Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A primeira partida de futebol de um homem

curso de futebol

Quando a  Romorena me disse que não entendia nada de futebol, eu me lembrei de uma história muito interessante.

Era mais ou menos assim:

“Essa foi a primeira e a última vez que eu assisti a um jogo de futebol, a experiência não foi muito boa para mim.

A expectativa era muito grande, entrei num lugar enorme, chamado estádio, estava lotado. Mais tarde me disseram que era final, eu não entendi – como final? – eu acabara de entrar, pagando para entrar um preço exorbitante, porque um tal de cambista me disse que não tinha mais lugar; futebol deve ser mesmo importante para ter até cambista.

A primeira vista, parecia que eu ia ver o maior espetáculo da Terra, cheguei até a comentar com alguém, ele me confirmou, esse era o maior espetáculo da Terra. Eu fiquei cheio de expectativas, cresci fechado, estudando, nunca tive tempo para me informar sobre esportes.

Procurei um lugar para mim, para meu azar, havia um grupo atrás que falava algumas palavras ofensivas, do tipo: hoje o matador vai acabar com eles, vamos acabar com sua raça.

Pensei comigo: Esse tal de futebol, deve ser parecido com tourada, só pode ser isso, vão matar o boi.

Pouco tempo depois, começaram a entrar várias pessoas, formando dois grupos, um de camisa vermelha e um de camisa branca. Logo depois entraram três homens de roupa completamente preta, imaginei que eram alguém muito importante pois todos ficaram em silêncio, cheguei a ficar preocupado.

Cantaram o hino nacional, num protocolo de dar medo, sempre sob a liderança do homem vestido de preto.

Os dois grupos se encontraram, cumprimentaram-se e foram para o centro do campo.

O homem de preto colocou o pé sobre a bola, bem no centro do campo, apitou, e um dos homens chutou a bola.

Foi aí que começou o pastelão, um homem do outro grupo foi pegar a bola, mas foi impedido, cada vez que alguém de seu grupo tentava pegar a bola, o outro grupo chutava a bola.

Estava na cara que isso ia acabar em briga; a certa altura, alguns se desentenderam, iniciaram uma briga, o homem de preto apitou alto, imediatamente, todos pararam a briga e ficaram quietos.

O homem de preto chegou a tirar um papel amarelo, do bolso da camisa, levantou para cima,  acho que ele pretendia era tirar outra coisa, porque ele logo guardou o papel amarelo no bolso, estava emocionado.

À essa altura, percebi que o homem de preto era o dono da bola, pois só ele pegava a bola com a mão, os outros só podiam encostar os pés. O primeiro que colocou a mão na bola, levou uma tremenda bronca do homem de preto.

Durante quarenta e cinco minutos, foi a mesma coisa, vinte e dois homens correndo atrás de uma bola sem poder pegar. Para alívio de todos, o sofrimento acabou, entraram todos numa porta, por onde tinham entrado.

Alguém atrás de mim disse – Vai melhorar, vamos acreditar, vai melhorar – aí, eu me animei, se ele falou que ia melhorar, é porque ia, estava eufórico.

Depois de quinze minutos, depois de todos irem ao banheiro, fizeram o lanche, todos estavam de volta ao seu lugar. Alguém disse que ia começar o segundo tempo.

Minha esperança era que acontecesse algo diferente, para minha decepção, aconteceu a mesma coisa do primeiro tempo, ficaram mais quarenta e cinco minutos correndo atrás da bola, foi demais para mim.

Depois de quarenta e cinco minutos, o homem de preto tornou a apitar, levantou os dois braços, pegou a bola e saiu correndo. Pelo menos uma coisa eu entendi, a bola era dele mesmo, e ele levou a bola para casa.

Nesse momento um grupo de homens, de camisa vermelha, começou a gritar, o grupo que estava próximo a mim não gostou muito e saiu rápido e foi embora.

Eu pensei muito em participar daquela festa bonita, mas as pessoas próximas a mim estavam com cara de poucos amigos. Pensei até em perguntar porque eles não participavam da festa, mas a tristeza era tão grande que eu preferi sair dali.

Não gostei muito do tal futebol não, mas tenho uma sugestão para eles:

Será que da próxima vez dá para comprar mais bolas, achei que com uma bola só não dá para jogar direito, afinal com um campo tão grande, vinte e dois homens, uma bola só é muito pouco, não é mesmo?

By Jânio

dezembro 8, 2009 - Posted by | Piadas | , , , , ,

4 Comentários »

  1. Fechou com chave de ouro, muito bom o texto.
    Abraços forte

    Curtir

    Comentário por Principe Encantado | dezembro 8, 2009 | Responder

    • Olá amigo.

      Fico contente de não tê-lo decepcionado, o texto foi meio de improviso.

      Um grande abraço.

      Curtir

      Comentário por Jânio | dezembro 9, 2009 | Responder

  2. Saudações!
    Amigo Jânio,
    Excelente Post!
    Gostei muito da Crônica, e sua narrativa está impecável!
    É assim que nascem os belos textos de um importante comentário como é o caso em tela.
    Parabéns pelo excelente post!
    Abraços fraternos,
    LISON.

    Curtir

    Comentário por LISONN | dezembro 8, 2009 | Responder

  3. Olá Lisonn.

    Fico contente de ter a aprovação de vocês, fiquei com esse texto há algum tempo na cabeça, quando a Rômorena comentou, no artigo anterior, não teve jeito.

    Um grande abraço.

    Curtir

    Comentário por Jânio | dezembro 9, 2009 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: