Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Inglês – Palavras com duplo sentido

English Lexical Ambiguity – Palavras do Inglês de Múltiplo Significado

PALAVRAS DE MÚLTIPLO SENTIDO

MULTIPLE-MEANING WORDS

(English Lexical Ambiguity)

Ricardo Schütz

Atualizado em 18 de novembro de 2007

Argument (n) Making an argument – expressing a point of view and supporting it with facts and evidence – is often the aim of academic writing. – Apresentar um argumento – expressar um ponto de vista e defendê-lo com fatos e evidências – é normalmente o objetivo de um texto acadêmico.
I’m tired of having arguments with my wife. – Estou cansado
das discussões com minha mulher.
Arm (n) I have a pain in my arm. – Estou com dor no braço.
Policemen in Japan do not carry any arms. – Policiais
no Japão não carregam armas.
Bachelor (n) As a wealthy bachelor, he should have no problem finding someone to marry
him. – Sendo ele um solteirão rico, não terá dificuldade em encontrar alguém com quem casar.
It normally takes 4 years to get a bachelor‘s degree. – Normalmente leva 4 anos
para se obter um título de bacharel.
Ball (n) A soccer ball is 28 inches
in circumference. – Uma bola de futebol tem 28 polegadas de circunferência.
Everyone had a good time at the ball. – Todos
se divertiram muito no baile.
Bank (n) He works for a bank (financial
institution). – Ele trabalha num banco.
Flooding has caused repeated damage to the river bank.
(edge of a river) – As enchentes causaram danos às margens do
rio.
Battery (n) The car battery needs to be recharged. – A bateria do carro precisa ser recarregada.
I need to get new batteries for my discman. – Preciso de pilhas novas para
meu discman.
Be (v) I am a doctor. – Eu sou médico.
I am visiting Brazil. – Estou visitando
o Brasil.
Brush (n) You have to clean the floor with a brush. – Você deve limpar o chão
com uma escova.
Retouch the painting with a fine brush. – Retoque a pintura
com um pincel fino.
Can (v) Can I smoke here? – Posso fumar aqui?
I can speak English but I can’t speak French.
Sei falar inglês, mas não sei falar
francês.
Case (n) We’ll make an exception in your case. – Vamos abrir uma exceção, no
seu caso.
I’m afraid I lost my camera case.
Receio ter perdido o estojo de minha máquina fotográfica.
Character (n) Running away from difficulties was not part of his character. – Fugir de dificuldades não fazia parte de seu caráter.
Characters are an essential element of fictional works, especially novels and plays.
Personagens são elementos essenciais em trabalhos de ficção, especialmente romances e peças teatrais.
Young people think it’s cool to have a tattoo with Japanese characters.
Os jovens acham legal ter uma tatuagem com caracteres japoneses.
Charge (v) You have to charge the battery. – Você tem que carregar a bateria.
How much are you going to charge for the job?
Quanto você vai cobrar pelo serviço?
China (n) China is the most populous country in the world. – A China é o país mais populoso do mundo.
This dinnerware is made from very high quality china.
Este conjunto de mesa é feito de louça de alta qualidade.
Frame (n) I prefer metal frames for my glasses. – Prefiro armação de
metal para meus óculos.
This picture deserves a nice frame. – Este foto merece um moldura bonita.
Gas (n) The price of gas is going up as a result of the instability in the Middle
East. – O preço da gasolina está aumentando por causa da instabilidade no Oriente
Médio.
Oxygen is the gas that supports life. – Oxigênio é o gas que
mantém a vida.
General (n) In general, foreign languages are difficult to
be learned.
Línguas estrangeiras em geral são difíceis de serem aprendidas.
He was appointed general of the army. – Ele
foi escolhido para ser general de exército.
Glass (n) The glass of the window is broken. – O vidro da
janela está quebrado.
I’d like to have a glass of water please. – Gostaria de beber um copo d’água,
por favor.
I don’t like to wear glasses. – Não gosto
de usar óculos.
Have (v) He has a brand new car. – Ele tem um carro novo em folha.
I had a sandwich for lunch. – Comi um
sanduíche no almoço.
I’m going to have a glass of milk. – Vou tomar um copo de leite.
Knife (n) This is a nice set of kitchen knives. – Este é um
bonito conjunto de facas de cozinha.
A Swiss army knife is always a nice present. – Um canivete suíço é sempre
um bom presente.
Letter (n) I got a letter from my friend. – Recebi uma carta de meu amigo.
“A” is the first letter of the alphabet. – “A” é a
primeira letra do alfabeto.
Light (adj) My backpack is small and light. – Minha
mochila é pequena e leve.
I prefer the light brown shirt. – Eu prefiro a camisa marrom clara.
Smokers today prefer light cigarettes. – As pessoas hoje preferem cigarros
suaves.
Miss (v) I missed de bus because I got
up late. – Perdi o ônibus porque me levantei tarde.
I miss my family when I’m away from home.
Sinto saudades de minha família quando estou longe
de casa.
Mouth (n) Wine of good quality leaves a good flavor in
the mouth. – Vinho de boa qualidade deixa um aroma
bom na boca.
A river mouth is where the river meets
the ocean. – A foz de um rio é o lugar onde
o rio desemboca no oceano.
Move (v) Don’t move. – Não te mexe.
We are going to move to our new house tomorrow.
Nós vamos nos mudar para nossa casa nova amanhã.
Nail (n) I’m cutting my nails. – Estou cortando as unhas.
You need steel nails to hang the pictures on the wall. – Você precisa
de pregos de aço para pendurar os quadros na parede.
Panel (n) Cessna airplanes have a nice control panel and cockpit layout.. – Os aviões da Cessna possuem um painel e uma cabine com bom layout.
The World Meteorological Organization (WMO) and the United Nations Environment Programme (UNEP) have established an intergovernmental panel on climate change. – A Organização Mundial para Meteorologia e o Programa das Nações Unidas para o meio-ambiente criaram uma comissão para estudar as mudanças climáticas.
Party (n) I’ve been invited to a birthday party.
Fui convidado para uma festa de aniversário.
I’m going to join the liberal party. – Vou
me associar ao partido liberal.
The contract needs to be signed by the two parties.
O contrato deve ser assinado pelas duas partes.
Picture (n) She drew a picture of a tree. – Ela fez um desenho de uma árvore.
Visitors are not allowed to take any pictures in the factory. – Visitantes
não têm permissão para tirar fotografias na fábrica.
I need steel nails to hang the pictures on
the wall. – Preciso de pregos de aço para pendurar os quadros na parede.
Pipe (n)
Water pipes today are made of plastic. – Canos d’água hoje em dia são feitos
de plástico.
There are many ways to smoke a pipe. – Existem muitas maneiras de se fumar
cachimbo.
Plant (n)
Plants absorb water and inorganic substances through their roots. – As plantas absorvem
água e substâncias inorgânicas através de suas raízes.
Toyota is building a giant car plant. – A Toyota está construindo uma fábrica gigantesca.
Play (v)
She likes to play the piano. – Ela gosta de tocar piano.
The children are playing in the garden. – As
crianças estão brincando no jardim.
He likes to play basketball. – Ele gosta de jogar basquete.
Rest (n)
I’m exhausted; I need a rest. – Estou esgotado; preciso de um descanso.
What are you going to do for the rest of your life?
O que você pretende fazer durante o resto de sua vida?
Sign (n)
There are signs of discontent in the military. – sinais de descontentamento entre os militares.
The zodiac is divided in twelve signs.
O zodíaco é dividido em doze signos.
Speaker (n) Today’s speaker is a famous politician. – O palestrante de
hoje é um político famoso.
He’s a native speaker of English. – Ele é falante nativo
de inglês.
I’ve got new speakers for my stereo. – Comprei alto-falantes novos para meu
aparelho de som.
Spring (n) Spring in the southern hemisphere is from September to November. – A primavera no
hemisfério sul vai de setembro a novembro.
There are many hot springs in Japan. – Há muitas fontes de águas termais
no Japão.
The first clocks in the 15th century were driven by springs. – Os
primeiros relógios, no século 15, funcionavam a mola.
Straight (adj) I prefer straight whiskey. – Prefiro
uísque puro.
Go straight ahead. – Vai em frente, sempre reto.
He was the only straight in that gay party.
Ele era o único heterossexual naquela festa gay.
Table (n) There is plenty of food on the table.
Tem bastante comida na mesa.
Table I shows the total CO2 emissions per
country. – A
tabela I mostra o total de emissões de CO2 por país.
Thin (adj) A thin layer of paint. –
Uma camada fina de tinta.
He’s very thin. He weighs less than 55 kilos. – Ele é muito
magro. Pesa menos de 55 kilos.
Tie (n) I don’t like to wear a tie in
summer. –
Não gosto de usar gravata no verão.
The game ended in a tie.
O jogo terminou num empate.
Tile (n) Roof tiles in Brazil are normally made of clay. – No Brasil, telhas são normalmente feitas de barro.
The only disadvantage of ceramic floor tiles is the cold feel. – A única
desvantagem de lajotas de cerâmica é a sensação de frio.
They have a nice selection of decorated wall tiles. – Eles
possuem uma bela coleção de azulejos decorativos.
Trunk (n) Put your suitcase in the trunk of the car. – Bota tua mala no porta-malas.
The trunk of a tree supports all its weight. – O tronco de
uma árvore suporta todo seu peso.
An elephant’s trunk is both an upper lip and a nose. – A
tromba de um elefante funciona como lábio superior
e nariz.
Try (v) Would you like to try the cake
I made? – Você quer experimentar a torta que eu fiz?
I’m trying to fix my computer because it’s not running properly. – Estou
tentando arrumar meu computador porque ele não está funcionando bem.
He was arrested and tried on murder charges. – Ele foi preso e
julgado por crime de homicídio.
Wall (n) Hang the picture on this wall. – Pendure o quadro nesta parede.
They are going to build a brick wall around the garden. – Eles
vão construir um muro de tijolos ao redor do jardim.

Agradecemos as colaborações de Cristina Fumagalli Mantovani, Karl Schneider Stratus e
Wilson Amaral Jorge


Fonte: SK

To bring back

To break in

To break down and To break up

To break away

To break of

Pronúncia e tradução – Letras U V Y

Tradução e pronúncia – Palavras em T

Tradução e pronúncia – Letra s

Tradução e pronúncia – Letra R

Tradução e pronúncia – Letra P

Traduçao e pronúncia – Letra O

Tradução e pronúncia – Letra N

Tradução e pronúncia – Letra M

Tradução e pronúncia – Letra L

Tradução e pronúncia – Letra I

Tradução e pronúncia – Letra H

Tradução e pronúncia – Letra G

Tradução e pronúncia – Letra F

Tradução e pronúncia – Letra E

Tradução e pronúncia – Letra D

Tradução e pronúncia – Letra C

Tradução e pronúncia – Letra B

Tradução e pronúncia – Letra A

Pronúncia e tradução de músicas

março 15, 2014 Posted by | Inglês | , , , , | 1 Comentário

Um carro muito especial

Precisa acreditar

Carro Especial

Reza a lenda que um motorista  viajava tranquilamente por uma região desértica, quando seu carro parau de funcionar. O motorista experiente sentiu um frio na barriga – Se esse carro não pegar, nesse deserto, eu estou perdido – pensou ele.

O motorista desceu de seu carro, fez um check out e constatou que o que ele mais temia acontecera, o “bendito” carro estava sem gasolina. O motorista sentia-se frustrado, afinal ele lembrava muito bem, havia checado tudo, mesmo assim, esquecera a bendita gasolina – Definitivamente, carro não foi feito para ser utilizado em regiões isoladas – pensou ele.

Não havia mais nada a fazer, sentou-se a beira da estrada, pensando em como iria sobreviver naquela região inóspita? – Certamente terei que abandonar o carro e seguir a pé, até o vilarejo mais próximo – concluiu.

Quase que por um milagre, eis que surge um padre, passando por ali – Parece que há moradores próximo, afinal de contas – pensou ele. Isso era quase um milagre, já que ele não vira uma alma viva, durante as últimas horas de viagem.

Gentilmente, o padre se aprouximou do viajante, notou sua cara de aflito, e perguntou – Porque está tão angustiado, meu bom homem?

O homem explicou que havia acabado a gasolina, e que teria que procurar um posto.

O padre, sem perder a calma, explicou-lhe que não havia nenhum posto, num raio de centena de quilômetros.

Nesse momento, o homem começou a suar frio novamente – Como sairei desse lugar, nesse fim de mundo? – ensou ele.

 – O que eu faço agora Padre, perguntou?

O padre respondeu calmamente – É preciso ter fé meu jovem.

O homem não entendia, estava desesperado, sem gasolina, e o Padre falando em fé.

 – O senhor poderia ser mais claro Padre? Perguntou o viajante.

 – Claro meu filho – Respondeu o Padre – Com fé, até a água faz esse carro andar – completou o Padre.

O homem encheu a garrafa de água, em uma bica próxima a estrada; despejou a água dentro do tanque; em seguida, entrou no carro e deu a partida.

O carro milagrosamente começou a funcionar, ele agradeceu a ajuda do Padre e seguiu a viagem.

O Padre, de boca aberta, sem pensar muito exclamou – Vai ter fé assim no inferno!

By Jânio

fevereiro 1, 2011 Posted by | Piadas | , , , , , , , , , , | 3 Comentários

O dia em que Jesus nasceu

 

Jesus Cristo

Natal Verdadeiro

Durante as férias do blog, as reformas causaram muitos transtornos.

Vendo parte dos móveis na garagem, e em outras cômodos da casa, e com a chegada do Natal, pensei na possibilidade de as reformas não ficarem prontas.

Lembrei-me do verdadeiro Natal, não aquele do bom velhinho – o bom velhinho faz a alegria dos comerciantes – mas o natal do Menino Jesus, aquele que lutava para sobreviver – todos os bebês foram assassinados naquele ano.

Uma parte dos judeus esperava um grande rei, um homem poderoso, capaz de aniquilar seus inimigos romanos – os romanos tinham o hábito de acabar com a cultura, por onde passavam.

Ao contrário do que todos pensam, Jesus foi um dos homens mais nobres da história de Israel, em todos os sentidos. Jesus era descendente dos Reis, por parte de José, e dos grandes profetas, por parte de Maria.

Numa coisa os judeus acertaram, ele era poderoso, poderoso a ponto de desafiar todas as leis da natureza: Lei da gravidade, biologia, sentimentos e religião.

Mesmo analisando a vida de Jesus, sob aspectos específicos, ele acaba sendo único, muito inteligente.

É muita estupidez achar que ele deveria estar vivo, como nós queremos, para atender nossos interesses mesquinhos. Ele está vivo sim, mas é a sua palavra que deve ter a força, não é tão fácil como gostaríamos que fosse.

O pobre menino judeu nasceu num lugar inesperado, dando início a um povo muito maior que o de Israel. Assim como ele não era descendente legítimo de José, não somos descendente dele, mas o povo cristão foi adotado.

Todos que fazem a vontade de nosso Pai, mantém sua palavra viva, são descententes direto de Jesus, filhos de Deus.

A brincadeira do amigo secreto, parece-me muito divertida, é uma tradição muito interessante e curiosa, principalmente pelo suspense com que as pessoas esperam descobrir seu amigo secreto.

Um texto que circulou pela internet, a corrente do bem secreta, eu achei muito interessante, principalmente porque as pessoas não se revelam. Através desse “Amigo Secreto”, você pode dar o presente para o melhor amigo, ou para o pior inimigo.

Certamente o inímigo, pessoa amarga, ficaria muito surpresa, faria uma boa reflexão sobre o seu comportamento, sua filosofia.

No caso da pessoa presentear seus amigos, não precisaria ser apenas uma pessoa, nem ser um presente caro, bastaria que fosse de coração. Todos os presentes poderiam ser secretos, menos o abraço, esse seria revelado.

A idéia da não revelação, torna a brincadeira muito mais séria, muito mais legítima, já que a pessoa ficará para sempre com várias possibilidades, portanto, vários amigos secretos, sendo um deles aquele que teria dado o presente.

Mudanças não são fáceis, então para que facilitar a descoberta do verdadeiro amigo. Por que não deixar a pessoa eternamente com o espírito de Natal.

O verdadeiro presente,  não é aquele que se troca, mas aquele que é dado sem interesse. Nem sempre é ofertado só para os amigos reais, mas para os amigos virtuais, anônimos …

Portanto, FELIZ NATAL  para todos os amigos, que de alguma forma passaram pelo blog;

FELIZ NATAL para todos os amigos da redes sociais;

FELIZ NATAL àquelas  pessoas que me conhecem bem antes do início da internet, anônimas ou não.

FELIZ NATAL às pessoas que não precisavam de presente. mas apenas de carinho.

FELIZ NATAL ás pessoas que acreditam em milagres, e às pessoas que não acreditam também.

Um abraço virtual a todos as pessoas que lerem esse post, e para as pessoas que não lerem, para essas, peço que você repasse essa corrente do bem.

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO A TODOS, e que todas as pessoas encontrem o verdadeiro sentido do Natal, o sentido da vida.

dezembro 25, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | 1 Comentário

Reação

mudanças nescessárias

Despertar da Consciência

Wikipedia: “Efeito borboleta é um termo que se refere às condições iniciais dentro da teoria do caos. Este efeito foi analisado pela primeira vez em 1963 por Edward Lorenz. Segundo a cultura popular, a teoria apresentada, o bater de asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas e, assim, talvez provocar um tufão do outro lado do mundo. Porém isso se mostra apenas como uma interpretação alegórica do fato. O que acontece é que quando movimentos caóticos são analisados através de gráficos, sua representação passa de aleatória para padronizada depois de uma série de marcações onde o gráfico depois de analisado passa a ter o formato de borboleta.

Esse tipo de efeito quando restrito a uma ou duas variáveis, fixando-se as demais, tende a ser simples e aí, somente nesta situação não natural ou limítrofe, é que as leis da ciência clássica podem demonstrar a previsibilidade de um sistema fechado. Neste caso aumenta a rigidez sistêmica e o Efeito Borboleta pode ser mapeado de forma bastante simples. Alguns estudiosos afirmam que deixa de existir, porém, é sabido que a resultante de determinado cálculo quando passa a ser dado numérico de outro (e assim por diante), influi em seu resultado, portanto, atua o Efeito Borboleta. Isto foi descoberto (quase por acaso) por Edward Lorenz quando estava trabalhando com previsões meteorológicas no MIT e verificou a influência ocasionada em sistemas dinâmicos quando são feitas alterações muito pequenas nos dados iniciais inseridos em computadores numéricos programados para fazerem cálculos em série”.

Há um ditado que diz que os iguais se atraem, outros afirmam que são os diferentes que se atraem. Eu não posso precisar quem está certo, o que eu poderia afirmar é que há uma relação muito forte entre as diferenças.

Os mais pragmáticos fazem questão de lembrar que a única certeza da vida é a morte, a partir do nascimento, estaríamos sempre em direção a ela.

Eu diria que não precisamos ser tão radicais,  podemos abandonar o pragmatismo, vendo a vida como suficiente para a nossa missão na terra.

A vida, ao longo do tempo, pode acelerar, ou desacelerar, revelando um segredo da física que só a filosofia conhece. Há também pessoas viciadas em esportes radicais, nunca compreendidas, que não confessam o verdadeiro motivo de tais loucuras.

Uma pessoa que pula de paraquedas, aos oitenta anos, sente, pela primeira vez, que pode ser imortal. Nesse caso, além da física e da filosofia, mais um elemento das ciências se junta ao nosso estudo, a Biologia.

A adrenalina presente no corpo de uma paraquedista é tão alto que, por um breve instante, o tempo parece parar, nesse momento, aquela senhora que via a sua vida se esvaindo em seu final, sente a eternidade da vida penetrando-lhe a alma, como se ela fosse imortal.

Esse tratamento de choque é muito eficaz, mesmo quando a pessoa sente que não há mais nada para viver. É claro que há milhares de formas de tratamentos de choque, tudo depende de quais órgãos vitais da pessoa poderiam suportá-los.

Também já foi verificado que esse sentimento não tem idade, ou seja, um menino pode se sentir desmotivado, caso não leve uma vida infantil normal.

No caso das mudanças climáticas, as pessoas só começaram a se preocupar com as consequências de seus atos,  no momento em que sentiram a força da natureza se manifestando.

Entre os povos antigos, alguns viam o sol como uma divindade, outros temiam a força do trovão. Populações próximas ao mar temiam as profundezas dos oceanos, e ainda haviam outros povos com suas crenças e religiões, de acordo com suas realidades.

Até os próprios físicos, sempre a procura de uma explicação científica para tudo, encontraram a sua versão para a crença. A força do mundo atômico, do eletromagnetismo, conseguiu unir os mundos além do mundo microscópico, aos mundos além da imensidão do universo.

Uma força infinita que cria ondas, onde os corpos celestes passam a girar em órbitas de outros, numa mecânica quase perfeita. De tempos em tempos, essa lógica é quebrada pela aparição de um cometa, ou outros corpos muito menos amigáveis.

A visão constante de mendigos e pessoas problemáticas ao nosso redor, banaliza o respeito que temos pelo ser humano e pela vida de um modo geral. Tudo começa com uma fuga inconsciente na primeira vez que temos essa visão, a partir daí, desenvolvemos uma força (fraqueza) humana (desumana) capaz de fazer com que esses problemas sejam suportados, criando uma doença psíquica crônica.

Passamos a cumprir nossas obrigações sociais, adiando todas as que não forem obrigatórias.

Vamos à igreja, votamos, estudamos, acreditamos em Deus. Parece tudo perfeito, mas o stress insiste em atormentar nossa mente.

Quando dormimos, temos pesadelos de uma realidade a qual não estamos acostumados, acordamos aliviados por continuarmos em nossa ilusão materialista, sem sonhos nem ideologias.

Pessoas com formação superior são encontradas morando sob a ponte, num retorno violento a consciência, infelizmente (ou felizmente) tarde (ou não) demais.

…e o poeta declama: “Havia uma pedra no caminho … no caminho havia uma pedra…”, “…e agora José…José e agora?”

Esses versos do poeta, podem soar melodioso em várias línguas, mesmo sem fazer com que seu principal objetivo, pensar, seja atingido.

Poetas e filósofos tem o dom da utopia, mas talvez a utopia tenha a sua função de fato, justamente abrir a mente daqueles que a negam.

… e o poeta insiste: “Olha-me nesse instante… somente nesse instante…”, simbolizando o último apelo de um ser inanimado? – irracional?

O homem criou o estudo onde separou os seres inanimados dos seres vivos; em seguida separou os seres racionais dos irracionais, isolando-se. Nesse seu mundinho, os irracionais não pensam, mas agem, vivem; enquanto isso os racionais pensam e não conseguem se encontrar, nem ver o óbvio, sua função na cadeia cósmica, criamos uma realidade alternativa.

Criando máquinas para aumentar a precisão de nossa interatividade com a natureza, deixamos de sentir essa natureza, tornando-nos frios como as máquinas.

A vida sedentária e preguiçosa dos antigos romanos, foi  sedutora demais para resistirmos; nossa procura pelo que é mais barato, tornou-nos mais toleráveis a tudo o que não tem qualidade.

Desigualdades sociais obrigaram pessoas da elite da sociedade a se protegerem nos shopings e condomínios, enquanto do lado de fora, pessoas famintas aguardam impacientes a hora do acerto de contas que uma sociedade de fato exige.

Quando pode, a alta burguesia vai passear livremente pelas ruas da Europa ou Estados unidos, fugindo de sua própria culpa, cúmplices dos países ricos dos quais são coniventes.

Enquanto uma parte dos brasileiros, sonham em se mudar para o exterior, onde o dinheiro já foi desviado; no exterior, há pessoas que sonham em fugir para o espaço, por não suportar esses intrusos que compram suas entradas para o admirável mundo novo.

A república romana propiciou o surgimento do socialimo, comunismo, capitalismo e várias outras combinações de sistemas de governo, sistemas quase perfeitos para nos escravizar. Tudo deu muito certo até agora.

Recursos vitais à nossa sobrevivência,  como a água,  começam a faltar, enquanto os grandes capitalistas continuam em sua inconsciente corrida do ouro.

Todos os sistemas de Governo aplicados a sociedade até agora, mostraram-se suficientes para controlar-nos, na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença, até a morte, mas a falta de água poderá criar uma nova corrida pelo poder, e, dessa vez, todos nós estaremos nessa guerra: Os pobres, os ricos, crianças e melhor idade, mulheres e homens.

O problema da falta de água, parece estar longe do Brasil, riquíssimo em reservas, mas, como dizia um amigo meu: “É sempre mais fácil destruir que criar.” Criar, ás vezes é impossível, e isso já pode ser notado em algumas cidades, principalmente em regiões metropolitanas.

Algumas cidades sentem-se aliviadas por acharem que estão longe desse problema, mas quando menos esperam, uma seca assola tudo, e deixam-nos em desespero e nas mãos do alheio.

O problema, aqui, não é a total falta da água – não ainda – mas a distância em que estão essas reservas de água. Distâncias que criarão uma desculpa, talvez uma crise econômica, para que todas as empresas se mudem para onde há reservas de água, aí sim, teremos a falta dela.

By Jânio

outubro 1, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , , , , , , | 9 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: