Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Media revelations: NYT editor admits YouTube content manipulations

outubro 13, 2017 Posted by | english | , , , | Deixe um comentário

Julgamento do impeachment – Terceiro dia

agosto 27, 2016 Posted by | Política | , , , , | Deixe um comentário

‘Hacker’ burla la seguridad de Youtube

primeiro filme comercial grátis

Aplicativo Revolucionário

Un ingenioso pirata informático registrado en YouTube como Thuy Pham ha logrado subir al popular portal de videos la película completa ‘Clueless’, de 1995, ocultándola como si fuera un video de 360 grados, burlando de esa forma por las medidas de seguridad del sitio, informaQuartz. La web de videos tiene un software denominado Content ID que compara el material alojado en sus servidores con las imágenes con derechos de autor registradas en su base de datos.

Si se activa el video, se ve cómo arranca la película, protagonizada por la actriz Alicia Silverstone, pero, si se mueve el video, la pantalla se curva y aparece dentro de lo que parece ser una especie de estudio de baile, con tres mujeres fuera de la película.

YouTube ha eliminado este video, aunque no así la película de 2010 ‘The Last Song’, también subida por Pham de la misma forma.

RT-TV

Artículo en português

julho 2, 2016 Posted by | Espanhol | , , , , , , | Deixe um comentário

Youtube Red provoca reações na internet

erros da Google

Estratégias da Google

O lançamento do Youtube Red já era esperado por todas as pessoas que entendem de estratégias corporativas, mesmo assim, muita gente continuou investindo pesado seu tempo e dinheiro na criação de vídeos para o site.

Eu achei irônico um site que sempre ofereceu serviço de qualidade gratuitamente, quebrando possíveis concorrentes, provocar polêmica justamente entre as empresas comerciais. Nem o comunicado da Google, afirmando que a demanda por um sistema sem anúncios era muito grande, acalmou os ânimos.

Muita gente ficou rica com seus canais de vídeos no Youtube, até as grandes empresas já haviam aderido, mas agora receberam o comunicado que devem utilizar o canal pago, caso não queiram que o acesso aos vídeos gratuitos seja bloqueado. A razão é que o canal pago, apesar de ser o preço padrão para países como o Brasil, dez dólares, poderia ficar sem os vídeos das grandes empresas ou pessoas, então, quem iria pagar para  ver poucos vídeos, apesar de estar sem anúncios.

Como os produtores de vídeos vivem dos anúncios do site gratuito, enquanto a Google precisa desses vídeos no site pago, apesar de não ter anúncios, a saída foi essa, exigir autorização para que os vídeos sejam oferecidos das duas formas, ou seja, com anúncios e sem anúncios.

Sobrou para as grandes corporações como a FIFA que vende os direitos para a TV e não poderia participar desse tipo de sistema, assim como suas parceiras, as TVs. Entretanto, a polêmica entre os milionários produtores de vídeo foi ainda maior, alguns, com milhões de seguidores, terão de ceder seus vídeos para o Youtube pago, que não possui anúncios. A situação fica ainda pior se a gente pensar no futuro do streaming, já que todos seguem o padrão Google e, caso o sistema pago dê certo, o sistema gratuito seria inevitavelmente retirado da rede.

Se você tem milhares vídeos publicados em diversos sites pela internet, corre o risco de ver seus vlogs sem conteúdo algum, a não ser que concorde com os termos da Google, lembrando da opinião do Jacques a respeito das decisões unilaterais de grandes portais que poderiam inviabilizar grandes projetos.

Eu sempre disse que o fato de a Google estar oferecendo apenas serviços gratuitos no passado, não significava que fosse uma ONG, a Google é e sempre foi uma empresa comercial que visa lucro, muito lucro, eu diria.

A Google tornou-se muito conhecida por ser a primeira grande empresa a investir em conteúdo gratuito e ainda ganhar dinheiro com isso. Muita gente perguntava como o Youtube ganhava dinheiro, antes dos anúncios, apesar das ações da empresa estarem disparando nas bolsas. As doações para a Mozilla, antes do lançamento de seu próprio navegador, Chrome, decepcionou muitos blogueiros, mas nada comparado com o dia em que os blogs foram banidos dos buscadores. Quem tinha domínio próprio continuou com reputação, mas os subdomínios…

O surgimento do ponto blog animou a blogosfera, parecia que os blogs iriam ganhar um universo só deles, mas quando os blogs foram banidos para uma seção insignificante das buscas, ficou claro que não era bem assim. Isso bastou para que os blogueiros migrassem todos para o Facebook, abandonando de vez a filosofia Google.

A Google tem essa mania de criar contratos unilaterais, normalmente dava certo, quando eles queriam crescer e se preocupavam muito com os usuários, mas não é o que está acontecendo agora. Por exemplo, outro dia eu recebi uma mensagem: “veja as últimas pesquisas que você já fez, não se preocupe, os resultados são privados” – Privados para quem? Isso foi o que eu pensei. Para alguns recursos, fica claro que não há demanda popular, o que deixa a impressão que seria útil apenas para utilização institucional, ou seja, invasão de privacidade, por mais que se diga o contrário.

Desde o início da Google, eu alertei para o perigo do monopólio na internet, prova disso foi a quebra da MTV, cujos vídeos eram exibidos gratuitamente no Youtube. A Google tentava competir com ferramentas populares, quando não conseguia vencer, comprava esses sites, foi isso o que aconteceu com o Orkut, youtube, Blogspot, etc. A Google também tentou brigar com a Wikipedia, mas não conseguiu vencer, resultado: aliou-se ao sistema Wikipedia, passando a exibir seus resultados. O que parece ser uma caridade, pode se tornar um golpe, na medida em que a quantidade de usuários aumenta exponencialmente, sem que hajam recursos financeiros para financiar todo esse tráfego, e é esse problema que a Wikipedia tem enfrentado ultimamente, já que não tem fins lucrativos e nem formas de captar recursos que não sejam doações.

A boa notícia é que a concorrência aumentou: A Netflix tem o valor similar a Google e TV Paga, além disso, na própria intenet há sites que, se não tem a tecnologia comparável a Google, podem competir em popularidade, principalmente os servidores de filmes pornôs que já estão dispondo filmes educacionais e softcore no gênero, mas nada impede que eles possam abrir espaço para os videos comerciais e amadores.

By Jânio

A importância do youtube

Youtube será pago

Youtubers que mais ganham dinheiro com vídeos

outubro 25, 2015 Posted by | google | , , , | Deixe um comentário

Youtube – 3.700 horas de videos históricos

Pathé News e YouTube se juntam para mostrar a coleção completa de filmes da agência de notícias britânica.

A agência de notícias britânica Pathé news assinou um acordo com o YouTube e postou vídeos de 85 mil filmes, a maioria em preto e branco, com uma duração total de 3500 horas. Estes filmes, que podem ser vistos livremente, sem qualquer autorização, foram registrados entre 1869 e 1976.

A coleção da agência, que cobre todos os aspectos da vida e da sociedade, está dividida em diferentes seções. A primeira mostra ocorrências trágicas filmadas pelos repórteres da Pathé. Há, por exemplo, vídeos do incêncio do dirigível Hindenburg, a bomba de Hiroshima e o choque aéreo contra o Empire State em 1945.

Outra seção inclui eventos históricos de importância mundial, como a abdicação do último czar russo, Nicolau II , a Batalha de “Somme” na Primeira Guerra Mundial ou a eleição de Hitler como chanceler alemão em 1933.

No canal da Pathé também pode ser visto películas de filmes sobre as mais importantes descobertas e conquistas técnicas do nosso século, como o primeiro vôo dos irmãos Wright, e imagens sobre raridades da ciência e tecnologia, como o primeiro reprodutor de áudio estéreo portátil dos anos 20.

A Pathé também mostra vídeos raros de celebridades e membros de famílias reais, reportagens, documentários sobre a vida selvagem, proezas e muitos aspectos que nos abrem uma janela para o passado.

Fonte: RT-TV

abril 19, 2014 Posted by | curiosidades | , , , | Deixe um comentário

Youtube será pago

videosPagos

Canais Pagos

A possibilidade de o Youtube não ser mais totalmente gratuito, está cada dia mais próximo, já que o site de vídeos da Google pretende oferecer assinaturas pagas para uma parte de seu conteúdo este ano.

Segundo o portal de referência, quando o assunto é marketing online, que cita fontes anônimas, o Youtube já contactou produtores de vídeo e pediu-lhes para apresentar propostas de canais pagos, os quais estariam disponíveis a partir do segundo trimestre do ano e teriam um valor que oscilaria entre 1 e 5 dólares mensais.

Assim, a plataforma levaria para a prática o projeto de acrescentar programas de qualidade profissional para seu arquivo de vídeos, que foi criado e tornou-se popular através de vídeos amadores, o que representa uma mudança em seu modelo de negócios, ao buscar empresas de mídia para conceder licenças para colocar seus programas e filmes na rede.

Além disso, o pagamento seria planejado para acesso ao entretenimento ao vivo, uma fórmula que provou ser eficaz desde que a banda de rock “U2” ofereceu um show ao vivo, pelo Youtube, em outubro de 2.009.

Como indica “AdAge”, a Google faz crer que os rumores poderiam ser verdade, por meio de um comunicado indicando que eles permaneceram mantendo conteúdos diferenciados que requerem diferentes tipos de pagamentos, sempre com o objetivo de que “os criadores tenham sucesso com a plataforma”.

Anteriormente, os diretores do principal buscador de vídeos indicaram que existia uma forte demanda entre certos produtores de vídeos do Youtube, como redes de videojogos, para oferecer programas com base em uma tarifa.

Fonte: RT-TV

Facebook cobrará 100 dólares

fevereiro 10, 2013 Posted by | internet | , , , , , | 2 Comentários

Censura da web já começou

Primeira Guerra Virtual

Primeira Guerra Virtual

Eu tenho uma péssima notícia para vocês: a censura já começou.

Os blogueiros sempre são muito sensíveis às mudanças na internet, por isso são os primeiros a notar.

Vocês podem notar a censura na internet quando encontra um filme, música ou livro, e descobre que está bloqueado.

Eu nem tenho do que reclamar, afinal, apesar de estar com menos da metade da audiência que eu tinha, melhorei no ranking dos blogs/sites, apesar de censura ser algo que dá calafrios e afeta até a alma.

Até a mega-corporação virtual, Google, especialista em serviços gratuitos e defesa dos internautas, cedeu. Isso já vinha sendo alertado pelas organizações não governamentais e era uma questão polêmica – apesar da censura ser antidemocrática, polêmica mesmo só entre as próprias corporações.

O Youtube passou a apresentar mensagens como “este arquivo possui direitos autorais”, um convite para o abandono à otimização, tags, o início de uma viagem para a Deepweb.

Quando falaram sobre um acordo que vinha sendo feito com o Rapidshare, eu imaginei que logo surgiriam novos discos virtuais dispostos a arriscar, embarcar nessa aventura, como de fato ocorreu, o que eu não imaginava era que o dono do Megaupload fosse ser preso.

O que aconteceu nos bastidores dessa trama, durante esse período, ninguém sabe. Como o Rapidshare fez acordo e o Megaupload foi desativado e seu fundador preso?

O fato é que a blogosfera perdeu muito de sua força no buscador da Google, pior, não há nenhuma alternativa, exceto sonhar com algum megainvestidor disposto a assumir o risco de encarar o corporativismo.

Essa é apenas a primeira batalha e era previsível o resultado, vamos ver o que vai acontecer agora.

De cara, eu posso imaginar que se esse movimento pro-censura continuar, muita gente vai abandonar a internet. Quem vai perder muito com isso serão as telefônicas, que verão seus clientes de banda larga minguando.

Talvez eu tenha errado minha previsão, em partes, mas pode ser que haja uma adaptação da internet.

Pelo que eu tenho acompanhado, além do Rapidshare, a Google e a Facebook também estavam aderindo ao acordo “anti-pirataria”. O termo pirataria foi contestado pela Megaupload, que alegou que o correto seria “compartilhamento” de arquivos.

Eu ainda não sei qual a posição da WordPress nisso tudo, mas o que eu sei é que desde o início a WordPress e Wikipedia foram contra a censura.

O fato é que as comunidades virtuais voltarão a ganhar força, exceto a Facebook, e novas plataformas de blogs deverão surgir, assim como discos virtuais. Novas corporações estarão mais próximas dos ambientes Deepweb, darknet e dark internet.

Pelo menos por enquanto, o corporativismo venceu.

By Jânio

Darknet – Filhos da revolução

Dark internet – internet obscura

Deepweb – Nas profundezas da internet

EUA estão preparando o armagedon

Sites de busca Deep Web

dezembro 18, 2012 Posted by | internet | , , , , , , , | 5 Comentários

Michel Teló ultrapassa cem milhões de acessos no Youtube

fenômeno mundial

Recorde do Youtube

Nós brasileiros, gostamos muito de falar e ouvir música estrangeira. Mas não é qualquer música estrangeira, não, música estrangeira boa tem de ser americana.

Os profissionais da área sempre criticaram essa mania brasileira, que não é só brasileira, atinge o mundo inteiro. Durante décadas os EUA mereceram esse destaque, por oferecerem algo que os brasileiros e boa parte do resto do mundo desconhecem, o sonho americano.

Se apenas a elite brasileira tem tempo e dinheiro para a cultura, dá para imaginar como funciona a divulgação da cultura no Brasil, não é mesmo?

Primeiro é preciso saber o que é cultura, para depois concluir que toda a nossa cultura é limitada a novelas, reis e rainhas, não dá para ser mais elitista que isso.

A música brasileira é variada e é uma pena que não seja mais engajada politicamente, ou socialmente mas, para quem gosta de boa música, dá até para escolher.

Muita gente tem torcido o nariz para a música sertaneja, todos os ritmos foram adotados na música popular, menos o sertanejo. O forró segue nessa linha, apenas o maluco beleza ousou misturar os rítmos forró com o rock, com sucesso.

A música sertaneja sempre foi popular e muito variada, apesar de pouco divulgada. Eu acompanho a música desde a década de 70 e observei de perto essa discriminação.

Primeiro foi Sérgio Reis, um cowboy perdido na cidade grande. Sérgio Reis fez alguns filmes, novelas e gravou muitas músicas de sucesso.

Sérgio Reis era uma excessão, até a chegada do novo sertanejo, ou new sertanejo, com vendas bem superiores ao popular tradicional, mas com pouca divulgação. Nem os filhos dos sertanejos gostam da ideia de serem vistos como caipiras.

O novo fenômeno da música popular veio do Paraná, mas mora no Mato Grosso e já foi citado até pela revista Forbes, especializada em ricos e artistas de sucesso. A notícia que Michel Teló foi mais acessado que “Born this Way” da Lady Gaga, não chegou a surpreender os seus fãs mas, para quem não acompanha o sucesso do cantor de perto, foi surpreendente sim.

Michel Teló ja vinha fazendo a cabeça da moçada no mundo inteiro, como temos visto na TV, através de jogadores de futebol e outros famosos que adoram o hit “Ai, Se Eu Te Pego”, mas a Lady Gaga tornou-se um fenômeno, inclusive com a ajuda de seus fãs brasileiros.

A marca de 100 milhões de acessos, alcançada por Michel Teló, não deixa a menor dúvida, o guri é bom barbaridade tchê!

Seu nome está agora, graças a internet, ao lado de fenômenos como Lady Gaga e Justin Bieber.

Viva o Youtube e viva Michel Teló, o novo representante do Brasil lá fora.

By Jânio

janeiro 13, 2012 Posted by | Música. | , , , , | 8 Comentários

Youtube investe 100 milhões na criação de TVs

TV digital

Netflux x Youtube

A Google tem planos ambiciosos para a tv digital, enquanto as redes de tvs brasileiras boicotam o processo de evolução e estruturação da comunicação digital no país, o desenvolvimento não para no resto do mundo.

Segundo o site da RT, estão incluídos no projeto da Google, pelo menos vinte canais de tvs, e a Google não é a única interessada nessa tecnologia.

A Tecnologia Ultra High Definition (UHD) já tem grande patrocinadores, além da Google na internet, a NHK e a BBC na TV, e até a Sony no cinema. A tecnologia 4k ainda está em desenvolvimento e a tecnologia 8k já entrou na lista dos desenvolvedores.

Duas empresas interessaram pela compressão dos arquivos, mais que isso, uniram-se – Enquanto no Brasil há boicotes para travar a tecnologia UHD, lá fora ocorre um processo inverso.

Serão de cinco a dez horas de programação, e a Google espera, com isso, tornar o Youtube muito mais profissional.

Como já dissemos antes, a Google já vem realizando experiências nessa área, com shows ao vivo.

A internet torna-se o ambiente ideal para tecnologias caríssimas, e é bom saber que a Google está envolvida nisso, já que a Google é a empresa especializada em serviços gratuitos.

Os executivos não quiseram se pronunciar, mas uma declaração do site foi divulgada no Wall Street Journal, revelando o entusiasmo do Grupo Google com o grande crescimento do site em 2.010, o que os motivou a melhorar o portal.

Os investimentos nos vinte canais digitais estão estipulados em cerca de 100 milhões de dólares, mais isso não é nada comparado com os mais de quinhentos milhões de faturamento do site em 2.010. A previsão de faturamento do site para esse ano, é de mais de 800 milhões de dólares, o que tornará o processo de evolução do site ainda mais acelerado.

Se a televisão mundial já vinha perdendo cerca de 50% de sua audiência para a internet, é melhor se preparar para a nova revolução.

A tecnologia 4k e 8k, podem tornar a google pioneira em TVs UHD, isso fará com que a audiência da internet se torne ainda maior, e de graça.

Tvs como a NHK e BBC, não tem estrutura para atingir todos os países, apenas o cinema poderia entrar de imediato nessa “concorrência”, já que é pago.

Eu acredito que o cinema (Sony), ainda não será o maior destaque, o destaque deverá ficar mesmo com a Google.

A Google sempre se manteve à distância do segmento de criação de conteúdo, mas o interesse de possíveis concorrentes, como a Netflix, Hulu e a incoporação da Amazon, foram os fatores que levaram a empresa a tomar a decisão definitiva.

Fonte: RT

Texto: By Jânio

abril 10, 2011 Posted by | internet | , , , , , , , , | 2 Comentários

Baixando videos do youtube para o computador.

Copie videos do youtube para seu computador

Copie videos do youtube para seu computador

youtube era um problema para mim, não que o sistema fosse ruim, pelo contrário, é fantástico, o único sistema que não será superado tão cedo, não por falta de concorrentes, isso tem de monte, é o fato de ter chegado mais cedo, foi o primeiro. Ainda tem o fato do Google, dono do site, ser especialista em busca, isso funciona no orkut, também da Google.
Então, você entra no Youtube, assiste um vídeo da Arca da Velha, não se encontra em nenhuma loja, nem camelô, mas o problema é que não tem como copiar o bendito vídeo. Sempre vi programas de conversão de vídeos na internet, alguns eram difíceis de usar, outros não eram confiáveis, sempre tive medo desses programas freeware.
Foi aí que eu encontrei em um blog o VDownloader, depois de muito pensar, decidi arriscar. Não é que ele é bom mesmo, além de converter o vídeo ele funciona em formato de navegador e funciona também como sistema de busca, precisa mais. Todos nós sabemos que o Youtube é especialista em clips, inclusive bandas que não fazem sucesso, perdendo apenas para o Myspace, em matéria de divulgação de bandas. Esse programa se revelou uma mão na roda, muito bom.
Ele funciona também com o Firewall do Windows ligado, o que diminui qualquer risco, principalmente invasão por javascript. O programa é freeware (gratuito) também, o que economiza uns trocadinhos.
Por enquanto só verifiquei a conversão em extensão .avi. O programa converte outros formatos também, mas eu prefiro esse aqui. Para mim já está oootimo!
O programa rastreia vídeos de vários sites como: Google Video, Metacafe, MySpace, DailyMotion, Yuvutu, etc.
O arquivo tem menos de 4Mb e é um dos programas mais fáceis de usar e instalar que eu já vi. Sua performance é insuperável.

Endereço para download http://baixaki.ig.com.br/download/VDownloader.htm

By Janio

junho 11, 2008 Posted by | downloads | , , , , , | 2 Comentários

A importância do Youtube na internet

Na internet, vídeo é Youtube.

Na internet, vídeo é Youtube.

Com o crescimento da web 2.0, muitas ferramentas novas começaram a fazer sucesso, Orkut, Fotolog, Myspace, Facebook e Wikipedia, só para citar alguns exemplos, mas nenhum sistema web 2.0 conseguiu se manter por tanto tempo, com tamanha força, como o Youtube, concorrência não faltou.
Hoje já são vários sites similares mas o Youtube continua firme e forte, bem diferente do fenômeno Orkut, que apesar de forte aqui no Brasil, perdeu seu impacto inicial. Na Argentina, por exemplo, o Myespace é o grande fenômeno em matéria de site de relacionamentos, mais forte que o Orkut.
Depois de tamanho sucesso do Youtube na internet, surgiram seus filhotes que ocupam o espaço mais hardcore desse mercado.
Mantenham as crianças longe deles, os filhotes do Youtube são capazes de fazer corar de vergonha até quem acha que já viu tudo em matéria de pornografia.

A força do site Youtube é tamanha que o maior canal de televisão do mundo, dedicado a música, pelo menos aqui no Brasil, abriu o bico, ou o sinal. Isso aconteceu porque, com a popularização dos videosclips no youtube, niguém mais precisava assistir o canal, resultado: A Sky, distribuidora do sinal da MTV, deixou de pagar os direitos, se uniu a Directv, outra distribuidora de sinais de tv paga, e a MTV não teve alternativa, abriu o sinal, passou a ser tv aberta.

Isso não resolveu o problema, então a MTV optou por criar seu próprio site, o grande problema, aqui, é que , quem sai na frente, dificilmente pode ser alcançado, esta é a lei da internet. Bill Gates cometeu este erro ao não comprar a Google antes dela crescer, a Google cometeu o mesmo erro ao não comprar a Twiter antes. Antes disso a Google havia comprado tudo, inclusive a Youtube.

Só o tempo dirá se a MTV entrará para a lista de fiascos famosos da internet, por outro lado, a Youtube, se fosse pagar indenização por todo conteúdo publicado sem licença, quebraria todas as economias do mundo juntas, só em indenizações, mas a Google tem poder, a Google pode, assim está tudo certo.

Olhem o caso da Daniela Cicarelli, com o Youtube no centro da polêmica, o namoradinho da gata era rico, segundo ela foi ele quem tirou o video do ar, depois que todos os maníacos de plantão já haviam baixado. Uma manifestação se formou em frente a MTV, olha ela de novo, opa, será que ela teve alguma coisa a ver com isso? – sim ou não, a própria emissora obrigou a modelo e apresentadora a se explicar em frente aos manifestantes: “Gente, eu não tive culpa, foi o meu namorado”.

Hoje, as principais instituições do mundo começaram a criar canais no site, evidentemente, não vai ser de graça, deixando uma péssima lição, a pirataria compensa … pensando bem, até que é bom.

junho 1, 2008 Posted by | internet | , , , , | 5 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: