Made in Blog

Divulgação, internet, downloads, blogs, web2.0

A necessidade de soluções para problemas sociais

problemas sociais

problemas sociais

A sensibilidade é de muita utilidade para a solução de conflitos pessoais ou sociais, pessoas com sensibilidades apuradas  podem ter uma capacidade maior  de percepção, de pontos de vista diferentes.

Apenas as pessoas realmente muito insensíveis serão incapazes de desenvolver uma forma de saber o que os outros sentem, o que os outros pensam.

Já ficou comprovado, mais de uma vez, que é preciso várias técnicas, ou ciências diferentes,  para se concluir e responder questões importantes de interesse da sociedade.

Aqui começa o primeiro conflito, quando dizemos sociedade, geralmente estamos nos referindo a alta sociedade, não ao povo em geral, até porque o povo vive com a sensação de que suas reinvidicações nunca serão atendidas.

Durante muito tempo, no Brasil, acreditou-se que a polícia poderia resolver os problemas de violências nas favelas, vários projetos, músicas, documentários, cinema e televisão, mostraram que a violência e o tráfico estão diretamente ligados a questões sociais.

Isso me faz lembrar do tempo em que eu era criança, quando haviam muitos terrenos baldios, terrenos que logo eram aproveitados pelos meninos para construção de pequenos campos de futebol.

Hoje, um político cria uma quadra de esportes para uma cidade de vinte ou trinta mil habitantes, já acha que resolveu os problemas sociais, tudo é feito de maneira fria e calculista. Na realidade, tudo é uma questão de planejamento, se houvesse uma maior atenção, por parte da administração pública, no inicio, no planejamento residencial, evitaríamos muitos problemas, como o de morador de rua, por exemplo.

Um bom planejamento na área de saúde, como é feito pelo voluntariado, com prevenção de doenças, conselhos e acompanhamento das famílias, criação de novas opções de lazer, teríamos uma nova base de sociedade. O povo poderia descobrir que a cachaça seria melhor aproveitada, economicamente, mais para exportação do que para o consumo interno.

Uma boa educação política, evitaria que o Brasil tivesse tantos eleitores alienados, vendendo o voto, sem tradição familiar, onde raramente se sabe quem é o bisavô, em alguns casos nem o pai.

É preciso identificar os problemas de caráter urgente, educar as pessoas a combater esses problemas.

Para que tudo isso seja possível é preciso sensibilidade, é preciso que se observe pontos de vista, é preciso ouvir os principais envolvidos na questão a ser resolvida; sem sua presença,  não haverá a solução do problema.

Eu tenho observado os pontos de vistas de várias pessoas envolvidas em questões sociais:

Mãe solteira na prostituição – “Eu achava que ele ia casar comigo, agora a prostituição é a forma mais rápida e mais fácil de conseguir o dinheiro, depois que fui expulsa de casa”.

Favelado – “Eu sei qual é a espectativa  de vida aqui no morro, eu sei que eu não tenho nenhuma chance”. Nesse caso o indivíduo opta pela lei mais eficaz nesses casos, a lei da sobrevivência.

Empresário – “O governo cobra taxas exorbitantes de impostos, sem oferecer nada em troca, a não ser o aumento de seu próprio salário”. A sonegação é a alternativa, aumentando ainda mais a burocracia brasileira.

Governo – “Procuraremos a melhor forma para que os empreendedores individuais saiam da informalidade”.

Médico – “Não poderemos trabalhar no combate de uma epidemia, sem as condições necessárias para isso”.

Professor – “A melhor saída para tudo isso está na educação, não uma educação qualquer, mas uma educação acompanhada de uma boa gestão, competente e participativa”.

Presidiário – “Eu cometi o crime, estou pagando mais do que eu devo, numa cela com vinte pessoas, onde deveriam estar quatro. Quem é que vai pagar por esse crime”?

Menor abandonado – “Não me pergunte o que eu estou fazendo aqui, isso não vai me ajudar em nada, não adianta me dar um livro de presente, para dar uma lição em meu pai, ele não sabe ler, nem eu. E não me pergunte quando eu vou voltar para casa, eu preciso me virar”.

Político – ???
A partir do momento em que formos capazes de observar o ponto de vista de outras pessoas, estaremos aptos para resolver os seus problemas, os nossos problemas também estarão resolvidos. Quando a nossa verdade se encontrar com a verdade de outras pessoas, aí, encontraremos a verdade de fato.

By Jânio.

About these ads

agosto 28, 2009 - Posted by | Reflexões | , , ,

26 Comentários »

  1. SAUDAÇÕES!
    AMIGO JANIO,
    Pronto… Você disse tudo! Esse é o retrato fiel da linguagem que todos usam, a realidade é que todos falam a mesma linguagem no fundo são uns teóricos, alguns para demonstrarem serviços, encontrar holofotes, enquanto outros usam desse expediente como um meio de vida.
    Parabéns pelo excelente texto!
    Abraços!LISON.

    Comentário por LISONN | agosto 29, 2009 | Resposta

  2. Obrigado, Lisonn.

    É triste a realidade, mas é isso mesmo.

    Enquanto todos se acharem donos da verdade, continuaremos afundando, esperando ajuda que nunca vem.

    ABÇs

    Comentário por Jânio | agosto 29, 2009 | Resposta

  3. A mais pura verdade. Às vezes transferem-se para a sociedade problemas pessoais. É nos colocando no lugar de outros que entenderemos o social. E é a partir de nós mesmos que podemos melhorar o mundo.

    Comentário por erickfigueiredo | agosto 29, 2009 | Resposta

  4. Isso mesmo, Erick, a educação precisa trabalhar amis o comportamento dos indivíduos, seu lado psicológico, sem radicalismos.

    Sócrate era adepto da idéia de perguntar o que as pessoas pensam da vida, é irritante, mas o resultado é muito bom.

    Devemos nos fazer essas perguntas também. De que adiantaria fazer campanha para doação de órgãos se a pessoa não é doadora.

    São questões como essa que devemos levantar o tempo todo.

    ABÇs

    Comentário por Jânio | agosto 29, 2009 | Resposta

  5. acho que os problemas sociais só serão realmente resolvidos quando houver uma participação conjunta e entre poder público e iniciativa privada…sem demagogia…
    abs

    Comentário por ana lucia nicolau | agosto 31, 2009 | Resposta

  6. Certamente Ana.

    Eu acrescentaria a participação do povo, de preferência o voluntariado, aqueles que realmente fazem muito, sem usar os cofres públicos.

    Bjs

    Comentário por Jânio | setembro 1, 2009 | Resposta

  7. È de fato que essa realidade está presente em nosso meio.Visto que a raiz de todos os problemas brasileiros,está na falta de transparencia dos políticos.Se o governo der um pouco mais de tranparencia em questão dos tributos o povo perceberá a realidade em que vive e dará inicio as correções socio-economicas de que o Brasil tanto precisa.
    Excelente texto.Parabéns.

    Comentário por Laura Coutinho | novembro 7, 2010 | Resposta

  8. Olá Laura:

    Obrigado pelo seu ótimo comentário.

    Está claro que o nosso sistema capitalista não está funcionando, como o sistema socialista também não, o ideal é que a população participe mais, articulando sobre as formas de melhorar a sociedade.

    Eu acredito que o Governo nunca irá mudar a sociedade, a sociedade é que deverá mudar o Governo, portanto, precisamos de mais e mais instituições, associações, pastorais, grupos, enfim, minorias organizadas e legítimamente constituídas, só a união dessas entidades poderá promover as mudanças que todos necessitamos.

    ABS

    Comentário por Janio | novembro 7, 2010 | Resposta

  9. Muito se fala dos abusos aos menores como um outro problema social grave. Mas já chegaram a perceber também que hoje em dia muitas mães deixam as meninas se vestirem e irem para a escolas como verdadeiras “mulheres” em corpos de crianças??!! Basta olhar os batons, unhas pintadas, enfim, uma precocidade fora de época. Depois ainda não se sabe ao certo os motivos de tantas gravidez na adolescência. Dos percentuais altos de pedofilia. Ou seja, uma coisa puxa a outra. É só observar. Não acha??

    Jupira Lucas Zucchetti
    (Contabilista em Campinas-SP)

    Comentário por JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI | janeiro 29, 2012 | Resposta

    • Olá Jupira:

      Você fez uma boa observação.

      De certa forma, nem são os homens que assediam as menores, são a menores que assediam os homens. A lei estabelece os 18 anos e se faltar um dia para o aniversário da menor, a carreira do infrator está terminada.

      Há muita hipocrisia em não se estabelecer diferenças entre um beijo na boca e um estupro de fato, tudo isso vai tornando a legislação e a opinião pública muito confusa.

      Pior que isso, só uma educação errada, porque se acontecer com a minha filha, eu mato o cara, e tome baixaria. Ficar nua na Playboy pode, mas tem que ter 18 anos, depois vem o pornô, os programas…

      Precisamos abrir os olhos e cuidar melhor de nossos filhos, de preferência sem hipocrisia, porquê jovens que nunca tiveram uma relação sexual, não existem mais.

      ABS

      Comentário por icommercepage | janeiro 29, 2012 | Resposta

  10. Gostaria de relatar um fato, aliás, é um exemplo de nunca a se adotar por nenhuma empresa.Mesmo porque, esse relato causa sim problemas sociais, como por exemplo as doenças psicológicas que consomem “rios de dinheiro” das verbas públicas. Inclusive essa história tem duas personagens que fazem questão de continuarem “ilustres”. As Stas. ELIANE CAMPOS SOUSA E MARIA IZILDA CAMPOS da empresa Jusem localizada na Rua General Osório, 1212- 10 andar- Centro- Campinas- SP. Que usam o silêncio como uma tática psicológica quando são confrontadas de frente. Se formos analisar friamente, geralmente o silêncio, a indiferença são usadas como táticas psicólogicas. E até “tortura psicológica”. Não, não é exagero, é a realidade de pessoas que agem ao seu “bel prazer” sem se incomodar com o que causam a terceiros. O mais contraditório de tudo isso é que a Sta. MARIA IZILDA CAMPOS é psicóloga, olha que contradição. Geralmente um profissional que deveria ter o dom da palavra, e de prevenir que doenças psicossomáticas não ocorram, acaba fazendo o oposto.Agora fica a pergunta: será que pessoas que agem assim com terceiros devem ou tem o direito de exigir respeito dos outros??!! Funciona mais ou menos igual a um video mostrado a alguns dias atrás num telejornal em que três garotas na escola massacravam uma quarta garota, e várias pessoas em volta apenas olhavam, olhavam e olhavam a “paisagem”. Ou seja, são pessoas desse tipo que a sociedade cria, e que os outros fingem que não vêem??!! É isso???!!!! Já pararam para pensar no que trabalha na sua empresa, ou na sua casa, ou algo assim??!!! É o comportamento observado que realmente diferencia se uma pessoa tem caráter ou não. Se foge das situações ou as encara de frente. Pensem nisso.

    Comentário por JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI | março 27, 2012 | Resposta

    • Olá Jupira:

      Tem muita coisa errada nesse nosso mundo, mas o Brasil é um caso perdido, não é não?

      Eu entendi o seu ponto de vista, apesar de não entender bem o que essas duas Senhoras fizeram.

      ABS

      Comentário por icommercepage | março 30, 2012 | Resposta

  11. As “duas senhoras”??!! Simplesmente foram pegas na mentira. Uma delas encobriu a outra e assim vai. E quando questionadas para dialogar, simplesmente ameaçaram, dissimulam, ironizam. Mais fácil né??!! O tipico comportamento de quem se sente por baixo. Então mais fácil atacar o lado teoricamente mais fraco. Né??!!

    Comentário por JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI | abril 2, 2012 | Resposta

  12. Ou simplesmente ficam em silêncio. Justamente por saberem que estão erradas.Ameaçaram, ironizaram e simplesmente agora ficam em silêncio. Fácil né??!!

    Comentário por JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI | abril 2, 2012 | Resposta

    • Mentiram sobre o que? Escondem o que?

      O que está sendo escondido?

      Comentário por icommercepage | abril 2, 2012 | Resposta

  13. […] Solução para os problemas sociais […]

    Pingback por Pobre classe média « Made in Blog | outubro 5, 2012 | Resposta

  14. […] Solução para os problemas sociais […]

    Pingback por Perguntas proibidas « Made in Blog | outubro 19, 2012 | Resposta

  15. […] Soluções sociais […]

    Pingback por Adaptação social « Made in Blog | maio 9, 2013 | Resposta

  16. Mentiram sobre o que?? Escondem o que??? Boa pergunta né???!!! Já que silenciaram, simplesmente o outro lado (eu, no caso), pode pensar o que quiser. Não acham????!!!!!

    Comentário por JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI | junho 25, 2013 | Resposta

  17. Olá Jupira

    É essa a questão da sociedade hoje, muitas perguntas e poucas respostas. Entretanto, o povo pode decidir respondê-las, como você disse, e a hora é essa.

    ABs

    Comentário por icommercepage | junho 26, 2013 | Resposta

  18. É, infelizmente quando se pega as pessoas na mentira, na ironia, ou alguma coisa assim a melhor saida é o silêncio, ou simplesmente fazer de conta que o outro lado não existe. Isso é fuga da realidade.

    Comentário por JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI | outubro 7, 2013 | Resposta

  19. Olá Jupira:

    Obrigado pelo comentário, estou refletindo sobre ele aqui.

    ABS

    Comentário por icommercepage | outubro 7, 2013 | Resposta

  20. […] Solução para os problemas sociais […]

    Pingback por A trágica história de Joaquim « Made in Blog | novembro 19, 2013 | Resposta

  21. Quando se fala a verdade, ou se mostra competência, poucas pessoas gostam disso. Esse é o problema das “senhoras” citadas ali em cima. Então, geralmente é mais fácil se esconder, como fazem.

    Comentário por JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI | fevereiro 21, 2014 | Resposta

  22. Das “senhoras” citadas no tópico 11

    Comentário por JUPIRA LUCAS ZUCCHETTI | fevereiro 21, 2014 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 218 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: