Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Los internautas (aún no) abandonan Facebook

maio 12, 2018 Posted by | Espanhol | , | Deixe um comentário

Brasil tem mais de 100 milhões de internautas

internautas brasileiros

Recorde de Internautas

Com 12 milhões de produtores de conteúdo e aproximadamente 100 milhões de blogs, imagino que fique difícil pensar na blogosfera como um espaço tão democrático, mas sempre será o espaço mais democrático do mundo. Não é à toa que as organizações mais obscuras do mundo, NSA, CIA, etc., passaram a pressionar as gigantes que por muito pouco não monopolizaram a rede.

Em cada setor há uma gigante dominando, lutando para centrar toda a audiência, colocando o mundo virtual em risco de se tornar uma grande rede de zumbis.

Fazendo as contas de 100 milhões de blogs para 105 milhões de internautas no país, chegamos a conclusão inevitável de que há tanto blog quanto leitores no país. Eu não vejo muita divulgação de plataformas de blogs, muito menos interesses em novos projetos que não acabem sendo comprado pelos grandes portais, tornando o blogueiro um elemento obsoleto.

Entretanto, desses 105 milhões de internautas, podemos imaginar que boa parte deles lê mais de 10 blogs por dia, principalmente de jornalistas, celebridades, profissionais e amigos que conhece, assim, teríamos pelo menos 1 bilhão de leituras de blogs ao dia, para 100 milhões de blogs, e chegaríamos a um democrático quociente de 10 leitores por blog, podendo ultrapassar os quinze, já que boa parte desses blogs estão abandonados ou não estão sendo atualizados.

Mas a realidade da internet é outra e, por mais democrática que seja, todos lutam desesperadamente por audiência e patrocínio. Alguns blogs ultrapassam facilmente a marca de 500 mil leitores ao dia, naturalmente que não são subdomínios gratuitos, todos já estão com domínios e hospedagem próprios.

De fato, os mais talentosos escritores nem sequer são citados nas mídias, e sua mensagens são quase que totalmente ignoradas. Às vezes há algum reconhecimento, apesar de ser raro.

Outra possibilidade interessante é a viralização, ou seja, se a pessoa comenta e apresenta o seu link no formulário de outros blogs, pode acontecer algo inesperadamente maravilhoso, sua mensagem pode “explodir” para o mundo inteiro saber.

Segundo os sites especializados em tecnologia, como o IDGnow, Portal Terra, UOL e o Ibope, o número de internautas já ultrapassa 105 milhões só no Brasil, além disso, a população mundial está muito mais educada linguísticamente, ou seja, a maioria dos países em desenvolvimento e ricos falam mais de três línguas diferentes e, portanto, lêem mais. Esse número é bem mais real, já que não há excluídos digitalmente.

Essa situação foi possível graças aos móbiles, uma revolução em termos de informação, o que fez com que os países mais pobres, como os africanos, integrassem a comunidade internacional. Smartphones e tablets forçaram também os computadores a baixar os preços.

Aliás, a classe C já é maioria na internet, assim como pessoas com mais de 28 anos, pessoas que administram melhor o tempo, formam opinião, influenciam a sociedade, social e politicamente.

Alguns problemas ainda incomodam na rede, por exemplo:

Estatais que não liberam conteúdo para divulgação, privilegiando as mídias de massa ou dificultando o acesso público.

ONGs nacionais e internacionais que simplesmente proíbem a divulgação de conteúdo próprio, como se fossem empresas comerciais.

Interesses corporativos – onde as multinacionais imperialistas boicotam a informação. Um exemplo disso são as produtoras de cinema que não liberam sequer os trailers dos filmes, como se não precisassem de publicidade popular.

Por enquanto o Youtube e outros sites da Google resistiram às pressões imperialistas, já que a estratégia da Google é antagônica a essa manipulação, mas não sabemos até onde eles irão suportar.

Wikipedia já esteve em risco várias vezes, e a Wikileaks sofreu o primeiro golpe contra a liberdade de expressão, com a prisão de Julian Assange, dono do site, tentativa de prisão de Edward Snowden e até a polêmica prisão de Manning.

Manipulação de informações, onde as mídias de massa apresentam um número quando a realidade é outra.

Apesar de tudo isso, os internautas ainda pensam, todos os 105 milhões de brasileiros.

By Jânio

outubro 11, 2013 Posted by | blogosfera | , , | 1 Comentário

Rebeldes que desafiam o sistema

pessoas_diferentes

Nem tudo nesse mundo tem lógica, não a lógica como nós a conhecemos. A polêmica em relação a censura na internet mostra, de maneira escancarada, a busca desesperada pelo controle do poder sobre corações e mentes, pelos donos do mundo.

Desde que o mundo começou a se organizar globalmente, apenas três métodos de educação se encaixaram ao modo acelerado de aprendizagem e apenas um está sendo utilizado. De acordo com esses métodos, o corpo e a mente tem estágios pré-determinados para o seu desenvolvimento.

A partir do momento em que nascem, os bebês tem um tempo determinado para aprenderem a falar, andar, escrever, etc. Quando essas etapas de aprendizado não são cumpridas, as crianças passam a ser vítimas de uma série de preconceitos, discriminação. A discriminação parte de todos os lados, inclusive das pessoas mais próximas, constituindo uma unanimidade incômoda para a vítima.

O problema pode se tornar ainda mais sério, caso a própria vítima seja convencida de que é diferente, inferior, anormal.

Fenômenos paranormais, como a combustão humana, podem expor as vítimas de uma sociedade puritana à ataques violentos e descontroláveis. Até a epilepsia, que deveria ser considerada uma condição orgânica normal, passa a ser visto como algo diabólico, profano, maléfico.

Isso tudo poderia ser evitado com informações e educação adequada, mas parece que isso não é do interesse das pessoas, organizações, instituições que controlam tudo.

Vejam bem: O ser humano vive um paradoxo, vive em grupo por necessidade mas, por interesses maquiavélicos de grupos interessados em poder, sofrem com conspirações que os mantém isolados.

De fato, as pessoas não se ajudam e nem sentem necessidade de se ajudarem, a não ser quando estão muito próximas das vítimas. Quando estão muito próximas de pessoas com problemas, envolvem-se até mais do que deveriam e acabam se tornando também vítimas, tendo de fazer tratamentos para se recuperarem.

Nos últimos tempos, tem havido uma mobilização, movimentos sociais que pretendem reorganizar os caminhos da humanidade. Ainda é difícil saber quais serão as consequências disso, já que a elite vale-se justamente das organizações para controlar o mundo, utilizando armas anti-éticas das mais variadas, que vão da chantagem, corrupção, até a força do dinheiro ou a violência física ou psicológica.

… mas sempre haverão rebeldes marginalizados que não se encaixarão ao sistema e a nenhuma organização, pessoas que tem dificuldades para pensar o que todos pensam, com necessidades de agirem por si só, ingênuos e incapazes de irem contra a sua própria natureza.

Além dos paranormais, há também os loucos que, aliás, não são todos iguais, nem são todos malucos como todos pensam.

Talvez a loucura seja a condição mais polêmica do existencialismo. Além da busca de si mesmo, onde a pessoa está totalmente frágil, há os problemas físicos e mentais.

Os distúrbios mentais tornam quase impossível de se identificar o que é certo ou errado, real ou absurdo, sanidade ou loucura. A consciência e o inconsciente podem deixar a pessoa numa situação desesperada.

Para quem consegue encontrar o equilíbrio físico/mental, tudo fica mais fácil, ou menos difícil, já que a luta de pessoas incapazes de fazer o que é errado é extremamente difícil.

Os comandos sociais partem do alto da pirâmide social e tem trânsito facilitado por pessoas que preferem pensamentos prontos a ter de elaborar o seu próprio jeito de viver, a sua personalidade.

São exemplos de comandos programados por palavras: Uma pessoa nunca deverá mentir; devemos pagar os impostos para que a sociedade seja melhor; siga seu líder ou participe de uma organização; vote; a religião pensa e você segue; acredite na tv, jornais, revistas, e tudo o que ler pois tudo fica mais fácil assim; cuide de sua própria vida; nunca ouça, ou leia, opiniões pessoais como a internet; a internet é do mal, por isso deve ser controlada, censurada e, se possível, eliminada das comunicações; caso tenha algum problema, acredite, você será amparado pelo Estado, seja qual for a área. Você terá a melhor educação, saúde, transporte, segurança e realizará todos os seus sonhos; acredite em políticos, principalmente se ele falar o nome de Deus e outras palavras bonitas; pelo menos um político corrupto será punido de acordo com a lei, para que você acredite na justiça; se você for justo, honesto e sofrer muito, irá para um paraíso, sem dor, sem sofrimento, ficará num lugar bonito, todos os mortos retornarão a vida e todos seremos felizes para sempre; é muito importante que você nunca mais pense sobre tudo o que está escrito aqui, mas acredite; não acredite; tanto faz.

Voltando ao início: Há um grupo de pessoas que não conseguem lidar com temas complexos sem seguir a lógica irracional, não conseguem fingir e nem viver de aparências e interesses, algumas pessoas cometem o erro de perguntar “POR QUÊ?”, e, acredite, para a elite isso é um grande erro.

Eu notei algumas condições entre pessoas rebeldes geniais, entre elas: Epilepsia, ambidestria, canhotas, autodidatas, empreendedorismo, sonhos lúcidos, sonambulismo, subconsciência, paranormalidade, rebeldia, etc.

Nem todas as pessoas dessas listas são iguais, como são os casos de Bill Gates e Júlio César, canhoto, empreendedor, autodidata, epiléptico.

Algumas pessoas consideradas loucas, como Adolf Hitler, revelaram-se muito sóbrias, interesseiras e com ideias em comum com os maiores intelectuais do mundo.

Resta a você estabelecer uma relação entre esses conceitos e criar a sua lógica, natureza e seu modo de pensar.

By Jânio

O mistério do sonambulismo

A obscura natureza da mente humana

O que uma pessoa com epilepsia sente

Epilepsia – Quando a mente tem um ataque

O despertar para a superconsciência

abril 25, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Aparências virtuais

internautas famosos

Reputação na Rede

Que a internet é um ambiente um pouco diferente da realidade, isso todo mundo sabe, todo mundo sabe também que é preciso uma certa adaptação para conviver no mundo virtual.

O problema inicia quando começamos a exagerar nas estratégias, praticando o alpinismo social.

Muitas pessoas podem se assustar com a Facebook e com a quantidade de ferramentas que nos são indicadas por lá, mas não adianta querer mudar o perfil de uma rede.

A questão é: Todos estamos querendo aumentar o número de contatos, amigos, seguidores, mas alguns nem tem escrúpulos para utilizar táticas manjadas e que dão muito resultado, pior, tentam nos levar juntos para esse caminho perigoso.

Eu já tentei evitar essas armadilhas virtuais de todo jeito, inclusive rejeitando a ideia de fazer campanha, já que isso seria a melhor forma de ser popular, e nós sabemos o que acontece com quem é popular, não é mesmo?

Resumindo: Se ter um amigo de qualidade e conteúdo é igual a ter mil amigos por gentileza, é melhor ter uma amigo de qualidade. O problema é como avaliar um amigo de qualidade.

É muito complicado saber o que os usuários fazem nas redes, eu acredito que a Dihitt é a rede mais transparente, mas já está bem longe de seus momentos gloriosos. Espero que essa rede volte a ser tão influente quanto antes, mas não está nada fácil não.

Os dihittianos que foram para a Facebook, tem demonstrado que podem fazer a diferença, pelo menos pelo pouco que eu tenho acompanhado.

No caso dos blogueiros é um pouco mais fácil de avaliá-los, mas a troca de favores pode ser muito prejudicial. Troca de links, segue-me que eu te sigo, isso é deprimente.

O pior é que não adianta fugir disso, quando um leitor entra num blog, logo vai observar a quantidade de seguidores desse blog e isso é uma referência importante, ou deveria ser, já que quem tem muitos seguidores, precisa mantê-los e para isso não deve cometer gafes.

Eu não tenho costume de fazer troca de links e estou evitando entrar nesse jogo de aparências virtuais, mas está difícil.

Uma ferramenta que eu aprovei, pelo menos para os blogueiros, foi a ferramenta da Avast, Web Rep, mas essa ferramenta é só para quem utiliza o anti-vírus Avast.

WebRep mostra a reputação dos sites, mostrando suas reputações através das cores: Vermelho para os sites perigosos, verde para os bons, etc.

Sites com má reputação, logo são excluídos dos buscadores.

Entre as ferramentas blogueiras, o page rank e o Alexa sempre serão destaques, assim como as ferramentas que mostram as atividades na Twitter, como é o caso da Topsy.

As comunidades da Twitter podem ser uma boa opção, mas podem se tornar uma praga também, aumentando a quantidade de lixo em sua caixa postal.

… e como dizia um médico, o melhor remédio para certos objetivos que nós almejamos, é o tempo. E é depois de um certo tempo que podemos, depois de muita atividade, argumentos e interatividade, conseguir respeito, diante das várias comunidades e redes virtuais.

By Jânio

fevereiro 20, 2012 Posted by | Redes Sociais | , , , , , , , , | 2 Comentários

Revolucionários da Terceira Guerra Mundial Virtual

Guerra na Internet

Revoluções Virtuais

Para quem temia a terceira guerra mundial, ela começou, e não foi nem de perto o que todos esperavam. A terceira guerra mundial não é real, mas também não é irreal, é virtual.

Justamente no momento em que os EUA elaboravam estratégias, buscando o apoio da América Latina, para fazer frente ao crescimento da Europa, eis que surge uma nova potência, a China.

Seguindo os passos do Brasil na economia, o Brasil sempre foi uma das maiores economias do mundo, e as tecnologias do Japão e Tigres Asiáticos, a China surpreendeu o mundo dos ricos com um crescimento tão grande que parecia desconhecer a crise.

Não há o que fazer com a China, já que o país possui um mercado com potencial de crescimento gigantesco. Isso sempre acontece com países quebrados, como foi o caso da Argentina, depois da crise, mas mesmo assim é surpreendente.

A única maneira de parar a China, seria proibindo o Brasil de exportar suas matérias-primas, mesmo assim, eu tenho as minhas dúvidas, tamanho é o crescimento chinês.

No mundo virtual não é diferente, enquanto o grupo Anonymous rouba a cena, literalmente falando, deixando para trás sites como o Wikileaks, quando o assunto é protestar, divulgar e criar influência, eu avalio o mapa de internautas e vejo o tamanho da encrenca para quem não for parceiro dos chineses. Quem for concorrente então, não vou nem falar nada.

A Ásia tem 44% do total de internautas e, se números contam, só precisa de 7% para ter a maioria absoluta.

Entre seus parceiros, além do Império Brasileiro, que domina toda a América do Sul, proliferando a sua miséria, está a bizarra sociedade Russa.

A Rússia encontrou na China, o mercado ideal para vender tecnologias de ponta da antiga União Soviética, URSS, como programa espacial e franquia de outros projetos que, combinados com a tecnologia asiática, podem chegar ao topo tecnológico mais cedo que imaginamos.

Se não fosse o fenômeno China, a estratégica americana teria dado certo, isso porque América do Norte e América Latina, juntas, igualam à Europa em número de internautas, 23%. Os restantes 10% ficam divididos entre: África 6%, Oriente Médio 3% e Oceania/Austrália 1%.

Curiosamente, o mapa da revolução virtual e da pirataria andam de mãos dadas e, se alguns sites começaram a ceder às forças dominantes do planeta, outros sites não.

O que significa isso?

Em minha modesta opinião, a demanda por servidores fora dos EUA, deverá aumentar, e as mudanças não serão apenas na internet.

O Equador que recebeu o presidente do Irã, recentemente, é o primeiro a defender a saída da OEA do território americano. Se antigamente as opiniões de pequenos países não tinha tanto peso, hoje, um pequeno país pode criar uma revolução no mundo virtual, quando o assunto é informação e política.

A questão não é tão simples, por exemplo:

Pirataria: Eu tenho alertado para um futuro da indústria de entretenimento completamente diferente do que é hoje, uma evolução natural. Já o Anonymos pretende dar uma forcinha nessa evolução, transformando-a em revolução, sinal dos tempos?

Israel: Enquanto se especula que EUA e Israel planejam uma guerra contra o Irã, hackers israelenses invadem sites do governo Iraniano. O governo do irã pretendia criar sua própria internet, os hackers também – lembrando que os Anonimous sãos formados por hackers, crackers e lammers.

Política: Como foi dito acima, o Equador é o primeiro a pregar o fim do paternalismo americano, o que levará a várias outras mudanças, já que todo o controle institucional do mundo está concentrado nos EUA.

No mundo virtual, as maiores empresas do mundo virtual, americanas, são contra o controle americano, Wikipedia, Google, WordPress e o emblemático – Wikileaks???

A Alemanha prepara a criação de agências classificadoras, aumentando o temor de muitos europeus de que o sonho de Hitler esteja se concretizando, onde a Europa seria uma herança dos povos arianos – Se Getúlio Vargas era um grande admirador de Hitler, a verdade é que a Alemanha foi o único país que acreditou na força do Brasil, durante a nossa crise, contrariando o gigante Banco Americano, indicando o Brasil para seus clientes investirem.

O Brasil sempre esteve muito próximo do eixo do “mal”: Durante a Segunda Guerra Mundial; antes do golpe militar, com os comunistas Jânio e Jango; agora, com a China; Curiosamente, dessa vez chegamos primeiro, pelo menos no bizarro sistema econômico.

A Twitter cria censura local, tornando invisíveis as mensagens “proibidas” em determinados países.

Eu espero poder comentar melhor todos esses assuntos mais tarde mas, por enquanto, vamos falar da força virtual no mundo.

RT-TV: “A quantidade de usuários de internet em 2.011 alcançou a incrível marca de 2,1 bilhões de internautas. Em outras palavras, 30% da população da Terra estão conectados, segundo informação do portal Pingdom.

A maioria dos internautas, cerca de 920 milhões, vivem na Ásia e quase 480 milhões vivem na Europa. Em terceiro lugar está a América do Norte, seguido de perto pela América Latina.

Finalmente, no fim da lista, com dez por cento restantes, estão a África, Oriente Médio e Oceania.

Quase a metade dos internautas, são jovens com menos de vinte e cinco anos.

A quantidade de sites dobrou em 2.011, em relação ao ano anterior: 555 milhões em 2.011, 255 milhões no ano anterior.

3,1 bilhões de e-mails, 800 milhões de perfis na Facebook e cerca de 255 milhões na Twitter.

O Skype tornou-se a nova febre, forçando as telefônicas a investirem mais em banda larga, já que as ligações interurbanas migraram para essa nova ferramenta. Cerca de 2.6 bilhões de internautas utilizam o Skype.

Nas redes sociais, os mensageiros instantâneos são as opções de 2,4 bilhões de internautas.

Internet Explorer, em Windows, segue sendo o navegador mais popular, seguido pelo Google Chrome e Firefox.

Naturalmente que entre os tablets, a história é bem outra, como vocês poderão conferir com seus amigos.

Fonte: RT-TV

Imagem: Pingdom

Texto: By Jânio

janeiro 29, 2012 Posted by | internet | , , , , , , , , , , | 15 Comentários

A economia brasileira em 2.011

Economia Brasileira

Números da Economia

Nunca na história desse país, a economia esteve tão bem, e nunca o resto do mundo, com exceção dos BRICS, esteve tão mal.

A China tem a sua ditadura inquestionável; a Índia tem o seu admirável mundo novo, com os ricos de um lado e os pobres do outro; a Rússia vacila entre o futuro e o passado e a África sofreu grandes mudanças para criar um cartão postal para o mundo, deixando seu lado obscuro fora do foco.

O Brasil tem um pouco dos problemas de cada um desses países, muito bem disfarçado, naturalmente.

Qualquer país do mundo tem dificuldades para conviver com uma taxa de juros de cerca 3%, mas o Brasil já chegou a pagar 15%, 20%.

Isso demonstra a força do país, mas demonstra também as distorções imposta por essa política de juros.

A taxa de juros é só a ponta do iceberg, tudo começa com as altas taxas de impostos, o que gera muita corrupção e impossibilita a livre concorrência, fato que poderia evitar essa política com juros exorbitantes. Sem concorrência, o mercado fica instável e vulnerável, e a especulação, gera ainda mais impostos, como temos observado.

Agora vem a notícia boa para a economia, se é que se pode chamar isso de notícia boa:

O Brasil passou quinhentos anos maquiando sua política, enquanto a economia mundial se tornava mais dinâmica. Hoje, os homens mais ricos do mundo que investem no país, necessitam de estrutura, desenvolvimento, para ganhar dinheiro, e é isso o que tem pressionado o governo a rever suas políticas econômicas.

A taxa de juros é uma das mais baixas da história da economia brasileira, mesmo sem ter baixado os impostos. Na realidade, os impostos nem existem para os ricos, como podemos observar em leis que isentam importação e outros tipos de escândalos, ou seja, a corrupção ainda é um grande problema brasileiro.

Enfrentamos os mesmos problemas de educação, saúde, transporte, segurança, etc., no Brasil inteiro, isso porque os compadres dos políticos entendem que é melhor roubar que investir onde deveriam. Fatos bizarros de superfaturamento ocorrem em toda parte, sem que se possa fazer nada, já que os marginais tem ligações com os políticos de cada região.

… e o Brasil ainda cresce…

01) Risco País – O risco país tem estado estável, já que nada consegue abalar uma economia blindada com sangue e suor de pessoas pobres. E, nesse caso, não há limite mínimo nem máximo.

O Risco Brasil está em 228, com poucas oscilações.

02) Internet – Se é verdade que o projeto de lei SOPA não conseguiu vencer sua primeira batalha, também é verdade que os donos do poder não desistiram, mas a briga vai ser boa, afinal, são 58 milhões de internautas só no Brasil. No último ranking, o Brasil estava com 46 milhões de internautas, e quanto mais internautas, maior a pressão à elite.

03) Taxa de Juros – A taxa Selic está em 10,50 e, mesmo com pressão do COPON, é uma das menores taxas de juros da história. Se está bom? De maneira alguma, como eu disse, nenhum país rico consegue pagar sequer 4% de juros, quanto mais 10%.

Se o Brasil quer crescer, precisa inevitavelmente diminuir a taxa de juros.

O governo repassa dinheiro para aumentar o crédito, ao primeiro sinal de crise, os bancos escondem o dinheiro e pegam mais. E quando aumenta a inflação, o governo paga mais pelos títulos, e pegam o dinheiro de volta, justamente dos bancos, que ficam novamente sem dinheiro e o povo sem crédito.

04) A cesta básica teve um aumento maior que a inflação, 8,82%, mas isso também nem conta, afinal, se a demanda pela cesta básica aumentou, é porque os pobres estão voltando a comer, o que poderá melhorar a saúde, mas não graças ao governo.

05) Desigualdade Social – O Brasil é o segundo país com a maior desigualdade social, no G-20, e é um dos mais desiguais também entre os países em desenvolvimento.

A comparação com os países ricos seria boa, se não fosse a crise deles. No caso dos países em desenvolvimento, o Brasil ainda tem muito para melhorar nesse quesito.

By Jânio

janeiro 24, 2012 Posted by | Policia | , , , , , , , , , | 1 Comentário

Ranking dos paises com mais internautas

paises com mais internet

paises com mais internautas

Segundo pesquisa da Comscore, o Brasil é o oitavo no ranking, quando o assunto é acesso à internet. Em 2.010 ultrapassou a Inglaterra, podendo em breve ultrapassar também a França, atualmente em sétimo lugar no ranking.

Analisando essa informação, devemos observar que o Brasil possui uma população muito maior, comparado a maioria dos países do primeiro mundo. Devemos lembrar, também, as novas formas de acesso a essa tecnologia.

Se o computador conseguiu agregar todas as mídias e dispositivos eletrônicos do mundo, graças a internet, juntaram-se a ele as empresas de comunicação em massa.

Hoje, a internet não depende exclusivamente do computador. Assim como possui canais personalizados, possui formas de comunicação em massa também.

O que difere a internet de outros meios de informação, é a independência, a liberdade. A velocidade com que surgem, e se desenvolvem, as novas ferramentas, é muito maior do que possa ser controlada, daí as revoluções.

Segundo a Comscore, o número de internautas brasileiros já ultrapassou a marca de quarenta milhões. Esse número só registra os internautas com mais de quinze anos, além disso, não foram computados lanhouses.

Todos nós sabemos que as lanhouses são grande promotoras dessa mídia, isso levará a um número muito maior de internautas brasileiros.

Os computadores nas escolas, também deverão despertar o interesse das pessoas para a importancia da internet.

O brasil é destaque no tempo conectado, além das redes sociais, que já despertaram a atenção das grandes redes mundiais, no Youture já ocupa a quinta colocação.

Segundo a Comscore, considerando-se todas as idades e formas de acesso, o brasil possui um número de mais de 70 milhóes de internautas. Esse número deverá aumentar, caso a qualidade de conexão melhore, assim como a infra-estrutura deverá aumentar a demanda.

Veja os números:

01 – China – 291,5 milhões

02 – Estados Unidos 180,9 milhões

03 – Japão – 73 milhões

04 – Alemanha – 49,3 milhões

05 – Rússia – 46,1 milhões

06 – França – 41,9 milhões

07 – Índia – 41,5 milhões

08 – Brasil – 40 milhões

09 – Reino Unido – 38,6 milhões

10 – Coreia do Sul – 30,2 milhões

Essa lista mostra algumas curiosidades:

A China tem um número de internautas bem inferior ao seu número de habitantes, mesmo assim ocupa o primeiro lugar.

Certamente, o governo Chinês não tem interesse em democratizar a informação no país, mesmo tendo uma grande indústria de eletrânicos.

Eu não imaginava que haviam tantos internautas no Japão.

O Brasil está abaixo da Índia, mas o caso da ìndia é bem pior que a China, além de grandes fábricas de computadores, sua população é bem maior também.

Toda a Bric está presente na lista, o problema é que todos eles apresentam problemas de infra-estrutura, há interesse em dificultar o acesso a informação.

Leia também o plágio/cópia

By Jânio

março 2, 2011 Posted by | internet | , , , , , , , , , | 23 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: