Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Indexação de páginas às avessas

acessando blogs bloqueados

indexação alternativa

O meu grande objetivo na internet, sempre foi as buscas, o sistema mais antigo da internet, mais simples também, pelo menos até surgir o Google.

A maneira como as mensagens são espalhadas pela internet, me interessam muito, pois isso faz com que nossa opinião tenha mais importância, à medida que o site adquire uma maior notoriedade.

A partir dos sistemas de buscas, toda a rede de conteúdo tem início. O processo de linkagem, ligação entre texto, artigos, mensagens etc. Resumindo: a Xanadu de Ted Nelson ganha vida.

Outros sistemas tem chamado a atenção ultimamente, como é o caso do cobiçado ranking do Ocioso, que deixa o Google meio sem função, quando o assunto é referência em conteúdo, tamanha a quantidade de visitas que o sistema do Ocioso oferece.

Eu poderia dizer que dentro do processo de linkagem, duas redes se destacam de todas as outras: A Twitter, apesar de eu não ter emplacado por lá ainda e a WordPress.

A Twitter dispensa comentários, é uma rede onde os usuários, literalmente, pedem para receber spam, para a alegria dos publicitários e grandes redes de comércio. O lado bom é a sua performance, a melhor jamais vista em toda a história de softwares, uma revolução em programação, é esse o motivo de haverem tantas ferramentas e buscas baseados na Twitter.

O gerenciador WordPress é outra rede que chama a atenção, mas pelas suas próprias ferramentas. Eu já tive hospedagem própria e posso afirmar que o painel da WordPress é único. Eu admirava tanto seu painel, que mesmo quando eu tinha meu próprio domínio, eu o usava frequentemente.

Graças a essas facilidades, a WordPress foi facilmente se integrando às ferramentas Web 2.0, como os sistemas RSS. O caso da Delicious, foi uma ferrramenta que se integrou muito bem, tanto com a wordpress, como com o buscador da Google, um dos melhores exemplos de integração de sistemas da internet.

Foi graças a essa integração – WordPress > Delicious > Google – que eu, um amador em internet, descobri uma indexação pelas portas do fundo, a indexação de imagens.

Através da indexação de imagens, eu pude verificar como a otimização das imagens é importante: textos das imagens, rodapé, legendas, etc

Algumas imagens podem se transformar em virais quando menos se espera, foi o que aconteceu com meu site. Assim eu descobri como uma imagem pode fazer a diferença para o site, ou seja, muitas pessoas buscam pelas imagens no buscador da Google, do Yahoo e outros.

Outro fato curioso, é que, com a dificuldade de acesso ao blog, fato verificado por vários amigos, entre eles o Lison, eu fiquei na dúvida se o site era bloqueado por ter assusntos polêmicos, parece que não, pelo menos aparentemente não.

Graças as buscas de imagens, descobri que quando estamos com dificuldade para acessar um blog, podemos acessà-lo através de imagens nele contidas.

Algumas imagens de meu site se encontram bem posicionadas nos buscadores, como as palavras: Ig, cbn, pedro malasartes, milagres existem, bicitaxi, futebol feminino e muitas outras que eu ainda não notei, ou outras que ficaram no topo temporariamente, como foi o caso de Atlantida, Pompéia, hieroglifos, etc.

Assim, acessar o site através das imagens, se tornou uma boa opção, para os leitores de meu blog, quando o site estiver bloqueado, é só buscar por imagens e acessá-lo facilmente. Eu também uso três navegadores, mas isso eu não recomendo, pois não sei se é uma boa ideia, principalmente no caso de gerenciamento de cookies e cachê da memória, reservada ao navegador, até agora, tudo bem.

By jânio

abril 28, 2010 Posted by | blogosfera | , , , , , , , , , | 7 Comentários

Analisando a popularidade do site.

termômetro da popularidade

termômetro da popularidade

A internet tem me dado muitas alegrias, ultimamente, quando o assunto é reconhecimento.

O meu blog é um daqueles sites que se cria em dez minutos, templates prontas. Apesar de conhecer a linguagem de marcação html, achei melhor não incrementar muito o blog, manter formato pronto.

O Blogger, ou blogspot, da Google é o mais indicado para quem quer crescer rápido, se tornar popular, não é o meu caso, pelo menos por enquanto.

Eu não vou ser hipócrita de dizer que não quero ver meu blog popular, o que eu acho é que devemos ser sensatos quanto aos nossos objetivos.

O grande barato da internet é o seu próprio mecanismo, a maneira como tudo se transforma, como se espalha, se divulga, se linca, cria-se um perfil, etc.

A interatividade é muito benéfica para quem faz uso desta ferramenta fantástica que é a web, mas para haver interatividade é preciso apresentar ideias, conteúdos, resumos, conhecimentos, dicas, aprendizados ou até experiência de vida, eu acho fantástico isso.

Para apresentar todo este conteúdo, que se encontra dentro de nossa mente, precisamos de um blog, os dois mais indicados são o Blogspot, que eu já citei e o WordPress.

O WordPress, além de ser um gerenciador de blogs, onde você pode criar o seu, também é uma super rede social, onde todo mundo tem vez, desde que saiba satisfazer a sede de conhecimento dos usuários da rede.

Dentro do WordPress não há muita discrepância entre os membros, não há um blogueiro que receba tanto apoio, enquanto outro fica às mínguas. O segredo e atualizar sempre, pelo menos um post por dia, é o que eu estou fazendo.

É preciso saber qual é nosso objetivo, o meu eu já decidi, é aprender o máximo que eu puder.

Ultimamente, comecei a receber meus primeiros links, ping backs e track backs. A maior surpresa foi um link de um site em espanhol.

Todos os links, detectados pelo sistema do painel administrativo do WordPress, são muito importantes, inclusive o link que eu recebi de Gustavo Baccin, um profissinal da área, que mora nos Estados Unidos, mantém no Brasil, além do site Ater, a agência Destaca, no rio Grande do Sul.

Hoje, em meu artigo “Classificação dos crimes digitais”, recebi uma visita ilustre, Giovanna da Symantec, empresa dona do anti-vírus Norton.

Eu já havia recebido uma outra visita ilustre de Luiz A. Costa, professor de ética Hacker. Uma visita de alguém da área, não só agrega valor ao post, como melhora nossa visão sobre o assunto, mesmo que seja um comentário contrário.

A curiosidade para saber como as pessoas chegaram ao site,  quem está linkando, é muito grande, mas seria como perguntar o preço do presente que acabamos de ganhar.

Por isso eu fico aqui admirando, não a quantidade, mas a qualidade das ligações de meus artigos, e a inteligência de meus comentaristas, que não fazem por obrigação.

Finalmente, parece que o processo de blogagem está funcionando como eu queria.

Obrigado a todos pela interatividade.

julho 21, 2009 Posted by | Redes Sociais | , , , , | 4 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: