Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

La Biblia del bitcóin de JP Morgan

fevereiro 17, 2018 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Descoberta arqueológica confirma relatos da Bíblia

Segundo os arqueólogos, esta descoberta feita em Israel confirmou o relato de Ezequias,  XII rei da Judéia..

antiquities.org.il

Arqueólogos israelenses descobriram em Tel Lakhish um santuário e um portão da cidade, de 2.900 anos, que confirmam o relato bíblico do Rei Ezequias, relata a revista ‘Live Science’ .

De acordo com a Autoridade em  Antiguidades de Israel (IAA siglas em Inglês ), a porta e o santuário são a prova das medidas tomadas por Ezequias, o décimo segundo rei da Judéia, para abolir as divindades. Nas palavras da Bíblia , Ezequias, cujo reinado remonta ao século VIII aC, “Ele removeu os altares, quebrou as pedras sagradas e destruiu as imagens da deusa Asherah”.

A porta está em uma área de 24,5 por 24,5 metros de tamanho, com seis câmeras, na rua principal da cidade. A secção norte do portão foi escavado décadas atrás por uma expedição liderada por arqueólogos do Reino Unido e da Universidade de Tel Aviv. A última escavação, realizada este ano, tem objetivo de fazer a porta completa.

antiquities.org.il

“O tamanho da porta coincide com o conhecimento histórico e arqueológico que temos”, disse Sa’ar Ganor, diretor de escavação do IAA. De acordo com o que a Bíblia diz, “tudo ocorreu” perto dos portões da antiga cidade de Tel Lakhish onde esse edifício foi construído, destacou a IAA.

antiquities.org.il

De acordo com Ze’ev Elkin, Ministro dos Assuntos de Jerusalém, a constatação ilustra “como as histórias bíblicas, que conhecemos, tornam-se fatos históricos e arqueológico” enquanto a investigação prossegue.

antiquities.org.il
 

outubro 2, 2016 Posted by | Internacional | , , , , , | Deixe um comentário

Hallazgo arqueológico confirma el relato de la Bíblia

Arqueólogos israelíes han sacado a la luz en Tel Lakhish un santuario y una puerta de la ciudad, de 2.900 años de antigüedad, que confirman el relato bíblico del rey Ezequías, informa la revista ‘Live Science’.

Según la Autoridad de Antigüedades de Israel (IAA, por las siglas en inglés), la puerta y el santuario son una evidencia de las medidas tomadas por Ezequías, el duodécimo rey de Judea, para abolir las deidades. Según reza la Biblia, Ezequías, cuyo reinado se remonta al siglo VIII a.C., “Quitó los altares paganos, destrozó las piedras sagradas y quebró las imágenes de la diosa Aserá”.

La puerta se encuentra en un área de 24,5 por 24,5 metros de tamaño, con seis cámaras y en la calle mayor de la ciudad. La sección norte de la puerta fue excavada hace varias décadas por una expedición liderada por arqueólogos del Reino Unido y la Universidad de Tel Aviv. La última excavación, realizada este año, ha tenido como objetivo sacar la puerta completa.

antiquities.org.il

“El tamaño de la puerta coincide con los conocimientos históricos y arqueológicos que tenemos”, ha manifestado Sa’ar Ganor, director de la excavación de la IAA. Conforme con lo que narra la Biblia, “todo tuvo lugar” cerca de las puertas de la ciudad antigua de Tel Lakhish, donde esa construcción fue erigida, ha destacado la IAA.

antiquities.org.il

Según Ze’ev Elkin, ministro de Asuntos de Jerusalén, el hallazgo ilustra “cómo cuentos bíblicos, que conocemos, se convierten en hechos históricos y arqueológicos”, mientras la investigación avanza.

antiquities.org.il

outubro 2, 2016 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Referências de satanás na Bíblia

a origem do mal

Quem é satanás

Referências bíblicas

1 – Crônicas
Então Satanás se levantou contra Israel, e incitou Davi a numerar a Israel. E disse Davi a Joabe e aos maiorais do povo: Ide, numerai a Israel, desde Berseba até Dã; e trazei-me a conta para que saiba o número deles.[Capítulo 21:1-2]

Pintura de Gustave Doré baseada na obraParaíso Perdido.

Ora, chegado o dia em que os anjos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. O Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela. Disse o Senhor a Satanás: Notaste porventura o meu servo , que ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal? Então respondeu Satanás ao Senhor, e disse: Porventura Jó teme a Deus debalde? Não o tens protegido de todo lado a ele, a sua casa e a tudo quanto tem? Tens abençoado a obra de suas mãos, e os seus bens se multiplicam na terra. Mas estende agora a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e ele blasfemará de ti na tua face! Ao que disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo o que ele tem está no teu poder; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor. [Capítulo 1:6-12]
Zacarias
E ele mostrou-me o sumo sacerdote Josué, o qual estava diante do anjo do Senhor, e Satanás estava à sua mão direita, para se lhe opor. Mas o Senhor disse a Satanás: O Senhor te repreenda, ó Satanás, sim, o Senhor, que escolheu Jerusalém, te repreenda; não é este um tição tirado do fogo? [Capítulo 3:1-2]
Mateus
Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome. Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus. Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles; e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares. Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram. [Capítulo 4:1-11]
Marcos
E começou a ensinar-lhes que importava que o Filho do homem padecesse muito, e que fosse rejeitado pelos anciãos e príncipes dos sacerdotes, e pelos escribas, e que fosse morto, mas que depois de três dias ressuscitaria. E dizia abertamente estas palavras. E Pedro o tomou à parte, e começou a repreendê-lo. Mas ele, virando-se, e olhando para os seus discípulos, repreendeu a Pedro, dizendo: Retira-te de diante de mim, Satanás; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas as que são dos homens. [Capítulo 8:31-33]
Lucas
Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. [Capítulo 22:31-32]
Apocalipse
E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande corrente na sua mão. Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. E lançou-o no abismo, e ali fechou-o, e pôs um selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo. [Capítulo 20:1-3]

Interpretações

A maioria dos cristãos considera que todas as ocorrências de Satanás na Bíblia são literais.[carece de fontes]

Muitos judeus e alguns cristãos consideram que Satanás é uma alegoria.[carece de fontes] Os estudiosos identificam a Satanás emZacarias 3, com os acontecimentos políticos no tempo de Neemias. Os Autenticistas3 e Cristadelfianos4 5 entendem que o próprio Cristo teria contado suas tentações, em forma de parábola.

Ao longo das obras Glossário Teosófico, e A Doutrina Secreta, Helena Blavatsky é oferecido diversas interpretações sobre Satanás.

Fonte: Wikipedia

Origem de satanás

 

agosto 6, 2015 Posted by | Arquivo X | , , | 1 Comentário

Cinema 2.014 – Exodus Gods and Kings

Exodus

Exodus: Gods and Kings – Exodus: Deuses e Reis é um filme épico bíblico dirigido por Ridley Scott e escrito por Bill Collage, Adam Cooper e Steven Zaillian. O filme é estrelado por Christian Bale, Joel Edgerton, Aaron Paul, Ben Kingsley e Sigourney Weaver. É uma interpretação do êxodo dos israelitas no Egito, liderados por Moisés e relacionado ao livro Êxodo do Antigo Testamento.

Christian Bale como Moisés

Joel Edgerton como Rhamses

Aaron Paul como Josué

John Turturro como Seti

Ben Kingsley como Nun

Sigourney Weaver como Tuya

Produção:

Em 15 de março de 2013, a Deadline.com informou que Ridley Scott queria Christian Bale para estrelar o filme. Em agosto, ele confirmou o papel para ser o próprio Moisés. No mesmo dia, Joel Edgerton também se juntou ao elenco para interpretar Rhamses, antagonista de Bale, e a produção começaria em setembro. O estúdio anunciou que filmaria na Espanha, nas cidades Almería e Pechina, entre 3000 e 4000 extras, e iria chamar mais 1000-2000 extras em Fuerteventura. Em 27 de agosto, Aaron Paul também se juntou ao elenco para interpretar Josué, Sigourney Weaver, Ben Kingsley e John Turturro ainda estavam em conversações para se juntar ao elenco. Em 27 de março de 2014, o estúdio mudou o título do filme para “Exodus: Deuses e Reis”.

Filmagens:

O filme começou a ser rodado em outubro de 2013, em Almeria, Espanha. Parte do filme foi programado para ser rodado em Pinewood Studios, na Inglaterra. As filmagens haviam começado no dia 22 de outubro, em Almería. Em Fuerteventura, nas Ilhas Canárias, Ridley Scott filmaria a maior parte do filme, em Pájara e Antigua, durante 6 semanas, e mais 3 semanas em Inglaterra ou Almería.

Lançamento:

A 20th Century Fox publicou as primeiras fotos do filme em 30 de dezembro de 2013, anunciando que seria lançado em 12 de dezembro de 2014.

Resumo de êxodo na Bíblia (Wikipedia):

O Livro do Êxodo dá continuidade ao livro de Gênesis, relata como Moisés conduz os israelitas do Egito pelo deserto até o Monte Sinai Bíblico, onde Yahveh se revela e oferece uma aliança: os israelitas devem manter a lei e, em retorno, receberiam a proteção de Yahveh que lhes daria Canaã (a Terra Prometida). Há muitas relatos bem conhecidos no Êxodo, como a passagem pelo Mar Vermelho (possivelmente, Mar dos Juncos), a revelação no Sinai, a entrega das tabuletas da lei, Bezerro de ouro e o aparecimento de maná no deserto.

O Crescimento da população israelita no Egito assusta o novo faraó, que manda matar todos os recém-nascidos. Entretanto, Moisés é colocado no rio e adotado, escapando da morte.

Depois de matar um soldado que espancava um israelita, Moisés é obrigado a fugir para o deserto.

Quando tem o primeiro contado com Javé, Moisés recebe a ordem de procurar o faraó e exigir que liberte seu povo, caso isso não aconteça, o Egito sofrerá as pragas.

A cena clássica em que Moisés enfrenta o mago do faraó é um dos pontos altos da história, digna de reflexão, já que a Bíblia possibilita isso.

Outros pontos importantes da história de Moisés são:

A travessia do Mar Vermelho.

O recebimento da tábua com os Dez Mandamentos.

A chegada à Terra Prometida.

Entretanto, a parte mais polêmica da história, pelo menos na minha opinião, é quando os israelitas são chamados para purificar o seu povo, excluindo os impuros de seu meio. Essa parte da história é usada como pretexto para a violência fundamentalista até os dias de hoje. A única maneira de manter essa violência seria negando as reformas feitas por Jesus Cristo, mas há quem queira trazer o fundamentalismo até o cristianismo também.

Ficha técnica:

Exodus: Gods and Kings

Directed by Ridley Scott

Produced by:

Peter Chernin

Dylan Clark

Ridley Scott

Jenno Topping

Escrito por:

Bill Collage

Adam Cooper

Steven Zaillian

Estrelando:

Christian Bale

Joel Edgerton

Aaron Paul

Cinematography:

Dariusz Wolski

Studio:

Scott Free Productions

Chernin Entertainment

Distributed by:

20th Century Fox

Possível data de estréia:

12 de Dezembro de 2014 (US)

País – EUA e Reino Unido

Língua – inglesa

Fonte: RT-TV

Cinema 2.014

Hunger games

This is where I leave you

If I stay

Green inferno

Dark places

Lets be cops

The giver

O destino de Júpiter

Lucy

Get on up

Blended

Jersey boys

The signal

Transformers – A era da extinção

Million dollar arm

The amazing spider man

Walk of shame

The love punch

Brick mansions

Cinema 2.014 – Noé

Perfect sisters

In the blood

Earth to echo

A long way down

Better living through chemistry

Sabotage

Bad country

Bad Words

Inatividade Paranormal 

Divergente

Invertigo

Endless love

Welcome to Yesterday

After the Dark – Depois do Apocalipse

A arte do roubo

The legend of Hercules

Mindscape – Filmes 2.014

Capitão América – Soldado Invernal

Stallone – Ajuste de contas

Maze runner – Correr ou morrer

Need for speed

Refém da paixão

O sétimo filho

Os mercenários 3

A menina que roubava livros

Map to the Stars

Before I Go to Sleep

Planeta dos macacos 2.014

300 – Rise of an Empire

X-men – Dias de um futuro esquecido

Robocop 2.014

Mad Max 4

Sin City 2 – Dame to Kill For

Avatar 2 – Notícias

Capitão América – Soldado Invernal

Interstellar – Curiosidades do filme

Enemies closer

Pompéia

Vampires Academy – Irmãs de sangue

3 Days to Kill

Nom Stop – Sem escalas

Under the skin

Cinema 2.014 – Oculus

 

junho 9, 2014 Posted by | Cinema | , , , , , , | 14 Comentários

Dia bom do ladrão bão

justiça humana

Bom Dia

Qual é a diferença entre um bom dia e um dia bom? Não, não é a mesma coisa!

Num bom dia, acontece tudo o que você gostaria que acontecesse, sem problemas de saúde, nem acidentes, nem incidentes e muito menos problemas financeiros, bem diferente de um dia bom.

Num dia bom, nada dá certo: Primeiro você sofre algum acidente, ou acontece algum inconveniente, depois você acha que está com azar e fica esperando pelo pior, instável emocionalmente, resultado, provoca um acidente atrás do outro.

Se você liga a TV e vê a mulher do tempo dizer algo como: “Hoje teremos dia bom em todo o Brasil”, você estremece e pensa: “Melhor eu começar a rezar, se o diabão está em todo o Brasil, estaremos com problemas”.

Não é brincadeira não, uma coisa é ter um bom dia, outra coisa é ter um dia bom. Nem tudo o que é bom é bom de fato.

Por outro lado, ainda há uma esperança. Na Bíblia há o caso do bom ladrão, onde a sua boa intenção, arrependimento e natureza boa mostra o quanto esse homem é bom.

Há até casos teorizados pela nosso cinema, como “o bom burguês”. Não dá para generalizar tudo, temos que nos posicionar, mas estamos sempre sujeitos à um julgamento errado.

O que nós podemos fazer? – Temos que valorizar o que é bom, mas Jesus sabia o que estava dizendo quando disse: “Não julgueis para não serdes julgado”.

Infelizmente, isso acontece o tempo todo, sempre estamos julgando e sendo julgados e precisamos ainda evitar a unanimidade que os políticos insitem em nos apresentar.

Parece que hoje vai chover no Paraná, só espero que amanhã seja um bom dia porque só de pensar no dia bom, eu me sinto mal.

By Jânio

Fonte imagem: Epic Blogs

Filme Bom Burguês

setembro 21, 2012 Posted by | Piadas | , , , , , | 2 Comentários

A inversão da pergunta pela resposta

perguntas e respostas

Doutrinas e Tradições

A Bíblia é um dos livros mais antigos do mundo e, pelo menos no Brasil, o mais popular desses livros antigos.

Até o início da Idade contemporânea, praticamente ditava as regras de conduta das sociedades ocidentais, principalmente nas línguas neolatinas.

Todos os pensadores clássicos apresentam alguma ambiguidade em sua escrita, propositadamente ou não. Lendo Rousseau ou Camões, tem-se a nítida impressão de se estar frente a um conteúdo “papo-cabeça”, “talking heads”, ou qualquer outra expressão usada para designar o estilo dos jovens dos anos 80, 70, 60, etc.

Qualquer semelhança com os universitários, não seria mera coincidência.

É como se os textos não fossem escritos apenas para informar, mas para testar a capacidade de interpretação do leitor.

O uso de figura de linguagens, além de servir para direcionar informação para um público específico, poderia evitar complicações com o falso moralismo dos poderosos.

Necessitando evitar conflitos com poderosos e moralistas, esse estilo de texto se desenvolveu ainda mais, tornando-se ambíguos.

Talvez a própria Bíblia apresente os livros mais ambíguos e abertos a variadíssimas interpretações, surgindo, daí, inúmeras religiões, cada uma tentando demonstrar o seu ponto de vista.

Há uma religião que diz que o nome de Jesus – Ou seria Deus? – seria Geová. Como a igreja católica apresenta o nome Javé, seria apenas uma questão de sotaque, mas uma doutrina religiosa não para por aí.

Em minha cidade, as prostitutas faziam questão de ressaltar a importância de Maria Madalena, a mulher apedrejada, perdoada por Jesus.

Jesus, aliás, foi um dos pensadores que mais contribuiram para elucidar algumas partes da Bíblia. Talvez tenha feito mais que isso, mas o falso moralismo impede a divulgação de todos os seus ensinamentos.

Uma vez eu perguntei para um “crente” porque ele sempre desviava do assunto, focando outro tema o qual não tinha nada a ver com a discussão. Educadamente, ele me respondeu que essa era uma forma de falar sobre o que ele estava lendo no momento, um assunto no qual ele tinha mais controle.

A mais curiosa discussão presenciada por mim, foi há muito tempo.

O gerente do departamento era de uma religião, seu mais eficiente empregado de outra, e tudo estava em absoluta harmonia, até o dia em que o fiel funcionário foi demitido.

Na hora do acerto de contas, presenciei uma das discussões mais curiosas de minha vida.

Reclamando do acerto, o funcionário dizia:

– Isso não está certo, estou sendo lesado em meus direitos, exijo uma correção. Para mim, vocês não passam de um bando de ladrões, cretinos.

O gerente, que era pastor, respondeu:

– Você precisa aprender a confiar, meu filho.

– Maldito o homem que confia no homem – respondeu o jovem ex-funcionário.

Enquanto isso, o Pastor insistia:

– Amai ao próximo como a ti mesmo.

E ele completava:

– Não valorize tanto o dinheiro, lembre-se do que diz a Bíblia: “Ao homem o que é do homem, à César o que é de Cesar.

– À Juca o que é de Juca – Retrucou o funcionário.

Todos acompanhavam a discussão com atenção, até que se chegou a conclusão de que quem daria a palavra final, seria o Departamento de Recursos Humanos.

…e todos ficaram decepcionados.

Ficou claro ali, que se todos conhecessem as leis da Bíblia, certamente não abririam mais a boca e, quando abrissem, o dedo seria apontado para si mesmo.

De certa forma, a Bíblia é mais útil para quem a está lendo. Se a pessoa vê alguma lei aplicada à outra pessoa, sempre se lembrará: “Tire o cisco de seu olho, antes de procurar o cisco no olho da outra pessoa”.

Nunca devemos subestimar a inteligência das outras pessoas.

A única pergunta que me deixa curioso é: Será que Judas foi perdoado?

O futuro de Judas não me interessa, mas perdoar setenta vezes sete seria suficiente para que Judas fosse absolvido de seu pecado?

Judas se matou antes do veredicto final, interrompendo esse processo doutrinário. Ele próprio se condenou.

Mesmo assim a pergunta continua: A covardia tem perdão?

É certo que alguém haveria de trair Jesus, mas sendo um de seus discípulos, sabendo que fora usado pelo sistema, isso foi duro demais até para um traidor.

Não poderemos julgá-lo, pois está escrito: “Não julgueis para não ser julgado.”

Assistindo a um filme aparentemente infantil, Tomb Raider, vi Laura Croff destruindo uma entidade com vários braços, para mim poderia ser um entidade religiosa da Índia. Essa imagem me trouxe a lembrança de que o Ocidente talvez seja mais intolerante que o Oriente Médio.

Todas as nossas interpretações podem entrar em conflito, diante de uma simples indagação de um leigo, mostrando a falta de algo que talvez não tenhamos, a humildade. A humildade para parar de dizer nós e encarar o fato de eu ser um único e indivizível ser, responsável pelos meus próprios atos e pensamentos.

Sempre haverá a pergunta e sempre haverá a resposta, infelizmente, não necessariamente nessa ordem.

By Jânio

abril 6, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Porque é tão difícil aceitar Jesus?

O filho de Deus.

O filho de Deus.

A religião judaica, inclusive, tem em comum justamente a negação da divindade de Jesus, divindade esta que mesmo sendo negada, não nega o fato da grandeza dos ensinamentos de Jesus.

Os muçulmanos tem a ideia de que quem foi crucificado foi outra pessoa, contrariando toda a lógica Cristã, chegam a afirmar que quem foi crucificado, foi outra pessoa, Judas Iscariotes, outros afirmam ser Simão Cerene, fisicamente diferente de Jesus, vindo da líbia.

O Alcorão não só aceita a existência de Jesus, como reconhece-o como um grande profeta, mas, ao que parece, Maomé provoca polêmica no Cristianismo a revelar os textos  que teria recebido de Alah.

Veja o texto:

“Incorrem em blasfêmia aqueles que disseram que: “Deus é o Messias, Filho de Maria”. Dize (ó Muhammad): Quem poderia fazer algo se Deus quisesse aniquilar o Messias, Filho de Maria, e a mãe dele (inclusive) e todos os seres da terra? Unicamente a Deus pertence o reino dos céus e da terra, e tudo quanto há entre ambos. Deus cria o que Lhe apraz, e é Todo­Poderoso.” Alcorão 5: 1753

“Blasfemaram aqueles que disseram que Deus é o Messias, Filho de Maria. O próprio Messias dissera: “Ó filhos de Israel, adorai a Deus que é Meu Senhor e Vosso Senhor”. Quem crê em semelhantes a Deus (quem for politeísta), Deus lhe impedirá, para sempre, o acesso ao paraíso, e sua morada é o inferno. O Messias, Filho de Maria, não é mais que um Apóstolo (de Deus) como os Apóstolos que o antecederam, e a mãe dele era uma Beata, contudo, ambos (Jesus e Maria) ingeriam alimentos.. .”

Alcorão 5:7251

Ao contrário da religião judaica que nega a divindade de Jesus, mas convive harmoniosamente com o catolicismo, o Alcorão deixa claro a suposta blasfêmia.

Seria uma coincidência que Maomé fosse tão respeitado entre os muçulmanos, como Jesus é entre os cristãos?

Não há entre os muçulmanos quem fale de Jesus, reconhecidamente um Profeta, como falam de Maomé, o último Profeta do Alcorão, já que este foi escrito pelo próprio Maomé, supostamente recebido diretamente de Alah.

Jesus Cristo, de qualquer modo que seja visto, mesmo sem falarmos de seus milagres, apenas os seus ensinamentos e a sua filosofia, já seria, certamente,  o homem mais brilhante que pisou na face da Terra.

Foi a partir de Jesus que o mundo se dividiu entre o antes de Cristo e o depois de Cristo, a humildade e a capacidade de negar a tudo o que fosse material, coloca Jesus como o um ser único em toda a história.

Maomé criou a cultura mulçumana de Alah, talvez por isso seja tão respeitado, os muçulmanos se identificam muito com o Alcorão, fazendo dele a essência de sua cultura.

O próprio alcorão, além de entrar em contradição com o Cristianismo, ainda costuma ser mal interpretado pelos seus próprios seguidores, causando muita guerra e derramando muito sangue, o mesmo erro que o Cristianismo cometeu no passado.

O Cristianismo é bem claro, sendo assim, é constituído de vários livros, apresenta várias óticas diferente, sendo que as três versões do evangelho, Mateus, Lucas e Marcos são exatamente iguais, com exceção de algumas palavras que não alteram, mas se complementam.

Outra característica a ser destacada, no Cristianismo, é a separação total do poder, político, e da religião, mostrando como pode ser perigoso misturar as duas coisas.

Durante toda minha vida, vi textos da Bíblia serem usados de maneira egoísta, para quem conhece sua essência, como eu, não é difícil reconhecer o equívoco.

As prostitutas costumam citar a história de Maria Madalena, como uma maneira de se sentir humanas, fortes, ignorando todo o resto. Numa coisa elas estão certas, a Bíblia representa esperança para todos, a consciência sempre estará pesada diante de seus escritos, sempre haverá a luta, consigo mesmo, para se encontrar, assumir sua própria natureza.

Há textos na Bíblia que poderiam ser aproveitados por oportunistas de várias maneiras diferentes, por políticos, socialistas, comunistas e até por nós pobres mortais, filhos de Deus, mas a Bíblia tem um objetivo, usá-la de maneira oportunista não leva a lugar algum.

By Jânio

agosto 7, 2009 Posted by | Reflexões | , , , , , , , | 8 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: