Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Nome de santo

santo_batismo

Nome Santo

Em cidades pequenas, mesmo no Brasil, onde as tradições não prevalecem por muito tempo, há uma cultura muito forte aos santos.

As culturas latinas de em modo geral são muito passionais, mas um santo deve ser alguém que dê o exemplo, alguém que tenha se destacado, alguém que tenha sido um mártir, defendido uma causa nobre, tenha sido convincente com a sua fé ou tenha passado a vida sem cometer erros ou pecados graves.

O respeito por essas pessoas é tão grande que de alguma forma, milagres acontecem, mesmo depois dessas pessoas terem deixado as suas vidas terrena.

Não dá para duvidar que os milagres venham da fé.

Quando os milagres são relacionados às pessoas que conheceram esses santos, podemos notar o reconhecimento à vida daquelas pessoas, mas quando já se passaram séculos, nota-se que às pessoas pedem uma benção em nome de alguém que julgam dignos da compaixão de Deus.

Há muitas controvérsias doutrinárias sobre essa forma indireta de se ter fé, em santos, antes de Deus, mas a humildade e a fé dessas pessoas certamente nunca será contestada.

Quando vão batizar os bebês, os padres alertam para a importância do nome de um santo. Antes de batizar a criança no registro civil, a criança é batizada na igreja, para que não corra o risco de morrer sem passar por esse momento considerado tão importante.

Não é só a fé indireta em Deus que chama a atenção aqui, eu noto também os valores tradicionais indiretos.

Ao invés de seguir a tradição familiar de condes, duques ou princesas, o que seria impossível em famílias humildes, segue-se a tradição dos santos.

Desde os dez anos, eu sempre fui consultor em minha cidade. Antes disso eu já dava conselhos, mas foi depois dos dez anos que esse costume aumentou.

Quando alguém me perguntava sobre o nome de uma empresa, eu nunca tinha dúvidas, deveria ser o nome de um santo, de preferência do santo protetor da família desse empresário.

Em cidades pequenas a religião é muito importante, e sendo essa a única tradição existente no Brasil, torna-se mais importante ainda.

O nome do santo certamente não será suficiente para manter a imagem do estabelecimento, mas acaba demonstrando boas intenções e a vontade de alguém que está começando e que deverá ter muita fé em tudo: fé no homem, fé no santo, fé em Deus, fé em si mesmo.

By Jânio

setembro 2, 2011 - Posted by | Empreendedorismo | , , , , , , , ,

6 Comentários »

  1. […] * Publicado no MadeInBlog […]

    Pingback por Ver! | Blog | Nome de santo | setembro 2, 2011 | Responder

  2. Saudações!
    Amigo JÂNIO:
    Maravilha o seu artigo!
    Particularmente eu acredito em sua análise. A força que tem um nome é incrível e imagine o cidadão que recebeu tão nobre referência. Sabes amigo, eu acho que todos muito bem que poderiam apor nos filhos nome de santos, anjos e tudo que possa a ao menos ter analogias a hierarquia celestial. Pois do jeito que as coisas caminham com certeza, seria um porto seguro voltado à fé e respeito às coisas divinas.
    Parabéns por mais um excelente Post!
    Abraços,
    LISON COSTA

    Comentário por LISON COSTA | setembro 2, 2011 | Responder

    • Olá Lison:

      Brilhante comentário.

      Complementando, ao invés de só dar o nome dos santos, deveriam contar suas histórias, já que os santos mais tradicionais são pouco conhecidos.

      São Francisco de Assis, por exemplo, causou muita polêmica em sua época, mas deixou uma filosofia de vida, o que é raro na modernidade, e isso faz toda a diferença.

      ABS

      Comentário por Jãnio | setembro 3, 2011 | Responder

  3. As pessoas, além dessa tradição peculiar, têm suas próprias tradições e costumes. Eu, por exemplo, tenho um filho, e o chamei de Mateus, homônimo então do evangelista. O próximo, se eu o tiver e for menino, vou chamá-lo Miguel Ângelo, coinicidentemente nomes de santo e com a letra M.

    Dar um nome é emprestar seu próprio Eu em termos de selo, de convicção, é uma investidura do qual a paternidade já e a maior e indestituível.

    Abçs!

    Comentário por Ebrael Shaddai | setembro 3, 2011 | Responder

  4. Olá Ebrael:

    Tanto a religião quanto as artes, apresentam grandes nomes, não é mesmo?

    É importante que conheçamos esses personagens, suas vidas, suas filosofias e possamos nos identificar com elas.

    ABS

    Comentário por icommercepage | setembro 3, 2011 | Responder

  5. nossa como e bom conhecer este tipo de cultura, nem imaginava esta coisas.

    Hj em dia o pessoal so pensa em orkut, youtube, e esquece que nosso tempo tem suas maravilhas…

    LINEAGE 2

    Comentário por ADRYLB | setembro 14, 2011 | Responder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: