Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Diez inventos que mataron a sus creadores

Inventar algo siempre conlleva un riesgo para la vida de su creador. La impresora ‘asesina’ o el tren volador son solo algunos ejemplos en los cuales las creaciones extinguieron la existencia de quienes las concibieron.

“La actividad de los inventores se parece al trabajo de los zapadores: cada paso puede ser el último”, escribe el columnista del diario ‘Rossíyskaya Gazeta’ Timur Alímov al hacer una selección de inventos que acabaron con la vida de sus creadores.

EL TREN VOLADOR

Trem Bala

Trem Voador

Valerian Abakovski y su obra RT / Wikipedia.org
No es cierto que la idea de inventar un coche (o un tren) volador haya surgido el siglo XXI. Hace casi 100 años un joven chófer de la ciudad rusa de Tambov, Valerian Abakovski, creó el primer ‘aerovagón’ del país. El ingeniero aficionado conectó un motor y una hélice a una dresina de madera. Pese a consumir muy poco combustible, el invento alcanzó resultados fantásticos para la época: fue capaz de desarrollar una velocidad de hasta 140 kilómetros por hora.

El 23 de julio de 1921, Abakovski llevó en su vagón aéreo a un grupo de delegados del III Congreso mundial de la Internacional Comunista, que se celebraba aquellas fechas en Moscú, a visitar una mina de carbón en los alrededores de la ciudad de Tula. En su camino de vuelta, la dresina descarriló. Siete de las 22 personas que iban a bordo murieron, incluido el joven inventor. Tenía solo 25 años. Según mostró la investigación posterior, la culpa fue del estado del ferrocarril: las vías de entonces no tenían capacidad para llevar trenes que viajaran a alta velocidad.

LA ‘IMPRESORA ASESINA’

impressora

impressora

Impresora de Richard March Hoe wikipedia.org
En 1847, el estadounidense Richard March Hoe patentó una impresora rotativa: las imágenes que iban a imprimirse eran curvadas sobre un cilindro. En 1963, William Bullock se propuso perfeccionar la obra: le añadió eficiencia y velocidad, lo que hizo revolucionar la industria tipográfica.

Al comenzar el mes de abril de 1867 Bullock estaba reparando una de sus nuevas prensas instalada en la redacción del diario ‘Philadelphia Public Ledger’. Intentaba ajustar con la pierna la correa de transmisión en una polea cuando su extremidad quedó atrapada en la máquina. Unos días más tarde desarrolló una gangrena en la la zona dañada. El día 12 Bullock moriría en el curso de una operación para amputarle la pierna.

LA MOTO DE VAPOR

Moto a Vapor

Moto a Vapor

La moto de vapor de Sylvester Roper wikipedia.org
Sylvester H. Roper creó entre 1867 y 1869 uno de los primeros prototipos de moto. Colocó bajo el asiento de una bicicleta convencional un motor de vapor que hacía mover la rueda trasera. En el volante situó un regulador especial que debía controlar la velocidad. El 1 de junio de 1896, mientras montaba uno de sus últimos modelos en los alrededores de la ciudad de Cambridge (Estado de Massachusetts, EE.UU.), cayó al suelo sufriendo una lesión grave en la cabeza. Murió de inmediato. La autopsia reveló un ataque cardiaco, pero no quedó claro si fue causa o consecuencia de la caída.

EL AEROPLANO ALIMENTADO

Aeromodelo

Aeromodelo

Aurel Vlaicu wikipedia.org
En junio de 1910 el ingeniero rumano Aurel Vlaicu voló en un aeroplano metálico que funcionaba con motor que había diseñado él mismo. Lo bautizó como Vlaicu I. En abril de 1911, se elevó sobe la superficie su segundo modelo, Vlaicu II. El ingeniero murió el 13 de septiembre de 1913, cuando trataba de ser la primera persona en volar a través de las montañas de los Cárpatos en el ya desgastado Vlaicu II. El aeropuerto internacional de Bucarest lleva hoy su nombre.

EL IMPERMEABLE PARACAÍDAS

Veja o vídeo Aqui

El sastre parisino Franz Reichelt diseñó un impermeable destinado a convertirse en un paracaídas. El 4 de febrero de 1912 Reichelt decidió mostrar su criatura ante una amplia audiencia. En un primer momento, quiso arrojar un maniquí desde la Torre de Eiffel, pero el último momento decidió saltar él mismo. Desafortunadamente se equivocó en sus cálculos y la capa de su traje resultó demasiado pequeña para su masa y tanta altura. El inventor murió rodeado de una enorme multitud curiosa y de la prensa.

ADVERTENCIA: LAS SIGUIENTES IMÁGENES PUEDEN HERIR SU SENSIBILIDAD

EL MOTOR MISILÍSTICO

Motor Misilistico

Motor Misilistico

A partir de 1928, el especialista austriaco Max Valier empieza a convertirse en uno de los padres de la futura industria espacial. Desarrolla varios vehículos propulsados por cohetes como trineos, patines y automóviles, algunos de los cuales alcanzaban 380 kilómetros por hora: una cifra increíble para la época.

Max Valier wikipedia.org
Los primeros coches y aviones de Valier se apoyaban en motores de combustible sólido, pero a partir de enero de 1930 empieza a experimentar con motores propios de combustible líquido. El 17 de mayo de 1930, en una prueba de auto-cohete con base de propulsión de oxígeno líquido y alcohol en Berlín, Valier murió tras producirse una explosión. Tenía 35 años.

LA NAVE MINADORA

Navio de Bompar

Navio de Bompar

Eniséi wikipedia.org
El oficial de la Marina rusa Vladímir Stepánov ideó el primer sistema automático para desplegar en marcha minas navales. Participó también en el diseño de una nave especializada, la Eniséi, que salió de los astilleros en 1901. En febrero de 1904, ya como capitán de segundo rango, Stepánov se puso al mando de la Eniséi en una de las primeras operaciones de la guerra ruso-japonesa.

Durante dos días la nave Eniséi depositó minas en el fondo marítimo para impedir el desembarco de las tropas japonesas en la península de Kwantung, en aquel entonces posesión del Imperio ruso. Una de las minas subió imprevistamente a la superficie y explotó antes de que los marineros pudieran hacer nada por evitarlo. La Eniséi quedó gravemente dañada y la tripulación fue evacuada en botes salvavidas, pero Stepánov prefirió quedarse y morir a bordo de su obra.

EL COCHE VOLADOR

Carro Voador

Carro Voador

AVE Mizar wikipedia.org
En 1973, la empresa Advanced Vehicle Engineers, presidida por el ingeniero aeronáutico estadounidense Henry Smolinski, presentó un modelo de carro volador. La obra, bautizada como AVE Mizar, fue construida a partir de la combinación de la parte trasera de la avioneta ligera Cessna Skymaster con un automóvil Ford Pinto. Dos vuelos de prueba finalizaron con éxito y para 1974 estaba previsto lanzar la producción en serie.

En septiembre de 1973 Smolinski participó en el tercer vuelo de prueba. Una vez en el aire, el ala derecha se dobló. El vehículo se estrelló y tanto Smolinski como su compañero Harold Blake murieron.

EL TANQUE T-34

Tanque T-34

Tanque T-34

T-34 RIA NOVOSTI / Maxímov
En marzo de 1940 el diseñador industrial Mijaíl Kóshkin presentó a Iósif Stalin los dos primeros tanques T-34. El líder soviético ordenó su producción en serie. Los tanques volvían a su fábrica productora en Járkov, pero en el camino uno de ellos volcó en un caudal abundante de agua. Kóshkin, a pesar de estar resfriado, se metió en el agua helada para rescatar su obra. Una vez de vuelta en Járkov, el diseñador industrial fue hospitalizado con neumonía. La enfermedad no pudo detenerse y los médicos le extirparon uno de los pulmones. Pero ello no fue de ayuda y el 26 de septiembre de 1940 el ingeniero moría. Hasta las últimas horas de su vida siguió trabajando para perfeccionar su creación.

SEPA MÁS: EL TANQUE T-54/55 EN RUSOPEDIA

EL SUBMARINO H.L. HUNLEY

Submarino

Submarino

H. L. Hunley wikipedia.org
El CSS H. L. Hunley –llamado así en honor a su constructor, Horacio Lawson Hunley– fue el primer submarino de combate que hizo hundir un buque de guerra enemigo. Salió de los astilleros en julio de 1863 para combatir contra las fuerzas navales del norte en la Guerra Civil estadounidense. El submarino se hundió en dos ocasiones: la primera vez murieron cinco tripulantes y la segunda vez, el 15 de octubre de 1863, se ahogó la tripulación entera (ocho personas), incluido el propio Hunley, que se encontraba a bordo. Ambas veces los confederados subieron el submarino a la superficie para ser utilizado de nuevo.

Los restos del CSS H. L. Hunley wikipedia.org
El propio CSS H. L. Hunley se perdió poco después en un ataque sufrido en febrero de 1864. El lugar donde se produjo el siniestro fue descubierto en 1995. En 2000 lo elevaron a la superficie y actualmente se exhibe en North Charleston (estado de Carolina del Sur).

Fonte: Wikipedia

 

março 9, 2015 Posted by | curiosidades, Espanhol | , , | Deixe um comentário

Top 10 – Ficção real

tecnologias que eram ficção

Top Tecnologias

A imaginação humana sempre foi a força motriz da tecnologia. Com o tempo, muitas idéias incríveis encontraram sua realização no presente, como foi o caso dos submarinos e helicópteros, de Jules Verne e Leonardo da Vinci, respectivamente.

Que outras idéias, que antes eram apenas sonhos, hoje já se tornaram realidade?

O blog mashable.com apresenta a sua lista de “tecnologias de ficção científica que muito em breve passará a ser uma realidade”.

01) Armas laser – Nos romances de ficção científica, muitas vezes aparecem raios mortais, rifles blaster, rifles de plasma e outras armas, como uma pistola projetada para matar seres humanos. Mas os cientistas do laboratório Ventures encontraram uma forma menos perigosa para essa arma: matar os mosquitos. O dispositivo detecta o mosquito em pleno vôo e eles são alvejados com laser.

02) Holografia 3D Mobile – Cientistas da Universidade do Arizona, EUA, desenvolveram uma tecnologia que permite gravar e transmitir imagens em 3D renovadas a cada dois segundos. Eles estão trabalhando para melhorar a qualidade da imagem e freqüência, para que se pareça mais com o que estamos acostumados a ver em filmes. A IBM prevê que telefones celulares poderão projetar imagens em 3D até 2015.

03) Levitação – Levitar já não é mais impossível para os cientistas do Instituto Nacional de Saúde dos EUA e da Universidade de Harvard, embora até agora só a nível molecular. Cientistas conseguiram suspender uma pequena esfera de ouro, sobre uma superfície de vidro, por meio da manipulação de combinações de moléculas. Por enquanto, esta tecnologia só poderá ser aplicada em mecanismos microscópicos, mas, no futuro, será possível fazer flutuar objetos maiores.

04) Skate voador – Já existe um skate sem rodas, parecido, inspirado no filme “Back to the Future”, De Volta para o Futuro, o artista francês Nils Guadagnin terminou sua criação em 2010. No entanto, observamos que, atualmente, o skate em si, que permanece em suspensão no ar, mas não se move e não pode carregar peso.

05) Máquina de ler pensamentos – Na Universidade de Utah, nos Estados Unidos, os cientistas conseguiram verbalizar impulsos cerebrais. Durante a experiência, foram implantados microeletrodos num voluntário (que tinha uma abertura no crânio para o tratamento da epilepsia). Os eletrodos foram colocados nos centros de articulação. Pesquisadores decifraram de 76% a 90% dos sinais das 10 palavras lidas pelo paciente. No futuro, esta tecnologia poderá ajudar as pessoas em problemas de articulação grave.

06) Teletransporte – Em duas universidades americanas, Michigan e Maryland, dois átomos de troca de informações conseguiram isso a uma distância de cerca de três pés (um metro). Por enquanto, não será suficiente para o tele transporte de seres humanos, de um lado para o outro, mas poderá facilitar o desenvolvimento de troca de dados em novos computadores.

07) Capa da Invisibilidade – Talvez num futuro não muito distante, Harry Potter não seja o único possuidor de um manto de invisibilidade. Cientistas do Instituto de Tecnologia de Karlsruhe, na Alemanha, criaram uma capa capaz de deformar a luz para que a partir de qualquer ângulo não se possa ver o que lhe cobre (nesse experimento foi utilizado um pequeno pedaço de ouro). Pesquisadores dizem que, por enquanto, eles não têm o conhecimento suficiente para criar uma camada de tamanho humano, mas espera-se um progresso notável nessa tecnologia, na próxima década.

08) Mochila Voadora ou foguete pessoal – A ideia de uma mochila (veículo) para voar, surgiu nos anos 20 do século passado, graças a uma série de desenhos animados. Na década de 60, os militares dos EUA começaram as pesquisas nesta área. Recentemente, a empresa da Nova Zelândia, Martin Aircraft Company, anunciou que começou a produção em massa de uma mochila, foguete pessoal, capaz de levantar as pessoas a uma altura de mais de dois mil metros.

Fonte RT-TV

Tecnologia da invisibilidade

Jetpack – o Foguete pessoal

Teletransporte de dados

Controle mental das máquinas

outubro 9, 2012 Posted by | curiosidades | , , , , , , | 5 Comentários

No amor e na guerra

papel e polvora

amor e guerra

A vida é cheia de ambiguidades e controvérsias, negar esse fato significa mergulhar numa viagem sem volta ao mundo dos sonhos e do imponderável.

Para o mundo ocidental, é muito difícil aceitar elementos tão antagônicos quanto o bem e o mal ou o amor e o ódio, a paz e a guerra. Apesar de estarmos convivendo com isso o tempo todo, em nosso dia-a-dia, não aceitamos, nem conseguimos relacionar dois elementos tão antagônicos.

Da forma como o mundo evolui, hoje, ou aceitamos essa condição, ou corremos o risco sermos vitimados de várias novas doenças psicológicas que deverão nos acometer.

A China é a maior nação do mundo, talvez a mais rica, culturalmente, também.

Quando vemos a potência econômica que é a China hoje, nem imaginamos a potência tecnológica que ela foi no passado.

Em que você pensaria, se alguém lhe perguntasse sobre as maiores invenções da China Antiga?

Sem sombra de dúvidas, as duas maiores invenções do passado pela China, são o papel e a pólvora.

Você poderia se perguntar – O que o papel e a pólvora tem a ver um com o outro? – Além de serem duas descobertas da China, na minha opinião as duas maiores invenções da China são o papel e a pólvora, justamente, porque me vem a cabeça.

O papel foi tão importante para o conhecimento, quanto o computador é, nos dias de hoje. O papel acelerou e otimizou o processo de divulgação e popularização das informações de uma forma incrível, mesmo que muitas pessoas tenham se recusado a aceitar tais conhecimentos.

Podemos dizer que as informações e conhecimentos, através do papel, fez com que todas as pessoas pudessem ter acesso a verdade, apesar da manipulação de alguns fatos. O papel pode transmitir o amor, mas também o ódio, não dá para evitar o lado mal da natureza do homem.

A sabedoria não está no fato de se evitar o mal, mas a forma com que se convive com ele, quais são nossos verdadeiros objetivos, ideais. Independente disso, o mal estará presente em nossas vidas, tanto quanto o bem.

Além do papel, que surgiu para resolver nossos problemas, a China inventou também a pólvora, com o mesmo objetivo.

Podemos pensar que sem a pólvora não haveria tanta violência, mas a realidade é que as guerras, antes da pólvora, eram muito mais sangrentas, o ser-humano quase tão selvagem quanto os animais.

A pólvora fez com que o processo da guerra se acelerasse, com isso, o período de paz era maior, propiciando aos homens saborear o doce sabor de se viver em paz. Com isso, as nações começaram a buscar alternativas para seus problemas, antes de se chegar as vias de fato.

Basta-nos imaginar que no maior império da história, no Império Romano, a única certeza era a de que iria ser traído, que alguém iria tomar o poder, não importa os cuidados que se tomasse.

Na idade média, a Igreja se utilizou das Cruzadas, para descarregar a ira que havia em uma parte dos homens, homens violentos que poderiam ser perigosos para a sociedade.

Há formas modernas de se controlar esse mal, dentro da mente do homem, mas só para as pessoas cultas ou que se interessam pela cultura. Pode-se ir da psiquiatria até ao vale-tudo, passando pelo futebol, boxe, artes marciais, etc.

É nas artes marciais onde percebe-se o registro do bem e do mal, claramente, num registro milenar. Curiosamente, o mal sobrepõe-se ao bem, deixando bem claro a necessidade de lutarmos para resolvermos nossos problemas e nossos conflitos, sob o risco de sucumbiremos à inúmeras doenças psicológicas.

Nos EUA, sempre divulgou-se o sonho americano, no suposto novo Império Romano. Poderia até ser considerado, mas se levarmos em conta a velocidade da evolução da tecnologia, nos dias de hoje.

Mas a poderosa potência norte-americana cedeu lugar a poderio gigantesco da China, carregada de ambiguidades, controvérsias e contrastes, culturais, sociais e econômicos. Uma cultura controlada com mãos de ferro, um sistema que não podemos criticar, mas ao qual corremos o risco de sucumbir.

A ditadura da China traz um passado sombrio, pouca história, e algumas certezas absolutas: A pena de morte deixa claro que quem não está no poder, não deve brincar com o sistema.

Assim como o papel surgiu para resolver nossos problemas, a pólvora também, mas de duas maneiras completamente diferentes, deixando claro que tanto uma, quanto a outra, podem propiciar o amor e o ódio, a paz ou a guerra.

By Jânio

maio 21, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários

Nova invenção permite o controle do cérebro

controle do cerebro

marcapasso do cerebro

As notícias boas, relacionadas a tecnologia, não param de chegar aos nossos olhos e ouvidos, para o deleite de nossa mente que cria as asas da imaginação.

A ficção cientifica nunca esteve tão bem servida de fontes reais para as suas tramas.

Recentemente, tivemos a grata surpresa de testemunhar a notícia do marcapasso do cérebro, mais uma criação com elementos de ficção científica, mas que é real.

Podendo controlar tremedeiras no corpo, principalmente das mãos, o dispositivo deverá também ser desenvolvido para controlar outras doenças do cérebro, como epilepsia, transtorno obsessivo-compulsivo e outras.

A área do cérebro pode ser considerada como a última fronteira, em termos de evolução científica, relacionada ao corpo humano. Ao que tudo indica, não demorará para que a área do cérebro, ligada ao pensamento, sejam codificados.

Vão em várias direções, a criatividade dos novos cientistas; um bom exemplo, pode ser notado na conversão de palavras escritas em palavras faladas, utilizando-se um banco de dados, parece simples, mas decorreu algum tempo até que o processo fosse efetuado.

É claro que o computador e a tecnologia não poderiam ficar fora dessa evolução, no caso da conversão das palavras em sons, era uma questão de tempo, já que a programação é toda executada em codificação escrita.

Poderíamos dizer que a notícia má, para não perdermos o costume, seriam as possíveis lavagens cerebrais com objetivos obscuros, já que é próprio do ser humano transformar tudo o que é belo em bizarro.

By Jânio.

março 28, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , , , | 13 Comentários

Melhores invenções dos últimos trinta anos

melhores criações

Melhores invenções

Você pode imaginar porque a internet é a maior invenção de todos os tempos?

Uma Universidade da Pensilvânia, nos EUA, descobriram porque. Na realidade o que eles queriam mesmo é fazer uma pesquisa, junto aos estudante, das maiores invenções dos últimos trinta anos.

Segundo essa pesquisa, cinquenta por cento de todas as invenções dos últimos trinta anos estão ligadas a internet, desde um simples e eficiente sistema de e-mail, que deixou o ineficiente correio no chinelo, até os leilões online, metade dessas invenções fazem parte do universo da internet.

O resultado dessa pesquisa me fez pensar, a maior revolução da tecnologia, até pouco tempo atrás, era a criação do computador, esse mercado era disputado pelas maiores empresas do mundo, como a IBM, que até então vivia, principalmente,  do comércio de máquinas de escrever. Acontece que o computador é a base física que proporciona a existência da internet, apesar de estar evoluindo para outras máquinas, mas até essas novas máquinas já apresentam natureza de computadores, com recursos para internet.

Houve um tempo em que a tecnologia era impulsionada, principalmente, por guerras e corridas espaciais utópicas, apesar da filosofia deixar bem claro que a evolução não deva ser forçada, exceto em teoria, mas até aí é preciso cautela.

Hoje, poderíamos imaginar o lançamento de um míssil, em zona de guerra, carregado com propostas ideológicas, filosofias e convites para uma vida cooperativa entre todos os povos do mundo; poderíamos fazer um bombardeio em território inimigo com corações de pelúcia, acompanhados de uma enorme lista de e-mail para intercâmbio de idéias.

Em nossos bombardeio poderíamos explicar que o maior problema das guerras é a ignorância, incapacidade de entender o ponto de vista dos outros . Por e-mail, desafiaríamos nossos adversários/parceiros para uma disputa de idéias e pesquisas cientificas, torcendo sempre para que eles fossem ainda melhores que nós.

Veja a lista das melhores invenções dos últimos trinta anos, publicada pelo “New York times”.

1 – Internet banda larga
2 – Computadores pessoais e laptops
3 – Telefones celulares
4 – E-mail
5 – Teste e sequenciamento de DNA
6 – Ressonância magnética
7 – Microprocessadores
8 – Fibra óptica
9 – Software para escritório
10 – Cirurgia a laser/robótica
11 – Software de código aberto
12 – Diodos de emissão de luz
13 – Tela de cristal líquido
14 – Aparelhos GPS
15 – Comércio eletrônico e leilões on-line
16 – Compressão de arquivos
17 – Microfinança
18 – Energia solar fotovoltaica
19 – Turbinas de vento de grande escala
20 – Redes sociais na internet

By Jânio

março 1, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , , | 13 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: