Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Cinema 2.014 – O sétimo filho

Seventh Son

Cinema 2.014

Seventh Son é um filme de fantasia inspirado no livro infantil de Joseph Delaney “The Wardstone Chronicles, conhecido nos EUA como “The Last Apprendice”, Aprendiz de feiticeiro.

A história gira em torno de Tom Ward, o sétimo filho do sétimo filho, e suas aventuras como aprendiz de feiticeiro.

O filme é dirigido por Sergei Bodrov e estrelado por Ben Barnes, Jeff bridges e Julianne Moore.

A música foi composta por Tuomas Kantelinen. Está programado para ser lançado em 3-D e IMAX 3D, em 2.014.

Em um passado muito distante, uma maldição está prestes a ser desencadeada e poderá reacender a guerra entre as forças sobrenaturais e a humanidade. John Gregory (Jeff Bridges), é um mago que luta contra as forças das trevas, ele havia aprisionado a maligna bruxa Mother Malkin, Mãe Malkin (julianne Moore), séculos atrás, mas depois de escapar ela busca vingança.

Convocando seus súditos de todas as encarnações, Mother Malkin prepara-se para liberar sua terrível ira em um mundo indefeso. Só há um obstáculo em seu caminho, John Gregory.

Em um encontro mortal, Gregory fica cara a cara com mal que ele sempre soube que um dia voltaria. Agora, ele tem apenas até a próxima lua cheia para fazer o que normalmente levaria anos: treinar o seu novo aprendiz, Tom Ward (Ben Barnes) para combater uma magia negra diferente de tudo o que existe. A única esperança da humanidade esta no sétimo filho do sétimo filho.

A história é somente inspirada vagamente nos livros, como a maioria dos personagens, cenários e enredo foram editados e tem poucas semelhanças com o romance.

Elenco:

Ben Barnes como Tom Ward

Jeff Bridges como o Mestre Gregory, o mago

Julianne Moore como Mãe Malkin

Alicia Vikander como Alice Deane

Kit Harington como Billy Bradley

Djimon Hounsou como Radu, personagem original

Antje Traue como Bony Lizzie

Olivia Williams

Produção:

O filme originalmente apresentou Jeff Bridges e Julianne Moore como o Mago e Mother Malkin. Sam Claflen e Alícia vikander foram apresentados como Tom Ward e Alice, mas em junho de 2.011, Variety divulgou que Claflin havia ficado fora por razões desconhecidas e Ben Barnes fora escalado para seu lugar.

A produção teve início em 19 de março de 2.012, em Vancouver, Canadá. Em fevereiro de 2.013, a Legendary Pictures concordou em investir 5 milhões de dólares no falido estúdio de efeitos especiais Rhythm and Hues studios para que pudessem concluir seu trabalho em The Seventh Son.

Lançamento:

Seventh Son mudou várias vezes a data de lançamento. Estava programado para ser lançado originalmente em 22 de fevereiro de 2.013, mas foi adiado para 18 de outubro de 2.013, para que a pós-produção pudesse ser concluída. Depois foi adiado novamente para 18 de outubro de 2.013 e para 17 de janeiro de 2.014, devido a produtora do filme, Legendary Pictures, ter se separado da Warner Bros, que iria distribuir o filme.

Em 15 de agosto de 2.013, foi anunciado que a Legendary Pictures havia vendido os direitos de distribuição para sua nova parceira, Universal Pictures, que estabeleceu a data de lançamento em 17 de janeiro de 2.014. O filme está agora em TBA e a Universal Pctures e a Legendary procurando a melhor data para o lançamento.

Música:

AR Rahman fora anunciado para, ao lado de Tuomas Kantelinen, compor a trilha sonora do filme. No entanto, em julho de 2.013, ele deixou o projeto por dificuldades de agendamento.

Ficha técnica:

Dirigido por Sergei Bodrov

Produzido por:

Basil Iwanyk

Thomas Tull

Lionel Wigram

Escrito por:

Matt Greenberg

Chuck Leavitt

Max Borenstein

Baseado:

Aprendiz de Feiticeiro

De Joseph Delaney

Estrelando:

Ben Barnes

Jeff Bridges

Julianne Moore

Alicia Vikander

Kit Harington

Djimon Hounsou

Antje Traue

Música de Tuomas Kantelinen

Cinematografia – Newton Thomas Sigel

Edição por Paul Rubell

Estúdio – Legendary Pictures

Distribuído por Universal Pictures

Data de lançamento(s)

País:

Estados Unidos

Canadá

Reino Unido

Rússia

Linguagem – Inglês

Fonte: Wikipedia

A menina que roubava livros

Map to the Stars

Before I Go to Sleep

Planeta dos macacos 2.014

300 – Rise of an Empire

X-men – Dias de um futuro esquecido

Robocop 2.014

Mad Max 4

Sin City 2 – Dame to Kill For

Avatar 2 – Notícias

novembro 21, 2013 Posted by | Cinema | , , , , , , , , | 41 Comentários

A menina que roubava livros

a menina que roubava livros

The Book Thief

The Book Thief, A Menina que Roubava Livros é um filme americano de 2.013, um drama, baseado no romance de mesmo nome de Markus Zusak, dirigido por Brian Percival e com roteiro de Michael Petroni, com trilha sonora de John Williams. O filme é estrelado por Emily Watson, Geoffrey Rush, Sophie Nelisse, Ben Schnetzer, Nico Liersch, e Joachim Paul Assböck.

O filme conta a história da jovem Liesel Meminger (Sophie Nelisse). Depois que ela descobre seu primeiro livro ao lado do túmulo de seu irmão, ela é enviada para seus pais adotivos Hans (Geoffrey Rush) e Rosa (Emily Watson). Enquanto no conforto do lar de seus novos pais adotivos, a Segunda Guerra Mundial eclode e Rosa e Hans abrigam um refugiado judeu chamado Max (Ben Schnetzer).

Elenco:

Sophie Nelisse como Liesel Meminger

Geoffrey Rush como Hans Hubermann

Emily Watson como Rosa Hubermann

Ben Schnetzer como Max Vandenburg

Nico Liersch como Rudy Steiner

Joachim Paul Assböck como SS oficial

Sandra Nedeleff como Sarah

Hildegard Schroedter como Frau Becker

Rafael Gareisen como Walter Kugler

Gotthard Lange como Gravedigger

Godehard Giese como o policial no trem

Roger Allam como Death

Barbara Auer como Ilsa Hermann

Produção:

A busca por uma atriz para interpretar o personagem principal do livro “The Thief Book”, Liesel Meminger, ocorreu em todo o mundo. Em 04 de fevereiro de 2013, foi anunciado que a atriz franco-canadense Sophie Nélisse fora escalada para o papel, com Geoffrey Rush e Emily Watson já definidos para interpretar os pais adotivos de Meminger.

O filme começou no início de março de 2013, no Estúdio Babelsberg em Potsdam – Babelsberg, Alemanha. O primeiro trailer foi lançado em 21 de agosto.

Markus Zusak, autor do livro no qual o filme é baseado, confirmou em seu blog que o filme seria narrado pelo personagem “Death”, como estava no romance. Fãs teorizaram que a morte (Death) poderia ser narrada pelo ator norte-americano desconhecido que atuara no trailer oficial. Em seguida, foi anunciado que o ator Roger Allam, de “Game of Thrones”, seria a morte (Death) no filme.

Música

A música do filme foi composta por John Williams , e o álbum da trilha sonora seria lançado pela Sony Classical. O álbum será lançado nos Estados Unidos em 19 de novembro de 2013.

A Menina que Roubava Livros é o primeiro trabalho de Willians desde 2005, em um filme não dirigido por Steven Spielberg.

Lançamento

Programado para ser lançado em todo o país em 17 de janeiro de 2014, A Menina que Roubava Livros, The Book Thief, teria o lançamento adiantado, para 8 novembro de 2013, para competir ao prêmio na temporada de 2013-14.

O filme estreou no Mill Valley Film Festival, em 03 de outubro de 2013, e foi exibido no Festival de Cinema de Savannah, em 29 de outubro de 2013.

Introdução do Livro:

Ao chegar na casa de seus pais adotivos, Hans Hubermann e sua esposa Rosa, Liesel tem dificuldade para se adaptar. Ela é assombrada por pesadelos com sua mãe e seu irmão mortos. Ela finalmente desenvolve um vínculo com Hans, que vem até ela todas as noites e fica com ela até que ela possa adormecer de novo, Hans, ao perceber u livro debaixo do colchão de Liesel, decide tirar proveito das horas sem dormir, ele passa com Liesel cada noite para ensiná-la a ler e escrever. Rosa Hubermann, cuja personalidade é muito mais rígida do que Hans Liesel segue seu próprio caminho para ter a sua ajuda com seu trabalho de lavagem e entrega de roupa para outras famílias. Pouco tempo após o início da II Guerra Mundial, Rosa torna o trabalho de Liesel para pegar e entregar a roupa na esperança de que os clientes sintam se culpados por dizer a uma criança que não pode dar ao luxo de recorrer a serviços de sua mãe por mais tempo.

Fonte: Wikipedia

Map to the Stars

Before I Go to Sleep

Planeta dos macacos 2.014

300 – Rise of an Empire

X-men – Dias de um futuro esquecido

Robocop 2.014

Mad Max 4

Sin City 2 – Dame to Kill For

Avatar 2 – Notícias

novembro 13, 2013 Posted by | Cinema | , , , , | 43 Comentários

Maps to the stars

filme de Cronenberg

Maps to the Stars

Map to the Stars é o novo filme dirigido por David Cronenberg e estrelado por Julianne Moore, John Cusack, Robert Pattinson, Mia Wasikowska e Sarah Gadon. O roteiro foi escrito por Bruce Wagner, que escreveu um livro mais tarde, estrelas mortas, com base no script do filme, depois de os planos para fazer o filme com Cronenberg ter sido adiado pela primeira vez.

Esta é a segunda parceria consecutiva entre Cronenberg e Robert Pattinson (depois de Cosmopolis) e marca a terceira parceria entre Cronenberg e a Prospero Pictures, que já havia trabalhado em A Dangerous Method e Cosmopolis. Este é também o terceiro filme de Cronenberg com a atriz canadense Sarah Gadon. É o primeiro filme de Cronenberg rodado no Estados Unidos.

O filme gira em torno de duas crianças, ex-celebridades e ex-prodígios. Discute a relação da indústria de entretenimento com a civilização ocidental.

O filme conta a vida da família Weiss, uma dinastia em Hollywood, onde Dr. Stafford Weiss é um psicoterapeuta, que ganhou muito dinheiro com seus livros e manuais de auto-ajuda, sua esposa Cristina administra a carreira de seu filho de 13 anos, Benjie, que recentemente saiu de um programa de reabilitação de drogas, onde havia entrado com a idade de 9 anos e de sua filha Agatha, que foi recentemente parar em um sanatório, onde ela foi internada para o tratamento de piromania criminal. Depois de sua libertação do sanatório, ela faz amizade com um motorista de limusine e também aspirante a ator, Jerome Fontana.

Havana Segrand é uma atriz e uma das clientes de Stafford, tem um novo assistente exclusivo. Ela quer filmar um remake do filme de 1960, estrelado por sua mãe, Clarice, que a tornou famosa. Sua mãe está morta há algum tempo, enquanto as visões de seu fantasma assombram Havana.

Elenco:

Julianne Moore como Havana Segrand

John Cusack como o Dr. Stafford Weiss

Robert Pattinson como Jerome Fontana

Mia Wasikowska como Agatha Weiss

Carrie Fisher como ela mesma

Olivia Williams como Cristina Weiss

Sarah Gadon como Clarice Taggart

Evan Bird como Benjie Weiss

Ari Cohen como Jeb Berg

Emilia McCarthy como Kayla

Jayne Heitmeyer como Azita Wachtel

Niamh Wilson como Sam

Amanda Brugel como Victoria

Justin Kelly como Rhett

Joe Pingue como Arnold

Kiara Glasco como Cammy

Jonathan Watton como Sterl Carruth

Clara Pasieka como Gretchen

Donald Burda como Hank

Christian Lloyd como Stu

George Dawe como Jake Adams

Jennifer Gibson como Starla Gent

Chris Anton como Massagista Rusty

Produção:

O projeto para filme venceu as dificuldades financeiras e ficou em desenvolvimento por cerca de 6 anos. Durante a promoção de “Cosmopolis” em maio de 2012, em Cannes, David Cronenberg disse que “Não é só um filme que vamos para assistir. Temos um roteiro que eu amo e que Bruce escreveu, é um filme muito difícil de ser feito, assim como foi ‘Cosmopolis’. Se eu não puder fazer este filme bem feito, pelo menos eu tentei. Há cinco anos, eu não poderia tê-lo feito, então é possível que eu ainda não pudesse ser capaz de tê-lo feito agora”. Ele também acrescenta que “Maps to the Stars é muito extremista. Não é, obviamente, um filme muito comercial, e até mesmo como um filme independente é difícil de ser assimilado. “Maps to the Stars’ é completamente diferente de ‘Cosmopolis’, mas é muito mordaz e satírico, é difícil de vender”.

Falando sobre o roteiro, Cronenberg revelou que “É uma espécie de sátira de Hollywood. É muito típico da obra de Bruce Wagner. E é como um resumo da essência do pensamento de Bruce. E, enquanto satírico, também é muito forte, emocional, perspicaz e engraçado. Pode-se dizer que é um filme sobre Hollywood porque os personagens são agentes, atores e gestores, mas não é uma sátira como O Jogador”.

Martin Katz, um dos produtores do filme, descreveu-o como a “comédia absurda sobre o negócio do entretenimento”.

Produção:

Viggo Mortensen e Rachel Weisz foram inicialmente cotados, mas ficaram fora devido a dificuldades na agenda. Eles foram mais tarde substituídos por John Cusack e Julianne Moore. É a segunda colaboração entre Robert Pattinson e David Cronenberg depois de Cosmopolis.

Em 8 de maio de 2013, foi confirmado que Mia Wasikowska, Olivia Williams, Sarah Gadon e Evan Bird haviam se juntado ao elenco. Carrie Fisher juntou-se ao elenco em 9 de julho de 2013. A participação de Emilia McCarthy, Jayne Heitmeyer, e Justin Kelly foi anunciada em 15 de julho de 2013.

Pré produção:

A produção começou filmar em Julho de 2013. É a primeira vez Cronenberg roda um filme nos Estados Unidos, ele disse que esta seria “a primeira vez que eu tiro o pé para filmar nos Estados Unidos. É estranho, apenas por causa da maneira como os acordos de co-produção de trabalho, eu tive filmes foram produzidos nos EUA como ‘Cosmopolis’ ou ‘The Dead Zone’ (A Hora da Zona Morta), eu nunca filmei eles nos Estados Unidos. Esta será a primeira vez. E eu estou realmente animado por isso”. Ele ainda acrescentou que ‘Maps to the Stars’é uma história de LA, e eu realmente senti que seria algo que eu não poderia criar em Toronto, ao passo que a estrutura de ‘Cosmopolis’ me permitiu criar Nova York, em um estúdio em Toronto.

Moore, que tingiu o cabelo de loiro vermelho para interpretar Havana Segrand, disse em maio 2013, numa entrevista sobre o filme, que “Não é apenas sobre a cultura da celebridade, mas a busca da fama a qualquer custo”. Ela também acrescentou que “há uma estranha desconexão que a cultura da celebridade impõe e eu não sei como chegamos lá. Sinto-me como se tivesse acontecido muito rapidamente também, porque quando eu comecei como atriz, não era bem a mesma coisa.”

As filmagens:

A fotografia começou em 08 de julho de 2013, em Toronto, Canadá, e continuou até 12 de agosto de 2013. A maior parte das filmagens ocorreram em Toronto, e muitos dos locais interiores, no filme, foram filmados na Avenue Oriental Side Cinespace, Ontário, Toronto. Em 19 de julho, algumas cenas foram filmadas em torno do jantar no Queen Street em Leslieville, Ontário. Algumas cenas adicionais também foram filmadas em Montreal e Quebec, no Canadá.

Após a agenda de Toronto, as filmagens mudaram-se para Los Angeles, Califórnia. A maior parte das filmagens foram ao ar livre, algumas filmagens ocorreram em alguns locais de referência. Em 17 de agosto, as filmagens ocorreram no centro de Union Station, Los Angeles, com Pattinson e Wasikowska, e nos dias 18 e 19 agosto, as cenas foram filmadas em Rodeo Drive e The Beverly Hilton, Beverly Hills, LA, algumas cenas também foram filmadas em Hollywood, na Walk of Fame, calçada da fama, Hollywood Boulevard e Runyon Canyon, perto de Mulholland Drive, em 20 de agosto, e no Park Way Beverly Hills, LA, em 21 de agosto. Cronenberg chegou a Hollywood para uma cena, em 20 de agosto, usando luzes HMI 4K. Ele disse que “Não é diferente de um foco de luz a partir de um helicóptero”. Filmou em 22 de agosto de 2013 em Los Angeles.

Pós-produção:

Eone apresentou o filme, com seus outros filmes em estado de pós-produção, em 2013, no Toronto Film Festival. Também teve a presença de Moore e Gadon no lançamento.

Marketing:

Em 16 de julho de 2013, foi divulgada a primeira imagem de John Cusack no filme, e outra imagem de Cusack, Olivia Williams e David Cronenberg, se preparando para a cena, foram liberadas. Eone apresentou a primeira imagem do filme em 2013, no Locarno Internacional Festival de Cinema. As imagens de Kiara Glasco e Evan Bird no filme, foram apresentadas em 22 de setembro de 2013. [2]

O filme foi incluído em várias listas de filmes mais esperados de 2013 e 2014.

Os “50 filmes indie” que queremos ver em 2013 por indieWIRE.

No número 8 no Top 100 dos filmes mais esperados de 2014, lista da IonCinema.

25 filmes aguardados para 2013 por Filmbalaya.

No número 3 do Top 50, filmes mais esperados da JigSaw de 2013, lista por Jig Saw Lounge do Reino Unido.

No número 14 do Top 50 dos mais aguardados filmes de 2013, listados por filme Mezzanine.

Filmes mais esperados de 2013, por Cinemablographer.

Dirigido por David Cronenberg

Produzido por:

Saïd Ben Saïd

Martin Katz

Michel Merkt

Alfred Hürmer

Benedict Carver

Renee Tab

Joseph Boccia

Roteiro de Bruce Wagner

Estrelando

Julianne Moore

John Cusack

Robert Pattinson

Mia Wasikowska

Música de Howard Shore

Cinematografia Peter Suschitzky

Edição por Ronald Sanders

Estúdio Film Integral

Prospero Pictures

SBS Productions

Entretenimento Sentient

Revival 629

Distribuído por:

Entertainment One

Future Film

Cineart

Tempo de duração 95 minutos

Países:

Canadá

EUA

Linguagem Inglês

Orçamento $ 15,000.000 dólares

Fonte: Wikipedia

Planeta dos macacos 2.014

300 – Rise of an Empire

X-men – Dias de um futuro esquecido

Robocop 2.014

Mad Max 4

Sin City 2 – Dame to Kill For

Avatar 2 – Notícias

novembro 6, 2013 Posted by | Cinema | , , , , , | 43 Comentários

300 – Rise of an Empire

Rise of an Empire

Rise of an Empire

300: Rise of an Empire é o novo filme da franquia “300”, dirigido por Noam Murro.

Trata-se da continuação do filme “300” de 2.006, que acontece antes, durante e após os eventos do filme. O elenco inclui: Sullivan Stapleton, Eva Green, Callan Mulvey, Hans Matheson e Jack O’Connell. O elenco conta ainda com: Lena Headey, Rodrigo Santoro e David Wenhan, repetindo seus papéis do primeiro filme.

O filme está programado para ser lançado em 3D em 07 março de 2.014. O compositor do filme é Junkie XL.

O filme gira em torno de Themistocles e Artemisia I de Caria, bem como Xerxes I da Pérsia. A Batalha de Artemisio foi uma batalha simltânea a Batalha de Termópilas, travada entre uma aliança de cidades-estados gregas e o Império-Persa, em setembro de 480 AC, no estreito entre o continente e o extremo norte da ilha de Eubeia (Eubeia moderna).

A história também está relacionada a Batalha de Salamina, na qual Artemísia desempenhou um papel importante, bem como, possivelmente, a Batalha de Maratona.

A Batalha de Salamina (casa do mítico herói Ajax) foi travada após o Império Persa ter avançado para o sul da Grécia e ocupar Atenas.

O Filme também irá cobrir alguns dos bastidores de Xerxes, e vai explicar como ele se tornou o “deus-rei”.

Elenco:

Sullivan Stapleton como Themistocles

Eva Green como Artemisia

Rodrigo Santoro como o rei Xerxes, Aquemênida Rei da Pérsia.

Lena Headey como Rainha Gorgo de Esparta

Hans Matheson como Aeskylos

Callan Mulvey como Scyllias

Andrew Tiernan como Ephialtes

David Wenham como Dilios

Jack O’Connell como Calisto

Yigal Naor como Dario I

Andrew Pleavin como Daxos

Produção:

Em Junho de 2.008, os produtores Gianne Nunnari, Mark Canton e Bernie Goldmann revelou que começara trabalhar em uma sequência de 300. A Legendary Pictures anunciou que Frank Miller, que escrevera o livro em quadrinhos, em 1.998, história na qual o filme é baseado, estava escrevendo a continuação e Zacky Snyder, co-roteirista e diretor de 300, estaria interessado em dirigir a adaptação mas, em vez disso, optou por desenvolver e dirigir Superman – Man of Steel.

Noam Murro assinou como diretor, enquanto Snyder está confirmado na produção.

O filme está centrado no líder grego Themistokles, interpretado pelo ator australiano Sullivan Stapleton.

Durante a pré-produção, o filme recebeu o título de “300 – Battle of Artemisium”, chamado por alguns de “Battle of Artemisia”, o filme foi renomeado de “300 – Rise of an Empire”, em setembro de 2.012.

As filmagens começaram no início de julho de 2.012, nos estúdios Nu Boyana Film, em Sofia, Bulgária.

Em 10 de maior de 2.013, foi anunciada a data de lançamento do filme, adiado para período entre 20 de agosto de 2.013 até 07 de Março 2.014.

Ficha técnica:

Dirigido por Noam Murro

Produzido por Gianni Nunnari, Mark Canton, Zack Snyder, Deborah Snyder e Bernie Goldmann

Roteiro de Zack Snyder e Kurt Johnstad

Baseado em “Xerxes” por Frank Miller

Estrelando:

Sullivan Stapleton, Eva Green, Lena Headey, Hans Matheson e Rodrigo Santoro

Música de Tom Holkenborg

Cinematografia de Simon Duggan

Edição por Wyatt Smith, David Brenner

Estúdio: Legendary Pictures, Studios Virtual, Cruel and Unusual Films, Atmosfera Pictures e Hollywood Gang Productions

Distribuído por Warner Bros Pictures

Data de lançamento(s)

7 de março de 2014

País – Estados Unidos

Língua – Inglês

Fonte: Wikipedia

Avatar 2

X-men – Dias de um futuro esquecido

Robocop 2.014

Mad Max 4

Sin City 2 – Dame to Kill For

Avatar 2 – Notícias

outubro 29, 2013 Posted by | Cinema | , , , | 46 Comentários

Avatar 2 – Notícias

Segundo Avatar

Notícias de Avatar 2

O filme será trabalhado em torno dos oceanos de Pandora, e tentará resolver os problemas ambientais associados ao tema, apesar de o produtor Jon Landau já ter adiantado que o filme não focará apenas isso: “A preocupação com os oceanos será parte do filme, mas não englobará todo o seu contexto. Tem havido uma série de boatos de que o filme será embaixo da água, mas não é verdade. Assim como as montanhas flutuantes, e a interação do Na’vi’s com as montanhas, foi uma parte de Avatar, ocorrerá um trabalho parecido.

Sam Worthington e Zoe Saldana repetirão seu papel como Jake Sully e Neytiri na nova saga. Sigourney Weaver também voltará.

Avatar 2 terá uma história independente que será parte de uma história maior. O filme continuará explorando Pandora, com algum foco nos Oceanos. A história terá uma resolução.

Cameron escreveu seu próprio filme e tem intenção de começar a filmar no início de 2.014.

Cameron pensa em filmar numa resolução acima do padrão, provavelmente 60 quadros por segundo, diferente do padrão de 24.

O filme havia sido previsto para ser lançado em 2.014, mas foi adiado e não poderá ser lançado antes de 2.015.

Relembrando: Participavam também do filme: Stephen Lang, Michelle Rodrigues e Sigourney Weaver.

Foi fimado em três estúdios:

Lightstorm Entertainment

Dune Entretenimento

Engenhosas Film Partners

Distribuído pela 20th Century Fox e entrou para lista das maiores bilheterias do cinema.

O filme foi ambientado no século 22, quando os seres humanos estão explorando um mineral precioso chamado unoblanium em Pandora, uma exuberante lua habitável do sistema estelar Alpha Centauri. A expansão da colônia de mineração ameaça a existência de uma tribo local Na’vi – espécie humanoide de nativos de Pandora.

O título do filme faz referência a união genética de um corpo Na’vi com a mente de um ser humano, localizado remotamente, usado para interagir com os nativos de Pandora.

Um dos grandes desafios é proteger esses avatares das ameaças que rondam Pandora e seus nativos.

Fonte: Wikipedia

X-men – Dias de um futuro esquecido

Robocop 2.014

Mad Max 4

outubro 23, 2013 Posted by | Cinema | , , , , , | 46 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: