Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Miguel Díaz-Canel, nuevo presidente de Cuba

Anúncios

abril 19, 2018 Posted by | Espanhol | , | Deixe um comentário

El presidente chino Xi Jinping llega a Moscú

Transmitido ao vivo há 11 horas

El presidente de China, Xi Jinping, llega este lunes 3 de julio a Moscú para reunirse con el presidente ruso, Vladímir Putin. Se espera que ambos líderes aborden asuntos de carácter internacional y regional, así como la cooperación estratégica entre China y Rusia. 

Suscríbete para no perderte nuestros eventos en vivo: https://goo.gl/qFPG81

RT en español en vivo.

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

julho 3, 2017 Posted by | Espanhol | , , , , | Deixe um comentário

Avança no Senado proposta de recall para mandato do presidente da República

PMDB controla o poder

Golpe do PMDB

Karine Melo – Repórter da Agência Brasil

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (21) o substitutivo do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 21/2015, que prevê um recall (um referendo popular) para o mandato de presidente da República.

De iniciativa do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), o texto original estendia a medida a governadores, prefeitos, senadores, deputados (federais, estaduais e distritais) e vereadores após dois anos de exercício no cargo. No entanto, o substitutivo de Anastasia limitou essa possibilidade ao chefe do Executivo, que poderá ter seu mandato revogado por proposta assinada por, pelo menos, 10% do número de eleitores que compareceram à última eleição presidencial, que devem representar 14 unidades da Federação com pelo menos 5% dos eleitores de cada uma delas.

Com a aprovação na CCJ, tanto a proposta original quanto o substitutivo seguem para dois turnos de votação no plenário da Casa, ainda sem data prevista. Para ser aprovada, é necessário o apoio de dois terços dos senadores. Se aprovado, o texto segue para a Câmara dos Deputados, onde também são necessárias duas votações, também com a aprovação de dois terços dos deputados.

Se a proposta for aprovada pelo Parlamento, o recall é convocado para a população ratificar ou rejeitar a revogação.

Pelo texto, caso a população decida pela revogação do mandato de presidente da República, por exemplo, o cargo fica vago até que o vice-presidente assuma. Se este também estiver vago, assume o presidente da Câmara dos Deputados, que deverá convocar eleições diretas ou indiretas, dependendo do momento em que a revogação ocorrer.

* Texto alterado às 15h42 para acréscimo de informações

Edição: Fernando Fraga
 
Agência Brasil
 

junho 21, 2017 Posted by | Política | , , , | Deixe um comentário

Euro sobe e passa de US$ 1,10 após vitória de Macron

boicote europeu
Da Agência EFE

O euro ganhou força após a vitória do social-liberal Emmanuel Macron nas eleições presidenciais da França e superou a barreira de US$ 1,10. As informações são da Agência EFE.

A moeda comum europeia era cotada às 20h30 GMT (17h30 de Brasília) a US$ 1,1017 no início das operações de segunda-feira em Auckland, na Nova Zelândia (horário local), acima da cotação de US$ 1,0986 das últimas horas da negociação em Frankfurt na sexta-feira.

Macron obteve 65% dos votos, contra 35% da ultradireitista Marine Le Pen, segundo as primeiras pesquisas de boca de urna.

O mercado de divisas havia previsto a vitória de Macron, que “pode começar um novo capítulo na Europa”, segundo o economista chefe do UniCredit Research, Erik Nielsen.

Agência Brasil

 

maio 7, 2017 Posted by | Internacional | , , , | Deixe um comentário

Tump: Los 100 días de soledad

Publicado em 28 de abr de 2017

Este viernes, en ‘El Zoom’ debatimos con un estratega republicano y otro demócrata sobre los primeros 100 días de Donald Trump en la Casa Blanca. Javier Rodríguez Carrasco analiza este periodo y aborda cuestiones como sus controvertidas decisiones de bombardear Siria y Afganistán, el muro con México, las tensiones con Corea del Norte o su cambio de rumbo respecto a la OTAN y Rusia. Además, formula una relevante pregunta: ¿mintió a su electorado durante la campaña?

¡Suscríbete a RT en español!
http://www.youtube.com/user/Actualida…

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

abril 28, 2017 Posted by | Espanhol | , , , , | Deixe um comentário

Emílio Odebrecht fala em “caixa oficial e caixa 2” para FHC; ex-presidente nega

Lava a Jato

Da Agência Brasil*

O ex-presidente executivo e atual presidente do Conselho de Administração da empreiteira Odebrecht, Emílio Odebrecht, disse, em depoimento ao Ministério Público Federal, ter feito repasses por meio de caixa 2 para as campanhas eleitorais de Fernando Henrique Cardoso em 1993 e em 1997.

“Eu não tenho dúvida de que houve alguma coisa, que teve de caixa 2 e de caixa oficial. Se ele soube ou não, eu acho até que não deve ter sabido. Eu também não sabia esses detalhes”, disse Emílio Odebrecht, em depoimento.

Ao lado do depoimento de mais 76 executivos e ex-executivos das empresas Odebrecht e Braskem, o depoimento de Emílio Odebrecht serviu de base para a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin autorizar a abertura de investigação contra oito ministros do governo federal, três governadores, 24 senadores e 39 deputados federais

Antes de os vídeos das delações serem divulgados oficialmente pela Justiça, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já havia negado irregularidades. Em vídeo, divulgado nas redes sociais, FHC defendeu a ampla investigação dos fatos. “Não tenho nada a esconder, nada a temer. Eu vou ver com calma do que se trata. Por enquanto não há nada específico. É tudo muito vago”, disse o ex-presidente.

Dilma e Lula

Em depoimento aos procuradores, o empresário Marcelo Odebrecht, filho de Emílio e ex-presidente do grupo, afirmou também que os ex-presidentes Dilma Roussef e Luiz Inácio Lula da Silva sabiam de doações não contabilizadas da empreiteira para a campanha deles à Presidência da República.

O empresário disse que se encontrou com a ex-presidente Dilma em 2015 no México, e afirmou que fez um alerta sobre a possível contaminação que o caixa 2 poderia causar à campanha dela por causa das investigações da Lava Jato.

“No que tange à questão de caixa 2, tanto Lula quanto Dilma, eles tinham conhecimento de um montante, não necessariamente do valor preciso, mas tinham conhecimento da dimensão de todo o nosso apoio ao longo dos anos. A Dilma, ela sabia, que grande parte do nosso apoio tava direcionado para João Santana [responsável pelo marketing da campanha]. E especificamente em 2015, no encontro que tive, já com a Operação Lava Jato deflagrada, tive consciência de todos os depósitos que tinham sido feitos, eu mostrei a ela a quantidade que pdoeria contaminar a campanha dela”, disse em um dos depoimentos da delação premiada.

Dilma e Lula negam as acusações e dizem que as afirmações de Marcelo são falsas.

Primeira instância

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin determinou o envio das citações de ex-executivos da Odebrecht aos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff para a primeira instância da Justiça. O pedido foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) pelo fato de os acusados não terem mais foro privilegiado no STF.

Com a decisão do STF, FHC deverá responder às acusações na Justiça Federal em São Paulo.

As acusações contra o ex-presidente Lula foram enviadas para a Justiça Federal no Paraná. Nos depoimentos, os colaboradores ligados à Odebrecht também citaram supostas tratativas com Lula para viabilizar politicamente a edição de uma medida provisória para evitar a intervenção do Ministério Público nos acordos de leniência assinados com empresas na Lava Jato.

Um pedido de influência de Lula para que a Odebrecht conseguisse fechar negócios com o governo angolano e reformas em um sítio em Atibaia (SP), além do pagamento de palestras em troca de favorecimento da empresa também constam nos depoimentos.

No caso da ex-presidenta Dilma, foram citados supostos pagamentos de caixa dois para a campanha eleitoral. As acusações foram enviadas para a Justiça Federal em São Paulo.

* Com informações da TV Brasil

Edição: Carolina Pimentel
 

abril 14, 2017 Posted by | Política | , , , | Deixe um comentário

Equador define hoje quem será seu novo presidente

Presidente do Equador

Lênin Moreno

Da Agência EFE

Os centros eleitorais do Equador abriram suas portas neste domingo (2) para receber os votos dos cidadãos que elegerão nas urnas o sucessor do presidente Rafael Correa. Um total de 12,8 milhões de eleitores foram convocados a participar destas eleições, nas quais os cidadãos escolherão entre o candidato governista Lenín Moreno, da Aliança País (AP, esquerda) e o opositor Guillermo Lasso, do Movimento Criando Oportunidades (CREO, centro-direita). As informações são da agência de notícias EFE.

O processo de votações começou às 7h local (9h, em Brasília), com a abertura das juntas receptoras de votos e se estenderá até às 17h local (19h, em Brasília). A partir desse momento, começará a apuração das cédulas de votação e serão revelados os resultados de pesquisas a boca de urna.

Está previsto que o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) divulgue às 20h (22h, em Brasília) os primeiros resultados oficiais.

O CNE fez uma chamada à AP, CREO e seus simpatizantes “a viver uma autêntica festa democrática” e a “esperar os resultados oficiais de forma pacífica”. O órgão pediu também que os cidadãos se informem sobre o avanço dos resultados “mediante os canais oficiais”.

Edição: Armando Cardoso
 

abril 2, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Oposição pede renúncia de presidente da Colômbia por propina da Odebrecht

Juan Manuel Santos

Presidente Colombiano

Da Agência Ansa

Diversos membros da oposição da Colômbia pedem a renúncia do presidente Juan Manuel Santos caso se confirme que a campanha eleitoral do mandatário tenha recebido propina da construtora brasileira Odebrecht. As informações são da agência italiana ANSA.

Os pedidos surgiram após o procurador-geral Néstor Martínez informar que a campanha de 2014 de Santos teria recebido cerca de US$ 1 milhão da multinacional brasileira. A Procuradoria disse que parte dos US$ 4,6 milhões que teriam sido dados em propina, com intermediação do ex-parlamentar Otto Bula (preso e investigado pelo crime), foram usados pelo comitê eleitoral de Santos.

Em delação no Brasil, a Odebrecht reconheceu que cometeu a prática de suborno em diversos países latinos e que pagou cerca de US$ 11 milhões em propinas na Colômbia entre 2009 e 2014. Além de Bula, o ex-vice-ministro de Transporte Gabriel Morales, que atuava no governo de Álvaro Uribe, foi preso por receber propina.

O ex-presidente colombiano Andrés Pastrana, aberto opositor do governo Santos, usou sua conta no Twitter para pedir a renúncia do mandatário. “Presidente Juan Manuel Santos: se comprovarem os pagamentos da Odebrecht para sua campanha, deve começar a considerar a possibilidade de renunciar”, escreveu.

Já a senadora Claudia López, do partido Aliança Verde, afirmou que essa é “uma situação muito grave” e que se “comprovarem [o envolvimento de] Santos e Vargas Lleras [vice-presidente], eles devem renunciar, porque são os diretos beneficiários desse dinheiro ilegal”. A senadora María del Rosario Guerra, do partido Centro Democrático, exigiu a renúncia imediata do presidente, dizendo que ele “mentiu ao país tendo declarado que o dinheiro não vem de subornos”.

O governo desmentiu a acusação da Procuradoria e disse que o governo não recebeu esse dinheiro e que apenas valores declarados foram dados à campanha.

Agência Brasil

 

fevereiro 8, 2017 Posted by | Política | , , , , | Deixe um comentário

Saiba como é eleito o presidente de Senado

Legislativo X Judiciário

Nesta quarta-feira (1º), o Senado inicia o processo de escolha da nova Mesa Diretora da Casa. Há dois pré-candidatos à presidência: Eunício Oliveira (PMDB-CE), que não lançou oficialmente a campanha, e José Medeiros (PSD-MT). Eunício, que tem o apoio da base do PMDB (partido com maior bancada da Casa) e de outros partidos, é o favorito.

Em termos de rito, a eleição no Senado segue regras um pouco diferentes das da Câmara. Na primeira reunião do ano, chamada de preparatória, escolhe-se apenas o presidente. Na terceira sessão do ano, realizada após nova sessão solene, são eleitos os demais membros da Mesa Diretora – dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes. Caso haja chapa única no dia da votação, os nomes precisam apenas ser referendados pelos colegas.

De acordo com a assessoria do Senado, as candidaturas podem ser protocoladas até o dia da votação. Logo na abertura da sessão, o atual presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), perguntará se há candidato. Caso haja mais de um candidato, a votação é secreta.

Apesar de os últimos presidentes (Renan Calheiros e José Sarney) terem sido reeleitos, a reforma eleitoral do ano passado decidiu que os atuais membros da Mesa não são reelegíveis para os cargos que ocupam.

O quórum mínimo para que haja votação é de 41 senadores (metade mais um do total). Diferentemente do que houve nas últimas eleições, a votação deve ocorrer em urna eletrônica. Como, tradicionalmente, o presidente é escolhido por consenso, sequer há previsão regimental para segundo turno.

Poder

Depois de eleito, o presidente do Senado é empossado e passa a convocar e presidir as sessões, designar a ordem do dia, propor a transformação de reuniões públicas em secretas e ser porta-voz das decisões da Casa. Em suma, ele tem poder sobre todos os temas que entram na pauta. A lista de atribuições completa do presidente do Senado é definida no Artigo 46 do Regimento Interno da Casa.

Quem se eleger presidente do Senado se tornará a segunda pessoa na linha sucessória do governo, atrás apenas do presidente da Câmara. O presidente do Senado tem direito a uma residência oficial na Península dos Ministros (área nobre de Brasília) e a uso ilimitado de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). O salário do presidente equivale ao salários dos demais senadores.

Edição: Denise Griesinger
 

janeiro 30, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Os Simpsons já sabiam que Trump seria presidente em 2.000

janeiro 22, 2017 Posted by | Arquivo X | , , , | Deixe um comentário

Lula quer voltar a presidência

Lula para presidente

Eleições 2.018

O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, disse hoje que se o Partido dos Trabalhadores (PT) considerar  necessário, está disposto a participar da corrida presidencial nas eleições de 2018, informa aAgência Brasil .

“Eu vou ter 72 anos e a tenacidade de alguém com 30 para ser candidato à Presidência da República”, disse ele. Além disso,  durante a festa de comemoração do 36º aniversário do PT, apoiou as políticas da presidente Dilma Rousseff.

RT-TV

 

fevereiro 28, 2016 Posted by | Política | , , | 2 Comentários

Eleições 2.014 – Pesquisas para presidente

Pesquisas Presidente

Pesquisas Presidente

Desde o início todos sabiam que Marina Silva era mais popular que Eduardo Campos, entretanto, Eduardo Campos tinha mais tradição e mesmo sendo uma tradição de esquerda, Miguel Arraes, Eduardo Campos era moderado como a mãe, diretora do TCU. A tragédia de Eduardo Campos transformou-o no nome mais importante do momento e dobrou a expectativa popular de Marina Silva.

Eu não vou dar a minha opinião sobre o que eu acho da política brasileira para não falar besteira mas, considerando o país de m**** em que nós vivemos, houve um pequeno avanço: saímos de uma ditadura da Globo, passamos para o bipartidarismo das mídias de massa, controladas pelos magnatas e banqueiros, e chegamos a uma terceira força, tão temida pelo sistema bipartidário.

O bipartidarismo considera-se suficiente para passar a imagem de democracia e vê nessa terceira força uma ameaça para a ditadura do dinheiro, trazendo a verdadeira democracia para o povo. A verdadeira democracia seria apresentar vários candidatos que realmente tenham capacidade de governar o país.

A saída repentina de Ciro Gomes, alguns anos atrás, justamente quando ele estava mais confiante, assustou-me. Marina Silva desafiou o sistema na última eleição e tinha a esperança do mundo inteiro, menos da maioria do Brasil que teve medo de votar nela. Tudo indicava que ela não teria mais chance, depois de ter seu pedido de criação de um novo partido negado pelo TSE. Marina aceitou ser vice de Eduardo Campos e mesmo tendo mais popularidade, aceitou o desafio do partido que finalmente decidira ter seu candidato.

Marina colhe os frutos de sua decisão de ficar neutra na última eleição, contrariando o partido que a lançara como candidata, isso se chama ideologia.

Ciro Gomes a chamava de candidata sem partido e criticava suas atitudes exageradas, esquecendo-se que são os exageros que formam a personalidade de uma grande candidata, já que haverá um partido de sustentação que força o executivo a ser mais moderado. Marina Silva não irá fazer tudo o que gostaria pois sabe que precisa dos votos dos aliados, mas o seu partido ainda está sem os corruptos, apesar de que para governar, precisaria escolher entre o PT/PMDB e o PSDB/Democrata. Mesmo com apoio de direita, teria também apoio de esquerda, já que essa é a sua ideologia, ideologia de mudanças.

Curiosamente, Marina Silva, a Candidata sem partido, será candidata do próprio partido de Ciro Gomes, que a via assim.

“De acordo com o levantamento, a ex-ministra e a candidata do PT à reeleição têm os mesmos 34%. Com isso, a distância para o candidato do PSDB, Aécio Neves, aumentou. O tucano tem agora 15%. Marina subiu 13 pontos em relação à última pesquisa do mesmo instituto. Em 18 de agosto, ela tinha apenas 21%, enquanto Dilma liderava com 36%. Naquela sondagem, Aécio Neves aparecia com 20%”. DATAFOLHA

E o pior é que os brasileiros acreditam cegamente em pesquisas mas, pelo menos desta vez, talvez um sistema de política torta seja efetivo em um país torto como o Brasil.

Não dá para dizer que Marina não será forçada pela corrupção a mudar algumas de suas atitudes, mas é com certeza quem tem mais atitude entre os três candidatos.

Fonte: Carta Capital

Lista de Presidentes do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Marilyn Monroe e a teoria da conspiração

Teorias da conspiração que foram comprovadas

A sociedade secreta mão negra  

Mortes misteriosas de celebridades

Veneno bipartidário 

Goleada da Alemanha tinha objetivo  político

Perspectiva política 

Morte na política brasileira

 

setembro 1, 2014 Posted by | Política | , , , , , | Deixe um comentário

Renan Calheiros – A desgraça brasileira

Presidente do Senado

Presidente do Senado

Renan Calheiros do PMDB (AL) foi eleito presidente do Senado com 56 dos 78 votos dos parlamentares, Pedro Taques (PDT-MT) conseguiu 18 votos.

Eu sempre disse que não deveríamos votar em branco, mas depois dessa vitória de Renan Calheiros para a presidência do Senado, eu mudo de ideia.

A vitória de Renan Calheiros, por 56 a 18, mostra que vivemos numa falsa democracia e que votar tornou-se alimento para essa farsa.

Nota-se que o povo está legitimando o poder de uma máfia política que impera no país, financiado por banqueiros e multinacionais que já não negociam fora dos infernos fiscais, com a conivência e pagando propina para os Bilderbergers.

Eu confesso que já havia votado em branco, só não admitia isso em público. O problema é que para votar em um candidato, ele precisa de governabilidade, apoio, e já deu para notar que é impossível representar o povo em meio a essa máfia.

O último teatro que eu vi, foi do STF, fingindo que abandonava o jogo anti-democrático, mas libertando o preso acusado de matar a freira americana, e nós sabemos como são os crimes premeditados no Brasil.

Se o poder está na mão da PPP, se só podemos votar nos políticos, se os políticos comportam-se como prostitutas – favor não confundir com as profissionais, pois eu estou falando das vagabundas – como pilantras, então não vale mais a pena votar.

Esse sistema globalizado de poderes nunca funcionou porque o mundo não pensa igual, precisamos respeitar as diferenças de pensamentos, pontos de vista. Querer impor uma política mundial, padronizada, não dá certo, e temos notado isso nas guerras fajutas dos americanos, que agem como os imperialistas romanos, mas não conseguem exterminar seus inimigos, nem queimar suas culturas, para que não tenham história.

O STF não é eleito pelo povo, por isso não deveria tomar decisões pelo povo; os políticos foram eleitos pelo povo, mas preferem comprar os votos a ter de representá-los; a polícia procura desarmar a população, mas se sente acuada, matando pessoas e até os próprios membros da corporação.

O uso das forças armadas no Rio de Janeiro, contra o CV e outras organizações, e a reunião de policiais militares em São Paulo, para impedir que a ideologia do PCC se espalhasse pelo país, mostra que estamos descontrolados. A democracia idealizada na Idade moderna, surgiu da necessidade de se criar um sistema que fosse justo e igualitário, mas a aristocracia nunca obedeceu as leis, nunca pagou imposto de renda como deveria.

Esse descumprimento das regras, fez com que os aristocratas dominassem o mundo, com a ajuda da burocracia, controlada pelos burgueses. A mídia de massa, capitaneada pela TV, passou a mostrar a aparência de um mundo justo.

As aparências podem ser suficiente para eles, mas o povo sentiu a necessidade da inclusão tecnológica da informação, e isso custa mais caro do que o sistema estava disposto a pagar. Alem disso, a tecnologia ameaçou mostrar verdades inconvenientes, com a interação das próprias pessoas, por isso foi preciso censurá-las.

Renan Calheiros já teve a sua vida exposta na internet, mesmo assim continuou influente entre os políticos. Sua vitória anti-democrática acaba com a crença dos poucos que ainda acreditavam na falsa democracia.

Resta saber quais serão os mecanismos que o povo irá criar para se defender, além do PCC, CV, sem tetos, sem terras, sem dinheiro no bolso, prostitutas, contrabandistas, terroristas e loucos de todos os gêneros.

By Jânio

Unanimidade política

Lista de presidentes e mortos

A farsa da falsa democracia

Filosofia anti-democrática

Maldita burocracia

Veneno Bipartidário

Corporativismo midiático

Políticos que apoiaram o golpe de 64

Cidades com mais homicídios no planeta

PT acerta o próprio pé

O jogo do poder

Uma vergonha para os corruptos brasileiros

Arquivo vivo pode ser preso

Policial federal é assassinado

Marcos Valério é preso novamente

Daniel Dantas – A história da corrupção

Trinta anos de corrupção

Lula para governador

Carlinhos Cachoeira – culpado útil

Demóstenes torres é flagrado pela polícia federal

Privataria tucana

fevereiro 5, 2013 Posted by | Política | , , , , | Deixe um comentário

   

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

Atraídos Pela Leitura

Literatura e Entretenimento

bastet - protetora dos gatos

todos os animais merecem o céu e os gatos principalmente

Blog CIN 5018

Informatização de Unidades de Informação

The Promise's Carrier

Ebrael's official website in English.

detudosobretudoblog

Este site vai aborda todos os temas voltado para as mulheres

Letícia Giacometti Ribeiro

O diário de uma estudante de Jornalismo

Caminho Alternativo

Geopolítica, atualidades e opinião

%d blogueiros gostam disto: