Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Times classificados para as semi-finais da Copa da África do Sul

Cem por Cento

Buscando a Taça

Escrever sobre a Copa  da África do Sul, sem o Brasil,  não tem graça. Antes de falar sobre as quatro melhores seleções do mundo, alguns detalhes merecem serem analisados.

Eu acho que já passou da hora de abandonarmos o sistema de retranca e voltarmos ao velho futebol brasileiro, acreditarmos em nossos talentos. É preciso voltarmos a buscar os jogadores talentosos, aqueles que tem o dom natural, não a técnica.

Jogadores técnicos, formados em escolinhas, serão muito úteis para os campeonatos  (brasileiro, paulista, carioca, mineiro, gaúcho, etc) mas para jogar na seleção brasileira, só os melhores, aqueles com dom, craques.

Jogadores como Romário, Pelé e tantos outros jogadores talentosos que fizeram história, jogadores que tiveram seu dom reconhecido nos campinhos de periferia, comunidades de favelas, e ruas de pequenas cidades de interior.

Não basta fazer embaixadinhas e dar chapéus, como o Ronaldinho Gaúcho; nem enfeitar e dar espetáculo, como o Robinho; eu sei que esses são os melhores jogadores que nós temos, mas não basta. De hoje em diante, será preciso investigar a história de cada jogador, suas origens e comportamento, saber o que significa a copa para esse jogador.

Eu sempre fui contra jogadores Mauricinhos: Luizinhos, Paulinhos, Robertinhos, Joãozinhos. Na minha opinião, está na hora de voltamos ao Paulão, Luizão, Robertão. Os tempos de Pelé e Garrincha estão fazendo falta.

Precisamos de jogadores que se emocionem ao vestir a camisa, mas que sejam guerreiros talentosos que saibam o que a torcida brasileira está sentindo. A Copa significa muito para o Brasil, não dá para ficar enganando o povo, jogando amistosos com times de quinta categoria.

Quando eu disse: “Apesar do trauma da Argentina a Holanda pode ser pior”, eu nunca esperei que o Brasil seria a vítima. Eu até entendo que a Holanda mereça ganhar a Copa, afinal, foi a única com cem por cento de aproveitamento.

O Brasil enfrentou o time mais forte da Copa na hora errada, além de estarmos ainda nas quartas de final, éramos favoritos. Jogar uma Copa do Mundo já é muito difícil, jogar como favorito é pior porque é preciso merecer.

As quatro seleções classificadas para as semi-finais, souberam aproveitar a chance de jogar a Copa mais fácil da história, sem super craques, como eram o caso de Romário, Maradona, além de seleções como Itália e a Alemanha.

Essa seleção da Alemanha não é nem sombra da grande Alemanha tricampeã do mundo, chegou a perder para Sérvia, que nem passou pela primeira fase.

Pela atenção e por saber aproveitar as oportunidades, com jogadores regulares e bons técnicos, essas quatro equipes merecem estar nas semi-finais. O futebol apresenta regras claras e nem com a ajuda de um Juiz, é possível vencer uma super equipe, se ela estiver preparada.

É uma pena ver que o decadente futebol europeu provou que o futebol americano está ainda pior. Da América, ficou só o Uruguai, o ganhador da primeira Copa. perdida pelo Brasil em seu próprio pais, em 1950. Erros acontecem, mas é preciso aprender com eles.
SEMI-FINAIS

Holanda x Uruguai

Alemanha x Espanha

PRIMEIRA FASE

BY Jânio

julho 3, 2010 Posted by | esportes | , , , , , , , , , | 7 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: