Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Youtube Red provoca reações na internet

erros da Google

Estratégias da Google

O lançamento do Youtube Red já era esperado por todas as pessoas que entendem de estratégias corporativas, mesmo assim, muita gente continuou investindo pesado seu tempo e dinheiro na criação de vídeos para o site.

Eu achei irônico um site que sempre ofereceu serviço de qualidade gratuitamente, quebrando possíveis concorrentes, provocar polêmica justamente entre as empresas comerciais. Nem o comunicado da Google, afirmando que a demanda por um sistema sem anúncios era muito grande, acalmou os ânimos.

Muita gente ficou rica com seus canais de vídeos no Youtube, até as grandes empresas já haviam aderido, mas agora receberam o comunicado que devem utilizar o canal pago, caso não queiram que o acesso aos vídeos gratuitos seja bloqueado. A razão é que o canal pago, apesar de ser o preço padrão para países como o Brasil, dez dólares, poderia ficar sem os vídeos das grandes empresas ou pessoas, então, quem iria pagar para  ver poucos vídeos, apesar de estar sem anúncios.

Como os produtores de vídeos vivem dos anúncios do site gratuito, enquanto a Google precisa desses vídeos no site pago, apesar de não ter anúncios, a saída foi essa, exigir autorização para que os vídeos sejam oferecidos das duas formas, ou seja, com anúncios e sem anúncios.

Sobrou para as grandes corporações como a FIFA que vende os direitos para a TV e não poderia participar desse tipo de sistema, assim como suas parceiras, as TVs. Entretanto, a polêmica entre os milionários produtores de vídeo foi ainda maior, alguns, com milhões de seguidores, terão de ceder seus vídeos para o Youtube pago, que não possui anúncios. A situação fica ainda pior se a gente pensar no futuro do streaming, já que todos seguem o padrão Google e, caso o sistema pago dê certo, o sistema gratuito seria inevitavelmente retirado da rede.

Se você tem milhares vídeos publicados em diversos sites pela internet, corre o risco de ver seus vlogs sem conteúdo algum, a não ser que concorde com os termos da Google, lembrando da opinião do Jacques a respeito das decisões unilaterais de grandes portais que poderiam inviabilizar grandes projetos.

Eu sempre disse que o fato de a Google estar oferecendo apenas serviços gratuitos no passado, não significava que fosse uma ONG, a Google é e sempre foi uma empresa comercial que visa lucro, muito lucro, eu diria.

A Google tornou-se muito conhecida por ser a primeira grande empresa a investir em conteúdo gratuito e ainda ganhar dinheiro com isso. Muita gente perguntava como o Youtube ganhava dinheiro, antes dos anúncios, apesar das ações da empresa estarem disparando nas bolsas. As doações para a Mozilla, antes do lançamento de seu próprio navegador, Chrome, decepcionou muitos blogueiros, mas nada comparado com o dia em que os blogs foram banidos dos buscadores. Quem tinha domínio próprio continuou com reputação, mas os subdomínios…

O surgimento do ponto blog animou a blogosfera, parecia que os blogs iriam ganhar um universo só deles, mas quando os blogs foram banidos para uma seção insignificante das buscas, ficou claro que não era bem assim. Isso bastou para que os blogueiros migrassem todos para o Facebook, abandonando de vez a filosofia Google.

A Google tem essa mania de criar contratos unilaterais, normalmente dava certo, quando eles queriam crescer e se preocupavam muito com os usuários, mas não é o que está acontecendo agora. Por exemplo, outro dia eu recebi uma mensagem: “veja as últimas pesquisas que você já fez, não se preocupe, os resultados são privados” – Privados para quem? Isso foi o que eu pensei. Para alguns recursos, fica claro que não há demanda popular, o que deixa a impressão que seria útil apenas para utilização institucional, ou seja, invasão de privacidade, por mais que se diga o contrário.

Desde o início da Google, eu alertei para o perigo do monopólio na internet, prova disso foi a quebra da MTV, cujos vídeos eram exibidos gratuitamente no Youtube. A Google tentava competir com ferramentas populares, quando não conseguia vencer, comprava esses sites, foi isso o que aconteceu com o Orkut, youtube, Blogspot, etc. A Google também tentou brigar com a Wikipedia, mas não conseguiu vencer, resultado: aliou-se ao sistema Wikipedia, passando a exibir seus resultados. O que parece ser uma caridade, pode se tornar um golpe, na medida em que a quantidade de usuários aumenta exponencialmente, sem que hajam recursos financeiros para financiar todo esse tráfego, e é esse problema que a Wikipedia tem enfrentado ultimamente, já que não tem fins lucrativos e nem formas de captar recursos que não sejam doações.

A boa notícia é que a concorrência aumentou: A Netflix tem o valor similar a Google e TV Paga, além disso, na própria intenet há sites que, se não tem a tecnologia comparável a Google, podem competir em popularidade, principalmente os servidores de filmes pornôs que já estão dispondo filmes educacionais e softcore no gênero, mas nada impede que eles possam abrir espaço para os videos comerciais e amadores.

By Jânio

A importância do youtube

Youtube será pago

Youtubers que mais ganham dinheiro com vídeos

outubro 25, 2015 Posted by | google | , , , | Deixe um comentário

Wikipedia perde quase a metade de seus usuários

Pesquisa Wikipedia

Pesquisa Wikipedia

Nos últimos cinco anos, a Wikipedia vem perdendo muitos redatores em língua inglesa, o que está afetando negativamente sua capacidade em manter-se com uma das melhores fontes de conhecimento on line, segundo um estudo.

A pesquisa, que foi conduzida por Aaron Halfaker, da Universidade de Minesota, revela que o número de colaboradores voluntários, e editores, diminuiu de 56.000 em 2.007, para 35.000, no final de 2.012.

Os investigadores apresentaram várias razões para explicar essa mudanças na Wikipedia, incluindo o aumento de programas automatizados, ou bots, sistemas de sites que, desencanta potenciais colaboradores.

Enquanto a Wikipedia dispensa os editores menos competentes, essas regras rígidas de admissão parece ter desencorajado muitos recém-chegados, que ficaram desmotivados ao ver suas contribuições suprimidas.

O site conta com edições em 285 línguas e seu fundador Jimmy Walles já apela por uma maior abertura para os recém-chegados, para poder manter-se com grande quantidade de informações que a Web tenta processar.

Os autores do estudo dizem que o site complicava muito suas vidas com regras destinadas a melhorar sua qualidade.

“Ironicamente, várias mudanças na comunidade Wikipedia, introduzida para gerenciar a qualidade e coerência de conteúdos vs enorme crescimento da participação, tem paralisado o mesmo crescimento que deveriam gerar”, revelam os pesquisadores na revista American Behavioral Scientist.

“A wikipedia deixou de ser ” a enciclopédia que qualquer um podia editar” para se tornar “a enciclopédia que qualquer um entende as regras, socializa, esquiva de maneira impessoal, rejeitando de maneira semi-automatizada o conteúdo daqueles que querem contribuir voluntariamente, dispensando seu tempo e energia para editar”, escreveram os autores do relatório.

Comentário: Apesar de ter perdido quase a metade de seus colaboradores em inglês, a Wikipedia continua sendo a melhor fonte de informação, na minha modesta opinião. Se a moderação tornou-se mais rígida, é de se esperar que as alterações nos textos sejam mais moderadas.

Se a Wikipedia já tem um dos maiores acervos do mundo, apenas a manutenção desses conteúdos já seria suficiente para que o site continuasse sendo a melhor fonte de informação.

É natural que um site se torne mais rígido, depois de ter crescido e se estabilizado, também é normal que os usuários não gostem dessas mudanças.

O Orkut praticamente desapareceu da boca dos internautas e, apesar de continuar com um grande número de perfis, poucas pessoas continuaram utilizando com frequência.

Fonte: RT:TV

Comentários: By Jânio

janeiro 6, 2013 Posted by | internet | , , , , , , , , , | 6 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: