Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Cristo – origem da palavra

Origem da palavra

Jesus Cristo

 

Cristo é o termo usado emportuguês para traduzir a palavra grega Χριστός (Khristós) que significa “Ungido”.1 O termo grego, por sua vez, é uma tradução do termo hebraico מָשִׁיחַ (Māšîaḥ), transliterado para o português como Messias.1

A palavra geralmente é interpretada como osobrenome de Jesus por causa das várias menções a “Jesus Cristo” na Bíblia. A palavra é, na verdade, um título, daí o seu uso tanto em ordem direta “Jesus Cristo” como em ordem inversa “Cristo Jesus“, significando neste último O Ungido, Jesus. Os seguidores de Jesus são chamados de cristãos porque acreditam que Jesus é o Cristo, ou Messias, sobre quem falam as profecias da Tanakh (que os cristãos conhecem como Antigo Testamento). A maioria dos judeus rejeita essa reivindicação e ainda espera a vinda do Cristo (ver Messianismo judaico). A maioria dos cristãos espera pela Segunda vinda de Cristoquando acreditam que Ele cumprirá o resto das profecias messiânicas.

A expressão “Jesus Cristo” surge várias vezes nos escritos gregos da Bíblia, no Novo Testamento, e veio a tornar-se a forma respeitosa como os cristãos se referem a Jesus, Homem Judeu que, segundo osevangelhos, nasceu em Belém da Judeia e passou a maior parte da sua vida em Nazaré, na Galileia, sendo por isso chamado, às vezes, de Jesus de Nazaré ou Nazareno. O título Cristo, portanto, confere uma perspectiva religiosa à figura histórica de Jesus.

A área da teologia cujo foco é a identidade, vida, e ensinamentos de Jesus é conhecida como Cristologia.

Khristós no grego clássico poderá significar coberto em óleo, sendo assim uma translação literal de Messias.

Visão Cristã Tradicional

 Esta secção contém pontos de vista que de uma forma geral são comuns entre Cristãos durante dois milénios. O Novo Testamento menciona que o Messias, muito esperado, chegou e descreve esse salvador como O Cristo. O apóstoloPedro, no que se tornou numa famosa proclamação de fé entre Cristãos desde o primeiro século, disse « Sois Cristo, o Filho de Deus vivo »2 .

Ensinamentos sobre Jesus e testemunhos sobre o que fez durante os três anos do seu ministério são encontrados na leitura do Novo Testamento. Ensinamentos bíblicos sobre a pessoa de Jesus Cristo poderão ser resumidos em Jesus Cristo ser totalmente Deus (divino) e totalmente humano ao mesmo tempo, numa única pessoa isenta de pecados.3

As escrituras mencionam que Jesus foi concebido milagrosamente através da obra do Espírito Santo, no ventre da sua virgem mãe,Maria, sem um pai humano.4

Segundo a vertente cristã, nele haveria o cumprimento das antigas profecias.

Entre os que entendem ser Jesus o Messias, seria relatado que nele foram cumpridas as profecias do Antigo Testamento. Tais como:

Nasceria em Belém de Judá (Miqueias 5:2)

de uma virgem (gr. phanteros) (Isaías 7:14)

por intermédio de Deus (Salmos 2:7)

descendente de Jacó (Números 24:17)

da tribo de Judá (Gênesis 49:10)

iria para o Egito (Oseias 11:1)

surgiria da Galileia (Isaías 9:1)

um mensageiro prepararia o seu caminho (Malaquias 3:1) clamando no deserto (Isaías 40:3)

o Espírito de Deus iria repousar sobre Ele (Isaías 11:2)

faria profecias (Deuteronômio 18:18)

abriria os olhos dos cegos e os ouvidos dos surdos (Isaías 35:5)

curaria os coxos e os mudos (Isaías 35:6)

falaria em parábolas (Salmos 78:2)

mesmo sendo pobre, seria aclamado rei, em um jumento (Zacarias 9:9)

seria rejeitado (Salmos 118:22)

traído por um amigo (Salmos 41:9)

por trinta moedas de prata (Zacarias 11:12)

moedas essas que seriam dadas a um oleiro (Zacarias 11:13)

seria ferido e depois abandonado por seus discípulos (Zacarias 13:7)

seria acusado injustamente (Salmos 35:11)

seria ferido pelas nossas transgressões (Isaías 53:5)

não responderia aos seus acusadores (Isaías 53:7)

seria cuspido e esbofeteado (Isaías 50:6)

seria zombado depois de preso (Salmos 22:7,8)

teria os pés e mãos transpassados (Salmos 22:16)

na terra dos seus amigos (Zacarias 13:6)

junto com transgressores (Isaías 53:12)

oraria pelos seus inimigos (Salmos 109:4)

seria rejeitado e ferido por nossas iniquidades (Isaías 53:3:5)

lançariam sortes para repartir as suas vestes (Salmos 22:18)

o fariam beber vinagre (Salmos 69:21)

clamaria a Deus no seu desamparo (Salmos 22:1)

entregaria seu espírito a Deus (Salmos 31:5)

não teria os ossos quebrados (Salmos 34:20)

a Terra se escureceria, mesmo sendo dia claro (Amós 8:9:10)

um rico o sepultaria (Isaías 53:9)

assim como Jonas ficou três dias dentro do grande peixe (Jonas 1:17;Mateus 16:21;Lucas 11:30)

Ele ressuscitaria (Salmos 30:3)

no terceiro dia (Oseias 6:2)

subindo também aos céus (Salmos 68:18;Atos 1:11)

e sendo recebido pelo seu Pai, à sua direita (Salmos 110:1;Atos 7:55).

 Fonte do Texto: Wikipedia

Você também pode gostar de:

Por que é tão difícil aceitar Jesus

A revolução de Jesus Cristo no Decálogo

O maior dos pecados

Deus existe

 

agosto 12, 2015 Posted by | Reflexões | , , , | 1 Comentário

Necessidade de uma religião

religião_3

A religião esteve entre as primeiras tentativas de estabilização de governo, já que apenas com a política seria impossível. A civilização egípcia dos tempos dos faraós é um bom exemplo.

A religião egípcia conseguia convencer as pessoas que o faraó era um intermediário direto dos deuses e que, depois de morto, tornaria-se um deus também. Apesar do status de semideus, o faraó não dispensava o seu mago de confiança e, aí, começava o lado misterioso da cultura egípcia. Foi no antigo Egito que surgiu uma das primeiras estruturas sociais elitizadas do mundo: política, educação, militar, religião, arte, tudo era elitizado. E foi assim que o Egito chegou a sua ruína. Segundo a lenda, Alexandre – O Grande teria usado animais que eram símbolos dos deuses egípcios, para evitar o ataque ao seu exército. Todo o conhecimento egípcio estava ligada a religião e ciências ocultas, como a astrologia, geometria, etc.

Os indígenas sempre tiveram os seus curandeiros, homens sábios e possuidores de magia, parceiros dos caciques, homens poderosos que formavam suas próprias tribos. Todas as culturas e tradições possuem seus deuses e religiões, o que os mantém em paz com os espíritos e forças da natureza que respeitam, temem e desconhecem até os dias de hoje.

O Império Romano já tinha poder, mas precisava de uma tradição religiosa, assim, usou a tradição grega como inspiração para criar a sua, cada deus grego ganhara uma versão romana: deus da guerra, deusa do amor, etc.

A religião romana foi muito importante para acalmar o povo, até que entrou em conflito com a cultura hebraica. Foi nessa época que surgiu o cristianismo, uma religião bem diferente do que seria pregado mais tarde.

As imagens de cristãos sendo atirados aos leões nas arenas, ou mortos por gladiadores, divertia os nobres mas chocava os pobres. Apenas três imperadores morreram de velhice, um deles aceitou o cristianismo e criou uma parceria que ajudaria o império a passar dos mil anos, além de espalhar o cristianismo por todo o mundo.

Atualmente, as verdades são obrigatórias para os pobres que são regidos pelas mentiras dos ricos. O socialismo é oferecido aos pobres, governados pelo capitalismo da aristocracia.

Assim como no Império romano, as religiões tem sido adaptadas para servirem como instrumento de controle e perpetuação da estabilidade e poder, ferindo as suas raízes. Entretanto, por ser de origem hebraica, o cristianismo, assim como as outras religiões vindas dessa tradição, segue o que foi escrito, deixando o livre arbítrio para quem quer ou não seguir.

É muito comum incitar o povo a ir contra ideias ou pessoas, usando escritas sagradas, mesmo que essas mesmas pessoas não sejam de fato seguidoras de tais preceitos.

By Jânio

Por que é tão difícil aceitar Jesus

A idade da Esfinge

Deus existe?

Sociedade secreta Nazista

 

agosto 8, 2015 Posted by | Reflexões | , , , | 1 Comentário

É preciso ver para acreditar

Ciência e Religião

Ciência e Religião

Uma expressão aparentemente simples, poderia ser considerada a máxima dos ateus, mas analisando mais de perto, podemos nos surpreender.

Até um discípulo de Jesus Cristo entrou em conflito e protagonizou um dos momentos mais emocionantes dos livros sagrados.

É preciso ter muita sensibilidade para acreditar, e há quem diga que a verdade está em tudo o que você sente. Acontece que nem tudo o que sentimos pode ser visto, e é justamente nesse ponto que a humanidade perde o sentido da verdade sentida.

Normalmente as pessoas tendem a acreditar no que vêem e sentem, mas isso baseado em seus sentidos vitais, cientificamente falando. Entretanto, a própria ciência já detectou falhas nos chamados sentidos vitais.

Durante alguns experimentos, não me lembro onde e nem quando, algum cientista louco separou os bebês de suas mães, a ideia era provar que os bebês poderiam aprender a sobreviver. O experimento foi um fracasso, devido a falta de algo que o os cientistas ignoravam, amor materno, mas há relatos de bebês que sobreviveram com a ajuda de animais, os mais famosos são os lendários fundadores de Roma.

Quando sonhamos, vivemos uma experiência virtual de vida, vendo, ouvindo, sentindo, etc. Os sonhos maus são considerados pesadelos, mas na realidade são os mesmos sonhos.

Não dá para dizer o que é sonho e o que é pesadelo, simplesmente porque não lembramos da maioria deles.

Entretanto, em sonhos leves, ou pesadelos leves, lembramos das experiências vividas. Tudo se torna mais real, impressionante e, em caso de pesadelos, assustador.

É aqui que vivemos o despertar para a superconsciência, numa região do cérebro em que a realidade e a fantasia estão por um fio. Pessoas que tem sonhos lúcidos, podem acordar em seus próprios sonhos, tornando-os ainda mais reais.

Quando um mágico realiza os seus truques, supostamente não passa de uma ilusão ou trapaça com a nossa percepção, mas, será que é isso mesmo?

Os cientistas são aceitos e admirados, não só por terem criado ou descoberto algo, mas também por provarem o que já se conhece. Qualquer pessoa que revele ou realize uma atividade que não possa ser provada, será considera uma bruxa, ou bruxo, e terá sérios problemas.

Essa limitação da percepção humana, não é explorada só por mágicos e cientistas. Muitas pessoas estudam essas fronteiras atrás de respostas, outras tem interesse em controlar as massas com esses conhecimentos.

Alguns animais, como os cães, possuem super sentidos e foram muito importante para as conquistas dos seres humanos, ao longo de suas jornadas na Terra. Mais raramente, alguns seres humanos surpreenderam o mundo com sua capacidade extra-sensorial.

Não seria surpresa se algum dia descobríssemos vestígios de alguém que pudesse ter controlado toda uma nação de pessoas ignorantes, apenas porque possuía uma percepção superior.

Os cães podem ter seus sentidos vitais super desenvolvidos, mas é entre os seres humanos que são constatadas curiosidades muito além dos sentidos vitais. Ciganas, videntes, artistas de circo e alquimistas, só para citar alguns exemplos, além dos líderes religiosos.

Talvez por ter uma capacidade de processamento cerebral maior, o ser humano se destaque, não no campo dos sentidos vitais, mas no poder da mente.

Pessoas poderosas manipulam e forjam meias verdades, no intuito de ganhar muito dinheiro. Manipulação tornou-se um jogo perigoso, nos realities shows, mas cobaias não faltam.

Poucas pessoas deixam de acreditar no que ouvem e vêem, mas se esquecem que mesmo os sentidos necessários a sua sobrevivência, poderá enganá-los. Entretanto, não há dúvidas sobre o mal caratismo político e, mesmo descobrindo a verdade, não fazemos nada, falta-nos a crença de que podemos vencê-los.

As religiões apresentam uma realidade além de nossa percepção vital, mas não além de nosso sentimento. Até a PPP se aproveita disso: enquanto os políticos procuram insistentemente nos convencer de que são confiáveis, fingimos acreditar que pelo menos um esteja falando a verdade, que esteja sendo sincero.

Se votamos baseado no que sabemos, votamos às cegas, já que não sabemos nada. Entretanto, há uma pequena diferença entre os políticos corporativos – aqueles ligados as grandes empresas e bancos multinacionais, que conseguem tomar posse de nossas riquezas, mesmo sem cometer nenhum crime, e os políticos socialistas, aqueles que subestimam o poder e acabam revelando suas intenções.

Com a liberdade de acesso as informações através da internet, estava bem mais difícil ocultar verdades e crimes, mas ficou bem mais fácil conspirar. Para evitar serem responsabilizados pelos seus atos, organizações foram criadas, sites onde as verdades inconvenientes, ou convenientes eram divulgadas.

A censura da internet acabou com esse sonho de mudanças e favoreceu os poderosos que ainda podem manipular de maneira anônima, já que são eles que policiam o mundo.

Entretanto, há pessoas que não estão sujeitas às manipulações e que já enlouqueceram devido a tantas verdades que conhecem, é preciso estar atento para essas pessoas, de fato elas conseguem ver o que não podemos.

By Jânio

Ciência cega

Milagres existem

Ciência social insensível

Deus existe

Fantasmas existem

Espírito da alma

Profissões em baixa em Portugal

Obscuro universo do átomo

fevereiro 23, 2013 Posted by | Ciências | , , , , , , | 3 Comentários

Ciência cega

Milagres Científicos

Milagres Científicos

“A ciência sem religião é imperfeita, a religião sem ciência é cega” – Albert Einstein.

Eu entendo que Einstein defendia as ciências, afinal ele era um cientista, mas quem disse que não é a ciência que é cega?

As ciências tiveram origem em experiências feitas pelo ser humano e sua origem é tão remota quanto a nossa. Hoje, rejeitamos as experiências da alquimia e os fundamentos milenares da religião.

Nossas tecnologias mais avançadas são baseadas em pura teoria, e catástrofes surgiram desse nosso conhecimento limitado. Atualmente há equipamentos capazes de adentrar o universo obscuro do átomo, na minha infância isso não era possível.

Foi por isso que eu sempre critiquei a ideia de se levar tão a sério as teorias, forçando um avanço tecnológico ao qual não estamos preparados para controlar, manipular, como é o caso da energia nuclear. Foi assim que as primeiras bombas atômicas explodiram, foi assim que o mundo quase acabou.

É preciso muita sensibilidade para acreditar na religião, em Deus e em muitos mistérios entre o Céu e a Terra. Também é preciso muita sensibilidade para amar, entender as pessoas e receber os dons divinos dos milagres, fazer e receber.

Uma pessoa que não tem uma religião e não acredita em nada, naturalmente também não poderá escrever uma poesia, revelar seus sonhos em forma de texto.

Ninguém está pedindo para que as pessoas se emocionem, chorem diante das belezas desse mundo, parece até que o mundo parou de dar valor a isso. O problema é que essa falta de sensibilidade está trazendo consequências muito graves.

A sociedade está se tornando fria, egoísta. As pessoas estão abandonadas e só sente suas próprias emoções, pior, acostumam-se com a violência e a falta de sensibilidade.

Agora dependemos da fé na religião para sobreviver, e religião é como amigo, quando mais se precisa é que sabemos quem são os verdadeiros.

Milagres existem

Ciência social insensível

Deus existe

Fantasmas existem

Espírito da alma

Profissões em baixa em Portugal

Obscuro universo do átomo

janeiro 15, 2013 Posted by | Cinema | , , , , , | 7 Comentários

Campanha contra a truculência no Paquistão

viva rimsha

Pena Contra Morte

Caros amigos,

Em 48 horas, minha jovem filha estará diante da corte no Paquistão, acusada pela lei da blasfêmia — uma lei que pune com sentença de morte. Minha menina inocente teve que lidar durante toda a sua vida com uma deficiência mental e não deve ser punida. Eu peço que ajudem a salvar minha filha. Assine essa petição para o presidente Zardari em apoio ao meu pedido de proteção das minorias religiosas:

Na semana passada, uma multidão enfurecida ameaçou queimar minha filha viva, e em 48 horas um juiz vai decidir se ela será solta ou se será mantida na prisão. Rimsha é menor de idade e tem deficiência mental. Ela frequentemente não tem controle sobre suas próprias ações. Ainda assim, a polícia local aqui no Paquistão acusou-a de profanar o Alcorão, e desde então tememos pela sua vida.

Nesse exato momento, minha filha está presa em uma cadeia de segurança máxima, e em algumas horas será julgada diante da corte do Paquistão por blasfêmia, cuja sentença vinculante é a pena de morte. Somos uma família cristã pobre enfrentando a fúria de uma multidão com o caso da minha filha. Muitas outras famílias já passaram pelo mesmo tipo de intimidação, o que lhes levou a fugir ou viver com medo. Mas a atenção internacional sobre o caso de Rimsha motivou os líderes muçulmanos paquistaneses a se pronunciarem contra essa injustiça e chamaram a atenção do presidente Zardari.

Por favor ajude-me a manter a pressão global sobre o caso da minha filha. Eu peço que assinem minha petição para o presidente Zardari salvar Rimsha e exigir proteção para nós e para outras famílias de minoria vulnerável. A Avaaz compartilhará essa campanha com a mídia local e internacional, lida com atenção pelos políticos locais paquistaneses:

Assine a petição

Uma multidão enfurecida exigiu a prisão da minha filha após um imã local (líder religioso) começar a incitar as pessoas contra ela, dizendo que ela havia profanado o Alcorão. Então, algumas pessoas ameaçaram acabar com a vida dela e queimar as casas dos cristãos em nossa comunidade. Eu rezo para que durante o seu julgamento, no sábado, as acusações contra ela sejam retiradas e que ela possa voltar a viver conosco.

Nossa família está correndo grave perigo, pois mesmo falar sobre as leis de blasfêmia no Paquistão coloca vidas em risco — no ano passado, o Ministro paquistanês de Assuntos de Minorias foi morto por ter solicitado a remoção da pena de morte na lei de blasfêmia. É uma situação tão sensível que muitos dos nossos vizinhos cristãos das favelas de Islamabad começaram a fugir de casa.

Nós respeitamos os direitos religiosos das outras pessoas. Esperamos que nossa filha e nossa comunidade fique em segurança, e queríamos que isso nunca tivesse acontecido. Para nossa felicidade, o Ulema Council, um grupo de clérigos e acadêmicos muçulmanos aqui no Paquistão, se pronunciou sobre o caso dizendo: “Não queremos ver uma injustiça acontecer com ninguém. Vamos trabalhar para acabar com esse clima de medo.” Com sua ajuda, nós podemos não apenas libertar Rimsha, mas fazer deste incidente o início de uma maior compreensão entre comunidades no Paquistão. Eu peço que assine essa petição e compartilhe com seus amigos.

participe da petição

Com esperança e determinação,

Misrek Masih e a equipe da Avaaz

Apoio: Made in Blog

setembro 1, 2012 Posted by | Utilidade Pública | , , , , , | 2 Comentários

Os extraterrestres irão destruir a civilização humana

Exploradores Extraterrestres

A quantidade de filmes de Hollywood que mostram os extraterrestres chegando à Terra e devorando os humanos, desagrada os cientistas americanos. Segundo eles: “Os aliens não se interessam em nos devorar, escravizar e muito menos pôr ovos em nosso estômago.

Em um encontro de imprensa para anunciar uma conferência de ficção científica, na Califórnia, entre 22 e 24 de junho, a ex-diretora do Instituto Científico SETI (Search for Extra Terrestrial Intelligent, ou Busca por Inteligência Extraterrestre) Jill Tarter, que foi vivida no cinema por Jodie Foster, no filme “Contacto”, expressou seu descontentamento com o filme.

Tarter insiste na ideia de que os verdadeiros extraterrestres são muito diferentes dos personagens imaginados e que já passou da hora de acabar com sua imagem de violentos.

Se os alienígenas conseguissem visitar-nos, isso significaria que a sua capacidade tecnológica seria sofisticada o suficiente para que eles não precisassem de escravos ou de alimentos em outros planetas. Os extraterrestres viriam aqui apenas para explorar, disse ela.

Os filmes deste tipo não são nada mais que uma metáfora de nossos próprios medos”, disse Tarter.

Fonte: RT-TV

Comentários: Eu já cheguei a ter essa mesma ideia de Jill Tarter, quando ela fala sobre a metáfora de nossos próprios medos.

Partindo do princípio de que não sabemos como são os extraterrestres, qualquer imagem que tenhamos deles, seria o reflexo de nós mesmos – Apesar de que “Star Wars” apresenta uma inovação, a comunicação com os mortos, como uma possibilidade de nosso futuro tecnológico.

Aliás, essa ideia de comunicação com os mortos é muito interessante. Primeiro “Star Wars” nos mostra os hologramas, viagens interdimensional, etc., para a comunicação com os mortos é um passo – Como dizia Einstein: “No espaço, a morte é apenas uma ilusão e, mesmo depois de mortos, alguém sempre verá o nosso passado do espaço, numa época em que ainda estávamos vivos”.

Quanto a parte do não precisar de escravos e de comida, eu discordo, afinal, quando Jill Tarter fala em explorar, inclui indiretamente toda a raça humana.

Vamos imaginar o ser humano como pequenas bactérias malignas e, que Deus me perdoe, os extraterrestres de tecnologia avançada só precisam de algumas amostras de nós. Vamos imaginar mais, que a Terra possua algumas características únicas no Universo, a ponto de servir para laboratório ou um Jardim do Éden, como já pode ter sido no passado.

Primeiro os extraterrestres fariam uma pequena análise de nossa civilização e de nossos direitos sobre a Terra, depois de concluir que vamos acabar com o planeta… ZÁZ, adeus seres humanos.

By Jânio

maio 28, 2012 Posted by | curiosidades | , , , , , , | 4 Comentários

Qual é o significado dos sonhos

sonhos e pesadelos

Interpretação dos sonhos

Seguindo a análise do funcionamento do cérebro, vamos aos poucos passando para uma área muito sensível de nossa mente, o inconsciente (subconsciente). A grande realidade é que a mente, consciente ou não, é obscura; sob certos aspectos a consciência é mais obscura que a própria inconsciência, já que a inconsciência funciona naturalmente.

Em alguns casos, a psicanálise ameaça usar a hipnose para ajudar a desvendar os mistérios de nossa mente, o problema é que nem todos estão dispostos a abrir mão de sua privacidade. Se alguém entra em sua mente, invade o mais intimo de sua existência.

No mais tradicional processo da psicanálise, a pessoa conversa consigo mesma, vai se revelando aos poucos, enquanto o psicanalista  vai motivando, convencendo essa pessoa de que não há nada anormal em sua vida, tudo pode ser lembrado e resolvido, para que a consciência pare de ser incomodada pela inconsciência. A consciência pesada, aqui, seria o peso de algo que atormenta a pessoa, o processo da inconsciência para aliviar esse problema.

Conscientemente tudo pode ser (des)controlado, mas, inconscientemente, tudo é muito instável e natural, sem noção de tempo e espaço.

Durante os sonhos, essa instabilidade da inconsciência chega ao limite. Isso acontece porque tudo o que é reprimido pela consciência, sob pressão da sociedade ou autocensura, durante os sonhos é liberado.

Enquanto o cérebro mantém todo o corpo em repouso, durante o sono, a mente é liberada em todo o seu potencial, podendo resolver os problemas mais impossíveis. Aqueles problemas que a consciência  mantém reprimidos, nos sonhos, eles são manifestados em formas disfarçadas pelo super ego, num universo que só a inconsciência entende o seu significado.

Nem todo sonho é disfarçado ou complexo, alguns são bem conhecidos das pessoas, comum a todos. Muita gente já sonhou que estava voando, esse sonho, segundo especialistas, leva a uma interpretação de que a pessoa é ambiciosa, sonhadora, mas, por associação poderia levar a interpretações de que essa pessoa deseja independência, liberdade, isso poderia ser revelado por qualquer amigo que a ouvisse, nem precisa ser um psicanalista.

A combinação do sonho de voar, com a queda, é uma manifestação clara dos riscos da ambição, liberdade e poder.

Na religião, José, no Egito, interpretava sonhos dos egípcios. Sua interpretação mais famosa foi para o faraó, o sonho das vacas gordas e das vacas magras.

“Haviam sete vacas gordas e sete vacas magras pastando no campo, de repente, as vacas magras e feias comeram as lindas vacas gordas.”

Nesse sonho, josé avisava ao faraó que deveria guardar mantimentos durante os sete anos de fartura (tempos de vacas gordas). Durante os sete anos de seca no Egito (tempos de vacas magras), o faraó teria mantimentos para saciar a fome do povo, não fica claro se havia a vontade de Deus, apenas implicitamente.

Essa é uma das tradições que bate de frente com a história de Moisés e do revolucionário Jesus Cristo: Segundo  Jesus, Deus sempre proverá seus filhos. Isso também ficou evidente no deserto, quando Moisés levou o povo para um lugar isolado, sem comida nem água.

Um homem muito rude que sonhe que é uma mulher, poderia significar sua busca de equilíbrio, uma necessidade de compreender as pessoas frágeis, o oposto de si, algo que se mantém inconsciente, mas que conscientemente seria inaceitável.

Há pessoas que acreditam que o sonho é uma forma de prever o futuro, por isso sonhar com animais, para elas,   pode significar o que vai dar no “jogo do bicho”.

Sonhar que está caindo, poderia significar uma fobia de altura. Como nós dissemos no outro artigo, a fobia está relacionada a um evento  ao qual não queremos nos lembrar, encarando esses medos poderíamos nos lembrar de algo que não queremos.

Esse é um grande dilema: Como poderíamos saber o nível de gravidade daquilo que não queremos lembrar? – Será que vale a pena lembrar esse fato? – Se a fobia está se manifestando, inconscientemente, estamos tomando a decisão de que está na hora de enfrentarmos esses temores.

Quando passamos a sonhar que estamos caindo, seguidamente, todas as noites, então não devemos ser acordados, para que percamos o medo e estejamos preparados para enfrentar determinadas situação.

Segundo o site “O Guru”,  sonhar com corvo pode significar pessoas de olho no que é seu, querendo “infernizar sua vida”, mas também pode significar pureza do ambiente.

Como nós podemos notar no sonho do corvo, há dois níveis de sonho: Um mais vulgar e direto, e outro muito mais sofisticado e complexo, influenciado pelo nível de formação da pessoa.

http://www.oguru.com.br/sonhos/significados.php?busca=Voar

O sonho também pode ser uma simples realização de nossos desejos. Ao contrário de nossos pesadelos, nesse caso, nossa mente se encontra em total harmonia.

Sonhar com cobras, tanto pode significar nossa falta de confiança em um determinado grupo ao nosso redor, como poderia ser algo mais complexo, mas é preciso sonhar até o fim, para vencer esse medo.

Conclusão: O  mais importante não é necessariamente interpretar o sonho, mas sonhá-lo até o fim.

Principal fonte: Wikipedia

fevereiro 9, 2011 Posted by | Ciências | , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 25 Comentários

A obscura natureza da mente humana

passado do homem

Busca da Verdade

Há controvérsias sobre o nosso real controle do cérebro, o controle do cérebro, aliás, é uma ambição de muitas pessoas. Um mestre de artes marciais pode quebrar vinte tijolos com a cabeça, um hipnotizador pode fazer uma pessoa dormir, ou controlar sua mente;  o real e o ilusório caminham juntos, aqui.

Pelo fato do homem viver em sociedade, ser obrigado a seguir milhares de protocolos, isso criou uma limitação muito grande no controle sobre o cérebro. O cérebro passou a ser uma parte isolada do corpo, esse paradoxo – dependência/independência – tornou o inconsciente muito mais obscuro, tornando toda a sociedade doente, em maior ou menor intensidade.

Para manter o controle e não enlouquecer, diante de um mundo insano que o próprio homem criou, surgiram as religiões. Desde os primórdios dos tempos, o homem viu nas religiões uma forma de explicar o inexplicável, mantendo sua sanidade mental sob controle.

A ciência e a filosofia fazem parte da evolução do homem, portanto, não aceitam as respostas apresentadas pelas religiões, de maneira tão satisfatória.

Enquanto a filosofia, desde a antiguidade – Ela não é tão nova assim – busca suas próprias respostas, num esforço descomunal de pensamento, a ciência não só busca suas verdades, mas procura prová-las.

No caso da ciência, fica tudo muito mais trabalhoso. Apesar da ciência ser muito mais sensata, negando suas próprias origens, as ciências ocultas – alquimia, astrologia, curandeirismo, etc. – e a própria filosofia.

Nos últimos anos, temos visto uma verdadeira integração dos vários campos das ciências, inclusive sua volta às origens – a filosofia – contudo, as ciências ocultas nunca serão aceitas pela sociedade, pior, não se consegue uma explicação plausível para seus processos.

Podemos verificar muitas formas curiosas de se enganar a mente, como o ilusionismo, hipnose, mágicas e truques. Ultimamente tem sido desvendados vários desses truques, revelados para os donos do poder, já há muito tempo.

Nostradammus sabia dos perigos de se ter muitos conhecimentos, sem conseguir explicá-los, por isso, apesar de praticar as ciências ocultas, só mostrava o que poderia ser explicado ou aceito pela sociedade. A alquimia e outras ciências ocultas, foram muito importante, durante épocas em que as pragas, pestes, assolaram o mundo “civilizado”.

Só se aceita o óbvio em nossa sociedade, qualquer outra forma de conhecimento,  seu possuidor deverá prestar contas junto a autoridade máxima do poder.

Já houve uma época em que as bruxas eram queimadas na fogueira, inclusive cometendo-se grandes injustiças, como foi o caso de Joana D’arc, a santa que teve sua história contada e recontada pelo cinema e livros, inspirando até uma lenda do folclore americano, Billie Jean.

Na idade moderna, Rasputin foi o místico que governou a Rússia,  onde o Czar Nicolau II não passava de uma marionete, essa foi uma das causas da Revolução Russa.

Apesar da sociedade insistir em querer resposta para tudo – isso é impossível – como dizia Sócrates: “Só sei que nada sei”, “Conhece-te como a ti mesmo”. Jesus cristo também tem uma verdade, muitas vezes ignorada pela sociedade, algo como: “Uma árvore boa não dá mals frutos” – Infelizmente, em casos de pessoas polêmicas, essa verdade de Jesus fica restrita a ele e alguns poucos iluminados.

Organizações secretas milenares, teoricamente, poderiam ter a capacidade de manter conhecimentos antigos, desde os tempos do Antigo Egito, mas isso é apenas especulação de alguém que não tem o menor interesse em qualquer tipo de organização secreta, exceto minha própria mente.

Artistas de circo poderiam, eventualmente, apresentar números baseados em conhecimentos ocultos, secretos, mas, aqui, também é apenas especulação. As comunidades de circos são fechadas, sem nenhum interesse com o poder, por isso poderiam ser tolerados, quanto a seus conhecimentos – Hoje acontece com os efeitos de computador: “Acredite! Foi tudo feito por computador.”.

A idade média foi o ambiente ideal para as ciências ocultas, já que os grandes reinos ficavam fechados entre paredes. Nessa época, os bruxos não eram vistos com bons olhos, mas ficavam escondidos em locais inacessíveis, com raras exceções, como Nostradammus e Rasputim.

Naturalmente, uma pessoa super dotada com grande controle sobre a mente, e os elementos da natureza, poderia ser taxada como bruxo(a), isso acontece pelo fato de as “bruxas”, além de possuírem conhecimentos milenares, viverem longe da sociedade, o que as tornavam muito “estranhas”, assustadoras – note que estamos falando, aqui, da Idade Média.

Uma pessoa que vivesse em contado com a sociedade poderia,  e pode, ser visto de três maneiras: Como Santos – não bruxos – bruxos ou nem santos nem bruxos. No caso dos “Neutros”, nem santos nem bruxos, escaparam milagrosamente da fogueira pelo simples fato de conhecerem muito bem a sociedade, adaptando-se a ela.

Como já dissemos, nostradammus era inteligente o suficiente para escapar das duas “cruzes”, tanto a cruz do santo – apesar de sua proximidade aos padres e bispos da época – escapou também da “cruz” de bruxo, já que ele explicava o que mostrava, esse foi o motivo de ele não ser nem santo, nem bruxo.

Outro fato interessante é que, apesar de todos os conhecimentos de Nostradammus, ele não possuía nenhum sinal de mente super dotada, no sentido de poder da mente, eram puros conhecimentos mesmo.

Nostradammus foi um caso bem distinto de Jesus Cristo, tanto Jesus Cristo, quanto seus discípulos, não só possuíam muitos conhecimentos sobre religião, filosofia, história, leis – Tudo estava intimamente ligado – como possuíam poderes, dons, para fazer milagres, contrariando todas as ciências da época, tanto a medicina, quanto a física, etc.

Jesus Cristo pediu para seu discípulo Pedro andar sobre as águas. Apesar de sua capacidade –  foi escolhido para ser seu braço direito –  Jesus sabia que ele poderia andar sobre as águas, sabia da capacidade de sua escolha, também sabia que se seu discípulo número um afundasse nas águas, poderia salvá-lo. Jesus deu duas lições em seu discípulo favorito, primeiro a mais importante, humildade,  segundo, o poder da fé – Andar sobre as águas não tinha nenhum objetivo específico além de mostrar poder da fé.

O tempo passou, não vemos mais os santos, nem os bruxos, as novas profecias só se concretizam no cinema. Na vida real tudo soa muito falso, como charlatanismo e sensacionalismo, nem as possibilidades de anti-cristos e apocalipses são levadas mais a sério.

…mas ainda nos restam os loucos que nos fazem lembrar de tempos muito distantes, tempos mágicos, abençoados, onde o impossível podia acontecer. Naqueles tempos, as brumas escondiam, não os efeitos especiais do cinema, mas os mistérios de nossa própria mente obscura, que, ainda hoje, parece negar-nos todas as explicações, desafiando a sensatez da ciência, os protocolos da sociedade, trazendo em sua própria grafia, o conceito máximo de sua natureza obscura de negação: “MENTE”.     

By Jânio

fevereiro 5, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 43 Comentários

Pessoas

pensamentos instáveis

Sentimentos em Palavras

Para se falar em pessoas, estudá-las e entendê-las, primeiro é preciso esquecer tudo o que nós já lemos ou ouvimos sobre nossa origem e natureza. Podemos também aceitar tudo o que já foi dito e estudado, seguindo esse processo de evolução ou robotização.

Conhecendo os fatos de que a civilização egípcia não era inferior a nossa, mas só diferente, chegamos a suposição que o mundo não evoluiu, apenas se modificou.

Durante muito tempo, o homem travou inúmeras batalhas para dominar a Terra, durante essas batalhas, várias civilizações evoluídas foram exterminadas. Eu poderia afirmar, com certa tranquilidade, que durante os últimos dez mil anos não demos um passo sequer, rumo a uma suposta evolução.

Nossa história nunca foi democrática, nunca atenderam o desejo do povo. Os povos que satisfaziam o desejo da população evoluíram, mas foram destruídos pela maioria dos povos que eram bárbaros.

Todas as falsas ideologias, como busca de ar fora da atmosfera, guerras pela paz, prisões em nome da liberdade ou assassinatos em nome da vida, tudo foi tempo perdido.

O homem não pode ficar sem pensar, mas quando pensa, seus semelhantes não estão incluídos em seus planos.

Os maiores filósofos da história são pragmáticos em afirmar que não sabemos nada de nós mesmos. Algumas idéias surgidas em momentos instáveis da sociedade, portanto, invulneráveis à mudanças, são responsáveis pelo controle das populações atuais.

Antes da Segunda Guerra Mundial, por exemplo, havia uma tendência à procura de auto-afirmação do povo alemão, frente aos problemas sociais. Durante essa época, as idéias de Charles Darwin, com insinuações  não assumidas sobre a origem do homem, ganharam força. Tudo isso ocorreu numa época instável da sociedade; seria como uma ideia pensada sob encomenda.

Todas as tentativas de inclusões de sistemas estrangeiros, em um país decadente, foram um fracasso. Não se pode resolver problemas sociais a curto prazo, sem resolver a base do problema, a pobreza.

O homem precisa manter a mente ocupada, para não enlouquecer.

A religião tem sido muito eficiente nesse campo, mas só funciona em tempos de paz, estabilidade. Quando essa harmonia é rompida, o pensamento entra em processo de busca de novos ideais.

O homem tem consciência de sua existência biológica, onde vive e se reconhece, além de conviver com outras pessoas.

Um problema que surgiu com nossa necessidade de nos comunicarmos, através da fala, foi a impossibilidade de transmitir tudo o que sentimos através das palavras. Apesar de toda nossa evolução, somos doentes, usando quase toda nossa mente para manter as aparências.

Nossa mente tem um nome bastante sugestivo, parece controlar nosso comportamento, nossos hábitos, manter nossa aparência, tornando-nos, muitas vezes, incapazes de administrar nossa própria vida.

A comunicação vocal, social, torna-nos escravos de nosso próprio modo de viver, até quando pensamos, pensamos por palavras. Isso não deveria ser normal, deveríamos ser livres, pelo menos em nossos pensamentos.

Em meio a teorias e incertezas, perdemos a nossa capacidade de pensar livremente, para seguir os pensamentos e sonhos de nossas lideranças.

Quando dormimos e sonhamos, vendo-nos em situações incompreensíveis, nosso subconsciente parece mostrar-nos realidades que não são nossas, na realidade deveria ser.

Há conflitos de idéias até sobre Deus ser ou não uma pessoa, as pessoas que discutem, na maioria são ateus. As pessoas que mais creem, ou pensam crer, não tem a mínima ideia de como é o céu, ou o que Deus representa para elas.

Nesse caso, o nascimento de Jesus Cristo ajudou a resolver parte de nosso problema existencial. Quando Jesus diz: “Ninguém vem ao pai, senão por mim”, Jesus soluciona uma parte de nossos problemas.

Com o tempo, o homem criou outras pessoas:

Pessoa Jurídica – A lei separa a pessoa física e a pessoa jurídica, essa é uma boa alternativa de se elitizar a sociedade.

A comandita, uma empresa identificada como “Limitada”, a pessoa empresta dinheiro do banco e, caso a empresa vá a falência, essa pessoa não fica devendo nada. Para uma pessoa que não seja da área, fica difícil aceitar esse processo, separando a empresa (pessoa jurídica) da pessoa física.

Esse é um privilégio para quem consegue pensar como o sistema, promovendo-se através dele, com amigos deputados, governadores, prefeitos e empréstimos com juros baratos.

A pessoa jurídica é apenas uma das várias formas de se esconder da justiça, podendo ser através de multinacionais, fundações, ou as duas juntas.

Recentemente, numa investigação no Banestado, banco estatal do Paraná, foi descoberto um esquema bilionário de lavagem de dinheiro. A prisão de doleiros, dificulta esse tipo de operação, para pessoas comuns.

Pessoas Virtuais – A era da informação trouxe uma nova visão de pessoas, a elite não estava preparada para isso. Pela primeira vez, pessoas comuns puderam  manifestar-se.

Falar o que se pensa, denunciar; por mais que se tente bloquear o poder dessas pessoas virtuais, mas  elas se rebelam contra o sistema. Já há organizações incumbidas da identificação de movimentos rebeldes, anarquistas, mas isso não está surtindo o efeito que se esperava.

As consequências desse fenômeno de comunicação, pode ser notado ao redor do mundo, com vitórias constantes dos movimentos políticos de esquerda. Nem o imbatível capitalismo manteve-se intacto, diante dessas manifestações populares.

Agora tentam censurar a informação na rede, mas o processo iniciado pela internet já está avançado demais para ser interrompido.

Finalizando, a gestão de recursos humanos pode soar meio capitalista, tentando estipular valor ao ser-humano, mas, se isso parece pejorativo e humilhante à primeira vista, na realidade é uma conquista para os cidadãos, antes uma pessoa não tinha nenhum valor para uma empresa.

By Jânio

outubro 23, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , , | 7 Comentários

Com os dois lados do cérebro

right intelligence

Lado Certo

Essa pesquisa era para ser sobre os ambidestros, ou seja, pessoas que tem habilidades com os dois lados do corpo, mas é muito difícil falar em ambidestro sem falar do canhoto. Na realidade, o canhoto é um assunto muito mais interessante para se estudar, o canhoto enfrenta mais problemas.

Quando nascemos, apesar das aparências, não temos preferências por nenhum lado do cérebro. O cérebro é dividido em dois hemisférios, onde o hemisfério esquerdo controla o lado direido do corpo, e o hemisfério direito controla o lado esquerdo, portanto, cada hemisfério controla o lado oposto.

Essa constatação foi feita quando, em indivíduos com lesão no lado esquerdo, apresentavam paralisação do lado direito.

Como tudo o que se observa na sociedade, a simples observação de um canhoto pode gerar muito preconceito, podendo chegar até a religião ou superstições e crendices.

Quando as crianças nascem, elas não tem muita preferência, podem usar tanto a mão direita quanto a mão esquerda. Com o passar do tempo, a criança passa a sentir a necessidade de desenvolver sua habilidade, então, sente a necessidade de escolher um dos lados.

Escolhendo o lado direito, tudo bem, a grande maioria das pessoas são destras, portanto ela se encaixa perfeitamente. Quando a criança escolhe o lado esquerdo, aí, começam os seus problemas.

Segundo relatos de pessoas canhotas, quando eram crianças, foram forçadas a usar o lado direito, mas resistiram e continuaram a usar o lado esquerdo. Algumas famílias não são tão pacientes, exigem que a criança use a mão esquerda, isso provoca transtornos que vão desde falta de habilidade parcial, confusão, até traumas permanentes.

Há ainda, casos de pessoas que desenvolvem a ambidestria, habilidade com ambas as mãos:

WIKIPEDIA: “Ambidestria é a capacidade de se ser igualmente habilidoso com ambas as mãos direita e esquerda (ou, de forma mais limitada, com ambos os pés). A palavra “ambidestro” tem origem no Latim: ambi significa “ambos” e dext significa “certo”.

Quando eu era jovem, minha irmã, já falecida, sempre insistia para que eu pegasse tudo com a mão direita, isso era um problema, já que o lado direito do cérebro estava sempre controlando o lado e esquerdo do corpo, sempre estava mais ativo. Pessoas com esse tipo de transtorno, acabam apresentando insegurança na hora de escolher o lado “certo”, podendo ter problemas, devido a confusão dos lados.

Segundo a minha irmã, aprendendo a usar o lado direito, eu teria mais facilidade na sociedade, inclusive para aprender na escola. Alunos canhotos tem dificuldades para aprender a escrever, além da possibilidade de terem problemas de postura, caso os professores não sejam pacientes.

“Falsos destros” podem confundir a mão esquerda com a direita,  isso pode fazer com que um motorista entre pela contramão, podendo causar até acidentes. Isso acontece pela confusão provocada pelo cérebro, onde o direito não significa exatamente  o certo.

Eu sempre usei o lado direito, mas havia problemas, por exemplo: Para chutar a bola com força, eu sempre tinha distensão no perna direita. Descobri, logo, que para chutar com força, teria que chutar com a perna esquerda.

Depois de uma acidente de carro, ainda na infância, onde o lado direito ficou ainda mais comprometido, o lado esquerdo passou a ser ainda mais importante. Apesar disso, eu continuava sendo destro.

Quando me convidaram para participar de um jogo amistoso, contra a seleção brasileira master, desenvolvi um drible quase perfeito. Com a dificuldade com a perna direita, principalmente para chutar forte, desenvolvi um drible quase perfeito, com as duas pernas. 

Um drible normal, as pessoas estão sempre em igualdade de condições, mas, para marcar um canhoto, é preciso mudar o jeito de marcar. Quando a pessoa é ambidestra, fica quase impossível de ser marcada.

Cada vez que eu executava esse drible, eu perdia um amigo, ninguém parava em pé, o drible sempre era executado no contrapé do adversário. Fiquei conhecido como falso canhoto, na realidade, eu sempre fui um falso destro; quando eu começo a usar o lado esquerdo, meus amigos sabem que não devem chegar perto.

É muito comum o desenvolvimento da ambidestria em canhotos forçados a utilizarem a mão direita, apesar disso, é muito estimulada em esportes, como natação, lutas e instrumentos musicais.

A melhor forma de observar se uma pessoa é falso destro ou falso canhoto, é observar quando ela vai olhar um microscópio, o lado mais ativo do cérebro passa a dominar.

Canhotos tem reclamado da exclusão social a que são submetidos, onde tudo é feito para destros, até fechadura de portas. Alguns canhotos são forçados a desenvolver habilidades inversas ao funcionamento de seu cérebro, principalmente no trabalho.

Em uma pesquisa realizada entre crianças, destras e canhotas, o resultado foi:

Entre os destros, 72% apresentavam superioridade na mão direita, enquanto 12% não tinham preferênca.

Entre os canhotos, 55% apresentavam mais habilidade com a mão esquerda, 30% não apresentavam diferênça.

Como podemos notar, as circunstâncias sociais a que são submetidos os canhotos, levaram eles a desenvolverem uma habilidade na outra mão também. Há uma idéia polêmica de que os canhotos são mais inteligentes que os destros.

Apesar de todas as pesquisas feitas, não foi possível descobrir as causas do canhotismo. Parece ser natural, já que o fator genético também não foi comprovado.

Ambos os pais são canhotos.

50% dos filhos são canhotos.

Um pai canhoto e o outro destro.

17% dos filhos são canhotos.

Ambos os pais são destros.

2% dos filhos são canhotos.

Até para desenhar, nota-se uma diferença, o canhoto desenha o perfil voltado para a esquerda, o destro para a direita. Caso isso não ocorra, então é um falso destro.

FAMOSOS CANHOTOS

No esporte brasileiro:

Ayrton Senna – Melhor piloto brasileiro de todos os tempos na Fórmula 1. Tricampeão mundial, sendo campeão em 1988 com o recorde de vitórias numa temporada.

Pelé – Atleta do século, melhor jogador de futebol de todos os tempos no mundo. Tricampeão mundial pela seleção brasileira. Ele e o presidente dos Estados Unidos da América são as pessoas mais conhecidas no planeta.

Romário – Grande craque de futebol e o atacante mais consagrado atualmente no futebol. Teve grande participação na conquista do Copa do Mundo em 1994.

Fernando Meligeni – Argentino naturalizado brasileiro. É o segundo melhor tenista brasileiro na atualidade.

Esporte Internacional:

Bill Russell, Chris Mullen, David Robinson, Goran Ivanisevic, John McEnroe, Larry Bird, Lenny Wilkins, Marcelo Rios, Martina Navratilova, Monika Seles, Thomas Muster.

Literatura:

HG Weels – Romancista e ensaísta inglês. Ganhou nomeada como auotor de livros de ficção científica.

Machado de Assis – Escritor brasileiro, um dos maiores da língua portuguesa de todos os tempos. Sua obra inclui romances como Dom Casmurro e Quincas Borba. Foi um dos fundadores e primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras.

Líderes Mundiais:

Alexandre – o Grande – Um dos maiores generais da história. Foi rei da Macedônia em 356 a.C. Venceu os persas e estendeu seu império até a Índia. Fundou Alexandria, no Egito.

Fidel Castro – Líder revolucionário e estadista cubano. É o atual presidente de Cuba.

Mahatma Gandhi – Líder nacionalista indiano, expoente da doutrina da não-violência.

Napoleão Bonaparte – General e estadista, imperador dos franceses.

Bill Clinton – ex-presidente dos Estados Unidos da América.

Há ainda outros líderes como Júlio César, Príncipe Charles (Ing), Elizabeth II, George Bush, John D. Rockefeller.

Música:

George Michael (Wham!), Glenn Frey (the Eagles), Jimi Hendrix, John Lydon a.k.a. Johnny Rotten (Sex Pistols), Kurt Cobain (Nirvana), Ludwig van Beethoven, Natale Cole, Paul McCartney (the Beatles; Wings), Phil Collins (Genesis), Phil Everly (The Everly Brothers), Robert Plant (Led Zepplin), Tony Iommi (Black Sabbath).

Arte:

Pablo Picasso – Pintor espanhol radicado na França, considerado o maior do século vinte.

Leonardo da Vinci – Artista e pensador italiano, um dos maiores gênios da história. Foi pintor, escultor, arquiteto, engenheiro e cientista. Criador do quadro mais famoso do mundo “Mona Lisa”

Miguelângelo e Raphael.

Atores:

Bruce Willis, Charlie Chaplin, Jerry Seinfeld (comediante), Julia Roberts, Keanu Reeves, Marilyn Monroe, Nicole Kidman, Peter Fonda, Robert DeNiro, Robert Redford, Sarah Jessica Parker, Tim Allen, Tom Cruise, Whoopie Goldberg.

Outros canhotos famosos:

Albert Einstein – Físico de origem alemã, naturalizado norte-americano. Teve grande contribuições com suas leis para a humanidade. Recebeu o Prêmio Nobel de fisiologia ou medicina em 1908.

Aristóteles – Filósofo grego, um dos maiores pensadores de todos os tempos.

Bart Simpson – personagem de desenho, escolhido entre as 100 maiores personalidade do século.

Bill Gates – O homem mais rico do mundo. Dono de uma das maiores empresas de informática do planeta “Microsoft”.

Neil Armstrong – Astronauta norte-americano, o primeiro homem a pisar na Lua.

Isaac Newton – Matemático e físico inglês, um dos maiores célebres sábios de todos os tempos.

Billy the Kid (William Bonney), David Rockefeller (banqueiro), Dwight F. Davis (criador da Copa Davis, no tenis), Jack o Estripador, Joana D’arc (Heroína francesa), Matt Groening (cartunista criados dos Simpsons), Ramses II (Faraó Egípcio).

CRENÇAS E SUPERSTIÇÕES:

As roupas de homens e mulheres são abotoados de lados contrários. Segundo Fincher (1977), o costume veio do período Vitoriano, quando uma mulher nobre era usualmente vestida por sua empregada, e pelo fato das empregadas serem geralmente destras, era mais fácil para elas, abotoarem da esquerda para direita. Ao contrário, um nobre senhor usualmente se vestiam sozinhos e não precisavam de ajuda para fechar os botões.

As alianças de casamento são usadas no terceiro dedo da mão esquerda. No início, os egípcios acreditava que a Vena amoris (veia do amor) ia do terceiro dedo da mão esquerda para o coração e por isso colocavam o anel de casamento neste dedo que proveria uma relação mais próxima com o coração da pessoa.

Chineses e europeus acreditam que se alguma pálpebra esquerda for arrancada algo muito ruim acontecerá, e algo bom irá acontecer quando alguém arrancar uma pálpebra direita.

Os irlandeses acreditam que quando você está numa viagem e vê três pega ou pica-pica (uma espécie de corvo) na sua esquerda, você estará com azar. Dois pegas na sua direita, porém, significa sorte. Você terá um ano inteiro de sorte quando você ouvir um cuco na sua direita.

Se sua palma direita coçar, você ira receber algum dinheiro; se sua palma esquerda coçar, você perderá dinheiro. Esta superstição pode ser encontrada na Europa, América, algumas partes da África, e entre alguns ciganos.

Quando você entrar numa casa da Escócia e pisar primeiro com o pé esquerdo você estará trazendo demônio ou mal azar para dentro de casa. Esta é o famoso costume “primeiro passo” que pode ser encontrado na Europa.

Esquimós acreditam que todos os canhotos sejam poderosos feiticeiros.

Em Marrocos canhotos são considerados como demônios ou pessoas malvadas.

No passado (talvez isto continue se manifestando nos dias atuais), todos judaicos tinham que estar longe de algum dos “cem defeitos físicos” listados por Maimonides. Inclui-se na lista cegos, mancos, anões, etc… e canhotos.

No budismo, Buda descreve que o caminho para o Nirvana (o estado de purificação e salvação) se divide em duas partes. Um é o caminho da mão esquerda que é o jeito errado de se viver, e que as pessoas deveriam evitar e seguir o caminho da mão direita porque este é o caminho digno para a purificação da alma.

Nos países islâmicos e na Índia, as pessoas são proibidas de comer com sua mão canhota porque isto é considerado sujo – literalmente. As pessoas destes países certa vez já usaram a mão esquerda para limpar o corpo, de maneira incorreta, depois de defecarem, uma vez que o papel higiênico é uma invenção recente. Esta restrição é um jeito fácil de se destinguir a mão suja da mão com que se deve comer (eles usam a mão para comer) para propostas higiênica.

No Irã, os ladrões capturados têm suas mão direitas decepadas como punição. O motivo é simples: sem a mão direita, o ladrão precisa usar a esquerda. Usar a mão

esquerda, no Irã, é considerada uma atitude desonrosa. Essa mão é usada apenas para fazer higiene anal.

O preconceito destro está em todos os lugares como superstição e herança de costume: fazer o sinal da cruz com a mão direita, entrar em casa no Ano Novo com o pé direito, quando alguém está infeliz dizemos que ele acordou com o pé esquerdo.

CONCLUSÃO:

Uma criança, a partir dos seis anos, tem definido o lado mais desenvolvido do cérebro, então, ela poderá escolher a mão, pé e olho que irá usar com mais frequência; não deve ser corrigida.

Os professores, principalmente os pedagogos, devem estar atentos à postura dessas crianças. Um pedagogo mal preparado poderá levar a criança a adquirir maus hábitos.

Os pais devem deixar as crendices e superstições de lado e observar que se seu filho não se tornar um gênio, como esses acima citados, certamente já tem a personalidade igual, ou superior à deles.

Com o tempo, a criança desenvolverá suas habilidades com as mão direita, usando-a somente em caso de última necessidade.

Fonte: Wikipedia

By: Jânio

outubro 17, 2010 Posted by | Ciências | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 55 Comentários

O que a morte pode nos ensinar.

experiência pós morte

experiência pós morte

A morte é o elemento mais próximo da vida, depois do nascimento.

Enquanto todos evitam falar da morte, em suas infâncias, ela sempre se faz presente, sempre esta ali, convivemos com a morte o tempo todo.

Estamos sempre perdendo algum ente querido, morrem os avós paternos, depois perdemos algum tio ou tia, avô e avó maternos, mas nada é tão traumático quanto perder um irmão(a), Primo(a) ou algum amigo(a) próximo, alguém com quem se convive diariamente.

A morte sempre esta intimamente ligada a vida, como diz o ditado: “Para se morrer basta que se esteja vivo”.

A morte passa diante de nós o tempo todo, o risco de morte é muito maior do que se pensa.

Há casos de mortes tão misteriosos que por mais que se analise, não se chega a nenhuma conclusão. Veja bem que não incluímos, aqui, as mortes matadas e ligadas à conspirações, mesmo quando vem a tona, e sempre vem, investigação dá muito trabalho, por isso as autoridades preferem arquivar.

Essa vida conturbada deixa  as pessoas meio céticas em relação a tudo que se fala. Todos acabam ficando meio ateus, zumbis ou mortos vivos, onde não há mais ideologias nem crença, os meios não importa aos fins. Tudo passa a ser movido por interesses, onde o humor negro sempre se faz presente.

Faz-se constantemente piadas a respeito de Deus, do céu e do inferno, apresentando um estilo supostamente independente em relação a tudo.

A postura de ateu, diante da vida, quando começa a incomodar a todos, atinge, de fato, o seu objetivo de rebeldia, mas algumas pessoas são teimosas, principalmente os mais jovens, eles não dão o braço a torcer.

É aí que começam as chantagens, se você não acreditar em Papai Noel, não ganha presente. A criança passa a acreditar, só pelos presentes, no fundo ela continua  não acreditando em nada.

Depois dos quatro ou cinco anos a descrença começa a incomodar ainda mais, a  sociedade, a descrença passa a ser um perigo ás instituições religiosas, a conclusão a que se chega, é a de que esta na hora da criança a aprender a rezar, mas como fazer isso, depois de uma vida inteira renegada ao esquecimento, a crença não se impõe, é preciso se dar o exemplo, quantas pessoas poderiam se dar ao luxo de dar o exemplo.

A partir do momento em que as crenças são impostas as pessoas, como mais uma matéria de escola, a religião passa a ser uma coisa chata que os jovens fogem, a religião é cheia de protocolos, tudo o que estas pessoas estão querendo escapar.

A vida continua assim, até que um grande choque, provocado pelo desequilíbrio abrupto de seu modo de vida, coloca a pessoa a mercê do destino. Pela primeira vez a pessoa sente uma força maior que a controla, neste momento, os conselhos de seus pais começam a fazer sentido.

Entre todos os choques, há vários fatores que comprometem a estabilidade de uma pessoa, a morte, com certeza, é o mais forte.

Após o choque, leva-se um tempo até que a pessoa possa aceitar a vida como ela era, durante algum tempo a pessoa se vê dentro de um dilema, mudar ou não seu modo de vida.

A morte pode deixar traumas em uma pessoa, mas varia de uma pessoa para outra, varia também dependendo da intensidade, onde todos os sentidos vitais do ser humano são acionados ao mesmo tempo, criando uma energia de corpo e alma as quais o indivíduo não esta acostumado a sentir.

A partir deste momento, a pessoa passa a ter uma relação muito forte em relação a morte, pela primeira vez tem-se a sensação que a jornada do destino está completa: o nascimento, a vida e a morte.

Este é um trauma difícil de superar, após a morte, tem-se a sensação que esta na hora de zerar tudo, começar tudo de novo. Tudo o que se vivera até ali, soa como falso, é como se todo o mundo fosse uma grande farsa.

Ao redor as pessoas parecem controladas por uma força invisível e misteriosa que as cega, levando-as a contrariar a lógica das coisas, fazendo tudo errado.

Leva-se um tempo, mas o trauma passa, fugindo das lembranças do trauma de viver próximo do fim, o indivíduo é impelido a se adaptar, novamente, a sociedade, as vezes, até com a ajuda de profissionais especializados em transtornos mentais.

É preciso voltar ao mundo, pior do que isso, é preciso se adaptar a ele, cometendo os mesmos erros, se não todos, a maioria, sujeitando se as leis, éticas e etiquetas, provenientes dos bons costumes e moral.

A pessoa nasce de novo, começa a aprender como viver a vida, num ritmo menos acelerado, procurando fugir, ao máximo, das armadilhas que o destino lhe oferece.

A partir daí, sua vida passa  a seguir um outro propósito, ficando totalmente reprogramada, passando a obedecer aos comandos de sua própria consciência, de maneira muito mais sensível. Basta um assalto a mão armada, e o que para muitos pode parecer uma coisa normal, vira um alarme, avisando que sua vida pede socorro. Acostumar-se novamente a esta sensação pode ser um perigo, o de perder novamente o sentido diante da vida, passando a não se importar com nada, como se a vida não fizesse sentido, não tivesse a menor importância.

A sensação de que se está fazendo tudo errado, quer dizer também que o que a burguesia  impõe, como certo, esta tudo errado. Na hora da morte, a primeira sensação que se perde é o próprio medo da morte, o medo vai até o momento em que ha a sensação de que não ha mais nada a se fazer.

Depois de algum tempo, além da certeza de que está tudo errado, os valores são diferente do que se supõe, os tabus são coisa de criança, resta a certeza de que nada muda porque somos muito fracos.

Seria preciso que todos passassem pela experiência da morte ao mesmo tempo, para que houvesse uma mudança no mundo. Só durante uma catástrofe coletiva, o ser humano pode confiar, ser solidário, cooperar, e ver o mundo como uma nave, onde todos somos passageiros.

Hoje todos acreditam em Deus, mas, como outrora, é como se todos fossem ateus, suas crenças não fazem muita diferença diante dos fatos da vida, onde deveriam seguir suas consciências.

Todos estão atrás de dinheiro fácil, fazem qualquer coisa por ele, até matar, se for preciso, alguns não matam, seguindo as leis dos homens, mas desejam a morte da outra, ou mandam matar.

As pessoas sonham, olhando para as que ganham mais, se esquecem que há outras que ganham menos.

A pior classe continua sendo a do político, que rouba o essencial para a vida. Enquanto ele rouba, outros passam de fome, falta de médicos, falta de educação e dignidade.

O mais importante, hoje, é conviver o mais harmoniosamente possível, diante das leis dos homens, esta é mais preocupante, as leis divinas, ao que parece, só começarão a fazer efeito depois da morte mesmo.

Roubar de quem não pode se defender, não tem nenhuma forma de defesa, é uma covardia.

A covardia é coisa de animal, talvez pior, não é própria do ser humano.

A covardia é um pecado do qual dificilmente haverá perdão, porque a alma é fraca, o problema não esta na fraqueza da carne, todos somos, mas a fraqueza da alma, para essa não há remédio.

Não é minha intensão, aqui, julgar os políticos, mas se você tem parente político, abra seus olhos, diga a ele que se tem o rabo preso, abandone enquanto é tempo. É certo que a política é a melhor forma de ganhar dinheiro fácil, mas quando se conhece a morte, nota-se que o caminho para o inferno é o mais curto.

julho 14, 2009 Posted by | Reflexões | , , , | 6 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: