Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

A história dos partidos políticos.

partidos brasileiros

partidos brasileiros

Segundo analistas modernos, partido político é uma organização de direito privado fundamentados na burocracia e ideologia políticas, sendo a burocracia a sua estrutura e o seu objetivo o poder político.

O acesso do poder das pessoas ao poder não faz parte de seus fundamentos, além disso o partido pode representar oligarquias econômicas ou tradicionais.

A ideia do partido é antiga, mas ganhou força na época do pensamento, da Revolução Francesa, da independência dos Estados Unidos.

Quando vários partidos se unem e formam uma legenda dá se o nome de frente partidária, muito útil quando a quantidade de partidos é muito grande, e muitos não tem grande representatividade.

Alguns partidos fundamentam suas idéias em ideologias internacionais, enquanto, em outros casos, as idéias do partido ultrapassam fronteiras, como é o caso do Partido dos Trabalhadores e o Partido Verde, presentes em mais de um país.

Partidos políticos ganharam muita força no século XX, quando os políticos viram nos partidos uma forma de fazer carreira, se tornarem conhecidos.

Há casos em que o político opta por partidos pequenos, outros opta por instituições, a Polícia Federal é um exemplo de órgão onde a notoriedade de um futuro político pode ser facilmente promovida, de maneira séria até, caso seja a ideologia do candidato a cargo público.

No Brasil, política significa, também, confusão, como não poderia deixar de ser, partido significa confusão também.

Tudo começou com a Independência do Brasil, para brasileiro ver, onde o Brasil independente, era governado pelo filho de Dom João IV, que por sua vez governava Portugal. Satisfazia-se os interesses e tudo ficava bem.

Os dois primeiros partidos criados foram o Partido Português e o Partido Brasileiro, apesar de não serem legais, dava para se ter uma ideia do que seria o futuro do Brasil.

Os primeiros partidos legais foram o Partido Liberal e o Partido Conservador. Imaginem, vocês, um partido com este nome, hoje, Conservador, não precisa nem dizer o que aconteceria. Esta mania de dois partidos funcionava como hoje, escolher entre a panela e o fogo.

Em Cuba onde há um só partido, o PCC, não se assustem, Partido Comunista Cubano, onde não há o interesse de oferecer opções ao povo, a panela e o fogo já vem incluso no pacote.

No segundo reinado, juntou se aos dois primeiros partidos do Brasil, Liberal e Conservados, o Partido Republicano Paulista.

Durande o regime militar, com início em 1.964, o Governo Militar era apoiado pelos partidos UDN, União Democrática Nacional e pelo PSD, Partido Social Democrata, a oposição vinha do PTB, Partido Trabalhista Brasileiro. Essa situação durou pouco tempo, 15 de abril de 1964 até 27 de outubro de 1965, enquanto vigorou o Ato Institucional número um. Com a vigência do Ato Institucional número dois, instaurou-se o bipartidarismo, ARENA e MDB.

A burocracia brasileira, no regime militar, para se ter um partido era necessário, no mínimo, vinte senadores, obrigou a oposição do Governo a manter apenas um partido, reunindo várias correntes ideológicas. Não durou muito para que o MDB, Movimento Democrático Brasileiro começasse a sufocar o partido do Governo, ARENA, Aliança Renovadora Nacional, obrigando o Governo a extinguir o bipartidarismo.

Como fim do bipartidarismo, as várias correntes ideológicas se romperam, dando origem ao PT e o PDT. Em 1988 o PMDB, antigo MDB, enfrentou sua primeira perda, vários partidários abandonaram o partido, insatisfeito com os rumos que o partido estava tomando, criando um novo partido, o PSDB.

Além dos partidos citados e os não citados, vale lembrar que há muitos partidos, em forma de Agremiações, que não foram, ainda, legalizados, o mais conhecido deles é o UDR, União Democrática Ruralista.

Fonte: Wikipedia

julho 11, 2009 Posted by | Política | , , , , , , | 6 Comentários

   

Karmas e DNA.

Direitos autorais: Fernanda vaz.

Academia New Star Fitness

A fine WordPress.com site

Gramofone Lunar

Músicas, Versos e Outras Histórias

baconostropicos

Documentário "Baco nos Trópicos"

relutante

leve contraste do sentimentalismo honorário

entregue a solidão

é oque me resta falar e oque me sobra sentir

RB Solutions

Soluções em informática, comunicação e tecnologia

Bora' para Ireland

Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

sarahrosalie

A topnotch WordPress.com site

Suburban Wars

"Let's go for a drive, and see the town tonight"

Made in Blog

Política, curiosidades, notícias, entretenimento, blogosfera,

%d blogueiros gostam disto: