Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Licenciado com síndrome de down

conquista da educação

Graduação Histórica

Este es un caso de superación personal que inspira a creer más en nosotros mismos. Les presentamos la historia del primer hombre con síndrome de Down del mundo en obtener un título universitario, pero no solo eso, sino que además es actor y escritor.

Se trata del español Pablo Pineda, de 40 años de edad, quien a finales de la década de 1990 se graduó de Magisterio en Educación Especial para luego obtener un segundo título en Psicopedagogía. Sus logros lo han convertido en una referencia mundial que rompen esquemas sociales y prejuicios sobre el desarrollo académico, profesional y laboral de las personas que tienen este síndrome de origen genético, informaNoticia Al Día‘.

Pineda es además escritor y ha publicado dos libros, en los que reflexiona sobre la educación, enseñanza y el aprendizaje en ámbitos generales.

Sepa más: Un chico ruso gana competiciones pese a una grave enfermedad

“Piensa que tienes un hijo, no un discapacitado (…) Lo importante no son nuestras limitaciones, sino nuestras potencialidades, y estas hay que explotarlas. Según los eduquéis, así serán vuestros hijos”, subraya Pablo, quien indicó que lucha “contra el paternalismo y la sobreprotección de algunos padres, algo que hace a los niños dependientes. Esa actitud tiene muchos inconvenientes, porque no enseña a los niños a enfrentarse a sus problemas e intentar buscar salida a ellos”.

Asimismo Pineda ha destacado en el cine, donde se desempeñó como protagonista de la película ‘Yo también’, inspirada en la afectividad, sexualidad y sentimientos de personas como él. Este papel le sirvió para ser galardonado con la Concha de Plata al mejor actor en el Festival Internacional de Cine de San Sebastián (España) en el 2009.

Sepa más: El hombre que ‘abrió’ una montaña para que sus vecinos pudieran llegar al médico

Pero también es conferencista, llevando a cabo tareas de sensibilización y formación para el público empresarial y la sociedad en general de diversos países de las mal llamadas personas discapacitadas, puesto que “son personas con capacidades diferentes que tienen mucho que aportar si se les da la confianza”.

Fonte: RT-TV

junho 27, 2015 Posted by | Espanhol | , , , | Deixe um comentário

Portador da síndrome de down com licenciatura

conquista da educação

Graduação Histórica

Este é um caso de superação pessoal que nos inspira a acreditar mais em nós mesmos. Esse é o  primeiro homem no mundo, com síndrome de Down, que consegue um diploma universitário, mas não só isso, ele também é um ator e escritor.

Trata-se do espanhol Pablo Pineda, 40 anos, que no final da década de 1990 conseguiu licenciatura em Educação Especial e, em seguida, obteve uma segunda licenciatura em Psicopedagogia. Suas realizações tornaram-se uma referência mundial que quebra padrões sociais e preconceitos sobre o desenvolvimento acadêmico, profissional e carreira das pessoas com essa síndrome de origem genética, informa Noticia Al Dia ‘.

Pineda também é escritor e já publicou dois livros, nos quais ele reflete sobre a educação, ensino e aprendizagem em áreas gerais.

Saiba mais: Um menino russo vence competições, apesar de uma doença grave

“Pense que você tem um filho, não um incapacitado (…) O  importante não são as nossas limitações mas, sim, nossa potencialidade, e devemos explorá-las. “Seus filhos são o que são educados para ser” , diz Paulo, que disse  combater o  paternalismo e exagerado  e a superproteção, transformando os filhos  em dependentes. Essa atitude tem muitos inconvenientes, porque não ensina as crianças a enfrentar os seus problemas e tentar encontrar saída para eles. “

Pineda também se destacou no cinema, onde ele atuou como o protagonista do filme “Eu também”, inspirado  em afetividade, sexualidade e sentimentos de pessoas como ele . Esse papel lhe permitiu ser premiado com La concha de Plata de Melhor Ator no Festival Internacional de Cinema de San Sebastian (Espanha) em 2009.

Saiba mais: O homem que “abriu” uma montanha para que seus vizinhos pudessem chegar ao médico

Ele também é um palestrante, e realiza a função de  sensibilização e formação para  o público empresarial e sociedade em gera de países onde são erroneamente chamados de deficientes,  uma vez que “são  pessoas com capacidades diferentes  que tem muito a contribuir se lhe forem dadas um  voto de confiança “

Fonte: RT-TV

Você poderá gostar de:

O homem do braço de ouro

Transtornos médicos bizarros

Inteligência teórica

COG – O humanoide quase perfeito

O despertar da superconsciência

Inteligência artificial assusta cientistas

junho 27, 2015 Posted by | Reflexões | , , | Deixe um comentário

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: