Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

Política anti-democrática do Paraná

Governador elitista

Política Elitista

“O que aconteceu foi uma manifestação absurda e violenta, que atenta contra a democracia, a liberdade de expressão e o estado de direito. Um grupo de baderneiros, infiltrado no movimento dos professores, impôs uma mordaça ao Poder Legislativo, impedindo temporariamente o seu funcionamento. É lamentável que a democracia, pela qual tanto lutamos, seja ameaçada por atos violentos como os que assistimos no dia de hoje”.

Fonte: Bonde

Já foi o tempo em que o Paraná tinba bons políticos, para se livrar dos fichas sujas, alguns políticos do PMDB resolveram criar um novo partido, o PSDB, entre os políticos estavam José Richa, Mario covas, etc.

O ex vice de José Richa, o fazendeiro rico Álvaro Dias, tornou-se governador e fazia uma carreira de sucesso, até o espancamento de professores pela polícia militar. Depois disso, suas alianças foram um fracasso.

As aposentadorias de governadores, tanto de álvaro quanto de Requião, tirou ambos da disputa, deixando o caminho livre para Beto Richa, o governador com a melhor porcentagem de votos do país.

Durante sua campanha, ele falou muito sobre investimentos em educação, o que ninguém sabia é que ele estava demitinto os funcionários dessa área.

Os professores paranaenses sempre estarão na luta para vencer os problemas causados pelos governadores, eu me lembro que o Jaime Lerner triplicou o salário da polícia no seu governo, foi uma época em que o Banestado quebrou e muitos mafiosos passaram alguns dias na cadeia.

Os professores foram, são e serão sempre os profissionais mais mal remunerados da estória e, no caso específico do paraná, houve um caso de perda de todo um ano letivo.

Agora o governador vem dizer que o protesto é um atentado contra a democracia, quando na realidade é o contrário.

Governador, os protestos estão só começando!

Quando o sistema elitizado enfraquece a política, em relação a verdadeira democracia, ocorrem os protestos. Quando os direitos de décadas de trabalho duro são negados, os protestos se tornam mais violentos.

A política brasileira está no limite há muito tempo e os chamados “baderneiros”, que são pessoas que perderam tudo, inclusive o direito a sonhar, estão deixando de educar as futuras gerações, e quem vai sofrer com a marginalidade no futuro seremos nós os pobres mortais.

Comentário: By Jânio

Governadores aposentados

 

fevereiro 15, 2015 Posted by | Política | , , , , | 3 Comentários

Líder político sofre atentado ao vivo

Política Búlgara

Política Búlgara

Ahmed Dogan, líder do Movimento pelos Direitos e Liberdade da Bulgária (MRF), discursava perante os membros de seus partido, durante um congresso em Sofia, sábado, quando um homem se dirigiu à ele com uma pistola nas mãos e tentou assassiná-lo.

O incidente foi gravado pelas câmeras de televisão local, que transmitiam o discurso de Dogan ao vivo. Como mostra a gravação, sua primeira tentativa de ataque fracassou, porque a pistola não disparou e Dogan conseguiu escapar do agressor até que outros membros do partido o ajudassem.

O ministro do interior, búlgaro, explicou mais tarde que o agressor, que também tinha duas facas, tentou atirar duas vezes, mas “felizmente a arma não disparou”.

O agressor de uns 25 anos, vive na cidade de Burgas e tem antecedentes penais por posse de drogas, roubo e vandalismo. De momento não se sabe os motivos que o levou a atacar.

O partido de Dogan representa os turcos e outros muçulmanos, aproximadamente 12% dos 7,3 milhões de habitantes da Bulgária. Dogan é uma das figuras mais influentes na política Búlgara e seu partido, o MRF, foi um dos maiores grupos da oposição da oposição, na última legislatura socialista.

Fonte: RT-TV

janeiro 20, 2013 Posted by | Internacional | , , , , , | 2 Comentários

Demóstenes Torres é flagrado pela Polícia Federal

Políticos Corruptos

Sendo um partido de direita, o DEM já era um partido contraditório, ao adotar o termo democratas. O mensalinho de Brasília tirou qualquer pretensão que o partido pudesse ter na presidência do país.

Ainda no mensalinho de Brasília, José Roberto Arruda já era um corrupto antigo, acusado de quebrar o sigilo dos votos dos senadores. Receber propinas ao vivo, decretou o fim da carreira política do ex-senador corrupto, levando-o a prisão.

Após a morte de Jefferson Peres e a saída de Arthur Virgílio do Senado, Demóstenes Torres (DEM-GO) era um dos líderes mais fortes da oposição ao governo, ficando atrás apenas do alcoólico anônimo Aécio Neves e do governador aposentado Álvaro Dias. Seu envolvimento no escândalo, envolvendo seu relacionamento com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, mostra porque a oposição é tão fraca no país.

Muitos eleitores do PT e aliados estão comemorando o resultado da operação Monte Carlo, da Polícia Federal, mas se esquecem que quanto mais fraca a oposição, mais liberdade os corruptos do governo tem.

Demóstenes Torres, Presidente da Comissão de Constituição e Justiça, foi derrotado no jogo da política. A operação Monte Carlo identificou centenas de ligações entre Demóstenes e o “Professor”, como ele chamava seu amigo Carlinhos Cachoeira.

A direita sempre teve relacionamentos com mafiosos, isso pôde ser observado no escândalo PC Farias, mas a decisão em libertar o banqueiro Daniel Dantas, irritou o país inteiro e foi um dos fatores responsáveis pela vitória da esquerda no Brasil.

Com a vitória da esquerda, pouca coisa mudou. Continuaram os mesmos ministros do STF, os mesmos líderes políticos e o mando político continuou na mão da máfia.

Cada político que é desmascarado, é uma vitória para obscuro grupo que age no submundo do poder, cheio de lobistas, consultores e banqueiros de fachada. Quanto mais fichas sujas, maior o poder do submundo do crime político

Eu ainda não sei o que deveríamos comemorar, deveríamos estar de luto pela morte de algo que nunca existiu, nossa ilusão de que algum político esteja lutando por interesses que não sejam os seus próprios.

A cada dia que passa, fica claro que quanto mais rígido se torna um líder de oposição, mais valioso ele se torna para os mafiosos. Álvaro dias e Requião, governadores aposentados paranaenses, são bons exemplos disso.

Veja mais dados do DEM

By Jânio

março 13, 2012 Posted by | Política | , , , , , , , | 13 Comentários

O lado obscuro do jornalismo

jornalismo obscuro

Propaganda Nazista

Muita gente pode pensar que eu tenho sido muito cruel com a imprensa brasileira, principalmente a mídia de massa, quando o assunto é falar a verdade, denunciar. Eu não vou fazer a “mea culpa”, mas temos que reconhecer que quando o patrocinador é um grande capitalista, há uma cartilha a ser seguida, não é mesmo?

Muitas vezes é o próprio Governo quem patrocina – Não tem as mensagens positivas do Twitter, que valem cerca de quinhentas “pratas”? – Então. Quanto você acha que vale uma “notícia” positiva na tv?

Eu também não sei, o que eu sei é que quanto menor a audiência das grandes redes de tvs, mais ricas elas ficam.

Poderíamos até dizer que as igrejas estão bancando tudo, o problema é que as igrejas sempre estiveram presentes na tv, apesar de ser uma participação menor. Recentemente, por exemplo, vimos um pastor chorando, dizendo que iriam tirar o seu horário.

O Brasil passa por um processo de mudanças, se antes o que interessava aos políticos era o dinheiro, agora o poder tem sido mais importante que o dinheiro.

No Brasil há uma inversão de fatores, em relação aos capitalistas do primeiro mundo. Enquanto lá o dinheiro vem em primeiro plano, por proporcionar o poder, aqui, o poder vem primeiro, por proporcionar muito dinheiro.

Eu li, por exemplo, que a maior rede de tv do Brasil, passou a ser a terceira maior do mundo, justamente quando passa pela sua maior crise. A concorrência não fica muito atrás não, apesar da pouca audiência, há dinheiro jorrando para todos os lados.

Está certo que não há mais lugar seguro para se investir fora do país, portanto, pedir falência, concordata, anda meio fora de moda. Até a lavagem de dinheiro já é um péssimo negócio, com a Polícia Federal prendendo doleiros.

Ainda há ONGs internacionais, e alguns investidores malucos, mas a maioria não anda muito motivada não. E depois, os mafiosos já não são tão mal vistos assim, vários protagonistas de escândalos recentes, andam rindo à toa.

Então vamos voltar ao tempo de Napoleão:

Depois de sua grande derrota, Napoleão foi banido. A parcialidade da imprensa ficou escancarada em manchetes do jornal parisiense “Le Moniteur” em 1.815.

O problema é que antes de sua despedida desse mundo, um homem como Napoleão haveria de dar seu último suspiro, para a surpresa do “Le Moniteur”.

Veja as manchetes de 1.815:

09/03/1815 – O monstro fugiu do local do exílio.

10/03 – O Ogro desembarcou em Cabo Juan.

11/03 – O tigre apareceu em Gap. As tropas estão chegando de todos os lados para deter-lhe a fuga.

12/03 – É verdade que o monstro adiantou-se até Grenoble.

13/03 – O tirano agora está em Lyon. O terror apoderou-se de todos os que o viram chegar.

13/03 – O usurpador arriscou-se chegar a umas 60 horas da capital.

19/03 – Bonaparte adiantou-se em marchas forçadas, mas é impossível que alcance Paris.

20/03 – Napoleão chegará amanhã aos muros de Paris.

21/03 – O Imperador Napoleão está em Fontainebleau.

22/03 – Ontem à tarde, sua majestade o imperador entrou solenemente em Paris e chegou ao palácio. Nada pôde superar a alegria universal.

Esses fatos me fazem lembrar Júlio Cesar, seus soldados eram tão leais a ele que jamais lutariam contra seu General.

Júlio César foi apunhalado pela aristocracia, mas ninguém sobreviveu para usurpar-lhe o trono.

Durante as próximas gerações, o nome de César iria sustentar o império, mesmo depois de séculos de sua vida.

Eu sempre digo que quase todas as instituições sociais são burguesas, portanto não são confiáveis. Quando eu estiver errado, então teremos um Governo Perfeito e representativo.

Fonte das manchetes: Marlene & Silva

By Jânio

abril 9, 2011 Posted by | Reflexões | , , , , , , , , , | 9 Comentários

Ficha Limpa fica para 2.012

política elitizada

Decisão Anti-democrática

Eu me lembro da cara de satisfação de todos os políticos, quando o novo Ministro Luiz Fux foi nomeado para o STF. Como seria ele quem iria dar o voto de desempate, quanto a validade da lei do Ficha Limpa na última eleição, era de se esperar o resultado final.

A atual Presidenta Dilma não cansou de elogiá-lo: “Ele passou em primeiro lugar no concurso, em primeiro lugar não sei em que, em primeiro lugar…, enfim, chegou a dar calafrios.

O STF é a maior autoridade judicial do país, passando a sensação de que o STJ, e outras instituições, não existem.

Assim, o jogo de cartas marcadas da justiça brasileira, mais uma vez venceu, e o tão sonhado Ficha Limpa ficará para o ano de 2.012.

Se todos nós soubéssemos o que ocorre nos bastidores da política, não haveria mais político vivo no país. Seria difícil conter a indignação popular dos eleitores brasileiros, apesar de seu eterno conformismo.

Nenhum canal de comunicação será capaz de insinuar o mar de lama no submundo do poder, e tudo ficará como está.

O que as pessoas precisam saber, é que uma lei importante não precisa necessariamente seguir um princípio discutível, como o princípio da anterioridade, contrariando praticamente todos os outros.

A cassação do mandado do ex-presidente Collor não teria ocorrido, caso a lei fosse seguida burocraticamente. Foi preciso que o povo saísse as ruas, liderados pela burguesia, incentivados por todos os meios de comunicação de massa.

As mídias de massa passavam a ideia de que nunca ocorrera corrupção no país, incitando o povo a se manifestar. Acontece que a família do então presidente Collor, sabia muito bem o que isso significava, já que eles são donos da maioria das grandes empresas de comunicação de Alagoas.

Ver o povo sair às ruas não é muito comum, a não ser quando são incitados pela mesma mídia que os controla.

Eu já estou em dúvida sobre o cumprimento da lei do Ficha Limpa, em 2.012, já que não haveria impedimentos reais, caso houvesse interesse em se fazer justiça agora.

A legalidade, ética, igualdade, democracia, entre outros fatores preponderantes da sociedade, todos foram ignorados.

Essa não é a primeira vez que o STF fica “entalado na garganta” dos brasileiros, mas assim como os políticos, eles não dão a última palavra, essa sempre ficará à cargo dos coronéis, nas sombras do poder.

Os poucos ministros que votam a favor, passam a impressão de que há de fato justiça, mas no fundo os políticos tem o controle exato do resultado.

Votaram contra a aplicação do Ficha Limpa em 2.010.

Luiz Fux

Gilmar Mendes

Dias Toffoli

Marco Aurélio

Celso de Mello

Cezar Pelluso

Votaram a favor da aplicação da Lei da Ficha Limpa em 2.010.

Ayres Britto

Joaquim Barbosa

Ricardo Lewandowski

Carmem Lúcia

Ellen Gracie

By Jânio

Textos Relacionados:

A política torta do Brasil

Eu não acredito em teoria da conspiração

Mortes misteriosas de celebridades

Presidentes do Brasil

A história de José Sarney

PT acerta o próprio pé

Políticos com problemas na justiça

O massacre do sítio caldeirão

A crise da PPP

Ficha Limpa

Trinta anos de escândalos no Brasil

março 25, 2011 Posted by | Política | , , , , , , , , , , , | 23 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: