Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A sociedade Mão Negra

mão negra

Sociedade Secreta

Os dias que antecederam a Grande Guerra foram muito conturbados, notava-se instabilidade por toda parte, devido as regiões anexadas a outros países, questões mal resolvidas, etc.

A vitória da Alemanha (de Bismark) contra a França (de Napoleão III), criou um clima de revanche que, somado a indústria bélica e ao imperialismo econômico, levaria ao início de uma das maiores guerras da história. Só faltava alguém para acender o estopim – Em regiões tão instáveis, isso não seria difícil de acontecer.

Com medo da revanche francesa, a Alemanha se aliou à Itália e ao Império Áustro-Húngaro, formando a Tríplice Aliança. Em 1.907, era formada a Tríplice Entente (Inglaterra, França e Rússia).

O Império Áustro-Húngaro anexou duas regiões das Balcãs, Bósnia e Herzegovina. Como nessa região havia muitos sérvios, isso desagradou a Sérvia, outro estado das Balcãs que desejava a união da região(Iugoslávia), com o apoio Russo.

Na região da Sérvia, havia uma organização secreta chamada Ujedinjenje Ili Smrt (Unificação ou Morte) – Qualquer semelhança com “Independência ou Morte”, não é mera coincidência, é conspiração mesmo.

Essa organização secreta, também conhecida como “Mão Negra”, foi fundada por ex-membros de uma outra sociedade chamada Narodna Odbrana (Defesa do Povo). Realizavam pan-eslavismo e nacionalismo através de assassinatos.

O objetivo do “Mão Negra” era unir as regiões com populações eslavas, sob o domínio do Império Áustro-Húngaro.

A “Mão Negra” foi responsável por planejar e executar a morte do arquiduque Francisco Ferdinando, príncipe-herdeiro do Império Áustro-Húngaro. Apesar dos assassinos serem amadores, é importante observar como funcionam as estratégias de uma organização secreta conspiratória.

Os jovens nacionalistas que prepararam o ataque ao príncipe-herdeiro, eram membros de um grupo chamado Jovem Bósnia. Segundo alguns historiadores, eles (jovens bósnios) teriam assassinado, também, Alexandre I da Sérvia.

O assassinato do príncipe-herdeiro deu origem à Grande Guerra, quando o Império Áustro-Húngaro (Tríplice Aliança) declarou guerra à Sérvia, apoiada pela Rússia (Tríplice Entente), dando uma pequena mostra da teoria de “Efeito Borboleta/Teoria do Caos”, onde a queda de uma simples folha seca poderia dar início à transformações no mundo inteiro.

O ataque começou a ser planejado pelo coronel Dragutin Dimitrijevic, da Sérvia. Ele ficou sabendo da desastrada visita que o arquiduque faria, justamente num feriado nacional, em Junho de 1.914.

Acontece que os “Jovens Bosnios” também ficaram sabendo, eles também começaram a planejar um atentado.

A Mão Negra foi patrocinado com verba estatal – Qualquer lembrança do Golpe de 64 será bem-vinda.

Três dias antes da chegada do príncipe, três integrandes do “Jovem Bósnia” atravessaram a fronteira da Sérvia, com a ajuda do Coronel (Mâo Negra), responsável pela segurança da Sérvia.

Curiosidade: O autor do disparo que matou o arquiduque, chamava-se Princip. Os três jovens estudantes chamavam-se: Gavrilov Princip, Nedjelko Cabrinovic e Trifko Grabez.

Os três jovens estudantes encontraram mais quatro, todos amadores e portadores de tuberculose – Não há dúvida que o coronel sabia o que fazia.

O Coronel (Mâo Negra) forneceu 4 pistolas, 6 bombas e veneno (cianeto). Caso algo desse errado, tomariam o veneno, antes de serem capturados.

Deu tudo errado no dia da chegada do príncipe:

O arquiduque e sua esposa chegaram de trem e seguiram em carro aberto, capota baixa, alvo perfeito.

Apenas Cabrinovic lançou a bomba, tomou cianeto e jogou-se no rio. O veneno estava vencido, o rio era raso demais, até a bomba acertou o carro errado da comitiva.

Depois de desabafar com o Prefeito, a comitiva preparava-se para deixar o local, evitando outros atentados e dirigindo-se ao hospital onde estavam os feridos. O carro foi levado direto ao encontro de Princip, o assassino, levantando a suspeita de que fora tudo uma armadilha.

Receita para uma boa conspiração política, com direito à atentado:

Uma boa organização secreta; voluntários amadores, inteligentes, psicopatas sem um objetivo específico de vida, com uma doença sem cura; princípios fundamentalistas.

Fontes: Marlene & Silva, BBC, Wikipedia

Texto: By Jânio

junho 5, 2011 Posted by | Arquivo X | , , , , | 12 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: