Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Ciência cega

Milagres Científicos

Milagres Científicos

“A ciência sem religião é imperfeita, a religião sem ciência é cega” – Albert Einstein.

Eu entendo que Einstein defendia as ciências, afinal ele era um cientista, mas quem disse que não é a ciência que é cega?

As ciências tiveram origem em experiências feitas pelo ser humano e sua origem é tão remota quanto a nossa. Hoje, rejeitamos as experiências da alquimia e os fundamentos milenares da religião.

Nossas tecnologias mais avançadas são baseadas em pura teoria, e catástrofes surgiram desse nosso conhecimento limitado. Atualmente há equipamentos capazes de adentrar o universo obscuro do átomo, na minha infância isso não era possível.

Foi por isso que eu sempre critiquei a ideia de se levar tão a sério as teorias, forçando um avanço tecnológico ao qual não estamos preparados para controlar, manipular, como é o caso da energia nuclear. Foi assim que as primeiras bombas atômicas explodiram, foi assim que o mundo quase acabou.

É preciso muita sensibilidade para acreditar na religião, em Deus e em muitos mistérios entre o Céu e a Terra. Também é preciso muita sensibilidade para amar, entender as pessoas e receber os dons divinos dos milagres, fazer e receber.

Uma pessoa que não tem uma religião e não acredita em nada, naturalmente também não poderá escrever uma poesia, revelar seus sonhos em forma de texto.

Ninguém está pedindo para que as pessoas se emocionem, chorem diante das belezas desse mundo, parece até que o mundo parou de dar valor a isso. O problema é que essa falta de sensibilidade está trazendo consequências muito graves.

A sociedade está se tornando fria, egoísta. As pessoas estão abandonadas e só sente suas próprias emoções, pior, acostumam-se com a violência e a falta de sensibilidade.

Agora dependemos da fé na religião para sobreviver, e religião é como amigo, quando mais se precisa é que sabemos quem são os verdadeiros.

Milagres existem

Ciência social insensível

Deus existe

Fantasmas existem

Espírito da alma

Profissões em baixa em Portugal

Obscuro universo do átomo

Anúncios

janeiro 15, 2013 - Posted by | Cinema | , , , , ,

7 Comentários »

  1. Escolher a ilusão, por mas reconfortante que seja, para acreditar em detrimento da realidade nua e crua é repugnante.

    Comentário por Ivo Christian | janeiro 15, 2013 | Resposta

    • Olá Ivo:

      …resta-nos saber o que é real e o que é ilusão.

      Quem não tem sensibilidade, não consegue ver nada; já quem tem sensibilidade, pode ver até mais do que devia. Histórias de fantasmas são consideradas ficção e são raras em áreas urbanas, exceto no Japão.

      Curiosamente, os fantasmas e assombrações aparecem mais em regiões isoladas e sem energia elétrica, mas aparecem só para pessoas sensíveis, não que isso seja uma grande vantagem nesse caso.

      … já os milagres…

      ABS

      Comentário por icommercepage | janeiro 16, 2013 | Resposta

  2. […] Ciência cega […]

    Pingback por É preciso ver para acreditar « Made in Blog | fevereiro 23, 2013 | Resposta

  3. […] Ciência cega […]

    Pingback por Dez grandes mistérios da natureza solucionados « Made in Blog | agosto 17, 2014 | Resposta

  4. […] Ciência cega […]

    Pingback por Curiosidades sobre o eletromagnetismo « Made in Blog | fevereiro 2, 2015 | Resposta

  5. […] Ciência cega […]

    Pingback por Seis efeitos matrix já comprovados « Made in Blog | fevereiro 7, 2015 | Resposta

  6. […] Ciência cega […]

    Pingback por Dez formas de manipular o cérebro « Made in Blog | maio 27, 2015 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: