Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

El nuevo ‘caballo de hierro’

outubro 14, 2017 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Licenciado com síndrome de down

conquista da educação

Graduação Histórica

Este es un caso de superación personal que inspira a creer más en nosotros mismos. Les presentamos la historia del primer hombre con síndrome de Down del mundo en obtener un título universitario, pero no solo eso, sino que además es actor y escritor.

Se trata del español Pablo Pineda, de 40 años de edad, quien a finales de la década de 1990 se graduó de Magisterio en Educación Especial para luego obtener un segundo título en Psicopedagogía. Sus logros lo han convertido en una referencia mundial que rompen esquemas sociales y prejuicios sobre el desarrollo académico, profesional y laboral de las personas que tienen este síndrome de origen genético, informaNoticia Al Día‘.

Pineda es además escritor y ha publicado dos libros, en los que reflexiona sobre la educación, enseñanza y el aprendizaje en ámbitos generales.

Sepa más: Un chico ruso gana competiciones pese a una grave enfermedad

“Piensa que tienes un hijo, no un discapacitado (…) Lo importante no son nuestras limitaciones, sino nuestras potencialidades, y estas hay que explotarlas. Según los eduquéis, así serán vuestros hijos”, subraya Pablo, quien indicó que lucha “contra el paternalismo y la sobreprotección de algunos padres, algo que hace a los niños dependientes. Esa actitud tiene muchos inconvenientes, porque no enseña a los niños a enfrentarse a sus problemas e intentar buscar salida a ellos”.

Asimismo Pineda ha destacado en el cine, donde se desempeñó como protagonista de la película ‘Yo también’, inspirada en la afectividad, sexualidad y sentimientos de personas como él. Este papel le sirvió para ser galardonado con la Concha de Plata al mejor actor en el Festival Internacional de Cine de San Sebastián (España) en el 2009.

Sepa más: El hombre que ‘abrió’ una montaña para que sus vecinos pudieran llegar al médico

Pero también es conferencista, llevando a cabo tareas de sensibilización y formación para el público empresarial y la sociedad en general de diversos países de las mal llamadas personas discapacitadas, puesto que “son personas con capacidades diferentes que tienen mucho que aportar si se les da la confianza”.

Fonte: RT-TV

junho 27, 2015 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Países mais inteligentes do mundo

País que mais cresceu

Melhor PIB

001 – Cingapura – 108

002 – Coréia do Sul – 106

003 – Japão – 105

004 – Itália – 102

005 – Islândia – 101

006 – Mongólia – 101

007 – Suíça – 101

008 – Áustria – 100

009 – China – 100

010 – Luxemburgo – 100

011 – Holanda – 100

012 – Noruega – 100

013 – Reino Unido – 100

014 – Bélgica – 99

015 – Canadá – 99

016 – Estônia – 99

017 – Finlândia – 99

018 – Alemanha – 99

019 – Nova Zelândia – 99

020 – Polônia – 99

021 – Suécia – 99

022 – Andorra – 98

023 – Austrália – 98

024 – República Tcheca – 98

025 – Dinamarca – 98

026 – França – 98

027 – Hungria – 98

028 – Látvia – Letônia – 98

029 – Espanha – 98

030 – Estados Unidos – 98

031 – Belarus – Bielorrússsia – 97

032 – Malta – 97

033 – Rússia – 97

034 – Ucrânia – 97

035 – Moldova – 96

036 – Eslováquia – 96

037 – Eslovenia – 96

038 – Uruguai – 96

039 – Israel – 95

040 – Portugal – 95

041 – Armênia – 94

042 – Georgia – 94

043 – Cazaquistão – 94

044 – Romênia – 94

045 – Vietnã – 94

046 – Argentina – 93

047 – Bulgária – 93

048 – Grécia – 92

049 – Irlanda – 92

050 – Malásia – 92

051 – Brunei – 91

052 – Camboja – 91

053 – Chipre – 91

054 – FYROM – Iugoslávia – Macedônia – 91

055 – Lituânia – 91

056 – Serra Leoa – 91

057 – Tailândia – 91

058 – Albânia – 90

059 – Bósnia e Herzegovina – 90

060 – Chile – 90

061 – Croácia – 90

062 – Quirguistão – 90

063 – Turquia – 90

064 – Ilhas Cook – 89

065 – Costa Rica – 89

066 – Laos – 89

067 – Mauritius – Maurícia – Ilhas de Maurício – 89

068 – Sérvia – 89

069 – Suriname – 89

070 – Equador – 88

071 – México – 88

072 – Samoa – 88

073 – Azerbaijão – 87

074 – Bolívia – 87

075 – Brasil – 87

076 – Guiana – 87

077 – Indonésia – 87

078 – Iraque – 87

079 – Myanmar (Burma) – 87

080 – Tajiquistão – 87

081 – Turquemenistão – 87

082 – Uzbequistão – 87

083 – Kuwait, Koweit, Kuweit, Cuvaite, Covaite ou Kuaite – 86

084 – Filipinas – 86

085 – Seychelles – 86

086 – Tonga – 86

087 – Cuba – 85

088 – Eritreia – 85

089 – Fiji – 85

090 – Kiribati – 85

091 – Peru – 85

092 – Trinidad e Tobago – 85

093 – Iémen – 85

094 – Afeganistão – 84

095 – Bahamas – 84

096 – Belize – 84

097 – Colômbia – 84

098 – Irã – 84

099 – Jordânia – 84

100 – Ilhas Marshall – 84

101 – Micronésia – 84

102 – Marrocos – 84

103 – Nigéria – 84

104 – Paquistão – 84

105 – Panamá – 84

106 – Paraguai – 84

107 – Arábia Saudita – 84

108 – Ilhas Salomão – 84

109 – Uganda – 84

110 – Emirados Árabes Unidos – 84

111 – Vanuatu – 84

112 – Venezuela – 84

113 – Argélia – 83

114 – Bahrain – Bahrein – 83

115 – Líbia – 83

116 – Omã – 83

117 – Papua Nova Guiné – 83

118 – Síria – 83

119 – Tunísia – 83

120 – Bangladesh – 82

121 – República Dominicana – 83

122 – Índia – 82

123 – Líbano – 83

124 – Madagáscar – 84

125 – Zimbábue – 82

126 – Egito – 81

127 – Honduras – 81

128 – Maldivas – 81

129 – Nicarágua – 81

130 – Barbados – 80

131 – Butão – 80

132 – El Salvador – 80

133 – Quênia – 80

134 – Guatemala – 79

135 – Sri Lanka – 79

136 – Zâmbia – 79

137 – Congo – 78

138 – Nepal – 78

139 – Catar – 78

140 – Comores – 77

141 – África do Sul – 77

142 – Cabo Verde – 76

143 – Mauritânia – 76

144 – Senegal – 76

145 – Mali – 74

146 – Namíbia – 74

147 – Gana – 73

148 – Tanzânia – 72

149 – República da África Central – 71

150 – Grenada – 71

151 – Jamaica – 71

152 – São Vicente e Granadinas – 71

153 – Sudão – 71

154 – Antigua e Barbuda – 70

155 – Benin – 70

156 – Botswana – 70

157 – Ruanda – 70

158 – Togo – 70

159 – Burundi – 69

160 – Cote d’Ivoire – Costa do Marfim – 69

161 – Etiópia – 69

162 – Maláui, Malaui, Malávi, Malavi ou Malawi – 69

163 – Níger – 69

164 – Angola – 68

165 – Burkina Faso – 68

166 – Chade – 68

167 – Djibouti – Djibuti – 68

168 – Somália – 68

169 – Suazilândia – 69

170 – Dominica – 67

171 – Guiné – 67

172 – Guiné-Bissau – 67

173 – Haiti – 67

174 – Lesoto – 67

175 – Libéria – 67

176 – São Cristóvão e Nevis – 67

177 – São Tomé e Príncipe – 67

178 – Gambia – 66

179 – Camarões – 64

180 – Gabão – 64

181 – Moçambique – 65

182 – Santa Lúcia – 62

183 – Guiné Equatorial – 59

184 – Coréia do Norte – Não Divulgado

Pesquisa realisada por Richard Lynn, um psicólogo britânico, e Tatu Vanhanen, um cientista político finlandês. Eles analisaram ​​estudos de QI de vários países.

Países que mais crescerão em 2.015

Melhores países em ambiente de negócios

maio 16, 2015 Posted by | curiosidades | , , , | 2 Comentários

Vida inteligente

busca de resposta

Não, eu não vou falar da vida inteligente em si, mas de possibilidades. Talvez nós, os seres humanos, não estejamos preparados para as respostas as quais buscamos.

Grandes nomes de nossa civilização passaram por experiências que dariam uma boa base de estudo sobre a natureza do Universo e a nossa própria, mas muita coisa nem ficou registrado, como foi o caso das idéias de Sócrates. Em alguns casos, história, ficção e religião se confundem nas palavras de uma pessoa cuja vida ninguém conhece, Homero.

Por outro lado, a vida de Jesus Cristo tornou-se um exemplo, uma nova forma de filosofia viva, composta por gestos, atos e palavras. Se Homero desvendava o mundo a sua volta, Jesus fazia parte desse mundo.

Jesus disse claramente que o seu reino não era desse mundo, mas não descreveu com muita clareza o seu reino.

Hoje, muita gente fala sobre o reino dos céus, mas poucas pessoas se arriscam a dizer como seria. Algumas pessoas descrevem o paraíso como aquele descrito pela história de Adão e Eva, um mundo do qual eles foram expulsos.

Analisar o céu como o paraíso de Adão e Eva, uma volta às origens, parece uma ideia extremamente fundamentalista, por outro lado, a teoria da evolução, de Darwin, revelou-se desastrosa.

Dizem que o paraíso de Adão e eva era uma região da Terra, mas isso não simplifica em nada, tampouco traz respostas.

Há um relato onde satanás teria oferecido muitas riquezas a Jesus, em troca de sua alma, mas esse tipo de paraíso não seduziu o filho do Homem.

A grande paranoia de uma invasão do planeta por ETs, poderia ser uma conspiração armamentista, afinal, durante os anos de guerra, essa paranoia rendeu muita polêmica, comandada por Orson Wells.

Essa paranoia sobre ETs, apresenta uma visão bastante simplista sobre a vida inteligente fora da Terra, mas isso é natural também. Essa visão está relacionada ao medo que os países ricos sempre tiveram de uma ameaça externa.

Para quem achava que Hitler era louco, ao criar suas conspirações malucas e oportunistas, o que dizer dos americanos que venderam, e vendem, essas idéias paranoicas de ETS, em larga escala.

A ideia de ETs, se analisada de maneira mais ampla, pode até ter credibilidade científica, como de fato tem. Pelo menos uma teoria é categórica em afirmar que a vida na terra poderia ter origem em organismos que teriam chegado aqui em cometas.

Vendo dessa forma, o homem não teria sua origem nesse planeta, mas fora dele, e isso tornaria toda a nossa curiosidade a respeito da origem da vida, inútil.

Jesus Cristo nasceu de forma misteriosa, sua morte ainda é um grande mistério, já que o corpo desapareceu. Considerando-se que alguém fique quarenta dias e quarenta noites sem comer e sem beber – isso parecia impossível, antes do terremoto do Haiti, mas não é mais – a morte dele na cruz passa a ter uma importância simbólica.

Considerando-se os seus milagres, carregar uma cruz não seria uma tarefa das mais difíceis, exceto se carregar a própria cruz tivesse uma grande importância como ritual, como a entrega de seu corpo aos homens também teve.

Pelo que o homem conhece sobre si, o melhor é nunca esquecer as palavras de Sócrates “Só sei que nada sei”, ou, “conhece-te como a ti mesmo.”

A biologia costuma nos surpreender, apresentando fatos surpreendentes, onde seres vivos de cérebro minúsculos, como as formigas e as abelhas, apresentam uma sociedade mais disciplinada, simples e eficiente que a nossa, sem nenhuma guerra para conseguir isso. Assim, começamos a duvidar do conceito tradicional de inteligência.

O Homem conseguiu fazer tudo o que os outros seres vivos já faziam, algumas coisas certas e outras erradas. Conseguiu derrubar árvores como elefantes, arar as terras como os cavalos e gado, e conseguiu até voar e nadar, com seus aviões e navios.

Mesmo assim, visto dos espaço, qualquer extraterrestre veria apenas uma pequena bactéria aqui.

Como os dinossauros não sobreviveram, acredito que nenhum extraterrestre gigantesco teria interesse por nós.

E os extraterrestres microscópicos, como na teoria da origem da vida, onde organismos teriam chegado até aqui através dos cometas?

A biologia também afirma que há uma batalha sendo travada, de um lado os micro organismos e de outro o ser humano, nenhum dos dois teria conseguido vencer essa guerra, adaptando-se harmoniosamente entre eles.

Os bebês já nascem com seus pequenos corpos cheios de bactérias, transmitidas pelas suas mães. Somente nossa língua, possui milhões de bactérias, inclusive com sua própria função em nosso organismo.

Na incapacidade de viajar fisicamente pelos confins desconhecidos das galáxias, o ser humano cria telescópios cada vez mais potentes, descobrindo mistérios e abrindo o manto obscuro do desconhecido.

Através dos microscópios, o ser humano, antes prisioneiro da quarta dimensão, libertou-se, rompendo finalmente as barreiras do tempo e do espaço.

… mas os maiores mistérios ainda se encontram aqui na Terra, e os maiores perigos também.

Na antiguidade o ser humano conheceu um ser vivo muito especial, dotado de super-poderes, super-sentidos que ajudaram muito em nossas conquistas. Através dos cachorros, adquirimos super-olfato, super-gustação, super-audição, super-tato e até alguns poderes extra-sensoriais que ainda não sabemos que os cães tem.

Segundo algumas crenças, o cão consegue até sentir a chegada da morte e, como melhor amigo do ser humano, avisa.

Rompendo as barreiras do tempo e do espaço, conseguindo até prever a chegada da morte, o ser humano ultrapassou também a barreira entre a vida e a morte, e os espíritos dos mortos foram libertados de sua solidão eterna, podendo inclusive visitar os vivos.

Talvez até influenciados por essas novas possibilidades, os seres humanos criaram novas teorias, como a teoria das cordas e da relatividade, Bohr e Einstein, respectivamente.

Agora, já não temos mais as respostas, pelo contrário, mais dúvidas surgem, tornando as palavras de Sócrates muito mais presentes em nossa filosofia de vida. Surge também uma pergunta: As imagens de pessoas recém falecidas são fantasmas, ou são as próprias pessoas rompendo as barreiras do tempo e do espaço, da vida e da morte, ultrapassando dimensões e viajando de volta a vida, em busca de respostas?

By Jânio

abril 5, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | Deixe um comentário

O homem mais inteligente do mundo

maior QI

Caso Raro

Kim Ung-Yong foi convidado a ingressar em uma universidade aos 4 anos, concluiu o doutorado com a idade de 15 anos. Seu QI de 210, é o mais alto do mundo.

Kim Ung-Yong (nascido em 8 de março, 1962) é um coreano, ex-criança prodígio. Kim entrou para o Guinness Book of World Records como altíssimo QI; o guiness estimou seu QI em 210.

Logo após o nascimento, Kim começou a aprender línguas de maneira extraordinária, aprendeu, além do coreano, sua língua, japonês, alemão e Inglês até os dois anos. Além disso, ele levou cerca de um mês para aprender uma língua estrangeira.

depois de oito meses, ele aprendeu os conceitos de Álgebra e conseguia entender cálculos complexos. Aos quatro anos de idade, em 02 de novembro de 1967, ele resolveu complexos problemas de cálculo integral na televisão japonesa. Ainda na infância, começou a escrever poesia e foi um pintor surpreendente.

Kim foi um estudante de física convidado pela Universidade Hanyang, cursos de auditoria, dos 4 anos de idade até completar 7 anos. Em 1970, na idade de 8 anos, ele foi convidado para ir aos Estados Unidos, pela NASA, onde terminou seus estudos universitários. Em 1974, durante seus estudos universitários, ele começou seu trabalho de pesquisa na NASA e continuou esse trabalho até o seu retorno à Coréia em 1978.

De volta a Coréia, ele decidiu mudar de física para engenharia civil e recebeu um doutorado nessa área. Ele acabou publicando cerca de 90 trabalhos em hidráulica, em revistas científicas. A partir de 2007, ele também passou a trabalhar como professor-adjunto da Universidade Nacional Chungbuk.

Comentário: Não, Kim Ung-Yong nunca se tornou rico. Passou a vida fazendo o que mais sabia e que lhe ensinaram, aprender, por isso nunca pensou em dinheiro, especificamente falando.

Deve ser muito feliz, afinal, ninguém aprende tanto com a mente bloqueada.

Kim Ung-Yong nos faz lembrar dos grandes gênios da música, que aprendiam precocemente. Sua facilidade em aprender, levava as pessoas próximas a investir em seu aprendizado.

Isso faz a gente pensar e a especular: Talvez a forma como nós nascemos ainda seja muito primitiva, isso poderia explicar o fato de algumas pessoas nascerem com dons raros, distintas da maioria.

Eu acho normal uma pessoa ter facilidade de aprendizagem em uma área específica, enquanto outra pessoa tem facilidade em outra; eu também acho normal uma pessoa ser destro, enquanto outra é canhota; mas em casos raros como esse, há pessoas que desafiam a lógica e nascem com um dom inexplicável.

Essas pessoas mostram que de alguma forma, elas nasceram com um cérebro quase perfeito.

Ainda não é possível explicar, mas essas pessoas de alguma forma não tiveram seus cérebros comprometidos no nascimento, como aconteceu com a maioria de nós, talvez por isso seu rendimento seja tão superior.

No caso específico dos músicos, que são ambidestros, já que tocam com as duas mãos, essa tese fica bem mais forte.

Nós ainda somos muito primitivos em quase todos os nossos hábitos, por mais que pensemos o contrário, em muitos casos nos parecemos com os homens das cavernas.

Nossas casas se parecem com as cavernas, nossa comunicação programada por palavras é primitiva, nossas formas de alimentação são rústicas, etc.

Nascimentos e quedas constantes de reinos nos impediu de evoluir e, quando nossa evolução parecia que iria acontecer, tornamo-nos escravos do capitalismo.

Há pessoas que chegam a confundir o capitalismo com a democracia, mesmo sendo dois conceitos tão antagônicos; há pessoas que realmente acreditam que há democracia, pior, acreditam que a democracia já funcione sem nenhum esforço ou participação de nossa parte.

Talvez a internet nos leve a democracia mas, para isso, haverá uma grande batalha contra os donos do poder e será o resultado dessa batalha que mostrará se merecemos a verdadeira democracia.

Fonte: Wikipedia

Comentário: By Jânio

fevereiro 26, 2012 Posted by | Ciências | , , , , , , | 17 Comentários

Anonymous atacam inteligência obscura dos EUA

ataques hackers

Invasão dos Anonymous

Os Anonymous não param seus ataques e se tornam cada vez mais conhecidos, para desespero dos donos do poder.

Sem dar nenhum descanso aos sites institucionais, os Anonymous, famosos por suas ações de caráter social, ideologia hacker, atacaram o site da Strategic Forecasting, Inc., mais conhecida como Stratfor, uma companhia privada global de inteligência com sede no estado do Texas (Estados Unidos).

A empresa, que se atribui funções de inteligência e tática, análises de seguro corporativo e geopolítico, é apontada pelos meios de comunicação como uma “CIA nas sombras”. Em sua suposta lista de clientes, estão as 500 maiores empresas americanas e agências internacionais do governo.

Em um comunicado divulgado nesse sábado, Stratfor comunicou aos seus clientes uma notícia bem desagradável para eles, confirmando que seu site havia sido atacado, sem mais detalhes. Seu site continuou off-line e com a ajuda das forças de ordem americanas, passou a investigar o que aconteceu.

“Vocês não acham um absurdo supor que a Stratfor fique desativada durante pelo menos dois dias?”, comentou o grupo Anonymous, através de sua conta no Twuitter. O grupo disse ter invadido os servidores da Stratfor e se apoderado de pelo menos 200GB de informações confidenciais, incluindo a lista completa dos clientes da companhia, tanto de empresas como de pessoas físicas, informações de cartões de créditos e sua correspondência eletrônicas. Isso não foi pouco, e o grupo ainda deixou um recado no site da empresa, que aparece convertida em proprietária de barcos de entretenimento. Uma parte dessas informações já estão acessíveis na internet.

O grupo Anonymous tornou-se conhecido no continente americano, depois de invadir o site do governo mexicano, PAN (Partido Acción Nacional) e sua sucursal, em sinaloa.

Atacaram também a Confederação Patronal da República do México (COPARMEX), um sindicato patronal de afiliação voluntária, a maior companhia panificadora mexicana Bimbo e o escritório da UNESCO no México. Nenhum dos afetados se pronunciou de maneira pública sobre o ataque.

O grupo também atacou a rede de televisão de doações da Teleton, na Colômbia, que busca recursos para pessoas com problemas físicos, mentais, e buscam ampliar a rede de centros de reabilitação. Em sua home page, deixaram uma mensagem de advertência para o uso honesto do dinheiro arrecadado. “Esperamos honestidade com o dinheiro arrecadado. Somos anonymous chamando sua atenção para as irregularidades encontradas nas doações arrecadadas pela Teleton.co. Estaremos vigiando”.

Fonte: RT-TV

É difícil não fazer alguns comentários, não é mesmo gente:

Isso explica porque a Twitter criou um sistema que torna as mensagens locais invisíveis, para alguns países. Essa mudança poderia limitar a propagação de mensagens de perfis como o do Anonymous.

Depois dos quatro bilhões e meio de reais do Banco Central, pelo Panamericano, o que eu poderia dizer ao Sílvio Santos?

“Estaremos vigiando!”

By Jânio

janeiro 31, 2012 Posted by | internet | , , , , , , | 2 Comentários

Morre segundo homem da inteligência da Al-Qaeda

homem inteligente

Líder da Al-Qaeda

Segundo homem no comando da Al-Qaeda é morto no Paquistão, foi o que relatou um oficial dos EUA que preferiu ficar no anonimato.

A notícia não é tão nova assim, ocorreu em 22 de Agosto de 2.011, mas, devido a sua importância, fica registrado aqui no site.

Atiyah Abd Al-Rahman era amigo pessoal de Osama Bin Laden, segundo homem da inteligência da Al-Qaeda e especialista em táticas operacionais. A causa de sua morte não foi divulgada.

Desde a morte de Bin Laden, Atiyah Abd Al-Rahman havia se tornado muito importante para a Al-Qaeda na organização, era o principal líder do grupo. Era muito útil para Ayman Al-Zawahiri.

Segundo os americanos, Al-Rahman tinha muitas funções dentro do grupo, por isso foi uma grande baixa imposta à organização Al-Qaeda.

Fonte: Aljazeera

By Jânio

agosto 28, 2011 Posted by | Internacional | , , , , , | Deixe um comentário

Criatividade na prática

desenvolvimento técnico

Liberdade de Criação

Segundo a filosofia popular, todo ser humano é inteligente, mas isso não basta para manter um sistema de elite. É preciso criar sistemas separatistas onde poucos possam passar no teste, qual a melhor forma senão metódos de ensino onde a memória possa ser testada ao limite.

Assim, ao invés de ensinar, criam uma infinidades de fórmulas, fazendo com que um número reduzido seja considerado inteligente.

Na realidade são técnicas desenvolvidas, privilégio de poucas pessoas do sangue azul. Essa suposta inteligência é posta à prova, quando são exigidas habilidades criativas.

Todas as profissões da burguesia moderna evoluem na medida em que suas técnicas vão sendo desenvolvidas, quando suas técnicas centenárias falham, um desafio à sua criatividade é lançado.

Poderíamos dizer que há uma inteligência teória e outra prática, assim como criatividade. Naturalmente, a inteligência teórica é a menos inteligente, vem sendo desenvolvidas em Laboratórios, grupos, Universidades, repassadas aos alunos de acordo com seu poder aquisitivo.

No caso da inteligência prática, ela é desenvolvida através da criatividade de pessoas inteligentes.

A criatividade é autônoma, empreendedora e surge em decorrência de uma determinada necessidade.

Naturalmente, essa inteligência prática pode ser transformada em inteligência teórica, reunida em Universidades com recursos suficientes para desenvolvê-la e pesquisá-la, passando então a ser privilégio de um determinado grupo.

Poderíamos dizer até que esses conhecimentos práticos são codificados, organizados de um modo que poucas pessoas tenham acesso aos conhecimentos práticos.

Foi desenvolvida uma maneira de testar a inteligência, através do QI, mas a tentativa de criar um método de testar a habilidade criativa falhou.

Tanto o QI, quanto os vestibulares e concursos, podem avaliar uma boa porcentagem de pessoas, quanto a sua competência, mas em uma parcela de pessoas, esse método falhou.

A criatividade já foi associada a um dom dos deuses, outras vezes à loucura – Talvez isso ocorra porque a criatividade não pode ser controlada, não obedece sistemas padrão.

Quanto maior o controle sobre uma determinada pessoa, menor será a sua criatividade. A criatividade não pode ser desenvolvida em laboratórios, suas técnicas sim.

A criatividade não pode seguir um padrão, ela não tem limites de tempo e espaço, nem sempre as idéias criativas podem ser aproveitadas, ficando limitadas ao campo da filosofia. Outras vezes, podem ser aproveitadas, mas sem o devido controle, expondo o planeta ao ego de cientistas malucos.

No caso da criatividade em grupo, eu não diria que é uma criatividade em equipe. Eu diria que cada membro dessa equipe trabalha sua criatividade individualmente, apesar de ser assessorado pelo resto do grupo, o processo criativo é individual.

Exemplo de criatividade organizacional: Identificação do problema, teorização do problema (modelo Mental), solução do problema (1% de inspiração e 99% de transpiração). Isso acontece pela falta de experiência prática, ou experiência pouco desenvolvida.

Segundo exemplo teórico de criatividade: “Criar só é possível quando o cérebro detém uma grandiosa e alargada variedade de conhecimentos e informações” – Esse é o grande problema de teorizar o que deveria ser prático, na prática o processo é inverso.

Essa confusão é natural, afinal, o trabalho em equipe passa a idéia de que a criatividade é coletiva, o que é um erro de interpretação.

Uma idéia que está bem consolidada é o fato da motivação ser essencial para o processo criativo – Cabeça quente é sinal de pouca inteligência, portanto, vamos esfriá-la um pouco.

Arte e Cultura – É o campo onde o conceito da criatividade pode ser melhor estudado, sendo a liberdade fundamental.

Pesquisa e desenvolvimento – Nesse caso, eu considero teoria a partir da criatividade. Novidade, inventividade, aplicação prática (técnica, teoria), trabalho em equipe.

Fica muito difícil identificar a diferença entre técnica teórica e criatividade, a não ser para quem convive no setor. Quando um artista é mais popular, vende milhões de álbuns de música, ele desenvolveu a técnica.

Quem criou o ritmo, esse era de fato criativo, mas ele certamente morreu na miséria.

A curiosidade (pesquisa) e a prática (experiência) são a base para o desenvolvimento do conhecimento, base da criatividade. Definitivamente o raciocínio é mais importante que a memória.

Ter boa memória não quer dizer ter maior capacidade mental, significa ter boa memória somente. Da mesma forma, ser criativo não significa ter maior capacidade mental, significa ser criativo.

Cada pessoa tem o seu campo de atuação, sua importância dentro de uma equipe, isso não quer dizer criatividade em equipe. Ter boa memória não significa ser criativo, mas pode significar criatividade em estratégias de memorização.

Ter uma boa capacidade de memorização já foi muito importante, hoje o computador assumiu essa função, já no caso da “burrocracia”…

“Aumentar a criatividade é exercitar o pensamento” – Concordo, desde que hajam estratégias bem definidas, raciocínios inteligentes.

Fonte: Wikipedia

By Jânio

junho 11, 2011 Posted by | Ciências | , , , , , | 7 Comentários

O acesso a páginas bloqueadas ou apagadas é possivel

page cannot be found

Página Bloqueada

Quando uma pessoa dá os seus primeiros passos na internet, os sistemas de buscas são fundamentais para sua utilização.

Dentre todos os sites de buscas, o site que se destaca é o Google, que, ao lado do Yahoo oferece as melhores performances de buscas, além de ser o mais popular.

Para usuários iniciantes, uma busca simples já é suficiente: Digita-se uma palavra;  e clica-se em buscar, Go ou Search, para que  o processo de busca se inicie.

Com o tempo, a internet passa a fazer parte do cotidiano desses usuários, novas possibilidades surgem.

Encontrar um documento específico na internet, é um milhão de vezes mais difícil que encontrar uma agulha num palheiro, ou seja, é impossível se achar com técnicas simples.

Nesses casos, vale mais a experiência do internauta.

Buscas no Diário Oficial da União, por exemplo, é um martírio.

Se temos um texto anterior, no caso de uma lei, por exemplo, fica mais fácil.  Digitamos frase por frase, no buscador, até ele retornar algo aproveitável, a partir daí, é só filtrar pela data atual.

Pronto, encontramos a nova lei, baseado no texto da antiga lei que já tínhamos, em menos de dois ou três minutos.

Apesar de não ser familiarizado com todas as técnicas avançadas de busca – não me interesso muito por técnicas crackers, por exemplo – eu tenho o meu estilo, e aproveito todas as possibilidades de busca que eu considero úteis.

Um dos primeiros artigos que eu escrevi para internet, como não poderia deixar de ser, foi sobre buscas: “1/4 dos usuários mais inteligentes do Google, não sabem utilizar a lógica booleana.”

Muitas vezes não utilizamos a lógica booleana por pura preguiça mesmo, mas eu tenho notado que os sistemas de busca tem dificultado alguns tipos de busca avançadas, justamente para poupar/economizar nos servidores.

Além da lógica booleana, já falamos da importância das buscas avançadas:

Por data: Fundamental para que os usuários acompanhem os fatos disponíveis na internet, em tempo real. Tempo real, aliás, que recebeu a importância que merecia só depois do advento da Twitter.

Pesquisas avançadas por data, são ideais para acompanhar a política, em seus momentos cruciais, ou até a evolução desses fatos, como foi o caso da gripe influenza, caso Isabella nardoni, etc.

Pesquisas por imagens: Quando clicamos em imagens, no Google, iniciamos nossas buscas por imagens, com uma simples configuração de formato/tamanho, podemos encontrar a imagem no tamanho exato que queremos. Podemos ver o “peso” dessa imagem, em nosso bolso, observando sua resolução em kbytes, e também o tipo de arquivo: JPG, GIF, PNG, etc.

Minhas recém descobertas foram na opção “cache”, não que eu não soubesse de sua utilidade. A Polícia Federal utiliza a busca no “cache” para encontrar o que já foi apagado da internet, mas não é só para a Polícia Federal que isso tem utilidade.

Muitos usuários mais espertos, publicam determinado conteúdo, em seguida apagam, mantendo apenas no cache. Seus usuários, evidentemente, só terão acesso se conhecerem essa técnica de busca.

Quando a plataforma WordPress iniciou sua indexação de imagens, de maneira mais otimizada, notei que muitas imagens minhas foram para o topo. Cheguei a escrever um post intitulado “indexação às avessas”.

A razão, é claro, pelo fato de grande parte dos visitantes de meu blog, estarem acessando o site através da busca por imagens. Foi nessa época que eu descobri a primeira forma de acessar sites bloqueados pelos navegadores – Sabe aquela mensagem: “Seu navegador não conseguiu localizar essa página, ela pode ter sido deletada ou encontrar-se em um novo endereço.”

Apesar de acessar sites bloqueados pelos navegadores, através das imagens, algumas vezes isso não funcionava. São raros os casos, mas acontece.

Nesse caso, você pode usar o cache – É isso mesmo! – além de acessar conteúdo que já foi deletado/apagado, podemos acessar sites bloqueados, através do cache.

Eu sempre associava o cache do Google, com a memória do computador, sempre fazemos isso em programação para a internet.

A Google cria todas suas ferramentas online, baseadas em sua busca, isso barateia os custos dos servidores. Isso pode acontecer com o Google Suggest, aquele que complementa a frase buscada, ou utilizando o cache.  

Há vantagens da Google em seu cache on line, onde podemos visitar páginas apagadas ou bloquedadas, mesmo sem nunca termos visitado tal página, o que significa que não está no cache do computador.

Leia mais:

https://icommercepage.wordpress.com/2008/04/06/14-dos-usuarios-mais-inteligentes-do-google-ignoram-a-logica-booleana/

https://icommercepage.wordpress.com/2010/04/28/indexacao-de-paginas-as-avessas/

By Jânio

outubro 22, 2010 Posted by | internet | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 17 Comentários

Autodidata – Faça você mesmo

Descobertas e necessidade

Aprendizado Natural

É curioso como em pessoas, com um certo grau de formação, são verificados interesses pelo tema autodidática, também conhecido como autodidaticismo. Talvez por necessidade de continuar aprendendo, mas com liberdade de pensamento.

Esse tema, como tantos outros, apresenta muita contradição quanto a sua essência e filosofia.

Uma pessoa autoditada é aquela que aprende algo sozinha, sem formação específica na área, curiosamente, é muito mais comum do que parece.

Através da autodidática, podemos ver como as pessoas escolhem mal suas profissões, formando-se em uma área, mas atuando em outra.

Vejam bem: Em grandes centros urbanos, é possível fazer um curso técnico no colegial, isso poderia indicar a vocação de uma pessoa, mesmo antes do vestibular; em pequenas cidades isso já não é possível.

Apesar disso, mesmo em grandes centros urbanos, não é o que acontece. A busca por profissões de acordo com o mercado acaba prevalecendo.

Para se saber qual a nossa vocação, é preciso voltar no tempo: Ver quais foram os professores que mais nos elogiaram; quais foram nossas melhores notas na escola; quais foram os nossos melhores trabalhos; maior interesse, etc.

Apesar dessas regrinhas básicas, ainda tem o problema financeiro. Em algumas profissões, é quase impossível ter um rendimento satisfatório.

Por esse e por outros motivos, a lei da oferta e da procura, as pessoas não escolhem a profissão em que mais se adaptam e dominam, escolhem aquelas que tem mais retorno.

Qualquer profissão poderia ser a ideal, desde que sua educação  tornasse o processo de ensino prazerosa, compensando a baixa remuneração, o que raramente acontece.

Assim, temos fazendeiros formados em medicina, cientistas trabalhando no serviço público, políticos trabalhando no comércio, etc.

É fácil  observar notícias de pessoas que inventaram algo simples, fora de suas áreas, mas que será tão desenvolvido que dificilmente alguém notara seu princípio básico e o seu inventor.

A área de informática, por ser muito dinâmica, passou por essa fase. No início não haviam faculdades, tudo era criado por profissionais autodidatas, até hoje isso pode ser observado.

Hoje, encontramos mais informações em blogs ou pequenos portais que em sites das grandes corporações. Fica evidente que a profissionalização da informação manipulou sua essência, a de informar e mostrar a verdade.

A autodidática tem influenciado muito a própria didática, pela sua liberdade de criação, ausência de métodos e técnicas rígidos, levando a descobertas de novos rumos para o conhecimento. Se por um lado o autoconhecimento pode encontrar um limite para o seu autodesenvolvimento, por outro lado é extremamente criativo, útil e empreendedor.

O empreendedorismo possui uma relação muito direta com a autodidática, assim como possui uma certa relação com o pioneirismo também. Se o processo do pioneirismo aumenta os riscos no empreendedorismo, a autodidática diminui.

É sabido que quanto mais conhecimentos em áreas diversas o empreendedor possua, maior será a facilidade com que resolverá problemas essenciais para o seu crescimento.

Estudiosos afirmam que o autodidata deveria concluir sua formação, com a qual teria as portas abertas no mercado tradicional, onde é fundamental um título.

No mercado tradicional, os títulos são mais importantes que a ideologia, a filosofia e a capacidade de cumprir metas de um bom autodidata. Poderíamos dizer que as faculdades são centros preparatórios de empregados, profissionais que não pensam, apenas obedecem e executam suas funções com as tecnologias que lhe são passadas.

A autodidatica não deve ser confundida com ensino alternativo, também não pode ser visto como um aprendizado isolado. O autodidata se vale de livros e pessoas com sabedorias suficientes para passar algum conhecimento,  as bibliotecas são seu lugar favorito.

Um autodidata pode aprender sozinho, por tentativas e erros, mas a consulta e acompanhamento por conhecimentos externos são constantes. Autodidatas são responsáveis por esclarecer muitas teorias, ou partes delas, que não foram totalmente entendidas.

Aqui notamos, novamente, a presença do autodidata na informática. O hacker, que não deve ser confundido com lammers ou crackers, são pessoas que desafiam constantemente as estruturas de programação de sistemas, sendo responsáveis pelo sucesso da web 2.0 e a criação de vários softwares, além de sua presença frequente em fundações de tecnologia.

A autodidática promove o desenvolvimento natural do autodidata, propiciando o aprendizado natural em várias áreas diferentes.

Mesmo na informática, podemos notar que em alguns setores há profissionais que controlam suas funções, mas não dominam totalmente, muitas vezes sendo vítimas de suas próprias ferramentas. Isso acontece porque as escolas ensinaram a fazer, mas não explicaram totalmente a funcionalidade do processo aprendido.

A internet foi um passo importante na evolução dos autodidatas, informações que poderiam levar dias, semanas ou meses para serem acessadas, hoje podem ser acessados à distância de um clique. Todas as pessoas que usam a internet, devem dar o máximo de importância a otimização.

A lincagem através dos sites, acelera muito o acesso às informações. Não se deve ter medo de incluir links de sites e portais, nem subestimar a real importância deles.

A maioria dos internautas aprende rápido; aprende a aprender rápido; desenvolve uma aptidão autoditática muito grande. Eu considero a interação uma filosofia de vida, a melhor forma de encontrar respostas que poderiam levar anos para serem encontradas.

Cada processo na rede, interativo ou não, leva a busca de autoconhecimento, força a memória. Assim como é difícil para uma pessoa adaptar-se ao computador, é difícil adaptar-se a internet, mas no fim todos aprendem, sem exceção; a dificuldade de se adaptar não implica em dificuldade de aprender.

Assim como a autoditática não contradiz a ditática, a didática não contradiz a autodidática; um Doutor pode se tornar um autodidata, tanto quanto um autodidata pode se tornar um Doutor. Qualquer forma de pensamento contrária a esse preceito, tende a retardar a evolução do conhecimento.

Motivados por descobertas constantes, os autodidatas seguem uma linha de pensamento paralela ao pensamento acadêmico, mas por incrível que possa parecer, ele sempre será muito mais crítico, não aceitará respostas fáceis, terá em seu caminho das pedras,  palavras interrogativas: Como?; por que?; onde?; quando?; quem?…

Muitas perguntas são respondidas ainda na infância de um autodidata. Experiências da descoberta do fogo, densidade da água, presença do ar e a importância da Terra, são inevitavelmente descobertas na prática.

Quando a pessoa se torna autodidata na vida adulta, a sensação pode ser como se finalmente tivesse encontrado vida inteligente na Terra, onde a vida e o aprendizado estão lado a lado, sem nenhuma regra, movidos pela necessidade de fazer, ter, viver, sentir e ser feliz.  

Dizer que um gênio da música, como Bethoven, Bach, Mozart, Vivaldi, aprenderam a tocar com quatro anos, criaram sua primeira sinfonia aos sete anos, tornando-se conhecidos mundialmente aos dez, contraria qualquer método conhecido de didática, está mais próxima da autodidática, mas também não pode ser confundida com essa.

A genialidade e a inteligência são diferentes. Ainda não foram descobertos os princípios da genialidade, só o que se sabe é que não há explicação para tamanha facilidade de aprendizado, ou assimilação de conhecimentos.

Um gênio possui conhecimentos infinitos em uma determinada área, é como se o seu cérebro encontrasse respostas imediatas para todas as perguntas cabíveis, relevantes, com o acompanhamento de um tutor. A princípio, esse tutor também encontrará suas respostas, através de seu pupilo, mas, com o tempo, o gênio estará só em busca de seu próprio aprendizado.

Naturalmente, em algumas áreas, a sociedade não vê com bons olhos esses gênios. A partir do momento em que o raciocínio de um gênio evolui acima  do conhecimento de sua época, passa a ser uma ameça ao poder, passa a representar uma espécime de animal racional superior, quase um mutante.

Contrariamente ao gênio, a inteligência segue por dois caminhos diferentes, didática e autodidática, onde ambas deverão ter controle do que fazem, não necessariamente o domínio que está presente apenas na autodidática.

Grandes nomes, como Albert  Einstein, devem ser vistos como gênios, apesar de serem também autodidatas. Autodidata no aprendizado da matemática e da física, capaz de encontrar explicações convincentes para outras áreas, mesmo sem dominá-las completamente. A bomba atômica foi consequência dessa falta de domínio.

Nostradammus pode ser considerado um homem inteligente, tanto pelas várias áreas que ele conhecia, quanto pelo domínio dessas áreas até certo ponto, suficiente para não ser desacreditado e criar sua própria lenda. Também não há evidências sobre seu aprendizado autodidata.

Mecânicos desenhistas, carpinteiros, músicos, são apenas algumas áreas onde se pode verificar a autodidática. A maioria das faculdades surgiu da autodidática, da oferta e procura.

Bill Gates é considerado um autodidata, pelo menos no aprendizado, não na filosofia, contrastando diretamente com seus inimigos mortais, os hackers.

Autodidatas famosos:

Gottfried Wilhelm Leibniz – Matemático e Filósofo alemão – Criador da Arte combinatória, precursora da computação.

Jack London – Escritor americano autor de Chamado selvagem.

Bill Gates –  Americano fundador da Microsoft.

Alexander Grahan Bell –  Inventor escocês.

Stanley Kubrick – Cineasta americano.

Woody Allen – Cineasta americano.

Henry Ford  – Americano fundador da Ford,

Charles Dickens – Romancista Inglês.

Walt Disney – Cineasta americano.

Albert Einstein – Fisico alemão.

Jimi Hendrix – Músico americano.

José Saramago – Escritor português.

Machado de Assis – Escritor brasileiro.

Como podemos ver, pelo menos a metade dessa lista de celebridades, não seguia a filosofia autodidata, era sangue “ruim mesmo”.

Podemos notar os egocêntricos: Como Einstein, que queria saber o que Deus pensava; Walt Disney, que deu seu próprio nome a empresa; Grahan Bell, empresário e inventor envolvido em brigas por patentes, etc.

Fora esses, não dá para negar que há nomes consagrados, bons exemplos a serem seguidos.

Fonte: Wikipedia

By Jânio

outubro 12, 2010 Posted by | Ciências | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 17 Comentários

Aumentando a capacidade da memória.

o submundo da inconciência.

o submundo da inconciência.

Segundo especialistas, para se ter uma boa memória, não há segredos mas algumas dicas sempre ajudam a manter o corpo e a mente sã.
     Os especialistas afirmam e os universitários aprovam: Associações às cores, aos eventos, as pessoas.
     O recordista mundial de memorização, conseguiu memorizar todas as cartas, na ordem decoradas e salteadas, de baralhos diferentes, afirmou que sua técnica era criar um roteiro turístico pela cidade, em seguida, criar uma relação entre cada carta e um ponto turístico. Ele sabia, por exemplo, que o valete de espadas era a décima primeira carta porque no caminho turístico ele correspondia aquele determinado ponto.
     Os não especialistas, por experiência própria, afirmam que o sono pode ser tão benéfico quanto o stress é maléfico, nesse caso, os especialistas também concordam com o fato da memória não poder ser vista como uma área isolada do cérebro, todo o sistema nervoso faz parte deste processo.
     Os mero mortais, podem exercitar sua mente através de atividades que implicam em atenção, a leitura constante pode ajudar. Operações matemáticas, sem o auxílio de equipamentos eletrônicos, também podem ajudar.
     Em cursinhos pré-vestibulares, utiliza-se até música como recurso de memorização, esse recurso não deve ser usado em temas dissertativos, onde o ideal é entender o assunto, apresentado pelo tema.
     Para quem acha que a internet é prejudicial à memória, depende do ponto de vista,  e dos sites também. Um famoso ditado diz: “O livro é como uma escada, se o livro é bom você vai para cima, se o livro não é bom, você vai para baixo”. Isso vale para os sites também.
     Dependendo da quantidade de senhas, assuntos lidos, não é preciso ser nenhum gênio para concluir que a memória é exercitada.

Por Jânio.

maio 2, 2009 Posted by | curiosidades | , , , , | 2 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: