Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Melhores filmes de fantasmas

história de fantasma

Filmes de Fantasma

O cinema é o melhor canal para se provar que fantasmas existem, se é verdade que hoje já não há mais as reuniões em redor de fogueiras, ainda temos os filmes de terror para tornar nossos medos públicos.

Apesar de ninguém assumir esses medos, dizendo não acreditar, parece que todos gostam de fingir que acreditam, só isso poderia explicar o sucesso desses filmes que apavoram mas atraem ao mesmo tempo.

Essa negação de nossa própria natureza, também é explorada pelo cinema fantástico.

Ao longo dos tempos, as pessoas fugiram dos campos e se distanciaram do terror da Idade Média, sepultando de vez muitas verdades inconfessáveis comuns naquela época.

Agora, o cinema ameaça recontar as velhas histórias da carochinha em suas versões originais. Na nova Idade Média, as pessoas querem saber da verdade, mesmo que seja apenas uma verdade fictícia.

Além das velhas e bizarras histórias da Idade Média, a lista abaixo mostra também o nosso presente, que parece dar continuidade aquela época da escuridão, mas com visão muito mais moderna, esclarecida, psicológica, como é o caso de filmes como “O clube da Luta”.

Veja uma pequena amostra de grandes clássicos do cinema, e que deverão servir de base para as novas produções.

01) Poltergeist – Apesar de eu não ser assim tão fã das produções de Spielberg, devo confessar que ele escolheu um diretor que eu gosto muito, para dirigir Poltergeist.

O argumento é muito criativo ao utilizar a TV como um portal para outra dimensão. Nada mais oportuno para uma época em que as TVs ainda apresentavam uma péssima transmissão e os fantasmas na tela eram muito comuns.

02) O grito – O Japão conseguiu transpor a tradição para os grandes centros urbanos, e com eles vieram também as criaturas das trevas e seres do outro mundo. Não há a menor dúvida, é preciso acreditar para ver o que realmente acontece nas sombras.

O filme é tecnicamente perfeito e mostra um terror moderno, baseado no antigo terror tradicional.

Nesse filme, depressão, tédio, sentimento de culpa e todos os problemas psicológicos vem de uma moradia onde ocorreram homicídios, criando uma maldição e uma série de mortes inexplicáveis.

03) O Iluminado – Stanley Kubrick sempre teve bom gosto na escolha dos livros que pretendia filmar, melhor para Stephen King, que ficou ainda mais conhecido com essa obra que rompe as fronteiras entre os vivos e os mortos, sem deixar bem claro o que está acontecendo, e sem pena dos espectadores mais sensíveis.

Uma família vai cuidar de um hotel, em época de férias, onde um homem já havia enlouquecido. Jack Nicholson está perfeito no papel do zelador que enlouquece, mas quem assiste a tudo é o seu filho, que ainda é quase um bebê.

04) A Espinha do Diabo – Os grandes escritores costumam conhecer o ambiente de suas histórias, alguns deles se influenciam e são dominados pelas suas inspirações.

De Certo modo, não há diferenças entre um grande contador de histórias e uma pessoa comum, a não ser a sua capacidade de escrita.

Num colégio interno muito pobre – ou seria um orfanato? – em meio ao deserto, muitos mistérios rondam aquele lugar, entre eles, a história de um menino que morreu afogado no poço de água.

A história do menino morto não assusta tanto as crianças quando os professores e diretor do colégio.

Acontece que dentro de um vidro, algo muito misterioso é mantido, com o nome sugestivo de espinha do diabo, motivo suficiente para manter as crianças nos eixos.

O final do filme pode ser considerado um dos dez melhores que já vi no cinema.

05) Ghost – Mostra uma visão bem diferente dos terríveis fantasmas, argumenta que o amor pode sobreviver após a morte.

Uma das maiores bilheterias de todos os tempos, Ghost mostra a história de um homem que é assassinado e volta para desvendar o crime.

Dirigido por um especialista em humor, não espanta o lado cômico da trama, e muito menos o amor entre uma mulher e um fantasma.

06) A Hora do Pesadelo – Mostra o jeito novo como as pessoas gostam de curtir o cinema de horror, principalmente os adolescentes.

A história aproveita o medo infanto-juvenil dos pesadelos para mostrar um fantasma bem ao estilo punk, que gosta de torturar adolescente antes do grande final.

Foi uma das dez séries de cinema que mais faturou, imortalizando o personagem Freddy krueger.

Para quem vive em cidades grandes e convive com o perigo do dia a dia, esse pode ser um filme chato, mas para quem não está acostumado com terror…

07) Clube da Luta – Sabem quando eu falei em terror moderno? Era desse tipo de filme que eu estava falando.

Um cara que vive aterrorizado por uma realidade muito dura, uma espécie de organização secreta que se reúne para fazer o que mais gostam destruir tudo.

Vale pelo final.

08) Abre los Ojos – Vanilla Sky, Perdido na Escuridão, Abra os Olhos, grandes títulos para uma grande história que desde o livro até a refilmagem, produzida por Tom Cruise, daria para escrever uma outra história.

Esse filme conta a história de um homem que sofreu um acidente, ficando com o rosto totalmente deformado. Rico e boa pinta, o bilionário não consegue conviver com a nova realidade, enlouquecendo aos poucos até perder a vontade de viver.

Esses filmes e livros, apresentam a história perfeita, onde o autor mostra habilidade incomum em misturar tudo, suspense, policial, ficção científica, terror, biotecnologia, thriller psicológico e até fantasmas, com começo, meio e fim absolutamente geniais.

09) História de Fantasmas – Em uma história de fantasmas à moda antiga, nada melhor que reunir antigos atores do cinema.

Uma jovem é morta, acidentalmente ou não, e o fantasma da jovem volta para aterrorizar os, outrora jovens, envolvidos em sua morte. Um descendente de um deles protagoniza horrorizado a toda a trama, descobrindo que o terror é uma verdade obscura que vem à tona.

10) Sexto Sentido – Essa é uma história que eu considero um terror moderno, e eu já assisti muitos filmes da década de sessenta, assim.

Um menino avisa ao psiquiatra, interpretado por Bruce Willis, “eu vejo fantasma”, e o psiquiatra tem de tratar o menino e convencê-lo de que os fantasmas não existem – Será que não existem mesmo?

… e o psiquiatra embarca numa história assustadora e com final surpreendente, pelo menos para o médico.

By Jânio

Filmes de Ficção Científica

Melhores filmes com pessoas paranormais

Top Musicais

Melhores filmes de viagem no tempo

Filmes mais polêmicos da história

dezembro 10, 2011 - Posted by | Cinema | , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: