Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

El cártel bancario que está “literalmente por encima de la ley”

Transmitido ao vivo há 6 horas

En este episodio de soluciones veraniegas de ‘Keiser Report’, Max Keiser y Stacy Herbert hablan con Randy Voller, exalcalde de Pittsboro, Carolina del Norte, sobre cómo recuperar la grandeza de la política. Voller ofrece soluciones para el actual déficit democrático. En la segunda parte, Max habla con el cineasta John Titus sobre cómo hacer al sistema financiero grande de nuevo y sobre si el ciudadano medio puede de algún modo obligar a que se aplique la ley contra los banqueros criminales.

RT en español en vivo.

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

julho 25, 2017 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Sistema, sí; sanitario, no

Publicado em 13 de mai de 2017

En este episodio de Keiser Report, Max y Stacy siguen hablando de la falsa legislación aprobada gracias a un voto falso en la Cámara de Representantes con el fin de cancelar y reemplazar el falso sistema de salud conocido como Obamacare. En la segunda parte Max prosigue con su entrevista a la doctora Cory Annis, de Unorthodoc.com, sobre su servicio médico para suscriptores en la era de los servicios financieros basados en la burocracia y disfrazados de modelo sanitario

¡Suscríbete a RT en español!
http://www.youtube.com/user/Actualida…

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

maio 15, 2017 Posted by | Espanhol | , , | Deixe um comentário

Detrás de la noticia: ¿Revolucionar el sistema?

fevereiro 13, 2017 Posted by | Espanhol | , | Deixe um comentário

Teori e Trump – A guerra política mundial

No Brasil acontece o tempo todo

Morte Suspeita

Eu não fiquei surpreso de ver o filho do Teori afinando diante das suspeitas que ele mesmo criou, eu acho até que ele foi sincero em sua opinião porque essa é a ideia que a burguesia acredita e, como diria Joaquim Barbosa, eu ganhava um salário considerado alto para os padrões brasileiros, salário que daria para comprar duas casas em Miami (onde o salário não seria considerado alto, ou seria?), segundo as últimas informações que eu tive, um policial do FBI ganha um salário muito baixo, ou seja, autoridades federais não ganham tanto quanto no Brasil e, no Brasil, autoridades ganham muito para não prender eles, os políticos e outros membros da máfia, portanto Teori não era favelado e nem morador de rua, não seria vítima das reformas da previdência e não era necessariamente um herói do povo, era um herói do Sérgio Moro.

Teori era o segundo homem mais importante da operação lava a jato, atrás apenas do Sérgio Moro, ex-advogado do PSDB, famoso por enterrar o escândalo do Banestado e livrar a cara da Rede Globo.

Sérgio moro tem irritado muita gente por frequentemente aparecer a frente do STF quando o assunto é golpe de estado, e a Janaína Pascoal poderia explicar todo essa malabarismo que começou com lavagem dinheiro e passou a agregar todos os processos em andamento e envolver todos os políticos do país.

A ideia foi a melhor de Sérgio Moro, melhor até que queimar os processos do Banestado – até agora eu não entendi porque o Requião não protocolou todos aqueles processos – e ele conseguiu cuidadosamente livrar a cara de cada político que era chave para o poder PSDB. Eu acho que o Teori morreu justamente por isso, ou seja, não livrou a cara de todos os políticos do PSDB envolvidos na operação lava a jato.

É sempre bom voltar um pouco no tempo, já que a máfia brasileira sempre repete o mesmo golpe: Collor => PMDB => PSDB, ou seja, cassaram o Collor, o PMDB foi encarregado de dar um choque na economia e finalmente o PSDB passou-lhe a perna e assumiu o governo. Durante esse processo, PC Farias foi assassinado, disfarçado de crime passional.

Teori morreu porque não era mais útil para a máfia, passou a ser um risco, assim como o PC Farias. O filho de Teori diz não acreditar em sabotagem do avião, afirmando ser uma fatalidade já que o “piloto arremeteu”. Essa é a mesma ideia divulgada pela Globo e que já havia sido utilizada depois do assassinato do Eduardo Campos, a terceira força política que incomodava. O que me irrita nesta história é que eles repetem tudo: agora será preciso analisar a caixa-preta do avião cuja tecnologia é americana, ou seja, só eles podem possibilitar a leitura desta caixinha indestrutível e inacessível por meios convencionais.

O problema é que essa maldita caixinha quase sempre não registra nada e geralmente está com o áudio apagado e não apresenta qualquer registro das atividades do voo, ou seja não registra nada. É como se a tecnologia americana fosse desenvolvida para ocultar tudo aquilo que não interessa aos donos do mundo.

Eu não vou dizer que eu não goste dos americanos, muito pelo contrário, eu adoro o povo americano, o que me irrita é essa elite maldita dos donos do mundo, aqueles bilionários que enviam dinheiro para os paraísos fiscais e passam a atacar os países do petróleo, como se eles fossem os culpados pela crise econômica.

Cada vez que um avião cai, fica mais claro que esta é uma tecnologia que eles tem controle absoluto. O avião que caiu próximo da fronteira da Rússia, sem ninguém explicar como uma aeronave com passageiros foi parar numa zona de guerra, fez todos esquecerem que pouco tempo antes, uma outra aeronave da mesma empresa havia caído no Pacífico, deixando alguém muito rico.

Como eles controlam toda a mídia, evidentemente que isso tudo logo será esquecido, e quando a família se arrepender, será tarde. PC Farias, Tancredo, Eduardo Campos e Teori, morreram na hora certa para poucos e na hora errada para muitos. PC Farias morreu porque não era mais necessário e também por ser peça chave do escândalo, por isso, Sérgio Moro toma tanto cuidado em não divulgar a lista da Odebecht onde estão os tucanos, liberando estrategicamente os áudios que atingem a esquerda.

Alguém se esqueceu de avisá-los que o PMDB está do outro lado: a tentativa de derrubar o Calheiros, os processos envolvendo Temer e seus parceiros de apelidos curiosos e que fazem parte da elite do PSDB, DEM e PMDB, máfia que controla o governo, seria motivo suficiente para derrubar muita gente, mas só quando os motivos forem suficiente para assustar a máfia, como foi o caso do processo da Lava a jato.

Não devemos nos esquecer que a Lava a Jato tinha um objetivo, preparar o Brasil para a dominação americana. As empreiteiras americanas davam como certo sua participação na infra-estrutura da Copa e Olimpíada, eles não aceitaram a derrota. Além disso, o objetivo maior era desestruturar o BRICS, grupo econômico poderoso liderado pelo Brasil, seguido de Rússia, India, China e África do Sul.

Eu diria que o Brasil era um dos mais fracos do grupo e sua importância era estratégica, já que o país é riquíssimo em matéria-prima. Entretanto muitos analistas não estão vendo a situação da esquerda de maneira tão pessimista quanto eu. Venezuela é um barril de pólvora e não admite golpes como ocorrem no Brasil, muita gente está disposta a morrer por lá. A vitória de Macri deixou a Argentina numa situação caótica e o presidente daquele país está envolvido em vários escândalos, até a Odebretch começa a bater nas portas de países de direita como Argentina e Colômbia, aliás, a Colômbia é indiscutível, tudo é explosivo. O Brasil nós sabemos como ficou: para o PSDB, DEM ou PMDB, ganhar uma eleição, as pessoas teriam de esquecer que perderam as aposentadorias e vários outros direitos, inclusive empregos.

A carnificina nos presídios mostram a cara da estrema direita, mortes de pessoas chaves em processos anti-corrupção, também assustam, mas o que me preocupa mais é a covardia do STF que vai pagar caro por isso. Deveriam mandar suas famílias para o exterior, caso a polícia não seja suficiente para bancar sua segurança, evitando aviões particulares, como os aviões que mataram Eduardo Campos e Teori. Eu só espero que alguém esteja exigindo cópias dos processos da Lava a Jato para evitar que isso acabe como o Banestado.

A tentativa de golpe na Venezuela não deu certo, o Equador segue firme e forte, inclusive protegendo Julian Assange, forçando transformações no sistema jurídico americano. Fidel deixou um herdeiro tão preparado quanto ele para manter a resistência e, um caso curioso, a mídia defendeu os democratas nos Estados Unidos, pior, perdeu para o homem mais polêmico da história dos EUA, Donald Trump, um candidato improvável que deveria apenas figurar nas eleições, sem apoio do próprio partido e, portanto, sem compromisso com ninguém, já que não teve apoio de ninguém.

Trump foi responsável por bagunçar todas as estratégias políticas mundiais, veja abaixo:

01 – Depois de muito tempo, os EUA finalmente entenderam que a parceria com a China não trouxera lucros, exceto para os donos do mundo, seria preciso reconhecer a importância do México como principal parceiro, assim como a Argentina sempre será parceiro importante para o Brasil.

O que o Trump quer: construir um muro contra um país latino-americano, tradicionalmente de sangue quente, o que forçou os mexicanos a criar uma petição pedindo apoio a Rússia. Isso para mim é medo, eles estão apavorados.

02 – A campanha eleitoral criou uma situação incomum, com a Rússia contra os democratas, tradicionalmente a esquerda dos republicanos.

Como isso ocorreu:

É de nosso conhecimento o avanço dos russos num mercado importante da comunicação, a internet. Ao contrário de outros países extremistas que ameaçam bloquear este meio de comunicação, a Rússia está totalmente conectada. A Rússia sempre teve problemas com o ufanismo de Hollywood e a pirataria utilizando tecnologia de russos domina a rede, afetando o mercado da Meca do cinema. As tecnologias vão de aplicativos para torrent e codec de vídeos e áudio, até servidores invisíveis para esses arquivos. Estas tecnologias foram suficientes para que os democratas acusassem os russos de terem hackeado os e-mails de Clinton, o que teria afetado o resultado das eleições. Eles se esqueceram que os próprios americanos estão abandonando o sistema elitizado, Snowden e Maning são bons exemplos disso.

03 – O Clube de Bilderberg – O Clube de Bilderberg sempre foi um símbolo dos donos do mundo, mais importante até que o fórum econômico mundial, já que eles tem objetivos de poder da elite e nada que seja social. O Clube de Bilderberg traça as formas como irão sobreviver e não se importam com os meios. Os mais ricos e poderosos são peças fundamentais, por isso, o apoios de bilionários, especuladores, banqueiros e magnatas da mídia, não ajudou nada aos democratas.

O que isso provocou:

Mesmo com toda a mídia e banqueiros contra, o que é muito curioso, falando muita besteira e sendo amigável com a Rússia, Trump conseguiu o inacreditável, quebrar a boca de urna. Entre suas promessas de campanha está obrigar os mexicanos a construir o seu próprio muro. Isso deveria ser um castigo para os políticos e autoridades do México, mas Trump se esquece que está falando com latinos de sangue quente.

A Rússia por sua vez, identifica-se com Trump devido a sua postura nacionalista, posição que a Rússia defende – a Rússia é contra o colonialismo, mas precisa defender sua influência em parte do mundo, como é o caso da Síria.

Eu não acompanhei a posição de Trump em relação aos sul-americanos, mas nem preciso pensar muito sobre a sua posição no oriente-médio. Trump sabe quem está tendo lucro com essa guerra e quer acabar de vez com isso, independente de política anti-russa.

Por não ter aliados na mídia, fica claro imaginar que ele não fez acordo com petrolíferas do oriente-médio. Nem por isso deixa de ser extremista de direita, devido a forma como ele trata a CIA, FBI, Imigração, etc. A polêmica de Trump fica por conta da forma como ele fala sem pensar nas consequências, com opiniões contra membros de seu próprio governo.

Seria muita ingenuidade imaginar que Trump pretenda fazer tudo o que prometeu, exceto em final de mandato, como fez Obama, ao se aproximar de Cuba. A Rússia que não estava satisfeita com a política de Obama, continua neutra, entretanto, sua comemoração com a derrota da mídia e dos donos do mundo foi visível.

O mundo está ficando muito estranho.

By Jânio

janeiro 22, 2017 Posted by | Política | , , , | Deixe um comentário

La derrota del sistema en EE.UU.

novembro 12, 2016 Posted by | Espanhol, Internacional | , , | Deixe um comentário

Neofeudalismo econômico

‘Neofeudalismo económico’: ¿Somos esclavos del sistema de la deuda?

Publicado: 26 abr 2016 13:38 GMT | Última actualización: 26 abr 2016 15:35 GMT
 

En este episodio de ‘Keiser Report’, Max y Stacy hablan de los esclavos de la deuda, más obedientes y serviles cuantas más tienen, mientras los que se dedican a emitirla no dejan de enriquecerse. En la segunda parte, Max entrevista a Andy Johnson, de ClearChat.com, con el que conversa sobre el cifrado y la autenticación en un mundo post-Snowden. Comentan el medio billón de dólares ‘robados’ a las empresas anualmente a través de la piratería y cómo su firma puede impedirlo.

 

“‘Liberé a mil esclavos, y pude haber liberado a mil más si ellos mismos hubieran sabido que eran esclavos’. Eso decía Harriet Tubman”, comienza diciendo Max Keiser. “Somos esclavos de este sistema de deuda”, añade Stacy Herbert antes de mostrar varios titulares de medios que secundan esta afirmación.

Keiser afirma que “los motivos por los que la gente odia a [alcalde de Londres] Boris Johnson, a [canciller británico del Tesoro] George Osborne o a [primer ministro británico] David Cameron son consecuencia de la deuda”. “Osborne ha duplicado la deuda británica, que actualmente se sitúa alrededor de 1,6 billones de libras. Y tanto las universidades de mala calidad que cobran tasas desorbitadas como los médicos júnior de la sanidad pública que han decidido ir a la huelga como el desplome de los medios de transporte del Reino Unido obedecen a un mismo problema: la imperiosa necesidad de pagar una deuda que Osborne no deja de aumentar”, indica el copresentador.

“El Reino Unido está dispuesto a destruir su tejido social para alimentar la deuda pública, que sigue creciendo”, lamenta Keiser. “Pretenden fomentar que haya más deuda todavía, porque cuantas más deudas tiene una persona, más obediente y servil se vuelve”, denuncia Herbert. “Se llama ‘neofeudalismo’. Eso es lo que mejor se les da a los británicos; el feudalismo. Lo de la Segunda Guerra Mundial fue una excepción”, bromea Keiser.

Asimismo, ambos presentadores comentan la situación en EE.UU. donde, apunta Herbert, “la crisis financiera estalló como consecuencia de la crisis de las hipotecas basura, que curiosamente continúa siendo un problema”. Según Keiser, Goldman Sachs diseñó “toda esa catástrofe”: “No solo vendió hipotecas fraudulentas a sus propios clientes, sino que además apostó contra ellos para beneficiarse de su ruina y mintió descaradamente a los organismos reguladores”.

Articulo en português

abril 29, 2016 Posted by | Espanhol | , , , , | Deixe um comentário

Governo de transição

transição_1

Durante os dois últimos posts sobre comunismo e socialismo eu observei a natureza revolucionária desse sistema de organização e cheguei a conclusão que ele não tem necessariamente um caráter de governo permanente e fundamental, já que é um sistema de mudanças, mas sim de ajuste, adequando-se aos desejos, vontades, dos revolucionários populares.

Em governos com mandatos de quatro ou cinco anos, a maioria se reelege quando tem essa oportunidade mas, ao fim do mandato, o governo passa por um período de transição, quando o cargo passa para o novo candidato eleito, Se o candidato é do mesmo partido, não ocorre muitas mudanças, já que o sistema permanece inalterado, o problema começa quando ocorre uma mudança de sistema.

O sistema bipartidário é um sistema em mutação, inexplicável para tem ideologia, já que controla o poder em duas vertentes, controlando ambas, direita e esquerda. É por isso que não ocorrem mudanças significativas quando a esquerda chega ao poder. O PMDB chegou a dar uma declaração subtendida certa vez, quando chegou ao poder, a declaração poderia ter sido mais polêmica se as pessoas tivessem entendido de fato o que foi dito.

A declaração foi algo como: “Em toda a nossa existência fizemos oposição, agora que somos governo, temos tido problemas. Talvez fosse melhor que voltássemos a ser oposição.”

Quando o PSDB saiu, deixou uma bomba no câmbio, com o dólar nas alturas, sem nenhuma reserva cambial para controlá-lo mas, o pior de tudo, foi a nova arma de tortura econômica recém criada, o controle da inflação através da taxa de juros. Isso mesmo, o único legado do PSDB fora a nova moeda, o Real, mas quem pagou por isso foram os pobres, enquanto a burguesia investia tudo em especulação do próprio dólar.

Quando o PT entrou, tinha o aval da China que acreditava que o socialismo brasileiro era sério, quando eu digo sério, eu não me refiro em construção de portos em Cuba e Uruguai, muito menos em aquisições em países ricos através da Petrobrás, eu me refiro em socialismo no próprio país, como a China e a Rússia fazem. Até o governo Lula, a China acreditou no país, mas a chegada da misteriosa Dilma, tudo mudou. O governo perdeu força política e viu toda a cúpula do partido ir para a cadeia, enquanto seus aliados do PMDB batiam palmas e enviavam suas riquezas para o exterior, deixando claro que nada mudara no país, a aristocracia, banqueiros e magnatas da mídia, continuavam controlando as lideranças políticas que decidiam o que os desavisados deputados iriam votar, e como votar.

Os ambientalistas assustaram a China que viu celebridades de Hollywood desembarcando em massa para defender os inocentes indiozinhos em da Amazônia. A China decidiu procurar países africanos em busca da matéria-prima.

Com a Rússia apimentando a relação entre China e EUA, os americanos desistiram de investir na China e optaram pelos vizinhos mexicanos. Já que a mão-de-obra qualificada já estava pensando duas vezes em ir para o outrora próspero país que, hoje, amarga uma das maiores crises da história. A China que vinha atropelando a crise, sofreu uma queda espetacular e, apesar de ainda ser a segunda economia que mais cresce no mundo, viu sua concorrente, Índia, ultrapassá-la.

A queda no crescimento da China, levou o Brasil e a Rússia juntos. O caso do Brasil parece menos grave, mas demonstra nossa incompetência em agregar valor ao produto. O Brasil prefere exportar a matéria-prima que investir na industrialização desta.

Essa incompetência não começou agora, nem vai terminar amanhã, pior, enquanto não houver justiça no país, o governo vai ter problemas para investir em industrialização, já que os industriais pegam dinheiro para investir em industrialização de álcool mas preferem investir em gado e enviar para esconder no Mato Grosso. Ao invés de diminuir os impostos e promover a concorrência, prefere o monopólio que cria inflação e aumenta a corrupção. A inflação implica em juros mais altos, além de demonstrar que somos o país mais incompetente do mundo.

Atualmente, a presidente está pagando para que empregados não sejam demitidos, além de pagar juros altíssimos para trocar a dívida externa pela dívida interna. Resumindo, o país não mudou tando assim, os políticos apenas mudaram a posição de suas barrigas e b***** gordas, além do endereço de seus paraísos fiscais.

Deve ser por isso que um governo de transição, quando entra, nunca mais consegue sair. Deve ser por isso que, enquanto criamos teorias sofisticadas, fingimos mudar o sistema, tudo continua exatamente igual, enquanto riem da nossa cara.

By Jânio

Crise da PPP

A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

Trinta anos de escândalos no Brasil

setembro 3, 2015 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Dependência de política

poder democrático

Reação Brasileira

Para manter a política forte, vale tudo, inclusive forjar uma falsa história política, com a ajuda das mídias de massa, em troca de muito dinheiro e participação no poder, aí, retornamos ao início desse texto, no Brasil é muito pior.

Países nórdicos, península escandinava, descobriram que quanto menor a necessidade de políticos, melhor, por isso, os políticos andam em transporte público, a rainha compra nos mercados junto com a plebe, etc.

A Bélgica, Holanda e Luxemburgo, BENELUX, é um pouco mais capitalista e criou o primeiro mercado comum, melhor, deu certo. Os Emirados Árabes Unidos aproveitaram a migração de capitais globalizada e criaram o seu próprio mercado comum, baseando-se em uma estrutura de paraíso fiscal, ou seja, atrai capital sem burocracia e sem impostos. A infra-estrutura dos Emirados Árabes é bem diferente da BENELUX quanto ao IDH, liberdade de expressão, tolerância, etc., mas, economicamente estão melhores atualmente.

Diferentemente da BENELUX e Emirados Árabes, a zona do Euro, ou Eurozona, é muito maior e não está tendo muita sorte. Controlar um território maior e com tantas diferenças de culturas não é tão fácil, mesmo com a melhor educação do mundo, melhor IDH, essa não tem sido a melhor solução, a maioria está falida.

O maior culpado nessa história são os Estados Unidos que, durante décadas, promoveram uma política internacional “brucutu” onde os trogloditas achavam que poderiam controlar o mundo à força. As guerras constantes ajudaram as indústrias bélicas a ganhar muito dinheiro mas, infelizmente, quem pagou por isso foi o governo e o resultado é esse, o governo nas mãos dos magnatas e banqueiros que ameaçam desencadear a maior ação anti-democrática da história. O mundo tem acompanhado esse problema americano e isso tem atrapalhado os negócios americanos. A China poderá dar o golpe fatal num país guerreiro que não tem mais forças para promover suas indústrias bélicas.

O país mais capitalista do mundo viu seu dinheiro migrar para os paraísos fiscais e ficar cada vez mais parecido com o Brasil, país que nunca confiou em si próprio e que nunca deixou de esconder o ouro, diamante e muito dinheiro em paraísos fiscais.

A China é o maior país político do mundo e está para se tornar também o país mais rico, tecnológico e militar. Apesar de toda a sua força, o gigantesco país asiático possui muitas desigualdades, assim como o Brasil, com cidades ricas e desenvolvidas, enquanto a maior parte do país´é pobre. Triste fim para o capitalismo

Tudo o que não presta, entretanto, encontra-se no Brasil. O país faz mais lavagem de dinheiro que os EUA, apesar de não ter criado isso, não possui nenhuma justiça e só descobriu isso depois que a direita perdeu o poder e passou a divulgar isso, na esperança que as forças armadas corram para ajudá-los.

O ideal para cada país é diferente e não adianta se espelhar em outras nações, como é o caso do Brasil que quer ter o salário de político como o americano, enquanto faz lavagem, enriquece e não conhece a justiça de leis “batizadas” pelos corruptos e que não funcionam.

Fica claro que o capitalismo dos países nórdicos é diferente do capitalismo americano; fica claro também que o sistema é menos necessário em países menores. Países grandes precisam de sistemas e, no caso do Brasil, maior produtor de alimentos do mundo, e que, mesmo assim, já conheceu a fome, a situação só não está pior porque o país é auto-sustentável.

O brasileiro é um povo domesticado que não consegue reagir, exceto quando é manipulado e, nesse caso, pensando com o próprio nariz, advoga contra si mesmo e não faz ideia do que tem feito.

By Jânio

Necessidade de religião

Crise da PPP

Trinta anos de escândalos no Brasil

agosto 14, 2015 Posted by | Política | , | Deixe um comentário

Tecnologia da invisibilidade

tecnologia da invisibilidade

Especialistas da Universidade de Saint Andrews (Escócia) desenvolveram um método para tornar os objetos invisíveis, sem nenhum equipamento especial. Segundo eles, bastam dois lasers bem dirigidos para ativar o efeito de transparência eletromagnética induzida (TEI).

O TEI é um fenômeno ótico que consiste em criar um ambiente transparente no que diz respeito a um certo registro de frequências determinadas, dentro de uma linha de absorção. Dentro desta janela de transparência também é gerado uma dispersão extrema, o que diminui consideravelmente a velocidade da luz.

Segundo os cientistas britânicos, ativar esse fenômeno para que esconda o objeto da visão, não é uma tarefa difícil. Os elétrons nos átomos estão localizados em níveis energéticos diferenciados, quando os elétrons passam de um nível para outro, o átomo absorve ou irradia fótons. Se dois lasers que irradiam ondas curtas a qualquer matéria, pode-se carregar os eletrons até um nível em que eles não serão capazes de absorver e irradiar fotões, pelo menos para as ondas que sejam do mesmo comprimento (frequência) que o dos lasers.

Isso é tudo. Para uma luz recebida nesse ambiente, será transparente, sem necessidade alguma de recorrer a metamateriais caríssimos (materiais artificiais que apresentam propriedades eletromagnéticas incomuns, derivadas da estrutura projetada, e não os constituintes).

Para aumentar a eficácia do efeito da TEI, é sugerido agregar ao material, átomos onde os electrons podem ser posicionados a cinco níveis energéticos diferentes.

Para controlar a invisibilidade, é necessário para controlar o nível de refração de aplicação de um campo magnético externo. Se a densidade do campo é distribuída corretamente, o material torna-se invisível e esconderá também todos os objetos abrangidos por esta. Ligar e desligar o campo magnético, poderá ativar e desativar a invisibilidade.

Fonte: RT-TV

junho 25, 2012 Posted by | Ciências | , , , , , , , | 6 Comentários

Rebeldes que desafiam o sistema

pessoas_diferentes

Nem tudo nesse mundo tem lógica, não a lógica como nós a conhecemos. A polêmica em relação a censura na internet mostra, de maneira escancarada, a busca desesperada pelo controle do poder sobre corações e mentes, pelos donos do mundo.

Desde que o mundo começou a se organizar globalmente, apenas três métodos de educação se encaixaram ao modo acelerado de aprendizagem e apenas um está sendo utilizado. De acordo com esses métodos, o corpo e a mente tem estágios pré-determinados para o seu desenvolvimento.

A partir do momento em que nascem, os bebês tem um tempo determinado para aprenderem a falar, andar, escrever, etc. Quando essas etapas de aprendizado não são cumpridas, as crianças passam a ser vítimas de uma série de preconceitos, discriminação. A discriminação parte de todos os lados, inclusive das pessoas mais próximas, constituindo uma unanimidade incômoda para a vítima.

O problema pode se tornar ainda mais sério, caso a própria vítima seja convencida de que é diferente, inferior, anormal.

Fenômenos paranormais, como a combustão humana, podem expor as vítimas de uma sociedade puritana à ataques violentos e descontroláveis. Até a epilepsia, que deveria ser considerada uma condição orgânica normal, passa a ser visto como algo diabólico, profano, maléfico.

Isso tudo poderia ser evitado com informações e educação adequada, mas parece que isso não é do interesse das pessoas, organizações, instituições que controlam tudo.

Vejam bem: O ser humano vive um paradoxo, vive em grupo por necessidade mas, por interesses maquiavélicos de grupos interessados em poder, sofrem com conspirações que os mantém isolados.

De fato, as pessoas não se ajudam e nem sentem necessidade de se ajudarem, a não ser quando estão muito próximas das vítimas. Quando estão muito próximas de pessoas com problemas, envolvem-se até mais do que deveriam e acabam se tornando também vítimas, tendo de fazer tratamentos para se recuperarem.

Nos últimos tempos, tem havido uma mobilização, movimentos sociais que pretendem reorganizar os caminhos da humanidade. Ainda é difícil saber quais serão as consequências disso, já que a elite vale-se justamente das organizações para controlar o mundo, utilizando armas anti-éticas das mais variadas, que vão da chantagem, corrupção, até a força do dinheiro ou a violência física ou psicológica.

… mas sempre haverão rebeldes marginalizados que não se encaixarão ao sistema e a nenhuma organização, pessoas que tem dificuldades para pensar o que todos pensam, com necessidades de agirem por si só, ingênuos e incapazes de irem contra a sua própria natureza.

Além dos paranormais, há também os loucos que, aliás, não são todos iguais, nem são todos malucos como todos pensam.

Talvez a loucura seja a condição mais polêmica do existencialismo. Além da busca de si mesmo, onde a pessoa está totalmente frágil, há os problemas físicos e mentais.

Os distúrbios mentais tornam quase impossível de se identificar o que é certo ou errado, real ou absurdo, sanidade ou loucura. A consciência e o inconsciente podem deixar a pessoa numa situação desesperada.

Para quem consegue encontrar o equilíbrio físico/mental, tudo fica mais fácil, ou menos difícil, já que a luta de pessoas incapazes de fazer o que é errado é extremamente difícil.

Os comandos sociais partem do alto da pirâmide social e tem trânsito facilitado por pessoas que preferem pensamentos prontos a ter de elaborar o seu próprio jeito de viver, a sua personalidade.

São exemplos de comandos programados por palavras: Uma pessoa nunca deverá mentir; devemos pagar os impostos para que a sociedade seja melhor; siga seu líder ou participe de uma organização; vote; a religião pensa e você segue; acredite na tv, jornais, revistas, e tudo o que ler pois tudo fica mais fácil assim; cuide de sua própria vida; nunca ouça, ou leia, opiniões pessoais como a internet; a internet é do mal, por isso deve ser controlada, censurada e, se possível, eliminada das comunicações; caso tenha algum problema, acredite, você será amparado pelo Estado, seja qual for a área. Você terá a melhor educação, saúde, transporte, segurança e realizará todos os seus sonhos; acredite em políticos, principalmente se ele falar o nome de Deus e outras palavras bonitas; pelo menos um político corrupto será punido de acordo com a lei, para que você acredite na justiça; se você for justo, honesto e sofrer muito, irá para um paraíso, sem dor, sem sofrimento, ficará num lugar bonito, todos os mortos retornarão a vida e todos seremos felizes para sempre; é muito importante que você nunca mais pense sobre tudo o que está escrito aqui, mas acredite; não acredite; tanto faz.

Voltando ao início: Há um grupo de pessoas que não conseguem lidar com temas complexos sem seguir a lógica irracional, não conseguem fingir e nem viver de aparências e interesses, algumas pessoas cometem o erro de perguntar “POR QUÊ?”, e, acredite, para a elite isso é um grande erro.

Eu notei algumas condições entre pessoas rebeldes geniais, entre elas: Epilepsia, ambidestria, canhotas, autodidatas, empreendedorismo, sonhos lúcidos, sonambulismo, subconsciência, paranormalidade, rebeldia, etc.

Nem todas as pessoas dessas listas são iguais, como são os casos de Bill Gates e Júlio César, canhoto, empreendedor, autodidata, epiléptico.

Algumas pessoas consideradas loucas, como Adolf Hitler, revelaram-se muito sóbrias, interesseiras e com ideias em comum com os maiores intelectuais do mundo.

Resta a você estabelecer uma relação entre esses conceitos e criar a sua lógica, natureza e seu modo de pensar.

By Jânio

O mistério do sonambulismo

A obscura natureza da mente humana

O que uma pessoa com epilepsia sente

Epilepsia – Quando a mente tem um ataque

O despertar para a superconsciência

abril 25, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Organização secreta do voto

cara da corrupção

Organização Secreta

A instituição do voto secreto tinha por finalidade dar poder ao povo mas, num país como o Brasil, o povo nunca deverá ter poder, por isso há uma inversão de valores, onde o público torna-se privado e o privado torna-se público, numa (i)legítima PPP.

Essa inversão de valores fica evidente também na desigualdade social, onde noventa por cento das riquezas que deveriam ser públicas, ficam nas mãos de dez por cento dos ricos (privado), e o povo, noventa por cento da população, fica com dez por cento das riquezas, criando uma guerra para ver quem não vai morrer de fome. Observando melhor, notamos que a pirâmide do poder é inversamente proporcional aos direitos do povo.

Assim, foi só uma questão de tempo, até que os donos do poder decidissem que o voto na câmara dos deputados deveria ser secreto, mesmo sendo eles “homens” públicos que deveriam dar satisfação aos seus eleitores.

Em minha pequena cidade, uma máfia de mesários faz questão de tirar toda a privacidade dos eleitores na hora do voto. Todas a pessoas supostamente respeitáveis aderem ao obscuro sistema: Bancários, professores, comerciantes,etc. O pior de tudo é que não há onde procurar justiça, os políticos são influentes e tem autoridade para transferir policiais, juízes e promotores para onde desejarem, caso não obedeçam ao sistema, demonstrando o seu “mando” político.

Resumindo: O povo tem o seu voto público, enquanto o político tem o voto privado.

…e quando alguém lhe disser que vivemos sob um sistema diabólico, acredite, não é força de expressão. O diabo é cínico, perverso e brincalhão, adora inverter tudo, transformando a alegria em sofrimento, a ordem em anarquia, saúde em doença e o poder em escravidão.

…e a única maneira de escapar dessa armadilha é invertendo tudo de volta, portanto, um anarquista na realidade é coerente com a lógica, pelo menos num sistema caótico como o nosso.

As ONGs eram a última esperança do povo, mas os magnatas tomaram também essa ferramenta, transformando boa parte delas em verdadeiras máquinas de lavar dinheiro, principalmente as ONGs internacionais. No momento em que a África mais necessita das ONGs e da ONU, não há recursos para atendê-los.

Jaqueline Maria Roriz provou ser (in)digna da herança maldita da corrupção da família, um vídeo da deputada Jaqueline Roriz ao lado do marido Manuel Neto recebendo maço de dinheiro (50 mil reais) das mãos de Durval Barbosa, foi divulgado por um jornal. Um processo foi instaurado, mas rejeitado em votação secreta, sob alegação de que, na época, Jaqueline ainda não tinha o mandato.

Traduzindo: A ética está sob a lei, sob o sistema obscuro que eles mesmo defendem, enquanto isso, nada poderá afetá-los.

As manifestações de Brasília, que serviram de exemplo para outras pelo Brasil, foram fortemente reprimidas, e a eleição de Jaqueline mostrou que os eleitores estão perdidos e já não sabem para quem votar. A polêmica votação secreta só serviu para confirmar o que todos já sabiam, está tudo diabolicamente dominado.

…e que Deus tenha piedade de nós…

By Jânio

setembro 6, 2011 Posted by | Política | , , , , , | 6 Comentários

Filosofia anti-democrática

homem rico

Aristocratas Modernos

Não há segredo e nem mistério na miséria. A pobreza é facilmente identificada na dificuldade que as pessoas tem de conseguir o seu sustento e satisfazer suas necessidades.

A falta de oportunidades, empregos, estudos, etc., normalmente ocasionados pela falta de estrutura familiar ou social, podem ser determinantes para a ocorrência da pobreza.

No topo da pirâmide social, estão cidadãos em situação inversa – cidadãos “bem nascidos” – pessoas que não se preocupam com o futuro, pois já tem a sua “herança social” garantida.

Quando o Estado é governado por poucos, ricos, aristocratas, dá-se a esse sistema de governo o nome de aristocracia.

Durante algum tempo, eu ouvi falar sobre o fato de Platão e seus discípulos defenderem o sistema de governo aristocrático. Ainda não pesquisei nada a respeito, mas agora já conheço os seus pontos de vista, já posso dar os primeiros palpites.

Segundo esses estudiosos, o poder deveria estar nas mãos de pessoas sábias. Só as pessoas bem educadas, bem preparadas, poderiam governar.

A democracia seria um erro, já que o povo não tem os conhecimentos necessários sobre o jogo do poder. Até nos dias de hoje, o povo é facilmente manipulado.

Algumas pessoas podem trabalhar a vida inteira, sem conseguir construir uma casa, sem notar que estão sendo manipuladas.

Os sistemas de financiamento da casa própria tornaram-se uma forma de fazer política. Se nos EUA as guerras são a melhor maneira de enganar as pessoas, no Brasil, construir casas sempre trazem bons resultados.

O Banco Panamericano mostrou como é fácil conseguir dinheiro do Governo, desde que as negociações sejam razoáveis.

As cestas básicas são outra forma de manipulação, populismo. Há inúmeras formas de se comprar votos.

Se há dez por cento da população passando fome, destina-se alimentos para trinta ou quarenta por cento. A burguesia se encarrega de espalhar a corrupção por toda parte, em todos os órgãos e instituições, nem as escolas ficam livres.

Essa era a democracia que os filósofos temiam, uma democracia onde as pessoas pensassem com a barriga, sem enxergar um palmo a frente do próprio nariz.

As pessoas confundem o governo do estado com o governo em causa própria, cometendo os mesmos erros da burguesia.

Acima de todos eles estão os aristocratas, exercendo uma forma simples de controle. Tiram quase toda a riqueza do povo – classe média – forçando-os a entrar em guerra com os pobres, pelas migalhas que restam.

Será que Platão estava errado? – Talvez não, mas também não estava totalmente certo. O fundamentalismo é a melhor/pior forma de nos prendermos aos nossos próprios conceitos, ignorando a natureza má do homem.

Sempre haverão formas de manipular os sistemas pré-estabelecidos.

A sociedade torna-se cada vez mais dinâmica, lógica, e é preciso seguir a lógica, sob risco de, na nova Idade Média, muitas cabeças rolarem, como ocorreu na Idade Moderna.

Wikipedia: “Aristocracia, do grego aristos (melhores) e kratos (poder, Estado), literalmente poder dos melhores, é uma forma de governo na qual o poder político é dominado por um grupo elitista. Normalmente, as pessoas desse grupo são da classe dominante, como grandes proprietários de terra (latifundiários), militares, sacerdotes, etc. Um exemplo de estado governado pela aristocracia é a antiga cidade-estado de Esparta que, durante toda a sua história, foi governada pela aristocracia latifundiária guerreira.

Aristóteles chegou a afirmar que a aristocracia é o poder confiado aos melhores cidadãos, sem distinções de nascimento ou riqueza.

Em Platão, o termo aristocracia se funda na virtude e na sabedoria. Caberia, portanto, aos sábios, aos melhores, enfim, dirigir o Estado no rumo do verdadeiro bem.

Em Do contrato social, Jean-Jacques Rousseau define como aristocracia, um governo no qual são magistrados mais do que um cidadão, e menos do que metade de todos eles; um número de magistrados maior que a metade, uma democracia; o governo no qual há um magistrado único, do qual todos os outros recebem o poder, uma monarquia.

A partir da Idade Média, a aristocracia deixa de ser terminologicamente uma forma de poder para indicar um testamento diverso da nobreza e do clero, e que se sobressaía pelos altos postos militares e por privilégios transmitidos hereditariamente, perdendo assim o seu sentido inicial. Hoje o termo é sinônimo de alta sociedade.”

OBS: Em algumas sociedades decadentes, outrora riquíssimas, o tempo anda na marcha ré. No Brasil, as idéias do Império Romano são constantemente citadas pelos políticos, faltando alguém para discordar.

By Jânio

maio 25, 2011 Posted by | Política | , , , , , | 9 Comentários

Voto errado pode ser pior que voto em branco

hora de votar

Voto Consciente

Vamos começar o post de hoje, dizendo que a ausência de textos políticos, deve-se exclusivamente às eleições.

Depois de ver qual é o perfil das pessoas que acessam a internet, e qual o perfil das pessoas que formam (manipulam) a opinião pública, foi quase irresistível postar um texto com a minha opinião. Eu disse quase, mas eu pensei comigo: “O voto é secreto, não é?”

Postar a minha opinião, seria revelar o meu voto. Se o voto secreto é uma forma inteligente do processo eleitoral, eu não seria inteligente, revelando o meu.

Logo após as eleições, voltaremos a esse tema que é tão fácil de discutir, e realizador também.

No próximo domingo, teremos a maior eleição da história, isso só acontece de quatro em quatro anos. Na outra eleição, para Prefeito e Vereadores, não há tantas opções como essa.

Apesar de só se falar em eleição para Presidente, como é típico de mídia que quer manipular corações e mentes, serão seis opções.

Como disse um amigo meu: “Para Senador é pior, além de a gente ter de escolher dois, eles ficam dois mandatos “aprontando”, ou seja, esses senadores ficam oito anos no poder, podendo escolher entre tentar uma eleição para Governador ou ficar mais quatro anos como Senador.

Como isso é possível? – Para explicar isso, é preciso saber onde está a maior parte dos corruptos, a porcentagem de infratores da política.

No Universo político, os corruptos são organizados pelos “coronéis da política”, políticos que estão há muito tempo no poder, pessoas que trabalham para empreiteiras, empresários e para os próprios políticos.

Os “coronéis” da política são encarregados de organizar todo o jogo de interesses, transformando negociatas em negociação de cargos em distribuição de cargos; nepotismo em cargos de confiança.

Para ser um bom “coronel” da política, é preciso muita dedicação à política, são décadas e décadas, conhecendo o arquivo sujo do poder, decidindo quem estará de mãos amarradas, pronto para agir em benefício do sistema sujo.

Em nosso sistema bipartidário, há duas forças, o bem e o mal, mas na realidade nem se sabe ao certo quem é quem. O que se sabe, é que qualquer um dos dois lados que vencer, pouca coisa mudará.

Os dois lados tem muito mais em comum do que parece, ambos tem oito anos de atos controversos, polêmicos, criminosos.

Quer saber o nome dos “coronéis”? – Há muitos coronéis, para saber quem são, primeiro é preciso buscar no Google quem são: “Os políticos que tiveram problemas com a justiça.”

Calma, eles não estão nessa lista, mas  chegamos muito perto, eles trabalham para os “coronéis”. Depois precisamos descobrir: “A Relação de todos os Presidentes do Brasil”.

Nessa lista, notaremos como eram organizados os golpes de Estado e quem os apoiava, também notaremos que alguns Presidentes, ex-Presidentes, e candidatos a Presidentes, morriam de forma muito misteriosa, antes, durante, ou depois da eleição. Notaremos que há mortes de Jornalistas, artistas, e estudantes militantes da resistência à isso tudo.

Todas essas pessoas  morreram, ou eram consideradas subversivas, ou terroristas, ou inimigas do Estado. Durante todo esse período, é possível notar claramente que haviam alguns políticos que sobreviveram politicamente até os dias de hoje, sempre atuando do lado certo do lado errado da política brasileira, noventa e nove por cento não estão atuando na política, a maioria nem é viva.

É preciso conhecer “A história dos partidos políticos” e seus jogos de interesses, para saber quem está até hoje no poder. Um político corrupto que tenha sobrevivido ao governo militar, não tem medo de mais nada.

Se algum político rezar, lembre-se do que disse Jesus: “à César o que é de César, à Deus o que é de Deus”. Pesquisando a história de “Maquiavel – O criador da política moderna”, verificamos que esse só veio relembrar o que já havia sido dito há mais de mil  anos atrás, ao afirmar que o Estado não deve se misturar à Igreja.

O Estado bipartidário é a cara da sociedade romana, não há lugar para minorias: Indigentes, gays e lésbicas, ateus, pensadores, enfermos, deficientes, comunistas, e até socialistas ficam disfarçados para não serem perseguidos. Todos estarão abandonados a própria sorte.

Não meu amigo, eu não direi o nome dos “coronéis”, esse é um dever de cada eleitor identificar. Só identificando os velhos “coronéis”, você poderá decidir em quem não deve votar.

Está pensado em votar em branco? – Eu também. Estou me lembrando de um menino de dez anos que acreditava que só havia um bandido no mundo, por isso lutava incessantemente contra esse criminoso cruel.

Hoje, eu não sou mais um menino, também sei que não há apenas um bandido no mundo.

Votar em branco seria como voltar aos dez anos, acreditando que só há um bandido no mundo. Seria como voltar a bela e doce inocência de criança – Não seja tão pretencioso.

Não são apenas duas alternativas, são vários candidatos, apesar de não sabermos nada sobre os outros. Deveremos escolher apenas um, com excessão dos candidatos para Senador, estes possuem duas alternativas.

01 – O primeiro número será para Deputado Estadual.

02 – Em seguida, deveremos digitar os números do candidato a Deputado Federal.

03 – Depois do Deputado Federal, haverá a alternativa do primeiro candidato ao Senado.

04 – Nova alternativa para Senador, o segundo candidato ao Senado, igual ao Império Romano.

05 – Aqui poderemos ceder o direito de terra ao Senador do império, ou seja, um Senador poderá passar a ser o Governador.

06 – Finalmente, estaremos preparados para eleger o grande César, Caesar, Csar ou kaiser. Traduzindo: Presidente da República Federativa “Militar” do Brasil.

Muitas pessoas deverão levar uma “cola”, já que são muitos os números, mas não tire essa cola do bolso exceto quando estiver frente à urna. A discriminação pode levá-lo a prisão, por propaganda eleitoral.

Caso alguém ofereça algum “santinho”, coloque-o imediatamente no bolso que não será usado, para não ter problemas com a justiça.

Caso algum policial o veja com um “santinho” na mão, poderá acusá-lo de fazer propaganda. Não converse com ninguém, vá direto para casa, tudo o que fizer no dia da eleição, poderá e será usado contra você no tribunal.

…e não se esqueçam de levar o titulo de eleitor e a carteira de identidade, na hora de votar.

By Jânio

setembro 30, 2010 Posted by | Política | , , , , , , , , , , , , , , , , , | 6 Comentários

   

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Marca Livro

A arte de criar histórias em prosa ou verso

bastet - protetora dos gatos

todos os animais merecem o céu e os gatos principalmente

Blog CIN 5018

Informatização de Unidades de Informação

The Promise Carrier

Ebrael's official website in English.

detudosobretudoblog

Este site vai aborda todos os temas voltado para as mulheres

Letícia Giacometti Ribeiro

O diário de uma estudante de Jornalismo

Caminho Alternativo

Geopolítica, atualidades e opinião

Escrita em Foto

Colunas, textos, fotografias; a vida de alguém que busca mais do que apenas viver.

%d blogueiros gostam disto: