Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

O acesso a páginas bloqueadas ou apagadas é possivel

page cannot be found

Página Bloqueada

Quando uma pessoa dá os seus primeiros passos na internet, os sistemas de buscas são fundamentais para sua utilização.

Dentre todos os sites de buscas, o site que se destaca é o Google, que, ao lado do Yahoo oferece as melhores performances de buscas, além de ser o mais popular.

Para usuários iniciantes, uma busca simples já é suficiente: Digita-se uma palavra;  e clica-se em buscar, Go ou Search, para que  o processo de busca se inicie.

Com o tempo, a internet passa a fazer parte do cotidiano desses usuários, novas possibilidades surgem.

Encontrar um documento específico na internet, é um milhão de vezes mais difícil que encontrar uma agulha num palheiro, ou seja, é impossível se achar com técnicas simples.

Nesses casos, vale mais a experiência do internauta.

Buscas no Diário Oficial da União, por exemplo, é um martírio.

Se temos um texto anterior, no caso de uma lei, por exemplo, fica mais fácil.  Digitamos frase por frase, no buscador, até ele retornar algo aproveitável, a partir daí, é só filtrar pela data atual.

Pronto, encontramos a nova lei, baseado no texto da antiga lei que já tínhamos, em menos de dois ou três minutos.

Apesar de não ser familiarizado com todas as técnicas avançadas de busca – não me interesso muito por técnicas crackers, por exemplo – eu tenho o meu estilo, e aproveito todas as possibilidades de busca que eu considero úteis.

Um dos primeiros artigos que eu escrevi para internet, como não poderia deixar de ser, foi sobre buscas: “1/4 dos usuários mais inteligentes do Google, não sabem utilizar a lógica booleana.”

Muitas vezes não utilizamos a lógica booleana por pura preguiça mesmo, mas eu tenho notado que os sistemas de busca tem dificultado alguns tipos de busca avançadas, justamente para poupar/economizar nos servidores.

Além da lógica booleana, já falamos da importância das buscas avançadas:

Por data: Fundamental para que os usuários acompanhem os fatos disponíveis na internet, em tempo real. Tempo real, aliás, que recebeu a importância que merecia só depois do advento da Twitter.

Pesquisas avançadas por data, são ideais para acompanhar a política, em seus momentos cruciais, ou até a evolução desses fatos, como foi o caso da gripe influenza, caso Isabella nardoni, etc.

Pesquisas por imagens: Quando clicamos em imagens, no Google, iniciamos nossas buscas por imagens, com uma simples configuração de formato/tamanho, podemos encontrar a imagem no tamanho exato que queremos. Podemos ver o “peso” dessa imagem, em nosso bolso, observando sua resolução em kbytes, e também o tipo de arquivo: JPG, GIF, PNG, etc.

Minhas recém descobertas foram na opção “cache”, não que eu não soubesse de sua utilidade. A Polícia Federal utiliza a busca no “cache” para encontrar o que já foi apagado da internet, mas não é só para a Polícia Federal que isso tem utilidade.

Muitos usuários mais espertos, publicam determinado conteúdo, em seguida apagam, mantendo apenas no cache. Seus usuários, evidentemente, só terão acesso se conhecerem essa técnica de busca.

Quando a plataforma WordPress iniciou sua indexação de imagens, de maneira mais otimizada, notei que muitas imagens minhas foram para o topo. Cheguei a escrever um post intitulado “indexação às avessas”.

A razão, é claro, pelo fato de grande parte dos visitantes de meu blog, estarem acessando o site através da busca por imagens. Foi nessa época que eu descobri a primeira forma de acessar sites bloqueados pelos navegadores – Sabe aquela mensagem: “Seu navegador não conseguiu localizar essa página, ela pode ter sido deletada ou encontrar-se em um novo endereço.”

Apesar de acessar sites bloqueados pelos navegadores, através das imagens, algumas vezes isso não funcionava. São raros os casos, mas acontece.

Nesse caso, você pode usar o cache – É isso mesmo! – além de acessar conteúdo que já foi deletado/apagado, podemos acessar sites bloqueados, através do cache.

Eu sempre associava o cache do Google, com a memória do computador, sempre fazemos isso em programação para a internet.

A Google cria todas suas ferramentas online, baseadas em sua busca, isso barateia os custos dos servidores. Isso pode acontecer com o Google Suggest, aquele que complementa a frase buscada, ou utilizando o cache.  

Há vantagens da Google em seu cache on line, onde podemos visitar páginas apagadas ou bloquedadas, mesmo sem nunca termos visitado tal página, o que significa que não está no cache do computador.

Leia mais:

https://icommercepage.wordpress.com/2008/04/06/14-dos-usuarios-mais-inteligentes-do-google-ignoram-a-logica-booleana/

https://icommercepage.wordpress.com/2010/04/28/indexacao-de-paginas-as-avessas/

By Jânio

outubro 22, 2010 Posted by | internet | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 17 Comentários

Top ferramentas para Twitter

Melhor do Twitter

Ferramentas da Twitter

Friend ou follow – Ferramenta para gerenciamento de contas, para saber quem está seguindo, ou não está seguindo também.

http://friendorfollow.com/

TinyUrl –  Esse também é um ótimo redirecionador, otimiza o espaço na Twitter, apresentando um detalhe importante: Quando se redireciona uma notícia,  com o TinyUrl, pode-se escolher um título dentro da url, isso otimiza a própria url redirecionada.

http://tinyurl.com/

TweetValue – Como tantas outras ferramentas da Twitter que só prestigiam as celebridades, essa tem o objetivo de avaliar quanto está valendo o seu perfil nessa rede. A força da influência que o seu perfil representa. Só é útil para quem usa muito essa rede, ou tem muitos amigos por lá.

http://tweetvalue.com/

Desde o aparecimento da Twitter, a real importância da Google foi confrontada pela primeira vez. Pela primeira vez na história do software, a Google reconheceu a superioridade de outra empresa, na performance de um software, fato que a Microsoft sofreu para admitir diante da Google, algum tempo atrás.

Com tanta importância, a Twitter virou uma fogueira de vaidades, começando a limitar a quantidade de mensagens no banco de dados, relativos a cada perfil, como foi o controle de spam; na realidade o próprio conceito de “spam” sofreu uma forte transformação.

Se a Google já tinha nos backlinks a medida exata da importância dos internautas, a Twitter ganhou o seu próprio medidor, os backtweets.

 

Topsy – Seguindo a mesma linha  backtweets, a Topsy apresenta uma vantagem de manter mais dados, durante mais tempo, em seu sistema, apresentando opções de dia, semana, mês, etc.

É sem dúvida uma boa maneira de avaliar um bom formador de opinião, não aquele que envia a mensagem, mas aqueles que reenviam essas matérias, aqueles que reuniriam melhor conteúdo em seus perfis, além de criarem uma certa identificação com o seu blog.

http://topsy.com/site/icommercepage.wordpress.com

Há muitas outras ferramentas, inclusive brasileiras, ou ferramentas de busca, baseados em dados da Twitter, infelizmente não consegui observar grandes vantagens nelas.

As ferramentas pagas, como a Ubervu, ou outras que oferecem várias utilidades agregadas, serão tratadas oportunamente em outros temas.

By Jânio

agosto 20, 2010 Posted by | twitter | , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Otimização, page rank e aumento de tráfego através de diretórios de links.

sites indexadores de blogs.

sites indexadores de blogs.

Ficar cadastrando urls, pela internet afora, sempre foi muito cansativo. Os diretórios de links não são uma exceção. Mas afinal, para que servem os diretórios de links?

     Em primeiro lugar, quando os diretórios são bem construídos, não são cansativos, pelo contrário, é um prazer executar essa árdua tarefa de divulgação gratuita do site.

     Sites adaptados para a web 2.0, diretórios com votação, comentário a respeito do site, com a possibilidade de ter sua url na primeira página do diretório. Sem falar o mais importante, para muitas pessoas, sua influência no Page Rank. São motivos mais que suficiente para se justificar todos os esforços.

     Depois que descobri alguns diretórios, portugueses e brasileiros, de altíssima qualidade, mudei definitivamente meus conceitos em relação aos diretórios de links.

     Não foi fácil encontrar os diretórios portugueses, isso porque diretório, em português de Portugal, se escreve directótio. Só por causa deste c, antes do t, eu não conseguia localizar os grandes “directórios”  de links portugueses.

     Alguns directórios que merecem ser citados nessa matéria são: Celeirosences, Portugalonline, Free-vibes, Free-dir, directório.esquilo, Novo-br, Linkativo, Melhoresdaweb, Centraldoslinks, Portugal-global, Pt-mundo, Selecionar, Directóriodesites, Vincula2, Sitesquentes, além dos sistema de buscas tradicionais.

     Uma das vantagens que devemos destacar aqui, seria o tráfego qualificado, categorias e subcategorias, tudo focado em temas específicos.

     O usuário que tiver sorte de pegar um diretório em início, ou tiver votação suficiente, passando a figurar entre os topsites, na página inicial, além de ter mais visitantes, poderá melhorar seu Page Rank consideravelmente.

     Uma grande desvantagem, é que quando se cadastra em muitos diretórios, ou directórios, corre se o risco de receber spam destes sites. Alguns também exigem reciprocidade, um link deles em nosso site, por isso é preciso avaliar o site antes do cadastro.

     Encontrar diretórios é bastante simples, pois eles sempre se alternam nos sistemas de buscas, onde a concorrência é imensa. Utilizando-se a lógica booleana, podemos combinar termos para nossa busca como: diretório+sites, diretório+links, ou entre aspas “diretório de links”, “diretório de sites”, directório com ou sem a letra c, tudo entre aspas, para a busca ser mais específica.

     Nos sistemas modernos, frases completas podem nos levar a textos, artigos ou temas relacionados ao assunto como: “sites onde eu posso cadastrar minha url grátis”, “sites para divulgar meu banner gratis”, “como melhorar meu page rank”, “como atingir o topo das buscas”, sempre entre aspas.

abril 26, 2009 Posted by | divulgação gratis | , , , , , , , | 14 Comentários

1/4 dos usuários mais inteligentes (do Google) ignoram a Lógica Booleana

O criador da Lógica Booleana

O criador da Lógica Booleana

Segundo recente pesquisa, 1/4 dos usuários de internet não sabe usar o Google corretamente. Nós sabemos da importância da Empresa Google, suas grandes aquisições, grandes sites, grandes ferramentas, grande busca. Aliás o sistema de busca do Google, esse sim é o carro chefe do Google.
     Antes de falar do sistema que é o carro chefe do Google, vamos falar do matemático George Boole. Vocês podem me perguntar: “Mas o que o matemático George Boole tem a ver com o Google?” eu explico:     George Boole foi um matemático muito desacreditado, desde a sua infância, quando traduziu um texto, aos doze anos. Com a matemática, iniciada por seu pai, criou a teoria matemática das “invariantes”, sem a qual a “Teoria da relatividade”  não seria possível.
     Além de ter estudado várias línguas, na infância,  Boole se destacou na Matemática, especialmente Àlgebra, daí o nome “Lógica Booleana”.
     O Sistema “Google” de busca, assim como vários outros como: Yahoo, o segundo mais utilizado, o MSN e o Altavista, só para citar os mais conhecidos, usam esse recurso, Lógica Booleana, para busca de palavras ou expressões em um texto.
     Usando-se a Lógica Booleana, retorna-se um dos valores, verdadeiro ou falso,  não podendo ser ambos ao mesmo tempo. Matematicamente, 1 para resultado positivo e 0 para resultado negativo.
     A seguir vamos descrever os comandos mais comuns e mais utilizados nos Sistema de busca:

     AND – È usado pela maioria dos buscadores, onde digita-se: palavra1 AND palavra2 – em seguida clica-se buscar e retorna-se  sites onde há textos com as duas palavras. No Google costuma-se digitar duas palavras separadas por espaços, nem sempre o resultado é satisfatório.
     OR – Esse “comando” é usado geralmente em casos de palavras sofisticadas, que não são muito comuns, não se usam sempre, como expressões ciêntíficas por exemplo. Retornam todos os textos ou páginas com uma ou outra palavra,  Digita-se: palavra1 OR palavra2
     NOT – Funciona como um filtro, onde palavra1 é buscada sob condição de não ocorrer  a palavra2 nesta busca. ex: palavra1 NOT palavra2 NOT palavra3
     ASPAS (“”) – Usa-se para busca uma ocorrência de frase completa ou sequencias completas. Quando há uma ocorrência muito grande de resultados na busca, podemos ser seletivos, usando frases ou expressões entre aspas. Isso mostra, por exemplo, como nenhum site pode ficar emprimeiro lugar (topo das buscas) sempre. Varia de palavra para palavra. Ex: “troca de visitas”, “blog de divulgação”, “site de links”, “diretório de links”, “negócios pela internet”, “divulgação grátis”, “Publicidade grátis”, “made in blog”. É muito importante usar, com moderação, expressões que são de seu interesse ou objetivo de seu blog      

     No caso do Google, Yahoo, MSN, Altavista, só para citar os principais, possuem alguns filtros próprios, em sua busca. Palavras em inglês que podem ser buscadas só em páginas em português, ponto com ponto br, diminuindo assim o número de ocorrências. Um exemplo é a palavra icommerce, se procurarmos em páginas da web, haverá muito mais ocorrências, procurando apenas em páginas em português, diminui o número de ocorrências, isso porque a palavra icommerce é uma palavra original em inglês.
     O Altavista possui recursos como: Busca por mp3, vídeos, etc.
     O Yahoo é atualmente o domínio mais utilizado no mundo, isso porque todas suas ferramentas usam o mesmo domínio; usar todos os sistema de busca pode ser uma boa ideia, principalmente em pesquisas mais avançadas, afinal, quem é que nunca se deparou  com a expressão,  “O sistema não encontrou nenhuma ocorrência com essas palavras”.

by Jânio.

  

abril 6, 2008 Posted by | internet | , , , , , | 9 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: