Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Ranking dos melhores países em educação

Top países da educação

Ranking da Educação

Eu sempre me pergunto o que leva os países desenvolvidos a convidar o Brasil para essas avaliações. Será que o Brasil merece mesmo essa honrosa participação?

O destaque com certeza é da Ásia, dona das sete primeiras posições. Outro destaque não poderia deixar de ser a China, mas são regiões específicas, demonstrando o sucesso da descentralização de regiões independentes, administrativamente, em meio ao centralizado imperialismo chinês.

E, por falar em regiões independentes da China, é bom ressaltar que os países pequenos tem tido desempenhos bem melhores que os países grandes, a descentralização da gestão pública é fundamental para o desenvolvimento de um país.

Ranking PISA dos melhores países na educação:

01 – Shanghai – China – 613 – 570 – 580

02 – Singapore – 573 – 542 – 551

03 – Hong Kong – China – 561 – 545 – 555

04 – Chinese Taipei – 560 – 523 – 523

05 – Korea – 554 – 536 – 538

06 – Macao-China – 538 – 509 – 521

07 – Japan – 536 – 538 – 547

08 – Liechtenstein – 535 – 516 – 525

09 – Switzerland – 531 – 509 – 515

10 – Netherlands – 523 – 511 – 522

11 – Estonia – 521 – 516 – 541

12 – Finland – 519 – 524 – 545

13 – Canada – 518 – 523 – 525

14 – Poland – 518 – 518 – 526

15 – Belgium – 515 – 509 – 505

16 – Germany – 514 – 508 – 524

17 – Viet Nam – 511 – 508 – 528

18 – Austria – 506 – 490 – 506

19 – Australia – 504 – 512 – 521

20 – Ireland – 501 – 523 – 522

21 – Slovenia – 501 – 481 – 514

22 – Denmark – 500 – 496 – 498

23 – New Zealand – 500 – 512 – 516

24 – Czech Republic – 499 – 493 – 508

25 – France – 495 – 505 – 499

26 – United Kingdom – 494 – 499 – 514

27 – Iceland – 493 – 483 – 478

28 – Latvia – 491 – 489 – 502

29 – Luxembourg – 490 – 488 – 491

30 – Norway – 489 – 504 – 495

31 – Portugal – 487 – 488 – 489

32 – Italy – 485 – 490 – 494

33 – Spain – 484 – 488 – 496

34 – Russian Federation – 482 – 475 – 486

35 – Slovak Republic – 482 – 463 – 471

36 – United States – 481 – 498 – 497

37 – Lithuania – 479 – 477 – 496

38 – Sweden – 478 – 483 – 485

39 – Hungary – 477 – 488 – 494

40 – Croatia – 471 – 485 – 491

41 – Israel – 466 – 486 – 470

42 – Greece – 453 – 477 – 467

43 – Serbia – 449 – 446 – 445

44 – Turkey – 448 – 475 – 463

45 – Romania – 445 – 438 – 439

46 – Cyprus – 440 – 449 – 438

47 – Bulgaria – 439 – 436 – 446

48 – United Arab Emirates – 434 – 442 – 448

49 – Kazakhstan – 432 – 393 – 425

50 – Thailand – 427 – 441 – 444

51 – Chile – 423 – 441 – 445

52 – Malaysia – 421 – 398 – 420

53 – Mexico – 413 – 424 – 415

54 – Montenegro – 410 – 422 – 410

55 – Uruguay – 409 – 411 – 416

56 – Costa Rica – 407 – 441 – 429

57 – Albania – 394 – 394 – 397

58 – Brazil – 391 – 410 – 405

59 – Argentina – 388 – 396 – 406

60 – Tunisia – 388 – 404 – 398

61 – Jordan – 386 – 399 – 409

62 – Colombia – 376 – 403 – 399

63 – Qatar – 376 – 388 – 384

64 – Indonesia – 375 – 396 – 382

65 – Peru – 368 – 384 – 373

Countries and economies are ranked in descending order of the mathematics mean score in PISA 2012

Fonte: inep.gov.br

Países com mais mentes brilhantes

Melhores países em IDH

dezembro 4, 2013 Posted by | curiosidades | , , , , , , | 1 Comentário

Pare de assistir TV

Falta Educação

Falta Educação

Não, o problema da educação em família não é novo, essa decadência tem exatamente a idade de sua principal causa, a TV.

A solução poderia ser a internet, mas a censura apareceu e, mesmo com tantas campanhas e manifestações públicas, prevaleceu.

No começo eu até pensei que fosse exagero, afinal, o que eles estavam querendo não me afetava diretamente, entretanto, a quantidade de informações disponíveis na Web, foram suficientes até para que um leigo como eu se inteirasse dos problemas que essa censura acarretava.

Apesar da internet não concentrar tanta audiência, como a TV, é o veículo de comunicação mais utilizado no mundo. A internet é pessoal, e vem daí a sua importância, na medida em que apresenta diferentes pontos de vista.

Enquanto a TV manipula e forma idiotas, a internet apresenta conteúdos e informações relevantes para sociedade. O único risco que me preocupa, é a informação pronta, maquiada e repetida, que alguns blogueiros fazem questão de publicar, sem acrescentar a sua devida opinião.

Recentemente, a própria TV produziu um programa sobre a suposta e inevitável elitização da internet. Segundo eles, esse seria um processo inevitável.

Eu devo adiantar que assim como nem todas as TVs são iguais, nem todos os sites são iguais também.

A história da TV brasileira é nojenta, criminosa, então, acredito que as redes de TVs estrangeiras também sejam. Podemos notar a tendência de direita nas principais redes de TVs mundiais, mas não são todas iguais.

As TVs de países desenvolvidos, onde há uma combinação entre distribuição de renda e IDH, são competentes. Infelizmente, isso não é muito comum, não.

Também há TVs estatais, que refletem a postura da organização política de um determinado país.

… mas as melhores TVs são as TVs mantidas por ONGs, de preferência sem a participação do Estado e, muito menos, de multinacionais e banqueiros. De fato, essas TVs não formam idiotas.

É possível notar a postura, correta ou incorreta, de uma TV ou ONG, quando essas veiculam opiniões, pontos de vistas, críticas, e participam de movimentos sociais ou antecipam crises políticas, sociais, etc., além de participarem ativamente de eventos importantes, mesmo sendo contrários ao governo e aos poderosos.

A partir de agora, se alguém reclamar de algum ato político, serviço de instituição pública, justiça, etc., a minha resposta sempre será a mesma: “Você precisa parar de assistir TV”.

Depois de assistir ao documentário “Muito além do Cidadão Kane”, depois de acompanhar ao escândalo do Panamericano, do Grupo Sílvio Santos, eu não tenho dúvidas que assistir a essas TVs, significa acomodação e quase cumplicidade com o crime organizado.

A TV é a principal ferramenta de manipulação político-social, salvo exceção, e é através dela que a máfia da corrupção está se mantendo no poder.

Uma pessoa pode assistir a um filme, documentário ou outro programa, desde que tenha opinião própria, desde que não fique o tempo todo na frente da TV. Além disso, as pessoas devem boicotar as TVs de pessoas corruptas que roubam dinheiro público, ou que estejam envolvidas com a máfia da CBF, Grupo Sílvio Santos e outros.

Não é difícil identificar a reputação de um veículo de comunicação, basta analisar a sua percepção para fatos, crimes e líderes políticos, além dos crimes cometidos por empresas ligadas ao governo.

Eu tenho uma certa simpatia pela RT-TV, uma de minhas principais fontes de informação, e pela BBC, mas isso não significa que eu não tenha senso crítico em relação a elas.

Agora estão querendo aproveitar a concentração de audiência de grandes portais para censurar e controlar as pessoas, e eu quero ver no que isso vai dar.

O Irã já pensa em criar a sua própria rede, isolada do resto do mundo. Eu tenho notado que a China também possui portais voltado apenas para a sua gigantesca população, apesar de ainda não ter se fechado totalmente para o mundo, já que isso iria contra suas estratégias comerciais.

Um possível embargo contra o Irã, poderia ser catastrófico, já que a Europa depende desse petróleo. Acontece que essa crise mundial não é gratuita e está relacionada justamente com busca pela liberdade de decisão do estado – Argentina, monetária – China, religião própria – Irã, democracia e verdade – todo o resto do mundo.

A arma da elite são os veículos de comunicação de massa, enquanto o povo só tem a internet.

Se tirarem a internet do povo, o povo ficará desarmado, mas não é isso o que interessa para eles. Isso será feito aos poucos, medindo o grau de insatisfação das pessoas, o que sempre funcionou durante milhares de anos.

Resta saber se eles terão a capacidade de nos controlar, manipular essa panela de pressão em que se transformou a sociedade, e ocultar a verdade e seus reais interesses, coisas que só poderão ser feitas com a ajuda da TV e da censura na internet.

By Jânio

Corporativismo midiático

Vendedoras de Sonhos e pesadelos

As moscas do panamericano

janeiro 3, 2013 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | 4 Comentários

Educação básica

Inteligência Básica

Inteligência Básica

Educar uma criança através de uma creche não é uma boa ideia, até mesmo o ensino básico, fundamental, apresenta problemas de gestão, até porque educação não se administra, educa-se.

Quando o pai e a mãe vão trabalhar, sem ter nenhuma meta financeira em mente, cometem um grande erro.

Se fosse feito uma pesquisa para saber qual o valor ideal para um orçamento básico, cada pessoa teria um valor em mente. Famílias que ganham dois mil, querem ganhar quatro; famílias que ganham quatro, querem ganhar oito, e assim por diante, até o controle de natalidade já é feito baseado na renda da família.

Notem que estamos falando da verdadeira educação básica, não daquela pedagógica, mas da verdadeira, daquilo que é necessário para a sobrevivência de uma pessoa.

A educação familiar sempre foi fundamental para a sociedade, não a pedagógica que desenvolve os conhecimentos técnicos, mas aquela que mantém a tradição.

Ensinamentos e culturas tradicionais são passados de geração para geração, a verdadeira evolução está na capacidade de se transmitir essas informações. Perto disso, a evolução das espécies, de Darwin, torna-se insignificante e pretensiosa.

Os maiores nomes da história tinham suas tradições e culturas que, apesar de serem muitas vezes ignoradas, foram os verdadeiros motivos de seu sucesso.

Júlio César – segundo o filme de mesmo nome, fazia questão de lembrar a todos que era descendente dos deuses, da casa de Júlio. De fato, conseguiu o seu intento de ser tratado como tal, mas pagou caro por isso.

Depois de sua morte, não foi o seu nome de família que ficou lembrado mas, sim, César, único no nome, mas aceito por todos os povos da época.

Alexandre Magno, o grande – considerado o maior conquistador da história, admirado até por Júlio César, serviu de inspiração e de escola para os novos conquistadores, mas a sua verdadeira educação pessoal era muito mais sofisticada que a educação para a guerra. Ele preferia construir as bibliotecas que César destruía.

Júlio César seguia a cartilha imperialista, disfarçada de república romana, onde toda cultura deveria ser destruída para que o povo deixasse de ser “bárbaro” e se tornasse romano.

Jesus Cristo – de acordo com a Bíblia, Jesus possuía duas tradições muito fortes. A tradição dos profetas, por parte de Maria e a tradição dos reis, por parte de José.

Isso faz sentido, afinal, numa cultura tão tradicional, seria normal que isso ocorresse, numa união de duas tradições de muito respeito.

Em culturas orientais, o dragão tem uma força tradicional muito grande, principalmente no Budismo. Na cultura ocidental, a aparência do feio e do monstro é diabólica, com raríssimas exceções.

A Bela e a Fera, e o Corcunda de Notre Dame são alguns exemplos de resistência ao mundo de aparências, um mundo que se tirássemos um raio-x, teríamos de ficar sozinhos para o resto da vida.

Nossa superstição é muito forte e pode comprometer a vida de muitas pessoas, mas sempre haverão pessoas dispostas a arriscar a vida para contrariar o sistema.

As crianças, naturalmente, são afetadas por essas idéias infantis dos adultos, onde o feio representa o mal. O próprio conceito de feio não passa de aparências.

O pior de tudo é que a intolerância passa através de muitas categorias e conceitos como: religião, sexualidade, direitos civis, conspiração separatista, interesses políticos e até mesmo simples maldade.

Em alguns casos, faz sentido dizer que “se a criança sobreviver a tudo isso até os dez anos de idade, será uma pessoa muito importante no futuro”.

By Jânio

Decadência da família brasileira

Consequências da gravidez na adolescência

Júlio César

Duvidosa teoria da evolução de Darwin

Teoria do cocô

Fantasias só para adultos

dezembro 20, 2012 Posted by | Reflexões | , , , , , | Deixe um comentário

Brasil – Penúltimo no ranking da educação

Educação Brasileira

A empresa Pearson realizou testes para elaborar um ranking entre 40 países, e o Brasil ficou em penúltimo lugar.

Antes de conferir a lista, é bom lembrarmos que essa lista só é importante para a mídia que visa desqualificar a educação em nível federal e que isso pode chegar ao fim, caso o bipartidarismo acabe, devido ao desgaste natural de nosso subdesenvolvimento.

Que o Brasil tem uma infra-estrutura péssima, nem é preciso pesquisar para saber. Isso é uma pena, já que a educação é o setor mais barato e mais importante de um país.

Prova disso, pode ser notada nos países sem força econômica, política ou representatividade como: Polônia, Hungria, Eslováquia, Tcheca, Bulgária, Chile, Romênia, Argentina, Colômbia e México – note a quantidade de países socialistas, ex-comunistas, latino-americanos e outros que tendem a seguir por esse caminho, como é o caso da Espanha.

Também não dá para deixar de notar os países em crise ou que economicamente estão no mesmo nível do Brasil, mas que tem muito mais responsabilidade que os nossos ladrões, travestidos de políticos.

Entre os BRICS, apenas o Brasil e a Rússia estão classificados, demonstrando claramente interesses da pesquisa.

Se você acha que o Brasil está mal nessa lista, saiba que na lista de retorno dos impostos, em infra-estrutura, o país ficou em último de trinta. Isso é uma má notícia.

Lembrando que no ano passado, 2.011, o Brasil ficou e 88º na lista da UNESCO, em educação.

Veja o ranking:

1º – Finlândia

2º – Coreia do Sul

3º – Hong Kong

4º – Japão

5º – Cingapura

6º – Grã-Bretanha

7º – Holanda

8º – Nova Zelândia

9º – Suíça

10º – Canadá

11º – Irlanda

12º – Dinamarca

13º – Austrália

14º – Polônia

15º – Alemanha

16º – Bélgica

17º – Estados Unidos

18º – Hungria

19º – Eslováquia

20º – Rússia

21º – Suécia

22º – República Tcheca

23º – Áustria

24º – Itália

25º – França

26º – Noruega

27º – Portugal

28º – Espanha

29º – Israel

30º – Bulgária

31º – Grécia

32º – Romênia

33º – Chile

34º – Turquia

35º – Argentina

36º – Colômbia

37º – Tailândia

38º – México

39º – Brasil

40º – Indonésia

By Jânio

Lula para governador

novembro 30, 2012 Posted by | curiosidades | , , , , , | 2 Comentários

Mais da metade dos brasileiros vive com menos de um salário

censo ibge

Crescimento Brasileiro

Analisar os dados mais importantes do IBGE, na minha opinião não é tarefa fácil. O problema é que, assim como no IBOPE e outros institutos de pesquisa, os resultados vem de uma maneira que parece que tudo está bem.

O primeiro dado, eu considerei corajoso:

Nos domicílios pesquisados, 67% viviam com renda per capta de menos de um salário mínimo (510,00) – Levando-se em conta que nas décadas anteriores, as pesquisas apresentavam o resultado por famílias na casa, ou total de dependentes/moradores dessa residência, a renda per capta, por pessoa, é um avanço.

Eu fiquei imaginando que 16 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza é um problema grave para o governo, também é muita coragem achar que vai zerar isso em apenas quatro anos.

Seria difícil de acreditar, já que o Brasil apresenta regiões muito diferentes, dificultando os projetos nessa área.

Em São Paulo, o estado mais rico, poderia-se até acreditar num resultado próximo a isso, mas os projetos envolveriam o Governo Federal, Estadual e Municipal, já que todos tem sua participação no poder, riquezas e responsabilidades.

Também é preciso lembrar que as pessoas não precisam só de comida, precisam de educação, saúde, transporte, etc. Na educação, a ideia de achar que o analfabetismo é o único problema a ser considerado é outro grave erro.

O número de analfabetos teria caído de 13,6% para 9,6% em dez anos, isso coincide com os 16 milhões de pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza. Tanto um, como outro problema, poderiam ser resolvidos em parceria com ONGs, deixando o Governo com uma responsabilidade maior, resolver os outros problemas de infraestrutura.

Analfabetismo é uma vergonha para o país, mas não é o maior dos problemas, o maior problema é o semi-analfabetismo em grande número. A educação cidadã, mostrando os direitos dos cidadãos, essa seria muito bem-vinda.

A educação cidadã não é o objetivo do Governo, o verdadeiro cidadão consegue ver os problemas sociais, sabe/conhece os seus direitos.

O voto aos dezesseis anos foi uma forma que alguns políticos encontraram para se manter mais algum tempo no poder, obrigá-los a votar seria melhor ainda. O detalhe mais interessante é que o fator internet teve uma importância muito grande, já que passou a exigir uma educação mais preparada por parte dos pais, professores e sociedade em geral.

Hoje, não seria de duvidar que os jovens com menos de dezesseis anos fossem mais educados que os mais velhos, então, o problema passaria a ser educar os mais velhos. É bom que se diga que, nesse caso, estou falando de educação política, que era o objetivo do voto aos dezesseis.

No caso da educação familiar, cidadã, os mais velhos naturalmente adquirem com mais tempo e sabedoria.

Se compararmos esse governo com o anterior, aí sim teremos um crescimento. Ainda assim não é suficiente, precisamos de novas opções.

Maranhão e Piaí, redutos da família Sarney, naturalmente estão na pior situação.

Foram pesquisados cerca de 5.565 municípios, 190.755.799 pessoas.

A média de pessoas por domicílio caiu de 3,8 para 3,3 pessoas

By Jânio

maio 4, 2011 Posted by | Política | , , , , , , , | 4 Comentários

A duvidosa filosofia da vida moderna

vícios e obsessão

Drogas Modernas

Lembram-se quando eu falei que há, em minha modesta opinião, três níveis de mentira?

O péssimo mentiroso não consegue sustentar a própria mentira, entra em contradição, podendo ser preso ou revelar sua verdadeira falta de caráter. Por outro lado, quem nunca mentiu também é bobo, não dá para viver numa sociedade hipócrita sem manter um mínimo de privacidade: Imposto de Renda, segurança, vendedores inconvenientes, etc.

Como eu disse antes, os mentirosos médios mentem, convencem-se sobre suas próprias mentiras, matando-se de trabalhar para manter o status proporcionado por suas mentiras. Os melhores mentirosos só os membros da PPP, como Maluf, Barbalho, Calheiros, Belinatti, Lerner, banqueiros, mafiosos, etc

No caso dos mentirosos médios, aqueles que acreditam na própria mentira, fazendo-se de vítimas, isso pode virar uma doença. Lembro-me de pelo menos dois filmes, onde a mentira revelava-se como uma grande farsa.

O primeiro que eu destacaria é “O clube da Luta”, um filme violento, polêmico, com um final perturbador. O outro, não me lembro o nome, o protagonista passa a esquecer-se de tudo o que aconteceu nas últimas vinte e quatro horas.

O protagonista sempre acorda com uma amnésia absoluta, com anotações que passa a investigar durante vinte e quatro horas, esquecendo-se de tudo no dia seguinte.

Vivemos assim, essa doença social do dia-a-dia, procurando o sentido da vida. A maioria sequer procura, mergulha-se numa paranoia, tentando esquecer os seus medos mais íntimos.

Um político corrupto pode roubar a vida inteira, mesmo assim, em sua mente, faz-se de vítima. Parece simples, mas como podem pessoas doentes que não entendem os princípios da constituição, serem nomeados autoridades públicas? – Devia ser proibido.

Há um princípio que deixa bem claro que a ética está acima da lei, isso vale para o mundo inteiro, onde o que é certo não seria só a lei, mas sim a consciência da sociedade em determinada época e nível de evolução do pensamento.  

Perguntem-me o que o Presidente do STF fez, ao descobrir que um famoso banqueiro – Mister Dantas – estava preso. Eu respondo, seguiu a lei ao pé da letra, libertando o banqueiro imediatamente; aconteceu com Nahas, Cacciola, até o afastamento definitivo do Delegado Protógenes da PF, condenado e quase preso.

Alguém deveria perguntar ao Sr. Gilmar Mendes, qual o sentido da vida.

Ninguém está livre dessa paranoia, as pessoas não conseguem pensar e aceitar que foram “programados” para morrer. Enquanto alguns poucos conseguem vencer a morte, através das ciências, religiões e filosofia, a maioria mergulha numa fuga psicótica através das drogas, busca de objetivos discutíveis, dinheiro, etc. 

A psicose funciona como fuga temporária, mas como toda doença, pode ser curada, e quando isso acontece, a pessoa sente que preferia ter continuado louca.

A verdade é dura e dói, pior, todos temos algum tipo de medo. Numa sociedade como a nossa, com dois universos diferentes, o rico não tem medo, tem fobia.

O Medo é muito complexo, pode trazer uma situação que a pessoa não quer lembrar, por isso sua mente desenvolveu o medo como forma de ocultar um fato que a pessoa quer esconder. Nossa mente possibilita isso, nesse caso, ao invés de vencer esse medo, desenvolvemos-o em maior intensidade, como forma de ocultar um passado sombrio e obscuro que deve ser enterrado.

No caso das drogas, só se fala das drogas entorpecentes, mas se esquecem que todo tipo de obsessão  pode nos levar às doenças psicológicas: Uma pessoa que trabalha muito, estuda, reza, balada, bar, etc,. Tudo pode ser um tipo de fuga, para evitar lidar com nossa própria condição, em relação à sociedade e a nossa vida.

Os vícios são uma forma de fuga à realidade. Depois que nos tornamos dependentes de jogos, cigarros, bebidas, comida, doces, etc., isso nos faz sentir melhor.

Por trás desses vícios, sempre há alguém pronto para se aproveitar de nossas fraquezas.

O dono do bar está disposto a oferecer a bebida, desde que o alcoólico esteja disposto a pagar, mas será o primeiro a abandoná-lo, quando não tiver mais dinheiro, ou não se lembrar que tem que pagar.

Em nossa região, as operadoras de celular estão oferecendo internet quase de graça. Isso é um convite para que as pessoas comprem mais e mais Iphones, Ipads, Tablets, mas quando chegar a hora, todos serão submetidos a um cartel de preços ou impostos.

Uma famosa empresa de telefonia internacional, recentemente, vendeu sua parte e comprou a parte da concorrência. Eu, é claro, fiquei me perguntando a quantidade de segredos que elas teriam trocado, passando então a confiar entre si, para formar o “grupo”.

A telefonia móvel está combinando o que as pessoas mais gostam, internet e celular. As Redes Sociais e os games podem ser vícios perigosos, mas podem representar uma fuga de uma realidade incompreensível e inaceitável para nossa vida secundária e mal-educada.

Assim como as drogas reconhecidas, as indústrias de remédios oferecem uma filosofia de vida discutível, propiciando um jogo de aparências invejável em determinados “formigueiros sociais”. Temos tudo o que procuramos, vida calma, corpo perfeito, performances invejáveis, só a morte rápida não está especificada na bula.

Podemos fugir de tudo isso e “mimar” nossos filhos, mas, nesse caso, eles não teriam a menor chance de sobreviver na sociedade selvagem de hoje.

O ideal é oferecer a eles riscos e liberdades calculados, acompanhado de uma boa educação informativa, mas, aqui, a tercerização da educação pode ser um grande problema.

By Jânio

fevereiro 8, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , | 9 Comentários

Desafios de nossa educação

 transformações da familia

Comportamento dos Filhos

O Brasil sempre promoveu uma forma discutível de avaliação dos conhecimentos, durante muito tempo, quem tinha maior capacidade de decorar, tinha mais chances em vestibulares e concursos. Eu sempre considerei esse sistema discriminatório.

Alguns professores mais sensatos, deixavam sempre bem claro: “Há duas formas de resolver o problema, uma maneira fácil e outra difícil.

Na maneira fácil, todas as formas de simplificação do problema são usados, mas aquilo que deveria simplificar, acaba complicando.  Usam-se fórmulas, macetes, tabelas, sistemas antigos, idéias já pensadas, etc.

A sociedade de hoje opta pela forma mais fácil de resolver seus problemas, mesmo sem compreendê-los inteiramente.

A língua portuguesa é um bom exemplo disso, apenas pessoas com uma memória muito boa, com um domínio absoluto da língua, podem  escrever de maneira razoável, sem erros. 

Com a entrada da internet nas classes mais pobres, o sistema elitizado sofreu um duro golpe. Muita gente chega ao cúmulo de achar que a inclusão digital foi um erro.

Talvez a inclusão digital possa ter sido um erro, mas só se for para a elite.

A elite nunca se adaptará à maneira como o conhecimento é oferecido livremente pela rede de internet, com ausência total de direitos autorais.

Um problema que surge aqui, e não é exatamente um problema pedagógico, é a pornografia na internet. A pornografia é um problema tão difícil de ser evitado quanto outros tabus, tabus que foram evitados durante milhares de anos.

Com a internet, não só a educação deve ser repensada, como todos os costumes, tabus, e o próprio conceito de certo e errado.

Outro dia eu assisti à uma palestra, onde, de forma acessível, o apresentador mostrava os “velhos” de cabeça dura.  Na verdade os “velhos quadrados” eram citados como aquelas pessoas que não se adaptam às mudanças do tempo, podendo ficar isolados.

Pessoas idosas tendem a sofrer mais quando são impacientes, intolerantes. Ninguém terá paciência suficiente, caso não seja tratado sem respeito.

A falta de educação, ou educação errada, a qual as crianças são submetidas nos dias de hoje, transforma o mundo inteiro em um campo de guerra.

Vejamos o caso dos EUA, o país perfeito, segundo as normas do capitalismo. Na realidade são pessoas que estão no limite, onde a saúde mental não recebe a mesma atenção da saúde física.

Para nós brasileiros, isso nem é notado, já que nem à saúde física nós temos direito. Enquanto as TVs são as babás eletrônicas dos bebês, grandes criadoras de monstrinhos, nós somos submetidos a uma verdadeira lavagem cerebral, perdendo qualquer sensibilidade que antes tínhamos.

Para qualquer pessoa que nunca assistiu uma novela, pode achar a coisa mais estúpida do mundo, mas essa é a melhor forma de se criar caricaturas, trabalhar a mente das pessoas sem que essas tenham notado, uma verdadeira lavagem cerebral.

Na classe média baixa, a pergunta que eu tenho notado foi: “É melhor deixar o bebê com a babá ou na creche?” – Isso é muito interessante, pois as mesmas pessoas que são contra a privatização, protegendo os cabides de empregos e a corrupção, são as primeiras a terceirizar seus serviços domésticos.

Na classe média alta é pior, as “criadas”, pessoas sem vida própria, que trabalham vinte e quatro horas por dia, chegam ao cúmulo de criar até três gerações.

Isso pode até dar certo, mas é um risco ao qual se expõe os filhos. Aqui a lei é hipócrita quando diz: “Toda criança tem direito a um pai e a uma mãe.”

Em primeiro lugar, é preciso dizer que os filhos de mães solteiras nunca terão um pai, a pensão é uma forma estúpida de passar a impressão de que tudo está bem. Em alguns paises da America do Sul, as mães solteiras recebem um salário.

No passado, ao longo dos séculos e milênios, os filhos não tinham um pai, mas sempre tiveram uma mãe para educá-las. Como as mães estão aptas a educar crianças, no caso das meninas a educação ia além da infância, os meninos não amadureciam além dos onze anos, já que seus pais trabalhavam.

Hoje, as crianças não tem pais, nem mães. Quando são crianças mimadas, fica tudo mais difícil, as drogas, a violência promovida pela tv, cinema, e completada pela miséria, são um convite ao crime.

Enquanto em paises como os EUA, o Presidente Obama pede alguns minutos de silêncio, escondendo a violência gratuita promovida por Hollywood, aqui no Brasil, finalmente os jovens descobriram que a corrupção não implica necessariamente em marginalidade.

Os jovens agora já sabem que crime, só será considerado crime, quando for descoberto. Sabem também que as leis tem muitas brechas, onde os ricos sempre terão várias formas de escapar a justiça.

As mídias de massa fazem a sua parte, mostrando como os criminosos ficam pouco tempo na cadeia, além de promover o sistema caótico em que vivemos. Vivemos agora como máquinas, já que somos criados por elas.

Muita gente, agora, ainda está preocupada com a pornografia, e tem razão, o fácil acesso a esse conteúdo, forçaria os pais a acompanharem a educação dos filhos de maneira muito mais rígida.

O problema é que a internet expõe todos os tabus, e a sociedade nunca esteve preparada para eles, essa sempre foi uma maneira de mostrarmos as nossas verdades.

O “Caso Mayara Petruso” deixou as empresas com uma preocupação a mais, os problemas de educação, a partir de agora, as empresas de RH apertam o cerco para um problema que eles não davam muita importância.

A justiça ainda é tolerante com crimes de discriminação, racismo, mas a imagem da empresa fica manchada, podendo comprometê-la financeiramente.

A internet deu a palavra, apresentou os tabus, mostrou os direitos, e até facilitou o crime. Tudo isso porque a internet é apenas uma ferramenta revolucionária de comunicação da qual não podemos mais viver sem.

É preciso ficar atento às dicas de segurança, já que a nossa privacidade está por um fio. A internet conseguiu  a façanha de integrar todas as mídias, nossa privacidade é um pequeno preço diante disso.

A Educação dos filhos já passou a ser terceirizada, algumas vezes é irreversível, outras vezes, forçam-nos a uma reflexão: “O que é melhor para nossas famílias?”

Se as crianças não precisassem dos pais, a lei não insistiria tanto nas suas presenças. A incapacidade de lutarmos por melhores salários e pelo cumprimento de nossas leis, faz com que famílias inteiras tenham que trabalhar, deixando a educação de seus filhos nas mãos de outrem.

By Jânio

janeiro 16, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , | 16 Comentários

Faltam vacinas contra gripe influenza

Comércio da morte

A volta do descaso

Quando recebi um e-mail, dentro da Facebook, comunicando sobre a compra de um grande lote de vacinas contra o H1N1, decidi que era hora de parar de falar sobre essa doença.

No início da vacinação, comecei a desconfiar. Primeiro o grupo de risco, mulheres grávidas e bebês, idosos e doentes crônicos, sempre seguindo a velha fórmula de controlar tudo no limite.

Quando fui tomar a vacina, a mulher me perguntou se eu já tivera doença crônica, eu respondi que tivera várias, enumerei todas elas. A mulher me olhou com desconfiança e me perguntou se eu havia ficado muito mal, quase morrendo, respondi que só não morri porque fui para outra cidade e ameacei ligar para o Ministério da Saúde.

A mulher permaneceu irredutível, me explicou que eu teria que passar por uma bateria de perguntas. Descobri, da pior maneira, como uma epidemia se alastra. Primeiro há uma certa falta de respeito por parte de atendentes, submetidos à um sistema sem gerenciamento nenhum, em seguida, são as pessoas que desistem do tratamento, devido à falta de respeito a que são submetidas.

Pedi para a mulher esquecer a vacina, eu iria ver uma ficha que eu tinha no posto de saúde. Pedi para ela vir comigo, ela se recusou. Ela me disse que trabalhava só na parte de vacina; haviam três atendentes, aparentemente, estudando o manual de como atender os pacientes.

Voltei a portaria, onde o atendente olhou para mim e disse: O que o senhor quer? – eu respondi: Não quero nada, mas o senhor poderia pegar a minha ficha, por favor.

Ele pegou rapidamente a ficha, perguntei se ele poderia me dar a ficha para eu entregar para a mulher, ele disse que não, só entregaria para a enfermeira, a mulher teria que vir pegar. Eram apenas vinte metros, a distância.

Eu disse que, como a maioria dos brasileiros, já havia desistido da vacina, disse para ele deixar, aí, ele me disse para chamar um enfermeiro logo á dez metros. Eu chamei o enfermeiro meio contra a minha vontade, torcendo para ele não vir, mas ele veio, olhou a ficha de doenças crônicas e me deu um papel, autorizando a vacina.

Essa ideia de vacinar por etapas, iniciou-se logo com os primeiros casos de gripe, felizmente parece que não aumentou, por razões óbvias, há muita vacina no estoque. O motivo de não se vacinar todos de uma vez é o velho problema de infra-estrutura, não há funcionários suficientes.

Depois fiquei sabendo que não haveria vacina para todos, aqui notamos o velho problema de corte de gastos, sempre no setor errado.

No ano passado, quando começou a epidemia, também nos Estados unidos, pensei, se chegou nos Estados Unidos, poderia-se pelo menos tomar certas medidas para evitar o pior.

O problema não é a gripe H1N1, é toda a saúde em geral, a frase “esta tudo sob controle”, soa como: “Esperem sentados porque não faremos nada”.

Esse ano, nos Estados Unidos, mesmo com a vacina em fase de testes, não deu tempo de produzir vacinas suficiente para atender toda a população americana, no Brasil daria tempo. Ficaram pensando, se nos Estados Unidos Vacinaram só a metade, vacinaremos só a metade também, assim sobrará mais dinheiro em nosso caixinha.

Assim começou o jogo do empurra, onde os laboratórios não tem capacidade de atender o governo, já que a iniciativa privada e alguns municípios decidiram que todos deverão tomar a vacina. Como o tempo passa a ser um elemento importante, no combate à Gripe influenza, chegamos novamente a um impasse.

Enquanto em alguns municípios as pessoas desistiram de tomar a vacina, ninguém tem comparecido para tomar a vacina – ninguém sabe porquê – eu sei, falta de respeito; em outras cidades os prefeitos exigem que todos, sem nenhuma exceção, sejam vacinados, todos estão no grupo de risco.

Depois não adianta vir me dizer que o Ministério da Saúde está preparado para atender a todos, não só nunca esteve, como corre o risco de ver a população renegar o atendimento, como acontece no Rio de Janeiro, onde as pessoas não abrem a porta para o combate a dengue. Se quiserem entrar, tem que chamar a polícia e derrubar a porta.

Nos Estados Unidos, em situações de emergência, o Presidente se retira, quem assume é o governo Secreto. No Brasil, todos os políticos se escondem, apenas a população acredita que não haverá problemas.

Ainda há a suspeita de que muita gente vai ganhar muito dinheiro com essa doença, principalmente se a vacina não der para todos, resta saber até quando esse estoque ficará escondido.

By Jânio

abril 24, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , | 2 Comentários

A BBB Anamara vence o jogo e escapa da cadeia

big_brother_brasil

Anamara escapa da cadeia

A BBB, ou big sister, Anamara finalmente resolveu suas pendências com a Polícia Militar da Bahia.

Depois de criar polêmica na Bahia, quando entrou para o grupo dos Big Brothers, um reality que expõe ao máximo a privacidade das pessoas, Anamara se viu numa difícil situação, ou ser expulsa do programa, onde era candidata aos 15 minutos de fama e futuro cachê de revistas e jornais, publicidade, etc., ou ser expulsa da PM, onde os soldados da corporação já ameaçavam abaixo-assinado para tirar ela do cargo.

De concreto, o que se sabe é que quando entrou em férias, Anamara aproveitou para tentar a sorte no programa, como ela passou do tempo das férias, ela poderia ser acusada de desertora, podendo pegar até dois anos de prisão. A PM, como todos sabem, é uma ramificação do exército, portanto os soldados estão sujeitos a algumas leis das forças armadas, foi o que aconteceu.

O pedido de exoneração já havia sido feito no começo do mês, a decisão foi publicada no diário oficial desta terça feira. Assim, a Big Sister fica desligada da PM e livre para a sua carreira atística, mesmo que ela tenha apenas 15 minutos de fama.

Esse é um dos motivos do jogo não ser legalizado no Brasil, o brasileiro não pensa muito para arriscar tudo, podendo na maioria das vezes nos surpreender. Isso não impediu que o Governo Federal e Estadual criassem os seus concursos públicos, jogos disfarçados de contribuição social.

Outro empresário muito esperto, Sílvio Santos, foi outro que se aproveitou dessa proibição para criar os seus famosos títulos de capitalização, com sorteios frequentes pela TV.

Quando minha professora de catecismo me disse que, quando morresse, Sílvio Santos viraria um santo, fiz questão de lembrá-la do que se passa por trás de toda essa jogatina. Hoje-em-dia, as pessoas já podem encontrar toda a verdade do baú da felicidade, baixando o vídeo “Muito além de um cidadão Kane – A história proibida da Rede Globo”, onde além da Rede Globo, a história do homem do baú também pode ser conhecida.

A corrupção política acompanhada de falta de perspectivas para os jovens, faz com que haja um aumento nos casos de abandono da escola, aumentando os problemas da juventude que já não são poucos.

Esse duro golpe em um dos pilares da sociedade, a educação, faz com que o amor dos pais pelos filhos seja o único elo entre o Estado brasileiro e a anarquia total.

By Janio

fevereiro 24, 2010 Posted by | televisão | , , , , , , , , , , , , | 7 Comentários

A política torta do Brasil

crime passional?

Eu acredito.

Vocês repararam como a política parece uma tragicomédia?

Vendo as últimas notícias,  a gente acaba relembrando antigos acontecimentos, como é o caso de Arruda, governador de Brasília.

Eu achei muito engraçado quando, na época do mensalão, todos os candidatos começaram a renunciar, voltando mais tarde, sem conseguir fazer o povo esquecer os escândalos do passado.

Eu acho engraçado saber que tanto PC Farias, quanto sua mulher, morriam de medo de morrer, PC chegou a viajar o mundo inteiro. Voltou para o Brasil e, apesar de cercado de seguranças, morreu sem que ninguém visse nada; supostamente, foi crime passional.

Tancredo Neves criou uma campanha tão bem organizada, para as eleições diretas, conseguindo convencer os militares que eles tinham chance que, depois de sentir a vitória esmagadora na última eleição indireta, teve que pedir para que alguns deputados votassem para o candidato dos militares. O medo foi grande, depois de eleito, Tancredo morreu após vencer as eleições, assumindo José Sarney, antigo aliado dos militares.

José Dirceu, o todo poderoso do PT, foi cassado por corrupção, sem que fosse provado, valeu a palavra dos corruptos envolvidos no mensalão. O principal denunciante, Roberto Jefferson, foi cassado por não conseguir provar que José Dirceu era o coordenador do esquema.

José Genoíno avaliou um empréstimo para bancar o mensalão, afirmou não ter lido mas teve que renunciar, para não ter os direitos políticos suspensos pelo TRE; voltou ao poder, eleito democraticamente.

Luísa Helena tentou um eleição para Presidente, perdeu, em seu lugar como senador, entrou Fernando Collor de Melo, Presidente cassado; o Senador recebeu de presente o PAC, com um  dos maiores orçamentos que o país já viu.

Marina Silva, uma das brasileiras mais admiradas do mundo, saiu do PT, depois que o partido apoiou o arquivamento do pedido de CPI de Sarney. A ex-ministra foi para o PV e, pelo que se fala em seu estado de origem, pretende apoiar o maior inimigo de Chico Mendes, o homem cujas idéias ela sempre lutou, para ser o que é hoje.

O Presidente Lula viu José Dirceu, seu padrinho político cair, enquanto José Sarney se manteve firme até o fim, mostrando que a ambição de José Dirceu deixou-o sem amigos, ao contrário de Sarney que, segundo as más línguas, tem todos os processos de políticos nas mãos, o que o ajudou a escapar da degola.

Arthur Virgílio perdeu a fama de defensor da moral e bons costumes, ao ser flagrado na investigação dos cartões corporativos, afirmou que estava sem dinheiro.  Seu processo deve ter sido arquivado, com uma cópia para José Sarney, é claro.

Outro adversário forte do Governo, Jefferson Peres, morreu sem que seu nome fosse manchado mas, depois de morto, pagaram seu enterro com dinheiro desviado dos cofres públicos. Parece que a máfia política tinha que deixar um recado.

Curiosamente, Jefferson Peres chegou a dizer: “Enquanto eu for vivo, meu nome não será manchado.” – e não foi, esperaram ele morrer.

Álvaro Dias, Senador do Paraná,  chegou entrevistar bandidos dentro da cadeia, em busca de provas contra o PT, o que constrangeu até os mais rígidos defensores da lei.

Palocci sobreviveu a todos os ataques, inclusive de acusações de farras com garotas de programas para os políticos aliados. A armadilha em que se meteu, ao investigar o caseiro que o denunciou, quando mandou vasculhar sua conta, deu o que falar.

Depois de tirar o Brasil do buraco, se transformar num dos maiores nomes do governo, seu processo também foi para a coleção de Sarney, segundo as más línguas.

O caseiro realmente tinha dinheiro, mas era de seu pai de sangue, ele tinha dado o dinheiro para compensar sua ausência.  nós acreditamos, mas quem levou a pior foi  o Governo.

Eu fico me perguntando, o que José Roberto Arruda e Celso Pita faziam nesse clube de gente grande? – Esses políticos de dólares na cueca, nas meias, na mala, na gaveta, são como trombadinhas, em meio a grandes mafiosos banqueiros e políticos de três gerações, onde a Polícia Federal chega, mas não passa, cujo obstáculo é o Supremo.

A política é uma tragicomédia, as vítimas somos nós, mas as vítimas começam a abandonar a postura de vítimas; sem um bom exemplo, a corrupção vai se espalhando por todos os setores e autoridades do país.

Não podemos desanimar, afinal, o país, cuja reserva de alimentos é o celeiro do mundo, já viu seus cidadãos passando fome. O país com a quarta maior empresa petrolífera do mundo, vez por outra, vê seus cidadãos ultrapassando as fronteiras para abastecer seus carros no exterior.

As notícias que não podíamos ver na tv, hoje vemos nas câmeras de estabelecimentos públicos, comerciais, onde a ineficiência da polícia é flagrada, de maneira explícita, aos olhos da população, que assiste a tudo atônita.

Para quem ficar muito desanimado com toda essa comédia de erros, lembre-se que o Clube de Bilderberg não fica no Brasil, é coisa de países desenvolvidos. A vida  nos diversos estados brasileiros não é igual, alguns são melhores e outros piores, portanto, mesmo com tanta corrupção, podemos melhorar.

Nós não somos piores, nem melhores, que os outros países, o que precisamos é de uma boa educação e boas tradições, menos na política, é claro.

By jânio
A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

Trinta anos de escândalos no Brasil

janeiro 28, 2010 Posted by | Política | , , , , , , , | 24 Comentários

Precisamos de pessoas inteligentes

Falta de inteligência

O valor da inteligência

Eu selecionei vários artigos, sobre física, para ler. Antes de publicar qualquer matéria relacionada a esses artigos, gostaria de expor a minha primeira versão da física, ou seja, uma visão de quem não conhece nada, de quem não leu nada sobre física.

Eu nunca gostei de decorar fórmulas, sempre achei isso uma forma de professores, sem aptidão, mostrarem serviço. Fazer cálculos é uma coisa terrível, quando não se tem uma boa motivação.

A ideia de isolar uma meteria, uma área, identificando a genialidade das pessoas, sempre pareceu-me perigoso. Na minha visão, todas as áreas deveriam trabalhar juntas, obtendo respostas mais rapidamente, evitando muitos perigos de uma mente genial.

Ser inteligente é diferente de ser um gênio. Albert Einstein era um gênio, nunca foi inteligente.

Se Albert Einstein fosse inteligente, ele poderia, por exemplo, perceber que estava sendo manipulado, que suas fórmulas culminariam na criação da bomba atômica. O exército americano reuniu os maiores gênios da física, separando-os, cada um em um local diferente.

Havia uma pessoa encarregada de coordenar os trabalhos de todos esses gênios; esse trabalho foi considerado secreto, até o dia em que foi criado, finalmente, a bomba. O choque, para esses cientistas vaidosos, foi muito grande: “O que foi que nós criamos!”, teria dito um dos cientistas, ao saber da criação e da destruição, provocados pela bomba atômica.

Leonardo da Vinci foi um homem que viveu muito antes dessa época, mas era um homem extremamente inteligente, apesar de afirmarem que ele era um gênio. Notem a diferença: Um homem inteligente, domina várias áreas diferentes, apesar de estar longe do limite do cérebro, enquanto um gênio é insuperável, traça o limite da capacidade do cérebro de um homem, mas só domina uma área, e é através dessa área que ele fica conhecido.

Os grandes gênios da antiguidade eram, na verdade, muito inteligentes, afinal, só a inteligência poderia explicar como um matemático dominaria  áreas tão diferentes como a Filosofia ou a Oratória.

É muito fácil para uma pessoa doutorada em Letras, se apresentar como escritor, filósofo, poeta, etc., mas, para um matemático, dominar essa área, seria muito difícil. Um matemático se daria melhor em física, química, engenharia, ou alguma área parecida.

Quando perguntei para uma pessoa, ligada à física, se a célula possuía átomos, uma perguntinha básica, para qualquer aspirante à espertinho, em fase de adolescência, que deseja se auto-afirmar, essa pessoa se assustou. Ela desconversou dizendo que a biologia não tinha nada a ver com a física.

Eu fiz questão de lembrá-la do fato de um gênio, como Albert Einstein, ser um dos responsáveis pelas fórmulas que levariam  a uma revolução da Física, culminando com a criação da bomba atômica.

Há muito tempo, já se conhecia o poder destrutivo da química, enquanto a física era uma inocente ciência. Com a revolução da física, liderada pelo gênio, nada inteligente, Albert Einstein, a física mostrou ao mundo, uma parte da natureza que não deveria ser manipulada.

Foi irônico, para o homem que disse: “Estudando o fenômeno do big ben pretendo saber, exatamente, o que Deus estava pensando, quando criou o Universo”. Ele descobriu como destruir.

O menino rebelde, expulso da escola, que nunca se adaptou ao ensino regular, se transformar no grande gênio da Física.

O homem é obcecado pelo progresso, pelas descobertas; mesmo não sabendo cuidar de si próprio, de não entender os problemas do Planeta Terra. Procura, pretensiosamente,  descobrir os segredos do Universo.

O bebê de proveta, o clone, parecem mais uma satisfação médio burguesa do que uma real necessidade. Uma pessoa sensata, adotaria um dos milhares de órfãos ou abandonados em orfanatos.

Agora, o homem pretende salvar o planeta, controlando toda a natureza da Terra, mas, até hoje, apesar das clonagens e fecundação in vitro, não consegue sequer entender a natureza e a biologia de uma formiga.

Seus inventos e robôs desajeitados, são de dar dó. Se você olhar para um desses robôs, supostamente, sofisticados, depois olhar para uma formiga, se for sensível, chorará com tamanha pequenez, do homem, não dá formiga.

Se, ao invés de clonar uma ovelha, o homem conseguisse produzir um átomo de oxigênio, estaríamos salvos, mas nem isso conseguimos.

Se já sabemos que há hidrogênio no espaço, só precisamos do oxigênio para criar a molécula básica da vida, a água.

By Jânio

dezembro 24, 2009 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Corrente do bem para salvar o povo

Vamos salvar as pessoas

Corrente para salvar as pessoas

Fiquei muito satisfeito por ter recebido o selo em prol da natureza dos amigos Ebrael e Rosana.

http://saudadeeadeusselos.blogspot.com/2009/12/selo-rede-mundo-melhor.html

http://ebraelshaddai.wordpress.com/2009/12/11/selo-mundo-melhor/

Uma campanha em prol da natureza, é uma campanha que eu considero uma campanha muito séria, por isso, entre todas as minhas dezenas de sites, pela internet, postarei a campanha no site que tem mais visitas, gostaria que os outros blogueiros vissem a campanha com essa seriedade também.

Normalmente, não levamos o assunto do desenvolvimento climático a sério, assim, as campanhas são postadas em sites onde o blogueiro não tem tanta representatividade, poderia ser muito melhor.

Fora isso, considero uma semente que deverá gerar muitos frutos, espero que chame muito a atenção de leitores, não agora, imediatamente, mas no futuro, como foram várias gratas surpresas que eu tive no icommercepage/madeinblog.

Todos conhecem as regras de memes e selos, não é mesmo? – você deve repassar para mais dez, ou vinte conforme o caso, sem repetir os primeiros, de preferência.

Nesse caso, a pessoa que aceitar o selo deverá dizer o que faz pela natureza e em prol do desenvolvimento sustentável, combate ao aquecimento da Terra, enfim o meio ambiente.

1 – Em primeiro lugar, gostaria de dizer que costumo levar muito a sério o assunto, em meus textos, por isso vou postar no site principal e não em dezenas de sites que não tem tanta visibilidade.

2 – Atualmente, estão surgindo leis em prol do meio ambiente, isso é bom, seria bem melhor se, ao invés de leis, fosse priorizada a educação, deixando a lei para casos extremos, ou seja, para bandidos.

3 – Em minha vida, seguindo essa filosofia, costumo praticar aquilo que aprendo. Seleção do lixo, denúncias de desmatamento ou crimes ambientais e participação na política direcionada ao bem comum, meio ambiente ou não.

4 – É preciso distinguir uma pessoa que é criminosa da pessoa que é inconsciente; é preciso separar o mafioso que desmata a amazônia de um ignorante que corta a velha mangueira que ameaça cair sobre sua casa.

5 – Quando nossos argumentos, realmente, atingirem seus objetivos, nossas causas deixaram de ser moda, passando a surtir os efeitos que desejamos.

6 – Passo tudo o que sei para as pessoas mais próximas, não sou muito otimista em relação ao mundo, costumo dizer para meus amigos que nós merecemos o que fazemos, mas espero que os habitantes da Terra sobrevivam, porque o planeta sobreviverá.

7 – Vamos salvar todo mundo, antes que o mundo nos cobre pelos nossos crimes.

Meus indicados são blogueiros conscientes, profissionais que sabem da importância do meio ambiente para o futuro da Terra:

A lista de indicados segue abaixo:

Eu já acompanho o blog do Tarcicio há muito tempo, mas eu fiquei impressionado com um texto que ele escreveu para meu antigo site, icommercepage, o texto era uma versão moderna de Nelsom Rodrigues, nesse estilo ele é insuperável.

http://plunkplakzum.blogspot.com/

Um blog temático muito bom, feito por um profissional da área, esse tipo de blog sempre terá meu apoio. O tema é empregos e carreira, naturalmente. Espero que ele dê uma forcinha para a natureza.

http://www.empregosecarreira.com/

Quando a gente acompanha um blog de uma pessoa experiente, a tendência é sempre aprendermos muito com essa pessoa. Dráuzio sabe equilibrar o entretenimento e informação na medida certa, isso é muito bom.

http://drauziomilagres.blogspot.com

Blog que trata da cultura da Amazônia, incluindo lendas, tradições, costumes notícias atuais também.

http://tapajonica.blogspot.com

Pedro Eninha é uma pessoa bastante engajada, responsável e que já acompanho há algum tempo, um blog cuja leitura é indispensável, para quem deseja se informar e aprender.

http://www.oqueeisso.blog.br/

Para terminar, um dos primeiros Dihittianos que eu conheci, que continua participando do Dihitt esporadicamente

http://km-stressnet.blogspot.com/

Edilene é uma pessoa bacana, e tímida, não gosta de se mostrar, mas a gente tem se dado muito bem, ela leva a blogagem, e os amigos virtuais, muito a sério. por isso ela entra na lista também.

http://mensagensdiversificadas.blogspot.com

Acabei de visitar o site da Fernanda, uma jornalista profissional que vai fundo na matéria, um blog que pode ensinar muito aos blogueiros, do ponto de vista profissional.

http://pautajornalistica.blogspot.com

Sem o blog da sereníssima, o lista não ficaria completa, ela faz parte da sociedade dos poetas do Dihitt.

http://www.avozdapoesia.com.br

Outro veterano do Dihitt, para o qual eu estou devendo um link, há muito tempo, pela qualidade de seu blog, é claro.

http://seuluiz.blogspot.com/

By Jânio

dezembro 13, 2009 Posted by | Grandes Amigos | , , , , , , , , , | 6 Comentários

Consequências da gravidez na adolescência.

mãe mais jovem da história.

mãe mais jovem da história.

Há algum tempo, um apresentador de telejornal, advogado conhecido, causou polêmica ao dizer uma frase bastante polêmica: “Todo bandido nasce pronto”.

Se a frase foi um caso pensado, ninguém sabe, já que o jornalista e advogado apresentava um programa sensacionalista. A frase soou preconceituosa para uns, imatura ou insensata para outros.

O único ponto de concordância entre todas as partes é que o assunto foi, é, e será ótimo para discussões.

Segundo o jornalista e advogado, uma criança que nasce numa família sem estrutura, somado ao descaso do governo, sem nenhum acompanhamento psicológico ou social, será forçada inevitavelmente a seguir o caminho do crime.

O filme Cidade de Deus nega esta teoria em partes, onde dois amigos, em uma mesma situação, seguem caminhos diferentes ao longo da vida. A maioria dos filmes não apresentam um final tão feliz, algumas vezes se confundem até com a realidade, como o caso de Pixote.

Este tipo de discussão nos trás a mente vários problemas da sociedade, como o polêmico tema do aborto.

Uma amiga minha que era uma defensora ferrenha do aborto, apresentava vários argumentos: Se a criança não terá um pai, melhor nem nascer; o pai é contra o aborto porque não é ele que vai arcar com as consequências; tanto a mãe como o pai são responsáveis pela gravidez indesejada.

Era bem interessante como as mulheres se comportavam de maneira diferente quanto aos pais, quando o pai não atendia a expectava, tanto a criança quanto o pai passavam a ser indesejáveis.

Quando a mulher sentia que a resistência da família do pai poderia ser quebrada, o aborto deixava de ser uma necessidade imediata.

Não era raro o caso de famílias interessadas em adotar a criança, ou ficar com a criança durante alguns anos, até a situação se resolver, ideia descartada pela família da mãe, com a desculpa que a vergonha continuaria viva, a criança.

Em alguns casos a família da mãe aceitava criar o fílho, desde que a mãe pagasse muito caro por isso, caso em que jovens mães acabavam sendo levadas para bordéis pelos próprios pais.

Em certa ocasião, um homem me indagou: “Minha filha está grávida, vou expulsar ela de casa, o que você acha?”, eu respondi: “A escolha é sua, caso saiba qual é seu futuro quando ficar velho, vai em frente, não serei eu quem irá cuidar do senhor, depois de velho”.

Algumas mulheres abrem mão deste artifício, a gravidez, para tentar atrair aquele que, na opinião dela, é o grande amor de sua vida. Alguém que tenha condições de dar uma vida dígna a ela e ao seu filho, uma ideia equivocada de que pode assim obrigá-lo a se casar com ele.

Assim nascem as famílias sem nenhuma estrutura, forçando-os a uma vida dura, cheia de sacrifícios, cheia de sofrimentos, sem a presença de um pai.

Mesmo quando a família do pai, ou da mãe, aceite criar o filho, a mãe acaba pagando muito caro por não compartilhar suas decisões com o futuro pai.

O problema pode ser solucionado, mesmo em nossa sociedade hipócrita haverá uma solução, as consequências virão a médio e longo prazo.

B.J. Thomas – Rock And Roll Lullaby

She was just sixteen and all alone
When I came to be
So we grew up together
My mama child and me
Now things were bad and she was scared
But whenever I would cry
She’d calm my fears and dry my tears
With a rock and roll lullaby

And she would sing sha na na na na na na na …
It will be all right sha na na na na na….
Sha na na na na na na na …
Now just hold on tight

Sing it to me mama (mama mama ma)
Sing it sweet and clear, oh!
Mama let me hear that old rock and roll lullaby

We made it through the lonely days
But Lord the nights were long
And we’d dream of better moments
When mama sang her song
Now I can’t recall the words at all
It don’t make sense to try
‘Cause I just knew lots of love came thru
In that rock and roll lullaby

Ela tinha apenas dezesseis anos e estava inteiramente só
Quando eu cheguei
Então nós crescemos juntos
Minha mamãe jovem e eu
Agora as coisas estavam ruins e ela estava assustada
Mas sempre que eu chorava
Ela acalmaria meus medos e secaria minhas lágrimas
Com uma cantiga de rock and roll

E ela cantaria sha na na na na na na na…
Tudo dará certo sha na na na na na….
Sha na na na na na na na…
Agora simplesmente me abrace apertado

Cante para mim mamãe (mama mama ma)
Cante isso doce e claro, oh!
Mamãe me deixa ouvir aquela velha canção rock and roll

Nós fizemos isto nos dias solitários
Mas, Deus, as noites eram longas !
E nós sonharíamos com momentos melhores
Quando a mamãe cantou a canção dela
Agora eu não posso recordar as palavras de forma alguma
Não faz sentido tentar
Porque eu simplesmente soube que muito amor veio através
Daquela canção rock and roll

Na natureza sempre há consequências, par o homem e para a mulher, a longo prazo.

A menina Lina Melina, menina da foto, de apenas cinco anos é a menina mais jovem a engravidar, aos quatro anos e oito meses, deu a luz aos cinco anos.

Aos anos e oito meses já tinha começado a menstruar. Foi a mãe mais jovem da história.

O bebe nasceu de cesariana quando a menina estava com cinco anos sete meses e vinte e um dias. Lina era a nona de nove irmãos e seu filho, Geraldo Melina foi criado como o décimo irmão.

Nunca se soube quem era o pai, suspeita-se que tenha sido abusada por um dos irmãos. Lina morreu de uma rara doença na medula óssea, aos quarenta anos.

Ao contrário da música de B. J. Thomaz, a vida não é tão suave assim.

junho 6, 2009 Posted by | Reflexões | , , , , , | 11 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: