Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Dicas sobre busca avançada para blogueiros

Primeiros passos

iniciando na web

A melhor maneira de usar a internet, é aprendendo aos poucos.

Eu sempre tive a teoria na cabeça, apesar de ser bem diferente da prática. Eu me lembro sobre as leituras da origem do computador, antes de tocar na máquina pela primeira vez.

Com o sistema Windows, foi a mesma coisa, mais fácil até, já que o sistema MS Dos tinha um aplicativo chamado MS DOS SHELL, simulando um ambiente gráfico que, mais tarde, se tornaria o ambiente Windows.

Usar um navegador, para internet, parecia uma janela para outro mundo, mas no fundo nada mais era do que uma evolução dos links e hipertexto, muito usado nos programas de multimídia. A novidade era a conexão via cabo, abrindo os horizontes, isso tornava a informática muito mais interessante.

A partir da internet, a manutenção de meu desktop diminuiu consideravelmente, acredito que isso tenha acontecido o mesmo no mundo todo. Antes da internet, o passatempo mais comum era fuçar o computador, depois passou a ser a internet, o perigo dos vírus ficou bem maior.

A comunicação através de conteúdo, ainda é recente para mim. O processo é simples, você cria um texto, dentro de suas possibilidades, exprimindo uma ideia que será discutida por várias pessoas, dentro do blog.

A ferramenta do blog é, de certa forma, uma evolução do antigo fórum de discussão em grupo. No caso dos blogs, para agregar pessoas é preciso participar de uma rede social.

É a segunda melhor forma de aprendizado que existe, perdendo só para a educação presencial, mas muito superior aos livros autodidáticos que podem ser agregados a esse sistema também, além dos links e informações novas que adquirimos através dos participantes.

São muitos prós e pouquíssimos contras. Um desses contras, é que as pessoas sensíveis e carentes podem ser vítimas fáceis de um mundo virtual, mesmo na melhor rede social que eu conheci até agora, Dihitt, esse perigo é iminente.

Não há segredo, você precisa seguir a pessoa durante um tempo, antes de partir para uma relação mais séria, antes de clicar em seu link.

A milenar frase bíblica vale aqui também: “Uma árvore boa não dá maus frutos.”

Outro ponto contra, são os críticos, aqueles que insistem na afirmação de que a internet não deve ser democrática, que  as pessoa devem aprender a escrever antes de se aventurarem a escrever textos.  Eu já tenho uma certa maturidade na internet para me importar com esse tipo de encrenqueiros, mas muita gente abandona a internet, sem deixar rastros, depois de serem agredidas pelos encrenqueiros.

Eu cheguei a escrever alguns textos sutis, na esperança de ajudar as pessoas a superarem os primeiros passos na internet, infelizmente, pouca gente notou.

Quando eu escrevi o texto “A Google também comete erros”, facilmente encontrado no buscador google, não tinha nada a ver com a Google mas com as pessoas que cometem erros ortográficos.

Quando uma pessoa começa a digitar uma palavra, no buscador Google, o Google suggest completa a palavra imediatamente, evitando os possíveis erros de ortografia. Quem usa o navegador Google chrome, tem um editor de texto permanente em seu computador.

O probema do suggest é que surge uma pergunta, por exemplo: iminente ou eminente? – aqui vale o velho conselho de uma professara de português: “nas classes de palavras, todas seguem um mesmo radical e tema”

Portanto, a palavra seguirá a escrita das outras que você conhece.

Essas são algumas formas de auxiliar as pessoas que estão iniciando em escrita para internet. No começo, é preciso efetuar a correção de palavra por palavra, com o passar do tempo, a pessoa evolui, dispensando o uso desses recursos.

O uso de indexadores e redes sociais são fundamentais para os blogueiros ou pessoas que, de alguma forma, criam textos para a internet. Os melhores indexadores, naturalmente, são os Dihitt e o Ocioso, apesar do potencial de redes como o Orkut, facebook e Twitter, todos eles podem ser facilmente localizados quando digitamos seus nomes nos buscadores, aparecem no topo.

O ocioso exige uma imagem quadrada, máximo de 10 k. O tamanho das imagens pode ser visto no banco de dados da Google, para isso basta clicar em IMAGENS no buscador google.

O formato da imagem aparece junto ao tamanho. Ex: 100 x 100 – Para evitar ter que passar o resto da vida procurando imagens no formato e tamanho que você quer, clique em busca avançada, no buscador Google.

Não precisa mudar toda a configuração de busca, que aliás assusta, mude apenas um item, aquele que interessa a você.

Quando você está procurando alguma notícia nova, sempre corre o risco de pegar notícias do ano passado ou cinco anos atrás, em páginas super otimizadas. Nesse caso, clique novamente em busca avançada, altere apenas a data, isso é suficiente para que você exclua as notícias mais antigas.

Esses procedimentos são simples e economizam um tempão, sem falar que mais cedo ou mais tarde, teremos que nos acostumar a esses novos hábitos.

By Jânio

fevereiro 3, 2010 Posted by | blogosfera | , , , , , , , , , , | 11 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: