Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Cinema 2.017 – Alien: covenant

filmes de ficção

Alien – O pacto

Alien: Covenant is an upcoming 2017 American science fiction horror film directed by Ridley Scott, with screenplay by John Logan and Dante Harper, from a story by Michael Green and Jack Paglen. It is the sequel to the 2012 film Prometheus being the second installment in the Alien prequel series, the eighth installment overall in the Alien film series, and the third directed by Scott. The film stars Michael Fassbender, Katherine Waterston, Billy Crudup, Danny McBride, Demián Bichir, Carmen Ejogo, Amy Seimetz, Jussie Smollett, Callie Hernandez, Nathaniel Dean, Alexander England and Benjamin Rigby. The film is scheduled to be released on 12 May 2017 in the United Kingdom[3] in 3D, 2D and IMAX 3D.[4][5][6][7]

____

Alien: Covenant é um filme americano de  ficção científica dirigido por Ridley Scott e escrito por John Logan. É a sequência do filme Prometheus de 2012, e o sexto filme da série Alien. É estrelado por Michael Fassbender, Katherine Waterston, Billy Crudup, Danny McBride, Demián Bichir, Carmen Ejogo, Amy Seimetz, Jussie Smollett, Callie Hernandez, Nathaniel Dean, Alexander England e Benjamin Rigby.

O filme estava programado para ser lançado em 19 de maio de 2017, nos Estados Unidos.[1]

Plot

Bound for a remote planet on the far side of the galaxy, the crew of the colony ship Covenant, which includes Walter, an android similar to David, a survivor of the doomed Prometheus expedition, find what they believe to be an uncharted paradise. It soon reveals itself to be a dark and dangerous world inhabited by the original David and monstrous creatures that start to hunt them.[8]

Sinopse

Viajando pela galáxia, os tripulantes da nave colonizadora Covenant encontram um planeta remoto com ares de paraíso inexplorado. Encantados, eles acreditam na sorte e ignoram a realidade do local: uma terra sombria que guarda terríveis segredos e tem o sobrevivente David (Michael Fassbender) como habitante solitário.

Cast

For more details on individual characters, see List of Alien characters.
  • Michael Fassbender as Walter, a synthetic android created by the Weyland-Yutani Corporation, who assists the crew aboard Covenant.[9]
    • Fassbender also reprises his role as David, an earlier-made, prototype android, formerly a crew member of the destroyed Prometheus.[10]
  • Katherine Waterston as Daniels, a terraforming expert aboard the Covenant who is married to the ship’s original captain, Jacob Branson.[11] Waterston said she was well aware of the comparison that was going to be made between her and Sigourney Weaver, but admits that she tried not to think about it too much while filming for fear of being intimidated.[12]
  • Billy Crudup as Christopher Oram, the first mate of the Covenant. Oram is a self-serious man of faith who believes their role on the Covenant is an act of destiny, and he shares a “contentious” relationship with Daniels.[13]
  • Danny McBride as Tennessee, the chief pilot of the Covenant.[14]
  • Demián Bichir as Sergeant Lope, the head of the security unit aboard the Covenant.[15]
  • Carmen Ejogo as Karine, Oram’s wife, a biologist aboard the Covenant.[16]
  • Amy Seimetz as Faris, Tennessee’s wife.[17]
  • Jussie Smollett as Ricks
  • Callie Hernandez
  • Nathaniel Dean as Sergeant Hallett, Lope’s husband and a member of his security unit aboard the Covenant.[18]
  • Alexander England
  • Benjamin Rigby

James Franco portrays Jacob Branson, the captain of the Covenant and the husband of Daniels,[19] and Tess Haubrich portrays Rosenthal, a member of the security unit whose partner is in cryosleep during the mission.[20] Additional crew members aboard the Covenant are portrayed by Uli Latukefu and Matt Scaletti. Goran D. Kleut plays the role of both the Neomorph and the Xenomorph in costume and on set.[citation needed] Javier Botet portrays a Xenomorph via motion capture.

Noomi Rapace reprises her role as Dr. Elizabeth Shaw, the archaeologist who was formerly a crew member of the destroyed Prometheus,[21] and Guy Pearce reprises his role as Peter Weyland, the trillionaire founder and CEO of Weyland Corporation (now the Weyland-Yutani Corporation) who died before the destruction of the Prometheus.[22]

Elenco

  • Michael Fassbender como Walter e David: Walter é um andróide sintético criado pela Weyland Corporation, que auxilia a tripulação a bordo do Covenant. David era um andróide anterior, menos avançado, anteriormente membro da tripulação do destruído Prometeus.
  • Katherine Waterston como Daniels: Especialista em terraformação a bordo da Covenant.
  • Billy Crudup como o novo capitão da Covenant.
  • Danny McBride como o piloto da Aliança.
  • Demián Bichir
  • Carmen Ejogo
  • Amy Seimetz como Faris
  • Jussie Smollett
  • Callie Hernandez
  • Nathaniel Dean
  • Alexander England
  • Benjamin Rigby
  • Noomi Rapace como Dra. Elizabeth Shaw: Uma arqueóloga, anteriormente membro da tripulação da destruída Prometeus.
  • Guy Pearce como Peter Weyland: O bilionário fundador e CEO da Weyland Corporation, que morreu antes da destruição do Prometeus.
  • James Franco como Branson: O capitão original da Covenant e o marido de Daniels.
  • Uli Latukefu
  • Tess Haubrich
  • Goran D. Kleut
  • Matt Scaletti

Production

Development

In 2012, prior to the release of Prometheus, Director Ridley Scott began hinting at the prospects of a sequel. [23][24] Scott said that a sequel would follow Shaw to her next destination, “because if it is paradise, paradise cannot be what you think it is. Paradise has a connotation of being extremely sinister and ominous.” Writer Damon Lindelof cast doubt on his participation, and said, “if [Scott] wants me to be involved in something, that would be hard to say no to. At the same time, I do feel like [Prometheus] might benefit from a fresh voice or a fresh take or a fresh thought.”[25] Scott said that an additional film would be required to bridge the gap between the Prometheus sequel and Alien.[26]

As of August 1, 2012, Fox was pursuing a sequel with Scott, Noomi Rapace, and Michael Fassbender involved, and was talking to new writers in case Lindelof did not return. [27] In December 2012, Lindelof ultimately chose not to work on the project.[28] Early on Scott stated that the film would feature no xenomorphs, “The beast is done. Cooked.”[29] However Scott would make later statements that were contradictory, stating what is planned and confirming the xenomorphs’ presence in the film.[citation needed] and ultimately the movie does include the creatures.[30]

Meanwhile director Neill Blomkamp had been planning on filming his own movie in the Alien franchise, although he put the project on hold at the request of Scott is set to be a producer on that as-of-yet untitled film.[31] On September 24, Scott confirmed the film’s title as Alien: Paradise Lost.[32] In November 2015, Scott revealed the new title to be Alien: Covenant, with filming set to begin in February 2016 in Australia.[33] An official logo, synopsis and release date were released on November 16, 2015.[34]

Produção

Desenvolvimento 

Em 2012, antes do lançamento de Prometheus, o diretor Ridley Scott começou a sugerir as perspectivas de uma sequela. [23] [24] Scott disse que uma sequela seguiria Shaw para seu próximo destino, “porque se é paraíso, o paraíso não pode ser o que você pensa que é. O paraíso tem uma conotação de ser extremamente  sinistro”. O escritor Damon Lindelof lançou dúvidas sobre sua participação e disse: “se [Scott] quiser que eu esteja envolvido em algo, será difícil dizer não. Ao mesmo tempo, sinto que [ Prometheus ] pode se beneficiar de um Voz moderna ou uma tomada atual ou um pensamento jovem. “ [25] Scott disse que um filme adicional seria necessário para preencher a lacuna entre a sequela do Prometheus e Alien . [26]

A partir de 1 de agosto de 2012, a Fox estava ptrojetando uma sequela com Scott, Noomi Rapace e Michael Fassbender estariam envolvidos , e estava conversando com novos escritores caso Lindelof não voltasse.[27] Em dezembro de 2012, Lindelof finalmente optou por não trabalhar no projeto. [28] Antes Scott afirmou que o filme não caracterizaria xenomorphs , “A besta já era, acabou.” [29] No entanto Scott faria declarações posteriores que eram contraditórias, afirmando o que estaria planejado e confirmando a presença dos xenomorfos no filme. [ Citação necessário ] e finalmente o filme incluiria as criaturas. [30]

Enquanto isso, o diretor Neill Blomkamp estava planejando rodar seu próprio filme na franquia Alien , embora ele tenha colocado o projeto em espera, a pedido de Scott,  definido para ser um produtor naquele filme ainda sem título. [31] Em 24 de setembro, Scott confirmou o título do filme como Alien: Paradise Lost . [32] Em novembro de 2015, Scott revelou o novo título de Alien: Covenant , com filmagem definida para começar em fevereiro de 2016 na Austrália. [33] Um logotipo oficial, sinopse e data de lançamento foram liberados em 16 de novembro de 2015. [34]

Pre-production

In late August 2015, Scott confirmed that he had started scouting the locations for the film.[35] In October 2015, the Australian government attracted the production of the film and Thor: Ragnarok to Australia by providing $47.25 million in grants.[36][37] Woz Productions Ltd., a subsidiary of 20th Century Fox, visited Te Anau, New Zealand on March 28, 2016 for a location scout, for filming in Fiordland.[38]

Pré-produção 

No final de agosto de 2015, Scott confirmou que tinha começado a explorar os locais para o filme. [35] Em outubro de 2015, o governo australiano atraiu a produção do filme e Thor: Ragnarok para a Austrália, fornecendo US $ 47,25 milhões em subsídios. a Woz Productions Ltd., subsidiária da 20th Century Fox, visitou Te Anau ,Nova Zelândia em 28 de março de 2016 para uma visualização de locais, para filmar em Fiordland . [38]

Casting

In August 2015, it was announced that the film would star Rapace and Fassbender, while Rik Barnett was in talks to be cast in the film.[39]That December Katherine Waterston was cast in the film for the lead role of Daniels;[40] it will be Waterston’s second film alongside Fassbender, after the pair appeared in 2015’s Steve Jobs. Longtime collaborator with Scott, Dariusz Wolski was confirmed to serve as the film’s cinematographer.[41] In 2016, Ridley Scott stated that Noomi Rapace would not reprise her role of Elizabeth Shaw. However, in June it was confirmed Rapace will reprise her role as Shaw and shoot weeks worth of scenes in Scott’s film.[21] In February 2016, Danny McBride, Demián Bichir, Jussie Smollett, Amy Seimetz, Carmen Ejogo, Callie Hernandez, Billy Crudup and Alexander England were reported to have joined the cast.[14][42][43][44][45] In March 2016, newcomer Benjamin Rigby joined the cast.[46] In December 2016, it was announced James Franco was cast in the film, as Captain Branson, the husband to Daniels and the captain of the Covenant.[47][48][49]

Casting 

Em agosto de 2015, foi anunciado que o filme seria estrelado por Rapace e Fassbender, enquanto Rik Barnett estava em negociações para estar no filme. [39] Em dezembro, Katherine Waterston foi contratada para o filme no papel principal de Daniels; [40] será o segundo filme de Waterston ao lado de Fassbender, depois que o par apareceu em 2015 no filme Steve Jobs. Colaborador de longa data de Scott, Dariusz Wolski foi confirmado para servir como cinematógrafo do filme. [41] Em 2016, Ridley Scott afirmou que Noomi Rapace não iria retomar seu papel de Elizabeth Shaw. No entanto, em junho foi confirmado que Rapace iria reprisar seu papel como Shaw e rodar algumas semanas  no filme de Scott. [21] Em fevereiro de 2016, Danny McBride , Demián Bichir , Jussie Smollett , Amy Seimetz , Carmen Ejogo , Callie Hernandez , Billy Crudup e Alexander Inglaterra teriam se juntado ao elenco. [14] [42] [43] [44] [45] Em março de 2016, recém-chegado Benjamin Rigby se juntou ao elenco. [46] Em dezembro de 2016, foi anunciado James Franco estava no elenco no filme, como o capitão Branson, o marido de Daniels e o capitão da Aliança . [47] [48] [49]

Filming

Principal photography on the film began on April 4, 2016, at Milford Sound in Fiordland National Park, New Zealand.[50][51][52][53] Filming wrapped on July 19, 2016.[54] On November 18, 2016, additional photography was scheduled to take place at Leavesden Studios in Hertfordshire.[55]

Effects houses Odd Studios and CreatureNFX provided the film’s makeup and animatronic creature effects respectively,[56][57] while Australian-based effects house Animal Logic provided the film’s digital visual effects.[58] Approximately 30 people from CreatureNFX worked on the project for almost six months building animatronics.[57] Actors wearing creature suits with animatronic heads were used to portray the aliens[57][59] and casting calls for the aliens specifically asked for people between the age of 8 and 40 who were skinny, very tall or very short, strong and physically agile, and preferably skilled in fast movement, acrobatics, dancing, gymnastics, contortion, and “Cirque du Soleil type performers.”[60]

Filmando 

A fotografia principal no filme começou em 4 de abril de 2016, em Milford Sound, em Fiordland National Park , Nova Zelândia. [51] [51] [52][53] Filmagem começou em 19 de julho de 2016. [54] Em 18 de novembro de 2016, uma fotografia adicional foi agendada para ocorrer em Leavesden Studios em Hertfordshire. [55]

Music

Harry Gregson-Williams was initially selected as the film’s composer,[61] but confirmed in November 2016 that he was no longer working on Alien: Covenant. Gregson-Williams summarized the reasons for his departure from the project as a mixture of scheduling and creative issues, stating that “schedules and one’s expectations of scoring a film don’t always fit and this one wasn’t going to work out.”[62] During the trailer’s release in late 2016, rising Norwegian singer and songwriter AURORA was announced to have contributed to the official soundtrack. The first trailer revealed that Jed Kurzel had replaced Gregson-Williams as the composer.[63]

Música

Harry Gregson-Williams foi selecionado inicialmente como o compositor do filme, [61] mas confirmou em novembro de 2016 que não estava mais trabalhando em Alien: Covenant . Gregson-Williams resumiu as razões para sua saída do projeto como uma mistura de programação e questões criativas, afirmando que “os horários e as expectativas de uma pontuação de um filme nem sempre se encaixam e este não estava indo para trabalhar  fora. [62] Durante o lançamento do trailer no final de 2016, a cantora e compositora norueguesa AURORA foi anunciada por ter contribuído para a trilha sonora oficial. O primeiro trailer revelou que Jed Kurzel tinha substituído Gregson-Williams como compositor . [63]

Release

Alien: Covenant is scheduled to be released on 12 May 2017[64] in the United Kingdom, 19 May 2017 in the United States 3D, 2D and IMAX 3D[4][5][6], by 20th Century Fox after being moved back from its previously announced release date of August 4, 2017.[65][66]

Lançamento 

Alien: Covenant está programado para ser lançado em 12 de maio de 2017 [64] no Reino Unido, 19 de maio de 2017 nos Estados Unidos em 3D, 2D e IMAX 3D [4] [5] [6] ,  pela 20th Century Fox depois de ser antecipada de sua data de lançamento anunciada anteriormente em 4 de agosto de 2017. [65] [66]

Sequels

In September 2015, Ridley Scott revealed he was planning two sequels to Prometheus, which would lead into the first Alien film, even adding: “Maybe [there will] even [be] a fourth film before we get back into the Alien franchise.”[67][68] In November 2015, Scott confirmed that Alien: Covenant would be the first of three additional films in the Alien prequel series, before linking up with the original Alien,[69][70] and stated that the Prometheus sequels will reveal who created the xenomorph aliens.[71] The screenplay for the third prequel film was written during production of Alien: Covenant and finished in 2017. Production is scheduled to begin in 2018.[72]

Sequências

Em setembro de 2015, Ridley Scott revelou que estava planejando duas continuações para  Prometheus , o que levaria ao primeiro filme de Alien, acrescentando : “Talvez [haja] até um quarto filme antes de voltar para a franquia Alien “. Em novembro de 2015, Scott confirmou que Alien: Covenant seria o primeiro de três filmes adicionais na série Alien, antes de se ligar com o original Alien , [69] [70] e afirmou que as sequências  de Prometheus iriam revelar quem criou os alienígenas xenomorfos . [71] O roteiro para o terceiro filme  foi escrito durante a produção de Alien: Covenant e terminou em 2017. A produção está prevista para começar em 2018. [72]

Directed by Ridley Scott
Produced by
Screenplay by
Story by
Starring
Music by Jed Kurzel
Cinematography Dariusz Wolski
Edited by Pietro Scalia
Production
company
Distributed by 20th Century Fox[1]
Release date
Datas de estréia
  • May 11, 2017 (Brazil)
  • 11 de maio de 2.017 (Brasil)
  • May 12, 2017(United Kingdom)
  • 12 de maio de 2.017 (Reino Unido)
  • May 19, 2017(United States)
  • 19 de maio de 2.017 (Estados Unidos)
Country

País

United States[2]

Estados Unidos

Language

Língua

English

Inglês

Wikipedia english

Wikipedia portuguese

Trailer english

Trailer english  02

Trailer legendado

Trailer legendado 02

Trailer subtitulado

Trailer subtitulado 02

Cinema 2.017

Snatched – Sequestradas

Rei Arthur – A lenda da espada

Cinema 2.016

Cinema 2.015

Cinema 2.014

 

abril 19, 2017 Posted by | Cinema | , , , , , , , | Deixe um comentário

Cinema 2.017 – Ghost in the shell

ghost

Ghost in the Shell is an upcoming American science fiction action film directed by Rupert Sanders and written by Jamie Moss, William Wheeler and Ehren Kruger, based on the Japanese manga of the same name by Masamune Shirow. Sanders dedicated the film to Buried director Rodrigo Cortés.[citation needed]The film stars Scarlett Johansson, Michael Pitt, Pilou Asbæk, Chin Han and Juliette Binoche. It will be released on March 31, 2017, in 2D, 3D and IMAX 3D.[5]

Ghost in the Shell (Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell (título no Brasil) / Ghost in the Shell: Agente do Futuro em Portugal) é um filme americano de ação, ficção científica e cyberpunk previsto para lançamento em 2017, dirigido por Rupert Sanders e escrito por Jonathan Herman e Jamie Moss, baseado no mangá homônimo de Masamune Shirow. O filme contará com atuações de Scarlett Johansson, Pilou Asbæk, Michael Pitt, Takeshi Kitano e Juliette Binoche.[1]

Premise

Cyborg counter-cyberterrorist field commander The Major (Scarlett Johansson) and her task force Section 9 thwart cyber criminals and hackers. Now, they must face a new enemy who will stop at nothing to sabotage Hanka Robotics’ artificial intelligence technology.[6]

Sinopse 

Major (Scarlett Johansson), uma ciborgue comandante de campo especializada no combate contra o cyberterrorismo e sua força tarefa, a Seção 9 são especializados em frustrar os planos e cybercriminosos e hackers. Porém, agora, eles devem enfrentar um novo inimigo ainda mais mortal, rápido e inteligênte que não vai parar até conseguir sabotar toda a tecnologia de inteligência artificial da Hanka Robotic.[2]

Cast – Elenco

Production 

In 2008, DreamWorks (which had distributed theatrically in the United States through its Go Fish Pictures banner the film Ghost in the Shell 2: Innocence) and Steven Spielberg acquired the rights to produce a live-action film adaptation of the original manga. Avi Arad and Steven Paul were later confirmed as producers, with Jamie Moss to write the screenplay.[10] In October 2009, it was announced that Laeta Kalogridis had replaced Moss as writer.[11] On January 24, 2014, it was reported that Rupert Sanders would direct the film, with a screenplay by William Wheeler.[12] Wheeler worked on the script for approximately a year and a half, later saying, “It’s a vast enterprise. I think I was second or third in the mix, and I know there have been at least six or seven writers.”[13] Jonathan Herman also worked on the screenplay. Ultimately, credit for the screenplay was given to Moss, Wheeler and Ehren Kruger.

On September 3, 2014, Margot Robbie was in early talks for the lead role.[14] On October 16, it was announced that DreamWorks had made a $10 million offer to Scarlett Johansson for the lead role, after Robbie’s talks for the role fell apart when she was cast as Harley Quinn in Suicide Squad.[15] This marks the second time that Scarlett Johansson stars in a cyberpunk film after The Island (2005). In May 2015, Paramount Pictures agreed to co-produce and co-finance the film.[16] On November 10, 2015, Pilou Asbæk was cast in the film for the role of Batou, the best fighter and second in command in Section 9.[17] On November 19, 2015, it was reported that Sam Riley was in early talks to join the film for the villain role as Kuze, the leader of most dangerous criminals and extremists.[18] But, on February 4, 2016, Variety reported that Michael Pitt was in talks for the role.[19] On March 3, 2016, TheWrap reported that Japanese actor Takeshi Kitano had been cast as Daisuke Aramaki, the founder and leader of the elite unit Section 9 tasked with protecting the world from the most dangerous technological threats.[20]

Principal photography on the film began on location in Wellington, New Zealand, on February 1, 2016.[21] In April 2016, the full cast was announced, which included Juliette Binoche, Chin Han, Lasarus Ratuere and Kaori Momoi.[8] In May 2016, Rila Fukushima was cast in a role.[22] Filming wrapped up in New Zealand on June 3, 2016. Filming also took place in the Jordan area of Hong Kong, around Pak Hoi Street and Woosung Street on June 7, 8 and 10 or 14–16.[23][24]

Casting criticism

The casting of Johansson in the lead role caused accusations of whitewashing.[25][26][27][28] It has been alleged that the filmmakers at one point commissioned the usage of CGI and other visual effects testing to alter Johansson’s appearance in order to make her ethnicity appear Asian, spurring further backlash,[29] including an ironic video response from popular YouTube filmmaker Freddie Wong.[30][31]Paramount has stated the tests were short-lived and did not involve Johansson.[32] Some fans as well as people working in the industry have claimed the controversy is a symptom of a bigger issue, and that modern Hollywood fears casting non-white actors would bring films less of a profit than white actors would bring.[32][33] Marc Bernardin of Los Angeles Times commented that “the only race Hollywood cares about is the box office race.”[34]

In Japan, some fans of the manga were surprised that the casting caused controversy, since many already assumed that a Hollywood production would choose a white actress in the lead role, and they considered that not too much attention should be paid to the physical appearance of the main protagonist because the dominant themes in Ghost in the Shell are the nature of self-identity and how it becomes affected with the use of different cyborg bodies that host human cyber-brains.[35] Sam Yoshiba, director of the international business division at Kodansha’s Tokyo headquarters (the company that holds the rights to the series and its characters) said, “Looking at her career so far, I think Scarlett Johansson is well cast. She has the cyberpunk feel. And we never imagined it would be a Japanese actress in the first place… this is a chance for a Japanese property to be seen around the world.”[35][36]

During a launch event in Tokyo, Sanders said of Johansson, “There are very few actresses with 20 years’ experience who have the cyberpunk ethic already baked in. I stand by my decision — she’s the best actress of her generation”.[37] Paramount released a featurette of Mamoru Oshii (director of the original films) visiting the studio, in which he says that Johansson exceeded his expectations for the role.[38]Paul addressed the controversy, referring to the setting of the film as “an international world,” stating “There [are] all sorts of people and nationalities in the world in Ghost in the Shell. We’re utilizing people from all over the world. There’s Japanese in it. There’s Chinese in it. There’s English in it. There’s Americans in it.”[39]

Johansson replied to the criticism, stating, “I certainly would never presume to play another race of a person. Diversity is important in Hollywood, and I would never want to feel like I was playing a character that was offensive. Also, having a franchise with a female protagonist driving it is such a rare opportunity. Certainly, I feel the enormous pressure of that—the weight of such a big property on my shoulders.”[40]

Release

Ghost in the Shell was originally scheduled by Walt Disney Studios Motion Pictures for an April 14, 2017, release through their Touchstone Pictures banner.[41][42] The film was part of DreamWorks’ distribution deal with Walt Disney Studios, which began in 2009.[43] In April 2015, Disney moved the film’s release date in North America to March 31, 2017, with Paramount Pictures handling international distribution.[16][44] However, it was reported in September 2015 that DreamWorks and Disney would not renew their distribution deal, which was set to expire in August 2016.[45] In January 2016, Disney dropped the film from its release slate after DreamWorks’ distribution deal with Universal Pictures was finalized in December 2015.[46][47] Disney’s distribution rights for the film were transferred completely to Paramount instead of Universal, with Paramount retaining Disney’s release date of March 31, 2017.[46]

Lançamento

Ghost in the Shell foi originalmente agendado pela Walt Disney Studios Motion Pictures para o dia 14 de abril de 2017,através de sua subsidiária Touchstone Pictures. O filme era parte do acordo de distribuição da DreamWorks Pictures com Walt Disney Studios, que começou em 2009. Em abril de 2015, a Disney mudou a data de lançamento do filme na América do Norte para o dia 31 de março de 2017, com a Paramount Pictures lidando com a distribuição internacional. No entanto, foi relatado em setembro de 2015 que a DreamWorks não renovou seu acordo de distribuição com a Walt Disney Studios Motion Pictures que terminaria em agosto de 2016, em janeiro do mesmo ano, a Disney se retirou do filme depois que DreamWorks Pictures assinou um acordo de distribuição com a Universal Pictures em dezembro de 2015.

Os direitos de distribuição de Ghost and in the Shell na América do Norte que ficaria com a Walt Disney Studios Motion Pictures foram transferidos completamente para a Paramount Pictures que anteriormente faria somente a distribuição internacional e à partir de agora fará em ambos os mercados, mantendo o lançamento do filme na segunda data estipulada pela Walt Disney Studios Motion Pictures para o dia 31 de março de 2017.

Em 13 de novembro de 2016 a Paramount Pictures divulgou em suas redes sociais o primeiro trailer do filme.

See also

Wikipedia em  inglês

Wikipedia em português

trailer legendado

trailer subtitulado

trailer english

Cinema 2.017

Catfight – Cama de gata

Kong – A ilha da caveira

Cinema 2.016

Cinema 2.015

Cinema 2.014

 

fevereiro 26, 2017 Posted by | Cinema | , , , , , , , | Deixe um comentário

Rogue one – Uma história de guerra nas estrelas

Star Wars

Roque One

Rogue One: A Star Wars Story (no Brasil, Rogue One: Uma História Star Wars) é um futuro filme norte-americano de ação ficção científica aventura e fantasia, baseado na franquia de filmes de space opera épica Star Wars de George Lucas, que está previsto para ser lançado 16 de dezembro de 2016,[1]com a direção de Gareth Edwards e escrito por Chris Weitz. O filme, que faz parte de uma nova série de spin-offsproduzidos pela Disney com base na série Star Wars, teve seus efeitos especiais produzidos pela Industrial Light & Magic e será distribuída mundialmente pela Walt Disney Studios Motion Pictures.

No elenco do filme estão os atores Felicity Jones, Diego Luna, Forest Whitaker, Ben Mendelsohn, Alan Tudyk e Mads Mikkelsen.[2]

A história do filme se baseia em um grupo de combatentes da Aliança Rebelde se unindo para uma missão de roubar os planos da Estrela da Morte e trazer uma nova esperança para a galáxia[3]. A história vai se passar antes dos acontecimentos de Uma Nova Esperança e depois da A Vingança dos Sith.

Sinopse

2 anos após os acontecimentos de A Vingança de Sith e 17 anos antes de Uma Nova Esperança,em uma época de conflito, um grupo de heróis inesperados se unem na missão de roubar os planos da Estrela da Morte, a arma de destruição definitiva do Império. Esse evento-chave na linha temporal de Star Wars une pessoa normais que escolhem fazer coisas extraordinárias e assim, se tornam parte de algo maior que eles mesmos.

Elenco

  • Felicity Jones como Jyn Erso: Uma jovem das ruas que está por conta própria desde os 15 anos de idade. Dona de grandes habilidades de luta e conhecimento sobre a Galáxia, ela é detida pela Aliança Rebelde e tem a chance de fazer algo útil. A produtora e presidente da Lucasfilm Kathleen Kennedy a compara com Joana d’Arc. [carece de fontes]
  • Diego Luna como Cassian Andor: Um homem “estável e prático, que tem muita experiência em combate”. Ele sabe como é enfrentar o Império, todos os dias, de forma efetiva e inteligente.[carece de fontes]
  • Riz Ahmed como Bohdi Rook:[4] O piloto desse grupo da Aliança. Apesar de sua personalidade impulsiva e volátil, todos de sua equipe confiam em suas habilidades técnicas.[carece de fontes]
  • Ben Mendelsohn como Almirante Orson Krennic: Do lado oposto da guerra, este vilão é um ambicioso e inteligente diretor imperial que pretende usar seu esquadrão de Deathtroopers para pulverizar a Aliança e cair nas graças do Imperador – enquanto tenta evitar a ira de Darth Vader.[carece de fontes]
  • Forest Whitaker como Saw Guerrera: Com um passado conturbado, ele tenta fazer a coisa certa usando medidas extremas e questionáveis. Saw está do lado da Aliança, porém Kathleen Kennedy deixa bem claro que ele não faz parte do grupo: é um aliado independente. [carece de fontes]
  • Jonathan Aris como Senador Jebel
  • Mads Mikkelsen como Galen Erso: O pai distante de Jyn é dono de um conhecimento muito vasto, algo cobiçado tanto pela Aliança, como pelo Império.[carece de fontes]
  • Alan Tudyk como K-2SO: Um dróide completamente oposto ao C-3PO: confiante e durão, tem uma personalidade parecida com a de Chewbacca. Em busca de redenção, ele não se importa com a opinião alheia e diz sempre a verdade.[carece de fontes]
  • Spencer Wilding (corpo) e James Earl Jones (voz) como Darth Vader: Um lorde Sith impiedoso, usuário do Lado Negro da Força, comanda a galáxia e a Estrela da Morte com mão de ferro.
  • Donnie Yen como Chirrut Imwe: Um guerreiro espiritual dotado de habilidades que compensam sua cegueira. Ele não é um Jedi, mas acredita puramente na mitologia ao redor dos guardiões da Força.[carece de fontes]
  • Jiang Wen como Baze Malbus: Grande amigo de Chirrut, ele não compartilha dessas mesmas crenças, confiando sempre em suas armas. Essa dupla é comparada com Dom Quixote e Sancho Pança.[carece de fontes]
  • Genevieve O’Reilly como Mom Mothma
  • Jimmy Smits como Bail Prestor Organa

Produção

Em 30 de outubro de 2012, a Walt Disney Pictures anunciou a aquisição da LucasFilm para o preço de de 4,05 bilhões de euros. Mais tarde, Robert Iger, CEO da Disney, anunciou que pretendia fazer três novos episódios da saga de Star Wars. Em 3 de setembro de 2013 foi anunciado que, em paralelo com o filme, vários spin-offs seriam filmados para a série e seriam centrados em determinados personagens.

Em maio de 2014, The Hollywood Reporter informou que Gareth Edwards iria dirigir o primeiro filme spin-off e que escreveria o roteiro com Gary Whitta. Após a seleção, a Lucasfilm divulgou um comunicado confirmando Edwards. Um segundo artigo do website do filme relatou que Chris Weitz foi contratado para escrever um cenário alternativo, que foi rejeitado por Whitta.

A Disney decidiu anunciar a 12 de março de 2015, informações sobre o título do filme, bem como confirmar a participação de Chris Weitz e Felicity Jones nele. Ele também informou que o enredo do filme foi baseado em uma ideia original por John Knoll, diretor de criação da Industrial Light & Magic. Ele foi eleito como produtor executivo, juntamente com Simon e Jason Emanuel McGatlin. Kathleen Kennedy e Tony To são os produtores e John Swartz, co-produtor.

Formação do Elenco

 O elenco de Rogue One

Em janeiro de 2015, The Hollywood Reporterafirmou que inúmeras atrizes, incluindo Tatiana Maslany, Rooney Mara e Felicity Jones, estavam sendo testados para participar do filme. A irmã de Mara, Katetambém fez testes para o papel.[5] Em fevereiro de 2015, foi anunciado que Jones estava em negociações finais para estrelar o filme, enquanto Aaron Paul e Édgar Ramírez também estavam sendo olhados para o papel principal masculino.[6] Em março de 2015, Jones foi anunciado como parte do elenco.[7] Em 25 de março, 2015, a Deadline disse que Ben Mendelsohn estava sendo observado para o papel.[8] Em 23 de abril, 2015, TheWrap disse que Sam Claflin estava sendo olhado para um papel, enquanto Riz Ahmed estava em negociações para se juntar ao filme.[9] Em 13 de maio de 2015, Mendelsohn, Ahmed e Diego Luna foram adicionados ao elenco do filme para estrelar os papéis principais.[10] Forest Whitaker foi adicionado ao elenco do filme em 15 de junho de 2015.[11] Em julho de 2015, havia rumores de que Darth Vader iria aparecer no filme, mas ele não seria o principal antagonista.[12] Em 27 de julho, 2015, Jonathan Aris foi escalado para interpretar o senador Jebel no filme.[13] Em agosto de 2015, foi relatado que o ator falecido, Peter Cushing, que interpretou Grand Moff Tarkin no Star Wars (1977) original, pode ser ressuscitado em versão digital para Rogue One. [14]

Filmagens

A fotografia principal do filme começou em North London no início de agosto de 2015. [15] Algumas cenas foram filmadas em Laamu Atoll nas Maldivas, [16] como também na Islândia e Jordânia[17]. Após o lançamento do primeiro trailer, fãs usaram o Twitter para comentar que o Canary Wharf em Londres foi aparentemente utilizado para uma cena.[18][19]

O filme foi filmando utilizando lentes Ultra Panavision 70 para um número de sequências não reveladas.[20][17]

Lançamento

O primeiro teaser trailer foi divulgado no dia 07 de abril no Good Morning America, que colocou o filme num dos assuntos mais comentados do Twitter ao longo do dia.[21]O trailer foi visto quase 30 milhões de vezes em suas primeiras 29 horas, com uma taxa de 800.000 visualizações por hora no Facebook e YouTube.[22] Os críticos fizeram comentários positivos sobre o teaser trailer. O The Daily Telegraphdescreveu a personagem de Jyn Erso como “uma malandra, Han Solo estilo de heroína”, chamando o filme de “progressista”, enquanto observando sua fidelidade meticulosa ao design de produção da trilogia original de Star Wars.[23] The Hollywood Reporter também notou os acenos visuais da trilogia original e questionou qual será a possível orientação narrativa do filme, considerando que o resultado é, em certa medida já revelado na abertura de Uma Nova Esperança.[24] David Sims do The Atlantic afirmou que o trailer trouxe “de volta alguns peças memoráveis da arquitetura, AT-AT e a Estrela da Morte em si, para não mencionar os gloriosos figurino dos anos 70 de Star Wars“. Ele acrescentou que o trailer tem um visual que mistura o antigo com o novo.[25]

 Estados Unidos
2016 •  cor •  133 min
Direção Gareth Edwards
Produção Kathleen Kennedy
Allison Shearmur
Simon Emanuel
Roteiro Chris Weitz
Tony Gilroy
História John Knoll
Gary Whitta
Baseado em Personagens por
George Lucas
Elenco Felicity Jones
Diego Luna
Ben Mendelsohn
Donnie Yen
Mads Mikkelsen
Alan Tudyk
Riz Ahmed
Jiang Wen
Forest Whitaker
Gênero Aventura
Fantasia
Ficção científica
Épico
Space opera
Música Michael Giacchino
Cinematografia Greig Fraser
Edição Jabez Olssen
Companhia(s) produtora(s) Lucasfilm
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento Estados Unidos 16 de Dezembro de 2016Brasil 15 de Dezembro de 2016
Cronologia
Último

Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith
Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança
Próximo

Página no IMDb (em inglês)

Wikipedia

trailer legendado

Trailer legendado 02

Cinema 2.016

A lei da noite

Ouro e cobiça

Divergente: convergente

O silêncio

Tinha que ser ele?

Presságios de um crime

Rogue one – Uma história de Guerra nas estrelas

Sequestro

As regras não se aplicam

Animais noturnos

Arrival – A chegada

Pastoral americana

O contador

A garota do trem

Gênios do crime

Os sete magníficos

O bebê de Bridget Jones

Sully – O herói do Rio Hudson

Morgan: A evolução

Assassino a preço fixo

O homem nas trevas

O espaço entre nós

As caça-fantasmas

O esquadrão suicida

Bad moms

O jogo do dinheiro

Alice através do espelho

Popstar – Nunca desista de nunca desistir

O bom gigante amigo

Conexão Escobar

O jogo do dinheiro

Mente criminosa

Demolição

Uma noite com a família blacks

A escolha perfeita

O cavaleiro de copas

Voando alto

Deadpool

Horas decisivas

Tirando o atraso

Capitão América – Guerra civil

O regresso

Master mind – Gênios do crime

Salve cesar!

Ben-Hur

A quinta onda

X-men – Apocalipse

Estrelas ocultas

La La land

Cinquenta tons de negro

Doutor estranho

Jason Bourne

A lenda de Tarzan

Snowden

Passageiros

Um espião e meio

Como ser solteira

Deuses do Egito

Seguestro

Cinema 2.015

novembro 3, 2016 Posted by | Cinema | , , , , , , , | Deixe um comentário

Arrival – A chegada

Arrival

Filmes de Ficção Científica

Arrival is a 2016 American science fiction drama film directed by Denis Villeneuve and written by Eric Heisserer, based on the short storyStory of Your Life” by author Ted Chiang. The film stars Amy Adams, Jeremy Renner, and Forest Whitaker. Principal photography on the film began on June 7, 2015 in Montréal, Québec.

Arrival had its world premiere at the Venice Film Festival on September 1, 2016. The film is scheduled to be released on November 11, 2016 inIMAX, by Paramount Pictures.

Tradução:

Arrival – A chegada é um filme americano de ficção  científica  dirigido por Denis Villeneuve e escrito por Eric Heisserer , baseado no contoStory of Your Life ” de autoria de Ted Chiang .  O filme é estrelado por Amy Adams ,Jeremy Renner , e Forest Whitaker . A fotografia principal do filme começou em 07 de junho de 2015 em Montreal e Quebec .

A chegada teve a sua estreia mundial no Festival de Veneza em 1 de Setembro de 2016. O filme está programado para ser lançado em 11 de novembro de 2016 em IMAX , pela Paramount Pictures .

Sinopse 

Quando múltiplas naves espaciais aterrissam ao redor do planeta, uma equipe de elite é montada para investigar, incluindo a linguista Louise Bancos ( Amy Adams ) e o matemático Ian Donnelly ( Jeremy Renner ),  além do  coronel das forças armadas Weber ( Forest Whitaker ). A humanidade oscila à beira de uma guerra global e as naves só aumentam a tensão,já que as naves são vistas como uma ameaça. Além disso, todos querem respostas para esse mistério e nem todos estão com paciência para esperar,  colocando a humanidade em risco..

Tradução:

Synopsis

When multiple mysterious spacecraft touch down across the globe, an elite team is put together to investigate, including linguist Louise Banks (Amy Adams), mathematician Ian Donnelly (Jeremy Renner), and US Army Colonel Weber (Forest Whitaker). Mankind teeters on the verge of global war as everyone scrambles for answers—and to find them, Banks, Donnelly, and Weber will take a chance that could threaten their lives, and, quite possibly, humanity.

Cast

Production

An adaptation of Ted Chiang‘s “Story of Your Life” had been planned since at least November 2012,[3] involving the production companyFilmNation Entertainment.[4] With Paramount announcing that they had acquired North American rights to the film in May 2014,[5] Jeremy Renner joined the film on March 6, 2015 to play a physics professor paired by the government with Adams’ character to help communicate with the aliens.[6] Forest Whitaker signed on to the film in April 2015, with Michael Stuhlbarg joining the cast as CIA Agent Halpern that June.[7][8]

Filming

Filming began in mid-June 2015, right after Renner completed the shooting of Captain America: Civil War.[6] Principal photography on the film began on June 7, 2015 in Montréal, Québec, Canada.[9][10]

Release

A teaser trailer was released in August 2016 followed the next week by the first official trailer.[11] Paramount Pictures released a series of posters to promote the film, with one showing a UFO hovering aboveHong Kong‘s skyline which included Shanghai‘s Oriental Pearl Tower. The inaccuracy angered many Hong Kong social media users. The posters were taken down and a statement was made which attributed the inaccuracy to a third party vendor.[12] The poster was designed by BLT Communications.

The film had its world premiere at the Venice Film Festival on September 1, 2016.[13] The film will also screen at the Toronto International Film Festival.[14][15] Telluride Film Festival,[16] and the BFI London Film Festival.[17] The film is scheduled to be released on November 11, 2016.[18][19]

Critical response

On review aggregator website Rotten Tomatoes, the film has an approval rating of 100%, based on 38 reviews, with an average rating of 8.6/10. The site’s consensus reads, “Arrival delivers a must-see experience for fans of thinking person’s sci-fi that anchors its heady themes with genuinely affecting emotion and a terrific performance from Amy Adams.”[20] On Metacritic the film has a score of 80 out of 100 score, based on 16 critics, indicating “generally favorable reviews”.[21]

Directed by Denis Villeneuve
Produced by
Screenplay by Eric Heisserer
Based on Story of Your Life
by Ted Chiang
Starring
Music by Jóhann Jóhannsson
Cinematography Bradford Young
Edited by Joe Walker
Production
companies
Distributed by Paramount Pictures
Release dates
Data de estréia
  • September 1, 2016 (Venice)
  • November 11, 2016(United States)
Running time
Tempo de duração
116 minutes[1]
Country – País United States
Language – Língua English
Budget – Orçamento $50 million[2]

Wikipedia

Trailer legendado

Trailer dublado

Trailer English

Cinema 2.016

A lei da noite

Ouro e cobiça

Divergente: convergente

O silêncio

Tinha que ser ele?

Presságios de um crime

Rogue one – Uma história de Guerra nas estrelas

Sequestro

As regras não se aplicam

Animais noturnos

Arrival – A chegada

Pastoral americana

O contador

A garota do trem

Gênios do crime

Os sete magníficos

O bebê de Bridget Jones

Sully – O herói do Rio Hudson

Morgan: A evolução

Assassino a preço fixo

O homem nas trevas

O espaço entre nós

As caça-fantasmas

O esquadrão suicida

Bad moms

O jogo do dinheiro

Alice através do espelho

Popstar – Nunca desista de nunca desistir

O bom gigante amigo

Conexão Escobar

O jogo do dinheiro

Mente criminosa

Demolição

Uma noite com a família blacks

A escolha perfeita

O cavaleiro de copas

Voando alto

Deadpool

Horas decisivas

Tirando o atraso

Capitão América – Guerra civil

O regresso

Master mind – Gênios do crime

Salve cesar!

Ben-Hur

A quinta onda

X-men – Apocalipse

Estrelas ocultas

La La land

Cinquenta tons de negro

Doutor estranho

Jason Bourne

A lenda de Tarzan

Snowden

Passageiros

Um espião e meio

Como ser solteira

Deuses do Egito

 Pastoral Americana

Cinema 2.015

setembro 30, 2016 Posted by | Cinema | , , , , , | Deixe um comentário

Cinema 2.016 – Morgan

Filmes de Ficção

Morgan

Morgan é um filme americano de ficção científiecahorror  e suspense, [1]dirigido por Luke Scott e escrito por Seth Owen. O filme é estrelado por um grande elenco: Kate Mara, Anya Taylor-Joy, Toby Jones, Rose LeslieBoyd HolbrookMichelle YeohJ ennifer Jason LeighPaul Giamatti . As filmagens começaram em 26 de maio de 2015 na Irlanda do Norte . O filme está programado para ser lançado em 02 de setembro de 2016 pela 20th Century Fox. [2]

Sinopse

Consultora de gestão de risco corporativo, Lee Weathers tem de decidir  se deve ou não abortar a vida de um ser artificial que foi criada em um ambiente de laboratório.

Produção

Morgan é um thriller de sci-fi com roteiro de Seth W. Owen,  citado na Black List 2.014 de melhores roteiros que não foram produzidos. A 20th Century Fox entrou como financiadora e distribuidora, enquanto a  Scott Free  Productions de Ridley Scott decidiu produzir. [3] Em 10 de Março de 2015, Kate Mara foi escalada para estrelar no papel principal e que Luke Scott , filho de Ridley, faria sua estréia como diretor. Ridley Scott produzirá junto com Michael Schaefer e Elishia Holmes, enquanto Anya Taylor-Joy também fora adicionada ao elenco. [4] Em 29 de Abril, 2015, Paul Giamatti e Toby Jones foram definidos para participar do filme, Giamatti interpretaria um psicólogo, enquanto Jones seria  o cientista-chefe responsável pela instalação de laboratório. [5] Boyd Holbrook também foi definido para interpretar um nutricionista no laboratório, Mara foi definida para ser uma consultora corporativa de gestão de risco, enquanto Taylor-Joy  seria um ser geneticamente manipulada. [5] Mais tarde foi revelado que Jennifer Jason Leigh eMichelle Yeoh participariam do filme.. [6]

Cast

Directed by Luke Scott
Produced by
Written by Seth Owen
Starring
Music by Max Richter
Cinematography Mark Patten
Edited by Laura Jennings
Production
company
Distributed by 20th Century Fox
Data de estreia
  • September 2, 2016
País United States EUA
Língua Ingles

Wikipedia

Trailer em inglês

Trailer em inglês 2

Trailer em inglês 3

Cinema 2.016:

A luz entre oceanos

Assassino a preço fixo

A lei da noite

Ouro e cobiça

Divergente: convergente

O silêncio

Tinha que ser ele?

Presságios de um crime

Rogue one – Uma história de Guerra nas estrelas

Sequestro

As regras não se aplicam

Animais noturnos

Arrival – A chegada

Pastoral americana

O contador

A garota do trem

Gênios do crime

Os sete magníficos

O bebê de Bridget Jones

Sully – O herói do Rio Hudson

Morgan: A evolução

Assassino a preço fixo

O homem nas trevas

O espaço entre nós

As caça-fantasmas

O esquadrão suicida

Bad moms

O jogo do dinheiro

Alice através do espelho

Popstar – Nunca desista de nunca desistir

O bom gigante amigo

Conexão Escobar

O jogo do dinheiro

Mente criminosa

Demolição

Uma noite com a família blacks

A escolha perfeita

O cavaleiro de copas

Voando alto

Deadpool

Horas decisivas

Tirando o atraso

Capitão América – Guerra civil

O regresso

Master mind – Gênios do crime

Salve cesar!

Ben-Hur

A quinta onda

X-men – Apocalipse

Estrelas ocultas

La La land

Cinquenta tons de negro

Doutor estranho

Jason Bourne

A lenda de Tarzan

Snowden

Passageiros

Um espião e meio

Como ser solteira

Deuses do Egito

Cinema 2.015

julho 19, 2016 Posted by | Cinema | , , , , , , , | 1 Comentário

Cinema 2.016 – The space between us

cinema 2.016

Romance e Ficção

The Space Between Us (Out of This World) O espaço entre nós (fora deste mundo) é um filme americano de romance, ficção científica e aventura dirigido por Peter Chelsom , e escrito porAllan Loeb , a partir de uma história de Stewart Schill, Richard Barton Lewis e Allan Loeb. O filme é estrelado por Asa Butterfield , Britt Robertson , Gary Oldman e Carla Gugino . A fotografia principal começou em 14 de setembro, 2015, em Albuquerque , Novo México . O filme está programado para ser lançado em 19 de agosto de 2016.

Sinopse:

O primeiro ser humano nascido em Marte viaja para a Terra pela primeira vez, experimentando as maravilhas do planeta através de seus próprios olhos.Ele embarca em uma aventura com uma garota inteligente para descobrir sua origem.

Elenco

Wikipedia

Ficha Técnica:

Directed by Peter Chelsom
Produced by Richard Barton Lewis
Screenplay by Allan Loeb
Story by Stewart Schill
Richard Barton Lewis
Allan Loeb
Starring Gary Oldman
Asa Butterfield
Carla Gugino
Britt Robertson
Music by Andrew Lockington
Cinematography Barry Peterson
Edited by David Moritz
Production
company
Huayi Brothers Pictures
Los Angeles Media Fund
Southpaw Entertainment
Distributed by STX Entertainment
Data de estreia
  • August 19, 2016
País United States EUA
Língua Inglês

Trailer em inglês

Treiler legendado

Trailer em inglês 02

Cinema 2.016

As caça-fantasmas

A lei da noite

Ouro e cobiça

Divergente: convergente

O silêncio

Tinha que ser ele?

Presságios de um crime

Rogue one – Uma história de Guerra nas estrelas

Sequestro

As regras não se aplicam

Animais noturnos

Arrival – A chegada

Pastoral americana

O contador

A garota do trem

Gênios do crime

Os sete magníficos

O bebê de Bridget Jones

Sully – O herói do Rio Hudson

Morgan: A evolução

Assassino a preço fixo

O homem nas trevas

O espaço entre nós

As caça-fantasmas

O esquadrão suicida

Bad moms

O jogo do dinheiro

Alice através do espelho

Popstar – Nunca desista de nunca desistir

O bom gigante amigo

Conexão Escobar

O jogo do dinheiro

Mente criminosa

Demolição

Uma noite com a família blacks

A escolha perfeita

O cavaleiro de copas

Voando alto

Deadpool

Horas decisivas

Tirando o atraso

Capitão América – Guerra civil

O regresso

Master mind – Gênios do crime

Salve cesar!

Ben-Hur

A quinta onda

X-men – Apocalipse

Estrelas ocultas

La La land

Cinquenta tons de negro

Doutor estranho

Jason Bourne

A lenda de Tarzan

Snowden

Passageiros

Um espião e meio

Como ser solteira

Deuses do Egito

Cinema 2.015
 

junho 22, 2016 Posted by | Cinema | , , , , , , , | 1 Comentário

Star Wars – O despertar da força

o despertar da força

Star Wars VII

 

Star Wars VII

Star Wars: The Force Awakens(também chamado de Star Wars: Episode VII – The Force Awakens) (noBrasil e em Portugal, Star Wars: O Despertar da Força)1 ) é um filme americano a ser lançado, é o sétimo filme da série Star Wars,  ocorre aproximadamente 30 anos após O Retorno (Regresso) do Jedi. O elenco principal inclui John Boyega, Daisy Ridley, Adam Driver, Oscar Isaac, Andy Serkis, Domhnall Gleeson, e Max von Sydow, com Harrison Ford, Carrie Fisher, Mark Hamill, Anthony Daniels,Peter Mayhew e Kenny Baker reprisando seus papéis dos filmes anteriores.

É o primeiro filme de Star Wars produzido após a venda da LucasFilmpor George Lucas para a Walt Disney Pictures, que agora distribuirá os lançamentos da franquia. Será também o primeiro da nova trilogia de Star Wars. Os episódios seguintes estão agendados para lançamentos com dois ou três anos de diferença entre si.2 O criador de Star Wars, George Lucas, serviu como  consultor criativo do filme. A direção é deJ.J. Abrams que escreveu o roteiro com Lawrence Kasdan, roteirista de O Império Contra-Ataca (1980) e O Retorno de Jedi. Abrams e Kasdan rescreveram o roteiro inicial de Michael Arndt, que fez o tratamento original para a história.

A sinopse do filme ainda não foi divulgada, porém se sabe que o filme falará sobre a luta da Resistência (antiga Aliança Rebelde) contra a Primeira Ordem (antigo Império Galáctico) e será protagonizado por Daisy Ridley, John Boyega e Oscar Isaac, que interpretarão, respectivamente, Rey, Finn e Poe.

Trailer 01

Trailer 02

O filme tem a data de estreia agendada para 17 Dezembro de 2015 no Brasil e 18 de Dezembro em Portugal.3

Elenco

Enredo

A trama do Episódio VII deverá ser original, sem se basear diretamente em nenhum dos vários livros, histórias em quadrinhos e outros materiais que foram lançados na franquia Star Wars.69 Como parte da aquisição, a Disney recebeu uma “extensiva explanação do enredo” por Lucas. Em uma entrevista em vídeo que foi parte do anúncio da compra, Kennedy explicou que ela e Lucas já se reuniram com os roteiristas para discutir o roteiro do filme.70

Dale Pollock, o biógrafo de Lucas que já leu as doze histórias originais escritas por ele, observou que os novos episódios devem mostrar o personagem Luke Skywalkerem seus 30 ou 40 anos de idade. Em uma entrevista, Pollock declarou: “As três histórias mais interessantes eram as 7, 8 e 9. Elas tinham uma ação propulsiva, mundos novos realmente interessantes e novos personagens. Eu lembro que pensei que queria ver aqueles 3 filmes.”71 Pollock espera que os roteiros dos novos filmes sigam o texto escrito por Lucas.71

 Estados Unidos
2015 •  Cor
Direção J. J. Abrams
Produção Kathleen Kennedy
J. J. Abrams
Bryan Burk
Roteiro Michael Arndt
Lawrence Kasdan
J. J. Abrams
Baseado em Star Wars, de George Lucas
Elenco Harrison Ford
Carrie Fisher
Mark Hamill
Peter Mayhew
Anthony Daniels
Kenny Baker
Lupita Nyong’o
Andy Serkis
Max von Sydow
Música John Williams
Companhia(s) produtora(s) Lucasfilm
Bad Robot Productions
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento Brasil 18 de dezembro de 2015
Estados Unidos 18 de dezembro de 2015
Portugal 18 de dezembro de 2015
Idioma Inglês

Fonte: Wikipedia

Cienma 2.015

007 contra Spectre

O livro da selva

A costureira

O estagiário

Sicário

Regressão

Quarteto fantástico

Cidades de papel

Infini

Homem Formiga

A espiã que sabia demais

Terminator – Genisys

Os vingadores 2 – A era de ultron

Selfless – O homem que inventou a imortalidade

Além do Alcance

Effie Gray

Superfast

Effie Gray

Dead rising watchtower

Get Hard

A Girl like her

Insurgent

Kidnaping Freddy Heineken

Transporter legacy

The Cobbler

Jogo duplo

McFarland USA

Cinquenta tons de cinza

Child 44

True Story

Boychoir

Danny Collins

Cinderela

The coup

Song one

Ex machina

Grace de Mônaco

Blackhat

Vice

Mortdecai

 

maio 31, 2015 Posted by | Cinema | , , , , , , , | 33 Comentários

Terminator – Genisys

terminaor_5

Terminator Genisys (no Brasil: O Exterminador do Futuro: Gênesis; em Portugal: Exterminador Implacável: Genesis) é um filme americano de 2015, uma ficção científica dirigido por Alan Taylor e escrito por Laeta Kalogridis ePatrick Lussier. É o quinto capítulo da série O Exterminador do Futuro, é considerado um reinício para a série.Arnold Schwarzenegger retorna no papel principal de O Exterminador que contará com a ajuda de Emilia Clarke no papel de Sarah Connor, Jason Clarke no papel de John Connor, além desse o elenco ainda conta com Jai Courtney, Dayo Okeniyi, Byung-hun Lee, Matt Smith e JK Simmons. O filme está programado para ser lançado pela Paramount Pictures em 01 de Julho de 2015.

Sinopse:

Depois de encontrar-se em uma nova linha do tempo, a equipe de Kyle Reese  com a mãe de John Connor, Sarah, e um terminador envelhecido tentam evitar o que mais causa medo no futuro,  o “Dia do Julgamento”.

Trailer

Trailer 2

Trailer legendado

Terminator Genesys
Exterminador Implacável: Genesis (PT)
O Exterminador do Futuro: Gênesis (BR)
2015 • cor
Direção Alan Taylor
Produção Megan Ellison
David Ellison
Roteiro Laeta Kalogridis
Patrick Lussier
Elenco Arnold Schwarzenegger
Emilia Clarke
Jason Clarke
Jai Courtney
Dayo Okeniyi
Byung-hun Lee
J. K. Simmons
Matt Smith
Género Ficção Científica
Filme de Ação
Direção de arte Claudel
Figurino Jeanne d’Alcy
Cinematografia Kramer Morgenthau
Edição Roger Barton
Estúdio Skydance Productions
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento  Estados Unidos 1 de julho de 2015
Brasil 2 de Julho de 2015
Portugal 2 de Julho de 2015
País  Estados Unidos
Idioma Inglês
Orçamento $170 milhões
Cronologia
Último

Último

Terminator Salvation
Página no IMDb (em inglês)

 

Elenco

Produção

Era previsto para que O Exterminador do Futuro: Salvação fosse o início de uma nova trilogia, no entanto a produção de um quinto filme foi interrompido por problemas legais.

No final de setembro de 2009, os direitos sobre a franquia foram novamente colocados à venda pela detentora de seus direitos a The Halcyon Company, no entanto a empresa que buscava sair da concordata resolveu no final de mês seguinte leiloar os direitos da franquia e buscava arrecadar entre $60 milhões à $70 milhões, no entanto apenas o  cineasta Joss Whedon fez uma oferta no valor de US $ 10.000.

Em Dezembro de 2009 a Halcyon anunciou que estava considerando vender ou refinanciar os direitos sobre a franquia, o anúncio definitivo veio em 1 de Fevereiro de 2010. Em 8 de fevereiro de 2010, um leilão foi realizado para a venda dos direitos de O Exterminador do Futuro. Após estúdios da Sony Pictures e Lions Gate darem lances separadamente, a Pacificor, o fundo decretou a Halcyon à falência, fez um acordo de compra no valor de para $29,5 milhões, e em maio de 2010, ela contratou uma agência para vender os direitos para a franquia.

Em agosto de 2010, um novo filme Terminator estava sendo desenvolvido, mas não era para ser uma seqüência direta de Salvação, mas sim um reboot de animação 3D da série, intitulada Terminator 3000 desenvolvido pela Hannover House. No entanto a Pacificor não tinha dado qualquer licença oficial para a Hannover Housedesenvolver um filme. Em fevereiro de 2011a Universal Studios anunciou um quinto filme Exterminador do Futuro, com Arnold Schwarzenegger retornando no papel-título, Justin Lin como diretor, e Chris Morgan como roteirista, no entanto durante dois meses o projeto de Exterminador do Futuro com Schwarzenegger, Lin e Robert W. Cort como produtor, conseguiu algumas parcerias, incluindo Universal, Sony, Lions Gate Entertainment e CBS Films.

Em maio de 2011, Megan Ellison e sua produtora Annapurna Pictures comprou os direitos em leilão para fazer pelo menos mais dois filmes do Exterminador, incluindo Terminator 5 e em 4 de dezembro de 2012, o acordo foi finalmente fechado, com possibilidade de incluírem projetos de TV e jogos eletrônicos. Ellison disse que ela e seu irmão David Ellison iriam “começar do zero e que eles procuravam um roteirista para traçar o fim” para o Exterminador do Futuro agora intitulado: Gênesis. O filme foi produzido por Megan Ellison, com David Ellison da Skydance Productions. Os produtores executivos foram Dana Goldberg e Paul Schwake. Laeta Kalorgridis ePatrick Lussier foram contratados para escrever o roteiro.

O filme começou a ser produzido em 21 de abril de 2014 em Nova Orleães

Ligações Externas

Terminator: Genisys (em inglês) no Internet Movie Database

Fonte: wikipedia

A espiã que sabia demais

Os vingadores 2 – A era de ultron

Selfless – O homem que inventou a imortalidade

Além do Alcance

Effie Gray

Superfast

Effie Gray

Dead rising watchtower

Get Hard

A Girl like her

Insurgent

Kidnaping Freddy Heineken

Transporter legacy

The Cobbler

Jogo duplo

McFarland USA

Cinquenta tons de cinza

Child 44

True Story

Boychoir

Danny Collins

Cinderela

The coup

Song one

Ex machina

Grace de Mônaco

Blackhat

Vice

Mortdecai

 

abril 21, 2015 Posted by | Cinema | , , , , , , , | 6 Comentários

Cinema 2.014 – Extraterrestrial

 

Extraterrestrial (a princípio o título do filme seria The Visitors) é um filme de ficção científica e terror de 2014, foi dirigido por Colin Minihan, baseado em um roteiro dos Vicious Brothers. O filme teve sua estréia mundial em 18 de abril de 2014, no Tribeca Film Festival, e é estrelado por Brittany Allen, Freddie Stroma, e Melanie Papalia, como um grupo de amigos que precisa se defender contra um ataque alienígena.

cinema 2.014

The Visitors

 

Na esperança de passar um fim de semana romântico na cabana de seus pais, em uma floresta, April (Brittany Allen) se surpreende quando seu namorado Kyle (Freddie Stroma) convida seus amigos para uma festa na floresta. Como o grupo se instala na localização isolada, eles descobrem que um OVNI caiu nas proximidades e que eles estão sendo observados por um dos sobreviventes da espaçonove. Eles acabam atacando e matando o extraterrestre, o que leva a uma série de contra-ataques por parte de seus companheiros de tripulação.

Elenco:

Brittany Allen em abril

Freddie Stroma como Kyle

Melanie Papalia como Melanie

Jesse Moss como Seth

Anja Savcic como Lex

Gil Bellows Sherif Murphy

Michael Ironside como Travis

Sean Rogerson como o deputado Mitchell

Emily Perkins como Nancy

Mike Kovac como Clerk

Ian Brown como fazendeiro

Fred Keating como Mike

Mackenzie cinza como Homem de Preto

Reese Alexander como oficial do exército

Amigos como Rusty

Recepção:

A recepção crítica for Extraterrestrial tem sido predominantemente negativo e Indiewire classificaram-no “C-” e comentou que era “um exemplo de como não fazer um filme de terror”. [3] Fangoria e sangrento Disgusting ambos expressaram decepção com o filme, como ambos sentiram que Extraterrestre utilizado muitos tropos familiares e clichês de filmes de terror de ficção científica. [4] [5] Em contraste, Den of Geek deu ao filme uma crítica na maior parte positivos e comentou que o filme tinha “visuais inteligentes para, ocasionalmente, distraem sua mediocridade.”

Dirigido por Colin Minihan

Escrito por The Vicious Brothers

Estrelando: Brittany Allen, Freddie Stroma, Melanie Papalia

Música por Blitz//Berlim

Cinematografia – Samy Inayeh

Editado por – The Vicious Brothers

Produção:

Abduction Films, Manis Film, Rosa Búfalo Films

Datas de lançamento:

18 de abril de 2014 (Tribeca Film Festival)

Novembro de 2.014 (nos cinemas)

O tempo de duração: 106 minutos

País – Estados Unidos

Linguagem – Inglês

Fonte: Wikipedia

Open Window

Two night stand

Believe me

The Equalizer

Wer

The riot club

Desaster L.A

No good deed

Falcon rising

The Damned

Life of crime

O Príncipe

Life after Beth

Into the storm

All is by my side

Drácula Untold

Into the Woods

Young Ones

Into the Woods

O Hobbit III – A batalha dos cinco exércitos

O Hobbit III – A batalha dos cinco exércitos
 Tomorrowland
Exodus – Gods and kings
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

novembro 20, 2014 Posted by | Cinema | , , , , | Deixe um comentário

Top 10 – Ficção real

tecnologias que eram ficção

Top Tecnologias

A imaginação humana sempre foi a força motriz da tecnologia. Com o tempo, muitas idéias incríveis encontraram sua realização no presente, como foi o caso dos submarinos e helicópteros, de Jules Verne e Leonardo da Vinci, respectivamente.

Que outras idéias, que antes eram apenas sonhos, hoje já se tornaram realidade?

O blog mashable.com apresenta a sua lista de “tecnologias de ficção científica que muito em breve passará a ser uma realidade”.

01) Armas laser – Nos romances de ficção científica, muitas vezes aparecem raios mortais, rifles blaster, rifles de plasma e outras armas, como uma pistola projetada para matar seres humanos. Mas os cientistas do laboratório Ventures encontraram uma forma menos perigosa para essa arma: matar os mosquitos. O dispositivo detecta o mosquito em pleno vôo e eles são alvejados com laser.

02) Holografia 3D Mobile – Cientistas da Universidade do Arizona, EUA, desenvolveram uma tecnologia que permite gravar e transmitir imagens em 3D renovadas a cada dois segundos. Eles estão trabalhando para melhorar a qualidade da imagem e freqüência, para que se pareça mais com o que estamos acostumados a ver em filmes. A IBM prevê que telefones celulares poderão projetar imagens em 3D até 2015.

03) Levitação – Levitar já não é mais impossível para os cientistas do Instituto Nacional de Saúde dos EUA e da Universidade de Harvard, embora até agora só a nível molecular. Cientistas conseguiram suspender uma pequena esfera de ouro, sobre uma superfície de vidro, por meio da manipulação de combinações de moléculas. Por enquanto, esta tecnologia só poderá ser aplicada em mecanismos microscópicos, mas, no futuro, será possível fazer flutuar objetos maiores.

04) Skate voador – Já existe um skate sem rodas, parecido, inspirado no filme “Back to the Future”, De Volta para o Futuro, o artista francês Nils Guadagnin terminou sua criação em 2010. No entanto, observamos que, atualmente, o skate em si, que permanece em suspensão no ar, mas não se move e não pode carregar peso.

05) Máquina de ler pensamentos – Na Universidade de Utah, nos Estados Unidos, os cientistas conseguiram verbalizar impulsos cerebrais. Durante a experiência, foram implantados microeletrodos num voluntário (que tinha uma abertura no crânio para o tratamento da epilepsia). Os eletrodos foram colocados nos centros de articulação. Pesquisadores decifraram de 76% a 90% dos sinais das 10 palavras lidas pelo paciente. No futuro, esta tecnologia poderá ajudar as pessoas em problemas de articulação grave.

06) Teletransporte – Em duas universidades americanas, Michigan e Maryland, dois átomos de troca de informações conseguiram isso a uma distância de cerca de três pés (um metro). Por enquanto, não será suficiente para o tele transporte de seres humanos, de um lado para o outro, mas poderá facilitar o desenvolvimento de troca de dados em novos computadores.

07) Capa da Invisibilidade – Talvez num futuro não muito distante, Harry Potter não seja o único possuidor de um manto de invisibilidade. Cientistas do Instituto de Tecnologia de Karlsruhe, na Alemanha, criaram uma capa capaz de deformar a luz para que a partir de qualquer ângulo não se possa ver o que lhe cobre (nesse experimento foi utilizado um pequeno pedaço de ouro). Pesquisadores dizem que, por enquanto, eles não têm o conhecimento suficiente para criar uma camada de tamanho humano, mas espera-se um progresso notável nessa tecnologia, na próxima década.

08) Mochila Voadora ou foguete pessoal – A ideia de uma mochila (veículo) para voar, surgiu nos anos 20 do século passado, graças a uma série de desenhos animados. Na década de 60, os militares dos EUA começaram as pesquisas nesta área. Recentemente, a empresa da Nova Zelândia, Martin Aircraft Company, anunciou que começou a produção em massa de uma mochila, foguete pessoal, capaz de levantar as pessoas a uma altura de mais de dois mil metros.

Fonte RT-TV

Tecnologia da invisibilidade

Jetpack – o Foguete pessoal

Teletransporte de dados

Controle mental das máquinas

outubro 9, 2012 Posted by | curiosidades | , , , , , , | 5 Comentários

Os melhores filmes de viagem no tempo

viagem no tempo

A Quarta Dimensão

A quarta dimensão, a dimensão do tempo, há muito tempo fascina a humanidade. A ideia de se viajar no tempo, vem sendo imaginada muito antes de Einstein nascer.

Herbert George Wells, ou simplesmente H. G. Wells, foi o primeiro escritor a se aventurar pelo tema de viagem no tempo. Em sua história, um homem cria uma máquina que possibilita ao seu criador viajar no tempo, até o ano de 802,701.

Nesse admirável mundo novo, há duas raças de criaturas, uma pacífica e outra selvagem.

A história foi filmada em 1.960 pelo genial George Paul, o diretor ganhou o Oscar de efeitos especiais.

Curiosidade: O personagem do filme recebeu o nome de George em homenagem a H. G. Wells, além do diretor também se chamar George.

Em 2.002, foi a vez de Simon Wells, bisneto de H. G. Wells filmar a história do viajante do tempo, na pele de Guy Pearce.

Com uma história bem mais dramática, o cientista perde a noiva em um acidente e cria uma máquina para tentar salvá-la, mudando seu destino. Quando se vê diante da impossibilidade de mudar o que aconteceu, viaja acidentalmente para o futuro.

Num mundo totalmente alterado, duas raças disputam o domínio da Terra. A raça pacífica serve como animais de estimação para as criaturas selvagens.

http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Time_Machine

O Planeta dos macacos – Essa história lembra de alguma forma “A máquina do tempo”, principalmente no seu formato épico e na forma como as mudanças se transformam tão radicalmente.

Baseado no livro “La Planète des singes” do Francês Pierre Boulle, em 1.963, mais de um século desde a publicação do livro de H. G. wells, mesmo assim com uma grande originalidade e irreverência.

No livro, um casal fazendo um cruzeiro no espaço, encontram uma garrafa com o diário de bordo de Ulysse Mérou, um astronauta que conta sua história.

No diário, encontrado dentro da garrafa, o astronauta conta que viajaram em uma espaçonave, criada por um gênio, a qual viajava a velocidade da luz. Por alguma razão, algo saiu errado e eles se viram num planeta onde os homens teriam evoluído para os macacos.

Na versão cinematográfica de 1968, não fica muito claro se os astronautas romperam a barreira do tempo, ou se estão em uma dimensão paralela. Durante toda a história os cientistas acreditam que atingiram o seu objetivo, chegar a uma galáxia distante, onde haveria vida.

É a tradução do título em Portugal que dá uma pista – “O homem que veio do futuro” – mas  o suspense é mantido até o final, numa das cenas mais antológicas da ficção científica, de todos os tempos.

Na versão de Tim Burton, onde o Mark Wahlberg assume o papel de Charlton Heston. Nessa segunda versão cinematográfica do planeta dos macacos, há mudanças consideráveis, mas mantém a base do original, sem nunca obter o mesmo êxito.

Desta vez, um chimpanzé usado para verificar uma tempestade eletromagnética, desaparece. Mark Wahlberg segue em sua busca e cai em um planeta, habitado por macacos que falam e humanos selvagens. As principais cenas foram modificadas por Burton, criando uma grande surpresa até para os fãs do filme original.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Planet_of_the_Apes_(filme_de_1968)

http://pt.wikipedia.org/wiki/Planet_of_the_Apes_(filme_de_2001)
O Mistério do Triângulo das Bermudas – Esse é um filme fascinante, indicado para quem é leigo em física mais gostaria de saber as teorias do que acontece na região do triângulo das bermudas, ou triângulo do diabo, uma região que desafia os conceitos da física e os conhecimentos humanos.

O filme pode ser analisado em duas partes: A primeira, onde tem se a impressão que vamos ver um super filme; a segunda, onde o fime mostra o que Hollywood faz de melhor, um final constragedor e falta de controle do roteiro.

Apesar de tudo, ainda é um filme bem acima da média, mas poderia ser melhor trabalhado.  Os mistérios do triângulo das bermudas merecia uma história melhor.

Os atores não são brilhantes mas são conecidos do público e fazem o que podem.

Cansado de ver seus barcos desaparecerem sem motivos aparente, um bilionário reúne um grupo de especialistas para resolver o mistério. O resto do filme tenta explicar o que acontece numa região misteriosa e com uma alta concentração de energia eletro-magnética.

Fatos inexplicáveis desafiam o conhecimento, a ciência e expõe os fantasmas adormecidos há muito tempo.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Tri%C3%A2ngulo_das_Bermudas

O exterminador do Futuro – O filme de baixo orçamento que apresentou ao mundo toda a genialidade de James Cameron, um dos maiores nomes no cinema atual.

Ao contrário de Tim Burton que fazia sequências contra a vontade, James Cameron é um especialista em sequências. Seus filmes de ação estão entre os melhores de Hollywood, seus filmes trazem a sua marca registrada, um talento incrível para administrar a produção de efeitos especiais e cenas de ação.

A história de viagens no tempo já não era novidade, quando “The Terminator” foi desenvolvido.

Com um orçamento baixo, entrou para a história das produções com o melhor custo/benefício, lançando ao estrelato todos os envolvidos no projeto.

Arnold Schwarzenegger é o terrível ciborg que é enviado ao passado para matar John Connor, um homem que se torna o líder da resistência dos humanos às máquinas, depois que essas dominam o planeta.

O Ciborg viaja no tempo em busca de Sarah Connor, para matá-la antes de o  bebê nascer.

Kyle Reese é enviado para proteger Sara Connor, curiosamente, eles tem um relacionamento de onde vem a nascer John connor, o salvador da humanidade.

A série deu muito lucro aos produtores, mas perdeu sua originalidade. Sua popularidade não, essa continua intacta.

http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Terminator

Matrix – Um dos filmes mais originais dos últimos tempos, criado para ser uma trilogia, tornou-se uma das trilogias mais rentáveis de todos os tempos.

Keanu Reeves leva uma vida normal típica do século vinte, onde as aparências enganam. A verdade só vem à tona quando ele é identificado como o escolhido.

Os rebeldes então o resgatam de um cultivo, onde as máquinas usam os humanos para produção, como se fossem máquinas. Em suas mentes é implantado um programa, a matrix, criando uma realidade virtual do século vinte.

Os humanos rebeldes que entram nos programas, conspirando contra as máquinas, são considerados vírus a serem combatidos pelos homens de preto e óculos escuros, os anti-vírus; a batalha é travada na realidade virtual, mas a realidade também sofre o ataque real das máquinas.

A história não é fácil de entender, coisa de era eletrônica, mas vale a pena um pequeno esforço, devido a riqueza de elementos, que vão da filosofia grega ao cyberpunk, dos filmes de ação aos filmes de ficção científica, com muita maestria; uma grande crítica ao jogo de aparências dos dias de hoje.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Matrix

Abre los ojos – ou Open your eyes – Preso na Escuridão – Com o pretexto de refilmar a história do filme de Alejandro Amenábar, Tom Cruise criou uma verdadeira cópia do original, levando até a atriz principal, Penélope Cruz.

Ele devia saber que isso não daria certo, as mocinhas não estão acostumadas a ver o galã desfigurado por um acidente.

No filme original, César é o herdeiro de uma fortuna, tem tudo: Dinheiro, mulheres, beleza, saúde. Não tem nenhuma sensibilidade, até o dia em que sofre um acidente e tem o rosto deformado.

O filme não segue uma cronologia, isso faz com que os expectadores se envolvam na história, sem saber o que está acontecendo.

Uma grande qualidade, é mostrar o que a maioria dos filmes atuais não consegue, um final totalmente original.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Abre_los_ojos

Camisa de Força – The Jacket – A viagem no tempo ganhou um novo ingrediente, os mistérios da mente. Tanto em Matrix, como vários outros filmes da primeira década do século XXI, apresentam essa indagação – Quem são os loucos?

Um jovem acusado injustamente por um assassinato, é abandonado à própria sorte em um manicômio.

As drogas e o tratamento pouco ortodoxo, acabam por levá-lo a um estado de transe, rompendo com a barreira da realidade – ou seria do tempo?

Através dessas viagens, ele descobre que vai morrer, além de outras pessoas as quais passa ajudar.

Num recurso totalmente inédito, os personagens de tempos diferentes, se encontram, rompendo o conceito da física, mudando os seus destinos.

Atores famosos, aqui são meros coadjuvantes, totalmente irreconhecíveis. Jennifer Jason Leigh está completamente fora de seus papéis habituais, Kelly Lynch também; até Kris Kristofferson surpreende no papel de vilão, o médico louco.

http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Jacket

O terceiro olho – Esse filme é mais um no estilo “parece mas não é”, onde o personagem não lembra, e não sabe, o que está acontecendo. Quando começa a lembrar, tenta mudar o que aconteceu a todo custo, mas não consegue.

Há até uma famosa frase no final do filme, mas ele não desiste e continua tentando, afinal, não tem nada a perder.

O clima de suspense é constante, mas o final é fraco, talvez o pior dessa safra de filmes de amnésia, mesmo assim merece ser visto.

http://cinesequencia.blogspot.com/2006/05/o-terceiro-olho.html

Efeito Borboleta – Inspirado na teoria do caos/efeito borboleta, essa história segue uma tendência sobre os mistérios do cérebro, onde a amnésia esconde uma capacidade que a mente apresenta de viajar no tempo e tentar mudar seu destino.

Além da viagem do tempo, através da mente, o que virou moda na primeira década do século XXI, há a questão da loucura, aparência, medo de morrer e o desejo de apagar  os próprios erros.

Nesse filme, curiosamente, o personagem principal insiste em apagar cada erro de sua vida, mesmo que a tentativa de mudar o que tenha acontecido, implique em consequências ainda piores.

Time After Time – Um século em 43 minutos – Estrelado pelo “maluco” Malcolm McDowell, ele tem cara de quem parece viver no mundo da lua.

Aqui ele viaja no tempo atrás do homem que entrou por engano na máquina, supostamente, esse seria Jack “o estripador”.

A crítica não deixa de se fazer presente. Segundo os críticos, o suposto Jack se sentiria muito bem nos dias de hoje, já que os crimes viraram rotina.

Em algum lugar do passado – Essa é uma versão romântica da viagem no tempo através do pensamento.

Um homem recebe um beijo de uma senhora de idade avançada, ela diz: “volte para mim.”

Mais tarde pesquisando a vida daquela mulher, ele descobre uma foto, e é através da foto que ele consegue voltar no tempo e viver o amor.

Peggy Sue – Seu passado a espera – inspirado em um grande sucesso da época, Francis For Coppola desenvolveu essa história.

Durante uma festa de confraternização, Peggy Sue desmaia e volta no tempo, onde decide se vive uma história de amor que não vai dar certo, ou muda seu destino.

Kathleen Turner  está muito bem no papel, embora eu tenha achado ela muito velha para o papel.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Peggy_Sue_Got_Married

Melhores filmes de ficção

Top Musicais

Melhores filmes com pessoas paranormais

Textos: by Jânio

agosto 1, 2010 Posted by | Cinema | , , , , , , , , , , , | 33 Comentários

   

%d blogueiros gostam disto: