Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Profissões com falta de pessoas qualificadas

Profissionais mais Procurados

Não podemos aprender sem a teoria, mas também não devemos exagerar. As faculdades brasileiras já não atendem a demanda, e o mercado de trabalho sentiu isso.

Todas as pesquisas confirmaram a falta de interesse pelas áreas exatas, o que comprova uma falha nos sistemas de ensino.

Alguns concursos de matemática mostraram brasileiros entre os melhores do mundo.

Na área de ciências e tecnologia, os brasileiros também se destacaram, mostrando que o nosso problema é a falta de investimento no setor.

Enquanto no exterior os governos atuam nas áreas com déficit em educação, no Brasil, o governo prefere investir onde já há algum progresso, com interesses políticos envolvidos.

O resultado disso é que algumas áreas não conseguem manter o interesse dos alunos e, sem interesse, essas áreas ficam sem profissionais, causando transtorno no país inteiro.

A engenharia já é considerada uma profissão do futuro há um bom tempo, nessa área, bons engenheiros são muito disputados. As faculdades não tem apresentado bons sistemas de ensino para atrair esses alunos e o governo nunca se preocupou muito.

Há trinta anos atrás, eu já observava a falta de engenheiros e técnicos nas áreas de mineração. O setor de petróleo volta a sentir a falta desses profissionais.

Além da engenharia, já há falta de contadores também. Em contabilidade, nem é só pela falta, segundo especialistas é a capacitação que preocupa.

Os contadores estão despreparados e precisam se adaptar ao mercado internacional, normas e regras.

Em administração também foi constatada deficiência na formação. Apesar dos cursos de administração terem se espalhado por todo o país, esses alunos não atendem às exigências das empresas.

Engenheiros e pedreiros – No setor de construção civil, já faltam até pedreiros.

Já mencionamos os problemas nas áreas exatas, isso explica a falta de engenheiros civis, mas a falta de pedreiros pode significar uma má remuneração desses profissionais, além disso, o mundo inteiro tem verificado uma diminuição na tradição, transferências de conhecimentos de geração para geração.

A falta de reconhecimento na importância dos grandes mestres, tem diminuído a qualidade dos profissionais e, em algumas regiões, já há falta deles.

Tecnologia da informação – Eu estranhei a carência de profissionais nessa área, mas eu tenho notado em todas as profissões citadas acima, a baixa remuneração e educação de má qualidade, como fatores que agravam esses problemas, além disso, tecnologia da informação é uma área onde a educação continuada e investimentos são fundamentais.

Muitos profissionais abandonam essa área e migram para outras, justamente por não receberem o retorno necessário à sua qualificação contínua e trabalho apresentado.

Conclusão: Nos últimos anos, as empresas públicas ou privadas, tem verificado a importância do capital humano para o bom desenvolvimento de seus projetos, mas seus esforços nessa área ainda deixam muito a desejar.

Repetindo o que eu já disse antes, muitos profissionais estão estudando fora, muitos jovens desistiram do sistema elitista dos vestibulares brasileiros e decidiram estudar na Argentina, onde não há vestibulares.

Os números saltaram de 150 mil para 250 mil brasileiros estudando na Argentina, e poderia ser muito maior. Se a Argentina oferecesse cursos em português, já teriam ultrapassado um milhão de estudantes brasileiros.

Os brasileiros precisam reaprender a ensinar, e o resto do mundo a reconhecer o valor dos grandes mestres.

By Jânio

Profissões do futuro

março 7, 2012 Posted by | oportunidades | , , , , , , | 8 Comentários

Google é uma das empresas mais influentes do mundo

profissionais de tecnologia

Profissionais Influentes

Saiu a relação das cem pessoas mais influentes da tecnologia, antes de citá-la, gostaria de avisar que não concordo com a tal lista, afinal, nossa melhor lista sempre será aquela que nós mesmos fazemos – ou não?

De certa forma,  essa lista poderia até ser considerada por nós. No quesito desenvolvimento, por exemplo, não poderíamos comparar um pequeno script, codec ou complemento, com os sofisticados softwares aos quais estes estariam agregados.

Eu, por outro lado, sou fã da criatividade e dos pequenos e micro empreendedores, assim, poderia até concordar com essa lista, mesmo assim, jamais concordaria com a ordem dela, e olha que eu não sou da área, nem entendo nada de programação ou tecnologia ; ).

Listas muito importantes, como essa, mesmo atraindo os jornalistas e especialistas mais renomados, no fim, deixa a desejar, fica cheirando a “dindin”.

Se fosse uma lista dos dez mais influentes, já de cara, viraria polêmica, mas sendo uma lista de cem, fica mais fácil conquistar corações e mentes – Você não acha?

Quando eu vi pela primeira vez a lista de cem, lembrei-me do Noronha, “O fim da Várzea”, com sua lista de blogs que apavorou e irritou muita gente, já que partia de um dos blogueiros mais conhecidos da internet.

Essa lista, a dos homens mais influentes da tecnologia, vai em sentido contrário, nem por isso será menos criticada.

Eu vou logo criando a minha lista onde cito aqueles que considero mais inovadores e criativos, em termos de tecnologia, e que deveriam estar no topo dessa lista, no próximo post de tecnologia, eu explico porquê.  

Vejam a minha lista por equipes:

01 – Twitter

02 – Google

03 – Wikipedia

04 – WordPress

05 – Yahoo

06 – Delicious

07 – Aple

08 – IBM

09 – Microsoft

10 – Você escolhe

Notem que a lista procura inverter quase que totalmente, a ordem em que foram criadas, ou que entraram no mercado, com raríssimas exceções.

No topo, está a Twitter, evidentemente, por ter criado um sistema quase perfeito, conquistando até um ex-sócio da Google.

Outros sistemas, como são os casos da WordPress e da Delicious: A WordPress tem a plataforma que eu considero ideal, seu projeto também é o ideal na minha opinião. A Delicious apresenta um sistema que deixa as pessoas com a sensação que, realmente, sabem o que as outras estão pensando – Mais interatividade? – impossível!

Agora vejam a lista da revista inglesa:

1- Steve Jobs, CEO da Apple
2- Steve Ballmer, CEO da Microsoft
3- Eric Schmidt, Larry Page e Sergey Brin, CEOs e co-fundadores do Google
4- Terry Gou, Presidente da Foxconn
5- Paul Otellini, CEO da Intel
6- Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook
7- Lee Yoon-Woo, CEO da Samsung Electronics
8- Andy Rubin, vice-Presidente do Google
9- Yong Nam, CEO da LG Electronics
10) Satoru Iwata, Presidente e CEO da Nintendo
By Jânio

setembro 22, 2010 Posted by | internet | , , , , , , , , , , , | 13 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: