Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Manipulação da Globo

novembro 29, 2016 Posted by | televisão | , | Deixe um comentário

Dez formas de manipular o cérebro

experiencias com o cérebro

Manipulação Cerebral

Conheça os 10 experimentos científicos que mostram que a mente pode ser facilmente controlada por fatores externos, sem o seu consentimento.

Há muitos anos os cientistas tentam estudar e compreender como funciona o cérebro humano, bem como as formas de manipulá-lo. Essas pesquisas podem ajudar na luta contra várias doenças mas, por outro lado, pode também provocar controvérsia, já que seus resultados  ajudariam a desenvolver mecanismos para controlar o comportamento das pessoas. A revista “Popular Mechanics” destacou dez experimentos surpreendentes que mostram que o cérebro humano pode ser facilmente manipulado por fatores externos.

O Decifrador do cérebro

Quando lemos para nós mesmos, ouvimos a voz na nossa cabeça.  Baseado nisso, os cientistas da Universidade da Califórnia, EUA, tentando decifrar a atividade neuronal para criar um implante e traduzir sinais cerebrais da fala através de um sintetizador de voz. Assim, será possível “falar” para as pessoas com deficiência e até mesmo pacientes em coma.

A ilusão da  mão de mármore

Durante esse experimento, os cientistas pediram aos voluntários que colocassem suas mãos sobre a mesa e suavemente golpeassem a mão direita com um pequeno martelo. Ao mesmo tempo, os voluntários ouviam o som de um martelo contra o mármore. Dentro de alguns minutos, eles começaram a sentir que sua mão estava ficando pesada e duro, como um pedaço de mármore.  Concluiu-se assim que o cérebro combina constantemente informações de diferentes sentidos, alterando a percepção do corpo embora estes permaneçam os mesmosa.

Leia também: E É assim que manipulam  nosso subconsciente para nos fazer comprar

A temperatura pode influenciar o nível de confiança entre as pessoas. Durante o experimento “dilema do prisioneiro”  dois supostos criminosos  ‘foram separados em diferentes celas e  receberam propostas para testemunhar um contra o outro em troca de uma sentença mais leve. Ao mesmo tempo, um deles estava segurando um objeto quente, enquanto o outro tinha que manter um pedaço de gelo em sua mão. Depois de várias experiências com pessoas diferentes, descobriu-se que os primeiros eram mais determinados a confiar em seu parceiro e não caluniar contra ele.

Teletransporte

Pesquisadores do Instituto Karolinska, na Suécia, conseguiram impor aos voluntários  a ilusão de uma experiência extra corpórea. Os participantes foram colocados em um scanner cerebral capaz de criar ilusões e ficção. Em segundos, as pessoas tinham a sensação de estar em outro lugar, em outro corpo.

O efeito McGurk

O experimento mostra como o que vemos influencia  o que ouvimos. Desta forma, se vemos no vídeo uma pessoa mover os lábios, como se dissesse “ga”, mas no áudio ouvimos “ba”, o cérebro converte para “da “provando assim que as coisas nem sempre são o que parecem ou o que se ouve.

Veja o video

Leia também:   Qual é a verdadeira função da serotonina no cérebro?

Gravador de cérebro

Este dispositivo, atualmente em desenvolvimento, permitirá que as pessoas que sofrem de paralisia expressem seus pensamentos. O capacete de eletrodos é uma tecnologia que permite seguir o movimento dos olhos, e um ‘software’ possibilita que uma pessoa com paralisia possa retransmitir suas palavras e idéias na tela do computador, movendo o “mouse” com o olhar.

Isolamento muito longo

Para a maioria das pessoas um isolamento muito longo irá causar graves perturbações mentais: alucinações e percepção alterada do tempo, entre outros. Foi demonstrado que, para um isolamento longo no escuro, o ciclo diário pode ser aumentada em até 48 horas para 36 horas de atividade,  seguidas de 12 horas de sono.

A ilusão do corpo invisível

Outro experimento no Instituto Karolinska mostra como uma pessoa pode pensar que vive em outro corpo. Os voluntários usavam óculos que projetava a imagem de um manequim. Os pesquisadores então começaram a tocar várias  partes dos corpos dos voluntários, enquanto faziam o mesmo com os manequins, ao mesmo tempo. Assim, os voluntários se sentiram  como se fossem esses manequins. Ao fazer o mesmo, mas no espaço vazio, sem os manequins, os voluntários sentiram como se seu corpo fosse invisível.

Leia também: Descoberta uma proteína que aumenta ou anula nossa memória

A estimulação elétrica da criatividade

Cientistas da Universidade da Carolina do Norte demonstraram que a eletricidade pode aumentar a criatividade humana. Os voluntários com idades  entre 19 a 30 anos de idade foram submetidas a uma estimulação eléctrica para gerar as chamadas ondas cerebrais alfa, que estão associados com o pensamento criativo. Sua criatividade aumentou em média 7,4% após o experimento.

A pílula da compaixão

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, Estados Unidos, descobriram que podem manipular o “nível” de compaixão das pessoas ao mudar sua bioquímica cerebral. Um grupo de pessoas recebeu pílulas de placebo, enquanto outros, medicamentos de tolcapone, o que acelera a ação da dopamina, o “hormônio da felicidade”.  Ao ser pedido  aos voluntários para que compartilhassem o seu dinheiro entre estranhos, o segundo grupo foi mais generoso.

Leia também: Desenvolvido um método que permite controlar  a genes com a mente

Fonte: Wikipedia

Palinopsia cria “efeito matrix” no cérebro

Percepção do nada

Seis efeitos matrix já comprovados

Ciência social insensível

Ciência cega

As partes do cérebro são independentes

 

maio 27, 2015 Posted by | Ciências | , , , , , , | 2 Comentários

Realidade além da vida real

imagem em 4D

Realidade Virtual

Realidade no cinema

Assistindo o filme Vice e resolvi fazer uma releitura de um dos meus temas favoritos, percepção. Isso aconteceu porque eu fiquei refletindo sobre a violência explicita mostrada e criticada pelo filme. Eu fiquei imaginando se no lugar dos robôs, vítimas da violência, estivessem clones.

Aqueles robôs eram cópias perfeitas dos seres humanos, mesmo assim eram apresentados como robôs e fica muito mais fácil usar a violência em se tratando de robôs.

Robôs perfeitos assim são considerados ficção de um tempo muito distante, longe da realidade. Entretanto, serve muito bem para testar o grau de tolerância da sociedade em relação aos clones, manipulação genética. A manipulação genética seria, nesse caso, uma mensagem subliminar do filme. Vários filmes tem apresentado críticas sociais em forma de ficção, alguns exemplos são: Maze Runner – Correr ou morrer, Given – O doador de memórias, Before I go to sleep – Antes de dormir, Visões de um crime, Mindscape – Regressão, e o mais comentado de todos, A origem.

Todos esses filmes não deixam nada a dever aos clássicos, Matrix, Vanila Sky ou Terceiro Olho. Tudo isso era visto apenas como A hora do Pesadelo, mas tem se tornado bem mais crítico atualmente. A crítica até que é construtiva, já a manipulação está inevitavelmente relacionada aos meios de comunicação.

Realidades dos meios de comunicação

Durante muitos anos, séculos, milênios, enfim, desde que o ser humano passou a pensar de maneira mais complexa e a própria natureza se tornou mais complexa, o ser humano passou a valorizar mais a liberdade, ironicamente, quanto mais valor dava a sua liberdade, mais preso se tornava de sua dependência social. Assim, as pessoas estão sempre dependentes das instituições ao seu redor, poucas pessoas escapam a esse controle.

Quando os meios de comunicação se tornaram menos confiáveis, fez-se necessário que novos mecanismos fossem criados para que o controle fosse restabelecido. Antes, as notícias eram veiculadas por interesses, sem nenhuma opinião agregada, agora é preciso realismo e violência explícita.

Os realities shows tem surgido com essa finalidade, suprir as mentiras e manipulações que as novelas e noticiários não conseguem.

Muitas pessoas assistem a esses programas sem a menor noção do que está acontecendo. O filme 1984 criou o Big Brother e não há muito charme nessa idéias. A NASA criou um experimento científico para simular o que aconteceria com as pessoas presas e limitadas fora da Terra. Filmes como Admirável Mundo Novo até tentaram mostrar os perigos de uma sociedade controlada, manipulada, alienada, mas o destino demonstraria que as novas tecnologias tornariam isso muito mais perigoso para a sociedade.

Realidades mentais

A manipulação e o controle do ser humano, privando-o de sua liberdade, fez com que surgissem milhares de distúrbios mentais, alguns considerados normais pela sociedade, enquanto outros são considerados doença.

Isso tem acontecido porque nem todas as pessoas tem a natureza propícia ao controle, em algumas pessoas a mente reage a falta de liberdade e a manipulação, surgindo assim os distúrbios mentais.

A mente pode até criar realidades subconsciente ou semiconscientes. No caso da realidade semiconsciente, surgem os sonhos lúcidos que são realidades quase reais mas com um potencial ilimitado, além de ser controlado e interativo em relação a mente, já no caso da realidade subconsciente isso pode ficar restrito aos sonhos e pesadelos, mas também pode se tornar um problema real, afetando a personalidade do indivíduo, causando transtornos mentais.

É muito difícil dizer quem é louco ou quem é normal. A boa notícia é que a maioria das pessoas não perde o controle da própria mente, diante do controle exercido pela minoria opressora, a má notícia é que todos somos doentes mentais em menor grau.

Realidades tecnológicas

As novas tecnologias seguem as novas tendências e a demanda promove a busca de novos dispositivos para demonstrar a realidade ou a ficção, dependendo da área em que são aplicados. Quanto mais a nossa vida se torna tecnológica, maior a demanda pelo controle dessas tecnologias ou pela resolução dos problemas causados por elas.

Eu sempre via as possibilidades da tecnologia 4D quando o mundo ainda procurava desenvolver a tecnologia 3D, hoje, a tecnologia 4D já é uma realidade, mais que isso, abriu de vez a nossa visão para os limites entre a física real e a física filosófica ou, melhor dizendo, teoria das cordas, o portal para o multiverso.

Essas novas tecnologias abrem um leque de novas possibilidades, por exemplo, na ficção já surgem as memórias em hologramas, imagens em 3D, o que impossibilitaria a diferenciação entre os fantasmas e as memórias gravadas, isso para quem tem essa percepção, naturalmente. A tecnologia em 3d apresenta a possibilidade da transformação de todo o interior de uma casa em ambiente virtual e interativo, transformando essa casa num gigantesco dispositivo de realidade virtual.

Realidade virtual real

O computador possibilitou a interação entre vários recursos de comunicação e entretenimento: biblioteca, educação, vendas, correio, rádio, imprensa, tv, cinema, diário, manifestação ideológica, discussão, notícia em tempo real, atendimento personalizado, relacionamento, denúncia, etc., surgindo daí conceitos como multimídia e internet e realidade virtual.

A internet despertou o sentimento de individualidade de cada pessoa, mas demorou muito até que os poderosos descobrissem que isso seria uma ameaça ao poder elitizado e a verdade única, indiscutível, o fim dos argumentos preconceituados.

Através da internet a esquerda ganhou força, fortalecendo ainda mais o sistema bipartidário, o que não é bom, apesar de ser melhor que apenas a direita no poder. Por outro lado, a educação ganhou muito com isso, a quantidade de informação é tão grande que é preciso aprender a ver o que realmente deve ser visto. Contrariando o pensamento elitista de exclusão digital dos semi-analfabetos, a internet possibilita a  inclusão de imagens, e algumas valem por milhões de palavras, uma verdadeira revolução no universo da comunicação.

By Jânio

Primeiro protesto holográfico da história

Quase real

Cientistas querem provar o multiverso

Imagens em 4D

Sonhos lúcidos

Ciência social insensível

abril 17, 2015 Posted by | Ciências, Reflexões | , , , , , | 1 Comentário

É preciso ver para acreditar

Ciência e Religião

Ciência e Religião

Uma expressão aparentemente simples, poderia ser considerada a máxima dos ateus, mas analisando mais de perto, podemos nos surpreender.

Até um discípulo de Jesus Cristo entrou em conflito e protagonizou um dos momentos mais emocionantes dos livros sagrados.

É preciso ter muita sensibilidade para acreditar, e há quem diga que a verdade está em tudo o que você sente. Acontece que nem tudo o que sentimos pode ser visto, e é justamente nesse ponto que a humanidade perde o sentido da verdade sentida.

Normalmente as pessoas tendem a acreditar no que vêem e sentem, mas isso baseado em seus sentidos vitais, cientificamente falando. Entretanto, a própria ciência já detectou falhas nos chamados sentidos vitais.

Durante alguns experimentos, não me lembro onde e nem quando, algum cientista louco separou os bebês de suas mães, a ideia era provar que os bebês poderiam aprender a sobreviver. O experimento foi um fracasso, devido a falta de algo que o os cientistas ignoravam, amor materno, mas há relatos de bebês que sobreviveram com a ajuda de animais, os mais famosos são os lendários fundadores de Roma.

Quando sonhamos, vivemos uma experiência virtual de vida, vendo, ouvindo, sentindo, etc. Os sonhos maus são considerados pesadelos, mas na realidade são os mesmos sonhos.

Não dá para dizer o que é sonho e o que é pesadelo, simplesmente porque não lembramos da maioria deles.

Entretanto, em sonhos leves, ou pesadelos leves, lembramos das experiências vividas. Tudo se torna mais real, impressionante e, em caso de pesadelos, assustador.

É aqui que vivemos o despertar para a superconsciência, numa região do cérebro em que a realidade e a fantasia estão por um fio. Pessoas que tem sonhos lúcidos, podem acordar em seus próprios sonhos, tornando-os ainda mais reais.

Quando um mágico realiza os seus truques, supostamente não passa de uma ilusão ou trapaça com a nossa percepção, mas, será que é isso mesmo?

Os cientistas são aceitos e admirados, não só por terem criado ou descoberto algo, mas também por provarem o que já se conhece. Qualquer pessoa que revele ou realize uma atividade que não possa ser provada, será considera uma bruxa, ou bruxo, e terá sérios problemas.

Essa limitação da percepção humana, não é explorada só por mágicos e cientistas. Muitas pessoas estudam essas fronteiras atrás de respostas, outras tem interesse em controlar as massas com esses conhecimentos.

Alguns animais, como os cães, possuem super sentidos e foram muito importante para as conquistas dos seres humanos, ao longo de suas jornadas na Terra. Mais raramente, alguns seres humanos surpreenderam o mundo com sua capacidade extra-sensorial.

Não seria surpresa se algum dia descobríssemos vestígios de alguém que pudesse ter controlado toda uma nação de pessoas ignorantes, apenas porque possuía uma percepção superior.

Os cães podem ter seus sentidos vitais super desenvolvidos, mas é entre os seres humanos que são constatadas curiosidades muito além dos sentidos vitais. Ciganas, videntes, artistas de circo e alquimistas, só para citar alguns exemplos, além dos líderes religiosos.

Talvez por ter uma capacidade de processamento cerebral maior, o ser humano se destaque, não no campo dos sentidos vitais, mas no poder da mente.

Pessoas poderosas manipulam e forjam meias verdades, no intuito de ganhar muito dinheiro. Manipulação tornou-se um jogo perigoso, nos realities shows, mas cobaias não faltam.

Poucas pessoas deixam de acreditar no que ouvem e vêem, mas se esquecem que mesmo os sentidos necessários a sua sobrevivência, poderá enganá-los. Entretanto, não há dúvidas sobre o mal caratismo político e, mesmo descobrindo a verdade, não fazemos nada, falta-nos a crença de que podemos vencê-los.

As religiões apresentam uma realidade além de nossa percepção vital, mas não além de nosso sentimento. Até a PPP se aproveita disso: enquanto os políticos procuram insistentemente nos convencer de que são confiáveis, fingimos acreditar que pelo menos um esteja falando a verdade, que esteja sendo sincero.

Se votamos baseado no que sabemos, votamos às cegas, já que não sabemos nada. Entretanto, há uma pequena diferença entre os políticos corporativos – aqueles ligados as grandes empresas e bancos multinacionais, que conseguem tomar posse de nossas riquezas, mesmo sem cometer nenhum crime, e os políticos socialistas, aqueles que subestimam o poder e acabam revelando suas intenções.

Com a liberdade de acesso as informações através da internet, estava bem mais difícil ocultar verdades e crimes, mas ficou bem mais fácil conspirar. Para evitar serem responsabilizados pelos seus atos, organizações foram criadas, sites onde as verdades inconvenientes, ou convenientes eram divulgadas.

A censura da internet acabou com esse sonho de mudanças e favoreceu os poderosos que ainda podem manipular de maneira anônima, já que são eles que policiam o mundo.

Entretanto, há pessoas que não estão sujeitas às manipulações e que já enlouqueceram devido a tantas verdades que conhecem, é preciso estar atento para essas pessoas, de fato elas conseguem ver o que não podemos.

By Jânio

Ciência cega

Milagres existem

Ciência social insensível

Deus existe

Fantasmas existem

Espírito da alma

Profissões em baixa em Portugal

Obscuro universo do átomo

fevereiro 23, 2013 Posted by | Ciências | , , , , , , | 3 Comentários

Pare de assistir TV

Falta Educação

Falta Educação

Não, o problema da educação em família não é novo, essa decadência tem exatamente a idade de sua principal causa, a TV.

A solução poderia ser a internet, mas a censura apareceu e, mesmo com tantas campanhas e manifestações públicas, prevaleceu.

No começo eu até pensei que fosse exagero, afinal, o que eles estavam querendo não me afetava diretamente, entretanto, a quantidade de informações disponíveis na Web, foram suficientes até para que um leigo como eu se inteirasse dos problemas que essa censura acarretava.

Apesar da internet não concentrar tanta audiência, como a TV, é o veículo de comunicação mais utilizado no mundo. A internet é pessoal, e vem daí a sua importância, na medida em que apresenta diferentes pontos de vista.

Enquanto a TV manipula e forma idiotas, a internet apresenta conteúdos e informações relevantes para sociedade. O único risco que me preocupa, é a informação pronta, maquiada e repetida, que alguns blogueiros fazem questão de publicar, sem acrescentar a sua devida opinião.

Recentemente, a própria TV produziu um programa sobre a suposta e inevitável elitização da internet. Segundo eles, esse seria um processo inevitável.

Eu devo adiantar que assim como nem todas as TVs são iguais, nem todos os sites são iguais também.

A história da TV brasileira é nojenta, criminosa, então, acredito que as redes de TVs estrangeiras também sejam. Podemos notar a tendência de direita nas principais redes de TVs mundiais, mas não são todas iguais.

As TVs de países desenvolvidos, onde há uma combinação entre distribuição de renda e IDH, são competentes. Infelizmente, isso não é muito comum, não.

Também há TVs estatais, que refletem a postura da organização política de um determinado país.

… mas as melhores TVs são as TVs mantidas por ONGs, de preferência sem a participação do Estado e, muito menos, de multinacionais e banqueiros. De fato, essas TVs não formam idiotas.

É possível notar a postura, correta ou incorreta, de uma TV ou ONG, quando essas veiculam opiniões, pontos de vistas, críticas, e participam de movimentos sociais ou antecipam crises políticas, sociais, etc., além de participarem ativamente de eventos importantes, mesmo sendo contrários ao governo e aos poderosos.

A partir de agora, se alguém reclamar de algum ato político, serviço de instituição pública, justiça, etc., a minha resposta sempre será a mesma: “Você precisa parar de assistir TV”.

Depois de assistir ao documentário “Muito além do Cidadão Kane”, depois de acompanhar ao escândalo do Panamericano, do Grupo Sílvio Santos, eu não tenho dúvidas que assistir a essas TVs, significa acomodação e quase cumplicidade com o crime organizado.

A TV é a principal ferramenta de manipulação político-social, salvo exceção, e é através dela que a máfia da corrupção está se mantendo no poder.

Uma pessoa pode assistir a um filme, documentário ou outro programa, desde que tenha opinião própria, desde que não fique o tempo todo na frente da TV. Além disso, as pessoas devem boicotar as TVs de pessoas corruptas que roubam dinheiro público, ou que estejam envolvidas com a máfia da CBF, Grupo Sílvio Santos e outros.

Não é difícil identificar a reputação de um veículo de comunicação, basta analisar a sua percepção para fatos, crimes e líderes políticos, além dos crimes cometidos por empresas ligadas ao governo.

Eu tenho uma certa simpatia pela RT-TV, uma de minhas principais fontes de informação, e pela BBC, mas isso não significa que eu não tenha senso crítico em relação a elas.

Agora estão querendo aproveitar a concentração de audiência de grandes portais para censurar e controlar as pessoas, e eu quero ver no que isso vai dar.

O Irã já pensa em criar a sua própria rede, isolada do resto do mundo. Eu tenho notado que a China também possui portais voltado apenas para a sua gigantesca população, apesar de ainda não ter se fechado totalmente para o mundo, já que isso iria contra suas estratégias comerciais.

Um possível embargo contra o Irã, poderia ser catastrófico, já que a Europa depende desse petróleo. Acontece que essa crise mundial não é gratuita e está relacionada justamente com busca pela liberdade de decisão do estado – Argentina, monetária – China, religião própria – Irã, democracia e verdade – todo o resto do mundo.

A arma da elite são os veículos de comunicação de massa, enquanto o povo só tem a internet.

Se tirarem a internet do povo, o povo ficará desarmado, mas não é isso o que interessa para eles. Isso será feito aos poucos, medindo o grau de insatisfação das pessoas, o que sempre funcionou durante milhares de anos.

Resta saber se eles terão a capacidade de nos controlar, manipular essa panela de pressão em que se transformou a sociedade, e ocultar a verdade e seus reais interesses, coisas que só poderão ser feitas com a ajuda da TV e da censura na internet.

By Jânio

Corporativismo midiático

Vendedoras de Sonhos e pesadelos

As moscas do panamericano

janeiro 3, 2013 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | 4 Comentários

Sociedade programada

Mundo Controlado

Mundo Controlado

Se opinião é igual a ponto de vista, naturalmente, não pode haver opinião pública, já que não existem pontos de vista públicos. Entretanto, admitindo-se a possibilidade da formação da opinião pública, opinião e ponto de vista não poderiam ser a mesma coisa – eu, particularmente, acho que quem segue a opinião pública, de fato, não pensa, não tem ponto de vista.

Pode até parecer exagero, mas é a partir dessa e de outras ideias que eu sou contra as opiniões públicas. Se uma pessoa forma opinião pública, de fato ela não pensa, afinal, cada um de nós tem uma cabeça, e não é só para enfeitar o corpo.

A sociedade não é muito criativa de um modo geral, a maior parte das pessoas estudam as mesmas coisas, aprendem as mesmas coisas. Um curso superior pode ser importante para o ego de uma pessoa, mas não ajuda tanto assim.

Pausa: Eu me lembro do diálogo entre um médico e um engenheiro recém formado – notem a diferença entre as visões, a partir das ciências humanas e ciências exatas.

– Você já terminou o curso? – médico.

– Sim. Agora só falta pegar a carteira – engenheiro.

– Por que você quer a carteira? – médico

– Sem a carteira, o meu curso não teria nenhum valor – engenheiro.

– Que nada, nenhuma empresa séria está interessada na sua carteira – médico.

– Eu sei, mas se acontecer de uma autoridade me parar… – engenheiro.

– O que você vai fazer? – médico.

– Eu apresento a minha carteira, mostrando que sou uma pessoa de boa reputação – engenheiro.

– Se você se atrever a mostrar a carteira para um policial, você vai cometer um crime e estará em uma grande encrenca – médico.

A questão do dom é muito importante, mas não se pode confundir profissão com entretenimento.

Nos dias de hoje, há falta de profissionais nas áreas de ciências exatas e a culpa disso é a falta de filosofia, educação adequada e informação sobre mercado de trabalho.

Só por aí, já dá para se ter uma ideia dos problemas que podem ser gerados em uma sociedade, caso não estejamos atentos.

Como sociedade, não somos muito criativos e dá para contar nos dedos a quantidade de físicos que se destacaram ao longo da história, entretanto, a física quântica deu mais importância às ciências exatas e deverá torná-la mais popular entre os acadêmicos.

Ironicamente, depois de se tornar maldita, depois do apocalipse da bomba nuclear, a física poderá nos mostrar um caminho de sabedoria, conhecimento e muita informação.

Não há dúvidas que a sociedade é programada desde o seu limiar, quando passou a se utilizar da fala para se comunicar e trocar informações, mas isso apenas se considerarmos a evolução do ser humano.

A fala é um tipo de comunicação que pretende transmitir todo o nosso pensamento, desde que estejamos a fim de compartilhá-lo – funciona de maneira programada.

A sociedade tem forçado as pessoas a acelerarem o aprendizado de seus filhos, para que tenham vantagens em um mundo tão competitivo.

O importante para a sociedade não é ter um filho precoce, mas fazer com que ele seja o melhor da turma ou, no mínimo, um dos três melhores, para que tenha privilégios em relação aos seus professores.

Mas há um grande grupo de pessoas que são muito difíceis de serem programados. Eles não são diferentes, mas tem o cérebro resistente a programação social.

Alguns são canhotos e relativamente ambidestros, outros são epilépticos, autodidatas ou apresentam algum tipo de distúrbio que acelera ou retarda o cérebro em relação aos cérebros programados.

Um autodidata assume essa postura para conseguir sobreviver, mas eu não estou falando só de alguém que aprende a tocar um violão, jogar futebol, marcenaria, mecânica, química, etc., eu estou falando de alguém que aprende tudo isso de maneira genial, com um domínio completo sobre o que cria ou manipula.

Os empreendedores não são necessariamente geniais, mas possuem a maior quantidade de habilidades possíveis em um ser humano, ou capacidade de aprender sem muita ajuda. Enquanto os empreendedores tornam-se grandes gestores de pequenos grandes negócios, as pessoas geniais se transformam em grandes consultores ou conselheiros.

Essas pessoas geniais já existiam há milhares de anos, se não considerarmos a evolução do ser humano mas, sim, da sociedade e, mesmo antes de falar, participando da primeira atividade social programada, já eram criativos e inteligentes.

É possível notar, na Idade média, o que poderia ter ocorrido na antiguidade, ou ainda nos primórdios dos tempos, se é que a humanidade surgiu aqui na Terra. Onde pessoas que não dependiam tanto da sociedade, e com uma capacidade de raciocínio maior, tornavam-se magos, bruxos ou semi-deuses.

Estamos numa nova era extremamente teórica, obscura e perigosa para os manipuladores de mentes, onde os poderosos pressentem uma grande transformação da humanidade, onde o que poderia ser o despertar da superconsciência para nós, poderia ser definitivamente o apocalipse para eles.

By Jânio

Profissões com falta de pessoas qualificadas

Duvidosa filosofia da vida moderna

Física quântica vai revolucionar a internet

Comunicação por símbolos

Com os dois lados do corpo

Despertar para a superconsciência

Rebeldes que desafiam o sistema

O mistério do sonambulismo

A obscura natureza da mente humana

O que uma pessoa com epilepsia sente

Epilepsia – Quando a mente tem um ataque

O despertar para a superconsciência

Faça você mesmo

dezembro 12, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | 3 Comentários

Censura na internet

linkando a mente

Máfia das Comunicações

A censura na internet é polêmica, talvez seja mais polêmica pela forma como a elite dos donos do mundo queiram impor essa condição que pelo próprio conceito de polêmica em si.

Liberdade de expressão é muito difícil para eles entenderem, considerando-se que as massas sejam facilmente influenciáveis.

Mas eles não se importam em querer implantar a democracia no Oriente Médio, mesmo sabendo que 9 entre 10 pessoas daquela região desejam a morte dos americanos, e a morte não é a pior coisa que pode acontecer por aquelas bandas, viver, lá, é muito mais difícil.

Acontece que a democracia que eles querem impor, lá, não é verdadeira. Trata-se de uma farsa como várias impostas pelo mundo afora e nós brasileiros a conhecemos muito bem.

Não somos só nós brasileiros as vítimas da farsa democrática, os americanos também são. Hoje os EUA estão nas mãos de suas multinacionais e banqueiros.

Justamente para evitar que essas verdades venham à tona, a censura passa a ser útil. A liberdade de expressão poderia ser perigosa e abrir os olhos das pessoas para as duras verdades dos sistemas elitizados e isso poderia provocar uma revolução.

A verdade é que a democracia só poderia ser considerada como tal, se houvesse igualdade entre as pessoas, tanto em relação ás leis, como em relação a distribuição de rendas e todos os outros bens e direitos aos quais a sociedade deveria ter acesso.

Se um político não deve acumular riquezas, então, porque tantos ricos querem entrar para a política?

Todos nós sabemos das respostas e não podemos fazer nada, a não ser sonhar com uma revolução, já que nosso sistema é quase im(perfeito) e todos somos controlados.

Revolução traz sofrimento, dor, e, pior, é inevitável.

Já estamos entrando na fase de tratar bem dos escravos para que eles trabalhem melhor, mas nem nisso os políticos são competentes e algumas instituições privadas são mais eficientes.

A internet é a melhor forma de expor as verdades e, segundo os especialista, é uma forma impossível de ser controlada, mas parece que os donos do mundo não pensam assim.

Todos os mecanismos privados e obscuros da internet estão sendo monitorados e passam a ser preocupantes para eles, os donos do mundo, visto que fica bem claro que a privacidade, em alguns casos, é inviolável na rede.

Apesar disso, cada vez que um hacker ataca um sistema, corretamente, seguindo a ideologia hacker, demonstra o quanto eles estão enganados, mostra uma esperança e prova que podemos ficar seguros, com conhecimentos em tecnologia, e que eles não estão totalmente seguros, apesar de sua fortíssima segurança.

A maioria dos hackers presos até agora, não são hackers de fato, são crackers, criminosos, caso contrário não poderiam ser presos. São esses crackers os responsáveis pelo gerenciamento da segurança das redes das grandes corporações, essas empresas acreditam que esses criminosos serão úteis para avaliar eventuais falhas na segurança, já que eles não resistem ao crime.

O que as grandes empresas não sabem, é que os hackers estão muito acima desse preconceito, os hackers sabem da importância da internet e sabem que a internet representa muito mais do que apenas dinheiro. Todos os novos sistemas, web 2.0, foram desenvolvidos por hackers, portanto, muitos sistemas podem ser acessados por esses hackers, quando e como eles quiserem.

Alguns hackers vivem como simples técnicos de informática e, eticamente, não expõe dados dos clientes, o que não significa que eles não tenham esses dados. Como eu disse, hackers não são criminosos como os crackers, não pensam em chantagear ou expor dados de uma pessoa na internet.

A saída não é censurar a internet e sim educar, mas a educação não é do interesse da elite, então a censura passa a ser uma alternativa de manipulação.

Darknet, Dark Internet e Deep Web, são apenas alguns dos conceitos que desafiam a censura da internet, afinal, já sabemos que hacker não é apenas um especialista em internet e, caso queiram, poderão criar uma verdadeira revolução, expondo dados de poderosos e criando redes alternativas ou provisórias, com ou sem a ajuda da internet.

By Jânio

Problemas e soluções

Espionagem na rede

Um grupo que assusta até os terroristas

EUA querem controlar a internet

Sopa – Guerra pela liberdade

Controladores de mentes

A estrela da morte

Darknet – Revolucionários digitais

setembro 18, 2012 Posted by | internet | , , , | Deixe um comentário

Rebeldes que desafiam o sistema

pessoas_diferentes

Nem tudo nesse mundo tem lógica, não a lógica como nós a conhecemos. A polêmica em relação a censura na internet mostra, de maneira escancarada, a busca desesperada pelo controle do poder sobre corações e mentes, pelos donos do mundo.

Desde que o mundo começou a se organizar globalmente, apenas três métodos de educação se encaixaram ao modo acelerado de aprendizagem e apenas um está sendo utilizado. De acordo com esses métodos, o corpo e a mente tem estágios pré-determinados para o seu desenvolvimento.

A partir do momento em que nascem, os bebês tem um tempo determinado para aprenderem a falar, andar, escrever, etc. Quando essas etapas de aprendizado não são cumpridas, as crianças passam a ser vítimas de uma série de preconceitos, discriminação. A discriminação parte de todos os lados, inclusive das pessoas mais próximas, constituindo uma unanimidade incômoda para a vítima.

O problema pode se tornar ainda mais sério, caso a própria vítima seja convencida de que é diferente, inferior, anormal.

Fenômenos paranormais, como a combustão humana, podem expor as vítimas de uma sociedade puritana à ataques violentos e descontroláveis. Até a epilepsia, que deveria ser considerada uma condição orgânica normal, passa a ser visto como algo diabólico, profano, maléfico.

Isso tudo poderia ser evitado com informações e educação adequada, mas parece que isso não é do interesse das pessoas, organizações, instituições que controlam tudo.

Vejam bem: O ser humano vive um paradoxo, vive em grupo por necessidade mas, por interesses maquiavélicos de grupos interessados em poder, sofrem com conspirações que os mantém isolados.

De fato, as pessoas não se ajudam e nem sentem necessidade de se ajudarem, a não ser quando estão muito próximas das vítimas. Quando estão muito próximas de pessoas com problemas, envolvem-se até mais do que deveriam e acabam se tornando também vítimas, tendo de fazer tratamentos para se recuperarem.

Nos últimos tempos, tem havido uma mobilização, movimentos sociais que pretendem reorganizar os caminhos da humanidade. Ainda é difícil saber quais serão as consequências disso, já que a elite vale-se justamente das organizações para controlar o mundo, utilizando armas anti-éticas das mais variadas, que vão da chantagem, corrupção, até a força do dinheiro ou a violência física ou psicológica.

… mas sempre haverão rebeldes marginalizados que não se encaixarão ao sistema e a nenhuma organização, pessoas que tem dificuldades para pensar o que todos pensam, com necessidades de agirem por si só, ingênuos e incapazes de irem contra a sua própria natureza.

Além dos paranormais, há também os loucos que, aliás, não são todos iguais, nem são todos malucos como todos pensam.

Talvez a loucura seja a condição mais polêmica do existencialismo. Além da busca de si mesmo, onde a pessoa está totalmente frágil, há os problemas físicos e mentais.

Os distúrbios mentais tornam quase impossível de se identificar o que é certo ou errado, real ou absurdo, sanidade ou loucura. A consciência e o inconsciente podem deixar a pessoa numa situação desesperada.

Para quem consegue encontrar o equilíbrio físico/mental, tudo fica mais fácil, ou menos difícil, já que a luta de pessoas incapazes de fazer o que é errado é extremamente difícil.

Os comandos sociais partem do alto da pirâmide social e tem trânsito facilitado por pessoas que preferem pensamentos prontos a ter de elaborar o seu próprio jeito de viver, a sua personalidade.

São exemplos de comandos programados por palavras: Uma pessoa nunca deverá mentir; devemos pagar os impostos para que a sociedade seja melhor; siga seu líder ou participe de uma organização; vote; a religião pensa e você segue; acredite na tv, jornais, revistas, e tudo o que ler pois tudo fica mais fácil assim; cuide de sua própria vida; nunca ouça, ou leia, opiniões pessoais como a internet; a internet é do mal, por isso deve ser controlada, censurada e, se possível, eliminada das comunicações; caso tenha algum problema, acredite, você será amparado pelo Estado, seja qual for a área. Você terá a melhor educação, saúde, transporte, segurança e realizará todos os seus sonhos; acredite em políticos, principalmente se ele falar o nome de Deus e outras palavras bonitas; pelo menos um político corrupto será punido de acordo com a lei, para que você acredite na justiça; se você for justo, honesto e sofrer muito, irá para um paraíso, sem dor, sem sofrimento, ficará num lugar bonito, todos os mortos retornarão a vida e todos seremos felizes para sempre; é muito importante que você nunca mais pense sobre tudo o que está escrito aqui, mas acredite; não acredite; tanto faz.

Voltando ao início: Há um grupo de pessoas que não conseguem lidar com temas complexos sem seguir a lógica irracional, não conseguem fingir e nem viver de aparências e interesses, algumas pessoas cometem o erro de perguntar “POR QUÊ?”, e, acredite, para a elite isso é um grande erro.

Eu notei algumas condições entre pessoas rebeldes geniais, entre elas: Epilepsia, ambidestria, canhotas, autodidatas, empreendedorismo, sonhos lúcidos, sonambulismo, subconsciência, paranormalidade, rebeldia, etc.

Nem todas as pessoas dessas listas são iguais, como são os casos de Bill Gates e Júlio César, canhoto, empreendedor, autodidata, epiléptico.

Algumas pessoas consideradas loucas, como Adolf Hitler, revelaram-se muito sóbrias, interesseiras e com ideias em comum com os maiores intelectuais do mundo.

Resta a você estabelecer uma relação entre esses conceitos e criar a sua lógica, natureza e seu modo de pensar.

By Jânio

O mistério do sonambulismo

A obscura natureza da mente humana

O que uma pessoa com epilepsia sente

Epilepsia – Quando a mente tem um ataque

O despertar para a superconsciência

abril 25, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

EUA alertam países que apoiam Irã

império contra-ataca

Volta de Chavez

Quando eu disse que a reputação de Hugo Chavez duraria enquanto durasse o mandato de Lula, eu estava errado, as declarações do porta-voz dos EUA pegaram muito mal no mundo inteiro, principalmente entre os latinos.

Segundo suas declarações, os EUA advertem que os países que receberam o governante do Irã, poderão sofrer sanções, mas que isso dependeria do que foi tratado entre esses países e o Irã.

Hugo Chaves que não precisa de porta-voz – eu ainda não descobri se é ele que não gosta, ou se é o porta-voz que não se entende com ele – disse que essa é a coisa mais absurda que já foi dita “o mais absurdo dos absurdos”.

“A mesma absurda e histórica pretensão de vermos os EUA decidir e continuar decidindo os destinos da Venezuela, Equador, Cuba ou América Latina”. Hugo Chaves ainda citou Mao Tse-Tung, ao chamar os EUA de império de papel.

Enquanto isso, a agência internacional de notícias, AFP, é acusada de manipular o discurso de boas vindas ao presidente do Irã, feito por Hugo Chaves, levando a crer que esse queria atacar os EUA. A suspeita virou um escândalo midiático na França.

Ironicamente, as palavras foram divulgadas fora de contexto, deixando de fora justamente a parte em que se falava dos meios de comunicação imperialista.

Devido a tensão entre os dos países, EUA e Irã, a manipulação do vídeo poderia aumentar ainda mais o conflito.

Na realidade, Hugo Chavez estava apenas sendo irônico:

“Dicen los voceros del imperialismo, dicen los medios de comunicación del imperialismo y lo repiten como loro en las calles de estos países que Irán está en Venezuela, que Ahmadjnejad está en Caracas porque en este mismo instante vamos, Ahmadjnejad y yo, casi que desde los sótanos de (la casa presidencial de) Miraflores a afinar la puntería rumbo a Washington y que van a salir los cañones muy grandes y unos misiles porque vamos a atacar Washington. Casi es lo que están diciendo”.

Dizem os jornais e meios de comunicação imperialistas e repetem em suas casas que o Irã está na Venezuela, que Ahmadjnejad está em Caracas e que nesse exato momento vamos, Ahmadjnejad e eu, no palácio de Miraflores, estamos acertando a pontaria rumo a Washington e que dos telhados do palácio do governo da Venezuela vão sair canhões muito grandes e alguns mísseis porque vamos atacar Washington, é quase isso o que estão dizendo”.
Qualquer semelhança com a guerra dos mundos, por Orson Wells, não é mera coincidência. Orson Wells narrava na novela que os EUA estavam sendo atacados.

O ex-presidente Lula sabe muito bem das artes que Hugo Chaves pode aprontar e, apesar de encrenqueiro, demonstra coragem, inclusive assumindo o posto de Fidel Castro, como o maior militante de esquerda do mundo. Do outro lado, a AFP lembra muito das conspirações teorizadas por Daniel Estulin, inclusive sobre o monopólio de notícias.

No caso do Wikipedia, eu ainda suspeito de especulação inversa, ou seja, pode ser importante para quem tem um bom capital nos infernos fiscais, que a economia americana quebre, assim, esses mega investidores poderiam comprar quase todo o país, incluindo as empresas dos concorrentes.

By Jânio

Fonte: RT-TV

janeiro 17, 2012 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , | 1 Comentário

Pedofilia e Homossexualidade – A corda sempre arrebenta do lado mais fraco

A comunidade GLS é aceita pela sociedade de maneira hipotética, ou hipócrita mesmo. Se os gays e lésbicas negarem a sua própria sexualidade, então todos os seus “pecados” serão perdoados, os gays são vistos como anjos, ou assexuadas, pelos falsos defensores da comunidade.

O problema é que sem a sua sexualidade, os gays não podem assumir a sua condição perante a sociedade.

Isso tudo é muito irônico, porque com os escândalos dos padres pedófilos, outra questão veio a tona – Afinal de contas, o pedófilo é um doente ou é um monstro? – a sociedade se recusa a aceitar a ideia de que é muito grande o número de pedófilos dentro da sociedade, não só no Brasil, como em todo o mundo.

Na Holanda, há até um partido pedófilo, seus integrantes, evidentemente, não são pedófilos, mas conhecem esse problema de perto, coisa de primeiro mundo.

Na vontade de criar polêmicas em cima da questão da pedofilia, a mídia televisiva cometeu um pequeno mas considerável erro, trocou a palavra homossexualidade por homossexualismo.

Acontece que os gays são enfáticos quanto a essa questão: “Precisamos parar de dizer essa palavra, homossexualismo, dando a ideia de doença; precisamos ver os gays e lésbicas dentro de sua condição de homossexualidade, homossexualismo dá uma ideia de doença e não somos doentes.”

Foi por isso que o jornalismo da televisão espalhou, erroneamente, a ideia de que a classe GLS está ligada ao homossexualismo e não a homossexualidade. A classe GLS nem reclamou, isso porque, pela primeira vez na vida, eles conseguiram as manchetes em seu favor, homossexualismo é só um detalhe, e depois eles sabem que a corda sempre arrebenta do lado mais fraco.

Aproveitando a deixa, devo reconhecer que as notícias bizarras da região do planalto ajudaram muito ao decadente José Roberto Arruda, afinal, conseguiram encontrar alguém para roubar as manchetes em seu lugar, em Brasília, um “monstro” pedófilo. Com o enforcamento do “monstro”, ele perdeu a esperança de dormir tranquilo.

Já no caso de seu hipotético problema cardíaco, eu acredito, afinal, quem não teria um ataque no coração, depois de ter um pesadelo de que toda sua maracutaia política foi descoberta, foi abandonado pelo partido, e pior, acordando e descobrindo que tudo é real, pior, que está preso.

Haja coração.

By Jânio

maio 11, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

Relação de todos os presidentes do Brasil

Donos do Poder

Presidentes do Brasil

A farsa da independência do Brasil não durou muito, assim, logo seria decretada a Proclamação da República em 15 de novembro de 1889. Há quem afirme que a proclamação do Brasil também foi um golpe, onde o próprio Marechal Deodoro da Fonseca, responsável pela instauração da República, assumiria o poder, mas que não duraria muito tempo na presidência.

Isso é compreensivo, pois o jogo do poder no Brasil não é fundamentado em interesse do povo, mas em seus próprios interesses. Assim, quando pensamos que a justiça está sendo feita, na realidade o que está acontecendo é um novo golpe, patrocinado por um novo grupo organizado pela própria elite, com a finalidade de atender os seus interesses.

Analisando bem a nossa história política, temos poucos momentos de importância. Os dois presidentes mais citados de nossa história, são, sem sombra de dúvida, Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek, sendo seus atos mais importantes: A criação da CLT, por Vargas, e a construção de Brasília, por Juscelino. A partir da construção de Brasília, o eixo Rio-São Paulo deixava de influenciar tão diretamente na república, criava-se um nova incubadora para a corrupção, muito pior do que era antes.

No caso dos governos militares, pouco há para ser dito, com raras exceções, como é o caso de Vargas, mesmo assim temos que admitir que nem todos os governos militares foram iguais, mesmo os dois últimos, responsáveis pela transição do regime militar para o civil, havia grandes diferenças. João Batista Figueiredo era completamente diferente de Ernesto Geisel, apesar disso, houve a mudança, apesar de Tancredo não sobreviver para contar a história. Sarney assumiu o poder, no auge de sua história política no Brasil, onde empregou até a própria filha Roseana Sarney, mas essa já é uma outra história.

Getúlio Vargas talvez seja o mais importante presidente da história do Brasil, mas nem ele escapou de promover golpes, além de ser simpatizante de Hitler, mas nesse caso ele não teve culpa, Hitler conseguiu enganar o mundo inteiro, a verdade só veio a tona quando Hitler iniciou suas invasões. Para nossa sorte, os americanos pagaram mais pelo apoio brasileiro, com a usina de Volta Redonda.

Jânio Quadros, meu xará, não teve muita história para contar, mas pela sua votação histórica, acabou sendo reconhecido pela sua importância e capacidade de conseguir votos. Sua ideia de renunciar ao mandato, para voltar nos braços do povo, enquanto seu vice estava fora, foi uma das piores idéias políticas de todos os tempos.

Não foram incluídas nas listas, as duas juntas governativas (1930 e 1969), os presidentes interinos Ranieri Mazzilli (em 1961 e 1964) e os três presidentes:Rodrigues Alves, Tancredo Neves e Júlio Prestes, que não chegaram a governar, dois morreram, o terceiro, Prestes, foi vítima de golpe militar. Tudo sempre seguindo as regras da burguesia, formadores de opinião pública, detentores dos principais órgãos de comunicação, os mesmos que mais tarde sentiriam os duros golpes da ditadura, promovidos pelo próprio regime militar que, pelo visto, não quis continuar servindo de fantoche, criando suas próprias regras. Mais tarde, o próprio regime militar anunciaria a abertura política, deixando o próprio povo tomar os rumos de seu destino, foi aí que a burguesia voltou a ditar as regras.

Se não há muito o que se falar do regime militar, é porque eles não permitiam que a história fosse escrita, se abrissem a boca morriam, pelo menos no período da ditadura. Não havia investigação, os maiores problemas eram resolvidos pelo serviço secreto brasileiro.

Foram 33 mandatos, 28 presidentes, sendo estes os responsáveis pela situação na qual o país se encontra, incapaz de fazer cumprir uma única lei, quando o assunto envolve políticos importantes para a manipulação do poder.

Foram poucos os presidentes que terminaram seus mandatos, a maioria, ou morreu ou foi deposto, alguns tiveram problemas de saúde. Não faltaram nem casos de renúncia, casos mais raros.

A grande verdade é que a República Federativa Brasileira foi criada pelos militares, nunca deixou de ser um pouco militar. Apesar de ter perdido muito sua força, o regime militar continua sendo uma forte influência na política brasileiro. Os políticos brasileiros de hoje são, na grande maioria, socialistas, mas os donos do poder continuam sendo os políticos conservadores.

PRESIDENTES DO BRASIL

1 – Marechal Deodoro da Fonseca – 15 de novembro de 1889 á 23 de novembro de 1891 – regime militar, renunciou – Vice – Floriano Peixoto

2 – Floriano Peixoto – 23 de novembro de 1891 à 15 de novembro de 1894 – regime militar – sem vice.

3 – Prudente de Morais 15 de novembro de 1894 à 15 de novembro de 1898 – Partido Republicano Federal PR – Vice Manuel Vitorino.

4 – Campos Sales – 15 de novembro de 1898 à 15 de novembro de 1902 Partido Republicano Paulista PRP – Vice Rosa e Silva.

5 – Rodrigues Alves – 15 de novembro de 1902 à 15 de novembro de 1906 – Partido Republicano Paulista PRP – Vice Silviano Brandão.

6 – Afonso Pena – 15 de novembro de 1906 à 14 de junho de 1909 Partido Republicano Mineiro PRM – Vice Nilo Peçanha.

7 – Nilo Peçanha – 14 de junho de 1909 à 15 de novembro de 1910 Partido Republicano Fluminense PRF – Sem vice.

8 – Hermes da Fonseca – 15 de novembro de 1910 à 15 de novembro de 1914 Partido Republicano Conservador PRC – vice Venceslau Brás.

9 – Venceslau Brás – 15 de novembro de 1914 à 15 de novembro de 1918 Partido Republicano Mineiro PRM – Vice Urbano Santos.

*** Rodrigues Alves — Não Governou, morreu – Partido Republicano Paulista PRP – vice Delfim Moreira.

10 – Delfim Moreira – 15 de novembro de 1918 à 28 de julho de 1919 – Partido Republicano Mineiro PRM – Sem Vice.

11 – Epitácio Pessoa – 28 de julho de 1919 à 15 de novembro de 1922 – Partido Republicano Mineiro PRM – Vice Delfim Moreira.

12 – Artur Bernardes – 15 de novembro de 1922 à 15 de novembro de 1926 Partido Republicano Mineiro PRM – vice Estácio Coimbra.

13 – Washington Luís – 15 de novembro de 1926 à 24 de outubro de 1930 – Partido Republicano Paulista PRP – vice Melo Viana.

*** Júlio Prestes — Nâo governou, deposto — Partido Republicano Paulista PRP – Vice Vital Soares.

*** Mena Barreto – 24 de outubro de 1930 à 3 de novembro de 1930 – regime militar em governo provisório – Sem vice.

14 – Getúlio Vargas – 3 de novembro de 1930 à 29 de outubro de 1945 – Partido Aliança Liberal AL – Sem vice.

15 – José Linhares – 29 de outubro de 1945 à 31 de janeiro de 1946 – Sem partido – Sem vice.

16 – Eurico Gaspar Dutra – 31 de janeiro de 1946 à 31 de janeiro de 1951 – Partido Social Democrático PSD – Vice Nereu Ramos.

17 – Getúlio Vargas – suicidou-se- 31 de janeiro de 1951 à 24 de agosto de 1954 – Partido Trabalhista Brasileiro PTB – Vice Café Filho.

18 – Café Filho – 24 de agosto de 1954 à 8 de novembro de 1955 – Partido Social Progressista PSP – Sem vice.

19 – Carlos Luz – 8 de novembro de 1955 à 11 de novembro de 1955 – Partido Social Democrático PSD – Sem vice.

20 – Nereu Ramos – 11 de novembro de 1955 à 31 de janeiro de 1956 – Partido Social Democrático PSD – Sem vice.

21 – Juscelino Kubitschek – 31 de janeiro de 1956 à 31 de janeiro de 1961 – Partido Social Democrático PSD – vice João Goulart.

22 – Jânio Quadros – renunciou – 31 de janeiro de 1961 à 25 de agosto de 1961 – Partido Trabalhista Nacional PTN – vice João Goulart.

23 – Ranieri Mazzilli – 25 de agosto de 1961 à 7 de setembro de 1961 – Partido Social Democrático PSD – Sem vice.

24 – João Goulart – deposto – 7 de setembro de 1961 à 1 de abril de 1964 – Partido Trabalhista Brasileiro PTB – Sem vice.

25 – Ranieri Mazzilli – 2 de abril de 1964 à 15 de abril de 1964 – Partido Social Democrático PSD – Sem vice.

26 – Castelo Branco – 15 de abril de 1964 à 15 de março de 1967 – Aliança Renovadora Nacional ARENA (militar) – Vice José Maria Alckmin.

27 – Costa e Silva – 15 de março de 1967 à 31 de agosto de 1969 – Aliança Renovadora Nacional ARENA (militar) – vice Pedro Aleixo.

*** Junta Governativa Provisória de 1969 – 31 de agosto de 1969 à 30 de outubro de 1969 – regime militar – Sem vice.

28 – Emilio Medici – 30 de outubro de 1969 à 15 de março de 1974 – Aliança Renovadora Nacional ARENA (militar) – Vice Augusto Rademaker.

29 – Ernesto Geisel – 15 de março de 1974 à 15 de março de 1979 – Aliança Renovadora Nacional ARENA (militar) – Vice Adalberto dos Santos.

30 – João Figueiredo – 15 de março de 1979 à 15 de março de 1985 – Partido Democrático Social PDS (militar) – vice Aureliano Chaves.

*** Tancredo Neves – Nâo governou, morreu — Partido do Movimento Democrático Brasileiro PMDB – Vice José Sarney –

31 – José Sarney – 15 de março de 1985 à 15 de março de 1990 – Partido do Movimento Democrático Brasileiro PMDB – Sem vice.

32 – Fernando Collor – deposto – 15 de março de 1990 à 29 de dezembro de 1992 – Partido da Reconstrução Nacional PRN – vice Itamar Franco.

33 – Itamar Franco – 29 de dezembro de 1992 à 1 de janeiro de 1995 – Partido do Movimento Democrático Brasileiro PMDB – Sem Vice.

34 – Fernando Henrique Cardoso – 1 de janeiro de 1995 à 1 de janeiro de 2003 – Partido da Social Democracia Brasileira PSDB – Vice Marco Maciel.

35 – Luís Inácio Lula da Silva – 1 de janeiro de 2003 à 1 de janeiro de 2011 – Partido dos Trabalhadores PT – vice José Alencar.

Fonte: Wikipedia

Texto: By Jânio

Textos Relacionados:
A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

Trinta anos de escândalos no Brasil

março 19, 2010 Posted by | Política | , , , , , , , , , | 35 Comentários

Nenhuma novidade no Brasil

ultimas noticias

Noticias novas de sempre

As vezes os sonhos se realizam quando a gente menos espera, apesar de estar envolvido na elaboração de um projeto em minha vida pessoal, eu realizei um grande sonho na internet, o de ver a minha lista de amigos aumentando sem parar.

A média de visitas se manteve alta, meus amigos não se esqueceram de mim,  e até o ocioso promoveu uma notíca minha ontem, depois de vários dias sem postar.

Meu projeto não é grande, mas para mim é novidade, por isso me ocupa o tempo todo, ficando sem tempo para criar novos textos ou fazer pesquisas sobre o que anda acontecendo pelo Brasil e o mundo.

No Brasil, cheguei a ver a notícia de que o Supremo negou Habeas Corpus para JRA, muito sensato da parte deles, principalmente em época de eleição. A eleição é como o Natal, para quem tem sede de justiça; eu sinto um certo prazer de ver essas notícias, mesmo não sendo tão sérias assim.

No Rio, as enchentes provocaram novas vítimas fatais e colocaram as autoridades em alerta. Um motorista de taxi me disse estar preocupado com essas mudanças climáticas: “Não sei até onde vai isso; uma hora, chove demais, outra hora, faz muito calor.”

Se o mundo fosse acabar agora, eu acharia irônico. As Igrejas oferecem o pouco de esperança que as pessoas precisam para manter a sanidade, enquanto outras, que dizem ser ateus, torcem para seu time favorito como se fosse uma religião.

Enquanto as pessoas vão perdendo suas inocências, acostumando-se com tragédias e violências, cada um usando sua própria forma de se proteger, ninguém mais será confiável.

Não se pode abrir a casa para os combatentes da dengue, com medo de assaltos, da mesma forma, não abrimos a casa para o técnico de tv a cabo, eletricista, encanador, etc.

Vi uma outra notícia dos garotinhos, não se pode confiar neles também. Eles agora foram acusados de desviar dinheiro de fundações, até a Débora Secco entrou no meio, seu pai está enrolado até o pescoço.

Eu só não entendo porque os processos dos garotinhos sempre são reativados nessa época, de dois em dois anos, quando tem alguma eleição.

A tv não ajuda em nada, talvez não devesse ficar se repetindo, com essas mesmas notícias. As notícias ficam tão chatas e repetitivas que suas manchetes virão bordão.

Fulano de tal renuncia ao mandato para não ser cassado. Eu fico me perguntando porque ninguém avisou ao Arruda e ao Pita para renunciarem, porque ninguém os defendeu com unhas e dentes, como aconteceu com os outros.

Roberto jefferson sabia que sua carreira estava acabada, quando foi flagrado pelas câmeras escondidas, José Roberto Arruda era quase unanimidade entre os políticos de Brasília, tamanho apoio que tinha, tanto que nem quis renunciar.

O que aconteceu em seguida foi uma amostra de como anda a política no Brasil, arruda virou unanimidade contra o partido que o abandonou para se proteger na eleição. Sem partido, um candidato não é nada, até a justiça passa a funcionar, foi o que aconteceu contra Arruda.

Agora temos que decidir entre Serra e Dilma. Dilma sem nenhum projeto de governo, apostando todas as fichas em Lula, Serra com um partido desunido, primeiro foi contra FHC e Alkmin, o Alkmin se isolou depois que disse que político não podia ficar rico. Agora é a vez de Aécio Neves criar uma situação constrangedora para o partido, quando nem mesmo Serra acredita mais em uma vitória.

O PSDB precisa aprender que eleição para presidência é diferente de eleição para prefeito ou governador. Um Presidente tem que ter liderança, ser confiante, ter capacidade de decisão, precisa ter o apoio de todos; se o PSDB não tem capacidade de escolher um só candidato, para que arriscar-se a ser humilhado na eleição.

FHC vive dizendo que a Dilma não tem liderança, de fato ele tem razão, nem política ela é, na minha opinião. Por outro lado, se o PSDB tem tanta liderança assim, porque em toda eleição eles se atrapalham, sem saber quem apoiar; afinal, quem é o líder do PSDB? Será que estão do lado de quem pode ganhar, porque se for assim, vão acabar fazendo campanha para o PT, enquanto a mídia esquece que há outros possíveis candidatos para a próxima eleição.

Ao invés de se criar comunidades para criar uma imagem de Dilma terrorista, ou se fazer campanha pelo voto nulo, melhor seria que todos fôssemos imparciais, denunciando o que está errado, deixando de responder pesquisas do IBOPE, fazendo o povo pensar de verdade.

Para se saber se um candidato é bom, basta expô-lo a temas polêmicos como Aborto, pena de morte, corrupção, segurança e saúde, para se saber se ele terá capacidade de defender idéias e manter-se firme diante de uma situação adversa.

Um bom candidato tem que ter uma postura firme, não precisa agradar sempre, mas quando sua opinião não for muito popular, não deve ser arrogante. Uma multidão pode ser muito mais fácil de controlar do que um político reacionário ou uma pessoa que caminha com pensamentos próprios.

Quando Lula ganhou a eleição, caminhou entre o povo, enquanto a maioria nem chegava perto, mantendo um grupo de segurança ao seu redor. Mário Covas tomou medidas mais duras para acertar os problemas de São Paulo, virou alvo de críticas, entrou no meio do povo só para sentir o quanto é difícil  ir contra a multidão.

Na época da Olímpiada, até Lula sentiu na pele o que é ser vaiado.

Kassab é outro que está sentido na pele a dura realidade de ser o inimigo do povo.

No Rio de Janeiro, havia uma briga para saber de quem era a culpa na saúde: Prefeito, Governador ou Presidente. Cada um se protegia do seu jeito, tentando enganar o povo alheio a tudo.

Na realidade, o problema de uma cidade é do Prefeito, Governador e Presidente. Todos são solidários com os problemas da cidade, principalmente quando há desvio de verbas e gestões fraudulentas de organizações governamentais, até o povo tem sua parcela de culpa.

É por isso que uma região do país cresce, enquanto outra região mergulha em miséria. O problema é que esse problema , agora, está atingindo todas as regiões de maneira geral. Em outras palavras, a justiça está falhando em todas as regiões, dando margem a todo tipo de crimes, por parte dos políticos e pessoas ligadas ao poder público.

Chegaremos a um ponto em que não teremos mais novidades, nem na internet. Tudo vai ficar muito chato quando tudo começar a se repetir.

By Jânio

março 8, 2010 Posted by | Política | , , , , , , , | 8 Comentários

A mídia americana mente para os americanos

aquecimento global

Efeito estufa

Uma pesquisa, realizada pela Centro Pew, nos Estados Unidos, constata que 35% dos americanos não considera o aquecimento um problema sério. A mesma pesquisa mostra que apenas 57% acreditam que o aquecimento esteja acontecendo; no ano passado, a mesma pesquisa mostrava que 71% acreditava no fenômeno de aquecimento global

Essa pesquisa confirma uma desconfiança minha, em relação a mídia americana. As empresas americanas de comunicação estão mostrando mentiras, relacionadas ao efeito estufa.

Nos estados Unidos, berço do capitalismo, os interesses das grandes empresas capitalistas, patrocinadoras da mídia, estão evitando que notícias alarmantes veiculem pelo país. Isso explica, por exemplo, a queda de 71% para 57% de crença no aquecimento da Terra.

O acordo de Copenhague não saiu, foi um fracasso, para o mundo inteiro. Nos Estados Unidos, a imprensa divulgou que houve o acordo tão esperado, acredito que foi esse tipo de decisão, de acordo, que levou os americanos a invadirem o Iraque, passando por cima das decisões da própria ONU.

O mais interessante é que o Brasil, considerado peça chave no acordo, na negociação, não faz sequer parte do Conselho de Segurança da ONU.

O interesse dos americanos, sempre dependeu da anarquia dos países em desenvolvimento. com o surgimento de novas potências emergentes, como China e Índia, os EUA perderam seu poder paternalista, para não falar imperialista, que tinham.

O golpe militar de 64, a ditatura de Vargas, tudo tinha o aval dos EUA. Já a eleição de Lula mostrou, pela primeira vez, o apoio da China, frente a grandes instituições mundiais, como o FMI e o Banco Mundial.

Cerca de 60%, dos 51% que acreditam no aquecimento da Terra, não acreditam que isso seja provocado pelo homem. Na América, ainda há a crença na perfeição do sistema e, caso aconteça alguma desgraça na Terra, eles nem notaram, anestesiados pelos filmes pós-apocalípticos.

Morreram todos acreditando que o governo encontrará uma saída, enquanto o governo estará embarcando em algum foguete, para sobreviver mais algumas horas.

By Jânio

dezembro 21, 2009 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , | 20 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: