Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Os três melhores anti-vírus do mercado.

ranking dos anti-virus.

ranking dos anti-virus.

O grande teste de qualidade para um software passa, inevitavelmente, pelo uso gratuito do sistema.

1 – Freeware – Quando o software (sistema ou programa, como queiram chamar), é totalmente livre para uso, liberado para o público em geral. Isto é muito bom quando o sistema não é muito complexo, sofisticado, casos de pequenos trabalhos que servem, inclusive, para divulgar o nome de um profissional.

Assim, as grandes empresas apostaram na ideia e começaram a lançar produtos de qualidade, complexos e sofisticados, como forma de valorizar a marca.

2 – Shareware – Este tipo de software é liberado para o público com restrições, podem ser usados por um tempo determinado, até que o tempo expire, devendo então ser comprado, ou utilizar em versões diferenciadas, onde o uso pessoal é livre e o uso profissional é pago.

No caso dos ati-vírus, programas que não podem faltar na máquina, saber como são classificados estes sistemas é fundamental para se saber qual escolher, qual seu perfil de usuário.

Na internet, os melhores programas estão em inglês, para desespero dos usuários, nem sempre o inglês básico é suficiente para conhecer o sistema, mesmo quando o usuário possui conhecimentos avançados da língua, falta o intercâmbio em sua língua natal, a interatividade com seus amigos e usuários nacionais.

Frente a todas estas barreiras, impostas pela diferença cultural, a tendência é a divulgação em massa dos softwares que tiveram a sensatez de lançar o produto em português, freeware ou shareware, para testes do público em geral.

Na maioria das vezes, apenas o fato da empresa lançar o produto para testes públicos, já é suficiente para garantir sua qualidade, já que o público, podendo testar, não vai divulgar o produto, a menos que tenha uma excelente qualidade.

Relacionamos três anti-vírus, já testados, de qualidade, que podem ser facilmente encontrados, e baixados, na internet.

NORTON – É o produto mais conhecido da Symantec, já se tornou tradicional, muito conhecido dos usuários há muito tempo.

Este anti-vírus foi o primeiro experimentado por mim, após começar a usar a internet, grande fator de riscos, devido a exposição na rede. Spywares, vírus, worms, rootkits, e-mails infectados, atualizações online do banco de dados de novos vírus, nada escapa ao sofisticado sistema,

Assim como seu maior concorrente, o AVG, é um sistema pesado que exige muito de seu sistema, seu uso implica sempre em possuir uma configuração básica, de preferência o mínimo que ainda se comercializa, atualmente um giga de ram, na memória do computador.

Sua maior qualidade é sua interface gráfica de fácil uso, principalmente para iniciantes no sistema.

Sua versão é Shareware, ou seja, depois de um ano, o prazo se expira.

Para versões Windows XP e Windows vista

http://www.symantec.com/pt/br/index.jsp

AVG – Este foi o segundo anti-vírus que eu experimentei.

Nunca pensei que um dia a Grisoft conseguisse a façanha de levar o anti-vírus AVG a competir em pé de igualdade com o Norton da Symantec. Pois eles conseguiram, e fizeram mais, seguindo a tendência de softwares para uso gratuito, a Grisoft lançou duas versões:

Gratuíta – para uso doméstico, onde não há necessidade de registro.

Profissional – para empresas, onde seu uso implica necessariamente em adquirir o produto, pagando seu uso.

Em sua última versão, eu me atrapalhei, não consegui baixar corretamente a versão free, ficando com a versão anterior, 7,5.

Depois de duas tentativas frustradas, desisti, isso não diminuiu minha admiração pelo produto, tanto que continuo com sua versão anti-spyware.

A nova versão 8.5 traz um pacote que combatem: vírus, worms, trojan, spywares. Tudo é apagado automaticamente após verificação da máquina.

A versão 8.5 dispensa a instalação de um programa anti-spyware, isso porque essa ferramenta já está inclusa no pacote da nova versão.

Adaptado a web 2.0, o AVG possui uma ferramenta que inteage com sites de buscas, facilitando a identificação de sites infectados, sites sem segurança que apresentam perigo para navegação.

Assim como o Firewall do Windows, o AVG rastreia qualquer atividade suspeita de alterar a configuração do sistema.

O AVG possui as principais ferramenta apresentadas pelo seu maior concorrente, Norton da Symantec, inclusive apresenta um inconveniente parecido, é um sistema pesado, exige um computador com configuração mínima de mercado, 1 giga de ram, para não afetar o funcionamento natural da máquina.

O AVG apresenta uma versão freeware, gratuíta e outra comercial, deve ser adquirida para uso de empresas.

http://www.avgbrasil.com.br/

AVAST – Traduzido para o português como “alto”, referência antigas contra piratas, este é o terceiro anti-vírus que eu uso.

Devido a falhas de downloads, duas vezes seguidas, do AVG, optei pelo Avast, pelo fato de ser freeware, ou seja, assim como o AVG, possui uma versão gratuita para uso doméstico.

Outro fator que me levou a sua escolha, foi o fato da quantidade de usuários, no mundo todo ser muito grande, mostrando sua qualidade e aceitação no mercado.

A empresa criou uma interface diferenciada para o usuário, a ideia era que a sua interface gráfica fosse parecida com um media player, programas que tocam músicas ou filmes. Caso não goste do visual, poderá baixar outras skins, do próprio site.

O Avast possui entre suas credenciais o certificado ICSA, empresa especialista em verificação da eficiência do produto de segurança.

Este certificado foi atribuído devido a alta performance, agilidade de detecção de ameaças como o cavalo de troia, os mais perigosos.

Além disso, o programa possui suporte para arquivos compactados. arquivos executáveis, arquivos de sistemas, e-mails. No caso de e-mails, ele funcionará em dois modos:

Protocolo – de grande utilidade por funcionar em protocolos com POP3 e SMTP, por exemplo.

Plugin – ligado diretamente ao outlook da Microsoft.

Protege mensageiros instanâneos.

Compartilhadores de arquivos P2P, como emule, por exemplo.

Proteção contra Hackers.

Rastreia a rede em busca de ameaças, como um firewall.

Age como um proxy, transparente em navegadores como o internet explorer, firefox e opera.

O programa roda em Windows XP/Vista/98/2000

Ao contrário do AVG e do Norton, o Avast é leve, usa pouca memória e é extremamente rápido.

http://www.avast.com/

Fonte: Baixaki

By Jânio

julho 29, 2009 Posted by | segurança | , , , , , , , | 18 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: