Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A verdade sobre o PMDB

novembro 23, 2016 Posted by | Política | , | Deixe um comentário

A verdade sobre a operação lava a jato

novembro 23, 2016 Posted by | Política | , , , | Deixe um comentário

Realidade além da vida real

imagem em 4D

Realidade Virtual

Realidade no cinema

Assistindo o filme Vice e resolvi fazer uma releitura de um dos meus temas favoritos, percepção. Isso aconteceu porque eu fiquei refletindo sobre a violência explicita mostrada e criticada pelo filme. Eu fiquei imaginando se no lugar dos robôs, vítimas da violência, estivessem clones.

Aqueles robôs eram cópias perfeitas dos seres humanos, mesmo assim eram apresentados como robôs e fica muito mais fácil usar a violência em se tratando de robôs.

Robôs perfeitos assim são considerados ficção de um tempo muito distante, longe da realidade. Entretanto, serve muito bem para testar o grau de tolerância da sociedade em relação aos clones, manipulação genética. A manipulação genética seria, nesse caso, uma mensagem subliminar do filme. Vários filmes tem apresentado críticas sociais em forma de ficção, alguns exemplos são: Maze Runner – Correr ou morrer, Given – O doador de memórias, Before I go to sleep – Antes de dormir, Visões de um crime, Mindscape – Regressão, e o mais comentado de todos, A origem.

Todos esses filmes não deixam nada a dever aos clássicos, Matrix, Vanila Sky ou Terceiro Olho. Tudo isso era visto apenas como A hora do Pesadelo, mas tem se tornado bem mais crítico atualmente. A crítica até que é construtiva, já a manipulação está inevitavelmente relacionada aos meios de comunicação.

Realidades dos meios de comunicação

Durante muitos anos, séculos, milênios, enfim, desde que o ser humano passou a pensar de maneira mais complexa e a própria natureza se tornou mais complexa, o ser humano passou a valorizar mais a liberdade, ironicamente, quanto mais valor dava a sua liberdade, mais preso se tornava de sua dependência social. Assim, as pessoas estão sempre dependentes das instituições ao seu redor, poucas pessoas escapam a esse controle.

Quando os meios de comunicação se tornaram menos confiáveis, fez-se necessário que novos mecanismos fossem criados para que o controle fosse restabelecido. Antes, as notícias eram veiculadas por interesses, sem nenhuma opinião agregada, agora é preciso realismo e violência explícita.

Os realities shows tem surgido com essa finalidade, suprir as mentiras e manipulações que as novelas e noticiários não conseguem.

Muitas pessoas assistem a esses programas sem a menor noção do que está acontecendo. O filme 1984 criou o Big Brother e não há muito charme nessa idéias. A NASA criou um experimento científico para simular o que aconteceria com as pessoas presas e limitadas fora da Terra. Filmes como Admirável Mundo Novo até tentaram mostrar os perigos de uma sociedade controlada, manipulada, alienada, mas o destino demonstraria que as novas tecnologias tornariam isso muito mais perigoso para a sociedade.

Realidades mentais

A manipulação e o controle do ser humano, privando-o de sua liberdade, fez com que surgissem milhares de distúrbios mentais, alguns considerados normais pela sociedade, enquanto outros são considerados doença.

Isso tem acontecido porque nem todas as pessoas tem a natureza propícia ao controle, em algumas pessoas a mente reage a falta de liberdade e a manipulação, surgindo assim os distúrbios mentais.

A mente pode até criar realidades subconsciente ou semiconscientes. No caso da realidade semiconsciente, surgem os sonhos lúcidos que são realidades quase reais mas com um potencial ilimitado, além de ser controlado e interativo em relação a mente, já no caso da realidade subconsciente isso pode ficar restrito aos sonhos e pesadelos, mas também pode se tornar um problema real, afetando a personalidade do indivíduo, causando transtornos mentais.

É muito difícil dizer quem é louco ou quem é normal. A boa notícia é que a maioria das pessoas não perde o controle da própria mente, diante do controle exercido pela minoria opressora, a má notícia é que todos somos doentes mentais em menor grau.

Realidades tecnológicas

As novas tecnologias seguem as novas tendências e a demanda promove a busca de novos dispositivos para demonstrar a realidade ou a ficção, dependendo da área em que são aplicados. Quanto mais a nossa vida se torna tecnológica, maior a demanda pelo controle dessas tecnologias ou pela resolução dos problemas causados por elas.

Eu sempre via as possibilidades da tecnologia 4D quando o mundo ainda procurava desenvolver a tecnologia 3D, hoje, a tecnologia 4D já é uma realidade, mais que isso, abriu de vez a nossa visão para os limites entre a física real e a física filosófica ou, melhor dizendo, teoria das cordas, o portal para o multiverso.

Essas novas tecnologias abrem um leque de novas possibilidades, por exemplo, na ficção já surgem as memórias em hologramas, imagens em 3D, o que impossibilitaria a diferenciação entre os fantasmas e as memórias gravadas, isso para quem tem essa percepção, naturalmente. A tecnologia em 3d apresenta a possibilidade da transformação de todo o interior de uma casa em ambiente virtual e interativo, transformando essa casa num gigantesco dispositivo de realidade virtual.

Realidade virtual real

O computador possibilitou a interação entre vários recursos de comunicação e entretenimento: biblioteca, educação, vendas, correio, rádio, imprensa, tv, cinema, diário, manifestação ideológica, discussão, notícia em tempo real, atendimento personalizado, relacionamento, denúncia, etc., surgindo daí conceitos como multimídia e internet e realidade virtual.

A internet despertou o sentimento de individualidade de cada pessoa, mas demorou muito até que os poderosos descobrissem que isso seria uma ameaça ao poder elitizado e a verdade única, indiscutível, o fim dos argumentos preconceituados.

Através da internet a esquerda ganhou força, fortalecendo ainda mais o sistema bipartidário, o que não é bom, apesar de ser melhor que apenas a direita no poder. Por outro lado, a educação ganhou muito com isso, a quantidade de informação é tão grande que é preciso aprender a ver o que realmente deve ser visto. Contrariando o pensamento elitista de exclusão digital dos semi-analfabetos, a internet possibilita a  inclusão de imagens, e algumas valem por milhões de palavras, uma verdadeira revolução no universo da comunicação.

By Jânio

Primeiro protesto holográfico da história

Quase real

Cientistas querem provar o multiverso

Imagens em 4D

Sonhos lúcidos

Ciência social insensível

abril 17, 2015 Posted by | Ciências, Reflexões | , , , , , | 1 Comentário

Como vencer a morte ou salvar o planeta

além da morte

Paradoxo da Vida

Como já falamos há algum tempo, o Planeta Terra não precisa que o homem o salve, o homem é o verdadeiro problema.

Até agora, o planeta apenas emitiu avisos,  para que parem de poluir, desmatar, interferir nas forças naturais do Universo. O homem só sentirá a força do planeta, quando já for tarde demais.

Quando os primeiros maremotos devastarem o primeiro continente, grandes capitalistas farão sua última aposta, sua última especulação financeira. Eles apostarão que o planeta sobreviverá, como sempre, estarão certos, mas eles não sobreviverão.

Ao longo dos tempos, o homem encontrou formas de vencer a morte, essa, sem dúvida é uma de suas maiores realizações, seu maior pecado também.

Acreditar na imortalidade da alma, trouxe paz aos homens, mas, para alguns ambiciosos, possibilitou que eles cometessem excessos constantemente. 

Podemos citar algumas  formas de vencer a morte e acabar de vez com o medo de morrer.

RELIGIÃO – Não se tem registro de quando surgiram as primeiras religiões, mas, considerando-se como a tecnologia evoluía lentamente no mundo antigo, isso quando toda uma civilização não era destruída, eliminando vestígios de sua cultura e tecnologia, deve ter sido há muito tempo.

Através dos primeiros registros, entre 1.500 e 3.500 antes de Cristo, já verificamos que a história ia muito além dessa época, e que as principais bases da sociedade já estavam consolidadas havia muito tempo.

O chamado Berço da Civilização, o poderoso Império Romano, já sentia a falta dessa história, dessa tradição. Para expandir o seu império, Roma precisava não só destruir todas as culturas existentes no mundo, como criar a sua própria história, tradição e cultura.

Observando os registros da história, notamos que a Grécia só foi poupada devido ao fato de Roma necessitar dela para adquirir seus próprios conhecimentos. Foi através dos pensadores Gregos que Roma fundou as bases para estruturar o seu império, bases que até hoje, mais de dois mil anos depois, ainda são respeitados e admirados pelos grandes estadistas sonhadores.

Em todos os governos modernos, há vestígio das idéias de Roma, que na verdade eram gregas, mas foram adotadas pelo império.

Pesquisas minuciosas tem revelado que os chamados povos bárbaros, na realidade não eram tão bárbaros assim, os romanos eram os verdadeiros bárbaros, destruindo tudo por onde passavam. Eles sabiam do poder de sua organização, mas faltava a cultura, a tradição, a religião presente nessas culturas.

Pelas suas crenças e fé, esses povos não temiam a morte, nem viam as riquezas materiais acima do lado espiritual.

Resumindo: César não era mais temido que a força do trovão, nem adorado mais que o brilho do sol ou o misticismo das estrelas. Boa parte das ciências ocultas, astrologia, astronomia e outros conhecimentos, ainda estão ligados a esses elementos.

A religião judaica foi responsável pelo nascimento de outras duas grandes religiões, duas irmãs que nunca se entenderam, o cristianismo e o islamismo. Foi na época em que esteve no Egito que o povo judeu viu a necessidade de registrar a sua história.

Esse evento foi tão importante, que os dez mandamentos passaram a ser protegidos como o que havia de mais sagrado. Através de sua religião, os hebreus eram imortais, acreditavam na imortalidade da alma.

Várias outras religiões tem a sua forma de vida espiritual, com um elemento em comum, a imortalidade. O Hinduísmo, Islamismo, Cristianismo, Espiritismo, cada uma delas crê na importância da imortalidade do espírito.

CIÊNCIA – Os cientistas nunca ficaram muito satisfeitos com a verdade da religião, precisavam de sua própria verdade. Foi com a ajuda de Darwin que criaram a sua versão da história do homem, mas foi com a física e homens como Albert Einstein que finalmente eles venceram a morte, tornando-se imortais.

Segundo Einstein, a morte é apenas uma ilusão, visto de uma galáxia muito distante, nós nem nascemos ainda. O nascimento, vida e morte, seriam apenas elementos aprisionados no tempo e no espaço.

FILOSOFIA – Recentemente minhas preces foram ouvidas, eu que nunca gostei de cálculos matemáticos, sempre fui completamente leigo em física, descobri que a física finalmente encontrou o seu limite.  Depois de se unir a astronomia, a física expandiu tanto que já não consegue provar suas próprias teorias, passando para o ramo da filosofia, como é o caso da teoria das cordas.

Segundo a teoria das cordas, o Universo possui várias dimensões alternativas, onde nós fazemos parte de uma delas. Por essa teoria, haveriam várias realidades alternativas, num Universo amplo de possibilidades.

Eu não fiquei muito satisfeito em fazer parte de um filme, como na teoria de Einstein, mas na filosofia, eu vi a possibilidade de estudar um pouco de filosofia, eu quero dizer, física. Além da possibilidade de o homem voltar as suas raízes, onde era mais inteligente, mais humilde e fazia menos bobagens.

CONCLUSÃO: Com o intuito de ser imortal, o homem vem acelerando o processo do desenvolvimento do conhecimento, o problema é que, nessa corrida contra o tempo, ele se esquece que tudo tem hora certa para acontecer.

Os maiores cientistas do mundo, entre eles Einstein, foram os responsáveis pela criação da bomba atômica.

Recentemente, alguns cientistas loucos tiveram a ideia estúpida de simular o buraco negro. Eu sempre achei que a estupidez da criação da bomba atômica nunca pudesse ser superada, eu estava errado, felizmente, eles fracassaram, fomos salvos pela sua própria estupidez.

O grande problema que enfrentamos agora é o ego de cientistas malucos, cientistas que querem provar a todo custo suas teorias, mesmo que isso cause o fim de nossos tempos.

by Jânio

setembro 7, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , , | 7 Comentários

O dom da palavra

palavras de jesus

Dentre os dons que a Natureza concedeu ao homem, o de falar, é uma verdadeira dádiva dos céus!

Quando o ser humano perceber o real valor da palavra, há de ter mais cuidado com o que diz.

“A mente concebe, assimila, Projeta; a palavra exalta, comanda e executa.”

As palavras amáveis, de amor, carinho, bondade, ternura, contentamento, expandem e estimulam as células de nosso corpo; e a vitalidade cósmica jorra em nós com pujança e liberdade; trazendo-nos saúde, vigor, energia, cercando nossa vida de sucesso, alegria e coisas agradáveis.

No entanto, as palavras ásperas, de crítica, ódio, calúnia, maldade, conversações obscenas, contraem as células e glândulas sensíveis; restringem e prejudicam as funções normais do organismos; afetam o desenvolvimento espiritual, criando um destino de enfermidades, fracassos, frustrações e coisas desagradáveis…

Não foi sem razão que os profetas e os mestres deixaram advertências como estas:

Seja, porém, a tua palavra: sim, sim; não, não.”

Texto atribuído a Jesus.

novembro 22, 2009 Posted by | Mensagens | , , , , , , , | 10 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: