Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Declarações proibidas de Edward Snowden

Entrevista

A rede de televisão NBC evitou transmitir em horário nobre os comentários críticos que Edward Snowden fez sobre o papel da inteligência dos EUA antes dos atentados de 11-S, durante uma entrevista que concedeu ao canal.

A conversa entre o jornalista Brian Williams e Snowden durou cerca de quatro horas, mas a edição reduziu para 60 minutos. O canal exibiu, mais tarde, partes da entrevista que não apareceram quando foi transmitida em horário nobre, incluindo declarações sobre a incapacidade da inteligência dos EUA para impedir os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

Snowden sugeriu que os EUA contavam com a inteligência adequada para evitar os atentados, mas não agiu.

Após os ataques, a “Comissão de 11-S concluiu que tínhamos todas as informações que precisávamos como comunidade de inteligência e como parte da defesa nacional dos EUA para detectar este complô”, disse ele.

O ex-analista da CIA, refugiado atualmente na Rússia, também criticou os programas de espionagem em massa dos EUA e sua suposta eficácia para prevenir ataques e ações terroristas.

“Se estes programas não conseguiram impedir ataques como os da Maratona de Boston e os sistemas de vigilância em massa não nos revelaram que esses homens, cujos nomes foram fornecidos para nós pelo serviço de inteligência russo, estavam por trás de tudo isso. É realmente essa a melhor maneira de proteger nosso país? – perguntou Snowden.

Fonte: RT-TV

Escândalo na CIA

O site que sabia demais

Osama Bin Laden é morto pelos americanos

Fonte da Imagem: Revista Forum

maio 31, 2014 Posted by | Internacional | , , , | 1 Comentário

MPL contra sindicalistas

MPL x Sindicatos

Líder do MPL

“O povo não precisa de nenhuma cartilha, de ninguém falando alto no microfone para dizer o que ele tem que fazer ou não”, disse Mayara Vivian, do Movimento Passe Livre, em referência aos carros de som e às bandeiras usadas pelas centrais sindicais.

“Eu queria perguntar para os companheiros quando eles colocaram 30 mil pessoas nas ruas dessa forma dinâmica, autônoma, com todas as pessoas apoiando”, afirmou Mayara Vivian, ainda se referindo aos sindicalistas.

O Movimento Passe Livre condena modelos “verticais” de organização e luta apenas pela gratuidade da passagem de ônibus e metrô – ou seja, protestos com hierarquias.

O que mais me deixa constrangido na política, é quando a esquerda autêntica, tipo a Rússia, faz uma declaração polêmica e, depois de algum tempo, eu descubro que é verdade. Eu me sinto como se eu estivesse sendo usado por algum pastor canastrão, especializado em frases de efeitos, típicas de lavagem cerebral, como: “Ou você escolhe Deus, ou escolhe S******, não tem meio termo.

A teoria de conspiração da Primavera latino-americana parecia mais um desses muito virais que aparecem o tempo todo na internet, mas essa briga do MPL com os sindicatos chamou-me a atenção.

Eu acho natural que o MPL tenha características de direita, já que o governo federal é de esquerda mas, durante os protestos, eu notei muitos fatos estranhos.

01 – O MPL disse que era apartidário, continua dizendo, mas os manifestantes expulsaram as bandeiras de partido de seu meio, apesar dos partidos  terem ajudado na promoção.

02 – O MPL disse que o foca seria as passagens, mas os manifestantes deixaram claro, não é só pela passagem, nem deve. Onde já se viu mobilizar dez milhões de pessoas para conseguir um desconto de dez centavos nas passagens.

03 – O MPL cedeu, agora dizem que precisam aceitar os partidos, já que receberam ajuda deles – nem precisavam dizer.

04 – O MPL conseguiu levar muito mais pessoas as ruas que os sindicados, mas os sindicados criticaram o uso da internet e sentiram na pele a força da rede.

05 – O MPL chamou os sindicalistas de burocratas e disseram que dessa maneira eles não irão conseguiu obter o mesmo sucesso nas ruas.

06 – Os sindicalistas fizeram tudo certo, mas da maneira errada. A vantagem dos sindicalistas é que eles não recuam.

07 – Pessoalmente, eu acredito que os sindicalistas carregam os pecados de terem sido aliados do PT, antes que o PT assumisse o governo, assim como FHC carrega sozinho suas decisões de aderir a globalização e a privatização.

Conclusão: Nenhum dos dois lados parece ideal e o povo é que terá de dar a decisão final, como ocorreu nas manifestações promovidas pelo MPL. Além disso, se os profissionais da área de saúde conseguem reunir tantas pessoas quanto os sindicatos, fica claro que os sindicatos estão precisando reavaliar suas atitudes.

Fonte dos depoimentos: Estadão

Texto: By Jânio

Brasileiros que fazem história

Primavera latino-americana

Protestos no Rio superam dia histórico


Manifestações no Brasil já ultrapassam 200 mil pessoas

julho 13, 2013 Posted by | Política | , , , , , | Deixe um comentário

EUA alertam países que apoiam Irã

império contra-ataca

Volta de Chavez

Quando eu disse que a reputação de Hugo Chavez duraria enquanto durasse o mandato de Lula, eu estava errado, as declarações do porta-voz dos EUA pegaram muito mal no mundo inteiro, principalmente entre os latinos.

Segundo suas declarações, os EUA advertem que os países que receberam o governante do Irã, poderão sofrer sanções, mas que isso dependeria do que foi tratado entre esses países e o Irã.

Hugo Chaves que não precisa de porta-voz – eu ainda não descobri se é ele que não gosta, ou se é o porta-voz que não se entende com ele – disse que essa é a coisa mais absurda que já foi dita “o mais absurdo dos absurdos”.

“A mesma absurda e histórica pretensão de vermos os EUA decidir e continuar decidindo os destinos da Venezuela, Equador, Cuba ou América Latina”. Hugo Chaves ainda citou Mao Tse-Tung, ao chamar os EUA de império de papel.

Enquanto isso, a agência internacional de notícias, AFP, é acusada de manipular o discurso de boas vindas ao presidente do Irã, feito por Hugo Chaves, levando a crer que esse queria atacar os EUA. A suspeita virou um escândalo midiático na França.

Ironicamente, as palavras foram divulgadas fora de contexto, deixando de fora justamente a parte em que se falava dos meios de comunicação imperialista.

Devido a tensão entre os dos países, EUA e Irã, a manipulação do vídeo poderia aumentar ainda mais o conflito.

Na realidade, Hugo Chavez estava apenas sendo irônico:

“Dicen los voceros del imperialismo, dicen los medios de comunicación del imperialismo y lo repiten como loro en las calles de estos países que Irán está en Venezuela, que Ahmadjnejad está en Caracas porque en este mismo instante vamos, Ahmadjnejad y yo, casi que desde los sótanos de (la casa presidencial de) Miraflores a afinar la puntería rumbo a Washington y que van a salir los cañones muy grandes y unos misiles porque vamos a atacar Washington. Casi es lo que están diciendo”.

Dizem os jornais e meios de comunicação imperialistas e repetem em suas casas que o Irã está na Venezuela, que Ahmadjnejad está em Caracas e que nesse exato momento vamos, Ahmadjnejad e eu, no palácio de Miraflores, estamos acertando a pontaria rumo a Washington e que dos telhados do palácio do governo da Venezuela vão sair canhões muito grandes e alguns mísseis porque vamos atacar Washington, é quase isso o que estão dizendo”.
Qualquer semelhança com a guerra dos mundos, por Orson Wells, não é mera coincidência. Orson Wells narrava na novela que os EUA estavam sendo atacados.

O ex-presidente Lula sabe muito bem das artes que Hugo Chaves pode aprontar e, apesar de encrenqueiro, demonstra coragem, inclusive assumindo o posto de Fidel Castro, como o maior militante de esquerda do mundo. Do outro lado, a AFP lembra muito das conspirações teorizadas por Daniel Estulin, inclusive sobre o monopólio de notícias.

No caso do Wikipedia, eu ainda suspeito de especulação inversa, ou seja, pode ser importante para quem tem um bom capital nos infernos fiscais, que a economia americana quebre, assim, esses mega investidores poderiam comprar quase todo o país, incluindo as empresas dos concorrentes.

By Jânio

Fonte: RT-TV

janeiro 17, 2012 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , | 1 Comentário

Estrangeiros fazem declarações difamatórias e irritam a burguesia

Declarações polêmicas

Sinceridade ou aparências

Sylvester Stallone irrita a burguesia brasileira ao fazer declaração polêmica. Depois da declaração, o ator teria se desculpado, mas parece que os brasileiros não esquecerão tão cedo suas declarações.

Eu confesso que não acompanhei toda a polêmica, o pouco que eu vi, não achei tão polêmico não.

Stallone teria declarado, em entrevista, que filmou parte de seu último filme no Brasil, pelo fato das leis brasileiras permitirem certos excessos.

Entre os tais excessos: Machucar pessoas durantes as filmagens; explodir tudo o que quiser, sem tantas medidas de segurança; no final das filmagens, os brasileiros ainda davam um macaquinho para levar de lembrança.

Pelo fato de Stallone ser estrangeiro, tudo bem, ele nem tem o direito de ficar dando declarações caluniosas contra o Brasil. Olhando sob outros pontos de vista, podemos até ver o Brasil sob a ótica externa.

Machucar pessoas durante as filmagens – A burguesia parece que não está bem informada sobre os locais onde foram feitas as locações. Nas comunidades das favelas, não só machucam, morrem pessoas.

Pode-se explodir tudo – Acontece que a justiça brasileira não funciona, quando funciona, funciona de forma invertida, nas leis contra os mais fracos. Antes de criticar o astro, os brasileiros trataram-no como um rei das arábias.

Um macaquinho de lembrança – No Rio eu não sei, mas na Amazônia, eu não duvido que a fiscalização desse de presente uma onça pintada, ou um jacaré.

Essa não é a primeira vez, nem será a última que os astros americanos fazem piadinhas de mau gosto com o Brasil.

Robin Williams, o ator, disse que o Brasil só ganhou as olimpíadas devido às suas credenciais: Dez mulatas e um Kg de cocaína.

Todos já sabiam de sua queda pelas afro-descendentes, sabíamos também de seus vícios do passado.

Num país onde a liberdade de expressão é levado à sério, é bastante comum excessos como esses, onde as celebridades falam sem pensar.  Quando tais celebridades pensam, já falaram, aí é tarde.

Um famoso rapper chegou a declarar que precisava comprar camisinha, pois o Brasil era conhecido pelo sexo. Nesse caso, notei que quem ficou mais ofendido foram os homens.

Países de primeiro mundo são bastante conhecidos pela sua liberação sexual.

A Suécia e a Dinamarca são conhecidas pela sua liberação sexual, há pelo menos trinta ou quarenta anos; Espanha e França, pelas suas praias de nudismo; a Grécia pelas suas Ilhas paradisíacas e sem pudor; a Holanda é o país mais radical, onde a maconha é liberada, assim como a prostituição.

No Brasil, quando a burguesia se sente ofendida, faz uso de seu poder de controle e manipulação para se manifestar. Os meios de comunicação são mobilizados para mostrar toda a sua indignação.

No caso do rapper, chegou a ser agredido em seu show, apesar de que quem se deu mal foi o agressor.

Oliver Stone, recentemente, tentou entrar sem visto no país.

É difícil imaginar como um intelectual do nível de Oliver Stone, tenha cometido uma gafe dessas. Parece que o polêmico autor tinha segundas intenções; pelo menos dessa vez, chegou-se a um acordo.

Quando se vai tocar em assuntos delicados, o mínimo que se espera, é que a pessoa pense antes de falar. Para atacar a burguesia, aqueles que controlam o poder, é preciso cuidado.

Bóris Casóy deve saber do que eu estou falando, quando quis dizer que os garis eram as últimas pessoas que deveriam desejar boas festas, devido ao seu salário injusto, ele se atrapalhou, acabou mostrando um pouco de sua personalidade.

Sou contra campanhas de “calar a boca” justamente por isso, como vamos conhecer a realidade do mundo, sem que as pessoas falem o que realmente sentem.

Continuo achando que há muito mais o que se preocupar, no Brasil, do que fofocas de celebridades. Eles realmente nem fazem ideia de nossos problemas, nosso baixo IDH, e, principalmente, da maneira oportunista como a burguesia se utiliza dos meios de comunicação, em seu próprio benefício; inclusive apoiando e derrubando governos.

By Jânio

julho 28, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | 8 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: