Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Família de PMs é assassinada

crise de poder

Escândalo na PM

“O deputado estadual major Olímpio Gomes (PDT-SP) confirmou nesta quarta-feira, 14, ter encaminhado na segunda, 12, à Corregedoria da Polícia Militar informações recebidas de diversos policiais de que a cabo Andreia Regina Bovo Pesseghini comunicou ao comando 18º Batalhão que recebeu convite de colegas PMs para participar de um roubo a caixas eletrônicos.

Ele teria sido procurado no último fim de semana pelos policiais, de diversas patentes, entre eles colegas de trabalho do marido da cabo, o sargento das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) Luís Marcelo Pesseghini. Segundo o major da reserva, o caso foi levado ao comando do 18º Batalhão, onde Andreia trabalhava, mas não teria sido formalizado. “Se houve o erro de não haver o registro oficial (da denúncia), não quer dizer que o fato não existiu”, afirmou.

Andreia, seu marido (sargento da Rota), seu filho, sua mãe e uma tia foram encontrados mortos em casa na última segunda-feira, 5. A versão das polícias Civil e Militar é de que o filho do casal de PMs, Marcelo Eduardo Pesseghini, de 13 anos, teria matado a família e cometido suicídio.”

Comentário:

Casos policiais no Brasil acabam sempre em novela, e a nova novela é sobre a chacina de PMs, cujo culpado supostamente seria uma criança de treze anos.

Esta história está dando o que falar: primeiro porque o policial deu uma declaração e, em seguida, retirou, mostrando que a cúpula da PM está com um grande problema nas mãos. A chacina em si já é um escândalo, mas a possibilidade de as vítimas estarem envolvidas em denúncia ao crime organizado dentro da própria corporação, complica ainda mais a situação.

Especialistas estranharam a rapidez com que o menino morto foi acusado do assassinato. Primeiro, eu devo dizer que essa história de criança atirando e cometendo suicídio não é nova, segundo, a história montada em torno do garoto é perfeita, com direito a vídeos, testemunhas, etc.

O culpado foi declarado antes da investigação, mas ficou difícil explicar como o menino poderia fazer tudo isso sozinho. Se alguém poderia tê-lo induzido a achar que poderia executar toda a família.

Se a família estava dopada, quem teria feito isso? Por que o menino iria se matar? Será que ele estava drogado? Se ele não estava, quem o estaria ajudando a premeditar o crime?

Agora, toda a polícia de São Paulo ficará tentando desvendar um crime que está à beira de um problema muito maior, crime organizado. No caso do crime organizado, não há nenhuma surpresa, já nem é novidade.

A PPP é perfeita por ter o poder em suas mãos, entretanto, esse poder vai elitizando e acaba por atingir o seu próprio corpo. Qualquer pessoa que diga saber de algo, corre o risco de virar arquivo.

Como a família inteira morreu, o recado foi dado: “Essa história acabou!”

Entretanto, como não há explicação, ficam perguntas no ar, e essas perguntas perturbam uma sociedade que já não acredita nesses poderosos há muito tempo.

Fonte: Estadão

Crimes polêmicos que deram muito o que falar

Caso Isabela Nardoni distorce realidade da justiça

Crime quase perfeito

Casos de polícia Brasil

Decadência da família brasileira

A morte da princesa

Anúncios

agosto 16, 2013 - Posted by | Policia | , , , , ,

4 Comentários »

  1. Realmente Jânio, tá difícil de engolir essa história. Segundo informação da imprensa o menino não tinha pólvora nas mãos. Como pode executar três pessoas e cometer suicídio no final e não ter pólvora nas mãos?

    Comentário por Jacques De Azevedo Nunes | agosto 18, 2013 | Resposta

    • Olá Jacques:

      Quando essa história começou, muita gente apavorada falou demais e acabou interferindo na queima de arquivo. Apesar do comando ter corrigido, ficou muita suspeita no ar.

      Se em um caso comum já seria muito difícil engolir essa história, imagine com a importância dos envolvidos.

      Veja bem, parece que alguém tinha acesso aos vídeos, a vida íntima do garoto e da família, o suficiente para criar a história antes que o crime ocorresse. O momento ideal ocorreu quanto o script se formou, ou seja, quando tiveram a imagem do garoto, não se sabe como.

      Não sobrou ninguém para contar a história mas, naturalmente, foi pior assim, já que a PPP está sempre com as “contas” atrasadas. O problema maior não foi a tragédia provocada pela chacina da família de policiais mas, sim, a corrupção que isso revelou.

      Se a máfia queria mandar um recado para o resta da corporação, o recado foi dado, mas a sociedade inteira entendeu, e não gostou.

      ABS

      Comentário por icommercepage | agosto 26, 2013 | Resposta

  2. […] * Publicado no MadeInBlog […]

    Pingback por Ver! | Blog | Família de PMs é assassinada | setembro 1, 2013 | Resposta

  3. […] Família de PMs é assassinada […]

    Pingback por A trágica história de Joaquim « Made in Blog | novembro 19, 2013 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: