Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Grupo extremista assusta até os radicais

Grupo Extremista

Um novo grupo radical de insurgentes está se formando no afeganistão com o objetivo de aterrorizar tanto as autoridades como a outros grupos extremistas, segundo fontes da inteligência afegã.

O serviço de inteligência do afeganistão considera que a nova Frente Dadullah já está exercendo pressão psicológica sobre alguns legisladores mediante mensagens e chamadas telefônicas para que não apoiem o acordo estratégico sobre a colaboração de Kabul com os Estados Unidos.

As ameaças chegam da parte de pessoas que dizem atuar como membros da Frente que leva o nome do comandante taliban, Mullah Dadullah, próxima à Al Qaeda, o que provavelmente foi o motivo de seu assassinato em 2.007.

Os serviços de segurança anunciaram que já haviam prendido três pessoas supostamente vinculadas com a Frente Dadullah e consideram que por trás dessas pessoas haja um grupo bem maior.

O movimento extremista talibán nega a aparição de um grupo islamistas mais radical e argumenta que por trás das chamadas está uma só pessoa.

Fonte: RT-TV

Comentários:

Antes de comentar o texto acima, da RT-TV, eu me lembrei da Guerra Mundial, quando o pacato Winston Churchill começou a se destacar, denunciando as intenções de Hitler, um homem que aparentemente era carismático e admirava os ingleses, inclusive sua ciência eugênica racista.

Aproveitando esse gancho, eu devo alertar para a dinâmica dos movimentos políticos, direita, esquerda, radicais e anarquistas. Daniel Estulin consegue ver o que poucas pessoas notam, ou seja, os interesses por trás desses movimentos e o perigo que eles representam.

Daniel Estulin por experiência sabe que todos os movimentos políticos sociais devem ser analisados.

Por exemplo:

Ele estranhou a quantidade de documentos publicados pelo Wikileaks, uma quantidade de documentos que nem o governo americano teria capacidade de reunir, muito menos os agentes da Cia, de maneira isolada.

Se de maneira isolada era impossível reunir tanto material, então haveria a possibilidade de uma organização muito forte para reunir tanto material.

A insistência da Wikileaks em atacar os governos de países desenvolvidos, despertou o perigo de um grupo muito poderoso, Bilderberg, que poderia estar por trás de tudo, com objetivos de especulação financeira e investimentos em países em desenvolvimento.

O apoio que a Wikileaks recebeu dos grupos midiáticos de direita, inclusive alguns de propriedade de membros do clube de Bilderberg, confirmou a suspeita.

Depois veio o Anonymous, o mais poderoso grupo de hackers que já se teve notícia, capaz de derrubar qualquer site, sem exceção. Aí, as leis de controle da internet passaram a ser votadas: Cispa, Sopa, PIPA.

Um rival do anonymous surgiu, Unknowns.

O Unknowns tem características menos políticas e mais hacker. Lembrando a filosofia hacker: Um hacker testa a segurança de um site, em seguida, informa esse problema ao responsável.

As grandes empresas não tomam providências e nem reconhecem suas falhas, além disso, praticam concorrência desleal, com preços injustos e cartel.

Isso desperta a fúria dos hackers que declaram guerra a essas empresas e sites.

Como muitas empresas contratam os mais famosos hackers para testar seus programas, o Unknowns me pareceu um movimento de contra-espionagem, já que o grupo confessou que atacaria todos os sites e avisaria dos problemas de segurança aos responsáveis, contrariando os Anonymous.

Todas as revoluções no Oriente Médio demonstraram uma mudança muito rápida no mundo, mas a direita adaptou-se muito rapidamente, sem perder o controle.

Um exemplo é o Egito, onde a ditadura deu lugar a um governo militar, o que já aconteceu no Brasil. Em países como o Brasil, a privatização abriu espaço para os donos do mundo e banqueiros dispostos a dominar o país.

Na China, o trabalho escravo pode beneficiar grandes multinacionais que aprovaram e acordaram as estratégias econômicas da China com o resto do mundo.

Nem Osama Bin Laden escapou da teoria de conspiração, afinal, para quem trabalhava o líder treinado pela CIA.

Voltando ao início, Winston Churchill alertou para a urgência de antecipar as estratégias clássicas de Hitler, que já eram previstas desde os tempos de Nostradamus. Nostradamus tinha acesso aos documentos imperiais, Winston Churchill também, afinal, ele era descendente da realeza britânica.

O problema agora está na velocidade em que os fatos estão acontecendo e na sua complexidade, ficou difícil de saber quem está ao lado de quem, com protagonistas dispostos a tudo para confundir os analistas especializados.

Comentários: By Jânio

Qual é o preço de uma guerra mundial

Depois do holocausto veio o apocalipse

Revolucionários da terceira guerra mundial

Psicopata norueguês e o ódio de direita

O clube de Bilderberg

Os maiores protestos da história

O lado obscuro da Wikileaks

O erro americano

Aparências reais

Os 25 pontos chaves do nazismo

maio 21, 2012 Posted by | Internacional | , , , , , , , | 7 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: