Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

O acesso a páginas bloqueadas ou apagadas é possivel

page cannot be found

Página Bloqueada

Quando uma pessoa dá os seus primeiros passos na internet, os sistemas de buscas são fundamentais para sua utilização.

Dentre todos os sites de buscas, o site que se destaca é o Google, que, ao lado do Yahoo oferece as melhores performances de buscas, além de ser o mais popular.

Para usuários iniciantes, uma busca simples já é suficiente: Digita-se uma palavra;  e clica-se em buscar, Go ou Search, para que  o processo de busca se inicie.

Com o tempo, a internet passa a fazer parte do cotidiano desses usuários, novas possibilidades surgem.

Encontrar um documento específico na internet, é um milhão de vezes mais difícil que encontrar uma agulha num palheiro, ou seja, é impossível se achar com técnicas simples.

Nesses casos, vale mais a experiência do internauta.

Buscas no Diário Oficial da União, por exemplo, é um martírio.

Se temos um texto anterior, no caso de uma lei, por exemplo, fica mais fácil.  Digitamos frase por frase, no buscador, até ele retornar algo aproveitável, a partir daí, é só filtrar pela data atual.

Pronto, encontramos a nova lei, baseado no texto da antiga lei que já tínhamos, em menos de dois ou três minutos.

Apesar de não ser familiarizado com todas as técnicas avançadas de busca – não me interesso muito por técnicas crackers, por exemplo – eu tenho o meu estilo, e aproveito todas as possibilidades de busca que eu considero úteis.

Um dos primeiros artigos que eu escrevi para internet, como não poderia deixar de ser, foi sobre buscas: “1/4 dos usuários mais inteligentes do Google, não sabem utilizar a lógica booleana.”

Muitas vezes não utilizamos a lógica booleana por pura preguiça mesmo, mas eu tenho notado que os sistemas de busca tem dificultado alguns tipos de busca avançadas, justamente para poupar/economizar nos servidores.

Além da lógica booleana, já falamos da importância das buscas avançadas:

Por data: Fundamental para que os usuários acompanhem os fatos disponíveis na internet, em tempo real. Tempo real, aliás, que recebeu a importância que merecia só depois do advento da Twitter.

Pesquisas avançadas por data, são ideais para acompanhar a política, em seus momentos cruciais, ou até a evolução desses fatos, como foi o caso da gripe influenza, caso Isabella nardoni, etc.

Pesquisas por imagens: Quando clicamos em imagens, no Google, iniciamos nossas buscas por imagens, com uma simples configuração de formato/tamanho, podemos encontrar a imagem no tamanho exato que queremos. Podemos ver o “peso” dessa imagem, em nosso bolso, observando sua resolução em kbytes, e também o tipo de arquivo: JPG, GIF, PNG, etc.

Minhas recém descobertas foram na opção “cache”, não que eu não soubesse de sua utilidade. A Polícia Federal utiliza a busca no “cache” para encontrar o que já foi apagado da internet, mas não é só para a Polícia Federal que isso tem utilidade.

Muitos usuários mais espertos, publicam determinado conteúdo, em seguida apagam, mantendo apenas no cache. Seus usuários, evidentemente, só terão acesso se conhecerem essa técnica de busca.

Quando a plataforma WordPress iniciou sua indexação de imagens, de maneira mais otimizada, notei que muitas imagens minhas foram para o topo. Cheguei a escrever um post intitulado “indexação às avessas”.

A razão, é claro, pelo fato de grande parte dos visitantes de meu blog, estarem acessando o site através da busca por imagens. Foi nessa época que eu descobri a primeira forma de acessar sites bloqueados pelos navegadores – Sabe aquela mensagem: “Seu navegador não conseguiu localizar essa página, ela pode ter sido deletada ou encontrar-se em um novo endereço.”

Apesar de acessar sites bloqueados pelos navegadores, através das imagens, algumas vezes isso não funcionava. São raros os casos, mas acontece.

Nesse caso, você pode usar o cache – É isso mesmo! – além de acessar conteúdo que já foi deletado/apagado, podemos acessar sites bloqueados, através do cache.

Eu sempre associava o cache do Google, com a memória do computador, sempre fazemos isso em programação para a internet.

A Google cria todas suas ferramentas online, baseadas em sua busca, isso barateia os custos dos servidores. Isso pode acontecer com o Google Suggest, aquele que complementa a frase buscada, ou utilizando o cache.  

Há vantagens da Google em seu cache on line, onde podemos visitar páginas apagadas ou bloquedadas, mesmo sem nunca termos visitado tal página, o que significa que não está no cache do computador.

Leia mais:

https://icommercepage.wordpress.com/2008/04/06/14-dos-usuarios-mais-inteligentes-do-google-ignoram-a-logica-booleana/

https://icommercepage.wordpress.com/2010/04/28/indexacao-de-paginas-as-avessas/

By Jânio

outubro 22, 2010 Posted by | internet | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 17 Comentários

Milagres existem

fenômenos raros

Anormal é não acreditar

Os milagres são vistos de maneira diferente, pelas várias religiões atuais. Para alguns, os milagres que mais importam são os milagres previstos na Bíblia, os chamados milagres públicos, os outros seriam particulares.

Para os espíritas, os milagres não existem, tudo será explicado no futuro, quando o homem tiver evoluído. Não deixa de ser bem moderninha, essa visão dos espíritas, onde o homem teria certos domínios que hoje ele não tem.

Os católicos dão mais importância aos milagres, todos os acontecimentos extraordinários, que possam ser provados, são considerado intervenção Divina, com intuito de levar as pessoas para junto de Deus. Apesar disso, poucos milagres puderam ser registrados e provados, mesmo com todas as tecnologias modernas.

Evidentemente que, com as novas tecnologias, os milagres deverão ser mais constantes, ou fatos explicáveis, como os ateus preferem acreditar.

O fato é que os milagres são raros, de um modo geral, mas poucas pessoas não sentiram algum momento muito especial em suas vidas. O Nascimento de uma pessoa é um grande milagre, se será explicado no futuro: de onde vem a alma, como se forma, a origem do homem, ou da própria vida, não sabemos. A única coisa que sabemos é que fatos extraordinários acontecem o tempo todo, pelo que se pode ser comprovado através da mídia, ou fora dela.

Segundo a Wikipedia, milagre é:

“Milagre (do latim miraculum, do verbo mirare, “maravilhar-se”) é um fato dito extraordinário que não possui uma explicação científica. Para os crentes, sua realização é atribuída à onipotência divina, é considerado como um ato de intervenção de Deus (ou de deuses) no curso normal dos acontecimentos.”

Casos de pessoas que caem de prédio, como o menino que caiu do segundo andar, sobre uma mulher, em cima de toldos, carros ou outra coisa.

Vários fatos de pessoas que levam tiro, são salvas por moedas, livros, Bíblias, crucifixo, medalhas, etc.

Acidentes de carros são um caso a parte, eu já vi vários carros completamente destruídos, onde o motorista sobreviveu.

Nessas horas eu penso: “Milagres existem”

by Jânio
Verdades proibidas
Evolução da Bíblia
Pregadores da verdade
Milagres existem?
Inocente encrenca de Maomé

Duvidosa evolução de Darwin

 

dezembro 19, 2009 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , | 61 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: