto de espanto; foste banido para sempre!

O termo grego Σατανάς aparece na Septuaginta apenas para os adversários humanos. No caso dos adversários angélicos a palavra grega diabolos é usada. No Novo Testamento os dois termos são intercambiáveis, embora diabo é usado quatro vezes para os humanos.

Condição de existência

Após várias comparações no que se refere as traduções sobre a origem das palavras Satanás e Diabo, atualmente é consensual entre religiosos seu significado: acusador ou caluniador para Diabo; e opositor ou adversário para Satanás. Todavia ainda há divergências sobre sua literal existência; alguns simplesmente a ignoram, outros fazem demonstrações lógicas de sua existência dentro dos parâmetros bíblicos, partindo do fato de que a Bíblia o menciona como um ser espiritual, um “anjo de luz” que tornou-se um rebelde se opondo ao Criador. Apocalipse 12:07 apresenta Satanás como um líder de uma rebelião; no versículo seguinte, denota-se a necessidade de que haja retaliação para que tal rebelde seja banido de seu lugar de origem; no versículo 09, é evidenciado que o rebelde juntamente com seus comparsas são vencidos e lançados para nosso planeta. Em Apocalipse 12:12, é mostrada a alegria do céu (plano espiritual onde vivia Satanás), e a tristeza para seres humanos influenciados por ele na Terra (onde atua intensamente Satanás).

Satanismo Espiritual

No satanismo espiritual satã não é visto como um ser maligno e mentiroso de olhos vermelhos flamejantes ou chifres. Ele é o deus sumério EA, conhecido como Enki, cujo o significado é “Senhor da Terra”.

Desvendando erros de escrita

Um dos problemas bíblicos “mais mortais” é o das traduções. Tendo passado por várias traduções até chegar na versão conhecida atualmente, é evidente que muitas modificações tenham acontecido; a maioria delas involuntariamente. Uma delas é a da confusão entre os termos Satanás, Diabo e Lúcifer.

Na íntegra, Satanás é um, Lúcifer é outro. Lúcifer seria o famoso Portador da Luz (do latim Lux fero), Eósforos e Héspero, o planeta Vênus em seus aspectos matutino e vespertino.

Diabo significa “acusador”, do grego diabolos, e pode se referir genericamente a qualquer pessoa que acusa e se opõe a outra.

Já Satanás significa “adversário”.[carece de fontes] A Igreja Católica considera Lúcifer como Satanás, que seria um anjo que se rebelou contra Deus e foi expulso do Céu, apesar da Bíblia não ter sequer uma passagem que explicite isso. A passagem usada para justificar a ideia Satanás = Lúcifer é Isaías 14:12 : “Como caíste do céu, ó Lúcifer, tu que ao ponto do dia parecias tão brilhante?”. Trata-se de uma passagem controversa, pois os judeus[carece de fontes]consideram essa a passagem sobre o desaparecimento da estrela Vênus diante da majestosidade do Sol como uma alusão à crença[carece de fontes] de que o Império Babilônico desapareceria diante do poder do Deus Yahweh, e a maioria dos cristãos considera a passagem como referente à queda física de um anjo, daí denominam Satanás como Lúcifer.

Origem e etimologia

A palavra שָטָן (significando [adversário]) assim como o árabeالشيطان (shaitan), derivam da raiz semítica šṭn, significando ser hostil..1 O Tanakh utiliza a palavraשָטָן para se referir a adversários ou opositores no sentido geral assim como opositores espirituais.

11. A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos: 12. filho do homem, entoa um cântico fúnebre sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Eis o que diz o Senhor Javé: Eras um selo de perfeição, cheio de sabedoria, de uma beleza acabada. 13. Estavas no Éden, jardim de Deus, estavas coberto de gemas diversas: sardônica, topázio e diamante, crisólito, ônix e jaspe, safira, carbúnculo e esmeralda; trabalhados em ouro. Tamborins e flautas, estavam a teu serviço, prontos desde o dia em que foste criado. 14. Eras um querubim protetor colocado sobre a montanha santa de Deus; passeavas entre as pedras de fogo. 15. Foste irrepreensível em teu proceder desde o dia em que foste criado, até que a iniquidade apareceu em ti. 16. No desenvolvimento do teu comércio, encheram-se as tuas entranhas de violência e pecado; por isso eu te bani da montanha de Deus, e te fiz perecer, ó querubim protetor2 , em meio às pedras de fogo. 17. Teu coração se inflou de orgulho devido à tua beleza, arruinaste a tua sabedoria, por causa do teu esplendor; precipitei-te em terra, e dei com isso um espetáculo aos reis. 18. À força de iniquidade e de desonestidade no teu comércio, profanaste os teus santuários; assim, de ti fiz jorrar o fogo que te devorou e te reduzi a cinza sobre a terra aos olhos dos espectadores. 19. Todos aqueles que te conheciam entre os povos ficaram estupefatos com o teu destino; acabaste sendo um objeto de espanto; foste banido para sempre!

O termo grego Σατανάς aparece na Septuaginta apenas para os adversários humanos. No caso dos adversários angélicos a palavra grega diabolos é usada. No Novo Testamento os dois termos são intercambiáveis, embora diabo é usado quatro vezes para os humanos.

Condição de existência

Após várias comparações no que se refere as traduções sobre a origem das palavras Satanás e Diabo, atualmente é consensual entre religiosos seu significado: acusador ou caluniador para Diabo; e opositor ou adversário para Satanás. Todavia ainda há divergências sobre sua literal existência; alguns simplesmente a ignoram, outros fazem demonstrações lógicas de sua existência dentro dos parâmetros bíblicos, partindo do fato de que a Bíblia o menciona como um ser espiritual, um “anjo de luz” que tornou-se um rebelde se opondo ao Criador. Apocalipse 12:07 apresenta Satanás como um líder de uma rebelião; no versículo seguinte, denota-se a necessidade de que haja retaliação para que tal rebelde seja banido de seu lugar de origem; no versículo 09, é evidenciado que o rebelde juntamente com seus comparsas são vencidos e lançados para nosso planeta. Em Apocalipse 12:12, é mostrada a alegria do céu (plano espiritual onde vivia Satanás), e a tristeza para seres humanos influenciados por ele na Terra (onde atua intensamente Satanás).

Satanismo Espiritual

No satanismo espiritual satã não é visto como um ser maligno e mentiroso de olhos vermelhos flamejantes ou chifres. Ele é o deus sumério EA, conhecido como Enki, cujo o significado é “Senhor da Terra”.

Desvendando erros de escrita

Um dos problemas bíblicos “mais mortais” é o das traduções. Tendo passado por várias traduções até chegar na versão conhecida atualmente, é evidente que muitas modificações tenham acontecido; a maioria delas involuntariamente. Uma delas é a da confusão entre os termos Satanás, Diabo e Lúcifer.

Na íntegra, Satanás é um, Lúcifer é outro. Lúcifer seria o famoso Portador da Luz (do latim Lux fero), Eósforos e Héspero, o planeta Vênus em seus aspectos matutino e vespertino.

Diabo significa “acusador”, do grego diabolos, e pode se referir genericamente a qualquer pessoa que acusa e se opõe a outra.

Já Satanás significa “adversário”.[carece de fontes] A Igreja Católica considera Lúcifer como Satanás, que seria um anjo que se rebelou contra Deus e foi expulso do Céu, apesar da Bíblia não ter sequer uma passagem que explicite isso. A passagem usada para justificar a ideia Satanás = Lúcifer é Isaías 14:12 : “Como caíste do céu, ó Lúcifer, tu que ao ponto do dia parecias tão brilhante?”. Trata-se de uma passagem controversa, pois os judeus[carece de fontes]consideram essa a passagem sobre o desaparecimento da estrela Vênus diante da majestosidade do Sol como uma alusão à crença[carece de fontes] de que o Império Babilônico desapareceria diante do poder do Deus Yahweh, e a maioria dos cristãos considera a passagem como referente à queda física de um anjo, daí denominam Satanás como Lúcifer.

Origem do texto: Wikipedia

Citações de satanás na Bíblia

 

agosto 6, 2015 Posted by | Arquivo X | , , | 1 Comentário

Celebridades ligadas às ciências ocultas

David_Bowie

David_Bowie

10 – David Bowie – Em 1.975, Bowie tornou-se dependente da cocaína, que fazia com que ele pudesse compor sem parar. Ele raramente dormia enquanto estava em turnê. Entretanto, logo os efeitos das drogas começaram a afetá-lo e ele desenvolveu psicose da cocaína.

Vídeo no Youtube

Ao mesmo tempo, Bowie passou a temer que estivesse sendo invadido por espíritos demoníacos.

Na medida em que Bowie ia sendo vencido pelo vício, enquanto aumentava seu interesse pelo oculto, começou a temer que bruxas estivessem querendo roubar seu sêmem. Ele achava que elas queriam fecundar seu filho para sacrificá-lo. Isso ocorria enquanto Bowie gravava Station to Station, álbum que fazia referências ao ocultismo.

Foi aí que um de seus amigos o convenceu a fazer um “trabalho” de magia branca, exorcismo, em sua casa. O exorcismo funcionou, assim como coincidiu com o fim de seu vício em cocaína.

Rei do Rock

Elvis Plesley

09 – Elvis Presley

Elvis Presley é considerado o cantor mais famoso da história, cantou muitas músicas gospel, era cristão, frequentava igrejas e valorizava a família. Entretanto, Priscila Presley também apresentou um outro lado de sua vida em Elvis e Eu.

De acordo com Priscilla, Elvis estava constantemente procurando por novas formas de entrar em nível de “superconsciência”, enquanto as drogas poderiam ter aumentado sua obsessão pelo sobrenatural. Priscila disse que Elvis frequentemente lia livros de ocultismo. Priscilla disse que teve de queimar todos os seus livros para livrá-lo de sua obsessão pelo ocultismo, infelizmente, não conseguiu livrá-lo dos remédios.

Com o vício aumentando e a saúde se deteriorando, ele retornou ao cristianismo.

Darryl Hall

Darryl Hall

08 – Daryl Hall

Daryl Hall, aquele loiro do dueto Hall & Oates, também esteve envolvido com o ocultismo. Em 1.974, ele se se graduou em ocultismo e passou seis ou sete anos imerso nas ciências ocultas, Kabbala, religião dos celtas e tradição dos druídas, segundo sua entrevista para a Penthouse, em 1.987.

Ele também disse que seu bisavô fora Warlock, descrito pelo ocultista Aleister Crowley. Hall interessou-se por Crawley principalmente porque ambos haviam se rebelado contra a religião tradicional.

Segundo Hall: “Muita gente ia atrás disso, assim como eu, que estava com a vida desequilibrada.

Rainha Vitória

Rainha Vitória

07 – Rainha Vitória

No fim da era vitoriana houve um movimento chamado espiritualismo, no qual as pessoas falavam com fantasmas, tornou-se popular nas classes sociais da Grã-Bretanha. As pessoas mais famosas da história participaram daquele movimento, incluindo a própria Rainha Vitória.

Quando o Príncipe Albert morreu, a Rainha ficou inconsolada. Procurou vários médiuns que se revelaram charlatães, até finalmente encontrar Robert James Lee, um médium de 13 anos de idade, que invocou o espírito do príncipe Albert. O menino foi convidado para morar no Palácio Buckinghan, mas ele disse que ela poderia continuar se comunicando com o Príncipe Albert através de John Brown. Por mais de 30 anos Brown permaneceu com a Rainha.

Depois da morte de Brown, a rainha queria publicar um estudo sobre o caso, mas seus súditos a convenceram que tais conhecimentos poderiam manchar sua reputação.

06 – Jimmy Page

Não é novidade para ninguém que Jimmy Page sempre esteve associado ao ocultismo, mas é surpreendente que Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin, tenha sido um devoto seguidor dos ensinamentos do ocultista Aleister Crowley. Em seu trabalho com a banda Led Zeppelin, Page frequentemente fazia referências ao ocultismo.

Veja o vídeo

Nos anos 70, Page chegou a abrir uma livraria só de autores ligados ao ocultismo, em Londres. Page manteve a loja aberta por vários anos, até que sua responsabilidade na banda não permitisse mais essa função, devido a falta de tempo. Mesmo assim, Page continuou a manter a banda ligada ao ocultismo através de símbolos.

Primeiro Ministro

Primeiro Ministro

05 – William Lyon Mackenzie King

O político mais importante na história do Canadá sempre manteve uma ligação secreta com o ocultismo. O primeiro ministro era tão discreto que nem os médiuns descobriram que ele era político.

Mulher do Presidente

Mulher do Presidente

04 – Mary Toddy Lincoln

A Senhora Lincoln teve uma vida trágica. Em 1.862, ela perdeu seu filho, Willie. Ela invocou o espírito do filho.

“Ele vinha toda noite e ficava aos pés da cama com o mesmo sorriso que sempre teve.” Ela escreveu para sua filha: “Ele nem sempre vem sozinho (seu outro filho morto) little Eddie, às vezes vem com ele.

Ela acreditou no ocultismo pelo resto de sua vida, chegando a posar para fotografia do ocultista William Mumler.

03 – William S. Burroughs

Apesar de sua vida conturbada, matando acidentalmente sua mulher, ele sempre se manteve aberto ao que a vida tinha a oferecer, inclusive o ocultismo.

Veja o vídeo

Primeiro Burroughs se envolveu com o misticismo, viajando para a América do Sul, onde estudou uma planta que supostamente dava poderes às pessoas.

02 – Heinrich Himmler

Esse nazista chegou a estudar a Heperborea-Thule que alguns alemães acreditavam serem os criadores da primeira sociedade ariana.

Nazista Oculto

Nazista Oculto

Depois da denúncia pública de Hitler contra o ocultismo, Himmler manteve seu interesse fora dos olhos do povo.

Isaac Newton

Isaac Newton

01 – Isaac Newton

Apesar de ser o cientista mais conhecido da história, Newton também conhecia alquimia, aliás, em seu tempo o ocultismo estava muito ligado ao ocultismo.

Ele era obcecado pela alquimia e passava muito tempo experimentando a pedra filosofal, substância mística que transformava qualquer metal em ouro ou prata. Apesar disso, a pedra filosofal supostamente possibilitava a imortalidade.

Newton também era fascinado pelo estudo dos códigos da Bíblia, decifrando informações científicas do livro sagrado. Ele pesquisou as proporções geométricas do Templo de Salomão, assim como as teorias matemáticas que explicam a origem do Universo.

Fonte: Listverse

junho 25, 2015 Posted by | Arquivo X, curiosidades, Inglês | , , | 3 Comentários

A civilização de Shangri-lá

Civilizações Perdidas

Civilizações Perdidas

Shangri-La é um lugar fictício descrito em 1933 pelo romance Horizonte Perdido do escritor britânico James Hilton. Hilton descreve como Shangri-La, um vale harmonioso místico, gentilmente guiado a partir de um mosteiro, localizado no extremo ocidental das montanhas de Kunlun. Shangri-La tornou-se sinônimo de qualquer paraíso terrestre, e, particularmente, a utopia mística do Himalaia – uma terra permanentemente feliz, isolada do mundo exterior. No romance Lost Horizon, Horizonte Perdido, as pessoas que vivem em Shangri-La são quase imortais, vivendo anos além do tempo de vida normal e envelhecendo muito lentamente, mas só na aparência. A palavra também evoca a imagem de exotismo do Oriente. Nas antigas escrituras tibetanas, a existência de sete lugares é mencionado como Nghe-Beyul Khembalung. Khembalung é um dos vários beyuls (“terras ocultas” semelhantes a Shangri-La) acredita ter sido criado por Padmasambhava no século 8 como idílico, lugares sagrados de refúgio para os budistas em tempos de conflitos (Reinhard 1978).

Alguns estudiosos acreditam que a história de Shangri-La tem uma dívida literária para com Shambhala, um reino mítico da tradição tibetana budista, que foi procurada por exploradores orientais e ocidentais.

A expressão “Shangri-La” provavelmente vem do tibetano, “Shang” – um distrito de Ü-Tsang, norte de Tashilhunpo”, pronuncia-se “ri”, “Mountain” = “Shang Mountain” + , Montain Pass, o que sugere que a área é acessado, ou é chamada de “Shang Mountain Pass”.

Localização

Na China, o poeta Tao Yuanming, da Dinastia Jin (265-420) descreveu uma forma de Shangri-La em sua obra “O Conto da Flor de Pessegueiro na Primavera (chinês simplificado, tradição chinesa: pinyin: taohua Yuán JI). A história diz que havia um pescador de Wuling, que andando através de um bonito bosque de pêssego, descobriu pessoas felizes e contentes que viviam completamente isoladas dos problemas do mundo exterior, desde a dinastia Qin (221-207 aC). Na China moderna, o condado de Zhongdian foi renomeado para Xianggélila (Shangri-La, em chinês), em 2001, para atrair turistas. As lendárias Montanhas de Kun Lun oferecem outro possível lugar para os vales de Shangri-La.

A popular inspiração física segundo Hilton: Shangri-La é o Vale do Hunza, no norte do Paquistão, perto da fronteira com a China, que Hilton visitou alguns anos antes de Lost Horizon ser publicado. Sendo um vale isolado cercado por montanhas, localizada no extremo oeste do Himalaia, próximo da descrição física do romance. O Vale do Hunza, no entanto, não tem a cultura tibetana da religião budista, por isso, não poderia ter sido a inspiração cultural de Hilton para Lost Horizon.

A representação cultural de Shangri-La é mais freqüentemente citada como sendo ao noroeste da Província de Yunnan, na China, onde National Geographic Explorer Joseph Rock viveu e viajou durante os anos 1920 e início dos anos 1930 e escreveu vários artigos na revista National Geographic que são ricamente ilustradas com a fotografia soberba. Isto coincide com o momento em que James Hilton teria escrito Lost Horizon, mas não há nenhuma evidência direta para apoiar esta reivindicação. A evidência aponta para um outro conjunto de exploradores. Em uma entrevista para a New York Times, em 1936, Hilton afirma que ele usou “o material tibetano” do Museu Britânico, em particular o diário de viagem de dois padres franceses, Evariste Regis Huc e Joseph Gabet, para fornecer a inspiração espiritual e cultural budista tibetana para Shangri-La. Huc e Gabel fizeram a viagem de ida e volta entre Pequim e Lhasa, em 1844-1846, em uma rota de mais de 250 quilômetros (160 milhas) ao norte de Yunnan. Seu famoso diário de viagem, publicado em francês, em 1850, passou por muitas edições em várias línguas. A popular “tradução condensada”, foi publicado na Inglaterra em 1928, no momento em que Hilton teria recebido inspiração, ou até mesmo para escrever Lost Horizon.

Hoje, vários lugares reivindicam o título, como parte do sul da Kham, no noroeste da província de Yunnan, incluindo os destinos turísticos de Lijiang e Zhongdian. Lugares como Sichuan e Tibet também reivindicam ser o lugar do verdadeiro Shangri-La. Em 2001, a Região Autônoma do Tibet apresentou uma proposta de que as três regiões investissem todos os recursos turísticos de Shangri-La para promovê-la como um só. Tentativas de estabelecer uma China Shangri-la, Zona Ecológica para Turismo em 2002 e 2003, falhou, então, representantes do governo de Sichuan e Yunnan e Região Autônoma do Tibet assinaram uma declaração de cooperação em 2004. Também em 2001, Zhongdian County, no noroeste de Yunnan, oficialmente foi rebatizado de Shangri-La County.

Outro lugar que poderia ter inspirado o conceito de Shangri-La é o Yarlung Tsangpo Grand Canyon.

Apresentador de televisão e historiador, Michael Wood, no episódio “Shangri-La” da série de documentários da BBC “Em Busca de Mitos e Heróis”, sugere que a lendária Shangri-La poderia ser a cidade abandonada de Tsaparang no alto do vale Satluj, e que seus dois grandes templos seriam por sua vez a casa para os reis de Guge no Tibete moderno. Especula-se que Sang-la, Chitkul no vale Sangla perto Indo-Tibet Border seja Shangri-la. La em spiti/Kinnauri, como na língua tibetana, é a palavra para montain pass. Kamru Village, em Sangla, foi a antiga capital de Bushahr, que era um estado budista, até ser conquistada por Gurkhas.

Exploradores americanos Ted Vaill e Peter Klika visitaram o Muli, área do sul da província de Sichuan, em 1999, e afirmou que o mosteiro Muli, nesta região remota, seria o modelo para Shangri-lá James Hilton, que eles pensavam que Hilton teria aprendido a partir de artigos sobre esta área em vários artigos da revista National Geographic, no final dos anos 1920, e início dos anos 1930, escrito pelo explorador austríaco-americano Joseph Rocha. Michael McRae redescobriu um obscuro James Hilton em entrevista para a coluna de fofocas do New York Times, onde ele revela sua inspiração cultural para Shangri-La e, se é qualquer lugar, em mais de 250 km ao norte de Muli na rota percorrida por Huc e Gabet. Vaill completou um filme baseado em suas pesquisas, “Encontrando Shangri-La”, que estreou no Festival de Cannes em 2007.

Em 2 de dezembro de 2010, OPB mostrou um dos episódios de Martin Yan’s China Oculta, “Life in Shangri-La”, em que Yan disse que “Shangri-La” é o nome real de uma verdadeira cidade na região montanhosa no noroeste da Província de Yunnan, frequentada por ambos, Han e os moradores locais tibetanos. Martin Yan visitou artes e lojas de artesanato, os agricultores locais e como eles fazem a colheita, e a sua cozinha.

Fonte: Wikipedia

A cidade perdida de Atlântida

A tragédia de Pompéia

Homero ou Tróia – Quem é a lenda?

A escrita cuneiforme

julho 29, 2014 Posted by | Arquivo X | , , , , | Deixe um comentário

Thule – Sociedade secreta ariana

organização ariana

Sociedade Nazista

Tudo começou com um grupo de estudos, “Grupo de Estudos da Antiguidade Germânica”, foi a partir desse grupo que surgiu a primeira organização DAP, Deutsche Arbeiterpartei, que mais tarde seria reorganizada por Adolf Hitler.

Segundo o biógrafo de Hitler, Ian Kershaw, entre os simpatizantes e membros da Sociedade Thule estavam: Rudolf Hess, Alfred Rosenberg, Hans Frank, Lehmann Júlio, Gottfried Feder, Dietrich Eckart e Karl Harrer. Na opinião de alguns especialistas, a participação de Hitler e de outros simpatizantes não passava do nível de convidados, apesar de não haver dúvidas sobre participação dessa sociedade na base do nazismo.

Originalmente, a Sociedade Thule foi dirigida por Walter Nauhaus, que passou pela ordem dos Germanenoorden (Ordem dos Teutões), sociedade secreta fundada em 1.911. Um cisma na Ordem, em 1.918, mudou o destino de Nauhaus que foi contatado por Rudolf Sebottendorf, ocultista e líder eleito na Baviera, no ramo cismático conhecido como “Walvater Germanenorder do Santo Graal”.

Os dois homens tornaram-se associados em uma campanha de recrutamento. Sociedade de Thule foi o nome da loja de Munique, da Walvater Germanenorder, por sua dedicação, em 18 de Agosto de 1.918.

O foco principal da Thule Gesellschaft era uma reinvindicação sobre as origens da raça ariana. Por causa disso, as pessoas queriam se juntar a essa sociedade que era muito rica em cultura e organização, mas muito perigosa por um detalhe sutil, o nacionalismo racista ariano.

A “Ordem Germânica”, dos quais a Sociedade Thule se desenvolveu, em 1.918, teve que assinar uma “declaração de sangue da fé” sobre a linhagem.

“O signatário vem, através dessa declaração, jurar o melhor de seu conhecimento e convicção de que nenhum sangue judeu, ou colorido, flui em qualquer um dos seus ou de sua esposa, e que entre os seus antepassados não há membros das raças de cor.”

“Thule” foi uma região que, segundo geógrafos greco-romanos, localizava-se ao norte, algumas vezes identificada como Islândia. O poeta romano Virgílio cita Thule em sua obras, chamando-as de Geórgicas, apesar do nome estar ligado mais à Escandinávia. Virgilio não tinha a intenção de ser preciso, literal, sua intenção era outra.

A última Thule (mais distante) foi identificada pelos nazista místicos como sendo a capital da antiga Hiperbórea, próximo a Groenlândia ou Islândia. Essas ideias derivadas da especulação (Inácio Donnelly) de que uma massa de terra perdida havia existido no Atlântico, terra da raça ariana, teoria apoiada por ele como referência para a distribuição de suásticas. Ele identificou isso na Atlantis de Platão, teoria desenvolvida por Helena Blavatsky, uma ocultista da segunda metade do século XIX.

No início, a Sociedade Thule atraiu cerca de 250 seguidores em Munique e cerca de 1.500 na grande Baviera. Suas reuniões eram eram muitas vezes realizadas no luxuoso Hotel Vierjahreszeiten – Four Seasons Hotel em Munique.

Os seguidores da Sociedade Thule não estavam interessados em teorias ocultistas, estavam mais interessados em racismo e em combater os judeus e comunistas.

No entanto, Sebottendorff não conseguiu o planejado, raptar o primeiro-ministro socialista da Baviera, Kurt Eisner, em dezembro de 1.918. Durante a revolução bávara de abril de 1.919, membros da Sociedade de Thule foram acusados de tentar se infiltrar no governo e de tentar um golpe de Estado. Em 26 de abril, o governo comunista em Munique invadiu instalações da Sociedade que teve sete de seus membros presos sob custódia, sendo executados em 30 de abril. Entre eles estavam Walter Nauhaus e mais quatro aristocratas conhecidos, incluindo a Condessa Heila von Westarp, secretária do grupo, e Gustav, príncipe de Thurn und Taxis, ligado à várias famílias reais européias.

Em resposta, a Sociedade Thule organizou um levante de cidadãos com tropas brancas, que entraram na cidade, em 1 de maio.

A Sociedade Thule comprou o jornal semanário Münchener Beobachter, observador de Munique, que sofreu várias mudanças, até se tornar Beobachter Völkischer, observador do povo, editado estrategicamente po Karl Harrer.

Em 05 de janeiro de 1919 Anton Drexler, que tinha desenvolvido ligações entre a Sociedade de Thule e os trabalhadores, juntamente com Karl (da Sociedade de Thule) Harrer, estabeleceu o Deutsche Arbeiterpartei (DAP), ou Partido dos Trabalhadores Alemães. Adolf Hitler ingressaria mais tarde, no mesmo ano. Até o final de fevereiro de 1920, o DAP foi reconstituído como Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei (NSDAP), ou Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, geralmente conhecido como o “Partido Nazista”.

Sebottendorff deixou a sociedade Thule, enquanto Dietrich Eckart treinava Hitler em suas habilidades de discurso em público, Hitler dedicou Mein Kampt a ele.

No início da década de 1.920, Karl Harrer foi forçado a sair da DAP, e como Hitler mudou-se para cortar a ligação do partido com a Sociedade de Thule, que posteriormente entrou em declínio e foi dissolvida, cinco anos mais tarde, bem antes de Hitler chegar ao poder.

Wilhelm Laforce e Max Sesselmann (Münchener Beobachter) eram membros de Thule, que mais tarde aderiram ao NSDAP.

Rudolf von Sebottendorff tinha retirado da Sociedade de Thule, em 1919, mas em 1933 ele retornou à Alemanha com a esperança de reviver isso. Naquele ano, ele publicou um livro intitulado “bevor Hitler kam: antes de Hitler chegar, no qual ele afirmou que a Sociedade de Thule tinha preparado o caminho para o Führer: “Os Thulers foram os únicos a quem Hitler veio pela primeira vez, e os Thulers foram os primeiros a unir-se à Hitler. ” Este discurso não foi bem visto pelas autoridades nazistas: a partir de 1933, as organizações esotéricas (incluindo ocultistas völkisch) foram suprimidas, muitas foram fechadas pela legistação anti- maçônica, em 1935. O livro de Sebottendorff foi proibido e ele mesmo foi detido e preso por um curto período em 1934, depois partiu para o exílio na Turquia.

No entanto, tem-se argumentado que alguns membros da Thule e suas idéias foram incorporadas ao Terceiro Reich. Alguns dos ensinamentos da Sociedade Thule foram expressas nos livros de Alfred Rosenberg. Muitas idéias ocultas estão relacionadas à Heinrich Himmler, que, ao contrário de Hitler, tinha um grande interesse no misticismo, mas a Schutzstaffel (SS), sob comando de Himmler é relacionada a estrutura de Inácio de Loyola da ordem jesuíta, em vez da Sociedade de Thule.

Fonte: Wikipedia

Tradução e adaptação: By Jânio

Vinte e cinco pontos chaves do nazismo

Suástica – O simbo obscuro do nazismo

Gestado – Choque de raças

T4 – Projeto nazista da morte

A duvidosa teoria da evolução de Darwin

Eugenia – Da genética ao nazismo

agosto 27, 2012 Posted by | Arquivo X | , , , , , , , , , , | 3 Comentários

A pior emergência mundial

concentração

Higiene Social

Se os caixões da FEMA, espalhados pelo Brasil, causaram estarrecimento em toda a população, as supostas explicações poderiam assustar ainda mais. Quais seriam as tais emergências esperadas por essa organização?

Enquanto isso, em São Paulo, um sistema de coleta de lixo, automatizado e caríssimo, deixa a população ainda mais preocupada.

Quando a presidente falou em higiene social, melhor seria ficar em silêncio, já que há uma responsabilidade de ambas as partes, pelo problema da miséria e drogas de São Paulo, contudo, a tal higiene social poderia combinar com os imensos containers automatizados, disfarçados de coletores de lixo no centro de São Paulo.

O que foi feito para resolver o problema insustentável da cracolândia?

Primeiro tentaram retirar os viciados de lá, o problema se agravou, já que os viciados se espalharam pelo centro da cidade. Enquanto os viciados estavam na cracolândia, pelo menos incomodavam só os moradores daquela região, o que não era pouco.

Automatização tem sido o principal vilão da sociedade no mundo inteiro. Se a automatização pode ser vista como um problema para os pobres e desempregados, parece que poderia também se tornar uma solução ariana para o Estado.

Com os containers automatizados, a tal higiene social seria muito mais rápida e eficiente.

Problemas sociais precisam ser solucionados para evitar um caso de emergência, caso isso ocorra, as medidas tomadas estarão fora do conhecimento de cidadãos comuns, serão do conhecimento apenas de um grupo restrito de pessoas.

By Jânio

agosto 15, 2012 Posted by | Arquivo X | , , , , , , , | 5 Comentários

A sociedade Mão Negra

mão negra

Sociedade Secreta

Os dias que antecederam a Grande Guerra foram muito conturbados, notava-se instabilidade por toda parte, devido as regiões anexadas a outros países, questões mal resolvidas, etc.

A vitória da Alemanha (de Bismark) contra a França (de Napoleão III), criou um clima de revanche que, somado a indústria bélica e ao imperialismo econômico, levaria ao início de uma das maiores guerras da história. Só faltava alguém para acender o estopim – Em regiões tão instáveis, isso não seria difícil de acontecer.

Com medo da revanche francesa, a Alemanha se aliou à Itália e ao Império Áustro-Húngaro, formando a Tríplice Aliança. Em 1.907, era formada a Tríplice Entente (Inglaterra, França e Rússia).

O Império Áustro-Húngaro anexou duas regiões das Balcãs, Bósnia e Herzegovina. Como nessa região havia muitos sérvios, isso desagradou a Sérvia, outro estado das Balcãs que desejava a união da região(Iugoslávia), com o apoio Russo.

Na região da Sérvia, havia uma organização secreta chamada Ujedinjenje Ili Smrt (Unificação ou Morte) – Qualquer semelhança com “Independência ou Morte”, não é mera coincidência, é conspiração mesmo.

Essa organização secreta, também conhecida como “Mão Negra”, foi fundada por ex-membros de uma outra sociedade chamada Narodna Odbrana (Defesa do Povo). Realizavam pan-eslavismo e nacionalismo através de assassinatos.

O objetivo do “Mão Negra” era unir as regiões com populações eslavas, sob o domínio do Império Áustro-Húngaro.

A “Mão Negra” foi responsável por planejar e executar a morte do arquiduque Francisco Ferdinando, príncipe-herdeiro do Império Áustro-Húngaro. Apesar dos assassinos serem amadores, é importante observar como funcionam as estratégias de uma organização secreta conspiratória.

Os jovens nacionalistas que prepararam o ataque ao príncipe-herdeiro, eram membros de um grupo chamado Jovem Bósnia. Segundo alguns historiadores, eles (jovens bósnios) teriam assassinado, também, Alexandre I da Sérvia.

O assassinato do príncipe-herdeiro deu origem à Grande Guerra, quando o Império Áustro-Húngaro (Tríplice Aliança) declarou guerra à Sérvia, apoiada pela Rússia (Tríplice Entente), dando uma pequena mostra da teoria de “Efeito Borboleta/Teoria do Caos”, onde a queda de uma simples folha seca poderia dar início à transformações no mundo inteiro.

O ataque começou a ser planejado pelo coronel Dragutin Dimitrijevic, da Sérvia. Ele ficou sabendo da desastrada visita que o arquiduque faria, justamente num feriado nacional, em Junho de 1.914.

Acontece que os “Jovens Bosnios” também ficaram sabendo, eles também começaram a planejar um atentado.

A Mão Negra foi patrocinado com verba estatal – Qualquer lembrança do Golpe de 64 será bem-vinda.

Três dias antes da chegada do príncipe, três integrandes do “Jovem Bósnia” atravessaram a fronteira da Sérvia, com a ajuda do Coronel (Mâo Negra), responsável pela segurança da Sérvia.

Curiosidade: O autor do disparo que matou o arquiduque, chamava-se Princip. Os três jovens estudantes chamavam-se: Gavrilov Princip, Nedjelko Cabrinovic e Trifko Grabez.

Os três jovens estudantes encontraram mais quatro, todos amadores e portadores de tuberculose – Não há dúvida que o coronel sabia o que fazia.

O Coronel (Mâo Negra) forneceu 4 pistolas, 6 bombas e veneno (cianeto). Caso algo desse errado, tomariam o veneno, antes de serem capturados.

Deu tudo errado no dia da chegada do príncipe:

O arquiduque e sua esposa chegaram de trem e seguiram em carro aberto, capota baixa, alvo perfeito.

Apenas Cabrinovic lançou a bomba, tomou cianeto e jogou-se no rio. O veneno estava vencido, o rio era raso demais, até a bomba acertou o carro errado da comitiva.

Depois de desabafar com o Prefeito, a comitiva preparava-se para deixar o local, evitando outros atentados e dirigindo-se ao hospital onde estavam os feridos. O carro foi levado direto ao encontro de Princip, o assassino, levantando a suspeita de que fora tudo uma armadilha.

Receita para uma boa conspiração política, com direito à atentado:

Uma boa organização secreta; voluntários amadores, inteligentes, psicopatas sem um objetivo específico de vida, com uma doença sem cura; princípios fundamentalistas.

Fontes: Marlene & Silva, BBC, Wikipedia

Texto: By Jânio

junho 5, 2011 Posted by | Arquivo X | , , , , | 12 Comentários

Um grupo de ossos e caveiras

fraternidade estudantil

Ossos e Caveiras

Eu nunca ouvi falar da Organização Secreta “Skull and Bones”. Quando li sobre ela na Wikipedia, a primeira coisa que me veio à cabeça foi: Por quê o nome “Ossos e Caveira”?

Além de estar presente na fundação da CIA, o fato de ser de origem alemã, numa época conturbada, mais tarde Hitler utilizaria o ocultismo como base de suas estratégias para o poder, isso nos faz pensar.

É curioso também como a Eugenia virou lei, primeiro nos Estados Unidos, antes da Alemanha, e da Inglaterra.

Outra curiosidade que eu notei nesse texto da Wikipedia, foi o fato de tudo ter início numa época em que ocorria a libertação dos escravos.

Apesar de um câncer chamado Ku Klux Klan, uma organização secreta mais radical, o fato é que outras organizações secretas eram mais moderadas, discretas.

O objetivo principal da maioria das grandes organizações secretas é o controle econômico, financeiro e político, talvez hajam mais objetivos obscuros, mas esses são os mais claros.

Outro detalhe que eu descobri em pesquisas pela Wikipedia, e que eu pretendo incluir aqui, no futuro, é que há um movimento secreto general, objetivando a união, o controle de todas as organizações secretas, o que seria o caos, tão perigoso quanto o fundamentalismo de livre mercado, globalização.

A minha teoria sobre um Bilderberg brasileiro foi confirmada, junto com um temor maior, uma força milenar na base de tudo.

As tradições egípcias são muito interessantes na ficção científica, mas na realidade assusta.

É isso mesmo que você está pensando! – Naquele tempo já haviam as organizações secretas, e a morte do jovem Tutankhamon nunca foi totalmente explicada.

Naquele tempo já haviam conspirações políticas, tecnologia elitizada, ciências ocultas.

A boa notícia é que a elite das organizações secretas, na democracia, permanecem nas sombras, ocultas, coordenando e oferecendo informações “úteis” a sociedade; a má notícia é que esse grupo tem crescido muito ao longo dos tempos, idealizando sistemas de controles tecnológicos, políticos, econômicos, financeiros, informações e até étnicos.

É preciso estudar a cultura egípcia, a base de toda a nossa civilização política e tecnológica, cultura que influenciou os hebreus e os gregos. Os hebreus foram expurgar suas influências egípcias no deserto, enquanto os gregos passaram seus ensinamentos aos romanos, possibilitando uma base para o controle do mundo, dando início mais tarde a era das sombras.

Durante uma pesquisa sobre os nomes, descobri que muita gente mudaria de nome, se soubesse seu real significado, descobri também a importância de sabermos os significados desses nomes. Essa é a nossa herança obscura, tradição desconhecida pela maioria das pessoas.

As organizações secretas, sendo elitizadas, não tem a força que gostariam de ter na democracia, já que a democracia é um sistema descentralizado. O problema é que as pessoas estão cada vez menos preocupadas com o social, educação, religiões e política.

O Bilderberg brasileiro sempre foi independente do Bilderberg europeu, por isso, seguimos em direção distinta do resto do mundo ocidental, mas essa não é uma boa notícia.

A Skull and Bones é uma das organizações que eu menos conhecia, eles não impediram a libertação dos escravos, talvez nem fosse essa a sua intenção, mas o seu poder de influência é impressionante.

Todas as organizações secretas estão ligadas entre si, até organizações aparentemente independentes como as organizações secretas brasileiras, mesmo assim, eu nunca poderia imaginar que fraternidades universitárias pudessem estar envolvidas nesse processo, inclusive com tradição e força política.

É preciso uma distância da TV e uma atenção maior ao conteúdo da internet, pelo menos no que diz respeito às informações de grande relevância, como é o caso da política e economia.

Os escritores e jornalistas da internet são menos pretensiosos e mais comprometido com sua própria forma de pensar e organização de informações.

Uma guerra é o ponto mais importante, dentro do ponto de vista de interesses de grupos específicos, por isso devemos estar atentos.

Não basta especular sobre o que são essas organizações secretas mas, sim, quais são seus objetivos, é isso deve ser questionado.

Uma guerra nunca deve ser visto como alternativa, opção, guerras são problemas sérios, situações de riscos que não devem ser motivados pelos adeptos da democracia, até os bêbados sabem disso.

Wikipedia – “A Skull and Bones (Ossos e Caveira, em português) é uma sociedade secreta estudantil dos Estados Unidos da América, fundada em 1832. Foi introduzida na Universidade de Yale por William Huntington Russell e Alphonso Taft em 1833.

Entre 1831 e 1832, Russell estudou na Alemanha, onde supostamente teria sido iniciado em uma sociedade secreta alemã, a qual teria inspirado a criação da Skull and Bones. Tal hipótese foi confirmada durante obras realizadas no salão de convenções da Skull and Bones. Naquela ocasião foi encontrado material que se refere a Skull and Bones como o capítulo de Yale de sociedade alemã Illuminati. Essa sociedade foi tornada ilegal por efeito de um edito do governo da Baviera, em 1785, continuando entretanto a existir, como uma organização clandestina.

Russell foi nomeado general da guarda nacional em 1.862, Alphonso Taft tornou-se ministro da guerra em 1876, e depois Vice-general e embaixador dos Estados Unidos na Rússia, em 1884. Seu filho,William Howard Taft, tornou-se mais tarde, magistrado e depois presidente dos Estados Unidos.

William Howard Taft – Secretário da guerra (1904-1908) e 27º presidente dos EUA, filho de Alphonso Taft, fundador do grupo.

William Averell Harriman – Embaixador dos EUA na URSS (1943-1946), secretário de comércio (1946-1948) e governador de NY (1955-1958)

Henry Robinson Luce – Fundador de Time-Life, um dos mais importantes conglomerados de comunicação dos EUA.

George Herbert Walker Bush – Fazendeiro e empresário do petróleo no Texas. Foi o 11º diretor da CIA e 41º Presidente dos EUA.

George Walker Bush – Governador do Texas (1995-2000) e 43º presidente dos EUA.

Yale é a única universidade com sociedades secretas onde são admitidos somente seniores, quer dizer antigos alunos. As duas outras são Scroll and Key (“Chave e Pergaminho”) e Wolf’s Head (“Cabeça de lobo”).

Os candidatos são exclusivamente homens brancos, protestantes, e são originários habitualmente de famílias muito ricas. Frequentemente, seus pais já eram membros da ordem. No último ano de estudo, são denominados cavaleiros”.

Fonte: Wikipedia

Texto de introdução: By Jânio

maio 19, 2011 Posted by | Arquivo X | , , , , , , | 9 Comentários

Poderia ser Nostradamus um farsante

previsões ou profecias

Nostradammus

Eu já pensei em criar uma série de artigos sobre esse homem misterioso chamado Nostradamus, acabei desistindo, sua obra é extremamente complexa.

Nostradamus, a pessoa, não é menos complexo que sua obra, eu diria que é o nome mais falado no underground da literatura.

Há várias formas de se analisar a obra de Nostradamus, mas o seu principal campo era na área de astrologia, justamente a área que acaba desacreditando-o.

Não são poucas, as pessoas que acreditam em horóscopo, mesmo assumindo que isso é um superstição.

Como é possível levar a sério algo ao qual não se acredita? – A resposta é que há um conflito, não se tem certeza de absolutamente nada.

O assunto não é tão simples de ser definido assim, a astrologia faz parte de uma cultura muito complexa e antiga, uma ciência paralela, ou ciências ocultas, podendo ainda ser chamado de ocultismo, envolvendo todo o universo em torno do ser-humano.

O ocultismo, por ser marginalizado, acaba saindo fora de controle. Se na sociedade há suspeita de conspiração, nas ciências ocultas esse é o prato principal a ser digerido, ou engolido, como diz nosso “prezado” senador Fernando Collor.

Veja bem, o fato das ciências ocultas não serem provadas, explicam como elas podem ser numerosas e antigas. Hoje, a física enfrenta o mesmo problema com a filosofia, já que na prática, ninguém tem interesse em criar bombas nucleares ou simular buracos negros, enfim, mudar o que não se compreende.

Grandes nomes passaram pelo ocultismo: Rasputim, na Rússia; Nostradamus, na França; e muitos outros menos célebres. Até na Bíblia há casos registrados de consulta às ciências ocultas.

Falando especificamente de Nostradamus, podemos seguramente afirmar que ele elevou o ocultismo, mas precisamente a astrologia, a um nível nunca antes visto. Não só na importância, mas na própria maneira de ver, praticar e entender essas ciências.

Nostradamus entendia de várias áreas diferentes, além de falar grego, latim e hebraico, de onde vinham suas principais fontes, o que não é muito comum. Tinha facilidade em letras, ao mesmo tempo em que praticava a alquimia. Quando uma professora de química me apresentou uma tabela de elementos químicos, para que eu explicasse, eu disse – Professora, o que é essa lacuna na tabela? – quando ela disse que eram elementos que ainda não haviam sido descobertos, eu afirmei – Pois são esses elementos que despertaram a minha curiosidade; isso não está me parecendo química, parece mais alquimia.

Voltando ao nosso ilustre personagem, seus conhecimentos em várias áreas foram essenciais para a sua sobrevivência. Em plena idade média, ser visto como herege, ou bruxo, seria suficiente para levá-lo a fogueira, ou coisa muito pior.

Aqui começamos a verificar a inteligência de Nostradamus, se a Igreja e o poder do Estado eram muito próximos nessa época, manter a distância era questão de bom senso.

Nostradamus fez mais que isso, com seus conhecimentos de escrita, além de outras habilidades, ele sabia exatamente até que ponto podia chegar. PODERÍAMOS DIZER QUE ELE ERA UM GRANDE CÔNSUL, nos dias de hoje.

É atribuída a Nostradamus a famosa frase “O ouro do tolo”, tudo porque Nostradamus descobriu, já naquela época, uma forma de expandir a massa de diamantes e jóias de ouro, entre outros. Dizia Nostradamus que o ouro de fato não era falso, era verdadeiro, e deveria ser tratado como tal, o problema é que com a expansão da massa, perdia-se a qualidade; até hoje, testar a resistência de uma joia, ou pedra preciosa, é a primeira coisa que um especialista faz, antes de um exame mais detalhado, levando-nos a concluir que o alquimista Nostradamus PODERIA SER UM BOM QUÍMICO.

Que Nostradamus foi o maior astrólogo que o mundo já viu, não há a menor dúvida, se ele fazia realmente previsões ou se era apenas um bom faro, nesse ponto as opiniões divergem.

Nostradamus fez previsões para reis, rainhas, príncipes e princesas, prevendo inclusive suas mortes. No caso da alquimia, Nostradamus teve que ensinar como o processo funcionava ao rei, para escapar de ser visto como um bruxo. PODERÍAMOS DIZER QUE ELE ERA UM BOM POLÍTICO.

Como um bom político que era, Nostradamus conseguiu criar um mapa de domínio do mundo, traçando todas as estratégias: quem teria chance de dominar o mundo; de onde partiriam os ataques, falsas ideologias usadas como pretexto para a dominação.

Numa jogada de mestre, Nostradamus conseguiu combinar todas as suas estratégias, baseadas em sonhos imperialistas de ditadores antigos e atuais, com o livro mais temido da Bíblia, o Apocalípse de João.

Essa combinação de escritas supostamente livrariam Nostradammus de um possível conflito com a Igreja, elevando suas previsões à categoria de profecias na França. Curiosamente, Nostradammus era também grande conhecedor da Bíblia, mantendo relações muito próximas aos padres e bispos. PODERÍAMOS DIZER QUE NOSTRADAMUS ERA UM GRANDE RELIGIOSO.

A astrologia é uma ciência milenar que trabalha mais a psicologia e a filosofia do que propriamente as ciências ocultas, nos dias de hoje, esse talvez seja o maior motivo de as pessoas acompanharem tão atentamente o seu horóscopo.

Evidentemente que restringir a obra de nostradamus apenas à astrologia, seria subestimá-lo. Nostradamus dominava cada palavra que dizia, sabia da força dessas palavras, combinava-as de maneira que alcançassem vários objetivos ao mesmo tempo, convencendo até os mais céticos. PODERÍAMOS DIZER QUE NOSTRADAMMUS DOMINAVA OS CONCEITOS MOTIVACIONAIS.

Além disso, esse fato de a escrita de nostradamus ser aberta a mil interpretações, isso fazia com que ele tivesse total controle da mente de quem lia o que ele escrevia, fazendo com que essas pessoa fossem guiadas, não por ele, mas pela sua própria consciência. Isso poderia levar uma pessoa a fazer algo muito bom, ou muito mal, dependendo de sua natureza. PODERÍAMOS DIZER QUE NOSTRADAMMUS ERA UM BOM TERAPEUTA.

Nostradamus sabia quais palavras usar, a importãncia e a força que cada uma delas representava e qual sua relevãncia. Ele aproveitava essa habilidade com as palavras para enviar, diretamente ao cérebro humano, todas as mensagens e conhecimentos dos quais ele era portador. Mesmo antes da criação da internet, PODERÍAMOS DIZER QUE NOSTRADAMUS ERA UM GRANDE ESPECIALISTA EM OTIMIZAÇÃO DE TEXTO, mais que isso, um otimizador da mente humana.

Em plena época de peste negra, Nostradamus perdeu parte de sua família, vitimada pela praga que assolava a Europa, ele próprio pagou muito caro por se envolver em questões humanitarias, na linha de frente no combate da praga; com seus conhecimento de medicina, ajudou a salvar muitas vidas. PODERÍAMOS DIZER QUE NOSTRADAMUS ERA UM BOM MÉDICO.

Com suas previsões sobre o futuro do mundo, Nostradamus deixava bem claro seu pessimismo em relação ao futuro da humanidade, deixava bem claro também que o homem era senhor de seu destino, não poderia evitá-lo. mas poderia mudá-lo, dentro das possibilidades.

Com a combinação feita por nostradammus, onde suas previsões combinam com o Apocalípse, criei minha própria teoria sobre Nostradamus: Ele não previu os Anti-Cristo, através de suas estratégias minunciosas, acompanhadas de elementos do ocultismo, Nostradammus ajudou a criá-los, mesmo que de maneira involuntária; Nostradammus mostrou que tinha bons conhecimentos de ciências humanas.

Com o conhecimento que tinha sobre a natureza humana, combinado com suas técnicas de astrologias, Nostradammus criou textos precisos sobre o que o homem poderia fazer no futuro, acontecimentos que inevitavelmente viriam a se concretizar e evoluções militares, acompanhadas de guerras mundiais.

enquanto que sua descrição é discreta, moderada, evitando especificar os fatos, Nostradamus deixa bem claro o que o homem faria nos séculos seguintes. PODERIAMOS DIZER QUE NOSTRADAMUS TINHA UMA BOA VISÃO DE FUTURO.

Além das guerras mundiais, morte de John Kennedy e vários outros acontecimentos, como a ascensão de Hitler, a escrita de Nostradammus se encaixa perfeitamente aos acontecimentos, mostrando que o homem não evolui, como nos parece, pelo contrário, nosso futuro está muito distante, em algum lugar do passado.

Ao contrário dos astrólogos, que não gostam de prever seu próprio futuro, ele foi mais além, previu o que aconteceria além de sua morte, quando diz que quem bebesse de dentro da ossada de seu crânio teria o dom do conhecimento, mas morreria em seguida. Reza a lenda que foi o que aconteceu: Durante a guerra, algum curioso resolveu testar a lenda, teria entrado na igreja onde o corpo estava enterrado, bebido de dentro de seu crânio e morrido acidentalmente por uma bala perdida, na data exata em que Nostradamus previu. Serà?

Outro acontecimento ligado a lenda de Nostradamus, foi o fato dele prever quem seria o Papa, quando esse ainda não era sequer cogitado. Ele o chamou de santidade, mas se não era cogitado, essa já é uma outra história que faz parte da lenda, afinal, sua proximidade com reis e rainhas poderia trazer-lhe informações que nem nos dias de hoje, na era da internet, nós não temos.

Na virada do milênio, o nome de Nostradamus nunca fora tão falado, mas pelo menos dessa vez, se equivocou, seus estudiosos afirmam que ele não errou, o problema estaria no calendário diferente do atual.

Informações dos sites Sobrenatural e wikipedia:

www.sobrenatural.org

http://pt.wikipedia.org/wiki/Nostradamus

“Conselheiro de três reis da França – Henrique II, Francisco II e Carlos IX – e homem de confiança da Rainha Catarina de Médicis, Michel de Nostredame, mais conhecido como Nostradamus, foi certamente uma figura excepcional. estudou Medicina, mas dedicou muito de seu tempo à astrologia, à alquimia, à teologia e à literatura.

Teve contatos com três reis de França (Henrique II, Francisco II e Carlos IX), graças à rainha Catarina de Médicis, esposa do primeiro e mãe dos seguintes.

Nasceu na cidade de Saint-Rémy, na França em 14/12/1503″

By Jânio

junho 15, 2010 Posted by | Arquivo X | , , , , , , , , , , , | 23 Comentários

As influências e tradições egípcias

historia do egito

Civilização egipcia

Segundo a história conhecida dos egípcios, os faraós, vistos como semi-deuses, eram considerados descendentes de divindades.

As divindades teriam sido os primeiros a reinar sobre as terras do Egito. Assim o deus Rê foi o deus dos deuses, quando esse se retirou, em seu lugar assumiu Shu que mais tarde deixaria o trono para seu filho Geb.

Geb era o pai de Osiris que assumiu seu lugar, quando esse foi para o céu.

Quase toda a cultura do antigo Egito tem como base o reinado de Osiris, foi Osiris quem implantou a cultura egipcia, uma das mais conhecidas do mundo antigo.

Osiris aboliu a antropofagia e deu início a produção de pães, cerveja e vinho, além de fundar vários templos e culto aos deuses.

O povo egípcio, apesar de ser um povo extremamente fechado, quando o assunto são as classes sociais, proporcionou muitos intercâmbios culturais com os maiores nomes e culturas da história das civilizações.

A cultura mais presente no Egito, além da sua própria, era a hebraica, ou judaica, devido ao longo tempo em que conviveram pacificamente juntos. Segundo a Bíblia, só com o nascimento de Moisés, um nobre egípcio que mais tarde descobriria ser descendente dos hebreus, tirando todo o povo judeu do Egito, outrora bem tradado, transformado em um povo escravo.

Na passagem do povo judeu pelo Egito notamos vários fatos misteriosos, entre eles: O povo judeu sempre foi superior aos seus anfitriões, devido a sua estrutura social, comparada a de poucos povos do passado, como a cultura da Babilônia e a cultura grega.

A Grécia, aliás,  foi um povo com muita proximidade com o povo egípcio, devido a suas culturas, ambas consideradas avançadas até os dias de hoje. Esse intercâmbio cultural proporcionou aos dois povos um conhecimento tão vasto que, talvez por questões estratégicas, boa parte dessa tecnologia é desconhecida até hoje. Dos conhecimentos abertos ao público, a maior parte foi destruìda, devido a guerras e destruições da maior biblioteca da antiguidade, onde estavam a maior parte dos escritos gregos, egípcios e hebraicos.

Apesar desse intercâmbio, os dois povos, egípcio e grego, sempre mantiveram a sua independência. Sua harmonia era tanta que até alguns de seus deuses eram identificados em ambas tradições religiosas.

Essa tolerância ao politeísmo, facilitou uma aproximação dos grandes gênios gregos ao Egito, por outro lado, a matemática, geometria e astronomia, pode ter sido um dos motivos de os intelectuais gregos terem tanto interesse na cultura egípcia, os egípcios, é claro, aproveitavam a ciência desses sábios gregos para evoluírem ainda mais. A cultura egípcia só seria interrompida pelas invasões e guerras, para as quais não estavam preparados.

Segundo especialistas, as pirâmides são o simbolo da eternidade, apesar de alguns estudos recentes afirmarem que as pirâmides são anteriores aos faraós, o fato é que as pirâmides estão arraigadas a cultura egípcia e aos faraós.

Segundo esses estudos, a pirâmite representa, não só a hierarquia política e social desse povo, mas também a sua religião, assim a cultura egípcia tinha muito mais em comum com as tradições hebraicas e gregas do que nós poderíamos imaginar.

No topo dessas pirâmides, está o faraó, representando também a Hórus, o primeiro faraó, filho de Osíris a última divindade a reinar sobre a Terra. Assim, quando todo Hórus morria, ascendia para Osiris, o deus, sendo suscedido por seu filho que passaria a ser o novo Hórus.

Segundo sua tradição, o faraó não era quem governava por conquista mas por ascensão

Apesar de o faraó poder ser um mortal, sua coroação era seguida de um ritual misterioso, o qual identificava quem de fato seria o escolhido, aquele que tem a divindade. Essa cerimônia nos faz lembrar das cerimônias que escolhem o Papa.

Segundo a tradição egípcia,  a sucessão dos faraós era hereditária, já que o faraó era considerado um deus. Será que o sangue azul tam alguma coisa a ver com isso? – e ascender para o sol, para o deus Amom Ra, teria a ver com acender o fogo?

Nas pirâmides, o faraó representava o topo, não só o maior poder, mas também aquele que tem ligação direta com o divino, portanto todo egípcio sob o seu poder, estaria também sob o poder do sol, de Amom Rá.

Assim como na Igreja católica, onde os mistérios mais avançados são restritos a poucos sacerdotes, os faraós também eram iniciados nos mistérios de sua religião, além serem assessorados pelos magos.

A passagem em que um mago egípcio se envolve em um embate de magia com Moisés, onde o bastão de Moisés vira uma serpente e devora a serpente em que fora transformado o bastão do mago, tornou-se clássica.

A era dos faraós não foi perfeita, houve muitos fatos pouco explicados, como a morte do jovem Tutankhamon, supostamente assassinado. O fato é que foi uma civilização que durou milhares de anos, teria continuado, se não fossem as guerras.

Ao contrário de outras civilizações, na civilização egípcia não havia conflitos, todo o poder era muito bem definido, a hierarquia era perfeita, mesmo em casos de conspirações.

Algumas sociedades secretas, até hoje, se inspiram em rituais egípcios.

By Jânio

Segundo Heródoto:

“Declara-se, portanto, a verdade, e seja Hércules considerado, como o é, um deus muito antigo, porque se ouvimos os egípcios desde a época em que os oito deuses engendraram aos outros doze, entre os quais contam a Hércules, até o reinado de Amasisi, transcorreram não menos de 7000 anos.

A propósito do referido, diziam-me os egípcios e seus sacerdotes, e o comprovavam com seus monumentos, que, contando desde o primeiro rei até o sacerdote de Vulcano, haviam passado naquele período 341 gerações de homens, em cujo transcurso sucederam-se no Egito outros sumos sacerdotes e igual número de reis. Contando, então, 100 anos por cada três gerações, as 300 referidas dão uma soma de 10.000, e, com as 41 que restam, compõem 11.340 anos. No espaço destes, diziam que não houve nenhum deus na forma humana, acrescentando que nem antes nem depois, no que diz respeito aos reis que existiram no Egito, se viu coisa semelhante.

Verdade é – acrescentam – que antes destes homens, os deuses reinavam no Egito, morando e se conservando entre os mortais, tendo sempre um deles imperado de forma soberana. O último deus que reinou ali foi Hórus, filho de Osíris, chamado pelos gregos de Apolo, o qual terminou seu reino depois de ter acabado com o de Tífon (Seth). Em grego, Osíris é chamado de Dionísio, isto é, o Livre“ .

Escritos de Manethon:

“O primeiro homem-deus dos egípcios é Vulcano (o equivalente grego do egípcio Ptah), que também é famoso entre os egípcios por ter sido o descobridor do fogo. Sucedeu-o o Sol, depois Sosis; depois Saturno; logo Osíris; Tifon, irmão de Osíris; e finalmente Hórus, filho de Isis e Osíris. Estes foram os primeiros que regeram o Egito. Depois a realeza passou de um a outro em uma sucessão ininterrupta até Bidis (Bistes), ao longo de 13.900 anos.

Depois dos deuses, os heróis reinaram 1.255 anos, e logo após teve outra linha de reis que governaram 1.817 anos. Em seguida, vieram 30 reis de Menfis que reinaram 1790 anos, depois reinaram 10 reis de Tis durante 350 anos.

A este reinado, seguiu o dos Manes e dos heróis durante 5.813 anos.

O total chega a 11.000 anos, sendo estes períodos lunares, ou seja, meses, porque certamente o governo completo de que falam os egípcios – o governo dos deuses, reis e Manes – deve ter compreendido no total de 24.900 anos lunares, o que dá 2.206 anos solares”.

fevereiro 16, 2010 Posted by | Arquivo X | , , , , , , , , , | 17 Comentários

O clube de Bilderberg

organização secreta

Teoria da Conspiração

Você já ouviu falar em teoria de conspiração? – certamente que sim.

Apesar de parecer coisa de lunático, não é difícil imaginar que grupos de pessoas mais ricas, a elite da sociedade, esteja constantemente conspirando, procurando maneiras de manipulação de mídias, sistemas políticos e interesses econômicos.

Nós vemos isso o tempo todo, em menor escala: em diretoria de instituições, administração de empresas, gestão pública, etc. De um jeito ou de outro, as lideranças estão sempre em atividade. Até aí tudo bem.

O problema maior surge quando alguns grupos iniciam articulações, reunindo essas lideranças, apresentando a eles suas propostas e motivos pelos quais desejam que algum movimento seja iniciado. Isso pode surgir para o bem ou para o mal, o que há em comum, nesse processo, é o interesse de grupos econômicos. Em alguns casos, até a guerra pode se tornar um bom negócio para essas pessoas.

Suas reuniões são sempre secretas, pelo menos o conteúdo, seus membros não são registrados, os assuntos não são divulgados.

Suas reuniões são sempre motivos de polêmicas, já que a sociedade não tem conhecimento de suas decisões. O que se sabe é que há interesse da própria elite, já que uma conferência, para fins sociais, teria a participação da sociedade e seria pública.

Recentemente, por exemplo, um grupo de empresários ricos criou um Banco em cima de uma plataforma, em pleno mar, fora dos direitos  de costa marítima dos países.

Até hoje não descobri se era sério, ou se era boato, o que eu sei é que essa história começou depois do ataque de 11 de setembro, quando os EUA iniciaram uma devassa nos paraísos fiscais, em busca de fundos suspeitos para terroristas; não é a toa que Bush se tornou o homem mais odiado do mundo, lembram do bloqueio da poupança?

O mundo capitalista é assim, tudo sob o mais rígido controle, exceto se algo ameaça esse equilíbrio, nesse caso esses grupos tem de agir rápido. Há suspeitas. por exemplo, de que o ataque de 11 de setembro tenha sido uma conspiração do serviço secreto, às vésperas de um crash total.

Paulo Maluf, por exemplo, foi uma das maiores vítimas. Ele continua jurando até hoje que o dinheiro não é dele, mas fortunas como essas não surgem do nada, não são tão fáceis de lavar.

Um grupo muito citado, recentemente, em outro artigo, foi o clube de Bilderberg, que recebeu esse nome devido ao hotel onde fizeram a primeira reunião, o Hotel Bilderberg, em 1.954, na Holanda.

Seus encontros são cheios de mistérios e acontecem, normalmente, na Europa. O Clube tem um escritório em Leiden, noa Países Baixos, apesar de não serem oficialmente constituídos.

No início, o pretexto era conter o processo anti-americano que vinha aumentando na Europa Ocidental, depois de criada a rede informal de representantes de todos os países, a conferência foi presidida pelo então Príncipe da Holanda, logo envolvido em escândalos de corrupção. A partir daí, começaram a ser escolhidos os EXs: ex-Presidente da Alemanha, ex-Presidente da OTAN, economistas e Ex presidentes de bancos.

O mais interessante é que as reuniões não são secretas, a lista de participantes, tudo é público, o que é secreto é só o conteúdo da conferência, os temas discutidos na reunião. Nada pode vazar para a imprensa ou para a população em geral, que não faz parte dos indivíduos convidados.

Segundo as más línguas, o fato dessa aproximação secreta e informal entre os EUA e a Europa, tem o objetivo de controlar o mundo, isso também não é nenhuma novidade.

É interessante como os donos das maiores empresas de comunicação do mundo são convidados, ficando seus jornalistas sem as informações. Isso mostra como caminha a humanidade, ou a elite da humanidade.

Será que há motivo para as pessoas ficarem em pânico? – eu nem conhecia esse clube, mas já suspeitava desde o início.

Veja a listinha da Wikipedia e depois me diga se você está preocupado. OBS A Wikipedia está em apuros financeiros e precisando de sua ajuda.

Participantes do Bilderberg incluem membros de bancos centrais, especialistas em defesa, barões da imprensa de massa, ministros de governo, primeiros-ministros, membros de famílias reais, economistas internacionais e líderes políticos da Europa e da América do Norte. Alguns dos líderes financeiros e estrategistas de política externa do Ocidente participam do Bilderberg. Donald Rumsfeld é um Bilderberger activo, assim como Peter Sutherland, da Irlanda, um ex-comissário da União Européia e presidente do Goldman Sachs e British Petroleum. Rumsfeld e Sutherland compareceram em conjunto em 2000 na câmara da companhia de energia suíço-sueca ABB. O político e professor universitário Jorge Braga Macedo e Francisco Pinto Balsemão são dois exemplos portugueses. O ex-secretário de defesa dos Estados Unidos e atual presidente do Banco Mundial Paul Wolfowitz também é um membro, assim como Roger Boothe Jr. O presidente atual do grupo é Etienne Davignon, empresário e político belga.

George Soros; Henry Kissinger; David Rockefeller e família; George Bush e família; Bill Clinton e Hilary Clinton; Thimoty Geithner; Susan Rice; Gen James L. Jones; Thomas Donilon; Paul Volcker; Admiral D C Blair; Robert Gates; James Steinberg; Richard M Haass; Alan Greenspan; Richard C Holbrooke; e muitos outros.

Nessas horas eu fico feliz de não ser tão importante.

By Jânio.

Leia mais:

http://actualidad.rt.com/economia/global/issue_9504.html

janeiro 17, 2010 Posted by | Arquivo X | , , , , , , , , , , , | 25 Comentários

O mistério do Triangulo das Bermudas

misterio do caribe

desaparecimentos inexplicáveis

Iniciamos esse texto sobre um dos temas mais misteriosos da história, um tema que dificilmente será explicado, estabelecendo o limite de conhecimentos do homem.

Com a tecnologia de satélites, aliada a todas as outras parafernálias tecnológicas, temos uma sensação antiga de domínio do mundo. Tudo pode ser controlado, a vida das pessoas vasculhadas, acessos de dados no mundo inteiro pela internet.

Essa segurança termina numa região selvagem do Caribe, entre o sul da Flórida, as Ilhas de Bermudas e Porto Rico. Nessa área, a força da natureza vence a tecnologia, deixando o homem de volta a pré-história, sem nenhum controle de nada.

É surpreendente a quantidade de aviões e navios que desaparecem nessa região, sem deixar pistas.

O que não faltam são explicações, isso temos de monte, algumas explicam o afundamento de navios, outras, a queda de aviões, o que não se explica é como não sobram nenhuma pista, como se tudo desaparecesse no ar.

Um mistério como esse, é uma fonte inesgotável para especulações e história de ficção.

Um jornalista do Associated Press foi o primeiro a registrar uma obra relacionada ao triângulo do diabo, como ele chamou, depois do registro de vários naufrágios, sem pistas, na região. A obra foi documentada em 1950.

Em 1.964, foi a vez do sensacionalismo entrar em cena, com Vincent Gaddis. Foi ele, com O livro “Horizontes invisíveis” que deu o nome de Triângulo das Bermudas, termo usado até hoje.

A partir daí, o mito foi crescendo e se unindo a várias outras lendas, nem a lendária Atlantida escapou.

Curiosamente, o Triângulo do Diabo, ou Triângulo das Bermudas, coincide com uma outra região no Japão, o Mar do Diabo, na mesma latitude de 35 graus, onde desaparecem mais navios do que no Triângulo das Bermudas, surgindo daí uma teoria curiosa, o buraco da minhoca, o que estaria engolindo aviões e navios.

Naturalmente os japoneses não consideram a região japonesa tão misteriosa assim, decretaram a região perigosa para navegação.

Há relatos de aeronaves que voaram por regiões turbulentas, na região, constatando alterações de tempo no diário de bordo, em relação ao tempo real.

Não se sabe o que acontece, o que podemos especular é que uma força muito grande tem provocado o sumiço desses aviões e navios, desafiando a ciência e a tecnologia, mantendo a última fronteira do desconhecido longe do alcance do conhecimento humano.

Veja a lista de ocorrências na área do Triângulo das Bermudas.

1840 – Rosalie – embarcação francesa encontrada meses após o seu desaparecimento, na área do Triângulo das Bermudas, navegando com as velas recolhidas, a carga intacta, porém sem vestígios de sua tripulação.

1872 – Mary Celeste – Apesar do navio ter sido abandonado na costa de Portugal, ele teria antes supostamente batido em um recife perto da costa de Bermuda.

1880 – Atlanta – Fragata britânica, desapareceu em Janeiro, com 290 pessoas a bordo.

1902 – Freya – embarcação alemã, ficou um dia desaparecida. Saiu de Manzanillo, em Cuba no dia 3 de outubro. Foi encontrada no dia seguinte, no mesmo local de onde havia saído, porém sem nenhuma pessoa a bordo: todos os tripulantes desapareceram.

1909 – The Spray – pequeno iate do aventureiro canadense Joshua Slocum, que desapareceu nesta área.

1917 – SS Timandra – embarcação que iria para Buenos Aires que tinha partido de Norfolk (Virgínia) com uma carga de carvão, e uma tripulação de 21 passageiros. Não emitiu nenhum sinal de rádio.

1918 – Cyclops – embarcação carregada com 19.000 toneladas de aprovisionamentos para a Marinha Norte-americana, com 309 pessoas a bordo. Desapareceu a 4 de março em mar calmo, sem emitir aviso, mesmo dispondo de rádio.

1921 – Carroll. A. Deering – cargueiro que afundou no cabo Hatteras, cerca de 1000 km a oeste das ilhas Bermudas.

1925 – Raifuku Maru – embarcação que afundou em uma tempestade a cerca de 1000 km ao norte das ilhas Bermudas.

1925 – Cotopaxi – embarcação desaparecida próximo a Cuba.

1926 – SS Suduffco – embarcação que afundou em um furacão no triângulo.

1931 – Stavenger – cargueiro desaparecido com 43 homens a bordo.

1932 – John and Mary – embarcação desaparecida em Abril. Foi encontrada posteriormente à deriva, a cerca de 80 quilômetros das ilhas Bermudas.

1938 – Anglo-Australian – embarcação desaparecida em Março, com uma tripulação de 39 homens. Pediu socorro quando estava próxima ao Arquipélago dos Açores.

1940 – Gloria Colite – embarcação desaparecida em Fevereiro. Foi encontrada com tudo intacto, mas sem a tripulação.

1942 – Surcouf – submarino francês que foi atacado pelo cargueiro norte-americano Thompson Lykes perto do Canal do Panamá, cerca de 1800 km do triângulo

1944 – Rubicon – cargueiro cubano desaparecido em 22 de outubro. Foi encontrado mais tarde pela Guarda Costeira Norte-americana próximo à costa da Flórida.

1945 – Super Constellation – aeronave da Marinha Norte-americana desaparecida em 30 de Outubro, com 42 pessoas a bordo.

1945 – Voo 19 ou Missão 19 (“Flight 19”) – esquadrilha de cinco aviões TBF Avenger, desaparecida em 5 de Dezembro.

1945 – Martin Mariner – hidroavião enviado na busca do Vôo 19, também desapareceu em 5 de dezembro, após 20 minutos de vôo, com 13 tripulantes a bordo.

1947 – C-54 – aeronave do Exército dos Estados Unidos, jamais foi encontrado.

1948 – DC-3 – aeronave comercial, desaparecida em 28 de dezembro, com 32 passageiros.

1948 – Tudor IV Star Tiger – aeronave que desapareceu com 31 passageiros.

1948 – SS Samkey – embarcação que afundou a 4200 km a nordeste do triângulo e a 200 km a nordeste dos Açores.

1949 – Tudor IV Star Ariel – aeronave que desapareceu no triângulo.

1950 – Sandra – cargueiro transportando inseticida, desapareceu em Junho e jamais foi encontrado.

1950 – GLOBEMASTER – Avião desaparecido em março. Era um avião comercial dos Estados Unidos.

1952 – YORK – Avião de transporte britânico. Desaparecido em 2 de fevereiro. Tinha 33 passageiros a bordo fora a tripulação. Sumiu ao norte do Triângulo das Bermudas.

1954 – Lockheed Constelation – aeronave militar com 42 passageiros a bordo que desapareceu no triângulo.

1955 – CONNEMARA IV – Desapareceu em setembro e apareceu 640km distante das bermudas, também sem tripulação.

1956 – MARTIN P-5M – Hidroavião desaparecido em 9 de novembro. Fazia a patrulha da costa dos Estados Unidos. Sumiu com 10 tripulantes a bordo nas proximidades do Triângulo das Bermudas.

1957 – CHASE YC-122 – Desaparecido em 11 de janeiro. Era um avião cargueiro com 4 passageiros a bordo.

1962 – Um avião KB-50 desapareceu em 8 de janeiro. Tratava-se de um avião tanque das Forças Aéreas dos Estados Unidos. Desapareceu quando cruzava o Triângulo.

1963 – MARINE SULPHUR QUEEN – Cargueiro que desapareceu em fevereiro sem emitir nenhum pedido de socorro.

1963 – SNO’BOY – Desaparecido em 1º de Julho. Era um pesqueiro com 20 homens a bordo. Nunca foi encontrado.

1963 – 2 STRATOTANKERS KC-135 desapareceram em 28 de agosto. Eram 2 aviões de quatro motores cada, novos, a serviço das forças aéreas americanas. Iam em missão secreta para uma base no Atlântico, mas nunca chegaram no local.

1963 – CARGOMASTER C-132 – Desaparecido em 22 de setembro perto das ilhas Açores.

1965 – FLYNG BOXCAR C-119 – Desaparecido em 5 de junho. Era um avião comercial com 10 passageiros a bordo.

1967 – WITCHCRAFT – Desaparecido em 24 de dezembro. Considerado um dos casos mais extraordinários do Triângulo. Tratava-se de uma embarcação que realizava cruzeiros marítimos. Estava amarrado a uma bóia em frente ao porto de Miami, Flórida, a cerca de 1600 metros do solo. Simplesmente desapareceu com sua equipe e um passageiro a bordo.

1970 – Milton Latrides – cargueiro francês que partiu de Nova Orleans em direção à Cidade do Cabo. Levava uma carga de azeite vegetal e refrigerante. Afundou no triângulo em Abril.

1973 – ANITA – Desaparecido em março. Era um cargueiro de 20.000 toneladas que estava circulando próximo ao Triângulo com 32 tripulantes a bordo.

1976 – Grand Zenith – petroleiro, afundou com pessoas e bens a bordo. Deixou uma grande mancha de petróleo que, pouco depois, também desapareceu.

1976 – SS Sylvia L. Ossa – embarcação que afundou em um furacão a oeste das ilhas Bermudas.

1978 – SS Hawarden Bridge – embarcação que foi encontrada abandonada no triângulo.

1980 – SS Poet – embarcação que afundou em um furacão no triângulo. Transportava grãos para o Egito.

1995 – Jamanic K – cargueiro que afundou no triângulo, depois de sair de Cap-Haïtien.

1997 – Iate – É encontrado um iate alemão.

1999 – Genesis – cargueiro que afundou depois de sair do porto de São Vicente; sua carga incluía 465 toneladas de tanques de água, tábuas, concreto e tijolos; informou de problemas com uma bomba um pouco antes de perder o contato. Foi realizada uma busca sem sucesso em uma área de 85.000 km² (33.000 milhas quadradas).

Outros eventos:

Um Cessna 172 é “caçado” por uma nuvem, o que resulta em funcionamento defeituoso de seus instrumentos, com conseqüente perda de posição e morte do piloto, como informaram os passageiros sobreviventes.

Um Beechcraft Bonanza voa para dentro de uma monstruosa nuvem cúmulo ao largo de Andros, perde o contato pelo rádio e logo recupera-o, quatro minutos depois, mas descobre que agora está sobre Miami, com mais vinte e cinco galões de gasolina do que deveria ter-quase exatamente a quantidade de gasolina que seria gasta pelo aparelho numa viagem Andros-Miami.

Um 727 da National Airlines fica sem radar durante dez minutos, tempo em que o piloto informa estar voando através de um leve nevoeiro. Na hora de aterrissar, descobre-se que todos os relógios a bordo e o cronômetro do avião perderam exatamente dez minutos, apesar de uma verificação da hora cerca de trinta minutos antes da aterrissagem.

Possíveis explicações para os desaparecimentos:

Explicações Cientificas e de ficção

Anomalias no campo eletromagnético do planeta Terra.

Restos de cristais da Atlântida, a cidade perdida.

Teoria conspiratória forjada para desenvolver reações no mundo da Guerra Fria

Alienígenas

Monstros marinhos

Roda-moinhos gigantes

Explicações Naturais

Variações nas Bússolas, provocadas por anomalias no campo eletromagnético da Terra.

Atos deliberados de destruição – causados por atos de guerra, pirataria ou traficantes.

Erros Humanos, furacões, ondas gigantes.

Hidrato de gás de metano – A comprovação desse gás na área mostra que ele poderia ser um dos causadores, já que esse gás diminui a densidade da água, fazendo o navio afundar.

No caso dos aviões, o gás metano poderia: Mudar a densidade do ar, descontrolar o altímero dando a sensação de estar subindo, alterar a taxa de oxigênio da gasolina.

Informações: Wikipedia

By Jânio

janeiro 14, 2010 Posted by | Arquivo X | , , , , , , | 26 Comentários

O fenômeno das nuvens bizarras.

nuvens

nuvens imaginárias

As nuvens sempre foram motivo de muita imaginação e inspiração, povos antigos acreditavam que os deuses habitavam sobre as nuvens.

Dependendo de suas formas e da imaginação das pessoas, as nuvens podem assumir as mais variadas formas. Um viral que anda se espalhando pela internet, mostra nuvens bizarras em imagens que chegam a assustar.

As montagens que se pode montar com a ajuda da computação gráfica, aliada a criatividade, deixam em dúvida qualquer montagem e a realidade, o que nunca se duvida é a qualidade das imagens.

By jânio.

novembro 1, 2009 Posted by | Arquivo X | , , , , , | 5 Comentários

A tragédia de Pompéia

pompéia_1

pompeia_2

A  cidade de Pompéia, situada ao sul da Itália, à vinte e dois quilômetros de Nápoles, foi, no passado, uma das maiores cidades romanas, em beleza e riqueza.

Foi fundada setecentos anos antes de cristo, sua cultura era muito influenciada pelos etruscos e  os gregos, mas foi no apogeu do império romano que Pompéia viveu seus dias de glória, fatos que antecederam sua tragédia.

Foi a partir dos vinte anos depois de cristo que a cidade começou a expandir sua beleza, prestígio e riqueza, interrompendo, pela primeira vez durante um terremoto  em 62 d,c., destruindo uma parte da cidade. Talvez esse fato tenha influenciado na decisão de pessoas que poderiam ter fugido a tempo do que estava para acontecer, uma das maiores tragédias que o mundo antigo conheceu.

Em 24 de agosto do ano 79 d.c., a cidade foi destruída pelo vulcão Vesúvio que entrou em erupção e lançou suas lavas em direção a cidade, além das lavas, o vulcão também foi responsável por uma chuva de cinzas e pedras que destruíram todos os telhados das casas, obstruindo as portas de algumas pessoas que acabaram ficando presas dentro de suas casas enquanto as lavas encobriam toda a cidade.

Muitos séculos depois, um homem descobriu um dos muros da cidade e, durante os anos seguintes, os arqueólogos se encarregaram de fazer escavações e  pesquisas, revelando os costumes e toda a vida da época, isso porque as lavas que cobriram os objetos, conservaram-se durante todos esses séculos.

No caso dos corpos, o fenômeno foi mais assustador, depois de cobrir os corpos, o calor da lava destruiu todos os ossos, derretendo a carne, solidificando rapidamente em seguida, deixando a forma de seus corpos na maneira exata como estavam, no momento da tragédia.

Para os estudiosos e a todas as pessoas que conhecem as ruínas e vêem os corpos, esse é o registro mais assustador da história que se teve conhecimento até hoje. È difícil para uma pessoa, não se emocionar com os corpos petrificados.

A chuva de pedras incandescentes, cinzas, lava e poeira destruíram toda a cidade matando cerca de 30 mil pessoas, constituindo-se na maior tragédia natural registrada no mundo antigo. As cidades de Herculano e Stábia não tiveram melhor sorte.

Após a tragédia, ainda houve, por parte do governo romano, esforços no sentido de realizar escavações, mas com a tecnologia da época, acabaram desistindo, assim, a cidade acabou ficando esquecida durante séculos, sendo conhecida apenas por registros escritos.

Quis o destino que séculos depois, no século dezoito,  acidentalmente, toda a história fosse descoberta e contada para as gerações posteriores.

pompéia_3

pompeia_4pompeia_5

outubro 9, 2009 Posted by | Arquivo X | , , , , , | 42 Comentários

Mortes misteriosas de Celebridades.

Desventuras em série.

Desventuras em série.

Casos de mortes de celebridades, são sempre misteriosos. No Brasil, já é coisa antiga, mas acontece geralmente com políticos: Getúlio Vargas, Ulisses Guimarães, P. C. Farias, e, mais recentemente, uma onda de assassinatos de Prefeitos.

Nos EUA, a morte de uma celebridade é sempre cercada de mistérios, a não ser que hajam, pelo menos, quatro câmaras filmando o momento da morte.

Não são raros os casos, de mortes de celebridades, que acabam em tragédia coletiva.

A mais misteriosa morte de celebridade, desencadeando uma tragédia, foi a morte de JFK.

A tragédia da família Kennedy, não só não foi solucionada, como se repetiu, aumentando uma suspeita que já era muito grande. Até hoje, qualquer morte na família, é relacionada a tragédia de John F. Kennedy, mostrando uma ferida difícil de cicatrizar, vista pelo lado da família; um trauma que transformou Kennedy em sinônimo de política nos Estados Unidos, de tragédia também.

Não é para menos, primeiro foi John, o maior democrata da história da política mundial, em seguida, antes de solucionado seu assassinato, seu irmão e braço direito Robert (Bob) Kennedy. Até a famosa Atriz Marilyn Monroe, suposta amante de John, virou mistério, depois de seu suposto suicídio.

Uma das filhas dos Kennedy, para se prevenir, se casou com Arnold Schwarzenegger, assim vão pensar duas vezes antes de se meter com ela. Schwarzenegger estudou etiqueta, em pouco tempo se tornou Governador de um dos principais Estados dos EUA, a Califórnia.

Assim como Schwarzenegger, outro ator famoso foi protagonista de um drama em cadeia fora das telas, trata se do homem que popularizou a arte marcial na America, Bruce Lee.

Bruce Lee, o mágico das artes marciais, morreu de uma forma banal e inacreditável, depois de tomar remédio. Devido ao preconceito na America e ao sucesso que o astro, e mestre do Kung Fu, fazia nos EUA, a suspeita de assassinato nunca foi descartada.

Bruce Lee era um malabarista, seria capaz até de  andar de moto até de ponta cabeça, por isso, aceitar sua morte, por um  estúpido comprimido, foi demais para seus fãs.

Assim como o caso de Kennedy, a tragédia se repetiu, seu filho, que começava a brilhar em superproduções de Hollywood, Brandon Lee, foi morto de maneira mais estúpida ainda, num acidente, com arma cenográfica e bala de festim.

Como se não bastasse tudo isso, e como diz o velho ditado, “tudo que está ruim, pode ficar pior”, o astro do maior sucesso de Bruce Lee, o seriado kung fu, David Carradine foi encontrado enforcado de maneira misteriosa.

Todos os casos de mortes misteriosas, são atribuído a máfia, algumas suspeitas podem ser infundadas, mas numa coisa todos concordam, a maioria foi caso da máfia. Ao contrário de nós, os americanos tem um estômago extremamente sensível, quando se tratam de mortes misteriosas.

By Jânio.

Textos relacionados:
A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

Trinta anos de escândalos no Brasil

junho 27, 2009 Posted by | Arquivo X | , , , , , , | 29 Comentários

Convivendo com o inimigo.

meu ex amigo.

meu ex amigo.

Há dois meses tive alguns problemas com meu computador e também meu site. O mais interessante é que eu recebi um aviso do cracker que estava aplicando o golpe, um idiota de nick “Darknight”.

O susto foi grande, além de ser meu leitor há muito tempo, ele também era usuário de redes que eu frequento, como o Dihitt por exemplo, foi uma tremenda decepção saber que um idiota como esse faz tanta sujeira, em troca de nada, não uso internet banking, não uso muitos dados pessoais na internet, raramente abro e-mails.

Muita gente ainda acha engraçado invasões, como a do Google, Add me, O Fuxico, todas no mês de junho. Esses pilantras, como o Darknight, ficam testando scripts de Crackers profissionais, quando acordam estão na cadeia.

O tráfico de conhecimentos de internet está cada dia mais comum no Brasil, que já é apontado como o quinto ou quarto, com maior número de criminosos virtuais do mundo, só na América Latina o Brasil responde por cerca de 30 % dos crimes.

Esses criminoso virtuais vivem quase como terroristas, recebem as instruções, até onde lhe são permitidas, recebem os script e fazem o serviço sujo. O dinheiro, é claro, eles não vêem nem a cor, assim como não tem controle do próprio script que estão usando, acabam sempre na cadeia.

Não ficarei surpreso se, um dia desses, ficar sabendo que um cracker, ou sujeitinho metido a cracker, for preso no Brasil com pseudônimo de Darknight. Aliás, eu não entendo porque nunca são revelados os nomes dos crackers brasileiros, a polícia chega a prender dúzia deles, mas seus apelidos não são conhecidos.

Depois dos transtornos sofridos pelo “Darknight”, fiz uma pesquisa, pilantras como este costumam ter mais de um apelido numa mesma rede, para tentar vários ataques diferentes, talvez naquele tempo em que o Dihitt tinha tantos problemas, não fosse ele o causador de tantos transtornos.

Procurando por pilantras, em minha pesquisa, recebi outro choque, outro “ex-amigo” meu, aqui no Dihitt, identificado pelo site “Mais-tráfego”, que fez uma devassa e rastreou toda a patifaria do usuário.

Vejam o resultado da investigação do Mais-Tráfego, se não conhece o nosso ex amigo, eu já vi esse nome.

_________________________________________________
“Bem engraçadinho esse cara.

Já faz algum tempo que ele vem tentando fazer isso, o infeliz!

Mas não há o que se preocupar, descobri e consertei o bug assim que fiquei sabendo.

Dados do desocupado:

Suposto Nome: Joilson Sampaio Júnior

Emails usados:
-webmaster@brasiljogos.net
-joilson_sampaio@hotmail.com
-joilson_sampaio@yahoo.com.br
-webmaster@brasilscript.com.br
-webmaster@dna2008.org
– suporte@viabanners.com

Ips usados:
-200.241.47.153
-200.252.196.112
-200.241.47.135
-200.241.47.8
-200.241.47.10
-200.241.47.39
-200.241.47.21
-200.241.47.11
-200.241.47.38
-200.241.47.84
-200.241.47.47

Membros que usam ou usaram estes IPs:

– yahoo
– dna2008
– brasilsc

Sites que ele já divulgou na ferramenta de anúncios grátis:

– h t t p : / / b i g c a r d . m a a . v i l a . b o l . c o m . b r
– h t t p : / / w w w . v i a b a n n e r s . c o m
– h t t p : / / w w w . v i d e o s i n c r i v e i s . x p g . c o m . b r
– h t t p : / / w w w . t r o c a d e l i n k g r a t i s . c o m
– h t t p : / / h a c k e r s n a w e b . c o m

O cara agora tá me mandando emails querendo fazer ‘parceria’, vê se pode!”

——————–

junho 7, 2009 Posted by | Arquivo X | , , , , , , | 16 Comentários

Pregando peças no cérebro.

mistérios do cérebro

mistérios do cérebro

Durante os tempos de escola, nos bons momentos na Biblioteca, algumas descobertas interessantes nos maravilharam e deixaram boas recordações em nossas memórias. Lembrando agora, fica claro a difença entre homens e mulheres.

Durante uma de minhas visitas a Biblioteca, eu tive a felicidade de encontrar uma antiga colega de escola, da época de infância, eu com minhas dúvidas se realmente era ela, ela com a certeza.

Ela fez um charme, durante o momento em que eu procurava uma aproximação. Depois de algum tempo, voltei a me concentrar naquilo que viera procurar ali, conhecimento, nessas horas me esqueço de tudo.

Enquanto eu estava concentrado nos livros, ela se aproximou e disse: “Acabei de ler Capitães de areia de Jorge amado, eu recomendo, é muito bom”.

Quando estou concentrado, não gosto de ser interrompido, “Não leio romances, obrigado!” – respondi.

“O que você gosta de ler?” – perguntou.

“Ciências, biologia, história, qualquer coisa, menos romance, minha vida já é uma novela, não preciso de mais drama, e depois, já assisti a maioria das obras de Jorge Amado”.

Ela insistiu: “Não há nenhuma semelhança entre os livros e os filmes e novelas”.

Naquele momento olhei para ela, só para descobrir, o que ela queria não era discutir, só queria chamar a atenção. Foi uma pena, porque naquele momento eu notava a diferença entre um homem e uma mulher, o homem sempre deixando acontecer e a mulher sempre fazendo acontecer.

Minhas leituras eram voltadas a fenômenos cientificos e históricos, apesar de eu ter lido toda a coleção Júlio Verne, Miguel de Cervantes, Agata Chistie e todos os livros juvenis da editora àtica, em minha infância.

Livros de astronomia, pré-história, biologia, às vezes me vem a mente, uma curiosidade que eu me lembro deste tempo foi sobre ilusão ótica, me lembrei da oportunista tese de Isaac Newton e a ilusão das cores.

Agora, já na internet, algum tempo atrás vi alguns textos mostrando como funciona o cérebro, e algumas curiosidades. Eu não quis copiar, por achar que havia direitos autorais envolvidos.

Ontem fiz uma busca na internet e descobri que há muitos blogs mostrando o texto, ou seja, já caiu em domínio público, por isso vou postar o testo abaixo.
O primeiro caso é simples, mas não deixa de ser curioso, onde as letras são substituidas por números bastante parecidos com as letras, o cérebro capta as palavras como se fossem escritas normalmente.
35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!
O segundo caso é um pouco mais interessante, as palavras são escritas com as letras fora de ordem, apenas a primeira e a última são mantidas. O cérebro lê todas as letras de uma vez, em seguida processa no seu entendimento, resultando de uma palavra normal, sem nenhum problema, lembra aqueles casos de pessoas que lêem de trás para frente, ou descobrem alguma fórmula mágica nos livros antigos de matemática, e procuram alguma emissora de tv para mostrar, como se matemática fosse uma mágica e não uma ciência.
“De aorcdo com uma psqieusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as lrteas de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia lrteas etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma tatol bguçana que vcoê pdoe”* ainda ler sem problema.

Para quem ainda não tinha visto, boa leitura. Pelo fato de haver muitos sites com estes textos, fiquem a vontade, quem quiser copiá-los.

Abçs.

maio 27, 2009 Posted by | Arquivo X | , , , , , | 7 Comentários

O inimigo número um de Bill Gates.

crackers2

Se você pensou em Steve Jobs, se enganou, os maiores inimigos de Gates eram hackers, um em especial me chamou a atenção, depois de espalhar um artigo apocalíptico pela internet. O artigo poderá ser conferido no final deste artigo.

Muita gente admirava todas as estratégias de Gates, graças a ele e ao seu sistema operacional MS-dos, o micro havia se tornado popular no mundo todo.

Os yupies, ascendentes dos nerds,consideravam o poder um jogo onde só os fortes vencem, Bill Gates personalizava essa imagem na década de oitenta.

As coisas não eram bem assim, vários filmes, muito bons por sinal, mostram uma visão nada glamourosa do criador do Windows. Os filmes não falam o nome de Gates mas não é preciso ser nenhum gênio para se saber onde os personagens foram inspirados.

A Microsoft tem suas qualidades, o sistema de busca MSN é razoável, o sistema XP é muito bom, o MSN messenger era de longe o mais usado, até bem pouco tempo atrás. Até o Hotmail tem melhorado bastante.

Por outro lado a ideologia do freeware, que já vinha ganhando espaço, há muito tempo, elegeu a Google, e coube a Mister Gates o papel de judas, levando o “mestre em estratégias” a se aposentar mais cedo.

A aposentadoria pode vir a ser o último ato, na carreira, daquele que foi o homem mais rico e mais odiado do mundo.

Numa discussão famosa da internet, nos dias de glória da Microsoft, um fã incondicional de Bill Gates disse: “Bill Gates é Deus”, em resposta, o interlocutor respondeu: “Se Bill Gates é Deus, eu quero ir para o inferno.”

A seguir, o artigo completo do maior inimigo de Bill Gates, como não poderia deixar de ser, anônimo.

“A verdade de Bill Gates

Eu estava navegando na Net quando encontrei esse texto numa HP.

Eu acredito em tudo do que está escrito, tem pessoas q naum acreditam, mas sei também que tem gente que vai ficar apavorada! Portanto…

“NOTICIAS ATERRORIZANTES SOBRE BILL GATES & MICROSOFT

[Leia isto e comprove-o, para ver o que você pensa depois]

Se você utiliza produtos MICROSOFT, deve conhecer estes fatos…
Você sabe que o VERDADEIRO nome de Bill Gates é William Henry Gates III? Hoje em dia o conhecemos como Bill Gates (III) onde “III” significa “terceiro”.

Então, o que há de aterrorizante neste nome?

Se você pega todas as letras do nome Bill Gates III, e considera o código equivalente em ASCII (American standard code for information interchange) para cada uma, e soma todos … obtém o número 666, que é o número da BESTA !!!

B = 66
I = 73
L = 76
L = 76

G = 71
A = 65
T = 84
E = 69
S = 83

I = 1
I = 1
I = 1

= 666 O NÚMERO DO DEMÔNIO ……..

Coincidência? Talvez, porém pega WINDOWS 95 e faz o mesmo, você obterá 666 também !!!
E o mesmo vale para MS-DOS 6.31. Voce esté seguro de que isto é uma coincidência? Você decide …

MS-DOS 6.21 ** 77+83+45+68+79+83+32+54+46+50+49 = 666
WINDOWS 95 ** 87+73+78+68+79+87+83+57+53+1= 666
——————————————————————
Prepare-se porque agora vem o melhor !!!!!
——————————————————————

Para aqueles que tenham “Excel 95” (não é o Excel do Office 97), façam esta prova:
1. Abra um arquivo novo.
2. Posicione-se na linha 95.
3. Click o botão de número 95, assim a linha inteira ficará selecionada.
4. Pressione TAB, para ir para a segunda coluna.
5. Agora, com o mouse, selecione o menu Ajuda (?) e entre em “Sobre Microsoft Excel …”
6. Pressione as teclas ctrl-alt-shift e (mantendo-as pressionadas), com o mouse, selecione a opção “Suporte ao produto” na janela de ajuda.
7. APARECERÁ UMA JANELA COM O TÍTULO: THE HALL OF TORTURED SOULS. “O CORREDOR DE ALMAS TORTURADAS”.

Isto é realmente aterrorizante, de acordo. É um programa similar ao jogo Doom, e você pode percorrê-lo com os botões de direção (setas). Nas paredes aparecem os nomes, em movimento, das almas torturadas …
8. Agora vá até as escadas e volte em direção à parede que estaria às suas costas ao começar o jogo. A branca e quadriculada.
9. Tecle EXCELKFA.
Isto abre a parede e revela outra passagem secreta. Entre nela e tente não cair do caminho elevado (isto é MUITO difícil!!), quando você chegar ao final, verá algo realmente aterrorizante …
Até este ponto, inúmeras testemunhas de todo o mundo verificaram que isto é uma verdadeira revelação que te abre os olhos. Poderia ser uma brincadeira dos programadores de Microsoft, ou não?
Não seria surpreendente que Bill Gates fosse “O Anticristo”, além disso, já disse a Bíblia que alguém poderoso virá , e guiará o mundo a destruição.
E Bill Gates sem dúvida tem esse tipo de poder nas suas mãos. Mais de 80% dos computadores do mundo tem Windows e DOS (inclusive os do Pentágono). Se todos esses produtos tiverem algum tipo de pequeno programa camuflado (como este do “Hall of Tortured Souls”) isto pode dar-lhe o controle de configurar os arsenais nucleares, fazendo estragos nos sistemas de segurança, e nos sistemas financeiros do mundo, etc…
Tudo isso pode ser feito a partir da sua sede e não está longe da realidade!
Somente usando o Internet Explorer eles podem espiar o que temos no computador bit a bit cada vez que nos conectamos.
Talvez o fim do mundo esteja próximo e isto seja somente a ponta do iceberg!?

Citação da Bíblia:

“E ele obrigou a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, a receber uma marca em sua mão direita ou em seu rosto, de tal forma que ninguém poderia comprar ou vender coisa alguma se não estiver marcado com o nome da fera ou com o número do seu nome.
“Aqui é preciso ter sabedoria! Quem tem inteligência, calcule o número da fera, pois é um número de homem: seu número é 666.”

Apocalipse 13:16-18.

Isto é algo em que se deve pensar … Porque se a Bíblia, no livro do Apocalipse diz que sem o sinal da besta ninguém poderia ser capaz de comprar, vender, fazer transações comerciais, etc …
Então …
Minha pergunta é:
A Internet é hoje em dia uma necessidade para fazer negócios?
Note que a Internet tambem é conhecida como a World Wide Web ou WWW … Outra forma em que podemos escrever W eh V/ (VI) assim:
W W W = VI VI VI 6 6 6
Isto me dá o que pensar … Não vai tudo se encaminhando para a Internet? (por exemplo, comprar/vender bens, transações comerciais) E não está a Microsoft tentando sempre ter o monopólio da tecnologia de software, e agora de Internet?
O Apocalipse também diz que a marca da Besta estará na mão e no rosto de cada um … Se a Internet fosse em realidade o sinal da Besta, não estamos começando a levá-lo nas nossas mãos (usando o mouse) e em nossos rostos (monitor)? Finalmente, tudo encaixa ou nós estamos deixando levar pela imaginação?

Lembre-se, o Demônio vem para enganar, roubar e destruir … assim fique ATENTO com respeito a Bill Gates e Microsoft.
“Estar ou não estar de acordo com a WWW ou a Besta”, essa não é a questão. E se WWW é o 666? Ou Bill Gates é a Besta? Que vamos fazer? Cancelar nossa conexão à Internet? Não utilizar os produtos da Microsoft? Organizar uma campanha contra Bill Gates na Internet? Desconectar todos os Windows 95 para sempre? Isto não te faria nenhum bem … pense nisto e reze, reze com devoção…

Nunca Deixes de Crer … The truth is out there …””A verdade está lá”

Por janio

 

 

março 12, 2009 Posted by | Arquivo X | , , | Deixe um comentário

O artigo que eu gostaria de ter escrito

Eu estava com um artigo praticamente pronto sobre o tema “hackers”. O artigo fala sobre as peripécias hackers, tipos de pragas, vírus, worms, bootnet e outras incontáveis pragas que existem por aí. Conhecia muitos hackers famosos, como dizia o ditado: “hacker famoso é hacker preso”, foi aí que vi esse artigo, de um amigo do dihitt.
O artigo me chamou a tenção por vários motivos, um deles é o fato de, ao contrário dos outros, ter uma relação de crimes hackers não solucionados. Crimes que já vimos, nem percebemos, por isso não ficaram famosos, apesar do estrago que fizeram.
Veja o artigo e diga o que achou.

http://pcmag.uol.com.br/conteudo.php?id=226

outubro 6, 2008 Posted by | Arquivo X | , , | Deixe um comentário

O homem mais rico do mundo e mais odiado também.

homem mais rico

Como Bill Gates chegou a ser “o homem mais rico do mundo” e mais odiado também.

Quem não conhece a história do homem mais polêmico, e mais famoso, do mundo da informática, nem imagina o que acontece nos bastidores dessa tecnologia.

Bill Gates sempre foi esperto e ambicioso, mas há muitos como ele pelo mundo afora, a diferença é que, no caso de Bill Gates, ele também tinha muita visão. Ele foi considerado um bruxo, quando previu que o computador seria um equipamento doméstico, usado por toda população.

Usando um sistema operacional, comprado a preço de banana de uma pequena empresa, quase de graça, criou o sistema MSDOS, primeiro sistema operacional da Microsoft. Esse sistema foi oferecido a IBM para fazer frente ao seu maior concorrente na época.

Começava assim, uma sequência de estratégias das mais polêmicas do mundo da informática, e, porque não dizer, do mundo empresarial que se tem notícia.

Já com os primeiros aplicativos, para MSDOS, a Microsoft ensaiava o que viria a ser o software mais vendido do mundo.

O DOSSHELL era um aplicativo que dispensava a linha de comando, no MSDOS, onde não se precisava se digitar o comando, bastando um click. Outro aplicativo era o Edit, um tipo de editor de texto do MSDOS que mais tarde evoluiria para o Word.

Os problemas começaram quando a Microsoft começou uma interminável sequência de versões, quase uma por ano, obrigando os usuários a trocar os aplicativos e o sistema operacional todo ano.

A criação da plataforma Windows, foi reconhecidamente um marco na história da informática, mas começaram também os problemas de imcompatibilidade de  programas de outras empresas.

A concorrência reclamava de deslealdade, por parte da Microsoft, de formação de cartel, por outro lado, os consumidores reclamavam do custo e de ter que comprar uma nova versão todo ano por um preço exorbitante.

Bill Gates passava a ser o homem mais rico do mundo, começava a ser o mais odiado também. Seus planos começavam a dar errado.

Quando usou o Internet Explorer, no pacote do Windows, pela primeira vez, como parte de sua estratégia para dominar o mercado da internet, coisa que já havia feito na informática, com o Windows.

Os processos contra a Microsoft se tornaram comum, culminaram com o Governo americano obrigando Bill Gates a se separar de seu sócio, dividindo a empresa em duas, evitando a formação de cartel.

O estrago já estava feito, o nome de Bill Gates nunca mais seria o mesmo, nem suas generosas doações apagariam sua fama de ambicioso. Até o Windows, sua eterna criação,foi acusado de ser uma cópia do sistema operacional do famoso Mac, que não é famoso no Brasil mas nos Estados Unidos é uma febre tão grande como o Sistema Linux.

julho 16, 2008 Posted by | Arquivo X, Uncategorized | , , , , | 4 Comentários

   

%d blogueiros gostam disto: