Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

O projeto de cadeias particulares

projeto para bandido

Cadeias Privadas

O Brasil tem um projeto de criação de cadeias particulares, um projeto polêmico sem dúvida.

Essa ideia que surgiu nos EUA, na década de 80, já foi discutida até em filmes infanto-juvenis como Robocop. No filme, empresas particulares mostravam sua força, inclusive decidindo o futuro de policiais particulares.

Durante a crise, a empresa não pensa duas vezes, antes de cortar salários e demitir policiais grevistas.

Em meio a essa crise, a cidade fica abandona à própria sorte, lembrando muito o caso PCC. Também há denúncias de ligação desses empresários com o crime organizado.

Quando eu vi essa notícia na RT-TV, eu fiquei surpreso, afinal eu sempre esperei por uma privatização da saúde, mesmo depois da desastrosa privatização na área de transporte, como pedágios e cartéis de empresas de ônibus.

Quando verificamos o caos nos serviços públicos, sempre achamos que pior não pode ficar, mas basta observar melhor para termos um ideia diferente. As empresas privadas não tem interesse em regiões onde a privatização que não gere muito lucro.

Outro dado curioso foi relacionado a federação, Minas Gerais e Pernambuco são os dois estados mais interessados no projeto de privatização das cadeias.

Sendo Minas Gerais reduto de Aécio Neves, PSDB, e da oposição ao Governo, finalmente eles assumiram seu interesse em privatização. Na realidade eles não tem nada a perder, o PT tem crescido muito, mesmo com tantos escândalos.

Curiosamente, os escândalos tem ajudado o PT, cada vez que um desses políticos é flagrado, todos ficam em alerta máximo, inclusive a oposição.

Os números da RT-TV são discutíveis, segundo eles, há cerca de 470.000 presos onde deveriam haver 300 – Todos nós sabemos que o problema carcerário brasileiro é muito pior que isso.

Cada preso deverá custar cerca de 70 reais, ao dia, para o Governo.

As críticas da pastoral carcerária faz sentido: Vamos imaginar os maiores empresários do Brasil, como Sílvio Santos e Paulo Maluf, investindo nessas áreas. Evidentemente, os crimes federais irão diminuir, os crimes estaduais passarão a ser muito mais vantajosos.

Os empresários serão encarregados de suas próprias prisões, poderão também prender os políticos de Sorocaba, Taubaté, Campinas ou Jandira, melhor, nem precisarão prendê-los, poderão transformar suas mansões em cadeias privadas, reduzindo os gastos com diárias.

Essa mania de seguir as idéias de primeiro mundo é elitista, interesse de grandes capitalistas. O PSDB e aliados deveriam ser mais criativos, deveriam estudar os sistemas carcerário da Argentina, Paraguai, Uruguai.

A idéia de que a iniciativa privada poderá ser mais eficiente, quando há interesse público envolvido, principalmente as classes marginalizadas, constitui-se num grande equívoco.

O PSDB arrisca toda sua reputação, sabendo que se tudo der errado, será o fim do PSDB.

O fim de um partido, no Brasil, é como fechar uma empresa e abrir outra…e fica tudo como está.

Fonte: RT-TV

By Jânio

junho 22, 2011 Posted by | Política | , , , , , , , , | 2 Comentários

O tabu das Organizações Secretas

tabus milenares

sociedades secretas

Toda vez que se fala em organizações secretas, pensamos logo em Maçonaria. Isso porque a Maçonaria é a organização, dessa natureza, mais conhecida.

Há muitas espécies de organizações secretas pelo mundo, quanto mais secreta a organização, mais próxima de organização secreta ela está.

Segundo o último livro que eu li, a respeito do assunto, organizações como a Maçonaria, não tem mais a natureza original de organização secreta. Seguindo essa teoria, a organização secreta, de fato, ninguém sabe que ela existe; ela não tem sede própria, não faz publicidade de seus atos.

Por isso organizações como a Maçonaria não são consideradas secretas por algumas pessoas. A Maçonaria cresceu muito, tem muitos adeptos, por isso é muito conhecida, deixando de ser secreta.

A polícia secreta americana, CIA, e a polícia secreta da antiga União Soviética, KGB, eram consideradas organizações secretas, na época da guerra fria. Hoje, a KGB perdeu a força, trabalha para quem paga mais, enquanto a CIA passou a prestar contas de seus atos de maneira bem mais clara, apesar de, teoricamente, continuar secreta.

Nos Estados Unidos, pelo seu poder financeiro e extensa área territorial, é um país cheio de contrastes. O primeiro país a adotar as leis eugênicas, até a década de 80, o estado do Alabama não permitia o casamento entre negros e brancos em suas leis.

Esse passado racista, criou um câncer chamado Ku Klux Klan, uma organização secreta que aterroriza toda uma região dos Estados Unidos, há muito tempo.

Dizem as más línguas que até o Vaticano tem uma organização secreta; depois de tanta polêmica, na idade média, não seria de duvidar.

A Maçonaria e a Igreja Católica travam uma guerra ideológica há milhares de anos, sobrou até para D. Pedro, Monarca do Brasil, que ficou no meio do fogo cruzado.

Regiões de conflito do Oriente Médio, até hoje tem suas organizações secretas, os cristãos, por exemplo. tinham que se reunir, secretamente, na época das perseguições religiosas do império romano, esse fato criou uma tradição de organização secreta entre os cristãos de Israel.

A intolerância social é o principal motivo das origens das organizações secretas, acontece que, ao contrário das sociedades que são dinâmicas, as organizações secretas são tradicionais, assim, quando começa o atrito, as organizações se fecham só para os seus membros.

São várias correntes ideológicas e várias espécies de organizações, o que elas tem em comum? – são todas antigas, a maioria milenares que ninguém sabe que existem, muito bem estruturadas.

Pelo que se sabe, Adolf Hitler era conhecedor de muitas ciências ocultas, acontece que algumas não eram toleradas pela sociedade, o nazismo surgiu nesse ambiente, misturando ciências, religiões, ocultismo e política. O resultado dessas misturas ideológicas proibidas foi explosivo.

Dos secretíssimos rituais do egito, surgiram várias organizações, como a Maçonaria. Apesar de protegidas pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, a sociedade não costuma ser muito tolerante com certos costumes milenares.

A Idade Média era riquíssima em rituais tradicionais, a Igreja Católica baniu a maioria deles, principalmente os pagãos, nas regiões onde o catolicismo era cultuado.

Países como a Índia são extremamente ricos em rituais, religiões e tradições milenares, isso não significa que não hajam atritos, apenas o Governo que não procura se envolver, já que precisa do apoio político de todos eles.

Nas tradições africanas, tudo o que se refere a cultos e costumes é chamado, erroneamente, de Saravá, mas a tradição africana também é riquíssima em tradições; não é secreta, mas em certas regiões, são aceitos com restrição.

Outra ideologia que não era aceita pela Igreja Católica, era o Catarismo, nesse caso, o praticante, segundo a lenda, era condenado a morte. Isso acontecia no tempo em que o governo se misturava com a igreja.

By Jânio

janeiro 5, 2010 Posted by | curiosidades | , , , , , , , | 13 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: