Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Comissão pede que imprensa não divulgue documentos de Macron que foram hackeados

Da Agência EFE

A Comissão Nacional de Controle da Campanha Presidencial na França pediu na madrugada deste sábado (6) que os meios de comunicação não publiquem informações sobre os documentos internos  hackeados da campanha do candidato presidencial Emmanuel Macron e difundidos nas redes sociais. As informações são da Agência EFE.

Em um comunicado, a comissão pediu para que os veículos de imprensa, especialmente os sites, não divulguem o conteúdo desses dados, já que, acredita-se que parte deles são falsos.

Após reunião de urgência nesta manhã para examinar o caso, a comissão estendeu o aviso a toda a população e usuários de redes sociais alertando que a divulgação desses documentos  (o “MacronLeaks”, como já vem sendo chamado na França) pode envolver “responsabilidade penal” de seus autores.

O organismo “pede aos atores presentes em sites da internet e nas redes sociais, em primeiro lugar os meios, mas também todos os cidadãos, a ter responsabilidade e não transmitir esses conteúdos, com o intuito de não alterar a transparência da eleição, não infringir a lei e não se expor a uma infração penal”.

E lembra que os documentos divulgados têm todas as chances de terem sido “misturados com informações falsas”. Com isso, a transmissão ou retransmissão está “suscetível a receber uma qualificação penal de muitos tipos e de acarretar a responsabilidade de seus autores”.

O partido Em Movimento, fundado por Macron, informou na noite de ontem que foi vítima de um ataque hacker “em massa e coordenado” que levou ao vazamento “nas redes sociais de informações internas de diversas naturezas”. A coordenação da campanha denunciou que os arquivos pirateados – como e-mails, documentos contábeis e contratos – “foram obtidos há várias semanas graças ao ataque hacker de endereços de e-mail pessoais e profissionais de dirigentes do movimento”.

De acordo a equipe de Macron, os autores do ataque enviaram documentos falsos junto com verdadeiros para “semear a dúvida e a desinformação”.

O anúncio foi feito faltando pouco menos de 24 horas para a abertura das urnas para o segundo turno das eleições presidenciais e poucos minutos depois do encerramento da campanha eleitoral de um pleito que tem Macron como grande favorito em relação à candidata de extrema direita Marine Le Pen.

Agência Brasil

 

maio 6, 2017 Posted by | Internacional | , , | Deixe um comentário

WikiLeaks anuncia que ha publicado solo el 1% de los documentos confidenciales sobre la CIA

Publicado: 8 mar 2017 14:17 GMT | Última actualización: 8 mar 2017 15:16 GMT
 
 El portal asegura que la enorme filtración sobre la CIA que hizo pública este martes es solo una pequeña parte de los documentos que tiene en su poder.

WikiLeaks anuncia que ha publicado solo el 1% de los documentos confidenciales sobre la CIA

Gary HershornReuters
 

WikiLeaks ha anunciado este miércoles que la primera parte de su filtración de documentos sobre el ciberespionaje global de la Agencia Central de Inteligencia de EE.UU. (CIA), apodada por el portal Year Zero (Año Cero en español), representa solo el 1% de Vault 7, como denomina a toda la serie.

Vault 7 es una enorme colección de documentos acerca del ciberespionaje global desarrollado por la Agencia Central de Inteligencia de EE.UU. (CIA), cuya publicación WikiLeaks califica como “la mayor filtración de Inteligencia de la historia”.

La primera parte, Year Zero, puso al descubierto que la CIA goza de un arsenal entero de armas cibernéticas elaborado por 5.000 piratas electrónicos que trabajan para la agencia. Este arsenal cayó en manos de ‘hackers’ y contratistas de la agencia que no tenían acceso autorizado al mismo, después de lo cual fue entregado a WikiLeaks.

El portal promete publicar eventualmente más información de la que dispone sobre la CIA, a medida que la vaya analizando y editando. De momento, WikiLeaks se niega a revelar cualquiera información sobre las futuras filtraciones sobre la CIA.

 

Futuras entregas

WikiLeaks prevé seis entregas más de materiales sobre la CIA, que, según se desprende de su anuncio de hoy, conforman el 99% de Vault 7. Si Vault 7 cubre, en general, las actividades de la CIA entre 2013 y 2016, el dossier Year Zero fue obtenido “recientemente” y cubre solo el año pasado.

WikiLeaks publicará información detallada, incluida aquella sobre sus fuentes, sobre cada entrega en el momento de su publicación. WikiLeaks se ha comprometido a no revelar ningunos datos que permitan identificar sus fuentes.

WikiLeaks afirma que tiene suficiente material “impactante” para cientos de investigaciones mediáticas y prometió un pronto acceso a más publicaciones a aquellos periodistas que muestren “excelencia” en el examen de la información ya publicada.

En el dossier “hay considerablemente más historias mediáticas que los periodistas o investigadores son capaces de escribir”, afirma el portal.

RT-TV

março 8, 2017 Posted by | Espanhol | , , | Deixe um comentário

Oliver Stone insta a Trump a desclasificar documentos sobre el conflicto en Ucrania

Guerra secreta da Ucrânia

Oliver Stone

El famoso director de cine estadounidense Oliver Stone ha llamado al presidente de EE.UU., Donald Trump, a desclasificar los documentos relacionados con los conflictos en Ucrania y Siria, informa la cadena rusa Pervi Kanal.

“El problema es que en nuestro país no conocen la situación real. Si yo fuera el presidente Trump, desclasificaría toda la información sobre Ucrania”, dijo Stone en una entrevista con el canal ruso.

El director argumentó su postura asegurando que con el conflicto ucraniano se inició un nuevo episodio de la Guerra Fría. El cineasta ha llamado “cuentos de hadas” inventados por EE.UU. “las declaraciones de que Rusia envió tropas a invadir Crimea y tiene presencia en el Donbass, y de que incluso amenaza a Ucrania”.

El propio Stone está convencido de que la CIA “está detrás de todos los eventos importantes de la historia moderna”, incluyendo el conflicto en Ucrania.

“EE.UU. necesita el miedo, necesita un enemigo, y no solo uno. Creo que el poder estadounidense se basa en los enemigos, porque traen dinero”, añadió.

RT-TV
  

fevereiro 6, 2017 Posted by | Espanhol | , , , , | Deixe um comentário

O acesso a páginas bloqueadas ou apagadas é possivel

page cannot be found

Página Bloqueada

Quando uma pessoa dá os seus primeiros passos na internet, os sistemas de buscas são fundamentais para sua utilização.

Dentre todos os sites de buscas, o site que se destaca é o Google, que, ao lado do Yahoo oferece as melhores performances de buscas, além de ser o mais popular.

Para usuários iniciantes, uma busca simples já é suficiente: Digita-se uma palavra;  e clica-se em buscar, Go ou Search, para que  o processo de busca se inicie.

Com o tempo, a internet passa a fazer parte do cotidiano desses usuários, novas possibilidades surgem.

Encontrar um documento específico na internet, é um milhão de vezes mais difícil que encontrar uma agulha num palheiro, ou seja, é impossível se achar com técnicas simples.

Nesses casos, vale mais a experiência do internauta.

Buscas no Diário Oficial da União, por exemplo, é um martírio.

Se temos um texto anterior, no caso de uma lei, por exemplo, fica mais fácil.  Digitamos frase por frase, no buscador, até ele retornar algo aproveitável, a partir daí, é só filtrar pela data atual.

Pronto, encontramos a nova lei, baseado no texto da antiga lei que já tínhamos, em menos de dois ou três minutos.

Apesar de não ser familiarizado com todas as técnicas avançadas de busca – não me interesso muito por técnicas crackers, por exemplo – eu tenho o meu estilo, e aproveito todas as possibilidades de busca que eu considero úteis.

Um dos primeiros artigos que eu escrevi para internet, como não poderia deixar de ser, foi sobre buscas: “1/4 dos usuários mais inteligentes do Google, não sabem utilizar a lógica booleana.”

Muitas vezes não utilizamos a lógica booleana por pura preguiça mesmo, mas eu tenho notado que os sistemas de busca tem dificultado alguns tipos de busca avançadas, justamente para poupar/economizar nos servidores.

Além da lógica booleana, já falamos da importância das buscas avançadas:

Por data: Fundamental para que os usuários acompanhem os fatos disponíveis na internet, em tempo real. Tempo real, aliás, que recebeu a importância que merecia só depois do advento da Twitter.

Pesquisas avançadas por data, são ideais para acompanhar a política, em seus momentos cruciais, ou até a evolução desses fatos, como foi o caso da gripe influenza, caso Isabella nardoni, etc.

Pesquisas por imagens: Quando clicamos em imagens, no Google, iniciamos nossas buscas por imagens, com uma simples configuração de formato/tamanho, podemos encontrar a imagem no tamanho exato que queremos. Podemos ver o “peso” dessa imagem, em nosso bolso, observando sua resolução em kbytes, e também o tipo de arquivo: JPG, GIF, PNG, etc.

Minhas recém descobertas foram na opção “cache”, não que eu não soubesse de sua utilidade. A Polícia Federal utiliza a busca no “cache” para encontrar o que já foi apagado da internet, mas não é só para a Polícia Federal que isso tem utilidade.

Muitos usuários mais espertos, publicam determinado conteúdo, em seguida apagam, mantendo apenas no cache. Seus usuários, evidentemente, só terão acesso se conhecerem essa técnica de busca.

Quando a plataforma WordPress iniciou sua indexação de imagens, de maneira mais otimizada, notei que muitas imagens minhas foram para o topo. Cheguei a escrever um post intitulado “indexação às avessas”.

A razão, é claro, pelo fato de grande parte dos visitantes de meu blog, estarem acessando o site através da busca por imagens. Foi nessa época que eu descobri a primeira forma de acessar sites bloqueados pelos navegadores – Sabe aquela mensagem: “Seu navegador não conseguiu localizar essa página, ela pode ter sido deletada ou encontrar-se em um novo endereço.”

Apesar de acessar sites bloqueados pelos navegadores, através das imagens, algumas vezes isso não funcionava. São raros os casos, mas acontece.

Nesse caso, você pode usar o cache – É isso mesmo! – além de acessar conteúdo que já foi deletado/apagado, podemos acessar sites bloqueados, através do cache.

Eu sempre associava o cache do Google, com a memória do computador, sempre fazemos isso em programação para a internet.

A Google cria todas suas ferramentas online, baseadas em sua busca, isso barateia os custos dos servidores. Isso pode acontecer com o Google Suggest, aquele que complementa a frase buscada, ou utilizando o cache.  

Há vantagens da Google em seu cache on line, onde podemos visitar páginas apagadas ou bloquedadas, mesmo sem nunca termos visitado tal página, o que significa que não está no cache do computador.

Leia mais:

https://icommercepage.wordpress.com/2008/04/06/14-dos-usuarios-mais-inteligentes-do-google-ignoram-a-logica-booleana/

https://icommercepage.wordpress.com/2010/04/28/indexacao-de-paginas-as-avessas/

By Jânio

outubro 22, 2010 Posted by | internet | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 17 Comentários

Extensões – Como usar o computador de maneira eficiente

extensão de arquivos

extensão de arquivos

Jà aconteceu de você querer abrir um artigo, receber uma mensagem de erro do windows avisando que o arquivo não pode ser aberto.

Isso pode acontecer por duas razões:

1 – Na primeira, a mensagem está certa, o Windows não poderá abrir o arquivo, o programa necessário para abrir o arquivo não existe em seu computador.

2 – Na segunda, a mensagem pede para você escolher um programa, acontece que é a primeira vez que você precisa abrir este arquivo, é natural que você não saiba qual o programa necessário para abrir o tal arquivo.

Os arquivos são identificados pelos programas através de suas extensões, a maioria dos usuários já conhece, por exemplo, o txt: ex: nome.txt

Os arquivos *.txt são abertos pelo aplicativo bloco de notas, é muito usado por programadores, principalmente, pela sua rapidez e facilidade.

Há arquivos que não podem ser abertos, mostrando mensagens como:

O Windows não pode abrir este arquivo, para abrir o arquivo o windows precisa saber com que programa ele foi criado.

O Windows pode se conectar a internet para procurar o programa automaticamente, ou você pode selecioná-lo em uma lista no computador. O que você deseja fazer?

1 – Use o serviço web para encontrar o program.

2 – Selecione o programa na lista

Selecionando o programa na lista, poderá abrir o programa sem problemas.

Veja a lista de extensões para áudio:

1 – Mp3 – O Mp3 foi uma verdadeira revolução em formato de música, elimina ruidos imperceptíveis que o ouvido não pode ouvir. Se tornou tão popular na internet que tentaram proibir o arquivo por ser usado pelos piratas gratuitamente.

2 – WMA – Semelhante ao Mp3, foi criado pela Microsoft, usa o program Windows Media Player para copiar cd par o computador. É o formado padrão do Windows.

3 – AAC – Codificação Avançada de Áudio. Foi criado pela Aple para Ipods, além de disputar mercado com o WMA e o Mp3, em qualidade e tamanho de arquivo.

4 – OGG – Menos conhecido que os anteriores, com uso em streaming, usado pela internet em tempo real, esse formato não precisa ser carregado pelo computador para ser ouvido.

5 – AC3 – Dolby Digital, com várias saídas de áudio, indicado para home theaters, ou no cinema.

6 – WAV – ou Wave. Formato só para o sistema do Windows, para seus aplicativos, não necessita de programas.

7 – AVI – Audio Vídeo Interleave. Criado pela Microsoft, combina áudio e vídeo simultaneamente, roda em todos os players mais conhecidos, compatíveis com o DivX.

8 – MPEG -Criado pela Moving Pictures Expert Groups, um dos formatos mais perfeitos de imagens para alta definição.

9 – Mov – Criado para Quicktime, usado principalmente no pacote de programas de computadores da apple.

10 – RMVB – Real Media Variable Bitrate, pode reduzir o arquivo em dezenas de vezes, só que perde a resolução. criado pela Real Media.

11 – MKV – Criado pela Matroska para ser usado como software livre.

12 – BMP – Formato de imagem – Tm uma imagem maior e melhor do que os outros formatos.

13 – GIF – Graphics Interchange Formats – Semelhante ao BMP, muito utilizado pela internet por permitir a criação de emotcons em blogs e fóruns.

14 – JPEG – Joit PHOtographic Experts Group – Realiza compressão de imagens, enganando a vista humana, mas sacrifica dados para isso, por se bem mais leve que o BMP, é muito usado na internet.

15 – PNG – Surgiu pelo fato dos algoritmos do GIF serem patenteados, além de ser gratuito, apresenta mais cores.

16 – 3gp – Formato para transmissão de multimídia para celulares.

Arquivos compactados.

1 – Zip – Usado para compactar e descompactar arquivos, usado pelo programa Winzip.

2 – RAR – Semelhante ao ZIP, além de mais fácil de instalar e utilizar, é compatível com os arquivos ZIP, o que o torna muito mais atraente.

3 – 7z – Menos conhecido mas com uma boa taxa de compressão e qualidade.

Documentos

1 – TXT – Texto simples, para o bloco de notas deo Windows.

2 – Doc – Usado pelo programa do Word da Microsoft.

3 – XLS – Usado pelo Excel também da Microsoft.

4 – PPT – Usado pelo Powerpoin da Microsoft.

5 – PDF – Usado pelo Adobe Reader, preferido por quem deseja proteger os direitos autorais.

Arquivo de Sistemas ou informações sobre o computador, não devem ser abertos, pode provocar pane no computador.

Com, Exe, BAT, Sys, dat, bin, dll, pif, lnk, info, ini.

Para você que está aprendendo html ou htm, é interessante saber que o arquivo é criado e editado em bloco de notas, para executar é preciso mudar a extensão de txt para html, abra com o internet explorer.

Leia mais:

https://icommercepage.wordpress.com/2008/11/26/com-problemas-para-assistir-videos/

by Jânio.

setembro 21, 2009 Posted by | internet | , , , , , , , , , | 8 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: