Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Revelan el insulto de Neymar en la Copa América

Copa América

Copa América

El árbitro chileno Enrique Osses ha publicado un informe donde revela los pormenores de su conflicto con el futbolista brasileño Neymar durante el partido entre Brasil y Colombia en el marco del torneo Copa América 2015. “Te quieres hacer famoso a mi costa, hijo de….”, espetó el futbolista al colegiado en el túnel de vestuarios tras su expulsión, comunica Peru.com.

En el mismo partido el delantero brasileño pateó la pelota contra la espalda del futbolista colombiano Pablo Armero. Ambas situaciones motivaron la decisión de la Confederación Sudamericana de Fútbol (Conmebol) de suspender a Neymar con cuatro partidos en Copa América.

Fonte – RT-TV

junho 21, 2015 Posted by | esportes | , , , | Deixe um comentário

Insulto que teria tirado Neymar da Copa América

Copa América

Copa América

O árbitro chileno Enrique Osses publicou um relatório revelando os detalhes de seu conflito com o futebolista brasileiro Neymar durante a partida entre Brasil e Colômbia no Torneio Copa América 2015 . “Tá querendo ficar famoso às minhas custas filho da .. .. “, disse o jogador ao árbitro no túnel do vestiário, depois da expulsão, segundo o Peru.com .

Na mesma partida, o atacante brasileiro já havia  chutado a bola de volta contra o jogador colombiano Pablo. Ambas as situações levaram à decisão da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) de suspender Neymar, em quatro jogos na Copa América.

Fonte: RT-TV

 

junho 21, 2015 Posted by | esportes | , , | Deixe um comentário

Copa 2.014 – Alemanha é campeã do mundo

germany.champions_1

Alemanha fez um gol aos sete minutos do segundo tempo da prorrogação e conquistou o tetra-campeonato. O título veio depois de uma partida equilibrada que terminou empatada no tempo regulamentar e primeiro tempo da prorrogação, levando a crer que a partida seria decidida nos penaltis, mas o destino quis o contrário, para alegria de Ângela Merkel, chanceler alemã, presente no evento.

Em alguns momentos a Argentina chegou a ser superior, como aos vinte minutos, quando Higuain recebeu um bom passe mas errou o gol. Aos 29 minutos, Higuain marcou um belo gol, infelizmente estava impedido. A Alemanha chegou a acertar a trave no final do primeiro tempo.

No segundo tempo a Argentina chegou a reclamar de um penalti não marcado contra Higuain.

Aos seis minutos do primeiro tempo da prorrogação, Palácio recebeu um bom passe e com uma jogada de gênio encobriu o goleiro e, se não fosse a má pontaria, teria feito o gol da vitória.

No segundo tempo da prorrogação, Gotze recebeu um cruzamento de Schurrle e completou de voleio, fazendo o primeiro gol da partida.

No final do jogo, Messi ainda teve uma falta para cobrar, mas pegou mal na bola. E ficou nisso, um a zero para a Alemanha.

Depois de ganhar as Copas de 1.954, 1.974 e 1.990, a Alemanha finalmente volta a ser a melhor seleção do mundo.

A equipe Alemã marcou 18 gols durante o torneio e sofreu quatro, sendo Thomas Muller o artilheiro com cinco Gols. Sete gols foram contra a seleção brasileira.

Alemanha: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels e Howedes; Schweinsteiger e Khedira (Schurrle); Muller, Kroos e Ozil (Mertesacker); Klose (Gotze). Técnico: Joachim Low

Argentina: Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay e Rojo; Mascherano e Biglia; Pérez (Gago), Messi e Lavezzi (Aguero); Higuaín (Palacio). Técnico: Alejandro Sabella

Resultado das finais:

Disputa do terceiro lugar:

Brasil 0 Holanda 3

FINAL

Alemanha 1 Argentina 0

COPA DO MUNDO 2.014

Alemanha enfrenta Argentina na final

Alemanha classificada para a Final

Seleções nas semifinais

Brasil está classificado para as semifinais

Seleções classificadas para as quartas

Ranking da FIFA

Brasil está classificado para as quartas de final

Confronto das oitavas

Brasil está classificado para as oitavas da Copa

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

julho 14, 2014 Posted by | esportes | , , , , | Deixe um comentário

Copa 2.014 – Alemanha enfrentará Argentina

Final da Copa

Argentina e Alemanha

A Copa do Mundo está se tornando chata e previsível e nem mesmo as duas seleções mais emocionantes dessa Copa do Mundo no Brasil, Alemanha e Holanda, escaparam de suas disputas por penaltis. O jogo de hoje mostrou como o futebol ficará no futuro, ao invés de aprender a driblar como Neymar, a criançada deverá aprender as formas lícitas de golpear os adversários, golpes esses que poderiam levar tanto a uma lesão grave, como foi o caso da fratura de Neymar, como levar a morte. Eu ainda não vi jogador morrendo por contusão em campo, mas já vi muito jogador desmaiando ou tendo lesões graves.

Antigamente havia o carrinho por trás, que foi proibido, mas novas formas violentas foram desenvolvidas, afinal, estamos falando de valorização de passe de jogadores, estamos falando de milhões de dólares, estamos bem próximos de falar em bilhões. Eu sei do que eu estou falando porque eu já passei por isso.

Vai chegar o dia em que o futebol (soccer), será como o futebol americano, ou seja, o jogador com a bola terá de ser protegido por outros dois ao seu lado, com um protegendo a sua frente e, talvez, até a retaguarda. As regras terão de ser mudadas para evitar o que temos assistido, a imagem da perna do Ronaldo se quebrando é mais forte até que a imagem de Anderson silva no UFC.

Entretanto, toda essa violência, inclusive da torcida fora de campo, poderia se tornar uma forma de guerra, batalha moderna, aumentando ainda mais a audiência desse esporte. Contudo, dentro de campo, para quem quer ver o belo e velho futebol arte, com gols, ficará decepcionado. A goleada da Alemanha contra o Brasil até que foi emocionante, para a Alemanha, mas isso só aconteceu depois de uma tragédia contra Neymar.

Talvez no futuro, novas formas de jogar futebol sejam criadas, como ocorreu com o futebol de salão que eu ainda não entendi porque não está nas olimpíadas. Dizem que o esporte tem de ser praticado por muitos países/pessoas, para ser aceito nas olimpíadas, mas tem esporte na olimpíada que ninguém sabe que existe.

O futebol precisa de mais gols para ser menos violento, então, porque não diminuir a quantidade de jogadores em campo, aumentar o tamanho das traves, etc.

Sobre o jogo de hoje não dá para falar muita coisa, o jogo até que foi bom, mas faltou o melhor de tudo, o momento do gol. Se houvessem menos jogadores talvez pudéssemos ver mais gols. Foram 90 minutos de partida em tempo regulamentar e mais 30 minutos de prorrogação, para depois decidir tudo nos penaltis.

A famosa morte súbita foi abandonada, talvez porque os jogadores modernos poderiam entender a “morte súbita” literalmente, ao invés de ser a primeira equipe que faz o gol na prorrogação.

A Argentina que passou toda a Copa com um sistema de jogar com menos gols e mais marcação, empatou em 0 a 0, e venceu nos penaltis por 4 a 2. Agora a Argentina pega a Alemanha que foi um dos três times mais emocionantes da copa, ao lado da França e Holanda. Tudo leva a crer que teremos um jogo monótono sem gols e disputa de penaltis. Vamos torcer para que não.

O Brasil poderia até ser goleado mais uma vez, na disputa pelo bronze, mas eu não acredito que o técnico entre em campo sem volantes novamente. Ganhar a partida já é outra história, acho que ninguém mais respeitará o Brasil depois da derrota por 7 a 1.

SEMI-FINAL

Alemanha 7 Brasil 1

Argentina 4 Holanda 1 (nos penalti)

FINAL

Sábado 12/07 17 hrs – Disputa do terceiro lugar

Brasil x Holanda

Domingo 13/07 16 hrs – Decisão da Copa do Mundo 2.014

Alemanha x Argentina

Alemanha classificada para a Final

Seleções nas semifinais

Brasil está classificado para as semifinais

Seleções classificadas para as quartas

Ranking da FIFA

Brasil está classificado para as quartas de final

Confronto das oitavas

Brasil está classificado para as oitavas da Copa

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

julho 10, 2014 Posted by | esportes | , , , , | 2 Comentários

Copa 2.014 – Alemanha classificada Final

Brasil perde sua majestade

família Real

A Seleção brasileira é eliminada da copa no maior vexame da história do futebol brasileiro e, finalmente, o país vai esquecer do dia em que a equipe amarelou diante da França, em 1.998, levando uma goleada de 3 a 0. Levar uma goleada naquela época era novidade, principalmente tendo Ronaldo, um dos maiores jogadores da história, em seu melhor momento.

Ninguém esperava que a Alemanha fosse tão ofensiva, principalmente a seleção brasileira, acostumada a jogar com dois volantes. O problema é que o ex-maior técnico do mundo resolveu entrar em campo com quatro atacantes, esquecendo do meio de campo, e o mundo inteiro sabe que o Brasil não tem tradição de bons zagueiros. A Zaga do Brasil pode ser muito boa para fazer gols, mas para marcar atacantes é péssima.

O maior problema era o meio de campo pois sem a marcação no meio de campo, os atacantes chegavam muito rápido a grande área brasileira, deixando os zagueiros com medo de cometer penalti. Os gols saíram facilmente, diante de três ou quatro jogadores, sem que ninguém fizesse nada para impedir.

É uma pena que a Alemanha, um time sem partidas memoráveis nessa copa, tenha feito tantos gols justamente contra o Brasil. De um modo geral, o Brasil acabou se tornando o pior time desta Copa, depois dessa goleada histórica, uma das maiores de todos os tempos.

Eu diria que houve um conjunto de fatores que levaram a essa goleada. Eu vinha alertando para vários defeitos da seleção que levavam a equipe a ser irregular. Além de ser uma equipe fraca, a seleção brasileira não tinha nenhuma habilidade considerada básica para ganhar a copa: O Brasil não conseguia marcar na defesa; errava muitos passes, recebendo a bola sem se mexer, permitindo que os adversários roubassem a bola; o time não conseguia inverter jogadas da esquerda para a direita; não conseguia jogar pelo meio; não conseguia fazer jogadas aéreas, em escanteios e toques de cabeça; não tinha um grande cobrador de faltas; não tinha um grande goleador além de Neymar.

Como alguém poderia imaginar que um dia o Brasil jogaria sem um grande atacante artilheiro, como Robinho ou Neymar?

Neymar não foi brilhante nessa copa justamente por causa da marcação forte, a mesma que o tirou fora do torneio. E o Brasil não conseguia fazer essa marcação forte. Mesmo com um esquema suicida, com quatro atacantes, os jogadores experientes teriam observado as falhas defensivas, um atacante experiente sabe a hora de voltar.

Entretanto, a própria Alemanha reconheceu que o Brasil deixou espaços que eles precisavam para jogar. A Alemanha que fez uma das melhores partidas de sua história, hoje, não teve liberdade para fazer isso com nenhum time antes, nem mesmo contra a costa Rica, a melhor defesa da Copa, levando a disputa para os penaltis.

Como o Brasil chegou as semi-finais, entre as quatro melhores equipes do mundo, com tantos defeitos técnicos?

O principal motivo da seleção ter chegado até aqui, com certeza foi Neymar. Neymar foi responsável pelo respeito que as seleções tinham pelo time do Brasil e a saída dele fez com que perdessem esse respeito.

Notem que o esquema suicida teve um momento crítico, justamente quando o Brasil levou gols, saiu para fazer e levou contra-ataques mortais que praticamente liquidaram a partida. Os próprios jogadores sabiam que seria difícil fazer um ou dois gols contra a Alemanha. Quando a Alemanha chegou aos três, o time já dava a partida por perdida e, pior, continuava a repetir os erros. Talvez a reconhecida falta de capacidade de fazer gols tenha influenciado ainda mais no descontrole dos jogadores.

Na parte final do primeiro tempo, já perdendo por cinco gols a zero, o time perdeu o ímpeto de fazer gols e se organizou melhor na defesa, mesmo dentro de um esquema suicida. No segundo tempo, o placar foi de dois a um e, mesmo estando nitidamente inferior a Alemanha, o Brasil estava melhor organizado defensivamente.

A saída de Neymar deixou a Seleção com dois atacantes fracos: Fred simplesmente não apareceu nos jogos e Hulk, como eu disse, parece mais um volante jogando como atacante. Não havia opções no banco de reservas.

Sobre a goleada:

01) Nos primeiros minutos tudo parecia em ordem, a seleção conseguia até atacar, mas o espaço deixado no meio de campo possibilitou a Alemanha abrir o placar logo aos dez minutos de jogo. Depois de uma cobrança de escanteio, Müller pegou a sobra e marcou o primeiro gol da Alemanha.

02) A seleção até tentou reagir depois do primeiro gol mas, ao contrário do Brasil, a Alemanha não dava espaço, foi assim que Klose teve a chance de chutar duas vezes contra o goleiro Júlio Cesar. Chutou forte na primeira e, no rebote, conseguiu fazer o segundo gol da Alemanha.

03) Foi depois do segundo gol da Alemanha que a seleção perdeu o controle. Dois minutos depois do segundo gol da Alemanha, Kroos acertou o canto direito e fez o terceiro da Alemanha.

04) Um minuto depois, o mesmo Kroos marcou o quarto gol alemão. A seleção brasileira não conseguia acordar do pesadelo.

05) Aos vinte e oito minutos, a Alemanha fez o quinto gol da Alemanha com o jogador Khedira. O pesadelo brasileiro que começou aos 22 minutos, finalmente acabou aos 28 minutos do primeiro tempo, seis minutos que entram para a história das Copas e que deverão ser estudados pelos próximos cem anos.

06) Depois do intervalo, a seleção brasileira voltou com Ramires e Paulinho no lugar de Hulk e Fernandinho. O Brasil finalmente começou a atacar, mas o goleiro estava muito bem no jogo.

Schuerrle fez o sexto gol da Alemanha aos 23 minutos do segundo tempo, para a alegria da torcida Alemã que sabia que o jogo estava liquidado.

07) O jogador reserva alemão Schuerrle voltou a marcar aos 33 minutos.

08) Depois de sete gols da Alemanha, finalmente o Brasil marcou o gol de honra com Oscar. Placar final 7 a 1 para a Alemanha.

Toda a cartilha da filosofia básica do futebol passou pela cabeça do torcedor, desde “quem não faz, toma” até “a melhor defesa é o ataque”, mas faltou o meio de campo, faltou Neymar e outros tantos centroavantes que ficaram esquecidos pela mídia, enquanto os famosos desconhecidos brasileiros desceram a ladeira com bola e tudo.

A música “o campeão voltou” não voltou, mas o refrão ufanista “eu sou brasileiro com muito orgulho, com muito amor” me fez lembrar da prisão do filho do Rei Pelé. Não foi a primeira vez que o ex-goleiro do santos foi preso por associação ao tráfico de drogas, a diferença é que desta vez ele já não é réu primário.

Definitivamente o futebol brasileiro não atravessa um bom momento. Mas não se preocupe, toda seleção brasileira é escolhida de acordo com os interesses da CBF, então, não fomos totalmente derrotados, há muito jogador ardendo na terra brasilis.

By Jânio

COPA DO MUNDO 2.014

Seleções nas semifinais

Brasil está classificado para as semifinais

Seleções classificadas para as quartas

Ranking da FIFA

Brasil está classificado para as quartas de final

Confronto das oitavas

Brasil está classificado para as oitavas da Copa

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

julho 9, 2014 Posted by | esportes | , , , , | 2 Comentários

Copa 2.014 – Seleções nas semifinais

Brasil e Alemanha

Argentina e Holanda

A seleção brasileira chega a penúltima fase da Copa, semifinal, ultimo jogo antes da final. Desde o início a seleção esteve sempre precavida e, pela postura do Técnico, Felipão, parece que o time está fazendo exatamente o que ele queria.

É bom saber que o Felipão está satisfeito com o time, já que não temos grandes seleções nesta copa, e tão pouco craques. Aliás, craques parece uma espécie em extinção. Na história das copas, o Brasil nunca ganhou quando estava com o seu suposto melhor time, mesmo assim teve seus heróis, por isso, nem é preciso se preocupar tanto com los hermanos argentinos ou qualquer que sejam.

Quando a seleção brasileira ganhou em 94, a seleção estava muito mal e quase não conseguiu passar pelas eliminatórias, o salvador da pátria foi Romário, que formava com Bebeto a melhor dupla do mundo, na opinião do mundo inteiro, menos para a CBF. Romário aproveitou o prestígio e exigiu tudo, mas foi a última vez que vestiu a camisa da seleção em copas.

Ronaldo recebeu o apelido de fenômeno, mas quando estava no auge da fama não conseguiu conquistar esse tão sonhado título de campeão do mundo. Entretanto, na copa seguinte, quando já estava em decadência, recebeu o reforço de Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, formando um dos ataques mais ofensivos da história do futebol, ganhando finalmente a taça.

Talvez esta seja a pior Copa da história, mas pode ser que o futebol tenha mudado para sempre, pode ser que a era de craques como Neymar, Messi ou Cristiano Ronaldo, tenha chegado ao fim. Isso quer dizer que ganhará a Copa quem errar menos na defesa, meio de campo e ataque. Teremos cada vez mais gols de bico de chuteira, barriga, perna, etc., com direito, inclusive, a gols ilegais.

A quantidade de penaltis não marcados deixa bem claro a liberdade que os zagueiros tem em cometer falta dentro da área, assim como a falta de coragem dos juízes, o ponto positivo é que o jogo fica mais ágil e o jogador mais esperto, o ponto negativo são as tragédias que, se não diminui a popularidade do futebol, transforma este esporte em um tipo de guerra regulamentada.

Para sabermos o potencial de cada um dos quatro times da semifinal, basta fazermos um retrospecto de suas principais conquistas, já que houve muito empates.

BRASIL

Não dá para considerar a Croácia que, apesar de ser um grande time, levou duas goleadas (Brasil e México). Como o Brasil empatou com o México, então, não teve uma grande conquista na primeira fase.

Nas oitavas, o Brasil empatou com o Chile no tempo normal e prorrogação, disputando nos penalti a vaga para as quartas de final.

Podemos considerar a vitória contra a Colômbia uma grande conquista, foi assim que a seleção conseguiu chegar a semifinal.

ALEMANHA

Suas vitórias contra Portugal e EUA não devem ser consideradas, já que nenhuma das duas equipes estavam tão forte. Como a Argélia estava no nível dos EUA, a Argélia também não estava tão forte, estava num grupo bem equilibrado, mediano.

A maior conquista da Alemanha com certeza foi a vitória contra a França que já tinha goleado a Suíça, uma seleção que ganhou do Equador e goleou a fraca seleção de Honduras, conseguindo 6 pontos na primeira fase. A França também havia ganhado de 2 a 0 da Nigéria. A França só não foi feliz em pegar a Alemanha nas quartas.

ARGENTINA

Pegou um grupo fraco e conseguiu vitórias tão medíocres que parecia que estava administrando os resultados, jogando com as regras da FIFA.

Conseguiu 2 a 1 contra a Bósnia, 1 a 0 contra o Irã, que tinha empatado com a Nigéria; a argentina venceu a Nigéria por um placar apertado de 3 a 2. Apesar dos trancos e barrancos, a Argentina conseguiu 100% de aproveitamento nesse fraco grupo.

Nas oitavas a Argentina venceu a Suíça por 1 a 0. Lembrando que a suíça foi goleada pela França na primeira fase.

Finalmente venceu uma equipe média, a Bélgica, placar apertado de 1 a 0, nas quartas, classificando-se para a semifinal.

Holanda

A Holanda se destaca mais se comparada com o Brasil, vejam bem:

Goleou a decadente seleção da Espanha por 5 a 1, ganhou por um placar apertado da Austrália por 3 a 2, e, finalmente venceu por 2 a 0 o Chile – o Brasil empatou com o Chile, vencendo nos penaltis.

Venceu o México de virada nas oitavas por 2 a 1 – o Brasil empatou com o México em 0 a 0 na primeira fase.

Ganhou da costa Rica nos penaltis nas quartas, classificando para a semifinal.

Portanto, se comparada com o Brasil que não ganhou nem do Chile e nem do México, a Holanda se destaca. A Holanda tropeçou contra a Costa Rica que havia vencido a Grécia nos penaltis, nas oitavas, mas venceu também nos penaltis.

By Jânio

QUARTAS DE FINAL

França 0 Alemanha 1

Brasil 2 Colômbia 1

Argentina 1 Bélgica 0

Holanda 4 Costa Rica 3 nos pênaltis – 0 a 0 tempo normal

SEMIFINAIS

Alemanha X Brasil

Dia 08 de Julho às 17 Hrs

Holanda X Argentina

Dia 09 de Julho às 17 Hrs

Copa do Mundo 2.014

Brasil está classificado para as semifinais

Seleções classificadas para as quartas

Ranking da FIFA

Brasil está classificado para as quartas de final

Confronto das oitavas

Brasil está classificado para as oitavas da Copa

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

julho 6, 2014 Posted by | esportes | , , , , , , | 3 Comentários

Copa 2.014 – Brasil está classificado para semifinal

jogo histórico

Brasil e Alemanha

Seleção brasileira de futebol conseguiu hoje uma vitória com sabor de derrota para a torcida, isso porque Neymar sofreu uma fratura e está fora da Copa. Sendo Neymar uma das principais esperanças de gol do Brasil, em caso de uma partida difícil, foi uma perda muito grande.

Há muito tempo o futebol vem perdendo o glamour dos velhos tempos, tornando-se extremamente violento e afastando pessoas bem intencionadas desse esporte. O esporte favorito de mulheres e crianças em países como os EUA, vira uma luta de UFC, em torneios como a Copa do Mundo. É possível fazer uma seleção de jogadas capazes de fazer qualquer expectador de UFC ou MMA sentir calafrios.

Entretanto, apesar de Neymar ser o artilheiro do Brasil, seu rendimento estava apenas regular. Além da tietagem, romances e assédios dos fãs, jogadores da seleção sofrem com a responsabilidade que tem numa Copa, não são raros os casos de jogadores que amarelam.

O pior de uma copa é a suspeita de que certos jogadores tenham se vendido, principalmente quando começam a chutar a bola para fora. Outro problema grave é a arbitragem, por isso, é um alívio saber que a França está fora, já que o presidente da FIFA é francês.

Outro detalhe importante dessa Copa é a falta de seleções em destaque, importantes, a esperança de atuações de grandes craques como Cristiano Ronaldo também não se confirmaram.

No próximo jogo, além de não poder contar com seu maior craque, o Brasil também perde o seu capitão Thiago Silva, suspenso por causa dos dois cartões amarelos.

A vitória contra a Colômbia foi muito importante, já que foi o primeiro jogo do Brasil contra uma equipe que classificou em primeiro lugar do grupo, além do fato de a Colômbia estar invicta e jogar muito bem. A rivalidade latino-americana em relação ao Brasil já é conhecida, mas a covardia com Neymar deixa uma mágoa com los hermanos que será difícil de apagar. Primeiro foi o Chile que acertou o jogador, Neymar praticamente não jogou no segundo tempo, agora é a vez da Colômbia, mas dessa vez foi definitivo.

Cenas como essa nunca são esquecidas, nem mesmo quando é o Brasil que é o protagonista, como aconteceu contra os EUA, quando Leonardo acertou o jogador americano com o cotovelo.

História do Jogo:

Eu sempre achei que o Hulk é meio atrapalhado para atacante e que ele tem perfil de volante, função que era de Dunga. Neymar como meia, vai bem, mas eu acho que ele também poderia jogar como centroavante. Por falar em centroavante, um jogador que eu estou achando apagado na seleção é o Fred, isso é curioso, já que centroavantes são os que mais aparecem.

Se servir de consolo, todas as seleções do Brasil que jogaram bem, perderam, enquanto aquelas que não jogaram bem, venceram.

No jogo de hoje, o Brasil começou muito bem para um jogo contra uma grande seleção como a Colômbia e, principalmente num jogo de quartas de final. A seleção fez um gol logo aos seis minutos, quando o capitão Thiago Silva aproveitou o descuido da zaga e abriu o placar.

Com um gol tão precoce, parecia goleada, mas o Brasil não se empolgou. Pelo outro lado, foi como um balde de água fria no time colombiano. Com mais uma arbitragem fraca, dessa vez de um espanhol, o primeiro tempo foi violento e terminou com o placar de 1 a 0.

No segundo tempo, nada mudou, os atacantes brasileiros não apareceram, ficaram marcados, e só aos 23 minutos a rede voltou a balançar, felizmente foi outro gol brasileiro, demonstrando que o Brasil seria o melhor time das quartas. Desta vez foi David Luiz em uma cobrança de falta, o zagueiro já vinha jogando muito bem durante toda a copa.

O pênalti de Júlio César possibilitou o único gol da Colômbia, felizmente a partida já estava no final. Infelizmente, foi aí que Neymar foi atingido nas costas, sofrendo a fratura e saindo de campo demonstrando muita dor.

Concluindo:

Se é verdade que a melhor defesa é o ataque, então, o Brasil seguiu a cartilha à risca, com dois gols de zagueiros, enquanto os atacantes estavam constantemente marcados. Com a fratura de Neymar, serão os zagueiros as nossas esperanças para a final e semifinal da copa.

Jogar contra a Alemanha sem Neymar na semifinal, não será fácil, mas também não seria fácil com Neymar. O Brasil sempre teve fama por escolher jogadores por interesses, para valorizar o passe deles, muitos craques foram vítimas desse sistema, como Ronaldinho Gaúcho, Romário e até o próprio Neymar na Copa passada. Na partida contra o Chile eu já senti que Neymar teria problemas na Copa e que ele é fraquinho para jogadas mais fortes.

Agora, vamos esquecer o futebol de arte de craques como Neymar e Cristiano Ronaldo, e torcer para que nossos zagueiros façam uma boa copa, principalmente o guerreiro David Luiz. Apesar de ainda ser uma equipe perigosa, a Alemanha não vem apresentando um bom desempenho, por outro lado, o Brasil tem muita técnica, aliás, o melhor técnico do mundo. Pelo menos isso né?

By Jânio

Seleções classificadas para as quartas

Ranking da FIFA

Brasil está classificado para as quartas de final

Confronto das oitavas

Brasil está classificado para as oitavas da Copa

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

julho 5, 2014 Posted by | esportes | , , , , , , | 5 Comentários

Copa 2.014 – Seleções classificadas para as quartas

Quartas de Final

Quartas de Final

As oitavas de final da Copa do Mundo 2.014, no Brasil, não teve surpresa, mas o que faltou em surpresa, sobrou em emoção. A maioria dos jogos foram decididos na prorrogação, com exceção de Brasil e Costa Rica que se classificaram nos penaltis.

É notável a participação dos goleiros, responsáveis por parar os melhores jogadores do mundo. Por outro lado, a arbitragem deixa bem claro o jogo de elite da FIFA, querendo eliminar os estranhos no ninho, ou seja, times que eles não querem na final. Apesar de já ter ganho cinco copas, o Brasil já foi vítima da arbitragem várias vezes seguidas e, curiosamente, quando ganhou, falando da última conquista brasileira, os juízes ajudaram.

A expulsão do jogador uruguaio Suárez, deixa bem claro que eles não queriam o Uruguai na final. Sem o Suárez, o Uruguai não tinha time para a copa.

Suárez já tinha um histórico de violência e merecia ser expulso por um, duas ou no máximo três partidas. Nove partidas foi um exagero, seria melhor bani-lo das copas. Considerando que o Uruguai consiga se classificar por três copas seguidas, o que é improvável, e considerando que o Uruguai não passe da primeira fase, Suárez ficaria três copas fora, ou seja, foi banido. Merecia ser punido, sim, mas é preciso lembrar que há mordidas e mordidas. Mordiscadas é um gesto de carinho; mordidas leves ocorrem muito em brigas de mulheres; mordidas agressivas ocorrem com jogadores mimados como Suárez; a pior mordida, naturalmente, seria uma mordida como a de Mike Tyson, com o qual Suárez chegou a ser injustamente comparado.

Nenhum time teve vida fácil nas oitavas, prova disso foi que as decisões foram na maioria na prorrogação, nem mesmo as favoritas, em minha modesta opinião, França, Alemanha e Holanda, conseguiram escapar da agonia da incerteza da vitória.

A seleção considerada mais perigosa da copa e que vem construindo essa fama já há algum tempo é a Holanda, conhecida como a Laranja Mecânica, uma verdadeira máquina biológica. Mas não escapou do sufoco, já que a poderosa equipe do México teve o jogo na mão e poderia ter liquidado com o jogo, caso fizesse mais um gol.

A Colômbia foi o melhor time latino-americano até agora, com quatro vitórias seguidas, a última contra o Uruguai que sentiu a falta de Suárez. A Argentina jogou contra a Suíça como se estivesse jogando contra a melhor seleção do mundo, sofreu muito e conseguiu a classificação, mas sem convencer. Agora pega a Bélgica que, mesmo sem muita tradição em copas, foi primeira de seu grupo e, assim como a Argentina, não parece tão forte.

Apesar das críticas contra o Brasil, a verdade é que a seleção brasileira terá o caminho das pedras se quiser ganhar essa copa. Primeiro encarou a Croácia, Camarões e México na primeira fase, e não era exatamente um grupo fácil; depois foi a vez do Chile, uma equipe média, mas que levou o Brasil para os penaltis, além de tirar o melhor jogador brasileiro, Neymar, de combate, e essa foi a parte boa. Agora pega a melhor equipe latino-americana, Colômbia, será difícil vencer e, mesmo que vença, teria de enfrentar o vencedor de França e Alemanha. Eu nunca vi o Brasil preferir pegar a Alemanha, mas é o que está acontecendo agora, além de ser a seleção mais perigosa da copa, depois da Holanda, a França ainda tem o torcedor mais importante, o presidente da FIFA.

Holanda e Argentina terão partidas teoricamente mais fáceis, melhor para a Holanda, pior para a Argentina que não joga tão bem e ainda terá de pegar a própria Holanda na semi-final, caso vença.

Costa Rica já fez uma excelente campanha até aqui, conquistou muitos admiradores e não tem nada a perder contra a Holanda. A Bélgica tem uma tarefa um pouco mais fácil, já que a Argentina não joga lá essas coisas e tem uma campanha muito parecida com a Bélgica.

Levando-se em conta que são as maiores equipes de seus respectivos grupos, todas as seleções deverão ser respeitadas nas quartas de final e, teoricamente, todas são candidatas a serem campeãs, até a Costa Rica, mas só se a FIFA quiser.

RESULTADOS DAS OITAVAS DE FINAL

Brasil 3 chile 2

Colômbia 2 Uruguai 0

Holanda 2 México 1

Costa Rica 3 Grécia 2

França 2 Nigéria 0

Alemanha 2 Argélia 1

Argentina 1 Suiça 0

Bélgica 2 EUA 1

CONFRONTOS DAS QUARTAS DE FINAL

França X Alemanha

Brasil x Colômbia

Argentina x Bélgica

Holanda X Costa Rica

COPA DO MUNDO 2.014

Ranking da FIFA

Brasil está classificado para as quartas de final

Confronto das oitavas

Brasil está classificado para as oitavas da Copa

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

julho 2, 2014 Posted by | esportes | , , , , , , , | 5 Comentários

Copa do mundo 2.014 – Brasil classificado para as quartas de final

Top 8 melhores

Brasil e Chile

O gol contra do Chile, atribuído ao jogador brasileiro David Luiz, aos 17 minutos do primeiro tempo, poderia até passar a impressão de que as oitava de final da copa do Mundo de 2.014 seria fácil, mas o gol do Chile, marcado por Alexis Sánchez, aos 32 minutos, deixou claro que o jogo não seria tão fácil assim.

Eu não vou dizer que fiquei surpreso com a dificuldade do jogo, nem vou dizer que o Brasil merecia vencer, o que eu posso dizer com certeza é que o Brasil não merecia um juiz como esse. Os números mostram que o Brasil foi muito superior ao Chile, mas o juiz insistia em não marcar pênalti. No início eu achei que o juiz não queria se comprometer mas, depois que o jogador chileno tirou a bola com as mãos, eu fiquei preocupado, afinal, era um jogo de futebol e não de basquete.

O canto da torcida me deixou ainda mais preocupado, já que desde o tri-campeonato de 1.970 até o  tetra-campeonato em 1.994, foram vinte e quatro anos ouvindo “Deus é brasileiro” – Deus não deve ter gostado nada. Mas ouvir o canto ufanista “Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor…” foi demais. Eu até pensei – espero que Deus não ouça isso, poderá nos castigar por pelo menos cem anos.

Depois de tantos pênaltis não marcados pelo juiz e do gol anulado do Hulk, eu pensei – a FIFA não quer o Brasil na final. Felizmente a decisão foi nos pênaltis e, apesar de ser possível a influência do juíz nos pênaltis, como mandar voltar a cobrança, brilhou a estrela do goleiro Júlio César.

No primeiro tempo, o Brasil foi infinitamente superior e os números abaixo demonstram isso. Como o Chile ficava mais tempo com a bola, seria natural que o Brasil se cansasse, principalmente na temperatura de Minas. O Chile que já está acostumado a respirar com pouco oxigênio, em altitudes maiores, também demonstrou que não se assusta com o clima e estava muito mais forte no final do jogo.

Apesar de jogar muito bem no primeiro tempo, no segundo, o Brasil não jogou nada, principalmente o Neymar que foi atingido forte. Na prorrogação o chile também já estava cansado, aí, ficaram no empate de 1 a 1 do primeiro tempo normal de jogo.

Nos pênaltis, Júlio César conseguiu pegar o primeiro. O Chile conseguiu empatar, depois do erro brasileiro. Júlio césar teve sorte novamente, mas o goleiro chileno também, já que Hulk chutou no meio. Neymar mostrou como deve ser feito uma boa cobrança. Júlio césar se consagrou, com apenas dois gols sofridos, contra três do goleiro chileno.

O Brasil jogará, nas quartas, com o vencedor de Colômbia e Uruguai, e será mais um sofrimento latino-americano. A Colômbia acaba de vencer o Uruguai por 2 a 0 e está invicta.

BRASIL X CHILE

Gols marcados

David Luiz (camisa 4) 18′

Alexis Sánchez (camisa 7) 32′

Estatísticas da equipe

23 Finalizações 13

13 Finalizações a gol 05

28 Faltas 23

49% Posse de bola(%) 51%

09 Escanteios 05

04 Defesas 12

02 Impedimentos 03

04 cartões amarelos 03

By Jânio

COPA DO MUNDO 2.014

Confronto das oitavas

Brasil está classificado para as oitavas da Copa

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

junho 28, 2014 Posted by | esportes | , , , , , , , | 7 Comentários

Copa do mundo 2.014 – Confrontos das oitavas

Esperança Brasileira

Esperança Brasileira

Depois da terceira rodada, que encerrou a primeira fase da Copa do Mundo no Brasil, classificando dezesseis times para as oitavas de final, ficou claro que faltou brilho, como ocorreu em outras copas do mundo. Vamos analisar apenas as campanhas do Brasil e os principais fatos:

01 – Em 1.978 o Brasil foi eliminado na fase classificatória, depois de uma derrota muito suspeita do Peru, o que deixou o Brasil fora por saldo de gols. Durante muito tempo, frango de goleiro passou a ser chamado de peru, devido a armação do Peru para tirar o Brasil fora.

02 – Em 1.982 foi a vez de Toninho Cerezo falhar na marcação de Paulo Rossi e deixar a super-seleção brasileira de Telê fora da copa. O Brasil atacava demais e deixava a defesa vulnerável.

03 – Apesar do Brasil ter perdido a copa de maneira suspeita em 82, Telê Santana foi chamado novamente para comandar a equipe em 86 e, novamente, optou por um time ofensivo. Sobravam atacantes e faltavam zagueiros e laterais na marcação. Resultado: o Brasil foi eliminado pela França, com zico perdendo pênalti – curiosidade: Zico entrou para a história como um dos maiores batedores de faltas do mundo, além de outras qualidades. Miller ficou famoso por perder gols praticamente feitos e, assim como Telê, era campeão mundial de clubes pelo São Paulo, por isso estava na seleção.

04 – Lazaroni põe fim ao time ofensivo e de futebol arte, foi a primeira copa onde o Brasil optava por marcação forte, retranca e jogadas individuais da dupla Romário e Bebeto. O Brasil foi bem até jogar contra a Argentina que tinha o maior jogador do mundo, Maradona, foi assim que o Brasil foi eliminado. Maradona, Batistuta e Canídia, foram demais para a retranca de lazaroni. Dunga até que tentou, mas não deu.

05 – Em 1.994, muita gente chegou a pensar que Parreira acabaria com o sistema de retranca, mas não foi bem assim, Parreira jogou com o mesmo time de Lazaroni, ou seja, retranca. Com oito atrás e dois na frente, o Brasil tinha Romário e Bebeto no auge da carreira, além de laterais experientes tanto na marcação, como foi o caso de Branco, como no ataque, como foi o caso de Cafu. Apesar de um tropeço, salvo pela cobrança potente de Branco, o time foi muito bem até a última partida, quanto ganhou por penaltis contra a Itália.

06 – Em 1.998, foi o ano em que Ronaldo foi acusado de ter amarelado. Havia uma grande expectativa em cima do maior jogador do mundo, mas o Brasil sofreu uma goleada da França, coisa rara de acontecer. Zidane foi o carrasco francês, depois da goleada de 3 a 0 sobre o Brasil

07 – Depois da vergonha em 2.002, o Brasil voltou com tudo. Ronaldo já começava a engodar, mesmo assim, foi uma peça fundamental no trio RRR (Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho). Rivaldo foi o grande destaque, executando uma das funções mais difíceis do futebol, ligar a defesa ao ataque. O Brasil conquistava o pentacampeonato com um dos melhores ataques da história.

08 – As copas de 2.006 tinha o ego de Zagalo, que foi o responsável por barrar Romário, segundo as fofocas, justamente aquele Romário que ganhou a copa de 94, ao lado de Bebeto e Cia. A seleção perdeu os craques e a copa.

09 – Dunga assumiu o comando da seleção, depois de ficar conhecido como um dos maiores marcadores da história. O volante Dunga foi encarregado de marcar Maradona em 1.990. Como técnico não teve sucesso, com vários jogadores lesionados em campo, a seleção fracassou.

10 – O Brasil não tem uma grande seleção na copa de 2.014, mas nenhuma país tem, além disso, o Brasil tem o melhor técnico do mundo e isso pode fazer a diferença.

Os grande times até agora são a Holanda e França, mas, no caso da França, golear Honduras e empatar com o Equador demonstra que o time está longe de sua melhor fase, com Zidane. O empate da Alemanha com Gana levanta suspeitas sobre a sua capacidade.

Brasil e Argentina não estão tão bem mas são times a ser considerados, principalmente por seus grandes atacantes, Neymar e Messi. A Costa Rica é a revelação desta copa e passa a ser um time a ser batido, depois de deixar os campeões mundiais para traz no grupo da morte.

Um dos maiores jogos das oitavas, pelo menos na minha opinião, será o jogo da Holanda e México. A Holanda com sua tradição de time ofensivo, contra o futebol latino, que faz história com o futebol de marcação e retranca.

PRIMEIRA FASE

GRUPO A

Brasil 3 Croácia 1
México 1 Camarões 0
Brasil 0 México 0
Camarões 0 Croácia 4
Brasil 4 Camarões 1
Croácia 1 México 3

GRUPO B

Espanha 1 Holanda 5
Chile 3 Austrália 1
Austrália 2 Holanda 3
Espanha 0 Chile 2
Austrália 0 Espanha 3
Holanda 2 Chile 0

GRUPO C

Colômbia 1 Grécia 0
Costa do Marfim 2 Japão 1
Colômbia 2 Costa do Marfim 1
Japão 0 Grécia 0
Japão 1 Colômbia 4
Grécia 2 Costa Rica 1

GRUPO D

Uruguai 1 Costa Rica 3
Inglaterra 1 Itália 2
Uruguai 2 Inglaterra 1
Itália 0 Costa rica 1
Itália 0 Uruguai 1
Costa Rica 0 Inglaterra 0

GRUPO E

Suíça 2 Equador 1
França 3 Honduras 0
Suíça 2 França 5
Honduras 1 Equador 2
Honduras 0 Suíça 3
Equador 0 França 0

GRUPO F

Argentina 2 Bósnia 1
Irã 0 Nigéria 0
Argentina 1 Irã 0
Nigéria 1 Bósnia 0
Nigéria 2 Argentina 3
Bósnia 3 Irã 1

GRUPO G

Alemanha 4 Portugal 0
Gana 1 EUA 2
Alemanha 2 Gana 2
EUA 2 Portugal 2
EUA 0 Alemanha 1
Portugal 2 Gana 1

GRUPO H

Bélgica 2 Argélia 1
Rússia 1 Coréia do Sul 1
Coréia do Sul 2 Argélia 4
Bélgica 1 Rússia 0
Coréia do Sul 0 Bélgica 1
Argélia 1 Rússia 1

OITAVAS DE FINAL

Brasil X Chile – Sábado, 28 de Junho, 13:00 hrs
Colômbia X Uruguai – Sábado, 28 de Junho, 17:00 hrs
Holanda X México – Domingo, 29 de Junho, 13:00 hrs
Costa Rica X Grécia – Domingo, 29 de Junho, 17:00 hrs
França X Nigéria – Segunda-feira, 30 de Junho, 13:00 hrs
Alemanha X Argélia – Segunda-feira, 30 de Junho, 17:00 hrs
Argentina X Suíça – Terça-feira, 01 de Julho, 13:00 hrs
Bélgica X EUA – Terça-feira. 01 de Julho, 17:00 hrs

By Jânio

Brasil está classificado para as oitavas da Copa

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

junho 27, 2014 Posted by | esportes | , , , , , , | 8 Comentários

Brasil está classificado para as oitavas de final

holanda vs espanha

Grande Final

Depois de vencer Camarões por 4 a 1, seleção brasileira se classifica para as oitavas de final, dando o primeiro passo para a sexta conquista do mundial. O time não tem demonstrado brilhantismo durante o torneio, mas também não tem enfeitado tanto, o que é bom. Apesar da falta de espetáculo nos jogos do Brasil, com exceção da Holanda e França, nenhum time se destacou muito. A Argentina, por exemplo, está com 100% de aproveitamento, mas o placar não convence muito. Pior são os campeões mundiais que cometeram vexames, como a Itália e a Espanha. O Uruguai até que conseguiu se recuperar, pior para a Inglaterra, mais um campeão caído.

No jogo de hoje, Neymar foi o jogador que fez a diferença, poderíamos até dizer que o time teve Neymar e mais dez. Isso demonstra que o time de camarões não estava com medo do Brasil, chegando inclusive a jogar de igual para igual no primeiro tempo, o que deu ainda mais importância aos dois gols feitos por Neymar. No segundo tempo, Camarões partiu para cima, e a imagem do ataque de Camarões dentro da grande área do Brasil tornou-se frequente e incômoda.

Além do jogar, o Brasil ainda tinha que torcer para o México não ganhar da Croácia. A torcida sofreu, já que o México demonstrou não só que sabe marcar, mas que também sabe fazer gols. Depois do empate sem gols com o Brasil e da fraca vitória contra Camarões em 1 a 0, o México deixou o melhor para a final, goleando a Croácia por 3 a 1. A goleada não surpreendeu tanto, já que o Brasil venceu pelo mesmo placar de 3 a 1. Temos que dar os créditos também para a Croácia que soube demonstrar a filosofia do criador do futebol, “o importante é competir”, assim como Camarões que, assim como a Croácia, jogou até o fim, inclusive com menos faltas que o Brasil.

Ironicamente, a retranca do México contra o Brasil e Camarões acabou deixando a equipe mexicana em segundo lugar no grupo. Por outro lado, as duas goleadas do Brasil contra a Croácia e Camarões foram suficientes para garantir o primeiro lugar no grupo e evitar o time da Holanda que, ao lado da França, é um perigo para quem quer vencer o torneio.

O primeiro gol do Brasil foi feito por Neymar, aos 17 minutos. Com um gol logo no início do jogo, a partida parecia que seria fácil, mas não foi, Camarões empatou em seguida, logo aos 26 minutos do primeiro tempo. O Brasil não se abateu com o empate e Neymar fez o segundo gol, talvez o mais importante gol brasileiro, aumentando o placar para dois a um. Fred fez o terceiro gol brasileiro, depois do cruzamento de David Luiz. O reserva Fernandinho entrou e fez o quarto gol brasileiro aos 39 minutos de jogo, fechando a goleada de 4 a 1 sobre a seleção de Camarões.

A próxima partida contra o Chile não será fácil, mas dá para ganhar, difícil será para o México enfrentar a poderosa equipe da Holanda.

Na última copa, o Brasil só sentiu o peso da responsabilidade nas quartas de final, quando o time já não pegava o segundo do outro grupo mas, sim, o vencedor das oitavas. È nas quartas de final que os times começam a demonstrar quem é realmente melhor.

As semi-finais, por exemplo, poderiam ser definidas como batalhas de titãs.

Estatísticas de Camarões e Brasil

12 Finalizações 19

06 Finalizações a gol 18

14 Faltas 19

46% Posse de bola (%)54%

06 Escanteios 07

14 Defesas 05

01 Impedimentos 03

By Jânio

Resultados da primeira rodada da Copa

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

junho 24, 2014 Posted by | esportes | , , , | 9 Comentários

Resultados da primeira rodada da Copa

Futebol

A segunda rodada mal começou e as emoções já começaram na Copa do Mundo de 2.014: alguns times começam a tropeçar, outros reagem e a tristeza de ser eliminado logo na fase classificatória. Há até quem diga que a Copa realmente só começa nas oitavas, quando começa o mata-mata, ou jogos eliminatórios.

O que eu poderia dizer neste segundo dia da segunda rodada é que a Holanda está impossível, proporcionando o seu segundo espetáculo. Contudo, esta segunda goleada apresentou um pequeno detalhe: quem faz muito gol, também leva muito gol ou, em termos técnicos, quem joga no ataque, fica menos defensivo. A Holanda fez três, é verdade, mas também levou dois, e isso é preocupante numa fase classificatória, principalmente porque a Austrália é o segundo time a ser eliminado, depois da Espanha. O mais interessante é que o melhor jogo desse grupo vai ficar para o final, ou seja, Chile e Holanda, ambas com seis pontos e duas vitórias, disputarão quem pega o primeiro e o segundo do grupo do Brasil, que leva a crer que será disputado entre Brasil e México. Dependendo da situação, pode ser melhor perder que ganhar a terceira rodada.

Ainda é cedo para falar dos outros grupos, o que se pode dizer é que a goleada da Alemanha sobre Portugal foi inesperada, principalmente para Cristiano Ronaldo. A França goleou Honduras por três a zero, mas Honduras não é exatamente uma potência do futebol mundial.

Até o momento, a goleada da Costa Rica sobre o Uruguai ainda é o fato histórico desta Copa. Entretanto, a eliminação da Espanha, campeã da Copa da África do Sul 2.010, é a maior decepção e a maior tristeza. A Copa sem a Campeã não será a mesma.

Depois de perder para o Brasil de goleada, 3 a 1, a reação da Croácia, goleando o Camarões por 4 a 0, traz mais emoção para o grupo A. Como o México só conseguiu 1 a 0 contra Camarões, com seu esquema de retranca, poderá ter problemas com a Croácia que pode se classificar se ganhar do México. Serão duas estratégias completamente diferente para a terceira rodada, valendo a classificação e até o primeiro lugar, caso o México ganhe de goleada e o Brasil não consiga golear.

O Brasil ficou muito tranquilo, já que Camarões já está eliminado. Só uma caixa branca faria o time de Camarões jogar seriamente contra o Brasil. Caso o Brasil vença de goleada, o Brasil garante o primeiro lugar do grupo e fica torcendo para a Holanda vencer o Chile, já que nenhuma das duas equipes querem se enfrentar antes da final.

By Jânio

GRUPO A

Brasil 3 Croácia 1
México 1 Camarões 0
Brasil 0 México 0
Camarões 0 Croácia 4

GRUPO B

Espanha 1 Holanda 5
Chile 3 Austrália 1
Austrália 2 Holanda 3
Espanha 0 Chile 2

GRUPO C

Colômbia 1 Grécia 0
Costa do Marfim 2 Japão 1

GRUPO D

Uruguai 1 Costa Rica 3
Inglaterra 1 Itália 2

GRUPO E

Suíça 2 Equador 1
França 3 Honduras 0

GRUPO F

Argentina 2 Bósnia 1
Irã o Nigéria 0

GRUPO G

Alemanha 4 Portugal 0
Gana 1 EUA 1

Grupo H

Bélgica 2 Argélia 1
Rússia 1 Coréia do Sul 1

Copa do mundo do Brasil 2.014

Brasil empata com o México

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

junho 19, 2014 Posted by | esportes | , , , , , | 10 Comentários

Brasil empata com o México em 0 a 0 na copa

primeiro jogo

Brasil Vence

Brasil empata com o México no estádio do Castelão, em Fortaleza, e demonstra suas falhas e dificuldades em jogar contra marcação forte e boas defesas. É claro que o clima do Nordeste influenciou muito, assim como em outros jogos. Irã e Nigéria enfrentaram uma situação parecida: acostumados ao clima quente, enfrentaram o frio de Curitiba e deu no que deu, 0 a 0.

O Brasil começou arrasador, jogando muito e com Neymar mostrando porque é um dos maiores atacantes do mundo. Entretanto, o juiz deixou o jogo correr e o México aproveitou para fazer faltas e parar Neymar, isso mudou o panorama do jogo.

Mesmo sendo castigado pelas faltas, o time continuou insistindo nas jogadas rápidas e pressão no ataque. O México praticamente não jogou no primeiro tempo, pelo menos na minha opinião.

No segundo tempo o Brasil caiu de rendimento, o clima pesou e o México apertou ainda mais a marcação, chegando a um ponto em que o Brasil se perdeu completamente em campo, ficou irreconhecível. A partir desse momento, o Brasil já começava a pensar em não perder o jogo.

Entretanto, o time foi se adaptando e voltou a criar jogadas de perigo contra o México, e o Brasil só não fez no mínimo dois gols porque Ochoa, goleiro do México, é muito bom.

De modo geral, o jogo foi assim. O Brasil jogou sob pressão das faltas toleradas pelo juiz, contra o bom goleiro do México e também contra a alta temperatura do Nordeste.

A seleção brasileira já sabia que seria assim, já que o México ganhou de Camarões por 1 a 0, deveria ter se preparado para essa situação. O problema é que o time é inexperiente e, apesar de ter grandes jogadores na Europa, não tem experiência em Copas do Mundo. Se alguém me perguntasse quem são os jogadores da seleção brasileira, eu só me lembraria do goleiro e de Neymar. Apesar de outros jogadores terem se destacado, principalmente no jogo passado, contra a Croácia, não há nenhum jogador experiente, como ocorreu na Copa de 94, quando tínhamos Branco, Cafu, Taffarel, Bebeto, Romário, Dunga e, a maioria, já vinha jogando junto desde as Olimpíadas.

Quando o Brasil foi Pentacampeão, tínhamos Rivaldo, melhor jogador do mundo uma vez; Ronaldo, melhor jogador do mundo duas vezes, além de manter jogadores experientes, como Ronaldinho Gaúcho e os laterais Roberto Carlos e Jorginho.

Por falar em laterais, cada vez que os laterais brasileiros pegavam na bola, haviam três jogadores mexicanos na marcação, demonstrando que o México não jogava para vencer mas, sim, para se classificar. Se o Brasil tivesse feito um gol, o México teria de sair, aí, o jogo seria totalmente diferente.

Essa marcação forte nos ataques do Brasil pelas laterais, deixa bem claro a dificuldade do Brasil em inverter jogadas e em fazer lançamentos a longa distância. A seleção brasileira demorava muito para pensar e não conseguia nem fazer o básico, como tocar a bola no ataque, já que o México forçava muito as faltas e inevitavelmente criaria situações de perigo. Aqui, fica claro outro problema do Brasil: falta de bons cobradores de faltas.

Ainda não sabemos qual seria a reação da seleção diante das duas equipes mais fortes até agora, Alemanha e Holanda, e o pior é que a seleção vai ter de cruzar com essas equipes antes da final.

Pelo outro lado, tudo parece mais fácil: a Argentina não jogou como se esperava e a Rússia também não, ou seja, tudo leva a crer que a outra semi-final será muito fraca. principalmente se for na temperatura do Nordeste.

By Jânio

Placar dos primeiros jogos da Copa

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

 

junho 18, 2014 Posted by | esportes | , , , , | 11 Comentários

Placar dos primeiros jogos da Copa

Nações da Copa

A primeira rodada da Copa do Mundo do Brasil de 2.014 ainda está na metade, apenas quatro grupos participaram, mas as surpresas já surgiram. Isso é curioso porque ainda estamos na fase classificatória do torneio, ou seja, uma derrota ainda não significa desclassificação imediata. O que todo mundo concorda é que as novas estrelas ainda não brilham tanto quanto brilhariam fora da copa.

Apesar de ninguém ter entendido o massacre sofrido pela Espanha diante da Holanda, uma goleada capaz de abater qualquer equipe, já que nem os países com menos tradição sofrem goleadas tão notáveis, eu tenho a minha própria teoria: o clima do Brasil.

Apesar de o Brasil ser muito conhecido pelo seu clima ameno do Sul e Sudeste, onde até há pouco tempo circulavam as maiores riquezas e investimentos, o país é muito maior no Norte, e nem precisa ser um bom observador para notar isso. E é no Norte também que as temperaturas aumentam, principalmente no meio do dia, com o Sol forte.

Por outro lado, a Holanda já deixou suas marcas em nossa história, naquela região, isso poderia explicar a resistência desse time europeu em Salvador. Vejam o caso da Costa Rica, outro país acostumado com esse clima e que foi beneficiado por isso, além de saber jogar bola, é claro. Pior para o Uruguai que veio das terras frias do Sul para amargar uma derrota surpreendente.

Costa Rica em primeiro lugar no grupo da morte poderia eliminar prováveis adversários do Brasil para a final, já que o Brasil já está acostumado com esse calor, apesar do caminho ser longo.

Agora o Brasil pega o México e, pelo placar de 1 a 0, o México demonstra apresentar uma estratégia defensiva, o que poderia complicar a vida do Brasil. Mas, tudo bem, o Felipão sabe como preparar uma boa marcação e pode se defender bem também. Além disso, apesar de eu não ter visto o jogo do México, o Brasil tem um ataque razoável, já que Neymar chama muita marcação, deixando os outros livres.

Fazer um bom jogo contra o México será muito importante para o Brasil, já que Camarões possui um futebol diferente e imprevisível, pelo fato de ser da África, mesmo com seus jogadores atuando na Europa.

Entre os latino-americanos, só o Uruguai decepcionou até agora. Fora da América, a decepção ficou por conta da Espanha, fora isso, o futebol é coisa de latino ainda.

Um jogo que ainda é aguardado com muita espectativa nessa primeira rodada é a partida entre a Alemanha e Portugal. Rússia e Coréia do Sul também desperta interesse, apesar do futebol ser uma caixinha de surpresas em qualquer jogo, principalmente em um Copa do Mundo.

A maior goleada esperada nessa rodada será entre a Argentina e a humilde Bósnia que já reconheceu que o importante é participar.

Não dá para entender como o Japão, depois de ter o jogo totalmente controlado no primeiro tempo, leva dois gols em dois minutos. Assim não dá para ganhar uma Copa do mundo, não é mesmo?

Resultado dos quatro grupos na primeira rodada:

GRUPO A:

Brasil 3 Croácia 1
México 1 Camarões 0

GRUPO B

Espanha 1 Holanda 5
Chile 3 Austrália 1

GRUPO C

Colômbia 1 Grécia 0
Costa do Marfim 2 Japão 1

GRUPO D

Uruguai 1 Costa rica 3
Inglaterra 1 Itália 2

By Jânio

Copa do Mundo no Brasil 2.014

Cientistas pesquisam a derrota da Espanha para Holanda

Brasil vence Croácia por 3 a 1

junho 15, 2014 Posted by | esportes | , , , , , | 12 Comentários

Cientistas pesquisam derrota da Espanha para Holanda

Brasuca

Alguém pode explicar por que a Espanha perdeu o jogo dessa forma para a Holanda? Física, psicologia, aerodinâmica: apresentamos as melhores pesquisas científicas e descobertas relacionadas ao futebol como um todo e, especificamente, sobre a copa do mundo.

01 – Decadência das estrelas do time

Pesquisadores franceses, que publicaram seu trabalho na revista “Psychological Science”, descobriram que a ‘equipe dos sonhos’, composta de estrelas, muitas vezes mostra resultados fracos. Sua pesquisa foi importante não só para o futebol, mas também para o esporte de equipe, em particular no que se refere à National Basketball Association (NBA).

Os cientistas afirmam que as estrelas coordenam suas ações de forma errada, eles tendem a agir por conta própria, o que resulta em desastre para toda a equipe.

De acordo com esses psicólogos franceses, é provável que as equipes formadas por estrelas do futebol abandonem a copa já no início. No entanto, os pesquisadores não especificaram quais eram as equipes. Após a humilhante derrota da Espanha contra a Holanda, ficou mais fácil de entender.

02 – Jogo Browniano

Cientistas japoneses, cujo trabalho foi publicado na revista “European Physical Journal B”, demonstraram que um jogo de futebol é semelhante ao movimento browniano, movimento aleatório de partículas muito pequenas de matéria sob a influência de colisões de moléculas.

Primeiro na teoria, depois na prática, os cientistas foram capazes de demonstrar que no futebol, assim como no movimento browniano, não podemos prever nada depois de algumas dezenas de segundos.

Segundo os pesquisadores, isso mostra claramente a vantagem do futebol sobre outros tipos de esportes: como hockey, basquete, beisebol, etc.

03 – Brazuca no túnel de vento

Pesquisadores australianos estudaram a capacidade da bola oficial da Copa, a Brazuca. Além disso, em comparação com a Jabulani na África do Sul, ambas fabricadas pela Adidas.

Como resultado, foi descoberto que a bola anterior fazia um percurso imprevisível. Os pesquisadores colocaram a Brazuca no túnel de vento por quase um mês e descobriram que ela era muito mais adequada para o futebol que sua antecessora.

Segundo os cientistas, a ranhura na superfície da Brazuca proporciona uma coincidência na trajetória do vôo da bola com a direção do impacto. Então, agora será mais fácil para os atacantes acertar o alvo.

Fonte: RT-TV

Brasil vence Croácia por 3 a 1

 

junho 15, 2014 Posted by | esportes | , , , | 13 Comentários

Brasil vence a Croácia por 3 a 1 no primeiro jogo

Grupos da morte

Copa do Mundo 2.014

Arena do Corinthians, o Itaquerão, começa a fazer a sua história no futebol mundial.

Ao sediar a abertura da Copa do Mundo do Brasil de 2.014, o estádio do Corinthians não poderia receber (e dar) um presente maior que uma vitória do Brasil para a torcida brasileira.

A Croácia parecia uma incógnita, alguns lembravam o fato do time não ter história em copas do mundo, outros lembravam o fato da Croácia ter alguns dos melhores jogadores do mundo, inclusive no futebol espanhol. Entretanto, se comparado com as outras seleções, inclusive com a Suécia, que foi eliminada por Portugal, a Croácia parecia menos perigosa.

O problema é que Copa é Copa, e jogo de copa do mundo vira uma batalha em campo, inclusive por parte de jogadores brasileiros que deixaram de ser “santinhos” há muito tempo e, assim como os jogadores, os técnicos também mudaram. Lazaroni, Parreira, Felipão, todos seguem uma filosofia bem diferente do Brasil do passado no futebol. Essa adaptação talvez tenha ajudado o Brasil que voltou a ganhar copas do mundo depois de mais de vinte anos, inclusive com jogadores e técnicos na Europa, conhecendo de perto o futebol e as regras internacionais.

Uma coisa não mudou: o Brasil continua jogando melhor quando está ganhando e, especificamente falando sobre o jogo desta quinta-feira, o Brasil levou um gol logo no início da partida, aos onze minutos, pior, gol contra de Marcelo, e isso pode ter acordado o time para o jogo.

Aos 21 minutos, Neymar recebeu a bola de Oscar, outro jogador que começava a escrever o seu nome na copa, e marcou o primeiro gol do Brasil, empatando o jogo e aliviando o jogo no intervalo de jogo.

Aos 71 minutos de jogo, o Brasil sofreu pênalti e Neymar recebeu a responsabilidade de decidir o destino do Brasil no jogo, e demonstrou maturidade, apesar do pênalti não ter sido tão bem batido. Goleiro conseguiu confundir a cabeça de Neymar que preferiu chutar na certeza, sem categoria mas na segurança. O goleiro chegou a tocar na bola e quase defendeu.

O terceiro gol do Brasil também não foi um gol para ser estudado ou cantado em prosa e versos. O gol foi de bico e deixou bem claro o espírito da copa, Oscar se consagrava como o grande nome do jogo.

Outro jogador que demonstrou sua força de vontade de vencer foi David Luiz, o “moleque” jogou que nem gente grande e se consagrou.

Infelizmente, jogadores consagrados como Hulk, deixaram a desejar, talvez até devido as características do time adversário.

Com exceção do gol contra de Marcelo, eu não vi grandes erros na seleção, e isso é bom, entretanto, a dificuldade do Brasil em penetrar a defesa adversária já está se tornando clássica, e isso não é nada bom. Contudo, jogo da copa é assim mesmo.

O Brasil não possui as grandes estrelas, como nas copas anteriores, assim como as outras seleções não tem nomes que possam garantir a taça. Seria bom ter um bom batedor de falta, como o Branco, um malandro, como Romário, um jogador veloz como Cafu, ou um tanque de guerra com canhão e tudo, como o Rivaldo, mas esse é o time que o Brasil tem, e o melhor é o Felipão, esse é o melhor da história, ganhando ou perdendo.

O estilo Felipão, respeitando o adversário, marcação forte na defesa, pode evitar vexames e o time deve evoluir a medida que a torneio avança, mas ainda é cedo para dizer até onde o time merece chegar, ainda é preciso conhecer os adversários.

Gols marcados pelo Brasil

Neymar 21′

Neymar 71′

Oscar 91′

Gol marcado pela Croácia

Marcelo – 11′ – gol contra

Estatísticas

Brasil e Croácia

14 – Finalizações – 10

09 – Finalizações a gol – 04

05 – Faltas – 21

59% – Posse de bola – (%)41%

07 – Escanteios – 03

04 – Defesas – 06

01 – Impedimentos – 0

0 – Cartões vermelhos – 0

02 – Cartões amarelos – 02

By Jânio

A história da Copa de 2.010

Apesar da Argentina, Holanda pode ser pior

Brasil vence e avança para as quartas de final

Times classificados para semifinais na Copa da África do Sul

Espanha vence a Holanda e conquista título inédito

Decididos primeiros confrontos das oitavas de final na copa de 2.010

junho 13, 2014 Posted by | esportes | , , , , , | 14 Comentários

Conselhos para quem vai assistir a Copa nos estádios

grande classe média

Classe Popular

A International Sports Press Association (AIPS) publicou um guia de instruções para os representantes da mídia que irão cobrir a Copa do Mundo no Brasil, informa o jornal “Rossiyskaya Gazeta. Este guia também será útil para todos os torcedores que viajarem para este torneio.

01 – O mais importante: Não oferecer nenhuma resistência aos assaltos e entregar aos ladrões todos os objetos de valor que eles pedirem. Na medida do possível, recomenda-se não levar objetos de valor, vestir-se de maneira simples e não usar celulares nas ruas, ou seja, qualquer coisa que possa atrair a atenção de criminosos.

02 – Não se distrair nas ruas, nem use capacetes ou fones de ouvidos, o que poderia tirar a sua concentração.

03 – Tenha cuidado ao usar caixas eletrônicos, especialmente em aeroportos. Em muitos caixas os ladrões instalaram leitores de cartões para roubar dados e para poder cloná-los.

04 – Mantenha-se alerta quando você sair à noite: não perca de vista seus objetos pessoais, durante as refeições e festas em bares e restaurantes (telefones, casacos, bolsas, carteiras, etc.). Evite beber demais!

05 – Evite passear pelas praias e parques depois do por do sol.

06 – Exceto no momento do credenciamento, não leve consigo o passaporte, só a fotocópia. Deixe o documento no cofre do hotel.

07 – Deixe os cartões bancários e a maior parte de seu dinheiro em um lugar seguro. Mantenha na carteira apenas uma quantidade mínima para usar cada dia, e que será suficiente para satisfazer os infratores.

08 – Limite-se a caminhar pelas ruas principais. O bem-estar e a pobreza convivem no Brasil. As ruas mais perigosas podem estar ao lado das mansões dos ricos. Se ficar numa rua distante das avenidas principais, poderá encontrar coisas desagradáveis.

09 – Nos aeroportos, utilize apenas Táxis de empresas oficiais. Pergunte por eles na recepção.

10 – Cuidado com os bandidos em locais públicos e transportes.

11 – Tente não dirigir à noite. Evite ficar sozinho no carro.

12 – Situações perigosas podem ocorrer ao virar a esquina. Antes de entrar em casa, certifique-se de estar sozinho, dentro e fora de casa. Os “muy amigos” podem estar à sua espera em qualquer lugar do hotel.

13 – Para evitar ser vítima de fraudes na Internet, todos, tanto os jornalistas como os fãs de jogadores, devem ser cautelosos ao se conectar às redes Wi-Fi públicas. O Brasil é o segundo país em número de roubos pela Internet.

14 – Não use laptops, i-pads e i-phones no banco de trás do táxi. Alguns ladrões utilizam motos à procura de vítimas durante congestionamentos.

15 – Evite o roubo em estádios, já que os ladrões podem obter credenciais para as partidas. Roubos em estádios é um problema generalizado na America Latina.

Após estes conselhos, só resta desejar a todos que assistam a copa do mundo e consigam voltar para casa sãos e salvos.

Fonte: RT-TV

O Brasil é o melhor país para investir

O país rico mais pobre

Países mais ricos do mundo

junho 8, 2014 Posted by | Reflexões | , , , , | 3 Comentários

Os três grupos da morte da Copa do mundo

Grupos da morte

Copa do Mundo 2.014

Na costa do Sauipe, Brasil, foram escolhidas as equipes que se enfrentaram na Copa do Mundo Brasil de 2.014.

Os responsáveis pelo sorteio foram: Hurst, Mario Kempes, Cannavaro, Matthäus, Zidane, Hierro, Cafú e Ghiggia.

Os três grupos da morte

O sorteio da Copa do Mundo no Brasil teve um resultado inesperado, Afinal não é comum em um final de sorteio de Copa, formarem três “grupos da morte”.

O Grupo B abrirá o torneio com uma partida que reeditará a final da Copa da África do Sul em 2.010, entre a atual campeã, Espanha, contra o atual vice, Holanda, ambos com um nível altíssimo. Enquanto isso no Chile, seleção dirigida por Jorge Sampaoli, eleito o melhor treinador nas eliminatórias sul-americanas, em seu melhor momento. O grupo B completa com a Austrália.

O grupo D é composto por três equipes que já conseguiram a cobiçada Taça do mundo: Uruguai (2 vezes), Itália (4 vezes) e Inglaterra (campeã um vez, em 1.966). O sorteio não foi generoso com a seleção da Costa Rica que entrou nesse grupo.

No grupo G, também são esperados grandes duelos, como o que enfrentará a tricampeã Alemanha, uma das seleções favoritas para ganhar a competição, com o combinado português de Cristiano Ronaldo, que se encontra, segundo o ele próprio reconheceu, em seu nível mais alto na carreira. Vale lembrar que Portugal teve que jogar a repescagem contra a Suécia, para garantir passagem para a Copa. Foram quatro gols portugueses que tiraram do mundial a seleção de Zlatan Ibrahimovic.

O grupo G se completa com a sempre competitiva seleção de Ghana contra os Estados Unidos, cujo técnico Juergen Klinsmann levou a seleção alemã a Copa do Mundo de 2.006.

Relação completa dos clubes:

Grupo A:

Brasil
Camarões
México
Croácia

Grupo B

Espanha
Chile
Austrália
Holanda

Grupo C:

Colômbia
Costa do Marfim
Japão
Grécia

Grupo D:

Uruguai
Itália
Costa Rica
Inglaterra

Grupo E:

Suíça
Equador
Honduras
França

Grupo F:

Argentina
Nigéria
Irã
Bósnia Herzegovina

Grupo G:

Alemanha
Gana
EUA
Portugal

Grupo H:

Bélgica
Argélia
Coréia do Sul
Rússia

A Copa do Mundo FIFA Brasil 2.014 será a XX edição da competição internacional, que se celebrará no Brasil entre 12 de junho e 13 de julho do próximo ano. Será a segunda vez que este país sul-americano recebe este evento. A primeira foi a Copa do Mundo de 1.950.

Alguns dias atrás, a bola do mundial, apelidada de “Brazuca”, brilhou nos estúdios da RT. A mascote do campeonato será o Tatu.

Fonte: RT-TV

dezembro 7, 2013 Posted by | esportes | , , , , , | Deixe um comentário

Estádio de abertura da Copa desaba

Publicidade Brasileira

Desabamento do Estádio

Pelo menos duas pessoas morreram quando um guindaste desabou durante trabalhos de construção de estádio em São Paulo, que irá sediar a cerimônia de abertura da Copa do Mundo de Futebol.

Segundo o Associated Press, parte do teto do estádio, que sediará a primeira partida da Copa, veio abaixo em consequência do impacto.

A polícia brasileira confirmou as mortes e indicou que o número de mortes poderá ser maior.

A finalização do estádio do Corinthians, com capacidade para 68 mil espectadores, estava prevista para finais de dezembro, a fim de cumprir o prazo fixado pela FIFA.

Estádio da Copa

Estádio do Corinthians

A televisão local transmitiu imagens da estrutura metálica que desabou e os destroços causados em uma parte da arquibancada do lado leste do estádio, que estava 94% pronto.

De acordo com os bombeiros, o acidente ocorreu quando os trabalhadores estavam se preparando para instalar a última parte da cobertura do estádio, cuja construção custará cerca de 370 milhões de dólares.

O Sport Club Corinthians Paulista, dono do estádio, planejava realizar sua primeira partida em 25 janeiro para comemorar os 460 anos da cidade de São Paulo.

A mídia brasileira informou que os guardas e funcionários do Corinthians agrediram um repórter que cobria o acidente e o obrigaram apagar toda a reportagem feita.

Fonte – RT-TV

Ricardo Teixeira e a justiça

 

novembro 28, 2013 Posted by | curiosidades | , , , , | 1 Comentário

Palmeiras vence o Coritiba na Copa Brasil

palmeiras_x_coritiba

Que o futebol é uma caixinha de surpresas, todo mundo já sabe mas, nos últimos tempos tem se tornado muito complexo e cruel para os jogadores, um bom exemplo disso foi o último mundial disputado pelo Santos.

O time do Palmeiras tem uma equipe muito boa e está aproveitando a Copa do Brasil para conseguir sua vaga para a Libertadores da América, mas não é só isso, a Copa do Brasil é muito popular também.

Para conseguir essa vaga, o Palmeiras conseguiu uma boa vitória contra o Coritiba, em casa, e pode até perder por um gol de diferença para ser campeão.

Seria fácil, se não fosse o retrospecto do Coritiba, que eliminou grandes equipes em seu estádio. Além disso, o time paranaense demonstrou um grande futebol contra o Palmeiras, mesmo perdendo por dois a zero.

Durante todo o primeiro tempo, o time atacou e jogou melhor mas pagou pela lógica do futebol.

Segundo a lógica do futebol, quem não faz toma, e foi isso o que aconteceu com o time do Coritiba. Depois de atacar tanto, acabou cometendo um penalti aos quarenta e cinco minutos do primeiro tempo.

O gol de Valdívia no final do primeiro tempo, pode ter deixado o time do Coritiba meio desanimado e cansado de tentar o gol que nunca saía. No segundo tempo, eles não voltaram com tanto garra, talvez até por estarem cansados.

Aos dezenove minutos do segundo tempo, Thiago Heleno fez o segundo gol, depois do chute de Marcos Assunção.

Valdívia ainda foi expulso e deve desfalcar o time do Palmeiras, que tem um bom banco de reservas.

Se mantiver o ritmo de jogo, o Coritiba poderá fazer uma grande partida e, consequentemente, obter um bom resultado. Só não poderá perder tantas oportunidades, como perdeu nesse jogo.

By Jânio

julho 6, 2012 Posted by | esportes | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Quem será o grande vencedor da final da Copa da Africa do Sul

holanda vs espanha

Grande Final

…e a Holanda foi a primeira seleção classificada para a final… agora nós temos uma final real nessa Copa, pelo menos na torcida, literalmente falando.

Com a vitória da Espanha sobre a Alemanha, o que eu já não achava impossível, imaginando que nessa copa não há nenhuma seleção invencível. Pelo menos se depender do talento não, o que diferencia a Holanda das outras seleções é a atenção, a concentração, a capacidade de evitar pequenos erros.

Evitar os erros, um gol contra é o pior , é fundamental para que uma seleção consiga levar essa taça.

Aquele gol contra do Brasil, fez com que a Holanda conseguisse respirar, depois de levar o primeiro gol. O empate, com o gol contra, fez com que a Holanda voltasse a acreditar em seus planos, na sua regularidade na Copa, sem mudar sua estratégia para correr atrás de resultado.

O Uruguai fez uma grande partida contra a seleção holandesa, mas jogar atrás, no placar, não é para qualquer um. Os latinos tem problemas diante de dificuldades, devido a sua natureza passional.

Com o placar tão favorável, a Holanda só precisou administrar o placar até o final, com direito a torcida real e tudo.

Com a vitória da Espanha contra a Alemanha, apesar de que a Alemanha não estava disposta a ceder essa vaga, na final, tão facilmente, teremos um encontro de duas torcidas reais, mostrando o que sempre tememos, o Copa ainda vive na época da monarquia.

A monarquia poderia explicar a presença do “Rei Pelé” em todos os eventos futebolísticos, o problema é que o nosso “Rei” já deixou o trono há 40 anos, ninguém tem nos respeitado desde então. Estamos com um “Rei”, mas um rei sem poder, o poder ficou com a realeza.

Até agora, o plano da Holanda deu certo. Será considerado uma “zebra” se  perder essa copa, agora ela é a favorita, ser favorita não é nada bom. È por isso que a Holanda faz questão de nos lembrar o tempo todo que a Espanha é campeã européia e tem a melhor seleção de todos os tempos, isso  que é confiança.

Na semifinal entre a Alemanha e a Espanha, mais uma vez o futebol latino foi posto à prova, e os americanos deram adeus a Copa. Pelo menos dessa vez, a Copa do Mundo provou que a qualidade é mais importante que a quantidade.

Como dissemos anteriormente, o decadente futebol europeu conseguiu provar que o futebol latino-americano está ainda mais decadente. Por essas, e por outras, é que o futebol é tão emocionante, uma caixinha de surpresas.

No placar apertado de três a dois, a Holanda mostrou mais uma vez que não é brilhante, mas mostrou também que não erra; se o Juiz errou, isso não é problema holandês, a parte deles está feito.

Se você gosta de competitividade, de jogo sem favoritos, onde qualquer resultado será uma grande surpresa, não perca essa final. A campeã européia também provou que merece estar na final, que não é campeã à toa.

…mas a Holanda é um perigo, disso eu não tenho a menor dúvida, com cem por cento de aproveitamento, uma vitória seria a consagração de um time que não conheceu a derrota nessa Copa.

No caso da “favorita” Espanha, campeã européia, com a maior torcida do Brasil na final, atenção será pouco.

Considerando-se que a Holanda não saiba o que é derrota, passar o favoritismo para a Espanha é pura estratégia, essa será a sua melhor partida na Copa.

FINAL DA COPA DA AFRICA DO SUL DE 2.010:

Holanda x Espanha – Quando as realezas se encontram.

SEMI-FINAIS

Holanda 3  x 2 Uruguai

Alemanha 0  x 1 Espanha

By jânio

julho 11, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

Times classificados para as semi-finais da Copa da África do Sul

Cem por Cento

Buscando a Taça

Escrever sobre a Copa  da África do Sul, sem o Brasil,  não tem graça. Antes de falar sobre as quatro melhores seleções do mundo, alguns detalhes merecem serem analisados.

Eu acho que já passou da hora de abandonarmos o sistema de retranca e voltarmos ao velho futebol brasileiro, acreditarmos em nossos talentos. É preciso voltarmos a buscar os jogadores talentosos, aqueles que tem o dom natural, não a técnica.

Jogadores técnicos, formados em escolinhas, serão muito úteis para os campeonatos  (brasileiro, paulista, carioca, mineiro, gaúcho, etc) mas para jogar na seleção brasileira, só os melhores, aqueles com dom, craques.

Jogadores como Romário, Pelé e tantos outros jogadores talentosos que fizeram história, jogadores que tiveram seu dom reconhecido nos campinhos de periferia, comunidades de favelas, e ruas de pequenas cidades de interior.

Não basta fazer embaixadinhas e dar chapéus, como o Ronaldinho Gaúcho; nem enfeitar e dar espetáculo, como o Robinho; eu sei que esses são os melhores jogadores que nós temos, mas não basta. De hoje em diante, será preciso investigar a história de cada jogador, suas origens e comportamento, saber o que significa a copa para esse jogador.

Eu sempre fui contra jogadores Mauricinhos: Luizinhos, Paulinhos, Robertinhos, Joãozinhos. Na minha opinião, está na hora de voltamos ao Paulão, Luizão, Robertão. Os tempos de Pelé e Garrincha estão fazendo falta.

Precisamos de jogadores que se emocionem ao vestir a camisa, mas que sejam guerreiros talentosos que saibam o que a torcida brasileira está sentindo. A Copa significa muito para o Brasil, não dá para ficar enganando o povo, jogando amistosos com times de quinta categoria.

Quando eu disse: “Apesar do trauma da Argentina a Holanda pode ser pior”, eu nunca esperei que o Brasil seria a vítima. Eu até entendo que a Holanda mereça ganhar a Copa, afinal, foi a única com cem por cento de aproveitamento.

O Brasil enfrentou o time mais forte da Copa na hora errada, além de estarmos ainda nas quartas de final, éramos favoritos. Jogar uma Copa do Mundo já é muito difícil, jogar como favorito é pior porque é preciso merecer.

As quatro seleções classificadas para as semi-finais, souberam aproveitar a chance de jogar a Copa mais fácil da história, sem super craques, como eram o caso de Romário, Maradona, além de seleções como Itália e a Alemanha.

Essa seleção da Alemanha não é nem sombra da grande Alemanha tricampeã do mundo, chegou a perder para Sérvia, que nem passou pela primeira fase.

Pela atenção e por saber aproveitar as oportunidades, com jogadores regulares e bons técnicos, essas quatro equipes merecem estar nas semi-finais. O futebol apresenta regras claras e nem com a ajuda de um Juiz, é possível vencer uma super equipe, se ela estiver preparada.

É uma pena ver que o decadente futebol europeu provou que o futebol americano está ainda pior. Da América, ficou só o Uruguai, o ganhador da primeira Copa. perdida pelo Brasil em seu próprio pais, em 1950. Erros acontecem, mas é preciso aprender com eles.
SEMI-FINAIS

Holanda x Uruguai

Alemanha x Espanha

PRIMEIRA FASE

BY Jânio

julho 3, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , | 7 Comentários

Brasil vence e avança para as quartas de final

Holanda vs Brasil

Retranca vs Líberos

A hora da verdade está se aproximando para a seleção brasileira, felizmente vem em boa hora, depois de golear a equipe do Chile por três a zero.

Com o time completo, o Brasil finalmente conseguiu mostrar o seu futebol, até o novato Robinho marcou.

Como já prevíamos, a evolução técnica das equipes tornou o Brasil muito mais solto em campo, e mais produtivo também. Esse é preço que se paga por fazer amistosos só com times da “terceira divisão” e jogar com times fracos na primeira fase.

Jogando com times de péssima qualidade, a seleção ficou retraída, não sem razão, prova disso é a contusão de Elano e a expulsão de Kaká. O lado ruim dessa história, é que o Brasil vai jogar com times de melhor qualidade, às cegas; o lado bom, é que a única seleção considerada de alto nível, que o Brasil pegou, o time goleou, certamente a seleção holandesa deve saber disso.

Os pontos fracos do Brasil, todo mundo sabe, mas tem suas vantagens. Jogar na retranca é uma bela arma contra times rápidos e perigosos como o time holandês, o japonês e o time de Gana. Contra o time argentino, poderia até ser um problema – eu disse poderia – acontece que o time brasileiro não toca a bola na perto de sua própria área, toca a bola longe, no meio de campo, isso mostra a experiência do volante Dunga em retranca.

Muitos especialistas poderiam criar esquemas do tipo 4 4 2, 4 3 3, 3 4 3, ou assim por diante. A observação pode até ser válida, mas no jogo que vimos hoje, dá para ver que o Brasil, apesar de retranqueiro, gosta de fazer gol, gosta de contra ataque e jogadas de bolas paradas.

Outro detalhe, jogando em cima das regras, o time sabe que precisa de um gol, só resta saber se a retranca vem antes ou depois desse gol salvador.

Depois do surgimento do líbero, jogador que joga no campo todo, o Brasil se tornou muito mais flexível em seus esquemas táticos. Por isso eu afirmo que, seja lá qual for o jogador que ele escale, o time terá um esquema flexivo, um 4 4 2, evoluindo para um 3 5 2, e só então assumindo definitivamente o 3 4 3, tornando-se agressivo com três atacantes, o suficiente para fazer o gol.

Lembrando que o 3 4 3 é temporário, voltando ao tradicional 4 4 2. Observem nas mudanças acima o preparo do bote do dragão, essa seria a forma inteligente de atacar sem permitir contra-ataque. Era assim que eu fazia quando jogava bola, foi assim que eu fiz contra a própria seleção brasileira de sénior, chegando inclusive a marcar suas saídas de bola, em 1981, a ideia é jogar de acordo com o perfil psicológico do time adversário, em um determinado momento.

Jogar futebol não é fácil, principalmente contra um time experiente como o Brasil. O técnico Dunga parece conseguir controlar os jogadores muito bem, prova disso é que Robinho apareceu no memento certo, na hora em que era preciso fazer o gol.

Não adianta esperar respeito das outras seleções, daqui para frente serão as oito maiores equipes do mundo, o Brasil deve aproveitar a sua experiência, já que nenhuma, das atuais seleções, são superiores ao time brasileiro.

Algumas coisas poderiam acontecer no próximo jogo, contra a Holanda:

Primeiro – Difícil de acontecer. A Holanda faria um gol em cima da retranca do Brasil, o Brasil sairia para recuperar a desvantagem, levando mais um, a partir daí o jogo seria retrancado dos dois lados até o fim do jogo.

Segundo – Com uma boa marcação, o Brasil tomaria a bola da Holanda e marcaria o seu gol. A partir daí, a Holanda manteria seus jogadores de defesa “plantados”, esperando que o ataque consiga o impossível, superar a retranca brasileira. É isso o que eu acho que vai acontecer.

Terceiro – O Brasil jogaria melhor que a Holanda e faria o primeiro e segundo gols. com sua experiência, tocaria a bola com mais facilidade, simulando ataques, fazendo mais um gol sobre a equipe cansada da holanda, no final do segundo tempo.

Não há a menor possibilidade de disputas por pênaltis, em duas equipes tão diferentes, até porque tem a prorrogação, aí o jogo se definiria.

Resumindo para quem entende pouco de futebol: A Holanda só vence se o Brasil falhar em seu esquema tático, caso contrário, podem esperar sentados.

A Argentina pagou muito caro pela sua falta de experiência, nos jogos de eliminatórias para a copa, desde então algum tempo se passou, a equipe evoluiu, mas não o suficiente para vencer o Brasil.

Para a nossa sorte, apesar de obter cem por cento de aproveitamento, vencendo hoje, por dois a um, a surpreendente seleção da Eslováquia; a Holanda não jogou brilhantemente. Isso mostra uma certa inexperiência, não sabe jogar com as regras do jogo, não tem muitas estratégias; sua força consiste em seu ataque, segue a risca a filosofia futebolística: “Quem não faz, toma.”

O Brasil costuma “fazer”, apesar de alguns tropeços memoráveis: Contra a Franca, um mistério paira sobre o amarelão de Ronaldo “o fenômeno”, levando a seleção a adotar a concentração do time.

Na copa passada, o então inexperiente Kaká não teve muito aproveitamento, Ronaldinho Gaúcho não conseguiu se adaptar a tempo, o resto do time não foi suficiente para manter o time na disputa.

Os sete pecados capitais, dessa vez, podem derrubar a Argentina.

By Jânio

junho 29, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Argentina e Alemanha protagonizarão o maior clássico da Copa

Argentina x Alemanha

Clássicos da Copa

O domingo foi cheio de gols na África, apesar dos erros de arbitragens, foram dois grandes espetáculos.

A Argentina está provando que merece ganhar a taça, no jogo de hoje, o time de los hermanos teve uma ajudinha do juiz para desequilibrar o começo da partida, validando o gol em que Carlito tevez estava impedido. No final do jogo, Carlito Tevez ainda foi substituído, saindo com cara de poucos amigos.

Para quem acha que Maradona não é um bom técnico, a vitória sobre a seleção do México, por três a um, mostra que Maradona é um excelente preparador de jogadores, grande líder também.

Tirando Tevez, Maradona mostrou quem é que manda, isso deixa os jogadores mais confiantes com sua autoridade frente ao time.

Quando eu vejo a movimentação do ataque e meio de campo da Argentina, o único pensamento que me vem a cabeça é: “Eu queria ter um Brasil assim.”

Sem querer dizer que a Argentina é melhor que o Brasil é claro, os jogadores brasileiros tem suas próprias características e qualidades. Ter um bom conjunto, num jogo de retranca, pode não ser melhor que um time com grandes qualidades individuais.

Além disso, é preciso considerar o tempo e o espaço. Na copa de 90, por exemplo, quando Maradona humilhou o próprio Dunga, a Argentina tinha, além de qualidades individuais, um bom conjunto.

Contra um time como aquele, era preciso atacar muito, além de evitar que a bola chegasse aos pés de Canídia, Batistuta e do próprio Maradona.

Hoje, felizmente, os tempos são outros. O time brasileiro já goleou o time da Argentina na fase de eliminatórias para a copa, por isso, talvez Argentina não esteja assim tão a vontade contra o Brasil.

Ao golear a Inglaterra, por quatro a um, a Alemanha não prova muita coisa não. Tanto a Alemanha, quanto a Inglaterra, estavam desacreditados, o único detalhe que chama a atenção é o placar, mas até nisso o juiz ajudou a Alemanha.

O jogo entre Argentina e Alemanha, pelas quartas de final, pode até decidir quem será o próximo campeão do mundo. O grande obstáculo em seus caminhos já tem cinco taças na mão, e mesmo não jogando lá essas coisas, impõe respeito.

A questão do favoritismo conta muito nessa hora, o fato de o Brasil não precisar provar nada para ninguém também faz a diferença. Basta lembrar que as melhores seleções da história, que o Brasil já formou, deram vexame.

Na copa passada, por exemplo, se dependesse de um time perfeito, a taça era do Brasil; em 78 e 82, o Brasil era considerado um conjunto perfeito, quase invencível; se dependesse de espetáculo, o Brasil teria mais de dez copas.

O tempo de brincar acabou, brincar é para o Paulistão e Brasileirão, na copa, Robinho vai ser um bom menino, vai ficar quietinho cumprindo sua obrigação. Na copa não se pode enfeitar, porque não se pode errar na frente dos maiores jogadores do mundo.

É isso que faz do Brasil um dos países mais experientes do mundo, afinal as copas de 78 e 82, sem falar a de 2006, serviram para alguma coisa.

 

by Jãnio

junho 28, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Times classificados para as quartas de final começam a ser definidos

raça uruguaia

Novos Heróis

Os times que participarão das quartas de final da Copa da África do Sul começaram a ser definidos hoje, os novos heróis a escreverem seus nomes na história também, esse foi o caso de Luiz Suarez. O atacante foi decisivo contra a Coréia, ao marcar os dois gols necessários à classificação da seleção uruguaia, vencendo a equipe da Coréia do Sul por dois a um.

Parece que os jogadores uruguaios estavam certos ao dizer que escapar do jogo contra a Argentina era fundamental para avançar na copa.

Todos sabem que escolher adversários não é o mais certo, para quem deseja ser campeão do mundo, por outro lado, escolher o caminho com mais pedras é insensato. O Uruguai provou que fez a escolha certa e se classificou, mesmo sendo uma vitória sofrida.

No outro jogo, entre Gana e EUA, eu cheguei a pensar que os Sul Africanos, e todo o resto do continente da África, ficariam sem um representante para torcer. Depois de fazer um gol, provocaram um pênalti e os EUA deixaram tudo igual; foi na prorrogação que o fortíssimo time de Gana mostrou que é um dos oito times mais bem preparados para ganhar a copa do mundo.

O time de Gana empatou no primeiro tempo, em um a um, e ganhou na prorrogação por um a zero.

Essa definição de quarta de final, entre Uruguai e Gana, deverá ser uma das mais emocionantes da história das copas. De um lado estará o Uruguai, depois de quarenta anos sem participar das quartas, de outro lado, Gana, já fazendo história como o primeiro time africano a seguir rumo as finais.

Na Copa dos Pequenos, os times mais pobres venceram, mostrando que nas comunidades das favelas, nas ruas de periferia e cidades de interior, estão os craques mais bem preparados para a Copa do Mundo, que mais que um torneio é uma guerra mundial, só que muito mais inteligente que as guerras tradicionais.

É bom sempre lembrar que o Uruguai ganhou a primeira Copa do mundo, justamente em cima do Brasil, num gol que ficou para a história.

Falando em Brasil, muita gente duvida que o time consiga vencer nas quartas de final, mas o problema estará logo nas oitavas, enfrentando o time do Chile.

Duas notícias que chegam em boa hora são: O time do Brasil jogará com o seu melhor ataque, Luis Fabiano e Kaká, que mesmo não jogando tão bem, podem chamar a marcação, deixando outro craque brilhar; a seleção chilena, depois de perder para a Espanha, jogará desfalcada, o que poderá criar mais um jogo de retranca na caminhada do Brasil em direção a taça.

Eu acho que de retranca o Dunga entende, não é mesmo? – Só não vale ficar chorando depois, dizendo: “…mas foi nos pênaltis…”

Quem não ganha no tempo normal, joga a prorrogação; se não vencer na prorrogação vai para o purgatório dos pênaltis, onde saberá se conhecerá o paraíso ou…

QUARTAS DE FINAL

Uruguai 1 x Gana 1

Argentina 0  x Alemanha 4

Brasil 1  x Holanda 2

Espanha 1  x  0 Paraguai

by Jânio

junho 27, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

A Copa das pequenas grandes seleções

Italia perde

Drama Italiano

A Copa da África do sul vai acabar sendo conhecida como a Copa dos pequenos grandes times. Os times grandes, privilegiados como cabeças de chaves, não conseguem fazer por merecer, acabam sendo eliminados ou tendo que se enfrentar antes da final.

Hoje foi a vez da tetra-campeã Itália, segunda maior ganhadora de Copas da história do torneio, perdendo só para o Brasil. A história da Itália já vem sendo escrita desde o primeiro jogo, pegou um time com boa atuação nas últimas copas que participou, o Paraguai, em seguida empatou com a Nova Zelândia, terminando sua participação com uma derrota para a Eslováquia.

Essa deverá ser uma Copa para a Itália esquecer, a mesma coisa não podemos falar da Eslováquia que conseguiu a façanha de vencer a segunda maior seleção a ganhar copas no mundo.

Numa Copa com todos os campeões da história das Copas presentes, acabou se revelando uma grande decepção para os campeões, mostrando que nenhuma seleção será respeitada apenas por ter sido campeã.

Primeiro foi a campeã França; hoje foi a vez da Itália; como se isso não bastasse, Alemanha e Inglaterra decidem quem fica e quem sai. Poderá ser uma bi-campeã, no caso da Inglaterra, ou uma tri-campeão, no caso da Alemanha.

Qualquer que seja o resultado do jogo da Alemanha contra a Inglaterra, uma coisa já é certa, será mais um duro golpe para o seleto grupo dos cabeças de chaves.

Os cabeças de chaves são separados estrategicamente, cada um em um grupo diferente, com isso, caso os cabeças de chave ganhem todos os seus jogos até o final da copa, não se enfrentam antes das quartas. Como isso não aconteceu, Alemanha e Inglaterra serão os primeiros a vivenciar os novos tempos do futebol.

O Japão, com seus três gols de hoje, não só derrubou um mito do futebol moderno, a Dinamáquina, como obteve sua classificação em dois gols de bola parada, logo no início do jogo. Não dá nem para dizer que a Dinamarca não mereceu, depois de levar um gol de falta na entrada da área, levar o segundo implica em falta de atenção.

Por outro lado, o Japão, além de ser uma das seleções mais bem preparadas fisicamente da Copa, jogou no segundo tempo com a mesma garra do primeiro, mostrou tanta velocidade que me admirou ter mantido o pique.

A Dinamarca mostrou-se bem inferior ao time do Japão, na questão física, esse foi o motivo de cometer duas faltas perigosas na entrada da área, por isso foi eliminada.

Uma das três seleções a obter cem por cento de aproveitamento na segunda rodada, a seleção da Holanda conseguiu fechar com chave de ouro, sua participação na primeira fase. Na terceira e última rodada da primeira fase, a laranja mecânica não decepcionou e venceu o já rebaixado time de Camarões, que perdeu todos os jogos: Japão, Dinamarca e Holanda.

O jogo do Paraguai contra a Nova Zelândia não foi um grande jogo, sem nenhum gol, o Paraguai teve sorte de já estar classificado.

CAMPEÕES DO MUNDIAL

2006 – Campeão – Itália – Vice – França – Resultado – 1 x 1 – pênaltis – Sede – Alemanha

2002 – Campeão – Brasil – Vice – Alemanha – Resultado – 2 x 0 – Sede – Coreia do Sul e Japão

1998 – Campeão – França – vice – Brasil – Resultado – 3 x 0 – Sede – França

1994 – Campeão – Brasil – Vice – Italia – Resultado – 0 x 0 – pênaltis – Sede – Estados Unidos

1990 – Campeão – Alemanha Ocidental – Vice – Argentina – Resultado – 1 x 0 – Sede – Italia

1986 – Campeão – Argentina – vice – Alemanha Ocidental – Resultado – 3 x 2 – Sede – Mexico

1982 – Campeão – Italia – vice – Alemanha Ocidental – Resultado – 3 x 1 – Sede – Espanha

1978 – Campeão – Argentina – vice – Holanda – Resultado – 3 x 1 – Sede – Argentina

1974 – Campeão – Alemanha Ocidental – vice – Holanda – resultado – 2 x 1 – Sede – Alemanha Ocidental

1970 – Campeão – Brasil – vice – Italia – Resultado – 4 x 1 – Sede – Mexico

1966 – Campeão – Inglaterra – vice – Alemanha Ocidental – Resultado – 4 x 2 – Sede -Inglaterra

1962 – Campeão – Brasil – vice – Tchecoslovaquia – Resultado – 3 x 1 – – sede – Chile

1958 – Campeão – Brasil – vice – Suecia – Resultado – 5 x 2 – Sede – – Sede – Suécia

1954 – Campeão – Alemanha Ocidental – vice – Hungria – Resultado – 3 x 2 – Sede – Suiça

1950 – Campeão – Uruguai – vice – Brasil – Resultado – 2 x 1 – sede – Brasil

1938 – Campeão – Italia – vice – Hungria – Resultado – 4 x 2 – sede – França

1934 – Campeão – Italia – vice – Tchecoslovaquia – Resultado – 2 x 1 – sede – Italia

1930 – Campeão – Uruguai – vice – Argentina – Resultado – 4 x 2 – Sede – Uruguai

bY JÂNIO

junho 25, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Confrontos das oitavas de final já decididos da Copa

american dream

Sonho Americano

As emoções continuam no segundo dia de decisões nos grupos da Copa da África, sempre com o melhor ficando para o fim da partida.

Esse foi o caso do jogo onde os EUA insistiram em escrever a sua história. Suas últimas participações nas copas, tem criado um certo respeito em relação às outras seleções.

A medida em que o futebol se espalha pelo mundo, vai se tornando mais duro. Times como os EUA, criaram suas técnicas de marcação forte, com isso, o resultado de seus jogos depende sempre de seus ataques, pelo menos é isso o que podemos comprovar, analisando o resultado de suas apresentações.

Só no jogo contra a Eslovênia, foram quatros gols marcados. A Eslovênia saiu e marcou dois, os EUA também.

Essa tática nem sempre funciona, principalmente quando o time não tem um boa estrutura. Veja o caso de Portugal e Coréia do norte: Portugal saiu; marcou sete gols; a Coréia poderia ter marcado também – eu disse poderia – porque o time se desestabilizou e não conseguiu marcar nem um, isso acontece quando o time não tem estrutura, acontece também quando o adversário se convence que “a melhor defesa é o ataque” – Portugal se defendeu muito.

Não adianta as pessoas esperarem por goleadas – pode até acontecer – pessoas estressadas, e que amam o futebol, devem começar a fazer terapias ou se adaptar aos novos tempos. Nessa partida dos americanos, além de exigir uma paciência muito grande, é preciso um coração muito forte. O gol saiu aos quarenta e cinco minutos do segundo tempo, fazendo justiça ao gol anulado anteriormente, o resto é história.

A Argélia lutou muito, mas pagou caro por não ter obtido bons resultados em outros jogos anteriores a esse; nos novos tempos do futebol, vencem quem tem mais regularidade em suas partidas de futebol. Nas fase eliminatória, é preciso muita atenção, concentração.

As semelhanças com um jogo de xadrez ficam cada vez mais evidentes: é preciso ter paciência num torneio muito curto, onde as emoções são muito fortes e o sucesso depende de atenção, liderança, disciplina, técnica, tradição e o mais importante de tudo, talento.

Talento não vem do berço, se desenvolve, mas é preciso persistência e dom, para estar entre os melhores.

A Alemanha está fazendo uma campanha bem abaixo do esperado, sua campanha fica ainda pior, se comparada com a época em que a gloriosa seleção da Alemanha conseguiu seus três títulos, impondo um respeito ao mundo inteiro. Ao contrário de equipes como a Argentina, que se dá ao luxo de colocar reservas em seu último jogo, a Alemanha parece estar adiando o inevitável, uma derrota na fase eliminatória.

Na partida contra Gana, o jogo seguiu frio e terminou como começou, num fraco um a zero, classificando as duas equipes. Se o jogo fraco e truncado se explica porque envolveu as duas equipes mais fortes do grupo, a história pode ficar bem mais deprimente, se lembrarmos da derrota da Alemanha para a Sérvia, quase foi eliminada na primeira fase.

Gana conseguiu a maior torcida de sua história, enquanto estiver na Copa, toda a torcida da África do Sul, anfitriã dessa edição, estará ao seu lado. A equipe de Gana representa todo o continente africano, e sabe de sua importância.

Como podemos ver, essa partida envolveu duas equipes e duas histórias diferentes: Gana, uma equipe em ascensão, representando todo o continente africano, e a Alemanha, trazendo consigo o retrato da crise econômica européia, e a emigração de jogadores de volta para os seus países. Pode parecer que não, mas todo o futebol europeu está em franca decadência, apesar de quase todos terem se classificado.

A própria imprensa dos países europeus, participantes da Copa da África do Sul, passavam essa imagem negativa em relação as equipes europeias, o caso mais curioso era o da França, diziam que o time não passaria da primeira fase – Adivinha o que aconteceu?

No Brasil, pode-se até insinuar uma performance negativa do time, mas dizer as palavras literalmente, isso nem pensar. No Brasil, o futebol ainda está na época da Monarquia, não se pode ter essas liberdades.

O grupo dos eliminados de hoje pode até lembrar o jogo da África do Sul e França, onde o time da casa se despediu com uma vitória, levando a França a digerir tudo o que plantou durante sua preparação para a copa, mas a vitória da Austrália sobre a Sérvia mostra muito mais, mostra o equilíbrio de todos os times da desse grupo: A Austrália venceu a Sérvia por 2 x 1; a Sérvia foi a principal responsável pela situação da Alemanha, ao derrotá-la por 1 x 0; e a sofrida Alemanha venceu Gana por um placar apertado de 1 x 0; … e Gana foi com a galera …

Curiosamente, o retrato dessa Copa ficou estampado nos confrontos estabelecidos hoje: Por terem feito péssimas campanhas, Alemanha e Inglaterra, duas ex-campeãs, decidem seu futuro na próxima fase, somente uma poderá seguir em frente; isso não teria acontecido, caso as duas se classificassem em primeiro lugar, em seus respectivos grupos.

Fazendo um jogo inverso, duas equipes sem muita tradição, firmando-se entre as principais equipes do futebol mundial, EUA e Gana farão a outra partida, onde uma delas seguirá em frente, tornando-se uma das oito maiores seleções do mundo – Qual será? – eu também quero saber.

Veja os confrontos das oitavas de final, já decididos:

Uruguai 2  x Coréia do Sul 1

Argentina 3  x 1 México

EUA 1  x Gana 2

Alemanha 4 x 1 Inglaterra

Holanda 2  x  1 Eslováquia

Paraguai x Japão

Brasil 3 x  0 Chile

Espanha  x Portugal

By Jânio

junho 24, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Decididos os primeiros confrontos das oitavas de final

argentina x grecia

Despedida da Grécia

O drama dos times de futebol, na Copa da África do Sul, começou bem antes das sonhadas oitavas de final.

É quase um mata-mata em dose dupla, com dois times se classificando e dois sendo eliminados, em cada grupo.

De todos os times eliminados até agora, o time que mais “deu o que falar” foi a equipe da França. O time cheio de estrelismo e sem liderança, começou mal o torneio, depois do desentendimento entre o técnico e um dos jogadores, o jogador foi expulso, a equipe se perdeu psicologicamente e terminou sua participação na copa da pior maneira, sendo eliminada e com o técnico se recusando a apertar a mão do técnico brasileiro da África do Sul, Carlos Alberto Parreira, campeão em 1.994.

Outro fato curioso registrado hoje, foi a disputa entre os times do México e Uruguai. Estando os dois classificados, todos pensaram que o jogo seria sem muita movimentação – Não foi o que aconteceu – as duas equipes quase se mataram em campo, tudo para escapar da temida seleção da Argentina; pelo visto, esse não é um trauma só brasileiro.

E foi no jogo da Argentina, ou em seu grupo, onde as emoções aconteceram com maior intensidade.

Enquanto a Grécia fazia um jogo heroico contra a temida seleção Argentina, a Nigéria fazia outra partida desesperada contra a Coréia do Sul.

Seguindo a velha teoria, onde no primeiro tempo sobram jogadores e faltam espaços para os craques criarem suas jogadas, no segundo tempo as jogadas surgiram, e os gols também. A argentina conseguiu fazer dois gols, nenhum de Messi, conseguindo 100 % de aproveitamento na primeira fase da Copa.

A Coréia do Sul também conseguiu se classificar, virando o jogo contra a Nigéria. Mesmo com a Nigéria empatando no final do jogo, a Coréia ficou com a vaga.

Assim, quatro seleções decidiram suas posições nas oitavas:

Argentina x México

Uruguai x Coréia do Sul

EUA x Gana

Alemanha x Inglaterra

O destaque aqui, é claro, será o jogo entre a Argentina e México. A argentina com um jogo de marcação muito dura, e o México com sua tradição de boas participações em copas, além da torcida de 190 milhões de brasileiros.

Um dos jogos mais esperados da primeira fase da copa, acabará sendo o jogo do Brasil contra Portugal, olha a ironia. Depois de uma partida medíocre no início de sua participação, Portugal conseguiu golear a equipe da Coréia do Norte, deixando a equipe brasileira ainda mais assustada.

Apesar da goleada, o time dos portugueses mostra instabilidade, com boa e má apresentações. Evidentemente que o Brasil entrará na retranca, passando a responsabilidade para as jogadas individuais dos atacantes, podendo contar ainda com a experiência de jogadores que jogam na Europa e jogadas de bola parada, como faltas, penaltis, escanteio ou até mesmo chutes de longa distância.

Fora isso, não adianta esperarmos por jogo solto, com grande movimentação. Nem mesmo depois da goleada contra a Coréia do Norte, Portugal estará disposto a arriscar contra o Brasil, pelo menos, não no primeiro tempo.

…mas futebol é uma caixinha de surpresas, esse será mais um bom teste para o “dublê” de técnico, Dunga. Sexta-feira.

Resultados dos jogos:

By Jânio

junho 23, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

Apesar do trauma da Argentina, a Holanda pode ser pior

esporete ou combate

Argentina na Final

Agora, a torcida brasileira já tem motivo para temer a Argentina, ficou comprovado que no primeiro jogo o goleiro adversário impediu que o time argentino mostrasse todo seu talento, em especial Messi.

Com a goleada de hoje, fica comprovada mais uma velha teoria do futebol: “Quanto melhor o goleiro, pior o time”.

Essa teoria é implacável em todos os sentidos:

Primeiro Exemplo: Se o goleiro do time adversário começa a aparecer demais, significa que a defesa adversária também não está jogando muito bem, o time não está muito bem.

Segundo Exemplo: A qualidade do goleiro, impossibilitando o gol da Argentina, tirou o brilho do ataque de los hermanos. Pelo menos aos olhos da torcida, um bom goleiro não justifica a falta de gols.

Essa é a beleza da Copa do mundo, tirando a possibilidade de o juiz influenciar no resultado, para se chegar à final o time tem que ser quase perfeito. Essa história de que determinado time não tem tradição, é tudo “cascata”, na Copa estão os melhores times de todos os continentes.

Durante a história das Copas, o Brasil já cometeu alguns equívocos, por exemplo, em 86, a base da seleção foi o time do São Paulo. O técnico Telê Santana, que era do São Paulo, considerava o time do São Paulo a solução.

Depois do estrago que Pelé havia feito em 58, o mundo decidiu que aquele moleque de 17 anos tinha que parar, resultado: Quebraram a perna dele. Mesmo assim ele ganharia mais duas copas.

A Copa é futebol para gente grande, fazer bonito, é pedir para ter a perna quebrada. Esse é o motivo de jogadores como Ronaldinho Gaúcho, Robinho e até o “Fenômeno” enfrentarem dificuldades, ou se confundiram em Copas.

Uma exceção é Romário, ele era malandro demais para ser derrubado em campo, sabia ficar sob proteção do Juiz. Outro fenômeno que eu tive oportunidade de ver, foi Maradona, ele esperava a hora certa de dar o bote; não era antes, nem depois, era na hora exata.

Agora temos a Argentina, com uma goleada, Holanda e Brasil, nem a Alemanha conseguiu cem por cento de aproveitamento. Aos poucos vão aparecendo os candidatos à final.

Que ninguém espere uma goleada do Brasil, para os próximos jogos, pode até acontecer, mas a prioridade do time será sempre a marcação. Eu acredito que liberdade de ataque, só terão os atacantes. Os meias, esqueda e direita, darão apoio, mas a sua principal função será ajudar a impedir o começo de jogadas no meio de campo.

A torcida vai “chiar” se o time for retranqueiro, mas em copa do mundo, alguns técnicos preferem não arriscar. Até times pequenos costumam armar esse tipo de esquema; no caso de times como o Brasil, que tem atacantes capazes de decidir uma partida, isso fica mais evidente ainda.

Quando acontece de o gol não sair no primeiro tempo, aí começa a contagem regressiva. Foi assim com o famoso time de retranca, campeão de 94, com o próprio Dunga. No último jogo, contra a poderosíssima equipe da Itália, o time se retrancou, a Itália também, resultado: Fomos para os pênaltis – Será que o time da Itália se vendeu? – Claro que não, mas errar um pênalti imortaliza o jogador às avessas.

Resultado dos jogos:

By Jânio

junho 20, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , | 3 Comentários

Brasil está classificado para as oitavas de final

heroi vencido

Historia do Jogo

Para aumentar ainda mais a rivalidade entre o Brasil e a Argentina, nossa equipe venceu a Costa do Marfim por 3 x 1. Não dá para dizer que esse placar não seja confortável, estamos na Copa do Mundo meu amigo.

O jogo foi como esperado: sem muito brilho, sem espetáculo, mas com uma vitória expressiva, típica de futebol moderno.

A torcida parecia não acreditar, mas até o primeiro gol estava difícil de sair, pior, a equipe da Costa do Marfim estava jogando melhor. Essa foi uma boa forma de colocar o nome do país africano no mapa.

Depois de marcar três gols, onde Elano marcou seu segundo no torneio e Luis Fabiano marcou dois, só nesse jogo, o Brasil sofreu um contra-ataque e levou um gol no final do jogo. O pior foi perder Kaká com cartão vermelho, ficando fora do próximo jogo contra Portugal.

A expulsão de Kaká e os gols que o time vem sofrendo, mostram uma fragilidade que nossos adversários poderão explorar, nas próximas partidas. Dunga também mostrou inexperiência em não tirar Kaká sabendo que ele estava se “estranhando” com o jogador do time adversário, esses erros não devem se repetir nas partidas decisivas do Brasil, sob pena de eliminação.

Se não fosse aquela goleada do time argentino, eu diria que essa Copa é a mais fácil da história, visto os grandes times tropeçando, como Itália e Alemanha; apesar disso, o futebol é uma caixinha de surpresas, sem falar da “Laranja Mecânica” holandesa e da tão falada argentina.

Outro detalhe interessante foi que o time da Costa do Marfim começou a partida pensando em ganhar, jogada melhor que a própria seleção brasileira, no final, mostrou porque é infinitamente inferior, criando jogadas violentas e covardes, transformando o jogo num triste espetáculo.

A seleção brasileira nunca esteve tão tranquila, apesar de nenhum destaque individual. Classificou nas eliminatórias, goleando a Argentina, fazendo história e deixando los hermanos “morrendo” de vergonha; conseguiu a classificação, de maneira tranquila, logo no segundo jogo.

Será que o Dunga é um grande sortudo, ou é realmente um técnico com estilo? – No mínimo, ele provocou polêmica, ao dispensar seu desafeto Ronaldinho Gaúcho; vamos ser sincero, Ronaldinho faltou com o respeito, dando aquele chapéu no “hômi”, logo ele que marcou o grande Maradona.

O que você faria, se levasse um chapéu daqueles? – Quem é que poderia imaginar que ele seria o técnico da seleção? – ô Ronaldinho!

Resultado dos jogos:

By Jânio

junho 20, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , | 12 Comentários

%d blogueiros gostam disto: