Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Áreas mais perigosas da Terra

 

cinema 2.014

Earth to Echo

O desaparecimento ainda não esclarecido do avião da Malaysian Airlines chocou o mundo. No entanto, não é o primeiro (e pode não ser o último) desaparecimento inexplicável da história.

01 – O Triângulo das Bermudas

Esta área, cujo nome é sinônimo de mistério, está localizada no Oceano Atlântico entre as ilhas Bermudas, Porto Rico, e a cidade de Miami, EUA. Tornou-se famosa pelos desaparecimentos, supostamente inexplicáveis de navios. Em 1974, o escritor americano Charles Berlitz publicou o livro “O Triângulo das Bermudas”, onde ele revisou as lendas associadas com essa área. O livro teve muito impacto e reforçou a reputação da área como um lugar misterioso.

No entanto, a natureza do misterioso Triângulo das Bermudas é criticada e refutada por alguns especialistas. Um ano após a publicação do livro de Berlitz, o bibliotecário Lawrence Kusche publicou outro trabalho em que desmentia muitas histórias intrigantes sobre o lugar. Além disso, as autoridades e Guarda Costeira dos EUA negam que nesta área tenham desaparecido mais navios que em outros lugares.

02 – Mar dos Sargaços

O Mar dos Sargaços se encontra também no Atlântico, à leste do Triângulo das Bermudas. Esta é uma área onde as correntes oceânicas acumularam grandes quantidades de algas sargaços, que, em geral, transforma esta área em um tipo de mar no meio oceano.

Descoberto por Cristóvão Colombo em 1492, o sinistro Mar dos Sargaços ganhou fama porque ali desapareceram, sem deixar rasto, muitos navios, o que o torna semelhante ao Triângulo das Bermudas. Como no Triângulo das Bermudas, o Mar dos Sargaços é freqüentemente associado com a aparição “navios fantasmas”, alguns são encontrados flutuando no mar, sem tripulantes ou passageiros. Um dos casos mais famosos foi o Mary Celeste, encontrado não muito longe do Mar dos Sargaços. O barco não apresentava sinais de danos sérios (na verdade, ele foi resgatado e usado durante anos após a descoberta), e parecia como se os passageiros e tripulantes tivessem sido evacuados por razões desconhecidas, deixando a bordo as roupas, comida para metade de um ano, carga, dinheiro, jóias e até mesmo brinquedos. O Mistério do Mary Celeste aparece em muitos filmes e livros.

03 – Mar do Diabo

Também conhecido como Triângulo do Diabo ou Triângulo do Dragão, esta área na região do Pacífico, próximo da Ilha Miyake, também está associado com os misteriosos desaparecimentos de navios. O governo japonês fretou um navio de pesquisa, Kaiyo Maru, tripulado por mais de 100 cientistas, mas ele também desapareceu. No entanto, a perda não foi tão misteriosa, já que foi engolido por um vulcão em erupção, enquanto os cientistas investigavam o Kaiyo Maru. Não houve sobreviventes.

04 – O Triângulo de Michigan

O mapa de desaparecimentos não abrange só os mares e oceanos. Na verdade, no Lago Michigan, no continente americano, há também uma área que tem sido palco de acontecimentos inexplicáveis, como em 1921, quando o barco Rosa Belle foi encontrado flutuando de bruços, sem qualquer sinal dos 11 membros da tripulação.

Ali também desapareceram aviões, como o vôo 2501 da Northwest Airlines, quando passava pela área na rota de Nova York para Milleapolis, em 1950. O avião, com 3 tripulantes e 66 passageiros a bordo, de repente desapareceu do radar: equipes de resgate encontraram alguns pedaços na água, como bancos e fragmentos de corpos humanos, mas não foi possível estabelecer o local da queda.

05 – O Triângulo de Bennington

Em terra firme também não faltam mistérios. No estado de Vermot, EUA, existe uma área chamada de Triângulo de Bennington, que leva o nome do distrito, situado no centro da área. A área é considerada “um lugar maldito” nas lendas das tribos indígenas locais, segundo o escritor e folclorista Joseph A. Citro. Entre 1945 e 1950, nesta área desapareceram cinco pessoas de maneira inexplicavel, com pessoas ao seu redor. A idéia de que eles poderiam ter sido vítimas de um maníaco foi avaliada. No entanto, todos os desaparecidos eram muito diferentes para se encaixar em um padrão de caça de uma pessoa com estas características.

06 – Anomalia do Atlântico Sul

Está claro que tanto no mar como na superfície terrestre, existem áreas que as pessoas preferem evitar só por precaução. Mas poderia acontecer algo semelhante no espaço? Não avançamos muito na conquista do cosmos, mas perto de nosso planeta já conhecemos uma área perigosa. Nem é misteriosa e sua anomalia tem explicação científica, mas entrar sem cuidado nela, pode destruir uma nave espacial. Esta é a Anomalia do Atlântico Sul e situa-se no mar, próximo do Brasil. Ali o cinturão magnético da Terra está mais perto do planeta do que em outros lugares, gerando forte radiação que afeta satélites e outros objetos que passam pela área.

embora a “depressão” do cinto magnético seja de “apenas” algumas centenas de quilômetros da Terra, ainda está muito longe de nos influenciar. No entanto, algumas pessoas acreditam que o fenômeno possa ter desempenhado um papel importante no desastre do avião 447 da Air France, em 01 de junho de 2009, que matou 228 pessoas.

Fonte: RT-TV

O triângulo das Bermudas

Top 10 maiores buracos do planeta

Projeto Filadélfia

Mistérios do Universo

Mistérios científicos sem solução

abril 27, 2014 Posted by | curiosidades | , , , | Deixe um comentário

Mapa do racismo

populações mais racistas

Mapa do Racismo

Um estudo sociológico realizado durante décadas, revela que os países das Américas, Escandinávia e Austrália são os menos racistas do planeta, como demonstra um mapa publicado pelo The Washington Post.

Um grupo de economistas suecos queria analisar se a liberdade econômica influi na tolerância das nações mediante uma pesquisa “World Values Survey”. Os entrevistados de mais de 80 países tinham de dizer que tipo de vizinhos não gostariam de conviver.

Curiosamente, Hong Kong e Bangladesh mostraram, segundo a pesquisa, serem os mais racistas do planeta, segundo concluíram os investigadores, já que ali mais de 71% dos entrevistados se negaram a viver com pessoas de uma raça distinta da sua. Em seguida estão: Jordânia, com 51,4% de pessoas que deram essa mesma resposta, e a índia (43,5%).

Ao contrário dos países citados, o continente americano, Escandinávia e Austrália são as regiões mais tolerantes. Na maioria desses países, os entrevistados que não querem vizinhos de outras raças não passa de 5%.

Ainda que o estudo não tenha descoberto nenhuma relação entre o racismo e a liberdade econômica dos países, a pesquisa mostrou que os países com economias abertas são mais tolerantes com as minorias sexuais.

Entretanto, os autores da pesquisa afirmam que o estudo pode não refletir 100% da realidade, porque, ao responder as perguntas, as pessoas podem ser mais ou menos sinceras, por diferentes razões.

Fonte: RT-TV

Gestado – Choque de raças

Ensinando a deixar de ser racista

Natureza em branco

Não temos vagas para todos

maio 19, 2013 Posted by | curiosidades | , , , , , | Deixe um comentário

O que as notícias e informações nos dizem

entendendo as noticias

Dados da informação

Através de um curso feito no Sebrae, chamado empreendedorismo, tomei conhecimento da importância da análise de informações.

Houve uma época, não muito distante, chamada de a era da informação, nessa época, os empresários, funcionários ou pessoas comuns, eram favorecidos pelas informações. Nessa época, ao contrário do que o nome indica, foi o despertar para a importância da informação, não havia tanta facilidade no acesso a essas informações.

Isso ainda é percebido hoje, principalmente na política, se o governo anuncia investimento em uma determinada área, essa será a direção da corrida ao ouro. Há verdadeiras máfias infiltradas no governo, em busca dessas informações privilegiadas.

Em nosso pequeno mundinho, aqui embaixo, a informação tem também a sua relevância. Precisamos estar atentos e preparados para aproveitar as oportunidades que surgem a cada momento.

Os meios para a obtenção dessas informações, nos dias de hoje, são as mais variadas possíveis. Pode parecer um desperdício, gastar dois reais em um jornal, mas, para quem sabe a importância da informação, esse valor é irrisório.

Os internautas em geral, são os mais privilegiados, podem se beneficiar vinte e quatro horas do dia, trinta dias do mês, trezentos e sessenta e cinco dias do ano. No caso da internet, é preciso uma certa organização, na busca das informações.

Há informações por toda parte, só é preciso aprender a buscá-las. Não há melhor maneira de aprender a lidar com essas buscas de informações do que buscando, portanto, o sistema de busca é fundamental nessa tarefa.

Com o tempo, o internauta aprenderá a separar o conteúdo através de palavras. Algumas notícias, apesar de aparentemente sem importância, podem ser indicadores precisos, muito melhor do que as informações manipuláveis e com segundos interesses, veiculadas pela mídia.

Veja algumas notícias curiosas:

Recentemente, a Catho, maior agência de empregos do Brasil, verificou dados muito curiosos. Enquanto na região de Pernambuco faltavam pedreiros, em Curitiba faltavam profissionais de informática – Não é curioso?

Implicitamente, poderíamos dizer que há, por parte do governo, investimentos e interesse de se investir no nordeste.

Outra notícia interessante: O IBGE, em seu recrutamento periódico, encontrou dificuldades em preencher as vagas em São Paulo e no Rio Grande do Sul.

Essa notícia nos leva a crer que, apesar de as pessoas estarem descontentes com o panorama econômico de suas regiões, a realidade não é bem essa, a economia encontra-se plenamente aquecida em suas regiões.

É claro que não dá para se confundir a capital de São Paulo com o interior, aliás, no Brasil inteiro, ocorre esse fenômeno de migração para o interior, em busca de qualidade de vida e melhor infra-estrutura.

Lembrando o que já foi dito no site, a verificação do crescimento do PIB, não implica necessariamente em crescimento de empregos, é apenas um indicador favorável, principalmente ao Governo. As regiões rurais do interior de Goiás são um exemplo disso, bem diferente de regiões como o interior de Santa Catarina, por exemplo.

Em Curitiba, há profissionais de informática, mas não falam os idiomas requeridos por uma empresa que trabalha para exportação de produtos, criação de sites ou softwares. Note que um curso de inglês é bem mais barato que os cursos universitários, onde estão as falhas?

A cidade com o maior crescimento de PIB do Brasil é Macaé, cerca de trezentos por cento. Passou dos pacatos quarenta mil habitantes, para mais de duzentos mil.

Dois terços da população passaram a viver em favelas, gerando um déficit habitacional muito grande.

O déficit de emprego, no Brasil, também interessa aos grandes empresários. Só a infra-estrutura seria suficiente para sanar esse problema, caso fosse de interesse dos políticos, com isso, não haveria mais tanto desemprego.

Sem desemprego, os salários tenderiam a subir, em alguns casos, seria até necessário a importação de mão-de-obra, ou investimento na qualificação profissional, isso não interessa aos ricos.

Fora do Brasil, a história não muda muito: Angola lembra Macaé, com seu cenário pós guerra, onde falta água até para tomar banho; no Japão se trabalha três vezes mais, os brasileiros são submetidos a um sistema quase escravista, a diferença é que recebem muito bem para isso; nos Estados unidos há muita liberdade, mas não se deve confundir liberdade com irresponsabilidade, é grande o número de brasileiros encrencados com a justiça.

O melhor país para se trabalhar continua sendo o Brasil, apesar da falta de vontade de nossos governantes.

By jãnio

abril 25, 2010 Posted by | oportunidades | , , , , , , , , , , | 4 Comentários

Melhores setores e regiôes para se investir

Regiões para se investir

setores para franquias

Em países emergentes, como o Brasil, é natural que haja um certo descontrole quanto aos investidores e áreas onde a demanda ainda é grande por produtos e serviços.

São poucos os órgão que se dedicam à pesquisas nessas áreas, mesmo assim, nem sempre as informações atingem o público certo, pessoas em processo de investimento de capital. Alguns órgãos, como o SEBRAE, uma das raras entidades que se dedicam à apoiar empreendedores, não se arriscam muito em conselhos desse tipo.

Mesmo identificando novos mercados, isso não quer dizer, necessariamente, que a vida será mais fácil para o novo empreendedor, muito pelo contrário, pode até ficar pior. Como exemplo, podemos citar os casos de três cidades que mais cresceram recentemente, Paulínea, Sertãozinho e Macaé. Duas devido ao petróleo, a terceira, apesar de ser da área de combustível, é na área de álcool, mais especificamente, usinas, equipamentos e treinamento para usineiros.

Depois de ver as matérias estampadas nas principais publicações do país, iniciou-se uma corrida ao ouro. O resultado foi um crescimento desordenado dessas cidades, onde a infra-estrutura, que já é precária no Brasil, foi o segmento que mais sofreu com essa falta de planejamento.

Porque isso acontece? – Isso acontece porque os poucos órgãos dedicado á pesquisa, como é o caso do IBGE, divulgam suas pesquisas, e os milhares de veículos de comunicação divulgam isso em excesso, na falta de novas pesquisas, deixando toda a população do país, quase 200 milhões de pessoas, na mesma rota para o futuro.

Como disse, recentemente, um amigo meu: “Se alguma publicação disser para você ir para o Sul, vá para o Norte, pois a concorrência e a corrida ao ouro vai ser imensa”. Pode até se um bom negócio, em matéria de especulação imobiliária ou outros segmentos estratégicos mas, fora isso, não sobra muitos pontos positivos não.

É aquele velho problema, a maioria dos micro empreendedores brasileiros tem pouco capital para investir, assim, novos nichos que implicam em experiência, capital e muito trabalho acabam por desinteressar os aspirantes a empreendedores. No caso de setores já conhecidos, onde não há necessariamente espaço, muito menos oportunidade, como são as áreas ocupadas pelas franquias, há muito interesse, o risco é baixo, mas a concorrência é imensa.

Segundo especialistas, três regiões propícias para investimento, atualmente, são: O interior de São Paulo, Manaus e o interior de Santa Catarina. Note o que dissemos anteriormente, essa indicação de apenas três regiões, acabam por atrair uma concorrência além do esperado, inviabilizando o projeto, por isso todo cuidado é pouco.

As áreas que as franquias investem são áreas já conhecidas, onde há muita concorrência, mas o controle é mais fácil. Nessas áreas, aspectos como mão-de-obra, pesquisa de mercado, marketing e todos os aspectos de negócios são bem conhecidos. É o caso dos setores de Educação e treinamento, serviços, turismo, vestuário, alimentação, livraria e papelaria, acessórios e veículos, entre tantos outros, onde as franquias podem evitar uma grande dor de cabeça, apesar de também não apresentarem grandes margens de lucratividade.

As franquias são a melhor saída para quem está começando, a falta de experiência em gestão de negócios, marketing e outras rotinas, podem tornar o empreendimento totalmente inviável, sem uma pequena ajuda de uma franquia. Nada impede que, no futuro, o pequeno empreendedor procure novos rumos, depois que terminar o contrato, desde que ele esteja, de fato, pronto para voar com suas próprias asas.

“Veja a pesquisa realizada pelo Programa de Estudos do Futuro, da FIA (Fundação Instituto de Administração), mostrou quais são as melhores oportunidades de negócios para empreendedores até 2020 no Brasil.

O levantamento foi realizado em duas etapas, sendo que, na primeira, 92 especialistas no assunto foram entrevistados, enquanto, na segunda, o número subiu para 112.

Os resultados revelaram que os negócios potenciais estarão no setor de Serviços, em segmentos como Saúde e Qualidade de Vida, Turismo e Lazer, Alimentação, Serviços para a Terceira Idade e Consultorias especializadas em áreas como sustentabilidade, desenvolvimento de carreira, pessoal e de planejamento financeiro”.

Texto:  By Jânio

Pesquisa: FIA

março 20, 2010 Posted by | Empreendedorismo | , , , , , , | 15 Comentários

Site verifica chances de emprego

chances de emprego

Fator empregabilidade

Recentemente, uma empresa canadense ofereceu trinta mil mensais para soldadores. A empresa não conseguiu os empregados que precisava, resultado, foi preciso fazer um curso de soldador para preparar os novos trabalhadores.

É muito comum, essa carência de mão-de-obra, em várias regiões do Brasil e do mundo. As empresas bem organizadas não iniciam seu projetos, sem antes ter, à sua disposição, todos os elementos que necessitam para o futuro empreendimento.

Por outro lado, interesses e manipulações políticas impedem a viabilidade do projeto. Na implantação de uma grande empresa, todos os empresários sofrem com a debandada de funcionários, interessados em melhores condições de trabalho.

O Brasil é um país continental, as condições sociais e os números econômicos diferem muito, de uma região para outra, podendo haver pequenas ou grandes diferenças. Foi pensando nisso que a SERT – Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, em parceria com a FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP, criou um programa online para verificar as chances de uma pessoa desemprega para conseguir uma nova colocação no mercado.

O site www.termometrodoemprego.sp.gov.br verifica as probabilidades de uma pessoa conseguir um emprego, em determinada região metropolitana, apresentando um fator de empregabilidade, que vai de 0 a 100, onde 10 significa 10%, e assim por diante.

O site leva em consideração: a idade, o sexo, o tempo desempregado, a cor da pele.

No caso da cor da pele, demonstra o racismo enrustido, explicito de maneira racional, influenciando nas chances de se conseguir um emprego, deveria ser irrelevante.

O resultado mostra as chances em trinta dias, 60 dias e noventa dias, assim como por região pesquisada.

A região de Porto Alegre, segundo esse programa, chega a oferecer até o dobro de chances de emprego, para pessoas acima de quarenta anos, 22% das pessoas deverão conseguir emprego, no prazo de noventa dias.

By jânio

dezembro 19, 2009 Posted by | oportunidades | , , , , , , , , , , | 2 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: