Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Edward Snowden e o impeachment no Brasil

 

sobre o golpe no Brasil

Snowden e Miranda

David Miranda é um dos jornalistas que trabalharam na divulgação de documentos vazados  por Edward Snowden , ex-agente da Agência de Segurança Nacional (NSA) e da Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos. Por este trabalho ele foi detido por 12 horas pela polícia em Londres, em agosto de 2013, no aeroporto de Heathrow, sob acusações de terrorismo.

Por essa acusação,  Miranda recorda que ficou detido por  9 horas em uma sala e “depois ficou mais três horas,” seu passaporte foi confiscado no aeroporto.

Naquela momento, ele estava vindo de Berlim porque estava trabalhando com Oliver Stone e Glenn Greenwald (sua mulher, também jornalista,  divulgou os documentos de Snowden). “Nós estávamos indo  fazer um documentário sobre as famílias que têm alguém preso em Guantánamo, pelo governo dos EUA ou qualquer outro  governo”, disse à RT.  Informou que “eu sabia na época que estes governos, quando dizem usar a lei anti-terrorista, têm  poder ilimitado.”

Eu acho que nesses arquivos haverá muitas surpresas para todos

O jornalista descreveu o momento de tensão e a dificuldade na hora do interrogamento. Principalmente porque, se no final, “o agente decide que você não colaborou e que não estava de acordo com o que ele queria, eles podem enviá-lo para a prisão.”

Durante o interrogatório, ele foi questionado sobre seu trabalho, sua família, seus amigos e até mesmo sobre seu relacionamento com Greenwald.

“Eles usaram suas técnicas contra mim, como colocar dois copos de água sobre a mesa. O agente que estava lá bebeu um copo e perguntou se eu não estava com sede, se eu não queria beber”, disse Miranda, acrescentando que ele fez “isso com o vaso água, sete vezes “. “Eu fiquei lá 12 horas sem beber, sem comer ou ir ao banheiro”, disse ele.

Finalmente, depois de 8 horas e 15 minutos ele foi autorizado a falar com um advogado do jornal britânico ‘The Guardian’. Até então, eles estavam fazendo perguntas sem acesso a um profissional para aconselhá-lo sobre seus direitos.

Passadas 09:00, soltaram-no, mas não lhe deram seu passaporte, então, ele teve de protestar até que  finalmente tivesse uma passagem de avião para o Brasil, que era para onde estava indo. Eles já haviam requisitado toda a sua bagagem, incluindo o seu material jornalístico, que é protegido pelas leis da Convenção da União Europeia.

O Trabalho com Documentos da NSA

Eu acho que nesses arquivos haverão muitas surpresas para todos”, revelou Miranda, quando perguntado se mais material será lançado. O jornalista observou que “há muitos arquivos” que ainda não foram utilizados e  não “foram discutidos ao longo destes anos”.  Sobre se irá divulgá-las ou não. “Agora queremos fazer isso, porque devemos isso à necessidade do público de saber o que está nesses documentos”, disse ele.

A coisa mais importante agora  é revelar ao público o que realmente está sendo desenvolvido nesses países, quando espiam ou fazem algo errado.

Perguntado se houve pressão para não publicar tais informações, Miranda foi contundente: “Em todos os momentos”.

Tanto a sede da NSA Government Communications Headquarters (GCHQ) “nos disseram que se  publicarmos essas informações, será uma ameaça à segurança nacional e outras coisas estúpidas desse tipo.”

No entanto, o repórter esclareceu que sempre fizeram um processo de trabalho preliminar para avaliar se a informação é sensata ou não. “Primeiro pedimos conselhos de especialistas. E então formamos nossa própria equipe em “TheIntercept” que reavalia e decide se isso poderá afetar alguém ou não “, disse ele.

Enquanto eles avaliam o quanto isso pode afetar a segurança dos EUA ou de outros países, salientou que a coisa mais importante é “revelar ao público o que realmente está sendo desenvolvido nesses países, ao espiar ou fazer algo errado.”

“Nós colocamos na mesa a informação que é de interesse público” e “analisamos se podemos revelar sem causar qualquer dano a alguém. E eu acho que até agora temos feito isso muito bem”, disse ele.

A relação com Snowden

Miranda observou que Snowden “concordou em mostrar ao mundo o que fizeram os EUA e seus aliados, e estava disposto a pagar o preço por isso e passar o resto de sua vida na prisão.”

No entanto, considerou positivo que atualmente tenha asilo na Rússia. Ele ressaltou que está “muito bem” porque “tem total liberdade de movimentos” e pode participar no debate”, que ele ajudou a criar. “Ele também disse que conversa “quase todos os dias” através de “canais seguros”.

Além disso, ele questionou quem o chama de “traidor”, porque “eles não entendem o conceito de liberdade. Chamam-me de um traidor é não compreendem o conceito de liberdade.” “Essas pessoas não merecem o meu respeito”, disse ele.

A situação política no seu país

Miranda – brasileiro e residente no Rio de Janeiro – opinou sobre o recente ” golpe” contra a presidente Dilma Rousseff.

Eu não tenho dúvidas  em descrever o ‘impeachment’ como “absolutamente ilegítimo” porque aqueles que o promoveram e estão no governo “são os verdadeiros corruptos”.  Considerou que manipularam a opinião pública”com a ajuda de grandes corporações de mídia, que dirigiu todo o processo.” Assim, ele insistiu que “é totalmente ilegítimo.”

“Eu não estou dizendo que gostei do governo Dilma, especificamente falando”, disse ele, mas “era, pelo menos, uma democracia em que haviam votado para ela ocupar essa posição.”

Agora, no exterior,  estão vendo que o Brasil tem “uma democracia tão jovem e corrupta que aqueles que querem tomar o poder simplesmente fazem isso com a democracia”, analisou.

“Estão acabando com a nossa nacionalidade e como outros países nos vêem”, disse ele.

RT-TV

Impeachment – A Globo conseguiu mas não garantiu

Globo e PMDB – tudo a ver

Passo-a-passo no golpe do impeachment

O bordel do Sérgio Moro

maio 28, 2016 - Posted by | Arquivo X, Política | , , ,

1 Comentário »


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: