Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Interatividade e organização de conhecimentos.

O sonho de Ted Nelson

O sonho de Ted Nelson

Tudo o que os blogueiros escrevem, eles(a) pensam, alguns blogueiros administram seus blogs de maneira tão pessoal que pode-se saber o que, de fato, o blogueiro pensa.

O buscador da Google trouxe a capacidade de rastrear qualquer atividade de um internauta pela rede, principalmente o blogueiro que vê na transparência uma forma divulgar seu trabalho, aparecer, atrair mais leitores.

Cada vez que seu link é digitado no formulário, acompanhado de seu nome e comentário, de certa forma, ali vai também a personalidade e o caráter de um internauta.

Apesar disso, a vida vida virtual permite a realização de vários sonhos, entre eles:

Ser Jornalista – de certa forma. todos os blogueiros personificam esta profissão, se não de maneira constante, pelo menos em boa parte de seu tempo.

Ser colunista – quando uma pessoa escreve um artigo sobre determinado assunto, fato, opina sobre acontecimentos, etc.

Ser amigo – quando os pensamentos começam a interagir através de trocas de idéias, conhecimentos e informações, um comportamento muito semelhante ao de amigos estudantes, quando não entenderam tudo o que a professora disse, ou quando estão aprimorando seus conhecimentos entre si.

Ser qualquer profissional – pessoas podem levar mais a sério na vida virtual profissões como: escritor(a), poeta ou poetisa, consultor, assessor, etc., um dom pode fluir naturalmente.

Ser empresa – em casos de o blog dar muito certo, há a possibilidade de se ganhar dinheiro com ele, alguns apostam no Google Adsense, Buscapé, UOL, e há aqueles que vão alem, depois de adquirir um certo status, viram alvos de agências de publicidade, políticos, corporações e até de forças ocultas das quais não sabemos.

Ser meio de exposição de sua própria imagem – Alguns blogueiros preferem falar de si próprios, passar suas experiências, passar seus diários virutuais. Apesar de serem muito criticados, essa é a verdadeira essência do blog, sua origem esta diretamente ligada ao diário virtual, sua forma de ver a vida, de pensar.

A Web 2.0 veio profissionalizar o processo de blogar, a partir daí, a responsabilidade aumentou enormemente, pessoas que atualizam seus blogs constantemente, fazem uso de indexadores,  comentam em outros blogs, cadastram seus links em diretórios, classificados, fóruns e outros meios, inevitalmente, aparecem no topo das buscas, por isso acabam sendo obrigados a ser mais seletivos em seus textos, verificar melhor suas fontes de informações e a consistência de seus dados.

Eu costumo dizer que a Web 2.0 é a maior maravilha que surgiu no mundo da informática, desde a criação do hipertexto, a facilidade com que se encontra a informação é tamanha que não fazer uso desse recurso é ficar fadado ao fracasso.

Não é necessario saber escrever para se ter um blog, quanto menor a capacidade de um blogueiro, menor seu texto, mas textos muito grandes também não são muito populares, isso porque os internautas não gostam de ficar muito tempo em um único site, internautas tem sede de conhecimento, de noícias, novidades, oportunidades, e pouco tempo disponível para procurar.

Talvez isso explique o porquê de blogs de humor  com tanto sucesso, alguns sites de imagens também tem uma aceitação acima da média.

No caso dos textos, os links entre eles são uma realização do sonho de Ted Nelson, uma forma de organizar os pensamentos, de ligar todos os cérebros do mundo todo, formando um só.

By Jânio.

agosto 1, 2009 Posted by | blogosfera | , , , , , | 6 Comentários

A origem do hiper texto, web, html e url

O criador da internet.

O criador da internet.

Depois de alguns anos navegando pela internet, achei que estava na hora de fazer uma retrospectiva da própria, essa ferramenta fantástica através da qual podemos obter ou trocar tantas informações.
A internet foi inspirada, basicamente, no hipertexto criado por Ted Nelson em 1965. Visionário, Ted acreditava na possibilidade de se escrever textos e publicá-los, num formato não linear, para ser lido em qualquer ordem.
Concluímos assim que antes do advento da internet, já utilizávamos esse recurso, através de cds roons e outros programas. Hipertexto consistia, de maneira geral, em links de referências, dentro do próprio texto, que nos levava para outro ponto do texto ou de outra página.
A ideia era tão inovadora e tão simples, ao mesmo tempo, que é usada até hoje, 40 anos depois. Esse projeto de Ted Nelson, recebeu um nome, bem sugestivo, de Xanadu.
Em 1969 surgia a Airpanet (USA), um projeto militar com 4 computadores, interligados à distância, formando uma rede. Sua ideia inicial, era proteger dados sigilosos dos militares.
Quando acessamos um endereço único (URL) de uma Home Page (página), estamos utilizando a interface gráfica da internet, a web, essas páginas são, basicamente, estruturadas em linguagem de marcação, html.
O principal nome, no início da internet, foi o físico e matemático Tim Berners-Lee (veja a foto). Seus pais, também matemáticos, já haviam participado da criação do primeiro computador comercial, MARK I, no início dos anos 50.
Com muita imaginação, assim como Ted, Tim imaginava um protocolo onde todas as coisas estariam conectadas, em todo o mundo. Segundo suas idéias, os neurônios no cérebro, assim como as palavras no dicionário, não possui sentido próprio, são suas conexões entre si que geram o conhecimento.
No princípio, seu projeto chamava-se Enquire, mais tarde passou a se chamar world wide web, uma alusão à expressão matemática (conjunto de nós e links).
O html (Hyper Text Markup Language), foi criado por Tim em homenagem a Ted Nelson, criador do hipertexto, em 1965.
E foi assim em, 1990, Tim criava a base da internet: Web, http, html e url. Assim, em 1990, o projeto militar Arpanet deu lugar ao primeiro provedor, comercial, de conexão discada. Todo o processo funcionava assim: O usuário da rede conectava-se a internet, através de uma conexão via telefone, através dessa conexão, conectava-se a um endereço único (url) para acessar a web (uma homepage qualquer cuja estrutura era constituída, basicamente, por linguagem de marcação, html ).

Leia mais:  http://fogaca.rs.sites.uol.com.br/catia/hipertexto.htm

Por janio

fevereiro 10, 2009 Posted by | curiosidades | , , , , | Deixe um comentário

Como Surgiu a internet?

O criador da internet

O criador da internet

Depois de alguns anos navegando pela internet, achei que estava na hora de fazer uma retrospectiva da própria, essa ferramenta fantástica através da qual podemos obter ou trocar tantas informações.
A internet foi inspirada, basicamente, no hipertexto criado por Ted Nelson em 1965. Visionário, Ted acreditava na possibilidade de se escrever textos e publicá-los, num formato não linear, para ser lido em qualquer ordem.
Concluímos assim que antes do advento da internet, já utilizávamos esse recurso, através de cds roons e outros programas. Hipertexto consistia, de maneira geral, em links de referências, dentro do próprio texto, que nos levava para outro ponto do texto ou de outra página.
A idéia era tão inovadora e tão simples, ao mesmo tempo, que é usada até hoje, 40 anos depois. Esse projeto de Ted Nelson, recebeu um nome, bem sugestivo, de Xanadu.
Em 1969 surgia a Arpanet (USA), um projeto militar com 4 computadores, interligados à distância, formando uma rede. Sua idéia inicial, era proteger dados sigilosos dos militares.
Quando acessamos um endereço único (URL) de uma Home Page (página), estamos utilizando a interface gráfica da internet, a web, essas páginas são, basicamente, estruturadas em linguagem de marcação, html.
O principal nome, no início da internet, foi o físico e matemático Tim Berners-Lee. Seus pais, também matemáticos, já haviam participado da criação do primeiro computador comercial, MARK I, no início dos anos 50.
Com muita imaginação, assim como Ted, Tim imaginava um protocolo onde todas as coisas estariam conectadas, em todo o mundo. Segundo suas idéias, os neurônios no cérebro, assim como as palavras no dicionário, não possui sentido próprio, são suas conexões entre si que geram o conhecimento.
No princípio, seu projeto chamava-se Enquire, mais tarde passou a se chamar world wide web, uma alusão à espressão matemática (conjunto de nós e links).
O html (Hyper Text Markup Language), foi criado por Tim em homenagem a Ted Nelson, criador do hipertexto, em 1965.
E foi assim em, 1990, Tim criava a base da internet: Web, http, html e url. Assim, em 1990, o projeto militar Arpanet deu lugar ao primeiro provedor, comercial, de conexão discada. Todo o processo funcionava assim: O usuário da rede conectava-se a internet, através de uma conexão via telefone, através dessa conexão, conectava-se a um endereço único (url) para acessar a web (uma homepage qualquer cuja estrutura era constituída, basicamente, por linguagem de marcação, html ),

Como surgiu o Blog

Quando surgiu a Google

Como surgiu a twitter

A história da Wikileaks

fevereiro 17, 2008 Posted by | internet | , , , , | 15 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: