Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

WordPress ou Blogspot – Para iniciantes

melhor desempenho

Melhor Plataforma

WORDPRESS – Como todos já devem ter percebido, estou reativando meu blogger, Buscando Mudanças/icommercepage. Muita gente estranhou o fato de o blog ter ficado tanto tempo sem atualização.

O motivo de o blogger ter ficado tanto tempo sem atualização deve-se, principalmente, à performance da plataforma WordPress. Essa plataforma otimiza os posts tão bem, que é difícil não se deixar seduzir por ela.

O estilo da equipe WordPress segue voltado aos iniciantes, principalmente aqui no Brasil. Botões automáticos para envio de artigos para a Twitter, por exemplo, facilitam muito a vida de seus blogueiros.

Antes, eu já era fã do painel de controle. Quando eles agregaram ao painel de controle, a ferramenta delicious, o painel administrativo ficou perfeito para quem deseja estudar SEO e SEM, otimização e marqueting de busca, respectivamente.

Eu me dou ao luxo de esnobar o Snap, uma ferramenta ótima para abrir pop-up nos links.

As últimas atualizações eu não estou podendo acompanhar por falta de tempo, o que eu posso dizer é que a criação de links, automaticamente, ajudou bastante também.

BLOGSPOT – Depois de dois anos sem utilizar o Blogspot, fiquei surpreso com as mudanças. É claro que eu estou falando da parte automática, sem os complementos, só o básico.

O Painel administrativo da blogspot tem um pouco de WordPress, mas é um pouco mais trabalhoso. Quem agrega os complementos, pode ter uma boa vantagem em ferramentas, mas enviar artigos manualmente para Twitter e Facebook – para iniciantes – não dá.

Eu até entendo que já existam feeds/pings suficientes para espalhar o conteúdo dos blogs por toda internet, entendo também que as ferramentas egosearching sirvam para acompanhar especificamente um perfil, posts e comentários, o que eu não entendo é porque tantas ferramentas, como o Orkut, Google Reader, ainda não foram agregadas ao blogger automaticamente. Eles globalizaram os perfis, deviam ter agregado as ferramentas também.

O lado “bom” do blogger/blogspot, é o fato de pertencer a Google, podendo agregar cinquenta por cento do melhor que a internet produz, em termos de ferramentas. Um dos grandes problemas, na minha modesta opinião, é essa dependência de complementos.

Alguns bloggers exageram na quantidade de complementos, tornando o blog extremamente lento, isso quando não há incompatibilidade com o sistema. Eu até entendo que os bloggers queiram “aprender”, ou sejam curiosos para saber como determinada ferramenta funciona, mas, as vezes, eles exageram. Alguns até perdem o próprio blog.

Eu já falei, aqui, como eu detesto fechar o blog só para contas da Google ou open id – prefiro a opção nome/url – mas também acho que pode ser uma vantagem, quando a pessoa vai viajar, ou quando o blog vai ficar parado algum tempo.

A facilidade para se ativar e desativar as ferramentas bloggers, eu achei uma grande vantagem, sem dúvida nenhuma.

Nem é preciso perguntar porque a Google sempre deu vantagens aos conteúdos de textos e blogs.

Para mim, a Blogger e a WordPress são muito parecidas, em qualidade e performance, mas completamente diferente quanto a seus estilos, ambas valem ser conhecidas.

Terminando, vale um comentário de um blogueiro: “Escolher entre WordPress e Blogger, é como escolher entre Palmeiras e Corinthians, religião e ciências…” …opa! – Espere aí!

Não dá para ser corinthiano e palmeirense ao mesmo tempo, mas a religião e a ciência podem se entender, pelo menos para iniciantes rsrsrs

Para que escolher entre WordPress e Blogspot, se você pode ter os dois, três, quatro…

By Jânio

fevereiro 21, 2011 Posted by | blogosfera | , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Como surgiu o blog

conhecimento e pensamento

Futuro da Informação

Tecnicamente, o blog, contração do termo Web Log, que por sua vez significa diário virtual, é uma evolução dos antigos diários. Em países da Europa, os diários ainda são muito comuns, como na França, onde há muitos “Semanários”.

Na prática, eu vejo muito mais que isso. Vejo toda os sistemas de internet evoluindo constantemente, rumo à “Xanadu”, de Ted Nelson, o grande inspirador da internet.

Essa evolução de todos os sistemas numa só direção, não era exatamente o desejo dos Web Masters, mas é um processo irreversível. Qualquer pessoa pode criar um blog automaticamente, ter seu espaço com direitos autorais, mas seguindo as leis que regem outros meios de comunicação.

Além dos diários virtuais, haviam também os sites prontos, onde a pessoa montava seu site a seu gosto, exatamente como os blogs. Na minha modesta opinião, esse foi o principal motivo da profissionalização dos blogs.

Assim como os blogs, esses sites “pré-montados”, tipo “geocities”, permitiam a criação, usando principalmente o html. Para quem não conhecia o html, havia a possibilidade da utilização de templates prontas, montando automaticamente o site a partir de uma plataforma.

Outro elemento que eu destaco, seria os antigos fóruns, os blogs são muito utilizados com a função dos fóruns, para que se possa discutir temas institucionais.

O sistema de comentários, criado pelos hackers (favor não confundir com crackers, nem lammers) foi um dos grandes motivos do crescimento do uso de blogs, até jornalistas renomados, escritores, analistas e críticos especializados, aderiram a essa ferramenta. Houve um novo passo, via Web 2.0, que pode até indicar novos rumos para o blog, o chamado microblog, mas, ao que tudo indica, o microblog deverá ser mais uma, entre várias ferramentas que interagem com os blogs.

O que me leva a acreditar que o blog veio para ficar, é o fato de estarem ligados a noventa por cento de toda a internet, via web 2.0, além disso, o processo de permalinks, ou urls permanentes, o que transforma cada post em uma página exclusiva, possibilitando o acesso a conteúdos antigos de um blog, apontam para um investimento de conteúdos a longo prazo.

Facilidades de edição e profissionais dispostos a criar inúmeras ferramentas interativas, criando uma verdadeira revolução em termos de comunicação, são outro indicador de que a blogosfera deverá ter vida longa.

O blog, a meu ver, foi a primeira ferramenta para “amadores” em programação a atrair os “profissionais” da área, obrigados a aderir a essa ferramenta devido a facilidades de interação com outros grandes sites.

Em grandes plataformas para blogs, pode-se incluir textos, imagens, vídeos ou músicas, esse conteúdo será de propriedade do autor do blog, mas poderá ser organizado, indexado, agregado e/ou lincado por terceiros, otimizando ainda mais a internet.

WIKIPEDIA: “O termo “weblog” foi criado por Jorn Barger em 17 de Dezembro de 1997. A abreviação “blog”, por sua vez, foi criada por Peter Merholz, que, de brincadeira, desmembrou a palavra weblog para formar a frase we blog (“nós blogamos”) na barra lateral de seu blog Peterme.com, em abril ou maio de 1999. Pouco depois, Evan Williams do Pyra Labs usou “blog” tanto como substantivo quanto verbo (“to blog” ou “blogar”, significando “editar ou postar em um weblog”), aplicando a palavra “blogger” em conjunção com o serviço Blogger, da Pyra Labs, o que levou à popularização dos termos.

No dia 31 de agosto, comemora-se o Dia do Blog (devido a semelhança da data 31.08 com a palavra blog, onde 3 seria um B, o 1 seria um éle, zero seria um o e o oito seria um g), que se propõe a promover a descoberta de novos blogues e de novos blogueiros.

A blogosfera, termo que representa o mundo dos blogs, ou os blogs como uma comunidade ou rede social, cresceu em ritmo espantoso. Em 1999 o número de blogs era estimado em menos de 50; no final de 2000, a estimativa era de poucos milhares. Menos de três anos depois, os números saltaram para algo em torno de 2,5 a 4 milhões. Atualmente existem cerca de 112 milhões de blogs e cerca de 120 mil são criados diariamente, de acordo com o estudo State of Blogosphere.”

Os blogs são, ao lado dos miniblogs e dos sites de compartilhamentos, as maiores fontes de conteúdo da internet.

Como surgiu a internet

Quando surgiu a Google

Como surgiu a twitter

A história da Wikileaks

By Jânio

setembro 25, 2010 Posted by | blogosfera | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 23 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: