Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Soft Occupation. Investigating America’s influence on German politics

Publicado em 13 de jul de 2017

More films about politics: https://rtd.rt.com/tags/politics/
Investigative journalist Jurij Kofner is a German citizen. To question the extent to which his country’s policy decisions are influenced by America’s agenda, he explores Germany’s post-war history to understand how relations with the US were formed. He also looks into the dynamics of the two countries’ cooperation under the umbrella of NATO. 

Today, America’s largest permanent military operation outside the US is in Germany. The American government uses Ramstein as a base for its controversial drone operations. Local citizens, who question the legitimacy of the arrangement, discover they have no say in what some foreign powers can do in their own country.

In 2013 it emerged that the German chancellor and other politicians had been spied on by American Intelligence. The phone tapping scandal damaged trust between the countries and raised questions about whether theirs was truly a relationship between equal partners. Jurij Kofner meets politicians, independent journalists and other independent experts; they all suggest that America’s meddling in Germany’s affairs didn’t end at just tapping phone lines. According to some, American NGOs wield influence over German media by offering journalists “grants” in return for writing articles that steer readers towards sympathy with American interests. There’s also a US-funded youth education programme that allegedly seeks to indoctrinate Germany’s young people with a US-friendly agenda.

SUBSCRIBE TO RTD Channel to get documentaries firsthand! http://bit.ly/1MgFbVy

FOLLOW US
RTD WEBSITE: https://RTD.rt.com/
RTD ON TWITTER: http://twitter.com/RT_DOC
RTD ON FACEBOOK: http://www.facebook.com/RTDocumentary
RTD ON DAILYMOTION http://www.dailymotion.com/rt_doc
RTD ON INSTAGRAM https://www.instagram.com/rtd_documen…
RTD LIVE https://rtd.rt.com/on-air/

Anúncios

julho 17, 2017 Posted by | english | , , , | Deixe um comentário

Gutting of America’s Wealth Creation Machine

Publicado em 15 de jul de 2017

Check Keiser Report website for more: http://www.maxkeiser.com/
In this episode of the Keiser Report’s annual Summer Solutions series Max and Stacy discuss the economic problems looking for solutions. In the first half they discuss how to Make America Great Again is a ‘solution’ to the problem of the gutting of America’s wealth creation machine and how this slogan as a solution caused the meltdown of the entire Democratic party. In the second half Max talks to Chris Whalen, author of Ford Men, about whether or not it is possible to make America great again for the blue collar worker. 
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E1-E200)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E201-E400)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E401-E600)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E601-E800)
https://www.youtube.com/playlist?list… (E801-E1000)
https://www.youtube.com/playlist?list… (E1001 – Current)

RT LIVE http://rt.com/on-air

Subscribe to RT! http://www.youtube.com/subscription_c…

Like us on Facebook http://www.facebook.com/RTnews
Follow us on Twitter http://twitter.com/RT_com
Follow us on Instagram http://instagram.com/rt
Follow us on Google+ http://plus.google.com/+RT
Listen to us on Soundcloud: https://soundcloud.com/rttv

RT (Russia Today) is a global news network broadcasting from Moscow and Washington studios. RT is the first news channel to break the 1 billion YouTube views benchmark.

julho 15, 2017 Posted by | english | , , , , , | Deixe um comentário

El poder de un buen lema

Publicado em 15 de jul de 2017

En este episodio de soluciones veraniegas de Keiser Report, Max y Stacy buscan remedio a diversos problemas económicos. En la primera parte hablan de cómo el ‘hacer América grande de nuevo’ constituye una solución al problema de la evisceración de la máquina estadounidense de creación de riqueza y si dicho lema es responsable del derrumbe del Partido Demócrata. En la segunda parte Max entrevista al escritor Chris Whalen sobre si es posible devolverle a la clase obrera la grandeza de EE. UU.

Suscríbete a nuestro canal de eventos en vivo: https://goo.gl/qFPG81

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

 

julho 15, 2017 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Oligarchic America

Publicado em 1 de jul de 2017

Check Keiser Report website for more: http://www.maxkeiser.com/
In this episode of the Keiser Report from Mexico City, Max and Stacy discuss the emergence of ‘oligarchic America’ as Amazon eats Whole Foods. In the second half, Max interviews economist and columnist, Alejandro Nadal, about Trump’s wall and exiting from the Nafta trade deal.
WATCH all Keiser Report shows here:
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E1-E200)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E201-E400)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E401-E600)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E601-E800)
https://www.youtube.com/playlist?list… (E801-E1000)
https://www.youtube.com/playlist?list… (E1001 – Current)

natasha [12:54 PM] 
uploaded this image: kr april 11th.png

RT LIVE http://rt.com/on-air

Subscribe to RT! http://www.youtube.com/subscription_c…

Like us on Facebook http://www.facebook.com/RTnews
Follow us on Twitter http://twitter.com/RT_com
Follow us on Instagram http://instagram.com/rt
Follow us on Google+ http://plus.google.com/+RT
Listen to us on Soundcloud: https://soundcloud.com/rttv

RT (Russia Today) is a global news network broadcasting from Moscow and Washington studios. RT is the first news channel to break the 1 billion YouTube views benchmark.

 

julho 2, 2017 Posted by | english | , | Deixe um comentário

What Did France Get Right That America Got SO Wrong?

Publicado em 9 de mai de 2017

On tonight’s Big Picture, Sam discusses the results of the French elections with economist Dr. Richard Wolff. Then, Sam talks to Bryan Pruitt of RedState and Zaid Jilani of the Intercept about the Trump administration defending its Muslim ban by citing a Jim Crow era case, and a right-wing media company acquiring more local TV stations.

For more information on the stories we’ve covered visit our websites at thomhartmann.com – freespeech.org – and RT.com. You can also watch tonight’s show on Hulu – at Hulu.com/THE BIG PICTURE and over at The Big Picture YouTube page. And – be sure to check us out on Facebook and Twitter!

maio 10, 2017 Posted by | english | , , , | Deixe um comentário

America-China Financial Wars

Publicado em 29 de abr de 2017

Check Keiser Report website for more: http://www.maxkeiser.com/

In this episode of the Keiser Report, Max and Stacy discuss the ‘total fool’ speculator who bombed the Borussia Dortmund team bus in order to profit from shares falling. They also discuss global debt exploding to 325 percent of global gross GDP. In the second half, Max interviews Alasdair Macleod of Macleod Finance and Goldmoney.com. They discuss America’s financial war strategy and whether or not it has already failed in this war against China.

WATCH all Keiser Report shows here:
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E1-E200)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E201-E400)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E401-E600)
http://www.youtube.com/playlist?list=… (E601-E800)
https://www.youtube.com/playlist?list… (E801-E1000)
https://www.youtube.com/playlist?list… (E1001 – Current)

RT LIVE http://rt.com/on-air

Subscribe to RT! http://www.youtube.com/subscription_c…

Like us on Facebook http://www.facebook.com/RTnews
Follow us on Twitter http://twitter.com/RT_com
Follow us on Instagram http://instagram.com/rt
Follow us on Google+ http://plus.google.com/+RT
Listen to us on Soundcloud: https://soundcloud.com/rttv

RT (Russia Today) is a global news network broadcasting from Moscow and Washington studios. RT is the first news channel to break the 1 billion YouTube views benchmark.

abril 29, 2017 Posted by | english | , , , | Deixe um comentário

“Los países de América Latina supieron aprovechar las sanciones contra Rusia”

Publicado em 25 de abr de 2017

El panorama actual de América Latina, con las manifestaciones en Venezuela y Paraguay o el descontento en Argentina, se asemeja a un rompecabezas. ¿Cuál es el futuro de estos países? ¿Qué puede esperarse de las relaciones bilaterales con Rusia? Alexander Schétinin, director para Latinoamérica del Ministerio de Asuntos Exteriores de Rusia, intenta resolver este puzle en el nuevo episodio de ‘Cocina Política’.

¡Suscríbete a RT en español!
http://www.youtube.com/user/Actualida…

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

abril 25, 2017 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

How Donald Trump Will Destroy The American Economy

março 13, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Debate: Did POTUS win over America with his joint session speech?

março 2, 2017 Posted by | english | , | Deixe um comentário

Trump es la mejor opción para América Latina?

fevereiro 19, 2017 Posted by | Espanhol | , , | Deixe um comentário

La mejor ciudad para vivir en América Latina

Condições de vida

Melhor Cidade

Cada años la consultora internacional Mercer elabora un ‘ranking’ mundial de ciudades que mide la calidad de vida. Este año, el informe situó en primer lugar –y por séptimo año consecutivo– a Viena (Austria). En el último puesto también repitió, como desde hace varios años, Bagdad (Irak).

En América Latina la lista la encabezó, al igual que en la última clasificación, Montevideo (Uruguay), que quedó en el puesto 78.º a nivel mundial. En la región le siguen Buenos Aires (Argentina) en la posición 93.ª y, un escalón más abajo, Santiago (Chile). La peor ciudad latinoamericana de las evaluadas por Mercer es Puerto Príncipe (Haití), al ubicarse en el lugar 227.º del ranking.

Según explicó el diario ‘El País’ de Uruguay, “uno de los motivos que llevó a Montevideo a tener el primer puesto fue que las demás ciudades sufren de grandes índices de contaminación”, como es el caso de Santiago de Chile. Mientras que “a Buenos Aires las manifestaciones, la agitación política y la inestabilidad económica la bajaron de puesto”.

¿Cómo se hizo el ‘ranking’?

Según detalló Mercer, se contemplaron diez criterios para medir la calidad de vida de las distintas ciudades. “Ambiente social y político”, que midió la estabilidad gubernamental, los índices de delincuencia y la aplicación de la ley; “Ambiente económico”, que consideró las distintas regulaciones en el sector y los servicios bancarios; “Ambiente socio-cultural”, que evaluó la libertad de prensa, la censura y las libertades individuales.

Por otra parte, también se contempló el acceso a la salud, la educación, la vivienda y el transporte público. Así como las posibilidades de recreación, los espacios verdes y la comida.

Para comprender por qué la consultora evalúa estos aspectos, la firma explicó que el estudio está destinado principalmente para compañías internacionales. Con el objeto de que stas puedan definir, entre otras cosas, cuánto pagar a sus empleados en función de a qué ciudad los envíen y en cuales de ellas invertir.

La lista de América Latina

78. Montevideo (Uruguay)
93. Buenos Aires (Argentina)
94. Santiago (Chile)
96. Ciudad de Panamá (Panamá)
105. San José (Costa Rica)
106. Brasilia (Brasil)
108. Monterrey (México)
114. Asunción (Paraguay)
118. Río de Janeiro (Brasil)
121. São Paulo (Brasil)
123. Lima (Perú)
125. Manaos (Brasil)
127. Ciudad de México (México)
128. Quito (Ecuador)
130. Bogotá (Colombia)
135. Santo Domingo (República Dominicana)
152. Ciudad de Guatemala (Guatemala)
156. La Paz (Bolivia)
172. Managua (Nicaragua)
173. San Salvador (El Salvador)
185. Caracas (Venezuela)
186. Tegucigalpa (Honduras)
191. La Habana (Cuba)
227. Puerto Príncipe (Haití)

RT-TV

 

janeiro 12, 2017 Posted by | Espanhol | , , , , | Deixe um comentário

Autos menos seguros de América Latina

automóveis sem segurança

Carros Perigosos

 

Los fabricantes de coches comercializan versiones menos seguras de sus modelos en América Latina, ahorrando de tal manera en la salud de sus consumidores de la región, informa la cadena BBC.

Programa de Evaluación de Autos Nuevos para América y el Caribe (Latin NCAP) ha publicado una lista de automóviles vendidos, y en algunos casos fabricados en la región, que no corresponden con los niveles de seguridad internacionales y tienen una calificación de cero estrellas, de un máximo de cinco.

Los autos menos seguros de América Latina (0 estrellas):

  1. Chery IQ
  2. Lifan 320,
  3. Nissan Tsuru / Sentra B13
  4. Renault Clio Mio
  5. Chevrolet Aveo
  6. Fiat Palio
  7. Chevrolet Agile
  8. Nissan Tiida Sedán
  9. Hyundai Grand I10
  10. Chevrolet Sail
  11. Chevrolet Spark
  12. Geely CK 1 1.3
  13. Suzuki Alto K10.

De acuerdo con la organización, que ha realizado una serie de pruebas de choque de los autos mencionados en la lista, la razón principal de sus bajos índices de seguridad es la falta de bolsas de aire, que protegen al conductor y pasajeros de lesiones durante un accidente de tráfico.

“Creemos que es una diferenciación que están haciendo con los latinoamericanos muy grande. Es como que nos están tratando como ciudadanos de segunda”, dijo a BBC Mundo, la presidenta de Latin NCAP, María Fernanda Rodríguez.

El coordinador de seguridad vehicular y aire limpio de la organización mexicana ‘El poder del consumidor’, Stephan Brodziak, por su parte, ha afirmado que más del 80% de los vehículos fabricados en México, el mayor productor de vehículos en la región, cuentan con los mejores estándares de seguridad, pero son exportados a América del Norte y a Europa.

Mientras tanto, la directora ejecutiva del gigante automovilístico General Motors, cuya producción domina en la lista de coches de baja seguridad en la región, Mary Barra, ha defendido la venta de autos sin ‘airbag’ en el mercado latinoamericano, asegurando que son más asequibles para el consumidor de bajo ingresos, que predomina en la región. Además Barra ha señalado que dichas normas de seguridad no son obligatorias en Latinoamérica.

RT-TV

abril 16, 2016 Posted by | Espanhol | , , | Deixe um comentário

Tres países de América Latina con mayores impuestos

Maior Imposto

Presidente da Argentina

Todos los años el Foro Económico Mundial (FEM) publica un Informe de Competitividad Global que refleja el estado de las economías del mundo. Uno de los indicadores de mayor importancia que considera el FEM es la presión fiscal en un país dado, y en esto caso las puntuaciones más altas significan una menor competitividad.

 El informe tiene en cuenta todos los impuestos que se aplican a los negocios, pero no a las personas que trabajan en ellos. Para determinar el coeficiente de la carga tributaria se calcula qué porcentaje de los ingresos netos paga cada empresario al Gobierno. Este informe toma como referencia los datos de cinco tipos diferentes de impuestos: el impuesto sobre las ganancias, los impuestos que la compañía paga por cada uno de sus empleados (incluyendo las aportaciones sociales), los impuestos a la propiedad, el impuesto sobre las ventas y otros impuestos menores.

En América Latina los países en los que los negocios enfrentan menos presión son Chile (27,9%), Ecuador (33%) y Perú (36%). En el otro extremo de la lista se sitúan Argentina (137,2%), Bolivia (83,7%) y Colombia (75,4%), que son los países donde los negocios enfrentan mayor carga tributaria.

RT-TV

Version en português

fevereiro 21, 2016 Posted by | Espanhol | , , , , | Deixe um comentário

Cinema 2.016 – Capitão América – Guerra civil

Capitão América - Guerra Civil

Cinema 2.016

Capitão América: Guerra Civil é um filme de ação estadunidense de 2016, produzido pela Marvel Studios e distribuído pelaWalt Disney Studios Motion Pictures. É uma sequência de Capitão América: O Primeiro Vingador (2011) e Capitão América: O Soldado Invernal, é a décima terceira sequência do Universo Cinematográfico Marvel (MCU). O filme é dirigido por Anthony e Joe Russo, com roteiro de Christopher Markus e Stephen McFeely, e apresenta um elenco que inclui Chris Evans, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Sebastian Stan, Anthony Mackie,Emily VanCamp, Don Cheadle, Jeremy Renner,Chadwick Boseman, Paul Bettany, Elizabeth Olsen,Paul Rudd, Frank Grillo,Daniel Brühl e William Hurt. Em Capitão América: Guerra Civil, o Capitão América lidera os Vingadores e continuam a proteger o mundo, mas a equipe sofre danos colaterais. Com o aumento da pressão política que resulta na instituição de um sistema de responsabilidade e conselho governamental para determinar quando solicitar os serviços da equipe. Isto faz com que a equipe se divida.

O desenvolvimento do longa começou no final de 2013, quando Markus e McFeely começou a escrever o roteiro que possui conceitos das histórias em quadrinhos que envolve Guerra Civil (2006) escrita por Mark Millar e desenhada por Steve McNiven. Os irmãos Russo foram contratados novamente no inicio de 2014, após reações positivas nas pré-estreias de O Soldado Invernal. O título do filme foi revelado em outubro de 2014 e Downey foi adicionado ao elenco, com membros adicionais aderindo o elenco meses seguintes. As filmagens principais iniciaram em abril de 2015, em Atlanta e foram concluídas em agosto de 2015, em Berlim.

Capitão América: Guerra Civil está programado para ser lançado em 6 de maio de 2016 nos cinemas norte-americanos e em 28 de abril de 2016 nos circuitos brasileiros, em 3D e IMAX 3D.

Sinopse

Após acontecimentos de Vingadores: Era de Ultron, outro incidente internacional envolvendo Steve Rogers (Chris Evans) e os recém formado grupo de Vingadores resulta em danos colaterais. Estes eventos desencadeiam-se no Tratado de Sokovia, uma lei promulgada pelo governo, a fim de ser um sistema de prestação de contas, pretendendo supervisionar e dirigir a equipe. Isto faz com que Os Vingadores se encontre fraturado, resultando em duas facções — a Resistência liderada por Rogers que deseja operar, sem regulamentação e outra, a Iniciativa, liderada por Tony Stark (Robert Downey, Jr.) que apoia a supervisão governamental, enquanto eles tentam proteger o mundo de um novo inimigo.[2] [3]

Elenco

 Estados Unidos
2016 •  cor •
Direção Anthony Russo
Joe Russo
Produção Kevin Feige
Roteiro Christopher Markus
Stephen McFeely
Baseado em Capitão América por Joe Simon Jack Kirby
HQ Guerra Civil por Mark Millar Steve McNiven
Elenco Chris Evans
Robert Downey, Jr.
Tom Holland
Scarlett Johansson
Sebastian Stan
Anthony Mackie
Emily VanCamp
Don Cheadle
Jeremy Renner
Chadwick Boseman
Paul Bettany
Elizabeth Olsen
Paul Rudd
Frank Grillo
Daniel Brühl
William Hurt
Gênero ação / drama
Música Henry Jackman[1]
Cinematografia Trent Opaloch
Companhia(s) produtora(s) Marvel Studios
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento 6 de maio de 2016 Estados Unidos
Idioma Inglês
Cronologia
Último

Capitão América:
O Soldado Invernal
(2014)
 
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Trailer

Trailer 2

Fonte: Wikipedia

A lei da noite

Ouro e cobiça

Divergente: convergente

O silêncio

Tinha que ser ele?

Presságios de um crime

Rogue one – Uma história de Guerra nas estrelas

Sequestro

As regras não se aplicam

Animais noturnos

Arrival – A chegada

Pastoral americana

O contador

A garota do trem

Gênios do crime

Os sete magníficos

O bebê de Bridget Jones

Sully – O herói do Rio Hudson

Morgan: A evolução

Assassino a preço fixo

O homem nas trevas

O espaço entre nós

As caça-fantasmas

O esquadrão suicida

Bad moms

O jogo do dinheiro

Alice através do espelho

Popstar – Nunca desista de nunca desistir

O bom gigante amigo

Conexão Escobar

O jogo do dinheiro

Mente criminosa

Demolição

Uma noite com a família blacks

A escolha perfeita

O cavaleiro de copas

Voando alto

Deadpool

Horas decisivas

Tirando o atraso

Capitão América – Guerra civil

O regresso

Master mind – Gênios do crime

Salve cesar!

Ben-Hur

A quinta onda

X-men – Apocalipse

Estrelas ocultas

La La land

Cinquenta tons de negro

Doutor estranho

Jason Bourne

A lenda de Tarzan

Snowden

Passageiros

Um espião e meio

Como ser solteira

Deuses do Egito

Cinema 2.016

 Cinema 2.015

janeiro 9, 2016 Posted by | Cinema | , , , , , , | Deixe um comentário

O que o aumento do dólar provoca na América Latina

Quem ganha com o dólar na América-Latina

Alta do Dólar

Recentemente, vários moedas latino-americanas sofreram queda acentuada em relação ao dólar norte-americano. Esta mudança abrupta influenciou as moedas de diferentes maneiras nas nações da região. Inclusive num mesmo países existem setores que podem tirar proveito do dólar mais forte, mas também existem áreas que sofrem com a inflação provocada por esta mudança.

Quem perde?

As nações mais afetadas pelo dólar mais forte são aquelas envolvidos na importação, uma vez que a sua economia depende de matérias-primas e produtos adquiridos no exterior. Bebidas, roupas, transporte, peças automotivas e alimentos, estão entre entre os produtos  importados. Assim, os 18 países da América Latina e do Caribe que são importadores natos (compram mais alimentos do que vendem) irão sofrer sérios problemas a este respeito, uma vez que o preço dos alimentos importados vai crescer dramaticamente, relata a BBC . Neste grupo de risco estão o México, Colômbia, Peru, Venezuela, Guatemala e República Dominicana, onde os preços de produção podem subir até 50%, tornando-se uma importante causa de inflação na região.

Quem ganha?

Enquanto uma parte do povo latino-americano poderia sofrer com os altos preços, nos mesmos países, alguns setores poderiam tirar proveito. Este é o caso da Colômbia, México, Chile, Brasil e Peru, já que eles têm indústrias que exportam bens e serviços. A vantagem vem da oportunidade de vender os seus produtos nos mercados internacionais, obter o pagamento em dólares mais caros e mudanças também no mercado interno com um preço superior.

Além disso, o fortalecimento da moeda americana ajuda o sector do turismo, uma vez que passar as férias na América Latina fica mais barato para os turistas norte-americanos e  Europeus. Assim, o sector do turismo no México (29 milhões de turistas por ano), Argentina (5,9 milhões), Brasil (5,8 milhões), República Dominicana (5,1 milhões) e outras nações Latino-americano iriam receber um valor extra com dólares mais valorizados.

Além disso, as famílias latino-americanas e caribenhas que têm parentes que trabalham no exterior e recebem remessas em dólares, poderão se beneficiar com um valor maior em relação as moedas  nacionais.

Países que não serão afetados

Países dolarizados como Panamá, El Salvador e Equador não sofrerão mudanças drásticas, embora as exportações possam encarecer, porque um preço com dólar em alta seria menos competitivo. Ao mesmo tempo, a população destas três nações  terão acesso a produtos importados mais baratos.

Fonte: RT-TV

Países latino-americanos que mais resistentes a crise

Países mais ricos das Américas

FMI rompe relações com a Argentina

agosto 22, 2015 Posted by | Internacional | , , , , | Deixe um comentário

Revelan el insulto de Neymar en la Copa América

Copa América

Copa América

El árbitro chileno Enrique Osses ha publicado un informe donde revela los pormenores de su conflicto con el futbolista brasileño Neymar durante el partido entre Brasil y Colombia en el marco del torneo Copa América 2015. “Te quieres hacer famoso a mi costa, hijo de….”, espetó el futbolista al colegiado en el túnel de vestuarios tras su expulsión, comunica Peru.com.

En el mismo partido el delantero brasileño pateó la pelota contra la espalda del futbolista colombiano Pablo Armero. Ambas situaciones motivaron la decisión de la Confederación Sudamericana de Fútbol (Conmebol) de suspender a Neymar con cuatro partidos en Copa América.

Fonte – RT-TV

junho 21, 2015 Posted by | esportes | , , , | Deixe um comentário

Insulto que teria tirado Neymar da Copa América

Copa América

Copa América

O árbitro chileno Enrique Osses publicou um relatório revelando os detalhes de seu conflito com o futebolista brasileiro Neymar durante a partida entre Brasil e Colômbia no Torneio Copa América 2015 . “Tá querendo ficar famoso às minhas custas filho da .. .. “, disse o jogador ao árbitro no túnel do vestiário, depois da expulsão, segundo o Peru.com .

Na mesma partida, o atacante brasileiro já havia  chutado a bola de volta contra o jogador colombiano Pablo. Ambas as situações levaram à decisão da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) de suspender Neymar, em quatro jogos na Copa América.

Fonte: RT-TV

 

junho 21, 2015 Posted by | esportes | , , | Deixe um comentário

Imigrantes da América vem da Europa

nomes e culturas

Nomes

De acordo com um novo estudo da Organização Internacional para as Migrações (OIM), nos últimos anos, foi registrado maior fluxo de migrantes da UE para a América Latina e o Caribe do que na direção oposta.

Pela primeira vez nos últimos 14 anos, mais pessoas migraram da UE para a América Latina e o Caribe do que vice-versa,  revelou um novo estudo da Organização Internacional para as Migrações (OIM), intitulado ”  rotas e dinâmica migratórias  entre a América Latina,  Caribe e  União Europeia “.

Em 2012, o número de emigrantes europeus chegaram a 181 166 pessoas, em comparação com 119 mil que migraram da América Latina. No caso da última, os números caíram 68 por cento desde 2007, quando  foram registrados números sem precedentes.

A maioria das migrações para a América Latina vem de Espanha. Assim, enquanto em 2003 o número de pessoas que deixou a Espanha foi de pouco mais de 7.000 em 2012 tornou-se 154.000. Ao mesmo tempo, o número de pessoas no resto da UE, principalmente a Itália, Portugal, França e Alemanha caiu de 37.000 para 26.000.

“Nos últimos anos, as alterações na fluxos migratórios entre a América Latina, o Caribe e a UE  mostram como conseguem se adaptar naturalmente às novas realidades sócio-econômicas e seu potencial como instrumento de adaptação e resposta às crises económicas e estruturais “, disse a vice-diretora geral da OIM, Laura Thompson.

Fonte: RT-TV

Califórnia aprova lei pró-imigrantes

Países que mais recebem imigrantes

EUA limitará deportação de imigrantes

junho 7, 2015 Posted by | Internacional, Migração | , , | Deixe um comentário

América Latina ganha vacina contra o câncer

vacina gratuíta

Vacina Contra Câncer

A Administração Nacional de Medicamentos, Alimentos e Tecnologia Médica da Argentina aprovou a primeira vacina terapêutica contra o câncer de pulmão. Estará disponível em Julho.

Trata-se da vacina “Vaxira Racotumomab”, que foi elaborada por cientistas da Argentina, Cuba, Brasil e Singapura, há 18 anos. Os cidadãos argentinos e cubanos receberam a vacina gratuitamente.

Brasil, México, Uruguai e Turquia, estão próximos de iniciar seu processo de aprovação e aplicação da vacina.

Ainda que não se possa afirmar que esta vacina represente a solução para a enfermidade, aumenta a expectativa de vida dos pacientes. Permite prolongar a vida por anos, ao melhorar o sistema imunológico do corpo humano. Contém um antígeno chamado NgcGM3, que ajuda a criar anticorpos na superfície das células cancerígenas e ajudam a destruir o resíduo das células.

Na Argentina cerca de 9.000 pessoas morrem todo ano por causa do câncer de pulmão. Ainda não é possível reconhecer a enfermidade precocemente, por isso a taxa letal continua sendo alta em todo o mundo. Cerca de 90% não consegue sobreviver mais de cinco anos.

Fonte: RT-TV

Tudo o que você pode comer

Top dez alimentos mortais

Doença contamina 30% dos americanos

Síndrome do pânico

junho 3, 2013 Posted by | Internacional | , , , , | 4 Comentários

Os paises mais ricos das americas

cidades ricas

Paises Ricos

Dizem que algumas coisas não mudam nunca no Brasil, uma delas certamente é o PIB.

PIB – Produto Interno Bruto, poderia também ser traduzido para: Principal Indice do Brasil, utilizado na macro economia, totalmente desvinculado  do IDH, índice de desenvolvimento humano.

O PIB é a soma de tudo o que se produz numa determinada região, transformado em valores monetários.

Enquanto o PIB mostra as riquezas do país, o IDH mostra a pobreza, então, qual é o principal índice? – Todos acham o IDH mais importante, menos os economistas que analisam a macroeconomia.

A bagunça começa pela data das pesquisas, a última pesquisa é de 2.008.

O Brasil possui 5.564 municípios, desses, seis concentram vinte e cinco por cento das riquezas. Um bom motivo para  sair do país, pelo menos se fosse só isso.

A lista dos seis municípios mais ricos do Brasil não tem mudado, nos últimos anos: São Paulo 11,8%, Rio de Janeiro 5,1%, Brasília 3,9%, estão no topo da lista, distantes do resto dos municípios do Brasil, mas é São Paulo que chama a atenção,  com quase doze por cento de todas as riquezas do país.

Se alguém perguntar para as pessoas que moram em São Paulo se elas notam alguma diferança, em relação ao resto do Brasil, certamenta poucas vão dizer sim.

Em seguida, na lista, vem a cidade de Curitiba, com 1,4%; Belo Horizonte, também com 1,4%, e Manaus fechando a lista, com 1,3%.

Essas seriam as seis cidades que concentram os 25% do PIB brasileiro.

A política é um dos principais fatores indicadores do mapa do PIB, já que as cidades mais ricas são capitais; em seguida, eu diria que a infra-estrutura, combinada com a política, mostram as regiões mais ricas, mas o clima e a geografia são implacáveis com os municípios mais pobres.

A infraestrutura também explica o fato de Brasília, a maior força política do Brasil, ficar em terceiro, o mesmo acontecendo no estado de Santa Catarina, onde sua capital também ficou apenas com o terceiro lugar no estado.

A própria pesquisa é uma das principais culpadas pelos problemas do país, tanto em época de eleições, quanto para a padronização da miséria em todo o país, independente do PIB.

São Francisco do conde, na Bahia, ainda é a cidade mais rica do país, segundo o PIB per capta, apesar da população de cerca de trinta mil pessoas, viver na miséria de sempre, a pergunta continua: “Onde vai parar o dinheiro dessa cidade petrolífera?

A Justiça nunca foi o forte do Brasil, então, para que tentar entender o que é inexplicável.

Todas as cidades produtoras de petróleo tem um forte vínculo com a política, mas a região do Sudeste, mais especificamente em Sertãozinho, onde a iniciativa privada é muito forte, na cidade que mais cresceu nos últimos dez anos, verificamos a força do PIB, já que o Prefeito não sabia o que fazer com tanto dinheiro.

Macaé – RJ, também produtora de petróleo, segue uma corrida em busca de infra-estrutura, numa cidade que mais aumenta o PIB nos últimos cinco anos, mas com uma população crescendo ainda mais.

Diferente de Macaé, a cidade que está no pico de seu crescimento, Sertãozinho e Paulínia já se encontram mais estabilizadas.

A força do PIB nas capitais tem diminuído, mas ainda é um grande problema no Brasil.

Posição País PIB (em trilhões de US$)

Mundo 78,360,000

América 20,299,430

1 – Estados Unidos 15,0 trilhões de dólares

2 – Brasil 2,3 trilhões de dólares

3 – Canadá 1,7 trilhão de dólares

4 – México 1,0 trilhão

5 – Argentina 447 bilhões

6 – Venezuela 331

7 – Colômbia 249

8 – Chile 185

9 – Peru 131

10 -Cuba 55

Como Podemos concluir, o Brasil pode ser um dos países mais ricos da américa, um dos mais pobres também, tudo depende do ponto de vista.

Texto relacionado:

https://icommercepage.wordpress.com/2010/11/08/os-melhores-paises-para-se-viver-segundo-o-idh-2-010/

By Jânio

dezembro 12, 2010 Posted by | Policia | , , , , , , , , , , | 73 Comentários

   

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

bastet - protetora dos gatos

todos os animais merecem o céu e os gatos principalmente

Blog CIN 5018

Informatização de Unidades de Informação

The Promise Carrier

Ebrael's official website in English.

detudosobretudoblog

Este site vai aborda todos os temas voltado para as mulheres

Letícia Giacometti Ribeiro

O diário de uma estudante de Jornalismo

Caminho Alternativo

Geopolítica, atualidades e opinião

Escrita em Foto

Colunas, textos, fotografias; a vida de alguém que busca mais do que apenas viver.

%d blogueiros gostam disto: