Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Las muchas vidas del bitcóin

Publicado em 27 de mai de 2017

En este episodio de Keiser Report, Max y Stacy hablan de si los progresistas deberían respaldar la producción armamentística como forma de crear empleo. En la segunda parte Max entrevista a Craig Hemke, de TFMetalsReport.com, sobre cómo el bitcóin está apeando al oro de su pedestal.

¡Suscríbete a RT en español!
http://www.youtube.com/user/Actualida…

RT en Twitter: https://twitter.com/ActualidadRT
RT en Facebook: https://www.facebook.com/ActualidadRT
RT en Google+: https://plus.google.com/+RTenEspanol/…
RT en Vkontakte: http://vk.com/actualidadrt

Vea nuestra señal en vivo: http://actualidad.rt.com/en_vivo

RT EN ESPAÑOL: DESDE RUSIA CON INFORMACIÓN

maio 28, 2017 Posted by | Espanhol | , | Deixe um comentário

Yahoo compra a Tumblr

maior negócio do ano

Compra bilionária

O negócio mais importante do ano de 2.013 na área de internet, surpreendeu muita gente, mas não quem acompanhava as negociações entre os executivos da Yahoo e da Tumblr.

Em primeiro lugar, vamos relembrar um pouco do que são ou representam essa duas empresas para a internet.

A Yahoo foi durante muito tempo, a única marca capaz de incomodar a gigante Google. Enquanto a Google adotava a estratégia de oferecer serviços grátis para consumidores, com o objetivo de aumentar a sua popularidade e atrair investidores da bolsa, a Yahoo era bem menos ousada.

A Yahoo perdeu mercado justamente por fazer os negócios errados, enquanto a Google mantinha a liderança.

Quando surgiu a febre do Orkut, a Google comprou essa Rede Social e pagou caro para não perder o controle que já tinha com seu famoso buscador Google. Aconteceu a mesma coisa com o Blogspot e com o Youtube.

A primeira ferramenta que a Google perdeu a chance de comprar, foi a Twitter. Enquanto isso a Facebook manteve o crescimento sustentável e criou um universo tão grande quanto todas as ferramentas Google juntas.

É muito difícil vencer uma concorrência com a Google, já que a Google consegue formar uma parceria de conteúdo com os próprios usuários, através do blogspot, e está conseguindo adaptar o Youtube nessa direção, tornando os vlogs tão populares quanto os blogs.

A Yahoo que não conseguia acompanhar a dinâmica da Google, viu um novo adversário ainda mais forte surgir, a Facebook. A Facebook é muito forte por estar reunindo muitas ferramentas em seu portal, já é um site que não depende tanto do buscador google para existir.

O primeiro site a desafiar o buscador Google foi justamente o Orkut, que era fechado e não era rastreado pelos buscadores.

Especula-se que a Yahoo ainda não saiba o que fará para rentabilizar a plataforma que já tem mais de cem milhões de blogs, entretanto, ninguém paga 1,1 bilhão de dólares por um site, sem ter um bom planejamento estratégico.

A Tumblr está para o miniblog, assim como a Twitter está para o microblog. Entretanto, apesar de eu não utilizar o Tumblr, não acredito que seja difícil fazer algumas modificações, já que sua performance está entre as melhores da internet.

Assim, a Yahoo poderia acertar dois coelhos, conseguindo aumentar o seu mercado de usuários jovens na internet e, ao mesmo tempo, aumentar o lucro, afinal, se até o Youtube encontrou um jeito de faturar, isso não será problema para o Tumblr.

A compra da Tumblr conseguiu superar o valor que a Facebook pagou pelo Instagram, melhor, a Yahoo nunca acertou numa aquisição, como desta vez, mesmo pagando caro por isso, mostrando que o grupo está mais forte que nunca, e mais, disposto a brigar com os grandes portais pelo mercado na web.

By Jânio

Top dez plataformas para criar blogs

Como surgiu o blog

Ferramentas blogueiras

maio 29, 2013 Posted by | blogosfera | , , , | Deixe um comentário

Arte da cópia

Janela Indiscreta

Filme Suspeito

O brasileiro, de um modo geral, ainda não assimilou muito bem o pensamento como conceito de trabalho, a negação desse conceito, que não é valorizado em cidades pequenas, exceto por interesses, tornou as pessoas menos criativas.

Pessoas pouco criativas não tem iniciativas, não ajudam a formar a opinião pública e tendem a seguir a primeira ideia que lhe são fornecidas. É assim que surgem religiões, ideologias, sistemas políticos e movimentos das mais variadas espécies.

Nas escolas, a falta de criatividade é combatida na medida do possível, com as ferramentas disponíveis.

Redação é uma matéria que exige muita criatividade, por isso é a preferida pelos alunos que gostam de letras, mas nem tanto pelos alunos que dominam as ciências exatas.

Depois de muita insistência para que os alunos escrevessem, sem resultados, uma professora optou por uma técnica, como incentivo. Apresentava textos prontos, de autores conhecidos, para que os alunos escrevessem a partir dele.

No início, os alunos só apresentavam cópias, logo passaram a criar plágios, com partes de escritas autorais, mais tarde aprenderam a desenvolver o senso crítico e tomaram gosto pela escrita.

Eu fiquei surpreso, ao assistir a um documentário sobre o grande clássico “Era Uma Vez no Oeste”. Nesse documentário, o autor mostrava cenas em que Sérgio Leone havia se inspirado em Diretores clássicos, com sequências inteiras, sem perder o estilo e nem afetar o resultado final da história.

Brian de Palma foi um dos diretores mais criticados da história do cinema de Hollywood, devido a sua insistência em se inspirar em Alfred hitchicock. Apesar disso, inteligentemente, ele variava muito o seu trabalho.

Não dá para dizer que “Carrie – A Estranha” tenha sido cópia de algum outro filme, pelo menos que eu me lembre, já no caso de “Dublê de Corpo”, fica claro sua inspiração em “Uma Janela Indiscreta”, “O Homem Errado”, entre outros do mestre do suspense.

Felizmente, apesar da semelhança das cenas, músicas, em filmes como “Vestida Para Matar”, o estilo de Brian de Palma era outro, assim, ele pode provar o seu talento em filmes com: “Os Intocáveis” (gangsters), “Um Tiro na Noite” (suspense), “Scarface” e “A Fúria” que mostrava o seu talento para o tema fantástico, paranormalidade.

Eu assisti um filme muito interessante de um pintor iniciante que ganhava a vida fazendo cópias. Apesar de sua tradição familiar, ligado à pintura, ele não gostava da ideia de morrer pobre e criava cópias exatas de Rembrandt.

Depois da morte do pai e de ser confundido como ladrão de pinturas famosas, já que suas cópias eram parecidas demais, voltou a seguir a tradição da família.

A divulgação do manifesto do terrorista extremista de direita, se é que isso existe, na Noruega, tornaram famosos partes copiadas de ideologias políticas dos mais variados tipos, deixando claro que o norueguês estava em busca de fama. Ele também provou o perigo da fragilidade da segurança daquele país.

Todos nós copiamos, de certo modo, até na hora de rezar, ao repetir as orações.

Quando eu ia na igreja, a atenção que eu tinha com as palavras dessas orações, deixavam-me totalmente relaxado. Talvez por estar dentro de uma igreja e não pensar em outra coisa, senão na religião, davam a minha mente um descanso que eu não tinha nem quando estava dormindo.

A oração pronta propicia descanso mental aos fiéis, desde que não hajam dúvidas ou conflitos a respeito do assunto que o fiel rezou.

Quando eu vejo um filme de Charles Chaplin, vejo como ele é copiado até hoje e chego a pensar se ele foi totalmente original em sua época, só de uma coisa eu não duvido nunca, de sua habilidade e talento.

Pessoas iguais

By Jânio

agosto 24, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , | 7 Comentários

Top ferramentas para Twitter

Melhor do Twitter

Ferramentas da Twitter

Friend ou follow – Ferramenta para gerenciamento de contas, para saber quem está seguindo, ou não está seguindo também.

http://friendorfollow.com/

TinyUrl –  Esse também é um ótimo redirecionador, otimiza o espaço na Twitter, apresentando um detalhe importante: Quando se redireciona uma notícia,  com o TinyUrl, pode-se escolher um título dentro da url, isso otimiza a própria url redirecionada.

http://tinyurl.com/

TweetValue – Como tantas outras ferramentas da Twitter que só prestigiam as celebridades, essa tem o objetivo de avaliar quanto está valendo o seu perfil nessa rede. A força da influência que o seu perfil representa. Só é útil para quem usa muito essa rede, ou tem muitos amigos por lá.

http://tweetvalue.com/

Desde o aparecimento da Twitter, a real importância da Google foi confrontada pela primeira vez. Pela primeira vez na história do software, a Google reconheceu a superioridade de outra empresa, na performance de um software, fato que a Microsoft sofreu para admitir diante da Google, algum tempo atrás.

Com tanta importância, a Twitter virou uma fogueira de vaidades, começando a limitar a quantidade de mensagens no banco de dados, relativos a cada perfil, como foi o controle de spam; na realidade o próprio conceito de “spam” sofreu uma forte transformação.

Se a Google já tinha nos backlinks a medida exata da importância dos internautas, a Twitter ganhou o seu próprio medidor, os backtweets.

 

Topsy – Seguindo a mesma linha  backtweets, a Topsy apresenta uma vantagem de manter mais dados, durante mais tempo, em seu sistema, apresentando opções de dia, semana, mês, etc.

É sem dúvida uma boa maneira de avaliar um bom formador de opinião, não aquele que envia a mensagem, mas aqueles que reenviam essas matérias, aqueles que reuniriam melhor conteúdo em seus perfis, além de criarem uma certa identificação com o seu blog.

http://topsy.com/site/icommercepage.wordpress.com

Há muitas outras ferramentas, inclusive brasileiras, ou ferramentas de busca, baseados em dados da Twitter, infelizmente não consegui observar grandes vantagens nelas.

As ferramentas pagas, como a Ubervu, ou outras que oferecem várias utilidades agregadas, serão tratadas oportunamente em outros temas.

By Jânio

agosto 20, 2010 Posted by | twitter | , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Estratégias para gerar tráfego

Buscando parceiros

Rede de Amigos

A primeira vez que eu vi um indexador de notícias, eu fiquei imaginando no objetivo de um indexador, sob o ponto de vista do administrador dessa ferramenta.

Um indexador representa um processo oposto às atividades de um blogueiro, ou seja, indicar conteúdo de outros sites. O indexador faz divulgação gratuita de textos que se encontram na blogosfera afora.

Esse conceito de web 2.0 me pareceu estranho, afinal, um indexador não apresenta conteúdo, ele indica, mostrando apenas um pequeno resumo.

Falando em resumo, aqui verificamos o primeiro problema, alguns blogueiros sequer fazem resumos, pior, alguns criam verdadeiros hypes, na tentativa de seduzir o leitor.

Felizmente, em indexadores com mais tempo de estrada já não apresentam esse tipo de usuário.

Podemos fazer uso de técnicas hypers no título, atiçando a curiosidade do leitor, mas um resumo do que o leitor vai encontrar, ameniza o descontentamento com o texto. O resumo é, e deve, ser uma amostra da qualidade e do conteúdo do texto indicado.

Os primeiros indexadores de textos eram criteriosos, exigiam até vinte e cinco linhas no resumo da indicação, o que logo se mostrou inviável. Alguns indexadores ainda  exigem um número mínimo de linhas nesse resumo.

Cada indexador tem um perfil diferente, alguns já descobriram as vantagens de se agregar ferramentas de rede social, o que aumenta sua popularidade, além de apresentar maior transparência do perfil de seus autores.

Nem precisa dizer que aqui começamos a notar as vantagens de um bom indexador, não é mesmo?

Quando acessamos a página inicial de um indexador, temos a visualização das notícias mais populares. Junto com as notícias mais populares, um outro problema, além do perfil do indexador seguir para um tipo de notícia, ou artigo, há indexadores onde os usuários combinam quem vai ficar na primeira página.

O indexador mais popular da internet, o Ocioso, seleciona as indicações de posts populares através de cliques, ou visitas ao site; o Dihitt, o indexador que reúne os usuários mais interativos da internet, seleciona por votos. Uma grande vantagem do dihitt é mostrar as últimas notícias, o que alguns outros indexadores, inteligentemente, também fazem.

A vantagem de combinar indexação com rede social, é muito interessante, mas oferece o risco de problemas na manutenção e ataque de crackers, já que quanto maior a quantidade de ferramentas para entrada de dados, maior o risco de invasão.

Pode-se indicar notícias em massa no Dihitt, o mesmo acontece com as mensagens, uma espécie de correio eletrônico interno. Essas facilidades fazem a alegria dos blogueiros que querem divulgar seus blogs, mas criam também um comportamento spammer nos usuários; curiosamente, há ferramentas para bloqueio de spam.

Tente imaginar um perfil com milhares de seguidores, agora imagine o potencial de spam – um perigo, não é mesmo?

O primeiro indexador a apresentar indicação de notícias foi o Digg. Devido a sua enorme quantidade de usuários, estabeleceu-se regras rígidas.

A ferramenta era tão simples, e eficiente, que se espalhou; até os blogs já indexam notícias.

Verificamos um problema no Dihitt, votar é muito mais fácil que clicar, isso faz com que a combinação de votos seja mais fácil.

Outro problema é que, por serem mais educados, os usuários do Dihitt aceitam o spam e são vítimas de manipulação, por parte de alguns usuários.

Se houvesse um ranking por cliques, haveria mais tráfego real aos sites, além de se criar uma nova medida de qualidade das notícias.

Outra mania que nós temos é não separar os usuários por grupos, assim corremos o risco de misturar ideologias de perfis diferentes, o que cria intrigas constantemente.

Outro comportamento que eu nunca entendi é: Porque, quando há atrito, o usuário simplesmente não deleta seu desafeto, ao invés de abandonar a rede, provocando uma grande queda de qualidade de usuários?

Hoje, eu vejo os indexadores como verdadeiros portais de notícias, onde as indicações são as manchetes, com uma grande vantagem em relação aos buscadores, seus textos podem ser bem maiores. Essa possibilidade de textos maiores, além de ferramentas rss, faz com que outros sites possam agregar o conteúdo dos principais indexadores, como o Dihitt.

Assim surgiram os buscadores, através de rss, que trazem conteúdos segmentados e bem mais abrangentes que os buscadores tradicionais.

Os gerenciadores de blogs também oferecem as ferramentas rss, para se agregar conteúdo. É assim que a Web 2.0 se espalha pela internet, com os indexadores gerenciando as atividades dos usuários, possibilitando uma melhor avaliação dos melhores autores.

Recentemente, tomei uma decisão radical. Depois de muito tempo com o meu perfil inativo, na Twitter, decidi fazer uma campanha naquela rede.

A decisão foi tomada depois que alguns leitores do made in blog/icommercepage me perguntaram porquê não estou postando as melhores notícias no twitter. A resposta é que não tenho um perfil forte por lá, não dá para empatar o pouco tempo que eu tenho, num perfil fraco.

A mesma coisa acontece na Facebook, a quantidade de vampiros daquela rede é tão grande, que desmotivam seus usuários a investirem seu tempo. Lá também é radical, A Facebook exagera nas campanhas e ferramentas, enquanto a facebook Lite inverte esse processo; recentemente recebi reclamações de usuários que migravam para a Facebook Lite, sem conseguir retornar para a versão original – é mole?

Na Orkut, eu ainda não vi solução, mas na twitter, eu encontrei finalmente uma maneira de escolher os melhores perfis para adicionar.

Através das ferramentas blogueiras, como Topsy e do Backtweets, entre outras ferramentas que mostram o potencial de perfis que mais retwitam; poderemos finalmente escapar dos chamados vampiros de rede, escolhendo os formadores de opinião, em oposição aos manipuladores dessa.

Dessa forma, espero conseguir criar um bom perfil na twitter, com valor e inteligência agregados.

Só completanto: No início as redes sociais eram totalmente contra o envio de notícias que fossem só do próprio site, podemos verificar que é impossível que se indique mais de uma notícia ao dia, o resultado nunca será o mesmo, nem de acessos, nem de votos. O Ocioso nem aceita mais de uma notícia ao dia, isso evita que a rede seja usada por spammers.

By Jânio

agosto 3, 2010 Posted by | Redes Sociais | , , , , , , , , , , | 17 Comentários

O dom da palavra

palavras de jesus

Dentre os dons que a Natureza concedeu ao homem, o de falar, é uma verdadeira dádiva dos céus!

Quando o ser humano perceber o real valor da palavra, há de ter mais cuidado com o que diz.

“A mente concebe, assimila, Projeta; a palavra exalta, comanda e executa.”

As palavras amáveis, de amor, carinho, bondade, ternura, contentamento, expandem e estimulam as células de nosso corpo; e a vitalidade cósmica jorra em nós com pujança e liberdade; trazendo-nos saúde, vigor, energia, cercando nossa vida de sucesso, alegria e coisas agradáveis.

No entanto, as palavras ásperas, de crítica, ódio, calúnia, maldade, conversações obscenas, contraem as células e glândulas sensíveis; restringem e prejudicam as funções normais do organismos; afetam o desenvolvimento espiritual, criando um destino de enfermidades, fracassos, frustrações e coisas desagradáveis…

Não foi sem razão que os profetas e os mestres deixaram advertências como estas:

Seja, porém, a tua palavra: sim, sim; não, não.”

Texto atribuído a Jesus.

novembro 22, 2009 Posted by | Mensagens | , , , , , , , | 10 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: