Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Pobre classe média

grande classe média

Classe Popular

Olhando para o passado, o governo deve sentir muita falta dos bons tempos – para ele, governo. Antigamente, ser pobre era padecer no paraíso, morrer no paraíso e ir para o céu, é, porque pela filosofia da época, nenhum rico entrava no céu – os pobres ricos queimavam todos os seus neurônios procurando uma razão para poder entrar no céu.

Nós sabemos como a mídia tem uma boa percepção para observar meio copo de água cheio, ao invés de meio copo de água vazio, esse é o desafio em apresentar uma má notícia com aparência de boa.

Segundo as últimas pesquisas, a classe média tem aumentado muito nas últimas décadas, mas nunca aumentou tanto como nessa última.

A percepção do meio copo cheio mostra que a classe média atingiu 80% da sociedade brasileira, um número impressionante até para uma pessoa pessimista.

Isso me faz lembrar de um milionário, conhecido meu, militar, grande crítico do governo socialista de FHC. Ele dizia que o governo estava acabando com a classe média, visão bem diferente das notícias que eu lia.

Agora eu entendo melhor: Os números mostram que oitenta por cento da sociedade brasileira ganham entre 2000 e 4.000 reais mensais, ou próximo a isso.

Então, as duas informações que eu tinha, faziam sentido: a classe média realmente ficou pobre mas também aumentou.

Então vamos entender como isso funciona:

A classe média é calculada de acordo com a média de todos os salários do país, como a maioria é pobre, essa média segue a mesma tendência. Logo, as pessoas continuam na mesma situação de antes, mas como a classe média empobreceu, então, os pobres juntaram-se a essa classe, tornando-a muito maior.

Se a antiga classe média não fosse tão imbecil, teríamos uma classe média tão forte como nunca vimos antes, mas os pobres que estão chegando, podem mudar essa situação, ou poderiam, porque eu estou vendo também um emburrecimento desses ex-pobres, que nunca deixaram de ser miseráveis.

Entretanto, a sociedade costuma se adaptar ao sistema e, se tivermos sorte, poderá até reagir, aí, sim, teremos mudanças.

Por enquanto, o que notamos é uma confusão muito grande, um verdadeiro festival de baixarias.

Dizem que o pobre não pode ter carro, mas é o rico que enche a cara e é pego pela polícia; dizem que pobre não pode ter câmera, mas é o rico que é flagrado em homemade, escandalizando os internautas; dizem que pobre não tem educação, mas é o rico a maior vítima dos paparazzi, fotografado sem a roupa de baixo; dizem que pobre não tem dinheiro, mas eu nunca vi tantas celebridades fazendo “trabalhos adultos”, que vão desde simples ensaios para revistas masculinas, até programas vips de prostituição, passando pelas apimentadas produções de filmes pornôs – Que pobreza! – em sentido contrário, o que tem de pobre participando de realities shows, ou escrevendo livros sobre sua antiga vida decadente, verdadeiras aulas de sobrevivência para a nova classe média, nem dá para contar.

Os pobres sempre dependeram, ou foram vítimas, da chamada formação de “opinião pública”, e só a classe média tinha acesso a essas opiniões formadas pela aristocracia. Agora, vivemos numa situação gravíssima, e teremos todos de aprender a pensar e ter, cada um, o seu próprio ponto de vista.

O poder democrático, representando a maioria, depende da organização e respeito das minorias, assim como depende do pensamento único de cada um de nós.

By Jânio

Burguesia – Ricos modernos

Quinze minutos de fama de um extra-terrestre

O fim das aparências

Solução para os problemas sociais

A crise da PPP

outubro 5, 2012 Posted by | Inglês | , , , , , , , | 5 Comentários

Como é um relacionamento entre lésbicas

Relacionamento Discreto

Sexualidade x Sexo

Uma das perguntas que mais são feitas nos buscadores, segundo o Delicious, via WordPress é: “Como é uma relação lésbica?” – Esse será o tema de hoje, aqui no madeinblog/icommercepage.

Essa é uma pergunta que já provocava a curiosidade de marmanjos há muito tempo, mesmo antes do advento da internet.

Em primeiro lugar, é preciso que se diga que uma relação lésbica não é necessariamente uma relação bissexual, isso é bom realçar pelo fato de alguns homens terem a fantasia do chamado ménage à trois, onde um homem tem relação com duas mulheres.

Quando se trata de uma relação com uma mulher, é preciso que se diga também que nem sempre a relação sexual é o principal elemento da relação, na realidade quase nunca é.

Certa vez, li um relato onde uma lésbica comparava o pênis a um dedão do pé. Dizia ela: “Para nós, o pênis do homem é como o dedão do pé, é a última coisa que uma mulher olharia.”

E ela continuava: “Se você encontra uma pessoa, qual é a primeira coisa que você vai olhar, o rosto ou o dedão do pé?”

Assim como nem todas as lésbicas são bissexuais, nem todas as mulheres são lésbicas. Uma vez uma mulher foi radical quando foi flagrada numa situação suspeita na escola, ela iniciou imediatamente uma campanha para expor sua sexualidade.

Eu disse: “Cara, vai devagar, você vai acabar como o nome “sujo”.

Despreocupada ela respondeu: “Eu prefiro ser conhecida como uma P*** do que como S******”.

É claro que aqueles eram outros tempos, mas dá para se ter uma idéia de como as mulheres pensam. As mulheres tem uma ordem muito clara dentro de uma relação.

Primeiro elas conhecem as pessoas e depois passam a se identificar com seu comportamento, quando esse sentimento é mais forte que uma amizade, pode se tornar uma paixão avassaladora ou um eterno amor.

Recentemente, vi uma mulher dizendo: “Quando a gente gosta demais de uma pessoa, os defeitos deixam de existir; isso não quer dizer que os defeitos não existam, significa que aquilo que todas as pessoas deveriam fazer, entender-se uma as outras, fica muito mais fácil quando se ama.”

Nesse caso, o amor e a relação entre um astro/estrela e um(a) fã, são muito parecidos, podem superar quase tudo.

A convivência, o compartilhamento de idéias e bens materiais e imateriais, não difere muito das relações mais tradicionais, a relação sexual deve ser separada da sexualidade, sem que isso implique em ignorar a sua existência.

Alguns homens tiveram a idéia brilhante de observar a relação das lésbicas como uma forma de aprender mais sobre as mulheres; nesse caso, foi uma decisão acertada.

Quanto mais os homens aprenderem sobre as mulheres, mais chances terão de conquistar o amor de sua vida. Da mesma forma, seria bom que as mulheres pensassem da mesma forma, em relação aos homens, principalmente essas que acham que uma gravidez é a melhor forma de arrumar marido.

Um comportamento promíscuo independe da sexualidade, tanto uma mulher tradicional pode ser vulgar, quanto uma lésbica. É preciso manter-se discreta, quando o assunto tem a ver com sua intimidade.

Lista de Gays e Lésbicas Famosos Assumidos

By Jânio

agosto 15, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , , , | 130 Comentários

Tirando a roupa para mudar o mundo

Um tema, para ser polêmico, deve mexer com todos os conceitos médio-burgueses da sociedade, como religião, sexualidade, moral e bons costumes, etc., o que será analisado, inevitavelmente, sob o ponto de vista machista da sociedade.

Como tudo o que envolve a classe média, ela sempre apresenta o pré-julgamento, podendo apresentar ambos juízos, culpado ou inocente.

O caso do pudor é um exemplo disso, nesse caso, se é protagonizado  por uma mulher,  a sociedade tem um pré-julgamento previsto em lei, se a pessoa envolvida no caso é um homem, o crime apresenta uma visão totalmente diferente do fato. Isso pode até não ter muita importância à princípio, mas pode influenciar e distorcer a verdade, como ela deveria ser.

Vamos partir do pressuposto que qualquer pessoa que cometa um crime, seja doente, isso abriria um precedente para que qualquer pessoa fosse inocente de um crime, expondo a sociedade a toda e qualquer sorte de criminosos, que se aproveitariam dessa brecha na lei. Você pode até ficar espantado, mas isso acontece; há casos em que o criminoso consegue comprovar doença mental, ou o contrário, comprometendo o veredicto.

A nudez expõe essa distorção, colocando em cheque a chamada moral e os bons costumes; novamente, as principais instituições da classe média são colocadas a prova.

Recentemente, um artista ficou nu, sua ideia era ver a reação das pessoas; enquanto, normalmente, a nudez é vista em esculturas, revistas, ou outras formas de comunicação.

A nudez do artista, ao vivo, que não deveria se mexer, passando a mesma ideia, chocou muita gente, mas sem maiores consequências.

Um senhor idoso, veja foto, pensando conhecer a cultura do Brasil, esqueceu-se que o pensamento burguês,  aqui, é igual em qualquer parte do mundo. Resultado: acabou preso, ao trocar de roupa em um aeroporto cheio de pessoas.

nudez proibida

Trocando de roupa no aeroporto

Primeiro, vamos nos lembrar que um artista, ou qualquer manifestação cultural, sabe o preço e os riscos de seu ato, é preciso que a finalidade fique muito bem definida, ao olhos da sociedade.

Ao longo dos tempos, a nudez é um dos tabus em maior contradição, mesmo assim, não apresenta um consenso em qualquer época que seja. Por isso, vamos nos ater aos fatos mais recentes, que foram presenciados por um maior número de pessoas também.

Logo após a primeira e segunda guerras, outros confrontos ameaçaram uma terceira guerra mundiais. Mesmo com características de guerra civil, o Vietnã e a Coréia mostraram como o mundo se encontrava frágil. Apesar de menos catastrófico, essas guerras provocaram muitas dores e sofrimentos nas pessoas, dos poucos países envolvidos, principalmente os Estados Unidos e a Rússia.

guerra do vietnã

A origem dos protestos

Para curar a paranoia ameaçadora da Guerra Fria, nada melhor que um choque na mente dos brigões. Foi assim que começaram as passeatas de nudistas, protestando contra as guerras, culminando com o festival de Woodstock, onde concentrou-se os manifestantes mais radicais, os roqueiros.

primeiro protesto

a nudez de woodstock

Além do festival de Woodstock, outras manifestações, onde as pessoas se utilizaram da nudez para chocar a sociedade, aconteceram pelo mundo, e no Brasil também. Apesar de, aparentemente, ser um tipo de manifestação de países desenvolvidos, não se espante se um dia der de cara com um monte de gente pelada vindo em sua direção, mas não se esqueça, tem que ter bandeirinha, ou faixas e cartazes na mão, como naquele filme de Charles Chaplin.

Com a chegada da internet, os rebeldes com causa se organizaram rapidamente. Algumas manifestações se formam rapidamente, dissipando-se como começaram. Pode parecer brincadeira de bobo, mas podem acontecer no mundo inteiro, com a ajuda do mais belo exemplo de Marketing viral, via internet.

Assim surgiu a passeata dos ciclistas, para protestar contra o trânsito louco das grandes cidades. No Brasil, só aconteceu em São Paulo, mas as metrópolis do mundo inteiro sentiram a força dessa manifestação.

ciclistas pelados

protesto contra o trânsito

A última manifestação, da última semana, foi uma brincadeira chamada improvise, onde todos os manifestantes ficavam só de cuecas ou de calcinhas. Segundo os organizadores da passeata, a finalidade era fazer as pessoas rirem; esse era um detalhe importante, fazer uma pessoa rir.

No metrô de Nova York, com um frio muito abaixo do zero, não deixou de chamar a atenção. Detalhe: tanto a manifestação dos ciclistas, quando a manifestação do improvise, deverá acontecer todo ano, ganhando mais adeptos ao longo dos anos.

iabaixo de zero

protesto para sorrir

Uma manifestação bem brasileira aconteceu depois do escândalo da Uniban, mas não foi na Uniban. A manifestação foi na UNB, em Brasília, mas a finalidade era contra a violência sofrida pelas mulheres na faculdade. 

protesto da unb

Depois do escândalo da Uniban

Notem que as paranóias, desrespeitos, corrupção e outras anomalias sociais, são o reflexo da própria sociedade. Até a má gestão pública, ou de instituições privadas, reflete a educação, a cultura de um país, mesmo que os maiores responsáveis sejam os executivos dessas instituições, afinal nós demos a educação a eles, além de sermos tolerantes com seus crimes.

By Jânio.

janeiro 22, 2010 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , | 9 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: