Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

WordPress ou Blogspot – Para iniciantes

melhor desempenho

Melhor Plataforma

WORDPRESS – Como todos já devem ter percebido, estou reativando meu blogger, Buscando Mudanças/icommercepage. Muita gente estranhou o fato de o blog ter ficado tanto tempo sem atualização.

O motivo de o blogger ter ficado tanto tempo sem atualização deve-se, principalmente, à performance da plataforma WordPress. Essa plataforma otimiza os posts tão bem, que é difícil não se deixar seduzir por ela.

O estilo da equipe WordPress segue voltado aos iniciantes, principalmente aqui no Brasil. Botões automáticos para envio de artigos para a Twitter, por exemplo, facilitam muito a vida de seus blogueiros.

Antes, eu já era fã do painel de controle. Quando eles agregaram ao painel de controle, a ferramenta delicious, o painel administrativo ficou perfeito para quem deseja estudar SEO e SEM, otimização e marqueting de busca, respectivamente.

Eu me dou ao luxo de esnobar o Snap, uma ferramenta ótima para abrir pop-up nos links.

As últimas atualizações eu não estou podendo acompanhar por falta de tempo, o que eu posso dizer é que a criação de links, automaticamente, ajudou bastante também.

BLOGSPOT – Depois de dois anos sem utilizar o Blogspot, fiquei surpreso com as mudanças. É claro que eu estou falando da parte automática, sem os complementos, só o básico.

O Painel administrativo da blogspot tem um pouco de WordPress, mas é um pouco mais trabalhoso. Quem agrega os complementos, pode ter uma boa vantagem em ferramentas, mas enviar artigos manualmente para Twitter e Facebook – para iniciantes – não dá.

Eu até entendo que já existam feeds/pings suficientes para espalhar o conteúdo dos blogs por toda internet, entendo também que as ferramentas egosearching sirvam para acompanhar especificamente um perfil, posts e comentários, o que eu não entendo é porque tantas ferramentas, como o Orkut, Google Reader, ainda não foram agregadas ao blogger automaticamente. Eles globalizaram os perfis, deviam ter agregado as ferramentas também.

O lado “bom” do blogger/blogspot, é o fato de pertencer a Google, podendo agregar cinquenta por cento do melhor que a internet produz, em termos de ferramentas. Um dos grandes problemas, na minha modesta opinião, é essa dependência de complementos.

Alguns bloggers exageram na quantidade de complementos, tornando o blog extremamente lento, isso quando não há incompatibilidade com o sistema. Eu até entendo que os bloggers queiram “aprender”, ou sejam curiosos para saber como determinada ferramenta funciona, mas, as vezes, eles exageram. Alguns até perdem o próprio blog.

Eu já falei, aqui, como eu detesto fechar o blog só para contas da Google ou open id – prefiro a opção nome/url – mas também acho que pode ser uma vantagem, quando a pessoa vai viajar, ou quando o blog vai ficar parado algum tempo.

A facilidade para se ativar e desativar as ferramentas bloggers, eu achei uma grande vantagem, sem dúvida nenhuma.

Nem é preciso perguntar porque a Google sempre deu vantagens aos conteúdos de textos e blogs.

Para mim, a Blogger e a WordPress são muito parecidas, em qualidade e performance, mas completamente diferente quanto a seus estilos, ambas valem ser conhecidas.

Terminando, vale um comentário de um blogueiro: “Escolher entre WordPress e Blogger, é como escolher entre Palmeiras e Corinthians, religião e ciências…” …opa! – Espere aí!

Não dá para ser corinthiano e palmeirense ao mesmo tempo, mas a religião e a ciência podem se entender, pelo menos para iniciantes rsrsrs

Para que escolher entre WordPress e Blogspot, se você pode ter os dois, três, quatro…

By Jânio

fevereiro 21, 2011 Posted by | blogosfera | , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Google é uma das empresas mais influentes do mundo

profissionais de tecnologia

Profissionais Influentes

Saiu a relação das cem pessoas mais influentes da tecnologia, antes de citá-la, gostaria de avisar que não concordo com a tal lista, afinal, nossa melhor lista sempre será aquela que nós mesmos fazemos – ou não?

De certa forma,  essa lista poderia até ser considerada por nós. No quesito desenvolvimento, por exemplo, não poderíamos comparar um pequeno script, codec ou complemento, com os sofisticados softwares aos quais estes estariam agregados.

Eu, por outro lado, sou fã da criatividade e dos pequenos e micro empreendedores, assim, poderia até concordar com essa lista, mesmo assim, jamais concordaria com a ordem dela, e olha que eu não sou da área, nem entendo nada de programação ou tecnologia ; ).

Listas muito importantes, como essa, mesmo atraindo os jornalistas e especialistas mais renomados, no fim, deixa a desejar, fica cheirando a “dindin”.

Se fosse uma lista dos dez mais influentes, já de cara, viraria polêmica, mas sendo uma lista de cem, fica mais fácil conquistar corações e mentes – Você não acha?

Quando eu vi pela primeira vez a lista de cem, lembrei-me do Noronha, “O fim da Várzea”, com sua lista de blogs que apavorou e irritou muita gente, já que partia de um dos blogueiros mais conhecidos da internet.

Essa lista, a dos homens mais influentes da tecnologia, vai em sentido contrário, nem por isso será menos criticada.

Eu vou logo criando a minha lista onde cito aqueles que considero mais inovadores e criativos, em termos de tecnologia, e que deveriam estar no topo dessa lista, no próximo post de tecnologia, eu explico porquê.  

Vejam a minha lista por equipes:

01 – Twitter

02 – Google

03 – Wikipedia

04 – WordPress

05 – Yahoo

06 – Delicious

07 – Aple

08 – IBM

09 – Microsoft

10 – Você escolhe

Notem que a lista procura inverter quase que totalmente, a ordem em que foram criadas, ou que entraram no mercado, com raríssimas exceções.

No topo, está a Twitter, evidentemente, por ter criado um sistema quase perfeito, conquistando até um ex-sócio da Google.

Outros sistemas, como são os casos da WordPress e da Delicious: A WordPress tem a plataforma que eu considero ideal, seu projeto também é o ideal na minha opinião. A Delicious apresenta um sistema que deixa as pessoas com a sensação que, realmente, sabem o que as outras estão pensando – Mais interatividade? – impossível!

Agora vejam a lista da revista inglesa:

1- Steve Jobs, CEO da Apple
2- Steve Ballmer, CEO da Microsoft
3- Eric Schmidt, Larry Page e Sergey Brin, CEOs e co-fundadores do Google
4- Terry Gou, Presidente da Foxconn
5- Paul Otellini, CEO da Intel
6- Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook
7- Lee Yoon-Woo, CEO da Samsung Electronics
8- Andy Rubin, vice-Presidente do Google
9- Yong Nam, CEO da LG Electronics
10) Satoru Iwata, Presidente e CEO da Nintendo
By Jânio

setembro 22, 2010 Posted by | internet | , , , , , , , , , , , | 13 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: