Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

PM não atende Justiça e mantém ocupadas casas de moradores em comunidade do Rio

justiça moderna

Extremista

Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil

A Defensoria Pública do Rio de Janeiro pediu hoje (5) à Justiça que intime o comandante-geral da Polícia Militar, o secretário de Segurança Pública e o comandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, no Complexo do Alemão, para que desocupem os imóveis na comunidade no prazo máximo de 24 horas.

A medida foi tomada diante do descumprimento da decisão judicial, que determinou a desocupação dos imóveis localizados na região pela PM.

Na petição, a defensoria pede o fim da ocupação de residências para realização de operações militares, sob pena de multa pessoal às três autoridades, no valor de R$ 10mil, por cada um dos imóveis invadidos, além das sanções pelo crime de desobediência da ordem judicial.

A coordenadora do Núcleo Contra a Desigualdade Racial, Livia Casseres, informou que, “em vistoria realizada na comunidade, não restou qualquer dúvida de que é uma praxe dos policiais militares que atuam no Complexo do Alemão utilizarem os imóveis privados, violando o domicílio e o direito à posse e colocando em risco a integridade física dos cidadãos que ali residem.”

Em nota, o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, no Complexo do Alemão, informou que  nenhuma casa na comunidade está ocupada por policiais militares.

Matéria atualizada às 18h40 para acréscimo de nota do comando da Unidade de Polícia Pacificadora Nova Brasília,

Edição: Armando Cardoso
 
 
 

maio 6, 2017 Posted by | Judiciário | , , , | Deixe um comentário

Estudante agredido por PM em Goiânia continua respirando com ajuda de aparelhos

manifestações brasileiras

Protestos Históricos

Wendel Sousa*

O estudante de Ciências Sociais Mateus Ferreira da Silva, de 33 anos, continua sedado e respirando com a ajuda de aparelhos na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo). No último dia 28, Mateus foi agredido violentamente por um policial militar no centro de Goiânia, durante uma manifestação contra as reformas propostas pelo governo Temer.

Segundo boletim médico divulgado às 9h desta terça-feira (2), o estado de saúde de Mateus continua grave, mas houve uma ligeira evolução no quadro clínico. Os médicos esperam os resultados de exames para decidir se suspendem a sedação. Não há previsão de novos procedimentos cirúrgicos.

Parentes e amigos do estudante fazem mobilização nas redes sociais para conseguir ajuda financeira e custear despesas com hospital, remédios e com o deslocamento de parentes – que moram no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Mateus levou um golpe na testa com um cassetete (que chegou a quebrar com o impacto) e teve traumatismo cranioencefálico e múltiplas fraturas no rosto. No mesmo dia, o estudante passou por cirurgia de reconstrução da face que durou quatro horas.

Ontem (1º), a Polícia Militar (PM) de Goiás informou que identificou e afastou das ruas o capitão Augusto Sampaio. Segundo o comandante-geral da PM, coronel Divino Alves de Oliveira, Sampaio foi afastado apenas das atividades operacionais, mas continua exercendo funções administrativas, até que se conclua o inquérito que apura o caso.

Código de ética

Após o ocorrido, o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás, Ricardo Balestreri, anunciou que vai apresentar, na tarde de hoje à imprensa, o projeto Capacitação Permanente para o Uso Progressivo e Racional da Força, com seis medidas, cujo objetivo é “consolidar um novo método prático profissionalizado e científico do uso da força policial”.

A secretaria informou ainda que vai lançar, em 15 dias, um novo código de ética para a Polícia Militar do Estado de Goiás. Segundo Belastreri, o objetivo é modernizar o militarismo e superar o atual regulamento disciplinar, que está defasado.

*Estagiário sob supervisão da editora Denise Griesinger

Edição: Lílian Beraldo
 
 
 

maio 2, 2017 Posted by | Policia | , , | Deixe um comentário

PM reprime manifestantes e joga bombas dentro de bar no centro do Rio

Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Policiais militares da Tropa de Choque dispersam manifestantes que protestavam contra reforma da Previdência na Cinelândia (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Policiais militares da Tropa de Choque dispersam manifestantes na Cinelândia Fernando Frazão/Agência Brasil

Policiais militares do Batalhão de Choque atacaram com bombas de gás lacrimogêneo manifestantes e clientes que estavam no bar Amarelinho da Cinelândia, um dos mais tradicionais e antigos da cidade, após a manifestação desta quarta-feira (15) contra a reforma da Previdência. Muitas pessoas passaram mal com a fumaça das bombas e precisaram ser amparadas, saindo chorando e com os olhos vermelhos pelo efeito do gás. Cerca de 10 minutos antes, um grupo de manifestantes, que não estava no bar, havia atirado pedras contra PMs da Operação Centro Presente.

A reação da polícia foi intensa e, em instantes, dezenas de homens do Choque entraram na Cinelândia a pé ou em motos, reprimindo tanto manifestantes, quanto clientes dos bares que funcionam no local. Outro grupo de policiais atiraram com balas de borracha contra manifestantes que participaram da passeata.

“As pessoas não fizeram nada. Estávamos vendo Fluminense x Criciúma, quando começou a confusão”, reclamou a aposentada Rosana Leite, que deixou o bar com dificuldades para respirar. Outra pessoa atingida foi a professora Ana Laura Braga.

“Estava tranquilo, tudo calmo, e eles começaram a jogar bomba lá dentro. Isso é uma covardia. Quem estava no bar não tinha feito nada”, relatou Ana Laura, que quase desmaiou ao buscar ajuda, pois tem apenas um pulmão e sofre de asma.

A psicóloga Raquel Siqueira Dória saiu do bar chorando, dizendo que sua mãe precisou ser atendida, pois passou mal com o efeito das bombas. “As pessoas estavam comendo e bebendo tranquilamente, quando eles praticamente invadiram o bar e jogaram bombas de gás lacrimogêneo. Todo mundo passou mal, com os olhos ardendo. Vou levar minha mãe para o hospital, pois ela está lá em cima sendo atendida. Isto é uma ditadura, a morte da democracia”, protestou Raquel.

A PM foi procurada por telefone e por e-mail pela reportagem da Agência Brasil para se posicionar sobre a operação na Cinelândia, mas até a publicação desta matéria não havia se pronunciado.

Edição: Amanda Cieglinski
 

março 16, 2017 Posted by | Política | , , | Deixe um comentário

Polêmico e contraditório – Não foi irônica a vitória de Dourado?

vitória irônica

programa irônico

O fim do Big Brother 10 foi deprimente, essa foi uma edição que eu não assisti sequer um episódio, e não gostei de nem um.

Poderia ser pior, olha o exemplo de Farm, ou A fazenda, da Record. O reality da Record, que só emocionou a própria emissora, e pretendia afetar o BBB, foi um fracasso tão notável que até agora eu não sei quem ganhou.

A ideia de apresentar um reality, simultâneamente ao  outro, foi péssima. Reality é trash, lixo, as pessoas assistem porque querem ver os seus camundongos dentro de suas gaiolas, querem decidir seus destinos; como os camundongos são de classe média baixa, metáfora melhor para a manipulação, pela classe média alta, não há.

Na sua maioria, a classe média baixa que se apresenta para um programa desses, deve ter carisma, bom senso para coisas inúteis e uma certa interpretação, sorrir nos momentos mais bizarros. A fórmula está no seu limite, mas resiste; se levarmos em conta que muita gente tem serpentes de estimação, outros jacarés, onças, etc, então o BBB, na tv, é ser normal.

Como digitar sobre uma coisa que não se acompanha? – Simples, pela imprensa. Dificuldade é encontrar alguém disposto a comentar sobre o tema reality show, mas vamos lá.

Eu diria que tudo nesse mundo pode ser motivo de análise e reflexão, no caso do Big Brother 10, não foi diferente. Difícil é imaginar que tudo é feito de propósito, como um fetiche de filmes eróticos, onde se encontra sempre uma fantasia para os tarados de plantão.

Nesse BBB 10, quem mais chamou a atenção foi Ana Mara, a PM que foi exonerada do cargo enquanto participava do reality, deixando seus companheiros de profissão irritados. Nem mesmo os dois gays, incluídos, propositadamente, para provocar polêmica, parece ter dado resultado, ou talvez o resultado tenha sido inverso.

Acontece que Dourado, acusado de ser homofóbico, uma das raras citações na mídia online, acabou ganhando o jogo. Além dos escândalos e das cenas de nudez, que são comuns, a homofobia foi um dos poucos assuntos abordados online.

Parece que o fato de ter dois gays, no mesmo programa, inflacionou o mercado. A produção já desistiu de incluir pessoas pobres, há muito tempo, por serem imprevisíveis, o que prejudica a manipulação e o roteiro.

Pelo que parece, até análise  psicológica está sendo feita, pois já não se vê falar de nenhum ato de loucura, ou claustrofobia, no programa.

Ex-BBBs também não tem bons cachês, depois de dez edições, são tantos BBBs no mercado que até perderam o charme, são estrelas demais.

Resta agora só uma pergunta: Será que a Record vai insistir na estratégia? – Se a Globo continuar, seu clone também, a debandada para internet pode ser grande, a cultura brasileira pode melhorar.

By Jânio

março 31, 2010 Posted by | televisão | , , , , , , , , , , | 6 Comentários

A BBB Anamara vence o jogo e escapa da cadeia

big_brother_brasil

Anamara escapa da cadeia

A BBB, ou big sister, Anamara finalmente resolveu suas pendências com a Polícia Militar da Bahia.

Depois de criar polêmica na Bahia, quando entrou para o grupo dos Big Brothers, um reality que expõe ao máximo a privacidade das pessoas, Anamara se viu numa difícil situação, ou ser expulsa do programa, onde era candidata aos 15 minutos de fama e futuro cachê de revistas e jornais, publicidade, etc., ou ser expulsa da PM, onde os soldados da corporação já ameaçavam abaixo-assinado para tirar ela do cargo.

De concreto, o que se sabe é que quando entrou em férias, Anamara aproveitou para tentar a sorte no programa, como ela passou do tempo das férias, ela poderia ser acusada de desertora, podendo pegar até dois anos de prisão. A PM, como todos sabem, é uma ramificação do exército, portanto os soldados estão sujeitos a algumas leis das forças armadas, foi o que aconteceu.

O pedido de exoneração já havia sido feito no começo do mês, a decisão foi publicada no diário oficial desta terça feira. Assim, a Big Sister fica desligada da PM e livre para a sua carreira atística, mesmo que ela tenha apenas 15 minutos de fama.

Esse é um dos motivos do jogo não ser legalizado no Brasil, o brasileiro não pensa muito para arriscar tudo, podendo na maioria das vezes nos surpreender. Isso não impediu que o Governo Federal e Estadual criassem os seus concursos públicos, jogos disfarçados de contribuição social.

Outro empresário muito esperto, Sílvio Santos, foi outro que se aproveitou dessa proibição para criar os seus famosos títulos de capitalização, com sorteios frequentes pela TV.

Quando minha professora de catecismo me disse que, quando morresse, Sílvio Santos viraria um santo, fiz questão de lembrá-la do que se passa por trás de toda essa jogatina. Hoje-em-dia, as pessoas já podem encontrar toda a verdade do baú da felicidade, baixando o vídeo “Muito além de um cidadão Kane – A história proibida da Rede Globo”, onde além da Rede Globo, a história do homem do baú também pode ser conhecida.

A corrupção política acompanhada de falta de perspectivas para os jovens, faz com que haja um aumento nos casos de abandono da escola, aumentando os problemas da juventude que já não são poucos.

Esse duro golpe em um dos pilares da sociedade, a educação, faz com que o amor dos pais pelos filhos seja o único elo entre o Estado brasileiro e a anarquia total.

By Janio

fevereiro 24, 2010 Posted by | televisão | , , , , , , , , , , , , | 7 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: